Página 1 dos resultados de 249 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Biodiversidade de mosca-das-frutas do gênero Anastrepha (Diptera, Tephritidae) no campus Luiz de Queiroz, Piracicaba, São Paulo.; Biodiversity of anastrepha fruit flies (dip., tephritidae) on the luizde queirozcampus, Piracicaba, São Paulo.

Uramoto, Keiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/07/2002 Português
Relevância na Pesquisa
96.41%
Este trabalho foi conduzido na área abrangida pelo campus Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo, no município de Piracicaba, Estado de São Paulo. Teve como objetivos, determinar a composição do gênero Anastrepha Schiner, sua distribuição e a análise quantitativa da população. Além disso, verificou-se a relação da flutuação populacional com variáveis bióticas e abióticas e a associação das espécies de plantas hospedeiras, estabelecidas na área, com as espécies de Anastrepha.Foram examinadas 23.263 fêmeas de Anastrepha coletadas em armadilhas McPhail e 18 espécies pertencentes a 9 grupos infragenéricos foram assinaladas. A distribuição das fêmeas por armadilha foi fortemente agregada, com 5 armadilhas (6%) capturando 50% do total de fêmeas. Apenas A. fraterculus (Wiedemann) e A. obliqua (Macquart) foram dominantes. A. fraterculus foi a espécie mais freqüente, representando 80,2% do total de fêmeas capturadas no campus e a mais constante ocorrendo em 98,04% das amostras. Em ordem decrescente de freqüência, seguiram-se A. obliqua (12,6%), A. pseudoparallela (Loew) (3,1%) e A. bistrigata Bezzi (2,1%). As demais espécies apresentaram freqüência menor que 1%. O valor elevado do índice de Simpson (0...

Moscas-das-frutas em citros: densidade de armadilhas para monitoramento, efeito do pH na atração e determinação do nível de controle. ; Fruit flies in orange groves: trap density for monitoring, effect of attractant ph and establishiment of an action threshold level.

Paiva, Paulo Eduardo Branco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
76.3%
Este trabalho teve por objetivos: avaliar o efeito do pH inicial e o tempo de permanência no campo do atrativo alimentar Milhocina® com o conservante bórax (tetraborato de sódio) na captura de moscas-das-frutas em armadilhas do tipo McPhail; estudar densidades de armadilhas para monitoramento de moscas-das-frutas e determinar um nível de dano e de controle em cultura de laranja. Foram realizados três experimentos de campo, o primeiro em junho de 2002 em pomar de laranja de maturação precoce, cultivar Hamlin, em Itaju, região central do estado de São Paulo, para se avaliar a captura de moscas-das-frutas em armadilhas com os atrativos Milhocina® em pH 4,5, Milhocina® com bórax em pH 4,5, 6,5 e 8,5, aos 2, 4, 6 e 8 dias após a instalação no pomar. O segundo experimento foi desenvolvido de junho a agosto de 2002 (inverno seco) com laranja Hamlin em Itaju, e o terceiro experimento foi realizado de janeiro a março de 2003 (verão chuvoso) com laranja de maturação tardia, cultivar Natal, em Porto Feliz, região sul do estado, ambos para se avaliar as densidades de uma, duas, quatro e oito armadilhas por hectare e a relação entre a captura de moscas-das-frutas nas armadilhas e frutos danificados. Em Itaju, as maiores capturas de Ceratitis capitata (Wiedemann...

Infestação de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae e Lonchaeidae) relacionada à fenologia da goiabeira (Psidium guajava L.), nespereira (Eriobotrya japonica Lindl.) e do pessegueiro (Prunus persica Batsch); Correlating the infestation of fruit flies (Diptera: Tephritidae and Loncheidae) to the guava, peach and loquat trees phenology

Souza Filho, Miguel Francisco de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
76.52%
Os experimentos de campo foram realizados em 2002 e 2003 em três pomares no município de Monte Alegre do Sul, SP, representados por uma coleção de linhagens de goiabeiras (janeiro a abril), uma coleção de cultivares de nespereiras (agosto a setembro) e uma coleção de cultivares de pessegueiros (setembro a outubro). Nos ensaios de infestação, foram utilizadas três linhagens de goiaba (Guanabara, L7P28 e 252), duas cultivares de nêspera (Precoce Campinas e a Precoce 264-54) e três cultivares de pêssego (Aurora 2, Dourado 1 e Régis). Para a determinação do período de infestação, aplicou-se o processo de ensacamento e desensacamento quinzenal e semanal da goiaba e nêspera, respectivamente, e apenas o ensacamento semanal no pêssego. Cada experimento iniciou-se com os frutos ainda no início de seu desenvolvimento (frutos verdes). Para o processo de desensacamento, no início dos experimentos foram ensacados 500 e 400 frutos de goiaba e nêspera, respectivamente. Em cada ensaio, desde o início (frutos verdes pequenos) até a completa maturação, quinzenalmente (goiaba) ou semanalmente (nêspera e pêssego) foi ensacada/desensacada uma amostra de 30 frutos, os comprimentos e diâmetro eram mensurados e retirava-se amostras para realização das análises físico-químicas em laboratório. Após o completo amadurecimento...

Diversidade de moscas-das-frutas (Diptera, Tephritidae) em pomares comerciais de papaia e em áreas remanescentes da Mata Atlântica e suas plantas hospedeiras nativas, no município de Linhares, Espírito Santo; Fruit flies (Diptera, Tephritidae) diversity in papaya commercial orchards and in remnant areas of the Atlantic Rain Forest and their association with native host plants, in Linhares county, Espírito Santo state, Brazil

Uramoto, Keiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
76.3%
Este estudo foi conduzido em áreas remanescentes da Mata Atlântica, Reserva Natural da Companhia Vale do Rio Doce e Floresta Natural de Goytacazes (áreas preservadas), e em pomares comerciais de papaia (áreas alteradas), no município de Linhares, Estado do Espírito Santo. Os principais objetivos foram analisar comparativamente a diversidade, a abundância e o padrão de distribuição das espécies de moscas-das-frutas nesses dois hábitats (alterados e preservados), observando o impacto da mudança ambiental em relação à diversidade de espécies, além disso, verificar a associação das espécies de moscas-das-frutas com as plantas hospedeiras nativas. As moscas-das-frutas foram coletadas em armadilhas plásticas tipo McPhail com atrativo alimentar (proteína hidrolisada) por um período de cinco anos (outubro/2001 a setembro/2006). Nos remanescentes da Mata Atlântica, foram capturados 14 exemplares (machos e fêmeas) de Ceratitis capitata e 6.281 fêmeas de Anastrepha, sendo identificadas 22 espécies, além de cinco espécies possivelmente não-descritas. Nos pomares comerciais de papaia, foram capturados 30 exemplares (machos e fêmeas) de C. capitata e apenas 330 fêmeas de Anastrepha, pertencentes a 14 espécies. A diferença nos valores dos dois parâmetros (riqueza de espécies e abundância) refletiu nos valores do índice de diversidade de Margalef...

Estrutura da comunidade de moscas-das-frutas (Diptera: Lonchaeidae e Tephritidae) e seus parasitoides (Hymenoptera) relacionados a espécies de plantas em uma policultura orgânica no município de Paraibuna - SP; Community structure of the fruit-fly (Diptera: Tephritidae and Lonchaeidae) and their parasitoids (Hymenoptera) related to plants species in organic polyculture in the municipality of Paraibuna - SP

Kelsen Ferreira Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.33%
As espécies de plantas disponíveis em uma comunidade, sua estrutura e abundância são elementos cruciais que influenciam nas dinâmicas e interações de populações de insetos herbívoros, uma vez que definem a base de recursos e refletem na interação com outras populações de insetos herbívoros, como predadores e parasitoides. Estudos relacionados às moscas-das-frutas concentram-se em levantamentos de espécies, em especial aquelas consideradas pragas, e abordam principalmente os padrões populacionais. A densidade populacional de tefritídeos e lonqueídeos está intimamente ligada à abundância de plantas hospedeiras e de seus inimigos naturais. Os parasitoides das moscas-das-frutas são micro-himenópteros (Hymenoptera) que atacam e se alimentam das larvas dentro dos frutos. O reconhecimento de padrões de interação das moscas-das-frutas com plantas hospedeiras, em especial nas espécies nativas, e as relações com seus inimigos naturais são importantes para a compreensão da utilização dos recursos disponíveis em uma comunidade e pelo reconhecimento de diferenças na dieta entre as espécies ou populações de uma mesma espécie. O objetivo deste trabalho foi estudar a estrutura da comunidade de moscas-das-frutas e seus parasitoides em diferentes espécies de plantas em uma policultura orgânica entre fragmentos de Mata Atlântica localizada no município de Paraibuna. A utilização de plantas hospedeiras difere entre as espécies de moscas-das-frutas. Apesar de a policultura causar alterações da fisionomia vegetal...

Dinâmica populacional de moscas-das-frutas associadas a feijoa (acca sellowiana (O. Berg) Burret) em diferentes habitats e sua implicação no manejo de pragas

Santos, Hellen Aparecida Arantes dos
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 138 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
76.32%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Recursos Genéticos Vegetais, Florianópolis, 2014.; As moscas-das-frutas são responsáveis por grandes prejuízos na fruticultura. Vários autores relacionam a maior ocorrência de moscas-das-frutas as várias espécies de mirtáceas como os araçás, pitangas, guabirobas, uvaias e feijoa. São poucos os trabalhos relacionados às espécies nativas com estudos populacionais e manejo integrado. O presente trabalho objetivou estudar a dinâmica populacional e manejo de moscas-das-frutas associadas a feijoa em diferentes habitats. Para tanto foram desenvolvidos estudos nos Estados do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, em povoamentos naturais e três sistemas de cultivo onde se encontra a feijoa. Inicialmente foi realizada a caracterização das áreas de povoamentos naturais de feijoa, através do levantamento florístico e levantamento de hospedeiros. Para conhecimento da fauna de tefritídeos associados a feijoa foram instaladas armadilhas Mcphail nos municípios de Ipê-RS, Lages-SC e São Joaquim-SC, distribuídas da seguinte maneira: sistema agroflorestal, pomar agroecológico e povoamento natural de feijoa em Ipê; sistema agroflorestal em transição e povoamento natural de feijoa em Lages e pomares comerciais em São Joaquim. Em cada armadilha foi adicionado 200 mL de solução atrativa a base de proteína hidrolisada (5%)...

Ocorrência precoce da mosca das frutas em ameixas

Salles,Luiz Antonio
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1999 Português
Relevância na Pesquisa
76.4%
O objetivo deste estudo foi verificar qual o estágio fenológico mais precoce da fruta de ameixeira em que ocorreria o ataque de mosca das frutas Anastrepha fraterculus. Os estudos foram conduzidos em plantas adultas de ameixeira, expondo-se fêmeas grávidas da mosca das frutas, confinadas em gaiolas com frutos protegidos do ataque natural. Cinco cultivares de ameixeira foram estudados (Amarelinha, Pluma 7, Reubennel, Santa Rosa e Wade). Essa praga ataca frutos de qualquer um dos cultivares logo nos primeiros estádios do desenvolvimento, quando os mesmos têm somente cerca de 2 a 3cm de diâmetro.

ANÁLISE FAUNÍSTICA DE ESPÉCIES DE MOSCA-DAS-FRUTAS (DIP., TEPHRITIDAE) EM MINAS GERAIS

CANAL,N.A.; ALVARENGA,C.D.; ZUCCHI,R.A.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
86.28%
Em seis locais de quatro municípios (Janaúba, Jaíba, Nova Porteirinha e Itacarambí) do norte do Estado de Minas Gerais, foram coletados 29.454 espécimes de mosca-das-frutas, pertencentes a Ceratitis capitata e a 20 espécies de Anastrepha. O levantamento foi feito entre janeiro de 94 e dezembro de 96, utilizando armadilhas plásticas tipo McPhail. Ceratitis capitata foi a espécie predominante em áreas urbanas. As espécies de Anastrepha predominaram em áreas rurais. A. obliqua, A. zenildae e Anastrepha n. sp.3 foram as espécies predominantes do gênero, entretanto, essa predominância variou de local para local em função da disponibilidade de hospedeiros. As comunidades apresentaram índices de diversidade baixos e quocientes de similaridade entre 73 e 100%.

Umbu-cajá como repositório natural de parasitoide nativo de moscas-das-frutas.

CARVALHO, R. da S.; SOARES FILHO, W. dos S.; RITZINGER, R.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 45, n. 10, p. 1222-1225, out. 2010. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 45, n. 10, p. 1222-1225, out. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
86.44%
O objetivo deste trabalho foi avaliar diversidade de espécies de mosca-das-frutas e de parasitóides nativos em frutos de umbu-cajá (Spondias spp.). Os frutos foram coletados em nove municípios do Estado da Bahia. Estimaram-se: a infestação dos frutos pelas moscas; o índice de parasitismo das moscas; e a frequência de ocorrência das espécies de parasitóides. Pela primeira vez, a infestação de Anastrepha obliqua em frutos de umbu-cajá e a presença do parasitóide Asobara anastrephae em larvas de Anastrepha obliqua foram registradas. O parasitoide nativo Doryctobracon areolatus foi o mais frequente. A umbu-cajazeira é repositório natural de parasitoides de tefritídeos, e sua preservação é fundamental para a manutenção das relações tróficas entre as espécies de mosca-das-frutas e parasitoides.; 2010

Tecnologias para o manejo da mosca-das-frutas [Anastrepha fraterculus Wied. 1830 (Diptera: Tephritidae)] e Grapholita [Grapholita molesta Busck 1916 (Lepidoptera: Tortricidae)] em pessegueiro.

HÄRTER, W. da R.
Fonte: 2009. Publicador: 2009.
Tipo: Teses/dissertações (ALICE) Formato: 72 p.
Português
Relevância na Pesquisa
96.38%
O pessegueiro tem como pragas-chave a mosca-das-frutas sul-americana Anastrepha fraterculus (Wied.) e a mariposa-oriental Grapholita molesta (Busck.). Para o controle destas espécies, iscas-tóxicas e feromônios sexuais foram avaliados visando substituir as pulverizações com inseticidas fosforados na cultura. No primeiro experimento, o efeito dos inseticidas (acetamiprido - Mospilan, 30g/100L, espinosade - Tracer 480 SC, 20 mL/100L e malationa - Malathion 500 CE, 200 mL/100L), associados aos atrativos alimentares melaço de cana (7%) e proteína hidrolisada (Biofruit®, 3%) e a isca comercial Success® (1:1,5) foram avaliados para o controle de A. fraterculus em laboratório. As iscas tóxicas contendo malationa, espinosade e o produto comercial Success foram igualmente eficientes no controle de A. fraterculus. A isca-tóxica à base de malationa causou 100% de mortalidade as 24 horas igualando-se quando comparado com as 72 horas do inseticida espinosade. Acetamiprido não proporcionou mortalidade significativa por ingestão e os atrativos melaço e proteína hidrolisada foram equivalentes entre si. Em plantas de pessegueiro, foi observado que o residual das iscas contendo proteína hidrolisada (3%) apresentaram a mesma eficiência que o melaço (7%)...

Conhecimento sobre moscas-das-frutas no Estado de Rondônia.

PEREIRA, J. D. B.; SILVA, R. A. da; RONCHI-TELES, B.; GARCIA, M. V. B.; LEMOS, W. de P.
Fonte: In: SILVA, R. A. da; LEMOS, W. de P.; ZUCCHI, R. A. (Ed.). Moscas-das-frutas na Amazônia brasileira: diversidade, hospedeiros e inimigos naturais. Macapá: Embrapa Amapá, 2011. p. 273-278. Publicador: In: SILVA, R. A. da; LEMOS, W. de P.; ZUCCHI, R. A. (Ed.). Moscas-das-frutas na Amazônia brasileira: diversidade, hospedeiros e inimigos naturais. Macapá: Embrapa Amapá, 2011. p. 273-278.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
96.19%
Diversidade de moscas-das-frutas. Hospedeiros. Parasitoides.; 2011

Injúrias causadas por mosca-das-frutas sul-americana em cultivares de videira.

ZART, M.; BOTTON, M.; FERNANDES, O. A.
Fonte: Bragantia, Campinas, v. 70, n. 1, p. 64-71, 2011. Publicador: Bragantia, Campinas, v. 70, n. 1, p. 64-71, 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
96.38%
A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera: Tephritidae), é uma das principais pragas da fruticultura no Brasil. O objetivo deste estudo foi identificar a suscetibilidade quanto à queda e deformação de bagas de diferentes cultivares/espécies de uva pela injúria causada pela oviposição de A. fraterculus. O trabalho foi realizado em vinhedos das cultivares ?Cabernet Sauvignon? (Vitis vinifera), ?Moscato Embrapa? (75% de V. vinifera) e ?Isabel? (Vitis labrusca), localizados em Bento Gonçalves (RS), na safra 2006/2007. Dois casais de A. fraterculus foram confinados por cacho, em gaiolas de tecido voile, durante os estádios fenológicos de grão ervilha, início da compactação, início da maturação e maturação plena dos cachos. Queda significativa de bagas devido ao ataque de A. fraterculus foi registrada na cultivar ?Cabernet Sauvignon? quando a infestação foi realizada nos estádios fenológicos de grão ervilha e início da compactação de cacho; estádios de grão ervilha em ?Moscato Embrapa?; e nos estádios de grão ervilha, início da compactação e início da maturação do cacho na cultivar ?Isabel?. Foi registrada deformação de bagas quando as infestações foram realizadas nos estádios de grão ervilha e início da compactação de cacho em ?Cabernet Sauvignon?...

Avanços no conhecimento da diversidade de mosca-das-frutas (Diptera: Tephritidae) no município de Belém, PA.

ARAUJO, S. C. A.; LEMOS, W. de P.; MORAIS, V. de P. S. de.
Fonte: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 15., 2011, Belém, PA. A ciência de fazer ciência: anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2011. Publicador: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 15., 2011, Belém, PA. A ciência de fazer ciência: anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
76.46%
A preocupação com a qualidade sanitária dos produtos na fruticultura tem sido fator primordial, já que muitos frutos são consumidos ?in natura?. Esta pesquisa objetivou avaliar os avanços no conhecimento da diversidade de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) e seus hospedeiros no município de Belém, Pará. Entre outubro de 2007 e junho de 2008 foram realizadas coletas de frutos em diferentes locais da base física da Embrapa Amazônia Oriental. Frutos coletados foram quantificados, pesados e processados em bandejas plásticas contendo areia esterilizada para obtenção de pupários e adultos de moscas-das-frutas e seus parasitóides. Das 27 amostras coletadas, 62,96% apresentaram-se infestadas por mosca-das-frutas e somente cinco espécies vegetais não foram infestadas. O maior índice de infestação (28,13 pupários/kg de frutos) foi constatado no hospedeiro abiu (Pouteria caimito). A espécie de moscas-das-frutas Anastrepha obliqua Macquart é a que possui maior número de hospedeiros no município de Belém, PA.; 2011; PIBIC-2011.

Impactos socioeconômicos da dispersão da mosca-da-carambola (Bactrocera carambolae) à fruticultura nacional.

BARRETO, M. C.; SILVA, P. C. G. da; CARVALHO, A. C. A. de; ALMEIDA, C. O. de; WANDER, A. E.
Fonte: In: SILVA, R. A. da; LEMOS, W. de P.; ZUCCHI, R. A. (Ed.). Moscas-das-frutas na Amazônia brasileira: diversidade, hospedeiros e inimigos naturais. Macapá: Embrapa Amapá, 2011. Publicador: In: SILVA, R. A. da; LEMOS, W. de P.; ZUCCHI, R. A. (Ed.). Moscas-das-frutas na Amazônia brasileira: diversidade, hospedeiros e inimigos naturais. Macapá: Embrapa Amapá, 2011.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: p. 185-195.
Português
Relevância na Pesquisa
86.52%
Introdução; Importância socioeconômica das moscas-das-frutas; Riscos da dispersão da mosca-da-carambola; Impactos econômicos da mosca-da-carambola na fruticultura brasileira; Benefícios econômicos do controle da mosca-da-carambola na produção brasileira de frutas frescas; Cenários e impactos socioeconomicos da dispersão da mosca-da-carambola; Considerações finais.; 2011

Dominadora.

SANTOS, R. S. S. dos; KLESENER, D. F.; MEGIER, G. A.
Fonte: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 8, n. 56, p. 25-27, 2009. Publicador: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 8, n. 56, p. 25-27, 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
76.28%
Praga dominante entre os insetos que atacam a macieira, a mosca-das-frutas (Anastrepha fraterculus) ultrapassa 90% das espécies coletadas nas armadilhas de monitoramento instaladas nos pomares da cultura. Por isso, o acompanhamento do nível populacional é técnica imprescindível para evitar depreciação dos frutos e altas perdas na colheita.; 2009

Acesso livre.

ZART, M.; FERNANDES, O. A.; BOTTON, M.
Fonte: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 8, n. 57, p. 12-15, ago. 2009. Publicador: Cultivar Hortaliças e Frutas, Pelotas, v. 8, n. 57, p. 12-15, ago. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
76.28%
Pesquisadores apontam Anastrepha fraterculus, a mosca-das-frutas, como importante praga ddifusora de doenças nos parreiras. Os danos são causados pelas fêmeas, que perfuram o fruto para realizar a postura, e pelas larvas, que se alimentam da polpa e abrem caminho para a entrada de outros microorganismos causadores de podridões. Uma das alternativas para conter a praga é o emprego de isca tóxica, formulada com proteína hidrolisada e adição de inseticida fosforado registrado para a cultura.; 2009

Ação de Metarhizium anisopliae e sua associação com extrato de nim para o controle da mosca-das-frutas (Ceratitis capitata).

FONSECA, S. C.; SILVA, F. G. C. da; PARANHOS, B. A. J.; SVEDES, V. M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGRONOMIA, 29., 2015, Foz do Iguaçu. Desafios e oportunidades profissionais: anais. Curitiba: CONFEA-PR, 2015. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGRONOMIA, 29., 2015, Foz do Iguaçu. Desafios e oportunidades profissionais: anais. Curitiba: CONFEA-PR, 2015.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
96.36%
O objetivo do presente trabalho foi avaliar a ação de linhagens de Metarhizium anisopliae isoladamente e em associação com extrato de nim contra adultos da mosca-das-frutas.; 2015

Controle pos-colheita da mosca das frutas Ceratitis capitata, W. e das podridões fungicas em mamão (Carica papaya L. cv improved sunrise solo line 72/12)

Raquel Pires Campos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/1995 Português
Relevância na Pesquisa
96.44%
o fluto do mamoeiro(Caricapapaya L.) tem grandeaceitaçãono mercadointernacional,seja pelas suas qualidadessensoriais,como pelo seu valor nutricionale digestivo.Este trabalho teve como objetivo promover a desinfestação da mosca das ffutas ('era/i/i capi/a/a e reduzir as podridões rungicas,antracnosee podridõespedunculares, atravésda aplicaçãoe associaçãode diferentestécnicas pos-colheita,além de verificarsuas influênciasna conservaçãopós-colheitados ffutos do mamoeiro. No ENSAIO I foram utilizadosfrutosem estádio de completodesenvolvimentofisiológico,infestados pela mosca das frutas ('. capi/a/a, e submetidos aos sebJUintestratamentos: a) Frutos não tratados e armazenados sob refiigeração: Testemunha Refiigerado (TR); b) Imersão em ábJUaaquecida: 490C/20 min., seguida de resfTiamento com ábJUa a lOoC/I Omin. (Q/F); c) Embalamento com filme tenlloencolhíveldurante a refiigeração(FmR);d) Embalamentocom filmetermoencolhívelaté o final do experimento (FmR/A). Os flutos, após aplicação dos tratamentos, foram armazenados sob refiigeração(10-120C, 80-90% UR) durante 18dias e em sebJUida armazenadosem condiçãoambíente (20-24°C, 71-78% UR). Um lote, o TestemunhaAmbiente(TA), foi mantidoem condição ambiente para se verificara taxa de oviposiçãomédiapor ffuto. Os flutos de cada tratamento...

Injúrias causadas por mosca-das-frutas sul-americana em cultivares de videira

Zart,Marcelo; Botton,Marcos; Fernandes,Odair Aparecido
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
96.38%
A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera: Tephritidae), é uma das principais pragas da fruticultura no Brasil. O objetivo deste estudo foi identificar a suscetibilidade quanto à queda e deformação de bagas de diferentes cultivares/espécies de uva pela injúria causada pela oviposição de A. fraterculus. O trabalho foi realizado em vinhedos das cultivares 'Cabernet Sauvignon' (Vitis vinifera), 'Moscato Embrapa' (75% de V. vinifera) e 'Isabel' (Vitis labrusca), localizados em Bento Gonçalves (RS), na safra 2006/2007. Dois casais de A. fraterculus foram confinados por cacho, em gaiolas de tecido voile, durante os estádios fenológicos de grão ervilha, início da compactação, início da maturação e maturação plena dos cachos. Queda significativa de bagas devido ao ataque de A. fraterculus foi registrada na cultivar 'Cabernet Sauvignon' quando a infestação foi realizada nos estádios fenológicos de grão ervilha e início da compactação de cacho; estádios de grão ervilha em 'Moscato Embrapa'; e nos estádios de grão ervilha, início da compactação e início da maturação do cacho na cultivar 'Isabel'. Foi registrada deformação de bagas quando as infestações foram realizadas nos estádios de grão ervilha e início da compactação de cacho em 'Cabernet Sauvignon'...

Espaço agrícola, ambiente e agroecologia: incidência de moscas-das-frutas (Diptera, Tephritidae) nos pomares de laranjado munícipio de Caraá, RS; Pace agricultural, atmosphere and agroecologia : incidence of fly-give-fruits (Diptera, Tephritidae) in the orchard of orange of the Caraá, RS

Fofonka, Luciana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
86.77%
O Brasil é o maior produtor de laranjas do mundo, porém os problemas fitossanitários, como a incidência da mosca-das-frutas, vêm acarretando sérios impactos negativos de ordem sócio-econômica e ambiental. O município de Caraá, RS, está nos perímetros das regiões infestadas pela mosca-das-frutas, sendo a cultura da laranja a mais prejudicada por esse inseto. Para que o manejo da moscas-das-frutas seja eficiente e sustentável é interessante que o mesmo se baseie nos princípios da Agroecologia, requerendo um conhecimento prévio de vários aspectos que possibilitem o diagnóstico dessa praga. Nesse contexto, o presente estudo teve por objetivo contribuir para o controle da mosca-das-frutas nos pomares de laranjeiras do município de Caraá, RS. Para tanto, o trabalho foi dividido em duas grandes etapas. Na primeira etapa realizou-se o diagnóstico da incidência da mosca-dasfrutas nos pomares de laranjeiras do município de Caraá através da caracterização da área de estudo, da cultura da laranjeira e da incidência da mosca-das-frutas, demonstrando a espacialização das principais localidades produtoras de laranja. Utilizaram-se como fontes de pesquisa, bibliografias e entrevistas. Para a segunda etapa foi elaborado e aplicado na área de estudo um Plano de Manejo da mosca-das-frutas baseado na Agroecologia...