Página 1 dos resultados de 506 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Critérios para seleção da arquitetura elétrica veicular em mercados emergentes.; Criteria for selection of vehicle electrical architectures for emerging markets.

Dal Poggetto, Gustavo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.9%
Este estudo tem por objetivo estabelecer os principais critérios de seleção de uma arquitetura elétrica adequada a mercados emergentes, considerando as necessidades de mercado, de legislação, de inovações e/ou novas funções a serem empregadas durante o ciclo de vida de um veículo. Para tanto, o resultado da pesquisa bibliográfica deste trabalho, apresentada na revisão teórica, primeiramente define o significado de arquitetura elétrica, e conta a sua evolução desde os primórdios da indústria automotiva até os dias de hoje, apontando quais são os principais sistemas elétricos existentes atualmente, deixando clara a fundamental importância da eletrônica embarcada na evolução do automóvel. Mostram, ainda, suas principais tendências tecnológicas, além de um descritivo sobre técnicas, critérios e metodologia de desenvolvimento de projetos de arquitetura elétrica empregados hoje na indústria. Na seqüência, o trabalho define os conceitos de mercado emergente e mercado desenvolvido, apontando suas particularidades, volumes de negócio (histórico e projetado), deixando evidente a importância dos mercados emergentes nos dias de hoje para a indústria automotiva mundial e a necessidade de se estabelecer estratégias específicas para estes mercados. Com base na própria pesquisa bibliográfica...

Indicadores contábeis, ambiente informacional de mercados emergentes e retorno das ações; Accounting rates, informational environments in emerging markets and stock returns

Takamatsu, Renata Turola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Este trabalho tem por objetivo principal avaliar a capacidade de explicação das variações dos retornos das ações de empresas que negociam seus títulos em bolsas de valores de mercados emergentes. Esta tarefa foi conduzida a partir de indicadores com o seu cálculo baseado em valores advindos das demonstrações contábeis, tais: como price-to-book, accruals, investimento, tamanho, lucro bruto e crescimento de vendas. Em adição, busca-se avaliar se o ambiente econômico e institucional afeta essa relação em países emergentes. Para isso investigaram-se empresas de capital aberto de 20 países classificados como emergentes, com base no índice elaborado pela agência Standard&Poors. Por essa via, as demonstrações contábeis das firmas nativas dessas economias foram utilizadas como insumo, restringindo-se aquelas de capital aberto que estavam disponíveis na base de dados da Capital IQ. Em paralelo, foram selecionadas informações macroeconômicas organizadas pelo International Country Risk Guide. A amostra abrangeu dados de 2004 a 2013, com a exclusão de dados faltantes (missings), variáveis consideradas outliers e daquelas empresas que apresentaram patrimônio líquido a descoberto. Os resultados demonstraram que a variável lucro bruto e price-to-book foi positivamente correlacionadas com os retornos. De outro lado...

Modos de entrada de multinacionais em mercados emergentes : Mercosul e Leste Europeu

Kertész, Suzana
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.66%
Estudo dos modos de entrada mais apropriados para que empresas multinacionais, fabricantes de bens de consumo, entrem nos mercados emergentes do Mercosul e do Leste Europeu. Faz uma análise das características dos modos de entrada e também dos mercados emergentes, com base em teorias, exemplos práticos e estudos de caso

Prêmio de emissão em bonds de dívida corporativa denominados em dólares para mercados emergentes

Unterberger Filho, Valter
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
56.6%
O mercado de dívida corporativa dos países emergentes tem apresentado forte crescimento nos últimos anos. Excesso de liquidez pós-crise mundial, necessidade de desalavancagem dos bancos e crise nos países desenvolvidos são alguns dos motivos que contribuíram para o aumento da importância dessa fonte de financiamento das empresas. O objetivo deste trabalho é verificar a existência de prêmio de emissão em títulos de dívida corporativa denominada em dólares, suas principais causas, e o seu desempenho antes e depois da crise financeira de 2008. Para tal, foi feito um estudo empírico das emissões realizadas desde o ano 2000 para México, Brasil, Rússia e Coreia do Sul. Verifica-se que, para emissões com características semelhantes, as de grau especulativo pagam prêmio superior às de grau de investimento. Características como o tamanho e prazo têm relação positiva com o prêmio de emissão, enquanto que variáveis relacionadas à assimetria de informação entre investidores e empresas apontam para redução do mesmo, embora não de forma significativa. Mostra-se ainda que o prêmio de emissão desaparece após aproximadamente 5 dias úteis de negociação, período a partir do qual os bonds não têm desempenho superior a um índice de mercado. Por fim...

Avaliação de empresas através do método do fluxo de caixa descontado em mercados emergentes

Costa, Eduardo Bahia Martins
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O objetivo geral do estudo é propor um modelo ajustado ao risco para avaliar empresas em mercados emergentes. Com a globalização da economia e a mobilidade do capital, as empresas e investidores começaram a perceber a importância dos mercados emergentes para suas estratégias de crescimento e geração de valor, uma vez que estes englobam 84% da população mundial e tem alto potencial de crescimento. Logo, a avaliação de empresas começou a ganhar destaque nos processos de privatizações, fusões, aquisições e joint ventures, uma vez que esta fornece suporte para a correta mensuração do valor de cada negócio. Entretanto, a busca de oportunidades nos mercados emergentes, vem acompanhada das crescentes incertezas relacionadas aos riscos envolvidos nestes negócios, levando assim, à busca de altos retornos que suplementem a forte exposição ao risco. Baseado nos fatos acima apresentados surge o problema de como reduzir o espaço existente entre teoria e prática na avaliação de empresas nestes mercados considerando-se a falta de consenso entre acadêmicos e praticantes quanto à forma de incorporação dos riscos adicionais existentes nos mercados emergentes nas avaliações. O estudo tem seu foco no método de avaliação de empresas baseado no fluxo de caixa descontado. São apresentados os principais elementos necessários à realização de uma avaliação através deste método...

A competição entre a no tríade pelos mercados emergentes

Azevedo, Inês Filipa de Oliveira
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.82%
Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus; No ano de 2010 surgiu uma Nova Tríade no panorama económico internacional constituída pelas clássicas potências mundiais, União Europeia e Estados Unidos da América, e pela China, a terceira maior economia mundial que substituiu o Japão no pódio. Os mercados emergentes, com o seu elevado crescimento económico e as suas crescentes classes médias propensas ao consumo, afiguram-se muito atrativos para as três potências que para lá tencionam exportar de forma a estimular o seu próprio desenvolvimento económico. O objetivo principal desta dissertação era determinar qual das três nações da Tríade se encontra melhor posicionada em termos comerciais nos mercados emergentes do G-20 (excluindo a China) e como tem sido a evolução das posições relativas ao longo dos vinte anos que antecederam 2010. A análise efetuada permitiu concluir que a União Europeia é a maior potência comercial, detendo uma maior quota de mercado nos mercados emergentes considerados de forma agregada, e que Estados Unidos da América e China possuem sensivelmente a mesma quota de mercado. O estudo da evolução das posições da Tríade nos países emergentes no período compreendido entre 1990 e 2010 permitiu apurar que os Estados Unidos da América diminuíram consideravelmente a sua importância nestes mercados...

Avaliação da performance de modelos de value-at-risk em mercados emergentes: uma aplicação aos mercados da Bulgária e da Roménia

Todorova, Darina
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.78%
Mestrado em Finanças / JEL Classification: G11, G20, G23, G28; A presente tese incide na área das finanças ligada à previsão e à modelação do risco do mercado em duas economias emergentes da Europa de Leste: a Bulgária e a Roménia. O potencial de crescimento nos seus mercados de capitais e a sua integração na União Europeia fomentam um aumento do investimento por parte das instituições financeiras de origem estrangeira. Todavia, estes mercados são caracterizados por uma elevada volatilidade e uma fraca liquidez e, logo sujeitos a maiores riscos. Para se prevenirem de perdas inesperadas, que possam causar graves dificuldades financeiras ou até, pôr em causa a sua solvência, as instituições financeiras que operam nestes mercados necessitam de desenvolver modelos adequados de previsão do risco. Neste estudo são aplicadas técnicas de backtesting (Kupiec’s test, 1995, e Christoffersen’s Markov test, 1998), na avaliação da performance de diferentes metodologias de previsão do Value-at-Risk nos dois mercados. São consideradas abordagens paramétricas baseadas em distribuições condicionadas Normal e t-Student (com variância constante ou variável) e em Generalized Pareto Distribution, além de uma abordagem não paramétrica (Simulação Histórica). A principal conclusão é de que os métodos baseados na distribuição condicionada t-Student...

Avaliação de empresas nos mercados emergentes: Sociedade Mineira de CATOCA

Almeida, Paulo Miguel Nunes de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Relatório de Projecto / Mestrado em Finanças; O objectivo deste projecto é a avaliação de uma empresa angolana do sector diamantífero, a Sociedade Mineira de CATOCA. A primeira dificuldade com que se depara ao tentar fazer esta avaliação, é o cálculo da taxa de custo de capital adequada para a empresa. Visto que o CAPM foi totalmente criado tendo em conta a realidade dos países desenvolvidos, é necessário recorrer a outros modelos para o cálculo dessa taxa. As taxas calculadas no modelo da variante global e variante local (S&P Pan Africa) foram consideradas como as mais adequadas para o cálculo do Valor dos Capitais Próprios da empresa. A avaliação da Sociedade Mineira de CATOCA foi feita com base nos seguintes Métodos Intrínsecos: Discounted Cash Flow (óptica da empresa – FCFF), Discounted Cash Flow (óptica dos capitais próprios - FCFE) e Market Value Added. A avaliação da empresa também foi feita através do Método dos Múltiplos (avaliação extrínseca), sendo necessário recorrer aos rácios médios de 20 empresas dos mercados emergentes, pertencentes ao Sector Diamantífero, e aos rácios de duas concorrentes (a BHP Billiton e o Grupo Rio Tinto) de uma das principais accionistas da empresa – a ALROSA. Os Valores dos Capitais Próprios da Sociedade Mineira de CATOCA obtidos através dos múltiplos...

A relação entre os mercados de obrigações e de credit default swaps: o impacto da liquidez e do risco de crédito da contraparte nos preços dos CDs e da dívida pública emitida por países de mercados emergentes

Correia, Cláudia Pereira
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.6%
Mestrado em Finanças/ G12; G15; O presente trabalho analisa a relação de equivalência entre os prémios dos Credit Default Swaps (CDS) e os yield spreads das obrigações para o mercado da dívida pública emitida por Estados emergentes. A teoria financeira sugere que, desde que estejam reunidas as condições ideais de mercado, os mecanismos de arbitragem forçam a que os prémios dos CDS sejam aproximadamente iguais aos yield spreads das obrigações acima da taxa de juro sem risco. Esta relação de paridade é confirmada por vários estudos empíricos que envolveram a análise de entidades corporate com elevada qualidade de crédito. Os resultados obtidos permitem concluir que a referida relação de paridade não é válida no mercado da dívida soberana emitida por Estados emergentes, uma vez que foram apuradas diferenças significativas entre os prémios dos CDS e os yield spreads das respectivas obrigações. Para justificar os desvios obtidos foram analisadas duas variáveis consideradas fundamentais: a liquidez e o risco de crédito da contraparte. A incorporação no modelo teórico dos impactos inerentes a estes dois factores permitiu demonstrar a sua relevância para a explicação das desigualdades apuradas. Concluiu-se desta forma que a base entre os spreads dos CDS e das obrigações pode ser minimizada se se tomar em consideração o impacto decorrente dos efeitos da liquidez e do risco de crédito da contraparte.; This paper looks at the equivalency relationship between the Credit Default Swaps (CDS) premiums and bond yield spreads on the market for sovereign debt issued by emerging States. Financial theory suggests that provided perfect market conditions are gathered...

Estrutura de capitais comparada: Brasil e mercados emergentes

Leal,Ricardo Pereira Câmara
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.74%
Este artigo analisa comparativamente o padrão da estrutura de capitais de empresas em mercados emergentes por meio de uma discussão analítica da literatura que emprega amostras de empresas de vários países e as analisam conjuntamente de forma seccional. A influência de fatores explicativos em relação ao país é comparada ao poder explicativo do setor de atividades e de fatores da firma. O artigo oferece diversos fatos estilizados identificados a partir dessa revisão da literatura. De forma geral, os fatores da firma parecem dominar os fatores do país, que, nem por isso, deixam de ter importância. Já os fatores do setor de atividade são pouco importantes. O endividamento dos mercados emergentes aumentou ao longo dos anos e a proteção ao credor e ao investidor tem um impacto favorável sobre ele. As hipóteses de M&M são apenas parcialmente sustentadas pela evidência empírica em mercados emergentes.

Estrutura fractal em mercados emergentes

Ribeiro,Tulio Silva; Leal,Ricardo Pereira Câmara
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
A Hipótese de Eficiência do Mercado é uma das bases da moderna teoria de finanças e estabelece que o comportamento aleatório na variação dos preços decorre do fluxo de informações não antecipadas. Um de seus paradigmas define que a distribuição dos retornos dos preços é aleatória e normalmente distribuída. Neste artigo, avaliamos a hipótese de que o processo estocástico gerador dos retornos de diversos mercados emergentes da Ásia e das Américas segue um processo aleatório não-normal alfa-estável. Por meio de estimativas dos parâmetros da distribuição e de simulações, encontramos evidências de que esses retornos realmente seriam mais bem descritos pela distribuição alfa-estável ou distribuição fractal. Estas distribuições acomodam flutuações grandes e freqüentes de preço melhor, pois a probabilidade de perdas substanciais é maior do que a prevista por uma distribuição normal e a assimetria da distribuição é considerada. As estimativas fornecidas para modelos usuais de finanças, como os otimizadores de média e variância de Markowitz e o modelo de apreçamento de opções de Black e Scholes, podem ser mais bem estimadas por meio da distribuição alfa-estável.

Custo de capital próprio em mercados emergentes: uma abordagem empírica no Brasil com o downside risk

Fortunato,Graziela Xavier; Motta,Luiz Felipe Jacques da; Russo,Giuseppe
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.7%
Este artigo visa testar empiricamente a proposta de Estrada (2000) para as empresas que compõem o Ibovespa, avaliando se para mercados emergentes existem outras medidas de risco sistemático diferentes do beta do capital asset pricing model (CAPM). Dessa forma, testou-se o downside risk que capta a parte negativa do retorno. Além de dados em cross section, utilizaram-se dados em painel, como uma contribuição adicional ao trabalho de Estrada (2000). Os resultados encontrados não confirmam que o downside risk seja uma medida apropriada ao mercado brasileiro. Outras medidas de risco apresentaram melhor correlação com o retorno, permitindo o cálculo do custo de capital com valor diferente daquele obtido pela aplicação do beta. De acordo com Estrada (2000), os resultados sugerem que os mercados emergentes estão em posição intermediária entre os mercados integrados e segmentados, tal como confirmado para o mercado brasileiro.

Comportamento dos mercados do BRICS a partir da Crise do Subprime: uma análise dos fenômenos de interdependência e contágio; The Behavior of the BRICS markets during the subprime crisis: an analysis of interdependence and contagion

Santos, Carolina Macagnani dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46.94%
Até a Crise do Subprime que teve início em 2008, o Crash da Bolsa de Nova York ocorrido em 1929 era considerado a crise de maior impacto. As repercussões desta crise entre vários mercados internacionais fez com que o termo "contágio" passasse a ser amplamente utilizado no contexto de turbulências do mercado financeiro que a partir de então, deixaram de ser locais e passaram a ter efeitos globais. Neste contexto, os países emergentes tem recebido bastante atenção, já que a maioria das crise que ocorreram antes da Crise do Subprime, tiveram início nestes mercados. Entre os países emergentes, o grupo do BRICS, composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul se destacam, especialmente após 2008, como economias emergentes cujos desempenhos econômicos foram superiores aos dos mercados desenvolvidos. Sabe-se que os movimentos de contágio entre mercados financeiros tendem a ocorrer a partir dos desenvolvidos em direção aos emergentes. Porém, a partir da grande importância atribuída ao grupo de países emergentes pertencentes ao BRICS, a hipótese de que estes mercados se comportariam como mercados desenvolvidos quando analisadas suas relações de interdependência e contágio com outros mercados emergentes se tornou interessante de ser testada. Para que este objetivo fosse alcançado...

Análisis de eficiencia en los mercados de opciones sobre índices : una aproximación a los mercados emergentes

Loaiza Palacio, Daniel
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Finanzas; Escuela de Economía y Finanzas Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Finanzas; Escuela de Economía y Finanzas
Tipo: masterThesis; Tesis de Maestría; acceptedVersion
Português
Relevância na Pesquisa
56.53%
Un mercado de capitales eficiente se caracteriza porque los precios de los activos reflejan los efectos de la información que se basa en eventos que ya han ocurrido y en eventos que el mercado espera vayan a ocurrir en el futuro (Fama, 1965). Aunque la hipótesis de eficiencia ha sido probada en múltiples mercados de opciones sobre índices, ésta se ha realizado principalmente en mercados desarrollados, y se ha basado más en el conteo de violaciones de esta hipótesis que en la estimación de rendimientos al usar estrategias que aprovechen ineficiencias del mercado y compararlos con aquellos rendimientos que ofrece el mercado. Se puede afirmar, por tanto, que son pocos los estudios que estiman los rendimientos de estrategias con opciones sobre índices para evaluar la eficiencia del mercado, y aquellos que lo hacen sólo los evalúan con base en una estrategia en particular como lo es el caso del uso de straddles.; 34 p.; An efficient capital market is characterized because asset prices reflect the effects of information based on events that have already occurred and on events that the market expects will happen in the future (Fama, 1965). Although the hypothesis of efficiency has been proven in multiple index options markets, it has been conducted mainly in developed markets...

Portafolio de inversión óptimo en renta variable en los principales mercados emergentes

Álvarez Restrepo, Gloria Elisa; Martínez Girado, René Alberto; Hernández Arango, Francisco Luis
Fonte: Universidad de Medellín; Especialización en Finanzas y Mercado de Capitales; Facultad de Ingenierías Publicador: Universidad de Medellín; Especialización en Finanzas y Mercado de Capitales; Facultad de Ingenierías
Tipo: bachelorThesis; Trabajo de grado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.65%
El estudio presenta los resultados comparativos en la optimización de un portafolio de inversión en renta variable en los principales mercados emergentes, como tópico importante en la toma de decisiones en el campo de la administración financiera, máxime al tener en cuenta que la decisión de inversión en acciones en estos países emergentes debe ser técnicamente analizada, toda vez que estas naciones se encuentran en una etapa de exploración y experimentación de crecimiento económico y una primera fase de industrialización o, se enfocan en un proceso transicional hacia el desarrollo. Dicho panorama las hace mucho más inestables que las ya consolidadas en el llamado primer mundo. Metodológicamente se expone, dada su importancia, los modelos de optimización de portafolios desarrollado por Fisher Black y Robert, el modelo de Black y Litterman (MBL), como modelo mejorado de Harry Markowitz-CAPM- (Capital Asset Pricing Model) o modelo de valuación de activos de capital en el mercado bursátil, con el fin de destacar los beneficios que se obtienen en términos de diversificación y flexibilidad, al momento de decidir sobre la construcción de un portafolio de inversión en dichos mercados emergentes.; The study presents the comparative results in the optimisation of portfolio investment in equity in major emerging markets...

Caracterización de la relación estratégica comunitaria y la salud financiera en empresas de mercados emergentes

Camacho Mendoza, Andres Felipe
Fonte: Facultad de administración Publicador: Facultad de administración
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.7%
El presente proyecto, se planteó una necesidad clara por satisfacer. Las organizaciones hoy en día, necesitan nuevas herramientas que permitan predecir y minimizar riesgos de mercado, con el fin de mejorar su desempeño, su competitividad, su salud financiera y sobre todo, ser más perdurables en ambientes caóticos e inestables. Se planteó un objetivo claro a cumplir, cómo pueden las empresas mejorar su relación con los consumidores y sus comunidades, con el fin de, identificar factores que impacten positivamente la salud financiera de las organizaciones. Es pertinente, el estudio de la salud financiera en empresas de mercados emergentes y los impactos en la implementación de diferentes estrategias comunitarias para establecer métodos que minimicen los riesgos y mejoren el desempeño empresarial. Para cumplir la propuesta planteada, fue necesario abarcar diferentes fuentes de información relacionadas a temas financieros y de mercadeo. Se buscó, tomar ejemplos, teorías y modelos ya implementados en estudios similares y con objetivos en común, relacionados a: uso de indicadores financieros, valoración corporativa, valoración de los estados financieros, diagnóstico de la salud financiera, el uso de estrategias de mercadeo relacional...

Analysis of emerging markets sovereign credit spreads; Texto para Discussão (TD) 1093: Analysis of emerging markets sovereign credit spreads; Análise de spreads de crédito para mercados emergentes soberanos

Matsumura, Marco S.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Nosso objetivo é implementar um modelo de apreçamento de títulos soberanos sujeitos a default e estimá-lo usando uma série histórica de títulos de mercados emergentes. Usamos um modelo reduzido com uma dinâmica Vasicek 2-fatores sobre dados soberanos brasileiros. A estimação ocorre em duas etapas. Usando Máxima Verossimilhança, primeiro estimamos os parâmetros correspondentes à curva de referência. Em seguida, encontramos as estimativas do conjunto de parâmetros correspondentes à curva do título sujeito a default condicionado aos parâmetros da curva livre de default. O modelo estimado é usado para calcular a dinâmica da estrutura a termo de taxa de juros, de spreads de crédito e de probabilidade de default.; 37 p. : il.

Analysis of emerging markets sovereign credit spreads; Discussion Paper 148 : Analysis of emerging markets sovereign credit spreads; Análise de spreads de crédito para mercados emergentes soberanos

Matsumura, Marco S.
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Nosso objetivo é implementar um modelo de apreçamento de títulos soberanos sujeitos a default e estimá-lo usando uma série histórica de títulos de mercados emergentes. Usamos um modelo reduzido com uma dinâmica Vasicek 2-fatores sobre dados soberanos brasileiros. A estimação ocorre em duas etapas. Usando Máxima Verossimilhança, primeiro estimamos os parâmetros correspondentes à curva de referência. Em seguida, encontramos as estimativas do conjunto de parâmetros correspondentes à curva do título sujeito a default condicionado aos parâmetros da curva livre de default. O modelo estimado é usado para calcular a dinâmica da estrutura a termo de taxa de juros, de spreads de crédito e de probabilidade de default.; 37 p. : il.

Gestão dos fluxos de capitais nos mercados emergentes

Frenkel, Roberto
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim de Economia e Política Internacional - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
O presente artigo apresenta as conjecturas do autor sobre as perspectivas para os fluxos de capitais dos mercados emergentes.; p. 93-98

El modelo de valuación de activos de capital aplicado a mercados financieros emergentes: El caso de México 1997-2006

Sansores Guerrero,Édgar
Fonte: Facultad de Contaduría y Administración, UNAM Publicador: Facultad de Contaduría y Administración, UNAM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.66%
Esta investigación tiene por objetivo determinar la validez, desde el punto de vista estadístico y financiero, de los supuestos básicos del modelo de valuación de activos de capital (CAPM, en inglés). También se evalúa su aplicación como modelo de formación de carteras de inversión en el mercado mexicano de valores. Los supuestos evaluados son los concernientes a la estandarización del marco que rodea la decisión, que son el criterio media-varianza, la eficiencia del mercado y las evaluaciones que realizan los inversionistas acerca de las distintas combinaciones de rendimiento esperado y riesgo de sus inversiones. Se concluye que, aunque el CAPM ha demostrado su eficiencia como herramienta de pronóstico en economías desarrolladas, aún no se comprueba su pertinencia en mercados emergentes. En México, por ejemplo, de acuerdo con esta investigación, existen otros factores de riesgo tales como inflación, inseguridad y clima político. Dadas las características de los mercados emergentes, el análisis con este modelo resulta inadecuado, pues distorsiona el funcionamiento del mercado de valores.