Página 1 dos resultados de 249 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica do leite cru, do leite pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação de uma Granja Leiteira no RS; Evaluation of physical, chemical and microbiological quality of raw and pasteurized grade A milk and points of contamination at a dairy farm in RS

Silva, Vanessa Aparecida de Mello da; Rivas, Paula Marques; Zanela, Maira Balbinotti; Pinto, Andrea Troller; Ribeiro, Maria Edi R.; Silva, Fabiana Fernanda Pacheco da; Machado, Maluza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.18%
O leite tipo A, produzido e beneficiado em granja leiteira, possui padrões de qualidade específicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica do leite cru e pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação em uma granja leiteira do RS. De novembro de 2006 a abril de 2008 foram realizadas seis coletas. A cada coleta foram amostrados: leite cru e pasteurizado, swabes de tetos e teteiras para contagem de coliformes totais, termotolerantes, bactérias mesófilas aeróbias e psicrotróficas. Foi realizada análise físico-química do leite. A contagem de coliformes totais e termotolerantes no leite pasteurizado indicou que 50% e 33,3% das amostras estavam fora do padrão, respectivamente. Na contagem de mesófilos aeróbios no leite pasteurizado, duas amostras apresentaram resultados acima do limite estabelecido pela Instrução Normativa 51 (IN51). No leite cru, 3 amostras apresentaram elevadas contagens de mesófilos aeróbios (>1,0 x 104UFC/mL). A quantidade de psicrotróficos do leite cru variou entre as coletas. Houve aumento dos valores entre a primeira e a última coleta para as contagens na superfície das teteiras do início para o fim do período da ordenha. Na análise físico-química do leite foi verificado que duas amostras de leite cru e uma amostra de leite pasteurizado apresentaram teores de gordura abaixo do mínimo permitido (3...

Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica do leite cru, do leite pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação de uma Granja Leiteira no RS; Evaluation of physical, chemical and microbiological quality of raw and pasteurized grade A milk and points of contamination at a dairy farm in RS

Silva, Vanessa Aparecida de Mello da; Rivas, Paula Marques; Zanela, Maira Balbinotti; Pinto, Andrea Troller; Ribeiro, Maria Edi Rocha; Silva, Fabiana Fernanda Pacheco da; Machado, Maluza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.21%
O leite tipo A, produzido e beneficiado em granja leiteira, possui padrões de qualidade específicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica do leite cru e pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação em uma granja leiteira do RS. De novembro de 2006 a abril de 2008 foram realizadas seis coletas. A cada coleta foram amostrados: leite cru e pasteurizado, swabes de tetos e teteiras para contagem de coliformes totais, termotolerantes, bactérias mesófilas aeróbias e psicrotróficas. Foi realizada análise físico-química do leite. A contagem de coliformes totais e termotolerantes no leite pasteurizado indicou que 50% e 33,3% das amostras estavam fora do padrão, respectivamente. Na contagem de mesófilos aeróbios no leite pasteurizado, duas amostras apresentaram resultados acima do limite estabelecido pela Instrução Normativa 51 (IN51). No leite cru, 3 amostras apresentaram elevadas contagens de mesófilos aeróbios (>1,0 x 104UFC/mL). A quantidade de psicrotróficos do leite cru variou entre as coletas. Houve aumento dos valores entre a primeira e a última coleta para as contagens na superfície das teteiras do início para o fim do período da ordenha. Na análise físico-química do leite foi verificado que duas amostras de leite cru e uma amostra de leite pasteurizado apresentaram teores de gordura abaixo do mínimo permitido (3...

Capacidade de detecção de adulteração e suficiência das provas oficiais para assegurar a qualidade do leite pasteurizado; Ability to detect adulteration and sufficiency of the official tests to assure pasteurized milk quality

Silva, Lívia Cavaletti Correa da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
67.14%
O leite é um alimento sujeito à fraudes. As mais frequentes são a adição de água, reconstituintes, conservantes e neutralizantes. Apesar da legislação determinar a pesquisa diária dessas substâncias, a avaliação do leite pelas indústrias geralmente é realizada apenas por análises físico-químicas genéricas como densidade e crioscopia. Contudo, essas fraudes muitas vezes são calculadas para impedir sua identificação por provas de rotina não específicas. O objetivo desse trabalho foi pesquisar a ocorrência de fraudes, resíduos de antibióticos e irregularidades físico-químicas e microbiológicas em leite pasteurizado, bem como avaliar a capacidade de detecção de adulterações e a suficiência das provas oficiais específicas e inespecíficas na identificação da adição de reconstituintes, conservantes e neutralizantes. Foram avaliadas 100 amostras de leite pasteurizado, produzido no Paraná, para a presença de reconstituintes, conservantes, neutralizantes e antibióticos e demais parâmetros físico-químicos e microbiológicos determinados pela legislação. Em outro experimento, a capacidade de detecção das provas oficiais para pesquisa de sacarose, cloretos, amido, formaldeído, cloro, hipoclorito...

Qualidade microbiológica e ocorrência de leveduras em leite pasteurizado tipos A, B e C

Gusmão, Viviane Vieira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 102 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
56.9%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia e Ciência de Alimentos - IBILCE; No Brasil, o leite possui uma posição de destaque, tanto do ponto de vista social como do econômico. Devido a sua composição peculiar rica em proteínas, gorduras, carboidratos, sais minerais e vitaminas, é considerado como um excelente meio de cultura, pois constitui um ambiente adequado para o desenvolvimento de vários microrganismos. A contaminação microbiana altera a qualidade do alimento e pode agir como veículo de microrganismos patogênicos, que podem provocar o desenvolvimento de doenças infecciosas ou intoxicações alimentares, que colocam em risco a saúde do consumidor e levam à condenação do leite, além da perda da qualidade nutricional do produto. O leite é freqüentemente relacionado com surtos de toxinfecções alimentares, o que justifica a necessidade de avaliações constantes de sua qualidade garantindo a sua condição de consumo. Neste trabalho foram coletadas 23 amostras de leite pasteurizado tipos A, B e C, obtidas no comércio varejista da região de São José do Rio Preto - SP, que foram submetidas as seguintes análises microbiológicas: contagem de bactérias aeróbias mesófilas...

Efeito do tempo de armazenamento do leite cru e da temperatura de esticagem do leite pasteurizado sobre sua vida de prateleira.; Effects of raw milk storage time and pasteurized milk storage temperature on milk shelflife.

Gustavo Braga Sanvido
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
67.29%
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do tempo de armazenamento do leite cru e da temperatura de estocagem do leite pasteurizado sobre sua qualidade físicoquímica, microbiológica e vida de prateleira. Para cada experimento utilizouse 150 litros de leite cru que foram divididos em 3 latões de 50 litros armazenados por 0, 4 ou 7 dias a 5 ± 1ºC antes da pasteurização. Durante o armazenamento refrigerado, amostras de leite cru foram avaliadas quando a presença de resíduos de antibióticos, contagem de células somáticas, pH, acidez, densidade, extrato seco total, gordura, nitrogênio total e solúvel em pH 4,6 e em TCA 24%, coliformes a 3035 ºC e a 45ºC e a contagem dos seguintes microorganismos: aeróbios mesófilos, psicrotróficos, Pseudomonas spp., termodúricos mesófilos e psicrotróficos, esporos mesófilos e psicrotróficos. Após o período de armazenamento refrigerado o leite foi pasteurizado (7275 ºC/1520 segundos), refrigerado (5±1ºC) e envasado em embalagens plásticas de polietileno, as quais foram divididas em dois lotes e estocadas a 5±1ºC ou a 10±1ºC. Durante o armazenamento refrigerado amostras dos leites pasteurizados foram avaliadas para as mesmas características, excetuandose contagem de células somáticas e a presença de resíduos de antibióticos e incluindose os testes de eficiência de pasteurização (peroxidase e fosfatase) e a pesquisa de Salmonela spp. O final da vida de prateleira do leite pasteurizado foi estabelecido como sendo o primeiro dia em que as amostras apresentassem contagem total de microorganismos mesófilos aeróbios superior a 8 x 10 4 UFC/mL. O experimento completo foi repetido três vezes e o delineamento experimental utilizado foi o Splitsplitplot com três fatores. Durante o armazenamento refrigerado do leite cru observouse o aumento significativo da proteólise...

Qualidade do leite pasteurizado no comercio varejista na região de Campinas-SP

Silvia Fatima Borges
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/1988 Português
Relevância na Pesquisa
56.9%
Com o objetivo de avaliar a qualidade do leite normalmente adquirido pelo consumidor no comércio varejista, foram analisadas 152 amostras de leite pasteurizado dos tipos B e Especial, envolvendo várias marcas comerciais disponíveis na região de Campinas-SP. A partir dos resultados das determinações de volume na embalagem plástica, densidade, teor de gordura, sólidos totais, acidez Dornic, cinzas, índice crioscópico, fosfatase alcalina e contaminação microbiana global, pode-se concluir que nenhuma embalagem apresentou um volume de leite acima de 1.000 mL, enquanto que 56,58% estavam abaixo, com o volume médio total de 991 mL. A densidade e a acidez Dornic estiveram na maioria dentro da faixa normal, apresentando valores médios de 1,032 e 160D para a densidade e acidez, respectivamente. Os teores médios de gordura foram 3,53% e3,17% para os leites B e Especial, respectivamente. Embora esses valores médios estejam próximos do normal, houveram grandes variações indicando deficiências no controle a nível industrial para o caso do leite Especial. Com relação aos sólidos totais o mais importante a se destacar, além das variações, foi a diferença para menos dos valores obtidos pelo método gravimétrico em relação ao cálculo pelo de disco de Ackermann. Já para o índice crioscópico e percentual cinzas foram detectados valores extremos bem fora do normal...

Analise de perigos e pontos criticos de controle no processamento do leite pasteurizado em uma industria de laticinios

Garcia, Joice Adelia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 158f.| il., grafs., tabs.+anexos
Português
Relevância na Pesquisa
56.9%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciencias Agrarias; Um dos caminhos mais efetivos e econômicos na avaliação, padronização e controle da pasteurização do leite é a Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (Hazard Analysis Critical Control Points - HACCP). Este trabalho foi realizado numa pequena indústria de laticínios, localizada na região da grande Florianópolis. Foram coletadas e analisadas vinte amostras de leite em cada uma das etapas: na saída do pasteurizador, no tanque de estocagem, na saída do envase sendo que os seguintes microrganismos foram investigados: coliformes totais, coliformes fecais e Staphylococcus aureus. Através dos resultados obtidos das análises microbiológicas anterior ao treinamento de pessoal e à implementação do HACCP, verificou-se desacordo com a legislação do Mercosul da seguinte forma: com 13 das 60 amostras (25%) em relação aos coliformes totais, e com 3 das 60 amostras (5%) em relação aos coliformes fecais. Já os Staphylococcus aureus não foram encontrados em nenhuma das amostras. Após o treinamento de pessoal, identificou-se três pontos críticos de controle no fluxograma de produção do leite pasteurizado. A validação do sistema foi confirmada através das análises microbiológicas do leite pasteurizado...

Contribuição ao estudo da qualidade do leite pasteurizado por processo lento em condomínios leiteiros rurais /

Amabile, Juliana Maria
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, [68]f.| il., tabs. +
Português
Relevância na Pesquisa
57.02%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias.; Comparação da qualidade higiênico-sanitária entre o leite, embalado em sacos plásticos e pasteurizado pelo processo lento, realizado num condomínio leiteiro rural e o leite tipo C, obtido por pasteurização rápida numa usina de beneficiamento. Amostras de leite cru e pasteurizado foram coletadas, aleatóriamente, num condomínio leiteiro rural e na plataforma de recebimento da usina. Estas foram submetidas a análises microbiológica (contagem total de mesófilos, salmonella, coliformes totais e fecais) e enzimática (fosfatase e peroxidase). Os resultados demonstraram que as amostras de leite cru, coletadas no condomínio, eram de melhor qualidade microbiológica e que a qualidade higiênico-sanitária do leite, obtido pelo processo lento, é semelhante ao obtido pelo processo rápido da indústria. Demonstraram, ainda, que é possível obter-se leite pasteurizado pelo processo de pasteurização lenta, atendendo aos processos legais exigidos.

Pesquisa de bactérias patogênicas em leite pasteurizado tipo C comercializado na cidade do Recife, Pernambuco, Brasil

Padilha,Maria do Rosário de Fátima; Fernandes,Zelyta de Faro; Leal,Tereza Cristina Arcanjo; Leal,Nilma Cintra; Almeida,Alzira Maria Paiva de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 Português
Relevância na Pesquisa
56.89%
Visando complementar as informações sobre a qualidade microbiológica do leite comercializado na cidade do Recife, foram analisadas 250 amostras de leite pasteurizado tipo C e 50 amostras de leite cru para a pesquisa de Yersinia enterocolitica e Listeria monocytogenes, bactérias patogênicas capazes de se desenvolverem em temperatura de refrigeração. Y. enterocolitica não foi encontrada em nenhuma das amostras analisadas, entretanto foi detectada a presença de Y. intermedia e Y. frederiksenii, espécies ambientais que se comportam como patógenos oportunistas. L. monocytogenes também não foi encontrada, mas, através da metodologia empregada para seu isolamento foi obtido um isolamento de Salmonella Montevideo em uma amostra de leite pasteurizado e outro em leite cru. Além dessas, várias outras bactérias foram encontradas, supondo-se que a ampla microbiota crescida nos meios empregados pode ter interferido no isolamento da Y. enterocolitica e L. monocytogenes.

Avaliação de equipamento alternativo para pasteurização lenta de leite previamente envasado

Schuster,Carmem; Gonzalez,Helenice de Lima; Büchle,Juliano; Timm,Cláudio Dias
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
56.91%
A utilização de equipamentos alternativos de comprovada eficiência pode colaborar na viabilização do uso da pasteurização lenta por pequenos produtores, melhorando a rentabilidade da atividade e diminuindo o comércio de leite informal. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de equipamento alternativo para pasteurização lenta de leite previamente envasado. Quatorze partidas de 30 L de leite foram processadas e analisadas. As provas realizadas foram contagens de mesófilos aeróbicos, coliformes totais e coliformes termotolerantes, cálculo da redução de mesófilos aeróbicos e pesquisa da atividade das enzimas fosfatase e peroxidase. A eficiência do processo de pasteurização em reduzir o número de mesófilos aeróbicos do leite variou de 99,97 a 99,99%. Todas as amostras de leite pasteurizado apresentaram contagens de coliformes totais e termotolerantes <0,3 NMP/mL e resultados negativos e positivos para fosfatase e peroxidase, respectivamente. O equipamento testado foi eficiente na pasteurização lenta do leite previamente envasado, pois, em todas as partidas analisadas, foi obtido leite pasteurizado dentro dos padrões estabelecidos pela legislação brasileira para os parâmetros estudados.

Caracterização microbiológica e físico-química de leite pasteurizado destinado ao programa do leite no Estado de Alagoas

Silva,Maria Cristina Delgado da; Silva,Juliana Vasconcelos Lyra da; Ramos,Alécia Cristinne Santos; Melo,Rossana de Oliveira; Oliveira,Juliana Omena
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.84%
Atualmente 17 mini usinas fazem parte do Programa do Leite no estado de Alagoas, e através de um convênio firmado entre o Laboratório de Microbiologia de Alimentos da Universidade Federal de Alagoas e a Cooperativa de Laticínio de Alagoas - CPLA para monitorar a qualidade microbiológica e físico-química de leite pasteurizado tipo C, foram analisadas 348 amostras deste produto e avaliadas quanto à contagem de coliformes a 35 e 45 °C, quanto a bactérias aeróbias mesófilas, bactérias psicrotróficas e pesquisa de Salmonella sp., segundo metodologia convencional proposta pela Instrução Normativa nº 62/2003 do MAPA. Os parâmetros físico-químicos (acidez titulável em graus Dornic, estabilidade ao álcool, densidade a 15 °C, índice crioscópico, teor de gordura, extrato seco desengordurado e teor de proteína) foram avaliados segundo metodologia convencional recomendada pelo Instituto Adolfo Lutz. As análises de gordura, proteína e extrato seco desengordurado foram realizadas utilizando o aparelho Ekomilk, conforme recomendação do fabricante. De acordo com os resultados obtidos, 134 (38,5%) e 159 (45,7%) amostras apresentaram-se dentro dos padrões microbiológicos e físico-químicos, respectivamente, segundo a legislação em vigor. Salmonella sp. não foi detectada nas amostras analisadas. Recomenda-se a implantação de programas de boas práticas de fabricação e análise de perigos e pontos críticos de controle para assegurar a inocuidade deste produto.

DETERMINAÇÃO DE RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS, UTILIZANDO-SE MÉTODOS DE INIBIÇÃO MICROBIANA, ENZIMÁTICO E IMUNO-ENSAIOS NO LEITE PASTEURIZADO COMERCIALIZADO NA REGIÃO NORTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, BRASIL

Folly,Marcio Manhães; Machado,Simone da Costa Alves
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 Português
Relevância na Pesquisa
56.89%
O leite contaminado por resíduos de antimicrobianos é considerado adulterado e impróprio para o consumo, representando riscos à saúde do consumidor, riscos tecnológicos para a indústria de laticínios e rejeição da imagem da empresa pelo consumidor. Com os objetivos de determinar a freqüência da contaminação por resíduos de antimicrobianos no leite pasteurizado dos tipos "C" e "Integral Fazenda" comercializado na região Norte do Estado do Rio de Janeiro foram analisadas 300 amostras de leite pasteurizado tipo "C" (130 amostras) e "Integral Fazenda" (170 amostras) oriundas dessa região, de abril de 1996 a abril de 1997. Foi encontrada uma freqüência de 4.33% de contaminação por resíduos de inibidores microbianos no leite, utilizando-se, paralelamente, o método de inibição microbiana "Delvotest P" e o de proteínas ligadoras de penicilinas "bL Snap Test". A utilização isolada do "Delvotest P" revelou uma ocorrência de 3,66 % e do "bL Snap Test" uma freqüência de 1,66%. Para as amostras "Delvotest P" positiva e "bL Snap Test" negativa, foram utilizados testes para detectar tetraciclinas ("Tetraciclina Snap Test") e gentamicina ("Cite Probe Gentamicin"). Conclui-se que houve contaminação no leite de consumo...

PESQUISA DE Salmonella spp. EM LEITE CRU, LEITE PASTEURIZADO TIPO C E QUEIJO "MINAS FRESCAL" COMERCIALIZADOS NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA - SP

ÁVILA,C.R. de; GALLO,C.R.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1996 Português
Relevância na Pesquisa
66.87%
Este trabalho foi conduzido para detectar a ocorrência de Salmonella spp. em leite cru, leite pasteurizado tipo C e queijo "Minas Frescal". Analisaram-se 19 amostras de cada produto de diferentes marcas comerciais, adquiridas em diversos estabelecimentos comerciais em Piracicaba, SP. Segundo o padrão de amostragem e métodos adotados, não foi detectada a presença de Salmonella spp. nas amostras analisadas. Durante este trabalho, foi possível observar que os 3 meios de isolamento utilizados: agar verde brilhante, agar bismuto sulfito e agar Salmonella-Shigella, apresentaram baixa seletividade, uma vez que permitiram o crescimento de bactérias não pertencentes ao gênero Salmonella. O mesmo ocorreu com os caldos tetrationato e selenito-cistina utilizados no enriquecimento seletivo.

Uso de microfiltração para melhoria da qualidade e extensão da vida de prateleira de leite pasteurizado

Antunes,Veridiana de Carvalho
Fonte: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL Publicador: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.92%
A microfiltração é uma das tecnologias utilizadas para melhorar a qualidade do leite fluido. O objetivo dessa revisão é abordar o uso da microfiltração do leite para estender sua vida de prateleira. A importância da qualidade do leite cru (microorganismos contaminantes e enzimas naturais do leite, provenientes das células somáticas ou do crescimento dos microrganismos psicrotróficos) e as condições de estocagem do leite cru (refrigeração), que são decisivas para a qualidade e vida de prateleira do leite pasteurizado, também serão discutidas. São mencionados os progressos já obtidos e em desenvolvimento da tecnologia de microfiltração para a extensão da vida de prateleira do leite pasteurizado e a importância da microfiltração para manter as características nutricionais do leite. Ainda serão descritos os problemas associados com incrustações da membrana que afetam o seu desempenho.

Prevalência de antibióticos no leite pasteurizado tipo B e Especial 3,2% de Gordura consumidos em Belo Horizonte, 1982-83.

SILVA, T. J. P.; SENA, M. C. de.
Fonte: REVISTA DO ILCT, v.39, n.235, p.7-12, 1984. Publicador: REVISTA DO ILCT, v.39, n.235, p.7-12, 1984.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
66.84%
Foram colhidos pacotes de 1000ml de leite pasteurizado tipo B e Especial 3,2% de gordura de três marcas comerciais, nos supermercados de Belo Horizonte , num total de 96 e 288, respectivamente. A colheita se realizou durante 12 meses, sendo duas vezes por semana. Os pacotes foram acondicionados em caixas isotérmicas e conduzidos para o laboratório do Departamento de Tecnologia e inspeção de produtos de Origem Animal na Escola de Veterinária da UFMG.; 1984

QUALIDADE MICROBIOLÓGICA E FÍSICO-QUÍMICA DO LEITE PASTEURIZADO PRODUZIDO NA REGIÃO OESTE DO PARANÁ

ZOCCHE, F.; BERSOT, L. S.; BARCELLOS, V. C.; PARANHOS, J. K.; ROSA, S. T. M.; RAYMUNDO, N. K.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
66.84%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade do leite pasteurizado produzido em Palotina - PR, comparando-se os resultados com os padrões da legislação nacional vigente, através de análises microbiológicas e físico-químicas. Foram coletadas aleatoriamente, 40 amostras de leites pasteurizados de diversos estabelecimentos comerciais de Palotina(PR). Deste total 16 amostras foram da marca X (08 tipo B e 08 desnatados, com inspeção estadual - SIP), 16 amostras da marca Y (08 tipo C e 08 desnatados com inspeção federal - SIF) e 08 amostras da marca Z (tipo C com inspeção federal - SIF). Após a coleta, as amostras foram enviadas imediatamente ao Laboratório de Controle Microbiológico de Água e Alimentos – LACOMA, da UFPR – Campus Palotina e estocadas em geladeira por um período máximo de 1 hora até o início das análises. Os resultados demonstraram que o produto estava dentro dos padrões aceitáveis para a contagem de mesófilos, psicrotróficos e coliformes fecais. Foi encontrado elevado percentual de amostras de leite peroxidase negativa (12 amostras – 30%). Foi possível identificar 07 leites aguados, 05 suspeitos de aguagem, 01 com desnate parcial e 01 suspeito de desnate. Com os resultados obtidos pode-se concluir que as três marcas de leite comercializadas em Palotina apresentaram-se dentro dos padrões microbiológicos o que pode estar relacionado ao alto percentual de superaquecimento e que os resultados físico-químicos foram...

STUDY OF MODIFICATIONS THAT OCCUR IN PASTEURIZED FROZEN MILK DURING THE STORAGE; ESTUDO DAS MODIFICAÇÕES QUE OCORREM NO LEITE PASTEURIZADO CONGELADO, DURANTE O ARMAZENAMENTO

BENEDET, HONÓRIO DOMINGOS; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.76%
Pasteurized milk, after freezing at -18°C were stored during twelve weeks with the finality to verify modifications ocurred. Determinations of peroxide, pH, acidity, total counting of mesophyllus, psicrophyllus and acceptability tests were carried out.; Leite pasteurizado e congelado a -18°C foi armazenado durante 12 semanas com a finalidade de verificar as modificações ocorridas. Foram realizadas determinações de peróxidos, pH, acidez, contagem total de mesófilos e psicrófilos, bem como, testada a aceitabilidade. Os resultados obtidos indicam que as alterações ocorridas não foram significativas, indicando que esse procedimento pode prolongar-se por tempo maior.

“COAGULUM” CHEESE ELABORATED FROM A PASTEURIZED AND INOCULATED MILK WITH Streptococcus thermophyllus E Lactobacillus bulgaricus: SENSORIAL AND BIOCHEMICAL ASPECTS; ELABORAÇÃO DE QUEIJO DE COALHO A PARTIR DE LEITE PASTEURIZADO E INOCULADO COM Streptococcus thermophyllus E Lactobacillus bulgaricus: ASPECTOS BIOQUÍMICO E SENSORIAL

LIMA, MARCIA HELENA PORTELA; Núcleo de tecnologia Industrial; TELLES, FRANCISCO JOSÉ SIQUEIRA; Universidade Federal do Ceará; MACEDO, BENEMÁRIA ARAÚJO; Universidade Estadual do Ceará; BENEVIDES, SELENE DAIHA; Universidade Federal do Ceará
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.81%
Coagulum type cheeses made from milk heat-treated (LTLT pasteurization) and inoculated with 1% starter (Streptococcus thermophillus and Lactobacillus bulgaricus) were compared to those cheeses traditionally obtained from raw milk concerning the intensity of cure and acceptability. The cheese ripening was realized at room temperature (29 °C) and in cold chamber (12 °C) during ten days. The cheeses presented approximate ripening rates, however values were slightly higher for those inoculated with lactic ferment and with the ripening done at room temperature. The cheeses were considered equal in a 5% level of significance. It means that it is possible to obtain coagulum cheeses from pasteurized milk with the thermophylic culture used. The sensory tests indicated a preference for those cheeses made from pasteurized/inoculated milk ripened at room temperature.;  Queijos de coalho elaborados a partir de leite tratado termicamente e inoculado a 1% com cultura termofílica (Streptococcus thermophyllus e Lactobacillus bulgaricus) foram comparados com queijos obtidos tradicionalmente. Considerou-se no estudo a intensidade de cura e a aceitabilidade do produto. A maturação foi realizada a temperatura ambiente (29 °C) e em câmara fria (12 °C) durante dez dias. Os queijos apresentaram índices de maturação próximos e valores ligeiramente maiores para aqueles inoculados com fermento lático e maturação a temperatura ambiente. A média de aceitabilidade (ao nível de 5% de significância) evidenciou a possibilidade de obtenção de queijo de coalho a partir de leite pasteurizado e inoculado com S. thermophyllus e L. bulgaricus. As médias atribuídas pelos provadores indicaram certa preferência por este queijo...

STUDY OF PHYSICOCHEMICAL AND MICROBIOLOGICAL QUALITY OF PASTEURIZED MILK IN AN INDUSTRY FROM SANTA CATARINA (BRAZIL); ESTUDO DA QUALIDADE FÍSICO-QUÍMICA E MICROBIOLÓGICA DO LEITE PASTEURIZADO NUMA INDÚSTRIA DE SANTA CATARINA

DE SOUZA, SOLANGE; BENEDET, HONÓRIO DOMINGOS
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.93%
Twenty samples of raw milk were analysed frem different parts of the procesing line: at the packing, storage and expedition. The results of density, crioscopy, fat, inhibitors, preservatives, microorganisms and absence of inhibitors and preservatives. Recontamination occurred in 20% of total pasteurized milk.; Em três pontos da linha de processamento de leite pasteurizado ou seja: na empacotadeira, câmara de estocagem e local de expedição foram coletadas e analisadas no mês de abril de 1987, 20 amostras de leite em termos de densidade, crioscopia, gordura, inibidores, conservantes e microrganismos, observando-se a ausência de inibidores e conservantes e, que ocorreu recontaminação em 20% do total de leite pasteurizado.

Qualidade bacteriológica do leite pasteurizado tipo C produzido no estado do Rio de Janeiro

Bricio, Silvia Maria Lopes; Laboratório Analítico de Alimentos e Bebidas – LAAB convênio UFRRJ/MAPA. Av. Maracanã, 252 – Rio de Janeiro, RJ.; da Silva, Cláudia Guerreiro; Laboratório Analítico de Alimentos e Bebidas – LAAB convênio UFRRJ/MAP
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Artigo Original; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.93%
Foram analisadas 45 amostras de leite pasteurizado tipo C processado pelos laticínios do estado do Rio de Janeiro, noperíodo de janeiro a dezembro de 2001. As amostras chegaram ao laboratório diretamente dos lacticínios do interior do estadodo Rio de Janeiro, colhidas pelo Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura. As análises de coliformes totais efecais, Contagem de Bactérias Heterotróficas Aeróbias Mesófilas (CBHAM) e pesquisa de Salmonella foram realizadas noLaboratório Analítico de Alimentos e Bebidas pertencente ao convênio MAPA/UFRRJ. Os resultados foram comparados com ospadrões microbiológicos do regulamento técnico de identidade e qualidade de leite pasteurizado do Ministério da Agricultura(BRASIL, 1999). Estavam fora do padrão, 4,4% das amostras analisadas para a contagem de BHAM, 24,4% para enumeraçãode coliformes totais e 11,1% para coliformes fecais. Não foi encontrada Salmonella em nenhuma das amostras analisadas.Os resultados encontrados indicam uma provável falha no tratamento térmico ou contaminação do produto antes ou duranteo envase, sendo necessária uma avaliação do processamento para determinar o foco do problema e evitar que a populaçãoconsuma leite de má qualidade.