Página 1 dos resultados de 1960 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

A relevância e o futuro da NATO na emergência de um sistema multipolar

Tareco, José Joaquim Ramos
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
A Aliança Atlântica foi decisiva para o equilíbrio estratégico na Europa durante o período da Guerra Fria, salvaguardando a liberdade e independência dos países que a integram. Independentemente de conjeturas para a sua implosão, motivadas pelas profundas mudanças no ambiente de segurança, a NATO adaptou-se e continua a agregar os aliados e a ser apelativa para candidatos à adesão e a parcerias. As alterações de maior significado que ocorreram, incluíram a sua abertura para a integração de países que demonstraram partilhar a identidade, os interesses e os valores ocidentais, a implementação de parcerias e as operações de imposição e/ou manutenção de paz, além das suas fronteiras territoriais. Através da expansão de parcerias, a NATO tem alterado o paradigma da defesa coletiva para o de segurança cooperativa, demonstrando, através do diálogo e das operações militares, que tem vindo a concretizar, a capacidade de enquadrar os mais diferenciados parceiros e sensibilidades políticas, constituindo-se como uma “escola de interoperabilidade” ao difundir valores, normas e procedimentos. Numa perspetiva de evolução para a multipolaridade do sistema internacional, a emergência militar da China, num cenário de impasse de disputas territoriais...

NATO: The Indispensable Western Alliance

Romão, Rui M. J.
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 21/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
A Research Paper Developed as part of the Air Command and Staff College program.; The 21st century did not start well. Terrorism and war has marked every single year so far. It is not a good sign of what this century will be. In the last century, globalization, the victory over communism, a technology driven revolution, the chance of spreading a model of society thru the internet and modern communication systems, all allowed the rise of political awareness, envy and resentment against the West. The Western societies feel less secure now than they did during the Cold War period. Their values and beliefs are at stake. The problem is not only the asymmetric threats, it is also the political conflicts between Americans and Europeans. Instead of unifying efforts against a common threat, the Allies seem to be drifting further apart, and loosing the war. How can the West escape from this trap and guarantee the preservation of their values? This preservation is essential, so that future generations can have the opportunity to live in a free world and make their choices. NATO is the indispensable Alliance to the preservation of the western values. It is a tool capable of creating a bridge between American and European interests and identities and without it...

Nos cinquenta anos da NATO : algumas reflexões sobre a operação de paz na Bósnia-Herzegovina

Vitorino, António
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.18%
Desmontada a Guerra Fria, a NATO passou a preocupar-se com a eventualidade de actuar out-of-area, assumindo um protagonismo central na gestão de crises e em especial nas operações “other than war”. Criticada por uns, a actuação out-of-area testemunha também, segundo outros, a imprescindibilidade da NATO como suporte da estabilidade e da paz no espaço euroatlântico. A participação portuguesa, por seu turno, representa a consciência profunda de que, numa Aliança, a partilha da solidariedade implica a partilha de responsabilidades e riscos. Um desempenho decidido por razões de solidariedade relativamente aos parceiros na NATO, mas também por convencimento de que os Estados europeus terão de assumir acrescidas responsabilidades no domínio da segurança e defesa comuns. Três factores contribuíram especialmente para o sucesso da participação portuguesa: a estreita coordenação entre os responsáveis do MNE e do MDN; a forma oportuna e arguta como foi conduzido todo o complicado processo de selecção, treino, equipamento, composição, atribuição e sustentação das forças militares; o ambiente de íntima articulação entre órgãos de soberania competentes que vigorou durante o processo de decisão política. A participação de Portugal nas missões da NATO na Bósnia-Herzegovina revelou à Aliança e ao mundo um país capaz de assumir as suas obriga- ções e...

Os Desafios à NATO na Região do Mediterrâneo e em Outras Áreas

Sandler, Todd
Fonte: Instituto da defesa Nacional Publicador: Instituto da defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.18%
Desde o final da Guerra Fria, a NATO tem estado a lidar com um processo de redefinição interna para enfrentar novos desafios de segurança quer no interior quer no exterior da Europa. A NATO está, assim, a ficar menos preocupada com a defesa do seu espaço geográfico e mais com a resolução de situações de emergência que possam afectar, negativamente, a segurança militar e económica europeias. Estas preocupações implicam que a nova doutrina poderá resultar em esforços adicionais de manutenção da paz na região do Mediterrâneo, num período em que tem existido uma tendência para um apertado controle dos orçamentos de defesa. Assim, o objectivo desta comunicação é duplo: por um lado, avaliar os desafios que se colocam à NATO na região do Mediterrãneo e noutras regiões sensíveis, sugerindo-se os instrumentos mais adequados a utilizar nestas novas realidades e, por outro, realçar o modo como os países Mediterrânicos serão influenciados pela transformação da NATO.

Portugal e a NATO: 1949-1976

Telo, António José
Fonte: Instituto da Defesa Nacional Publicador: Instituto da Defesa Nacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
O artigo acompanha a importância e significado da adesão de Portugal à NATO no período indicado. São distinguidas e minimamente analisadas várias fases: a adesão (1945·1949), os anos da NATO (1950·1959),as guerras de África (1960·1974) e a transição para a democracia (1974·1976). É realçada a importância das funções políticas da NATO para um peque- no poder como Portugal, nomeadamente em termos da sua inserção no sistema internacional e da evolução interna. Neste último campo é sublinhada a importância da NATO para a estruturação das Forças Armadas, para a ligação entre políticos e militares, para a organização superior da Defesa e para a determinação das políticas militar e de defesa. Uma das conclusões é que a NATO foi uma das principais influências a favorecer a transição portuguesa para uma sociedade democrática, aberta ao mundo e com estruturas de defesa modernas

Portugal e a NATO e Conceitos Estratégicos

Valente, João
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.38%
O Conceito Estratégico de uma Organização ou Estado visa a definição dos aspetos fundamentais da sua estratégia global. O Conceito Estratégico da NATO, assinado em 19 de Novembro de 2010, surgiu devido ao efeito cumulativo da internacionalização do terrorismo, das campanhas militares no Iraque e Afeganistão, da crise da Geórgia e dos crescentes ataques cibernéticos. O Conceito Estratégico de Defesa Nacional, aprovado em 2013, é caracterizado por uma visão de conjunto da estratégia nacional, incluindo uma abordagem conceptual sobre os fundamentos que o enquadram e lhe dão coerência: o poder e a vontade; a mobilização de recursos materiais e imateriais. O presente Trabalho de Investigação Aplicada procura verificar qual a influência que o Conceito Estratégico NATO de 2010 teve no Conceito Estratégico de D efesa Nacional de 2013, no que à componente militar de defesa respeita. A primeira fase é dedicada essencialmente à descrição da metodologia e procedimentos utilizados. Numa segunda fase, define-se o conceito de estratégia, a sua evolução ao longo dos tempos evidenciando o seu enquadramento e as sua s divisões. Na terceira fase, é tratado o Planeamento de Ação Estratégica...

A influência das NATO response forces, no produto operacional do Exército e os seus efeitos no contexto Internacional

Sousa, Paulo
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.43%
O presente Trabalho de Investigação Aplicada aborda o seguinte tema: “A atuação de forças do Exército nas NATO Response Force, e a forma como estas contribuem para o produto Operacional do Exército”, tendo em conta o esclarecimento e a identificação dos efeitos produzidos pelas mesmas. O objetivo da investigação, em questão, visa a identificação das consequências de participação de forças numa NATO Response Force, inerente à sua organização, ao seu treino operacional, ao equipamento necessário e contributos para a constituição de uma Força Nacional Destacada. Pretende-se determinar a influência das NATO Response Force nas forças operacionais de escalão batalhão, que tenham cumprido o ciclo NATO Response Force-Força Nacional Destacada. A realização da investigação assentou na pesquisa/análise bibliográfica e documental, que serviu de base à concretização de um guião de entrevista, com o qual se pretendeu responder a todas as questões, bem como a verificação das hipóteses delineadas durante o processo, alcançando, deste modo, a resposta à seguinte questão central: “Quais os efeitos do emprego de Forças do Exército nas NATO Response Force?”. O método científico indutivo aplicado na elaboração da investigação baseia-se na análise qualitativa sob a forma de estudo caso. Após a análise e a discussão dos resultados...

A gestão de crises no quadro da NATO

Vilela, Carolina Antunes Barata Pires
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Tese de Mestrado em Estratégia; O trabalho de investigação que aqui se apresenta, procura analisar a evolução do conceito de Gestão de Crises no seio da NATO. Para fazer face às alterações securitárias, a NATO teve que se transformar, substituindo percepções securitárias por conceitos mais abrangentes de segurança. A Aliança Atlântica redefiniu-se, recolocando prioridades mas reafirmando as suas tarefas e valores. Fruto da redefinição do quadro securitário no pós-Guerra Fria e consequência de crises iniciadas junto à fronteira dos Aliados, a gestão de crises foi ganhando crescente importância no seio da Aliança. A adaptação desta aos novos desafios levou a uma série de transformações que foram sendo cristalizadas nos Conceitos Estratégicos adoptados. Neste contexto, procura-se analisar a evolução do domínio da gestão de crises no quadro NATO e a sua crescente centralidade, bem como procurar compreender a sua influência nas esferas interna e externa no quadro quer do policy-making quer do policy-taking. Para atingir tal desiderato, é analisada a contextualização de cada um dos documentos (nomeadamente os que contêm os Conceitos Estratégicos da NATO), com vista à compreensão das motivações e consequências das alterações no ambiente securitário. Neste sentido...

NATO-EU Cooperation in Post-Conflict Reconstruction

Yost, David
Fonte: NATO Defense College Publicador: NATO Defense College
Tipo: Research Paper
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Research Paper, Academic Research Branch, NATO Defense College, Rome - No. 25, December 2005.; On 3-4 November 2005 the NATO Defense College hosted a seminar, co-sponsored by the Ministry of Defense of Finland, regarding NATO and European Union post-conflict reconstruction operations. The participants included officials from NATO and the EU, as well as experts and officials from NATO, EU, and Partnership for Peace nations. The seminar objectives included: – promoting more effective EU-NATO cooperation in such operations, – evaluating the main problems and achievements of such operations to date, and – assessing lessons from operations in Afghanistan in particular.

As relações NATO; União Africana e a resolução de conflitos no Continente Africano

Pereira, Paulo
Fonte: IESM Publicador: IESM
Tipo: Outros
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
A conflitualidade em África assume importância global e exige respostas multidimensionais e multidisciplinares. A cooperação e as parcerias com atores externos vêm auxiliando a promoção da Paz e Segurança neste continente, onde a União Africana vem cimentando a posição de interlocutor em África, promovendo as soberanias e o regionalismo, confirmando a Arquitetura de Paz e Segurança Africana como modelo para a resolução de conflitos. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) tem assumido uma postura de apoio, de acordo com as solicitações africanas, as suas prioridades e as capacidades disponíveis. O estudo que apresentamos procura efetuar o levantamento de opções, prioridades, possibilidades de cooperação e complementaridade entre os atores, verificando as hipóteses de aprofundamento e sistematização da relação OTAN- União Africana. Através da análise efetuada, enfatizámos os contributos da União Africana e da OTAN no quadro das intervenções para a resolução dos conflitos, verificando a sua evolução face às tendências de conflitualidade em África no horizonte 2030, de modo a objetivar o aprofundamento da cooperação, concluindo que a cooperação bilateral com a OTAN pode carrear mais-valias à afirmação africana e que o modelo de complementaridade...

Russian influence on NATO member/non-member relationships : a case study of the US-Ukraine military to military relationship

Righello, Joseph D.
Fonte: Monterey, California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California. Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 53 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
Approved for public release; distribution in unlimited.; This thesis explores Russia's attempts to influence NATO bilateral relationships between members and non-members (partners) and examines the US-Ukraine military-to-military program as its case study. The thesis begins by describing Russia's relations with NATO, centering on NATO enlargement and its role in the NATO-Russia relationship. It then examines the US-Ukraine relationship, with a specific eye toward military-to-military relations and examples of Russian influence on that relationship. It then further describes Russian influence on US-Ukraine relations, Russia-Ukraine relations and, Russia-US relations. The thesis recommends improving the existing US-Ukrainian military-to-military relationship by continuing the engagement and security cooperation activities. It points to the special relationship that Ukraine enjoys with both NATO and the United States and underscores the importance of continued good relations.; Lieutenant Colonel, California Army National Guard

Does a promise to join or joining NATO impact military spending patterns of countries?; Does a promise to join or joining NATO impact military spending patterns of countries?

Paskevics, Martins; Paskevics, Martins
Fonte: Monterey, California. Naval Postgraduate School; Monterey, California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California. Naval Postgraduate School; Monterey, California. Naval Postgraduate School
Formato: xii, 91 p. ; 28 cm.; xii, 91 p. ; 28 cm.
Português
Relevância na Pesquisa
37.47%
MBA Professional Report; MBA Professional Report; The purpose of this thesis is to find similarities and analyze the changes in military spending (patterns and its structure) of the countries that joined the North Atlantic Treaty Organization (NATO) in the past 15 years. The thesis will address the following issues: 1. Whether NATO membership, or a promise to join NATO, impact a country's budgetary behavior and its defense resource allocation the same for all countries, or whether it differs by country, by examining changes in the spending structure five years before joining NATO and after joining NATO 2. Determine if there are any common spending patterns among the countries The author will analyze the military expenditure data for Latvia, Lithuania, Estonia, Poland, Hungary, the Czech Republic, Albania, Croatia and the former Yugoslav Republic of Macedonia (FYROM), cross comparing country data using quantitative analysis (correlation, R-square and t-test for means). The goal is to draw conclusions for whether the spending patterns and trends for the countries mentioned above are moving in the same directions. Does the percentage of GDP allocated for defense needs change in the same pattern for these countries? Are the spending patterns among groups of countries who joined NATO similar...

From independence to alliance NATO impact on Latvian security environment in the post Cold War era

Lokmanis, Arnis
Fonte: Monterey, California; Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California; Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiv, 59 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Approved for public release; distribution in unlimited.; The collapse of the Soviet Union, and the associated end of global confrontation, has resulted in a dynamic process of changes, which has transformed the entire security situation in the Baltic Sea region. In recognition that NATO is becoming an organization able to extend stability and security throughout all of Europe, Latvia has considered membership into NATO a key to the solution of the Baltic security dilemma. This thesis examines the influence of NATO institutions on the Latvian security environment, in advance of Latvia's full-fledged membership into NATO. The analysis is particularly concerned with the gradual growth of various NATO cooperative institutions by which NATO will extend its influence in the strengthening of security and stability in the Baltic Sea region. The analysis concludes that NATO's involvement with Latvia has had multiple positive effects, including increased security, transformation of armed forces, and creation of a new framework in Latvian-Russian relations.; Captain, Latvian Armed Forces

Comparison of the French and German approaches to ESDP and NATO

Pichler, Lothar
Fonte: Monterey California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey California. Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xvi, 71 p. : ill.
Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
Approved for public release; distribution is unlimited; In the process of the European implementation of a Common Foreign and Security Policy (CFSP) at Maastricht in December 1991 until the Franco-British declaration on European defense at Saint-MlÌ o in December 1998, the EU's European Security and Defense Policy (ESDP) etched out the initial concept of a European Pillar within the framework of NATO expressed in NATO's European Security and Defense Identity (ESDI). The Franco-British declaration at Saint- MlÌ o demonstrated the willingness of some EU member states to promote autonomous military capabilities within the EU that enables the EU to act outside of NATO's framework. The further development of ESDP led to concern among NATO officials and US diplomats regarding ESDP's potential challenging appearance to NATO. US Defense Secretary Donald Rumsfeld expressed this concern about a growing EU opposition to the transatlantic policy of alliance. In January 2003, during the Iraq Crisis, Mr. Rumsfeld labeled France and Germany as the "Old Europe". The relation of ESDP to NATO is strongly affected by the national interests of leading European actors like France and Germany. The development of ESDP as either a competitor or support arm of NATO depends on whether the French or the German approach to European security becomes dominant.; Major...

NATO-Russian relation status and prospectives

AKTI, Serkan
Fonte: Monterey, California; Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California; Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 79 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
Approved for public release; distribution in unlimited.; Since the end of the Cold War, NATO has attributed great importance to the development of cooperation with Russia. This thesis, first, evaluates the main developments in NATO - Russian relations since 1991. Although Moscow and the Alliance established a NATO - Russia Council (NRC) and asserted the initiation of a qualitatively new relationship, Russia still needs to fulfill some requirements for catching up the Western standards. Russia's external relations and political, economic and security factors internal to Russia will determine the future of the relationship. This thesis examines Russia's political development and transformation of its economic system, and establishes the problems in its political and economic systems. It also examines Russia's problematic external relations in the region, and their impact on the NATO - Russian relationship. It looks into Russia's National Security Concept, explores regional conflicts such as Chechnya and Georgia, and the U.S. - NATO presence in Central Asia. Then, it examines the oil and natural gas transportation problems created by the Russian monopoly, and evaluates Russian technology transfers to Iran, particularly in the nuclear sector. Consequently...

The second wave of NATO enlargement: a key contributor to the transatlantic link?

Murariu, Adriana
Fonte: Monterey California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey California. Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiv, 79 p. : col. map
Português
Relevância na Pesquisa
37.33%
Approved for public release, distribution is unlimited; The purpose of this study is to determine how post-Cold War NATO allies have contributed to transatlantic relations, both in times of crisis and in times of harmony. Their contribution, although less significant when compared to long-time members' military capabilities, takes various forms. Their support in times of disagreement among allies over the Iraq 2002-2003 issue proved to be more valuable than was anticipated. Therefore, my research is an introspective look at the events that marked NATO's evolution during the last fifteen years and their implications for NATO members as units and for traditional transatlantic relations as a whole. Successive NATO enlargements proved that each decision to add new members reflected NATO's priorities at that particular moment. Whether it was a pre-Cold War enlargement or a post-Cold War enlargement, the decision reflected NATO's interests. Some of the decisions were predominantly military; some were in accordance with the international order established after World War II. The post-Cold War enhancements had two major characteristics: the first enlargement was more symbolic than the second because it erased the artificial lines set by Yalta...

NATO enlargement and democratic control of the Armed Forces: the experience of Poland and implications for neighboring "Partnership for Peace" countries

Svirdenko, Valery
Fonte: Monterey, California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California. Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiii, 110 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
Approved for public release; distribution is unlimited; The collapse of the Warsaw Pact, the end of global confrontation and the subsequent disintegration of the Soviet Union brought about a real opportunity for European unification and transatlantic security. Thus there is a unique chance for the states of Central and Eastern Europe to build an improved security architecture in the whole Euro-Atlantic area after half a century of division. That is why Central and East European countries are seeking to join NATO and in that way provide increased stability, peace and security for all without creating new dividing lines. To join NATO all Central and East European countries need to accomplish democratic transformation especially in the system of civil-military relations. Democratic civilian control of the military is one of the main prerequisites for Central and East European states to qualify for inclusion in NATO. Thus, NATO enlargement can promote democratic transformations of the East European countries, especially in civil-military relation realm, and integration of the Central and East European countries into the North Atlantic Treaty Organization. By admitting new members NATO will make itself better able to address Europe's new security challenges. Such a broad concept of security embracing political...

Adaptations in NATO and European naval command organizations since 1989

Inskeep, Christopher H.
Fonte: Monterey, California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey, California. Naval Postgraduate School
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xii, 79 p. ; 28 cm.
Português
Relevância na Pesquisa
37.23%
This thesis analyzes post-1989 organizational and capability adaptations of NATO and European naval command organizations. Specifically, this thesis examines how the adaptations of the Striking and Support Forces Southern Europe (STRIKFORSOUTH), the European Maritime Force (EUROMARFOR), and the Combined Amphibious Forces Mediterranean (CAFMED), as well as the definition of the European Multinational Maritime Force (EMMF) concept, strengthen the European Security and Defense Identity (ESDI) within NATO and endow the European Union (EU) with a naval dimension. These organizational adaptations are intended to help the member nations of NATO and the EU meet evolving international security challenges. However, they have also raised significant questions about whether NATO European allies are willing to fund NATO's Defense Capabilities Initiative (DCI) to address military and naval deficiencies. The capabilities gap between the naval forces of the United States and those of NATO European allies poses noteworthy challenges, including interoerability.; US Navy (USN) author

EU-NATO Co-operation and the Pirates of the Gulf of Aden

Munatore, Andrew
Fonte: Universidade Nacional da Austrália Publicador: Universidade Nacional da Austrália
Tipo: Relatório
Português
Relevância na Pesquisa
37.31%
Piracy in the Gulf of Aden has been a rising issue since 2005. Fuelled by instability in the failed state of Somalia, pirate attacks are becoming more and more frequent in the area, threatening merchant shipping using the Suez Canal, one of the busiest sea lanes in the world. The problem was exacerbated when Somali pirates began hijacking World Food Program (WFP) ships, enroute to Somalia with emergency food aid for millions of people displaced by years of civil war. The world's navies responded, first when the North Atlantic Treaty Organisation (NATO) responded to a request from the United Nations (UN) Secretary-General in 2008 to escort WFP ships safely to the Somalian ports they were sailing to, and then with more commitments, as the European Union (EU) established an anti-piracy operation in December 2008, and the Combined Maritime Forces operating from US Fifth Fleet headquarters in Bahrain established a dedicated anti-piracy task force of their own. The result is three coalition navies conducting anti-piracy operations in the Gulf of Aden and surrounding areas. The operation established by the EU, codenamed Atalanta, is the EU's first maritime operation. This is an interesting situation, as the EU in the past has left military operations to NATO...

O comprehensive approach na Nato e na UE : duas orientações opostas e convergentes

Gonçalves, Filipa Cristina Florença
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 02/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.31%
O presente estudo centra-se na análise do Comprehensive Approach, na NATO e na UE, na gestão de crises, e sustenta o argumento de que as duas organizações possuem orientações divergentes e convergentes. Partindo do desidrato primário, a consolidação do planeamento e do modo de atuação, o CA foi revigorado e redenominado pelas OI’s, como consequência da expansão de tarefas, tempos e atores, e da interação entre estes. Neste sentido, o argumento foi construído através do estudo da evolução institucional do CA, dos atores, do processo de gestão de crises, das capacidades, da cooperação interna e externa e dos estudos de caso, no Afeganistão e no Corno de África, na NATO e na UE, respectivamente. Deste estudo, percepciona-se a intenção da Aliança em contribuir, como parte integrante da comunidade internacional para o CA, e que a União está interessada em empreendê-lo, através dos múltiplos instrumentos de que dispõe. A simultânea persecução da Grand Strategy, o WGA como método de atuação e a constante busca de inspiração, por parte da UE à NATO, nas questões de planeamento militar, torna-as operacionalmente semelhantes. Os três pontos de encontro elencados confluem numa possível lógica de cooperação...