Página 1 dos resultados de 5086 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

As respostas das instituições sociais face às necessidades dos grupos de pobreza (um estudo de caso)

Santos, Liliana Gonçalves dos
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
46.28%
O presente estudo intitulado as respostas das instituições sociais face às necessidades dos grupos de pobreza – um estudo de caso, tem como principal objetivo compreender quais os grupos de pobreza que recorrem à ajuda da Associação Entre Famílias de Bragança e as respostas que lhe são disponibilizadas. Para se poder efetuar o presente trabalho, foi escolhida a Associação Entre Famílias de Bragança, instituição particular de solidariedade social, que atua no domínio da pobreza e exclusão social, e que auxilia os indivíduos que estejam numa situação de carência socioeconómica. Neste sentido, o presente estudo partiu do problema será que as instituições de solidariedade social têm respostas de auxílio face às necessidades das pessoas ou grupos em situação de pobreza?. Após uma revisão conceptual sobre o fenómeno da pobreza e a importância das instituições socais, efetuou-se um estudo empírico, em que foi adotada uma metodologia de estudo de caso, enveredando-se por uma análise quantitativa e qualitativa. No estudo quantitativo participaram 50 indivíduos, 44 do sexo feminino 6 do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 20 e os 90 anos de idade, e que ao dirigirem-se à instituição envolvida na investigação...

Governação, instituições e terceiro sector : as instituições particulares de solidariedade social

Almeida, Vasco Alves de Sousa
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
46.25%
Este trabalho assenta na convicção de que as perspectivas institucionalistas da economia dão um contributo importante para o estudo do papel e da dinâmica do terceiro sector nas sociedades contemporâneas. Dadas as limitações evidentes das teorias económicas convencionais, mostra-se que a existência do terceiro sector pode ser percebida, de forma mais clara, através de um modelo causal de explicação que integre os vários níveis de análise institucional. A enorme diversidade que o terceiro sector exibe, a nível internacional, é explicada através da abordagem das variedades do capitalismo e da noção de complementaridades institucionais. Um estudo comparativo entre as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e as Charities inglesas evidencia que as suas diferentes características e dinâmicas se explicam pelo facto de estarem incrustadas em diferentes modelos de capitalismos consolidados através de um conjunto de complementaridades institucionais diversas. Apesar da heterogeneidade que apresenta, em termos internacionais, o terceiro sector ocupa um lugar central na governação, na generalidade das sociedades contemporâneas. A sua importância na governação é ilustrada, neste trabalho, pelo estudo das relações de contratualização entre o Estado e as IPSS. O enfoque nos aspectos financeiros da contratualização coloca em evidência o facto de que o fenómeno da criação das regras da governação é um processo de natureza compósita cujos resultados dependem...

Mundo bíblico e estruturas sociais

Lourenço, João
Fonte: Universidade Católica Portuguesa. Faculdade de Teologia-Braga Publicador: Universidade Católica Portuguesa. Faculdade de Teologia-Braga
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
Estudo sobre as instituições e estruturas sociais no seio do povo bíblico, tendo em conta a sua situação histórica e a sua cultura própria. Destaque para a instituição familiar.

Um retrato das Instituições Sociais na Sociedade Contemporânea

Serrano, Maria Manuel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
66.4%
A ideia de construir este livro surge no contexto de implementação de um novo plano de estudos de licenciatura em Sociologia na Universidade de Évora. Considerou-se que este momento seria um pretexto para desenvolver iniciativas que, desde o 1º semestre do curso, despertem a curiosidade e o interesse do aluno pelo estudo da Sociologia e pela abordagem sociológica das instituições sociais. Neste sentido, e porque a estrutura do curso se apoiou, entre outros critérios, na inserção de Unidades Curriculares que representam as principais instituições sociais , organizou-se um Ciclo de Conferencias , no âmbito da Unidade Curricular de Sociologia Geral, subordinado ao tema “Um Retrato das Instituições Sociais na Sociedade Contemporânea”. Os objectivos definidos para o ciclo de conferências foram os seguintes: i) apresentar um retrato de cada uma das instituições sociais principais na sociedade actual; ii) fomentar a curiosidade do aluno pela diversidade dos fenómenos sociais e o interesse pela sua compreensão; iii) motivar os alunos para a investigação sociológica e para a abordagem sociológica das instituições e dos factos sociais. Os textos que integram esta obra resultam desta iniciativa e foram elaborados com a preocupação de constituir um elemento de estudo para os alunos que frequentam a disciplina de Sociologia Geral. Neste sentido...

Um retrato das Instituições Sociais na Sociedade Contemporânea - Introdução

Serrano, Maria Manuel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
66.4%
A ideia de construir este livro surge no contexto de implementação de um novo plano de estudos de licenciatura em Sociologia na Universidade de Évora. Considerou-se que este momento seria um pretexto para desenvolver iniciativas que, desde o 1º semestre do curso, despertem a curiosidade e o interesse do aluno pelo estudo da Sociologia e pela abordagem sociológica das instituições sociais. Neste sentido, e porque a estrutura do curso se apoiou, entre outros critérios, na inserção de Unidades Curriculares que representam as principais instituições sociais , organizou-se um Ciclo de Conferencias , no âmbito da Unidade Curricular de Sociologia Geral, subordinado ao tema “Um Retrato das Instituições Sociais na Sociedade Contemporânea”. Os objectivos definidos para o ciclo de conferências foram os seguintes: i) apresentar um retrato de cada uma das instituições sociais principais na sociedade actual; ii) fomentar a curiosidade do aluno pela diversidade dos fenómenos sociais e o interesse pela sua compreensão; iii) motivar os alunos para a investigação sociológica e para a abordagem sociológica das instituições e dos factos sociais. Os textos que integram esta obra resultam desta iniciativa e foram elaborados com a preocupação de constituir um elemento de estudo para os alunos que frequentam a disciplina de Sociologia Geral. Neste sentido...

Acesso ao Ensino Superior e mobilidade dos portugueses

Baltazar, Maria da Saudade; Vieira, Carlos; Vieira, Isabel; Rego, Conceição
Fonte: Escola de Ciências Sociais/Universidade de Évora Publicador: Escola de Ciências Sociais/Universidade de Évora
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.25%
A sociedade portuguesa assistiu a mudanças muito acentuadas ao longo dos últimos 50 anos. Os principais acontecimentos que marcaram a cronologia histórica do país foram decisivos na sua evolução social, em termos demográficos, sociais, económicos e político-institucionais. No que respeita ao ensino superior, Portugal conheceu alterações profundas, nomeadamente por via dos efeitos económicos, sociais e territoriais que as instituições de ensino superior provocam nos locais onde se inserem, e por via da alteração na estrutura de qualificações da população portuguesa. Mais recentemente assiste-se a inequívocas alterações no estilo de vida dos portugueses decorrentes da crise económico-financeira com que se confronta o país, e a Europa em geral. Estas alterações provocam efeitos na procura do ensino superior, os quais começam a tornar-se por demais evidentes. Neste estudo pretendemos discutir o modo como a rede de ensino superior instalada no país tem contribuído para a promoção da coesão social, assim como analisar o acesso ao ensino superior e as suas implicações na mobilidade social dos portugueses, a partir das estatísticas disponíveis sobre as dimensões de análise selecionadas para o efeito. Os trabalhos desenvolvidos permitem-nos concluir que apesar da distribuição de instituições de ensino superior por todo o país...

Sistemas de certificação da qualidade nas instituições de respostas sociais

Lucas, Susana; Sardinha, Boguslawa Maria Barszczak; Dias, Otília; Pires, António Ramos
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.19%
Dar resposta às necessidades sociais, neste momento de crise, constitui um dos problemas mais prementes das economias europeias. A grave crise financeira reflete-se nas respostas dadas pelos estados às necessidades sociais. A eficácia e a qualidade desse tipo de serviços começa a ser um assunto muito complexo e muitas vezes difícil de resolver, mas a que urge dar resposta. O aparecimento de muitas empresas privadas que visam dar a respostas as crescentes necessidades sociais é outro elemento a considerar no contexto da economia social. A competitividade deste sector, nomeadamente do ponto de vista da rentabilidade financeira, assume que a qualidade dos serviços é uma componente essencial. Nos últimos anos tem-se assistido ao aumento significativo da certificação dos sistemas da qualidade das respostas socias. Em Portugal existem 2 esquemas específicos de certificação nas respostas socias a certificação Equass (European Quality Assurance in Social Services) e a certificação segundo os modelos do ISS (Instituto da Segurança Social). A existência destes esquemas a par da certificação baseada na ISO 9001, criou a necessidade deste estudo comparativo de análise e discussão das experiências acumuladas, no sentido de dar uma informação mais precisa ao mercado dos serviços sociais...

A fiscalização prévia da contratação pública e as imposições da União Europeia no contexto da autonomia das instituições de ensino superior de direito público

Nunes, Mónica Lousã Machado
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Politicas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.1%
Tese de Mestrado em MPA - Administração Pública; O presente estudo descreve o regime da fiscalização prévia da contratação pública pelo Tribunal de Contas e confronta-o em termos gerais com outros regimes. Analisa numa perspetiva histórica, as alterações introduzidas na legislação nacional e as respetivas imposições da União Europeia, quer as vigentes, decorrentes do Memorando de Entendimento sobre as Condicionalidades de Política Económica [Memorando de Entendimento (celebrado entre o Governo e a Comissão)], quer as constantes da proposta de Diretiva de 20.12.2011 COM (2011) 896 (destinada a substituir a Diretiva 2004/18/CE). Em especial, efetua o enquadramento da fiscalização prévia dos contratos públicos celebrados pelas instituições de ensino superior de direito público e conjuga-o com o regime legal e constitucional destas, em particular com a sua autonomia. Expõem-se os números dos contratos submetidos a fiscalização prévia pelas instituições de ensino superior de direito público no último triénio, comparando-os com a generalidade dos submetidos ao Tribunal de Contas. Faz-se referência aos casos de recusa de visto decorrentes da qualificação das instituições de ensino superior de direito público como entidades compradoras vinculadas ao Sistema Nacional de Compras Públicas. Apresenta-se a perceção dos intervenientes (Tribunal de Contas e instituições de ensino superior de direito público)...

Rumo a uma sociedade melhor: uma análise da agenda de reformas econômicas de J. S. Mill

Mattos,Laura Valladão de
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
O artigo tem como objetivo analisar a agenda de reformas econômicas apresentada por J.S.Mill aos seus conterrâneos à luz de sua visão do funcionamento das instituições sociais. Argumenta-se, por um lado, que a preocupação do autor com o papel das instituições na manutenção da coesão social fez do gradualismo uma marca registrada do seu pensamento. Argumenta-se, por outro, que, apesar do caráter localizado e pontual das reformas propostas, Mill desejava promover o progresso social e modificar de forma significativa a sociedade vigente. As reformas deveriam pavimentar o caminho para um arranjo social superior com contornos bastante diferentes daqueles prevalecentes em sua época.

A construção social do mercado em Durkheim e Weber: análise do papel das instituições na sociologia econômica clássica

Raud-Mattedi,Cécile
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
Este texto objetiva resgatar, de maneira exploratória, algumas reflexões pioneiras de Durkheim e Weber a respeito do mercado. No quadro da atual efervescência da nova sociologia econômica, argumentamos que Durkheim e Weber iniciaram o estudo sociológico do mercado em termos de construção social. De fato, ambos mostraram que os interesses econômicos e os meios adequados para sua busca são definidos socialmente, isto é, pelas instituições. Em particular, as regras tradicionais, morais e jurídicas são vistas como condicionantes básicos da regulação do mercado. Além disso, iniciando uma reflexão considerada hoje fundamental, ambos apontaram para o papel do Estado, cuja importância reside menos numa regulação direta da economia do que na difusão de valores sociais fundamentais.

Juventude e consumo de drogas: oficinas de instrumentalização de trabalhadores de instituições sociais, na perspectiva da saúde coletiva

Soares,Cássia Baldini; Campos,Célia Maria Sivalli; Leite,Adriana de Souza; Souza,Cristina Lourdes Leite de
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
O objeto deste estudo é a oficina de instrumentalização de trabalhadores de instituições sociais que trabalham com jovens, para compreender o consumo contemporâneo de drogas. Partiu-se do pressuposto de que a abordagem da temática na perspectiva da Saúde Coletiva, ou seja, a partir da compreensão estrutural da produção, distribuição e consumo contemporâneo de drogas, poderia aperfeiçoar o trabalho nessas instituições. O objetivo foi verificar a efetividade da oficina como instrumento do processo educativo. A metodologia consistiu na realização sistemática de oficinas com base no arcabouço teórico-metodológico da teoria histórico-crítica. A participação evoluiu qualitativamente, mostrando que os saberes identificados com os do senso comum inicialmente trazidos pelos trabalhadores evoluíram para uma compreensão das raízes do consumo prejudicial de drogas e para a superação de práticas reiterativas que retroalimentam mitos, preconceitos e estereótipos a respeito do usuário, bem como a respeito do poder e dos efeitos das drogas.

Discurso, corrupção e a construção de identidades sociais na política brasileira: um estudo de caso

Ramos de Oliveira Pontes, Herimatéia; Chambliss Hoffnagel, Judith (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
46.19%
Um dos resultados das transformações sócioculturais do nosso mundo pósmoderno, marcado por extrema complexidade, contradições, lutas políticas e ideológicas, fragmentações e mudanças sociais constantes, especialmente nas sociedades ocidentais, é a chamada crise de identidades, pondo em evidência a necessidade de reflexão sobre a questão da construção de identidades sociais. Pela sua natureza dinâmica, heterogênea e controversa, a construção de identidades se constitui um dos temas cruciais na teoria pósestruturalista (Wodak 2001, Hall 1996, Billig 1991, Muntigl et al 2000, Fairclough 2003 dentre outros). Como construto sóciodiscursivo, as identidades sociais ocorrem em contextos marcados por relações de poder, sobretudo no âmbito das instituições sociais. Por isso, esse processo nem sempre é uma prática renovadora, podendo inclusive legitimar certas identidades impostas por processos de dominação. É o caso, por exemplo, da identidade coletiva dos parlamentares. Desse modo, o presente estudo analisa a construção de identidades sociais dos políticos envolvidos em esquemas de corrupção nas instituições públicas. Através de um estudo de caso, o mensalão, investigamos as principais estratégias lingüísticodiscursivas utilizadas na representação do discurso político sobre corrupção...

A construção das representações sociais na relação da polícia militar e a sociedade Aracajuana

Mendonça, Rildo César Menezes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.19%
In recent years, issues involving public safety have gained more prominence in scientific debates, the media, and common sense, because undoubtedly the feeling of fear and insecurity caused by the increase in violence overall, has spread like construction element of social representations, both in individual levels, as well as collectively. Violence is a social phenomenon existing in human manifestations, from the older societies, ie it was present in all historical periods, but in different ways in the subjective and objective, having had the task of being the central element in modeling process for the formation of individual behavior, both in older societies as in modern society. However, it has a peculiar feature of acquiring new contours to the extent that the individual and collective behaviors are modified in relation individual-violence. In this sense, the institutions that establish the order from the control of violence, have their social representations in the context of social relationships permeated by elements of violence, fear and insecurity, that shift the subjective feeling of insecurity, or existential, for a concrete plan and goal, namely to the level of physical insecurity in daily life in the modern world. The objective of this study was to capture the construction of social representations of the population in Aracaju on the police institution and the figure of the policeman in the contemporary context. We focus our attention only to the institutions of order...

Instituições prevalecentes, tradição e persistência no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte -CE; INSTITUIÇÕES PREVALECENTES, TRADIÇÃO E PERSISTÊNCIA NO EXTRATIVISMO DA CERA DE CARNAÚBA EM LIMOEIRO DO NORTE CE.

Varela, ângelo Felipe Castro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.14%
A presente pesquisa visa entender os fatores que explicam a manutenção dos aspectos artesanais no extrativismo da cera de carnaúba em Limoeiro do Norte. Justificamos a exploração desse tema pelo fascínio do autor pelo tema e por ser esse recurso ainda uma importante fonte de renda para produtores e trabalhadores rurais no respectivo município. Objetivamos nessa pesquisa identificar as razões pelas quais a atividade mantém seu padrão tecnológico intacto. Primeiro objetivamos uma descrição do processo produtivo da cera, tanto no passado, quanto no presente, comparando estes momentos e ressaltando o caráter artesanal da atividade, além de analisar a importância atual da atividade para aqueles que ainda lidam com esse tipo de produção, bem como procuramos revelar estrutura histórica e institucional que permeia a lógica e as escolhas destes produtores, a qual pode explicar a preservação destes aspectos artesanais. Utilizando o referencial teórico do institucionalismo, explicamos que a preservação destes aspectos artesanais, ocorre em virtude da prevalência de determinadas instituições, como a memória coletiva cultivada entre os rendeiros idosos e resistentes, a concentração fundiária, responsável pelo arrendamento e também as restritas possibilidades de investimento e poupança no processo produtivo...

Movimentos sociais e instituições participativas: Efeitos do engajamento institucional nos padrões de ação coletiva

Carlos,Euzeneia
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46.2%
Este artigo analisa os efeitos do engajamento institucional de movimentos sociais em instituições participativas sobre seus padrões de ação coletiva, no que concerne às dimensões organizacional e discursiva. Os efeitos institucionais são examinados a partir da comparação entre quatro organizações localizadas no Espírito Santo, entre 1980 e 2010, mediante instrumentos dos métodos qualitativo e quantitativo. A correlação entre o nível de engajamento institucional dos movimentos e as mudanças nos padrões de ação coletiva, no contexto pós-1990, demonstra efeitos organizacionais e discursivos caracterizados por processos de complexificação da estrutura organizacional e interações cooperativas e contestatórias na relação sociedade-Estado.

Juventude e consumo de drogas: oficinas de instrumentalização de trabalhadores de instituições sociais, na perspectiva da saúde coletiva; Young people and drug consumption: workshops to provide tools for workers in social institutions, from a collective health perspective; Juventud y consumo de drogas: talleres de instrumentalización de trabajadores de instituciones sociales en la perspectiva de la salud colectiva

SOARES, Cássia Baldini; CAMPOS, Célia Maria Sivalli; LEITE, Adriana de Souza; SOUZA, Cristina Lourdes Leite de
Fonte: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação Publicador: Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
O objeto deste estudo é a oficina de instrumentalização de trabalhadores de instituições sociais que trabalham com jovens, para compreender o consumo contemporâneo de drogas. Partiu-se do pressuposto de que a abordagem da temática na perspectiva da Saúde Coletiva, ou seja, a partir da compreensão estrutural da produção, distribuição e consumo contemporâneo de drogas, poderia aperfeiçoar o trabalho nessas instituições. O objetivo foi verificar a efetividade da oficina como instrumento do processo educativo. A metodologia consistiu na realização sistemática de oficinas com base no arcabouço teórico-metodológico da teoria histórico-crítica. A participação evoluiu qualitativamente, mostrando que os saberes identificados com os do senso comum inicialmente trazidos pelos trabalhadores evoluíram para uma compreensão das raízes do consumo prejudicial de drogas e para a superação de práticas reiterativas que retroalimentam mitos, preconceitos e estereótipos a respeito do usuário, bem como a respeito do poder e dos efeitos das drogas.; The objective of this study was, through workshops, to provide tools for workers in social institutions who work with young people, so that they could understand present-day drug consumption. It started from the presupposition that approaching this topic from a collective health perspective...

Da família à creche : narrativas de mães sobre processos de transição de seus bebês

Fernandes, Marina Ribeiro da Cunha
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.09%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.; Com base na ideia de que a creche é um direito da criança, e não somente de seus responsáveis, observa-se a tendência de mudança no padrão de educação de crianças de 0 a 3 anos. Antes, exclusividade da família, modelos atuais passam a contemplar contextos externos ao espaço doméstico, sem que a família seja considerada portadora de alguma patologia social (ROSEMBERG, 1995). Nesse quadro é importante conhecer como mães percebem e descrevem esse processo de transição, pois ainda poucos estudos têm dado atenção a esse processo. O objetivo desta dissertação de mestrado é descrever e interpretar narrativas de mães acerca dos processos de transição de seus bebês no contexto familiar à creche. Tratando família e creche como instituições sociais, este trabalho propõe uma discussão teórica sobre o conceito de transição para abranger esse processo que ocorre do espaço doméstico para a instituição educativa. A pesquisa de campo foi realizada com duas mães de classe média de Brasília/Distrito Federal, cujos bebês foram inseridos na creche durante o primeiro ano de vida. Foram realizadas duas entrevistas com cada mãe...

As instituições sociais e de saúde na perspectiva das famílias com jovens deficiententes: o caso particular de um Concelho do Baixo Alentejo

Canhestro, Ana Maria Grego Dias Sobral
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
56.16%
A família, enquanto instituição social, tem como principal função cuidar dos seus membros mais jovens garantindo a satisfação das suas necessidades e estimulando a sua autonomia com vista à sua plena integração na sociedade. A existência de um jovem portador de deficiência numa família representa um acréscimo substancial de dificuldades e sofrimento para todos os envolvidos. A existência de redes de suporte (formais e informais) que respondam às suas necessidades reais é crucial para a manutenção da integridade dessas famílias. É importante que exista, perto dessas famílias, uma instituição que possua os meios necessários para lhes poder dar suporte e ajuda e para coordenar a necessária articulação com as várias instituições de saúde e sociais onde os jovens são seguidos. Este estudo analisa as dificuldades e as necessidades de suporte e ajuda das famílias com jovens deficientes, residentes num concelho do distrito de Beja - Baixo Alentejo, e a forma como os diferentes atores envolvidos lhes dão resposta. /ABSTRACT - As a social institution, the family's main task is to care of its younger members providing them with the satisfaction of their needs and stimulating their autonomy seeking their full integration in the society. The existence of a handicapped child or teenager in a family represents a substantial increase of difficulties and suffering for everybody involved. The presence of supporting nets (formal and informal) which respond to their real needs is crucial in order to preserve the integrity of those families. It is very important the existence of an institution near those families to give them support and aid and also to coordinate the necessary articulation between all social and health institutions where its handicapped young members are attended. This study analyzes the difficulties and needs off support and aid felt by the families with handicapped young people...

INSTITUIÇÕES SOCIAIS E A SUPERAÇÃO DOS DILEMAS DA AÇÃO COLETIVA EM ASSENTAMENTOS RURAIS

Miranda, Roberto de Sousa
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.2%
A problemática do desenvolvimento é recorrente nos debates acadêmicos sobre as políticas de reforma agrária executadas no Brasil a partir da redemocratização. Os desafios do desenvolvimento das áreas reformadas têm sido abordados a partir das dificuldades enfrentadas pelos agricultores familiares em ter acesso ao crédito, à assistência técnica, ao mercado e à inovação tecnológica. Uma questão, no entanto, é pouco considerada: a influência das instituições sociais dos assentamentos sobre as dinâmicas do desenvolvimento das áreas reformadas. A conversão do latifúndio em território da agricultura familiar passa, necessariamente, pela constituição de novos arranjos institucionais, com regras que definem direitos de propriedade, regulam processos decisórios, instituem mecanismos de resolução de conflitos e informam consensos coletivos previamente estabelecidos. A efetividade destes arranjos ajuda a superar os chamados dilemas sociais ou da ação coletiva, isto é, as contradições entre interesses individuais e do grupo. Esse trabalho analisa como os arranjos institucionais do assentamento José Antônio Eufrosino, localizado no Semiárido paraibano, influenciaram a execução de projetos e ações relacionados ao desenvolvimento socioeconômico e à resolução de conflitos ambientais.

Juventudes e contemporaneidade: entre a autonomia e a tutela

Malfitano,Ana Paula Serrata
Fonte: Centro em Rede de Investigação em Antropologia - CRIA Publicador: Centro em Rede de Investigação em Antropologia - CRIA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.12%
A juventude vem ganhando discussões e ações públicas mundiais em proporções ascendentes, caracterizada como um grupo social plural e emergente. Contudo, a partir de uma visão homogeneizante, os jovens são predominantemente interpretados como um “problema político” que requer o desenvolvimento de intervenções disciplinares e de controle. Tais intervenções debatem-se com a constituição jurídica, cultural e social da juventude, questionando quem deve estar em proteção, sob tutela, e quem tem a liberdade e a autonomia de decisão sobre si. Os serviços sociais direcionados a essa população intencionam realizar seu cuidado com vistas à promoção de sua autonomia. A partir de um trabalho de campo de base etnográfica, realizado por quatro anos junto a instituições sociais e a jovens que as frequentavam, apresenta-se a trajetória de vida de um jovem no limiar de entrada para a vida adulta, compreendendo a passagem para a maioridade como um evento crítico de sofrimento social. Enfatiza-se o acesso, naquela história, a uma autonomia socioeconômica, mas que se apresenta como exceção, devido ao pequeno alcance concreto das ações dos serviços sociais junto aos jovens de grupos populares.