Página 1 dos resultados de 1366 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Análise econômico-financeira setorial: estudo da relação entre liquidez e rentabilidade sob a ótica do modelo dinâmico; Sectorial economical-financial analysis: relationship study between liquidity and profitability under the dynamic model's optics

Sato, Sonia Sanae
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.37%
Este trabalho teve como propósito apresentar e analisar a relação entre liquidez e rentabilidade das empresas sob a ótica do modelo dinâmico. Para tanto, recorreu-se à revisão bibliográfica do modelo dinâmico que foi introduzido no Brasil pelo professor francês Michel Fleuriet que atuou na década de 70 na Fundação Dom Cabral. Este modelo que tem como objetivo analisar o investimento em capital de giro e sua administração, além de retomar o tema da liquidez permitiu avaliar a tomada de decisões das empresas, bem como revelar diretrizes para o futuro a partir da reclassificação do balanço patrimonial e isolamento de três variáveis chaves - a necessidade de capital de giro (NCG), o capital de giro (CDG) e o saldo de tesouraria (ST) - cuja combinação culminou na identificação de seis tipos de estruturas financeiras. Deste modo o modelo dinâmico, mudou o enfoque da análise tradicional voltada para o aspecto de solvência e descontinuidade dos negócios, para uma análise dinâmica voltada para a real situação de liquidez da empresa e integrada a sua dinâmica operacional. Assim, para fins de avaliação da liquidez, esta pesquisa optou pela utilização do modelo dinâmico e para a avaliação da rentabilidade foram utilizados os indicadores tradicionais de rentabilidade: margem líquida (ML)...

Uma abordagem integrada para a gestão da liquidez e alocação de recursos no curto prazo em bancos comerciais

Alcântara, Wenersamy Ramos de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Neste trabalho é desenvolvido um modelo integrado para alocação ótima de ativos em bancos comerciais que incorpora restrições incertas de liquidez, atualmente ignoradas por modelos de RAROC e EVA. Se por um lado o lucro econômico considera o custo de oportunidade de ativos com risco, o que pode inclusive incorporar um prêmio de liquidez, por outro é negligenciado o risco de falha devido à falta de fundos suficientes para enfrentar demandas inesperadas de caixa, oriundas de corridas, saques excepcionais de linhas de crédito, ou perdas de crédito, de mercado, ou operacionais, o que pode ocorrer conjuntamente com episódios de racionamento de crédito interbancário ou crises sistêmicas de liquidez. Dada uma restrição de liquidez que pode incorporar tais fatores, há uma probabilidade Pf de que haja uma falha e a restrição de liquidez não seja obedecida, resultando em perda de valor para o banco, representada pela perda estocástica por falha Lf. O lucro econômico total, dada a possibilidade de perda devido à falta de liquidez, é então dinamicamente otimizado, resultando em um esquema de alocação de curto prazo capaz de integrar riscos de mercado, de crédito e operacionais na gestão de liquidez em bancos comerciais. Embora uma abordagem geral via simulação seja sugerida...

Mercado secundário de títulos públicos : microestrutura, liquidez e spread de compra e venda para o mercado de LTNs no Brasil

Sá Junior, Euridson de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
37.41%
Este trabalho está dividido em dois ensaios. O primeiro ensaio examina aspectos da liquidez do mercado secundário de títulos públicos no Brasil no período 2003 a 2006 e os determinantes do spread de compra e venda no mercado secundário de LTN - Letra do Tesouro Nacional no período 2005 a 2006. Os spreads foram calculados com base em dados diários de alta freqüência, para períodos de 30 minutos e de um dia. Em linhas gerais, a liquidez é um determinante importante no cálculo do spread. Especificamente os spreads diminuem quando os volumes ofertados aumentam. No caso dos prazos de vencimento, os spreads aumentam quando os prazos se ampliam. LTNs com prazos de vencimentos até 30 dias apresentaram spreads de 1 centavo de reais (1.89 bp) enquanto que LTNs com prazos acima de dois anos apresentaram spreads médios em torno de 54 centavos de reais (3.84 bp) para intervalos de 30 minutos e 81 centavos de reais (5.72 bp) para intervalos de um dia. Os testes econométricos foram realizados com base em um modelo apresentado por Chakravarty e Sarkar (1999) e aplicado ao mercado americano de bonds no período de 1995 e 1997. Os testes foram feitos utilizando-se a técnica do Método dos Momentos Generalizados (GMM). Os resultados confirmam o spread de compra e venda como medida importante no acompanhamento da liquidez. O segundo ensaio compara aspectos da liquidez e da microestrutura do mercado de títulos públicos em alguns paises como Brasil...

A influência do risco de liquidez no apreçamento de debêntures

Secches, Pedro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.41%
A principal contribuição deste estudo consiste em incluir o risco de liquidez entre os fatores que influenciam o apreçamento dos títulos de renda fixa corporativos brasileiros. Ao longo do trabalho mostramos que, muito embora intuitivamente o preço de uma determinada debênture deva ser uma função das suas características (prazo, rating, garantias, etc), o risco de crédito (risco de inadimplemento do emissor) e o risco de liquidez (risco de não conseguir montar ou se desfazer de uma posição a qualquer momento no preço do mercado) são os dois fatores que melhor definem os riscos envolvidos ao se emitir/comprar uma debênture. O risco de crédito tem sido o foco dos esforços para modelar o preço de um título de renda fixa, principalmente por causa do interesse dos bancos em marcar suas posições de crédito. No entanto, o que se propõe neste trabalho é incorporar o prêmio de liquidez inerente às debêntures distribuídas aos investidores nesses modelos, como um meio de melhor apreçar esses títulos. A tentativa de comprovação dessa hipótese foi feita acompanhando-se os preços indicativos no mercado secundário de debêntures, contrapondo-os aos preços obtidos via modelo de crédito e via modelo de crédito acrescido de modelo de liquidez. Os modelos adotados foram os que possuem características mais adaptáveis ao mercado brasileiro e/ou que fossem de mais simples implementação dadas as restrições brasileiras no que diz respeito à base de dados necessária para a aplicação de cada modelo. No caso do modelo de crédito...

A precificação do spread de liquidez no mercado secundário de debêntures

Gonçalves, Paulo Eduardo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
O objetivo desse trabalho é analisar e precificar o prêmio de liquidez exigido pelos investidores nas negociações de debêntures do mercado secundário brasileiro, com base no yield to maturity diário desses papéis. Os testes econométricos foram realizados com base no modelo apresentado por Houweling, Mentink e Vorst (2005) e aplicado ao mercado de eurobonds nos períodos de 1999 a 2001. Foi implementado um modelo de 5 variáveis para controlar, através de betas e características, os outros tipos de risco determinantes do spread das debêntures que não a liquidez. O conhecido modelo de títulos de renda fixa de dois fatores Fama-French (1993) foi utilizado para controlar os riscos de crédito e de taxas de juros, foram incorporados efeitos marginais, através das características individuais (rating e duration) das debêntures e uma adaptação para as particularidades do mercado brasileiro foi realizada, com a inclusão de um fator baseado na taxa PréxDI da duration dos portfólios. Para esse estudo, foram consideradas 4 proxies de liquidez largamente utilizadas na literatura: Volume de Emissão, Idade da Emissão, Número de Transações no dia e Spread de Compra e Venda, sendo o modelo estimado uma vez para cada proxy analisada. Para realizar os testes de regressão e precificar o prêmio de liquidez no mercado secundário de debêntures do Brasil...

Três ensaios sobre liquidez do mercado secundário de títulos públicos no Brasil

Silva, Ana Lúcia Pinto da
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
A tese tem como objetivo discutir a liquidez do mercado secundário de títulos da dívida pública no Brasil. Em três ensaios, defende que problemas de organização do mercado prejudicam a ampliação da liquidez e que a formação de preços nesse mercado acompanha as taxas do mercado futuro de depósitos interfinanceiros – DI futuro, e não o contrário, como esperado, já que a presença de títulos de elevada liquidez no mercado à vista é que deveria desenvolver o mercado futuro. O primeiro ensaio mede e estima os determinantes do bid-ask spread cotado (indicador de liquidez) para cada vértice de taxa de juros, tendo como referência os vencimentos dos títulos pré-fixados em cabeça de semestre: LTNs (LTN-13 e LTN-11) e NTNFs- (NTNF-17, NTNF-14). Mercados com menores spreads são mais líquidos, mercados com spreads maiores são menos líquidos. Os modelos empíricos foram estimados por meio de análises de séries de tempo. O trabalho utiliza o cálculo do bid-ask cotado para medir a liquidez dos títulos em análise, medido pela diferença entre o ask price e o bid price de fechamento do mercado. A estimação dos determinantes da liquidez de mercado foi realizada com base no método dos mínimos quadrados ordinários (MQO). O modelo testa se maturidade e volume de negócio determinam o bid-ask spread dos títulos. Mercados com menores spreads são mais líquidos do que mercados com maiores spreads. Os resultados mostram que a mediana e a média do bid-ask spread cotado crescem com a maturidade dos títulos. Os sinais dos parâmetros das regressões confirmam para a maioria dos vértices dos vértices analisados neste trabalho a hipótese inicial de que o bid-ask spread aumenta com a elevação maturidade e diminui com maior volume negociado...

Concentração do controle, governança corporativa e o impacto na liquidez das ações de empresas brasileiras

Patah, João
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.41%
Os efeitos dos diferentes graus de concentração do controle e de governança corporativa das empresas no desempenho das ações têm crescido em interesse no Brasil. Este estudo utiliza a concentração do poder de voto e um índice de governança corporativa para analisar se há impacto destes fatores na liquidez das ações, o que poderia ser um canal de sua influência nos diferenciais de retorno. Becht (1999) conclui que maior concentração de controle reduz a liquidez, Attig el al. (2006) argumentam que a separação do poder de voto e do direito sobre o fluxo de caixa levam à redução da qualidade de informações e expropriação de minoritários, reduzindo a liquidez das ações, e Chung, Elder e Kim (2010) concluem que melhoria da governança interna tem impacto positivo na liquidez. Os resultados obtidos neste estudo sugerem que, para uma amostra de empresas brasileiras, o indicador de governança corporativa não influencia a liquidez com significância estatística. A maior liquidez das ações está em empresas com concentração de controle entre 30% e 50%, com menores preços de negociação, abertura de capital recente e/ou listadas no Novo Mercado.; The effects of different degrees of control concentration and corporate governance on stock returns have rising interest in Brazil. This study makes use of the voting power concentration and of a corporate governance index to examine whether these factors affect stock liquidity...

Prêmio de liquidez de ações : um estudo para o mercado brasileiro

Chiara, Marco
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
Existe uma divergência nos estudos de mercados emergentes sobre a relação entre retorno e liquidez. Enquanto nos mercados desenvolvidos é consenso que o retorno cresce com a falta de liquidez, em mercados como o Brasil concorda-se com a sua influência, mas não é unânime o crescimento da rentabilidade diante da iliquidez. Assim, este estudo busca definir as variáveis que representam o conceito de liquidez e se elas possuem influência no retorno das ações brasileiras, além de entender se existe prêmio adicional por falta de liquidez. Para elucidar estas dúvidas foram analisadas 100 empresas pertencentes ao IBrX no período de 2003 a 2013, tendo como variáveis representativas de liquidez o spread, turnover, número de trades e volume financeiro. Os resultados estatísticos comprovaram a significância das variáveis, sendo as três primeiras negativamente correlacionadas e a última positivamente. Porém, ao contrário da literatura internacional, este trabalho não encontrou uma relação de retorno e liquidez crescente. Outro resultado encontrado foi que a influência da liquidez não se comporta de modo constante ao longo do tempo, o que pode ser uma das razões da diferença dos resultados da literatura nacional. Além disso...

Existe o efeito liquidez no mercado acionário brasileiro?

Machado, Márcio André Veras; Medeiros, Otávio Ribeiro de
Fonte: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças Publicador: Fundação instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.46%
Este artigo teve por objetivo analisar se existe o efeito liquidez no mercado acionário brasileiro. Além de analisar o efeito liquidez, este artigo avaliou a capacidade do CAPM e do modelo de três fatores de Fama e French (1993) em explicá-lo. Para isso, foram analisadas as empresas com ações negociadas na Bovespa, no período de 1995 a 2008. De acordo com os resultados obtidos, pode-se concluir que existe um prêmio de liquidez no mercado brasileiro, independentemente da proxy utilizada. O prêmio mensal variou de 0,83% a 2,19%, não ajustado ao risco, e de 1,77% a 2,78%, ajustado ao risco conforme CAPM, e de 1,24% a 3,04%, ajustado ao risco conforme modelo de três fatores, respectivamente. Observou-se, ainda, que o prêmio de liquidez não foi restrito ao mês de janeiro e não houve grandes alterações, ao serem utilizados períodos distintos na análise. Diante dessas evidências, a hipótese do presente artigo, de que existe um prêmio de liquidez no mercado brasileiro, não pode ser rejeitada. Ademais, constatou-se que tanto CAPM quanto o modelo de três fatores falham na explicação do efeito liquidez. Os resultados obtidos neste trabalho podem fomentar o estabelecimento de políticas corporativas que suavizem os custos de liquidez...

Liquidez : efeito do dinamismo e da sincronia dos elementos do capital de giro no desempenho das empresas brasileiras

Zanolla, Ercilio
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa Multi-Institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2014.; Esta tese tem como objetivo principal avaliar o efeito do dinamismo e da sincronia dos elementos do capital de giro no desempenho das empresas brasileiras. Para tanto, buscou-se na epistemologia de liquidez da teoria monetária e da preferência pela liquidez de Keynes, subsídios teóricos fundamentais para desenvolver e alcançar os objetivos postulados. A partir da compreensão teórica, direcionou-se à análise e a discussão para a propositura de um modelo alternativo que incorporasse tanto o dinamismo como a sincronia dos principais elementos do capital de giro não considerados nos modelos encontrados na literatura, definidos estes como tradicionais. A lógica do modelo dinâmico do capital de giro (FKB), bem como do modelo de liquidez ponderada, subsidiou a incorporação do dinamismo, do investimento em clientes, estoques e o financiamento pelos fornecedores, na mensuração da liquidez. A sincronia dos elementos do capital de giro foi definida pela estacionariedade da liquidez, conforme resultados do teste estatístico Dickey-Fuller Aumentado (ADF)...

Modelo com regimes para os preços e a liquidez de acções em bolsa

Rianço, Nelson Manuel Sobral
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.41%
Dissertação apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa para obtenção do grau de mestre em Matemática e Aplicações - Ramo Actuariado, Estatística e Investigação Operacional; Liquidez, nos mercados de acções, pode ser definida por várias quantidades concorrentes directamente observadas. Através da revisão da literatura concluímos que, apesar de um grande número de opiniões e dimensões da liquidez, os mais discutidos são o bid-ask spread (seguidamente designado por BAS) ver [12], [15],[26], [40], [46], [96], [108], [124] e [127] e o volume das transacções em [35], [104],[113], [132] e as suas referências. Uma série de estudos empíricos referenciados nos estudos citados, mostram a influência recíproca da liquidez nos níveis dos preços e dos níveis dos preços nas diversas medidas de liquidez. Iremos reportar neste trabalho, a análise estatística de ambos, o BAS e o volume das transacções, para um grande conjunto de acções estudadas, mostrando que a quantidade que tem melhores propriedades estatísticas que permitem o modelo log-normal é o volume das transacções expressa na moeda local. Propomos um modelo para a evolução do preço das acções em bolsa que incorpora a informação contida nos valores da liquidez expressa na moeda local. O modelo é dado por um sistema de equações diferenciais estocásticas...

Estrutura de capital, liquidez de caixa e valor da empresa: estudo de empresas brasileiras cotadas em bolsa

Loncan,Tiago Rodrigues; Caldeira,João Frois
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
Neste estudo analisa-se a relação entre estrutura de capital, liquidez de caixa e valor da empresa para uma amostra de empresas brasileirascotadas em bolsa mediante o uso de regressões de dados em painel, empregando o estimador de efeitos fixos. Inicialmente foram estimadas regressões entre a estrutura de capital (dívida sobre capital total) e liquidez de caixa (caixa sobre ativos), e também entre liquidez de caixa e dívida de curto e longo prazo. A seguir, foi aplicado um modelo entre o valor da empresa, a estrutura de capital e a liquidez de caixa. Os resultados deste estudo sugerem uma associação negativa entre as dívidas de curto e longo prazo e a liquidez de caixa, e também uma associação entre o nível de liquidez de caixa e um grau de alavancagem inferior. Além disso, o estudo apresentou evidências indiretas de que as empresas com restrições financeiras mantêm mais recursos em caixa. Com relação ao impacto da estrutura de capital e da liquidez de caixa no valor da empresa, foram encontrados efeitos marginais negativos das dívidas de curto e longo prazo no valor de mercado das empresas, e o mesmo vale para as restrições financeiras, sugerindo o comportamento de aversão ao risco por parte dos investidores no que diz respeito à dívida. Por outro lado...

Liquidez e rendibilidade das acções de empresas admitidas em bolsas estrangeiras

Febra, Lígia Catarina Marques
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.46%
Doutoramento em Gestão; O presente estudo tem como objecto de investigação os efeitos da admissão à cotação de uma empresa numa bolsa estrangeira sobre a liquidez, e compreende a análise de três questões: impacto no volume de transacções; relação entre rendibilidade e liquidez; e impacto da fusão NYSE/Euronext na liquidez das acções de empresas admitidas num mercado estrangeiro. Os resultados indicam que as características das empresas e as caractrísticas do mercado doméstico e do mercado estrangeiro são determinantes para o sucesso de uma admissão num mercado estrangeiro no que respeita à liquidez. Em particular, verificamos que o impacto da admissão num mercado estranjeiro sobre a liquidez das acções de empresas de mercados domésticos emergentes é positivo em termos globais. Relativamente à questão da relação entre rendibilidade e liquidez, o estudo permite verificar que a liquidez, quer individual, quer sistemática, tem um papel relevante no comportamento da rendibilidade no período de 52 semanas antes e depois da admissão das acções num mercado estrangeiro. No que respeita ao último estudo, os resultados mostram que a fusão parece não ter um impacto, no curto prazo, sobre a liquidez das acções estrangeiras cotadas na Euronext e sobre as acções de empresas da Euronext com segunda cotação em NYSE. Por outro lado...

Diseño metodológico para la medición del riesgo de liquidez de los fondos mutuos: aplicación a los fondos Money Market chilenos

Ayala Carrere, Tomás Felipe
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
Português
Relevância na Pesquisa
37.43%
Ingeniero Civil Industrial; El presente trabajo de título tiene como objetivo general diseñar una metodología para la medición del riesgo de liquidez de los fondos mutuos, siendo aplicada en una primera instancia a los fondos mutuos de tipo 1 o fondos Money Market. Para llevar a cabo lo anterior, se utilizan dos indicadores: el Coeficiente de Cobertura de Liquidez (CCL) propuesto por el nuevo acuerdo bancario de Basilea III, y la Concentración. El CCL busca garantizar que un banco mantenga un nivel suficiente de activos líquidos de alta calidad y libres de cargas que puedan ser transformados en efectivo para satisfacer sus necesidades de liquidez durante un horizonte de 30 días naturales en un escenario de tensiones de liquidez considerablemente graves. Estos activos deben ser como mínimo iguales al 60% de las salidas de efectivo netas totales esperadas para los próximos 30 días. Por otro lado, la Concentración, entendida como el patrimonio promedio por partícipe, busca estimar posibles aumentos significativos de los rescates debido al retiro de las cuotas por parte de un partícipe importante del fondo. Los datos utilizados son públicos y disponibles en el sitio web de la Superintendencia de Valores y Seguros, y están constituidos por la cartola diaria por fondo y la cartera mensual por fondo. La aplicación se realiza a los fondos de tipo 1 entre los años 2001 y 2011 dada la restricción entregada por esta institución. Dado el análisis de la evolución histórica del CCL...

A adoção de práticas diferenciadas de governança corporativa beneficia o acionista e aumenta a liquidez acionária?: Evidências empíricas do mercado brasileiro; ¿La adopción de prácticas diferenciadas de gobierno corporativo beneficia el accionista y aumenta la liquidez de las acciones?: Los datos empíricos del mercado brasileño; Shares and liquidity are benefited by better corporate governance?: Brazilian market evidence

Camargos, Marcos Antônio de; Barbosa, Francisco Vidal
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
O Novo Mercado e os Níveis Diferenciados de Governança Corporativa (NDGC) disseminaram um conjunto de práticas melhoradas de governança com o objetivo de aumentar a transparência e o conteúdo informacional entre investidores e empresas, além de reduzir o custo de capital, o que resultaria, supostamente, no aumento da liquidez e da valorização acionária para as empresas que as adotassem. Baseado nessas premissas, este artigo analisou o impacto da adesão aos NDGC sobre o comportamento das ações no mercado, visando identificar se ocorreram mudanças significativas no retorno acionário anormal e na liquidez, esta última identificada pelas variáveis quantidade de negociações, quantidade de títulos e volume financeiro negociado em períodos próximos à adesão, por meio de um Estudo de Evento. A análise foi feita em uma amostra de ações preferenciais (32 empresas), segmentada para os níveis I e II, e em uma outra de ações ordinárias (17 empresas). As principais constatações foram que a adesão aos NDGC não resultou na criação de riqueza para os acionistas no período analisado; resultou no aumento da liquidez, principalmente no longo prazo...

Corporate bonds' liquidity in Brazilian market; Liquidez de las obligaciones negociables en el mercado brasileño; Liquidez das debêntures no mercado brasileiro

Sheng, Hsia Hua; Saito, Richard
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
This study investigates empirically the liquidity proxies based on characteristics of Brazilian corporate bonds, as well as the interaction among liquidity measures. This approach was suggested by Houweling, Mentink and Vorst (2004), since traditional liquidity measures are difficult to be obtained in the corporate bonds market. Data on 135 public issues and their daily trading activities records on the market up to 18 months after issuance was gathered (Jan/1999 - Jun/2004). Parametric and Non-Parametric tests were performed to analyze the different liquidity measures, and the stepwise forward linear regression method was employed to select some of bond's characteristics. We found evidence that issue size and certain types of issuers, for instance, oil and energy sectors, are liquidity proxies; controlling for certain types of issuers, bonds with high issue size are more liquid; the relation between age and liquidity is not clear; the difference between maximum and minimum trading prices is not an appropriate liquidity measure.; En este estudio se investigan empíricamente proxies de liquidez basadas en las características de las obligaciones negociables emitidas por empresas brasileñas, así como la interacción entre las medidas de liquidez. Dicho planteamiento fue sugerido por Houweling...

Pricing the liquidity spread in the secondary bond market; La fijación del spread de liquidez en el mercado secundario de debentures; O apreçamento do spread de liquidez no mercado secundário de debêntures

Gonçalves, Paulo Eduardo; Sheng, Hsia Hua
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.59%
The goal of this work is to analyze and to price the liquidity premium demanded by investors in the trading of corporate bonds in the Brazilian secondary market, based on the bonds' daily yield to maturity. The econometric tests were performed based on a model by Houweling, Mentink and Vorst (2005) applied to the Eurobonds market for the years 1999 to 2001. A five-variable model was implemented to control for other sources of risks, which are determinants of the corporate bonds spread, apart from liquidity. The well-known, two-factor Fama-French (1993) model of fixed income bonds was used to control for credit risk and interest rate risk; the marginal effects were incorporated through individual corporate bond characteristics (rating and duration) and a factor based on the PréxDI rate of the portfolios' duration was included to adapt the model to the peculiarities of the Brazilian bond market. The work took into account four liquidity proxies that are widely used in the literature: issued amount, age of issue, daily number of trades, and bid-ask spread. The model was estimated once for each of the proxies. In order to conduct the regression tests and to price the liquidity premium in the Brazilian secondary bond market, all of the model variables were calculated for each one of the data samples. Then...

Relação trimestral de longo prazo entre os indicadores de liquidez e de rentabilidade: evidência de empresas do setor têxtil; Relación trimestral de largo plazo entre los indicadores de liquidez y de rentabilidad: evidencia de empresas del sector textil; Quarterly long-term relation between liquidity and profitability indicators: evidence from textile companies

Pimentel, Renê Coppe; Lima, Iran Siqueira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.51%
Neste artigo, analisa-se a relação temporal de longo prazo entre os indicadores de liquidez e rentabilidade para um grupo de empresas abertas do setor têxtil brasileiro, com dados trimestrais entre março de 1995 e março de 2009. As hipóteses do trabalho são de que existe relação temporal positiva entre os indicadores de liquidez e rentabilidade nos médio e longo prazos, ou seja, uma baixa liquidez pode deteriorar uma alta rentabilidade, ou vice-versa, e é possível verificar uma tendência geral para causalidade de Granger entre os indicadores. Os resultados sugerem que existe relação temporal positiva e mostram que as empresas apresentam causalidades de Granger em sentidos diferentes (tanto no sentido rentabilidade-liquidez como no sentido liquidez-rentabilidade). Assim, apesar do inter-relacionamento de longo prazo, não foi possível estabelecer uma relação única sobre a direção da causalidade.; En este artículo se analiza la relación temporal de largo plazo entre los indicadores de liquidez y rentabilidad para un grupo de empresas del sector textil brasileño, con datos trimestrales entre marzo 1995 y marzo 2009. Las hipótesis de este estudio son: 1) existe una relación temporal positiva entre los indicadores de liquidez y rentabilidad en el mediano y en el largo plazos...

El impacto de la liquidez en los rendimientos esperados de las obligaciones brasileñas; The impact of liquidity on expected returns from Brazilian corporate bonds; O impacto da liquidez nos retornos esperados das debêntures brasileiras

Giacomoni, Bruno Hofheinz; Sheng, Hsia Hua
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.54%
Neste trabalho, teve-se como objetivo identificar o impacto do risco de liquidez nos retornos excedentes esperados das debêntures no mercado secundário brasileiro. Foram realizadas análises de regressão em painel desbalanceado com dados semestrais de 101 debêntures ao longo de oito semestres (primeiro semestre de 2006 ao segundo semestre de 2009), totalizando 382 observações. Sete proxies (spread de compra e venda, %zero returns, idade, volume de emissão, valor nominal de emissão, quantidade emitida e %tempo) foram utilizadas para testar o impacto do risco de liquidez nos yield spreads das debêntures. O yield spread foi controlado por até dez outras variáveis determinantes que não a liquidez (fator de juros, fator de crédito, taxa livre de risco, rating, duration, quatro variáveis contábeis e volatilidade de equity). A hipótese nula de que não há prêmio de liquidez para o mercado secundário de debêntures no Brasil foi rejeitada apenas para três das sete proxies (spread de compra e venda, valor nominal de emissão e quantidade emitida). Os prêmios encontrados são bastante baixos (1,9 basis point para cada 100 basis point de incremento no spread de compra e venda, 0,5 basis point para um aumento de 1% no valor do valor nominal de emissão e 0...

A INFLUÊNCIA DA LIQUIDEZ NA RENTABILIDADE DAS EMPRESAS LISTADAS NO ÍNDICE BOVESPA

zago, carine; Universidade do Oeste do Paraná - UNIOESTE; Mello, Gilmar Ribeiro de; Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; pesquisa teórico-empírica Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
A administração financeira objetiva garantir um melhor e eficiente processo de captação e alocação de recursos de capital, a mesma abrange tanto a problemática da escassez de recursos, quanto a realidade operacional e a prática da gestão financeira das empresas. Assim para que a corporação faça uma avaliação do desempenho financeiro, são realizadas duas análises constantemente: o risco da liquidez e o retorno do capital investido pela empresa. Portanto o objetivo deste trabalho é verificar a influência da liquidez na rentabilidade das empresas listadas no índice Bovespa, no ano de 2011. Para a construção do referencial teórico utilizou-se da pesquisa bibliográfica para verificar a relação da liquidez e da rentabilidade, utilizou-se também da técnica estatística denominada de regressão múltipla. A amostra foi escolhida de forma intencional, sendo composta pelas empresas componentes da carteira teórica do índice Bovespa (IBOVESPA) em maio de 2012, totalizando 62 empresas. A pesquisa foi realizada tendo como referência as demonstrações financeiras publicadas em 2012 referentes ao ano de 2011, disponíveis no site da BM&FBOVESPA, as quais foram a base para os cálculos das variáveis liquidez geral...