Página 1 dos resultados de 298 itens digitais encontrados em 0.024 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Florianópolis, SC

Efeito inibitório da interleucina-4 e interleucina-13 sobre a hiperalgesia inflamatória

Veiga, Fabiane Hiratsuka
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 110f.| il., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.33%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas.; O presente estudo utilizou um modelo de hiperalgesia mecânica (teste de Randall-Selitto modificado) para investigar os efeitos da interleucina(IL)-4 e IL-13 sobre a hiperalgesia induzida pela injeção intraplantar de carragenina (Cg), bradicinina (BK), fator de necrose tumoral (TNF) a, IL-1b, IL-8 e prostaglandina (PG) E2. Foram utilizados anticorpos monoclonais (Abs) específicos para investigar a participação destas citocinas inibitórias (IL-4 e IL-13) endógenas na hiperalgesia induzida por diferentes estímulos. Também foi pesquisada a origem celular destas citocinas liberadas durante a hiperalgesia inflamatória. A IL-4 e a IL-13 inibiram de maneira dose-dependente a hiperalgesia mecânica induzida por Cg, BK e TNFa, e Abs específicos para a IL-4 e a IL-13 potencializaram a hiperalgesia induzida por doses submáximas destes estímulos. A IL-4 e a IL-13 não inibiram a hiperalgesia induzida por IL-1b, IL-8 e PGE2. Somente quando o tratamento com as citocinas inibitórias foi realizado 12 h antes, pode-se observar a inibição do efeito da IL-1b. Os dados sugerem que no início da resposta hiperalgésica, tanto a IL-4 quanto a IL-13 parecem atuar inibindo a liberação de citocinas pró-inflamatórias...