Página 1 dos resultados de 184 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Interação cumulus e oócito no processo de morte celular programada durante a produção de embriões bovinos in vitro; Cumulus-oocyte interaction in programmed cellular death during bovine embryo in vitro production

Emanuelli, Isabele Picada
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
Cerca de 40% dos oócitos bovinos fecundados não completam o desenvolvimento da fase de pré-implantação. A aquisição da competência para o desenvolvimento do oócito depende de alterações morfológicas, bioquímicas e moleculares. Essas alterações ocorrem tanto nos oócitos como nas células do cumulus. O presente trabalho estudou a interação cumulus e oócito no processo de morte celular programada nos complexos de cumulus oophoros (COCs) de diferentes classes morfológicas em bovinos. Os COCs foram puncionados de ovários de abatedouro, selecionados e classificados em 3 qualidades morfológicas: A: cumulus completo; B: cumulus parcial; C: cumulus expandido (todos com ooplasma homogêneo). Os COCs foram utilizados para avaliação da maturação nuclear em 0 e em 24h de cultivo do grau de fragmentação do DNA das células do cumulus (CC) antes e após a maturação in vitro, avaliação da competência do desenvolvimento embrionário partenogenético até o 9º dia pós-ativação, avaliação da qualidade dos blastocistos e estimativa dos transcritos e proteínas BCL-2 e BAX em CC maturados por 24h. Os resultados obtidos demonstraram que a maioria dos oócitos imaturos do grupo COC-A estavam em estádio de VGi e apresentavam dano mínimo ou inexistente no DNA. Ao contrário...

Avaliação anatomofuncional do sistema genital de fêmeas bubalinas (Bubalus bubalis), e suas implicações na múltipla ovulação e transferência de embriões; Anatomic and functional evaluation of buffalo (Bubalus bubalis) females genital system: implications on multiple ovulation and embryo transfer

Carvalho, Nelcio Antonio Tonizza de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27.1%
Para aferir as prováveis causas da baixa taxa de recuperação de estruturas embrionárias em búfalas superovuladas, foram realizados 4 experimentos. No Exp.1, foram utilizados sistemas genitais de búfalas e de vacas tratadas para a indução de ovulações única ou múltipla (fatorial 2x2). Os sistemas genitais foram submetidos à morfometria, os ovidutos foram lavados para a recuperação dos oócitos e, posteriormente, foram encaminhados à histologia. A taxa de recuperação de oócitos e o volume dos ovários foram maiores para as vacas que para as búfalas (P<0,05). A área das fímbrias foi maior para as búfalas que para as vacas (P<0,05). As camadas musculares do infundíbulo e do istmo foram mais espessas para as búfalas que para as vacas (P<0,05) e, na ampola, não foi verificado diferença nesta medida entre as espécies (P>0,05). No Exp.2 foram utilizados ovidutos de búfalas e de vacas, tratadas para a indução de ovulação única. Os ovidutos foram abertos, colocados em meio de cultura com ou sem E2 (fatorial 2x2) e incubados por 30 minutos. Após o período de incubação, foram colocadas microesferas na superfície dos ovidutos para a aferição do movimento ciliar. As microesferas no infundíbulo direcionaram-se para o útero (P>0...

Alimentação de novilhas com uréia por curto prazo afeta a qualidade de complexos cumulus oócito e o desenvolvimento de embriões In vitro; Short-term urea feeding affect quality of cumulus oocyte complexes and In vitro embryo development

Ferreira, Fernanda Altieri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
A utilização de uréia na alimentação de fêmeas bovinas pode prejudicar o desempenho reprodutivo destes animais, provavelmente decorrente do aumento do teor de nitrogênio uréico plasmático (NUP). O objetivo deste estudo foi avaliar se alimentação com uréia por curto prazo oferecida a novilhas, e conseqüente aumento de NUP, exerce influência sobre a quantidade, qualidade e competência dos complexos cumulus-oócito (CCO). O experimento teve duração de 62 dias, dividido em oito semanas e dois períodos. Foram utilizadas 40 novilhas mestiças mantidas a pasto, alocadas a dois tratamentos, utilizando-se delineamento "cross-over": dieta sem uréia (SU): 5 kg (matéria original) de silagem de milho e 1 kg de concentrado/animal/dia ou dieta com uréia (U): 5 kg de silagem de milho e 1 kg de concentrado contendo 75 g de uréia/animal/dia. Os animais selecionados a cada semana receberam as dietas por seis dias, uma única vez ao dia. No sexto dia de oferecimento das dietas, foram realizadas aspiração folicular (OPU) e colheita de sangue, em jejum e 3 horas após a alimentação. Imediatamente após a OPU, foi realizada contagem total de CCO recuperados e classificação dos mesmos em viáveis e inviáveis. Apenas os viáveis foram destinados à produção In vitro de embriões. Em relação ao teor de NUP...

Ativação de genes apoptóticos no bloqueio do desenvolvimento em embriões bovinos; Activation of apoptotic genes at developmental block in bovine embryo development

Cortezzi, Sylvia Sanches
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.1%
A transição materno-embrionária é um fenômeno complexo caracterizado pela iniciação da transcrição no embrião e a substituição do mRNA materno pelo mRNA embrionário. O mRNA e as proteínas estocadas no oócito são utilizados nas primeiras clivagens e, posteriormente, o embrião deve iniciar a transcrição dos genes necessários ao seu desenvolvimento, que ocorre no estádio de oito células em embriões bovinos. Nesta etapa, podem ser observados embriões competentes a continuar o desenvolvimento, enquanto embriões incompetentes sofrem bloqueio. Pelo fato do bloqueio ocorrer na fase de ativação do genoma embrionário, formulou-se a hipótese de que o bloqueio estaria associado a genes transcritos neste momento, contrariamente à hipótese mais aceita de bloqueio passivo. O objetivo deste trabalho foi de identificar, categorizar e avaliar transcritos diferencialmente expressos entre embriões bovinos de desenvolvimento rápido e lento, além de elucidar possíveis vias de sinalização de morte ou sobrevivência celular. Para isso, foi feita uma hibridação em membrana de macro arranjo contendo genes humanos relacionados a ciclo celular, hibridada com aRNA marcado radioativamente oriundo de embriões bovinos produzidos in vitro de acordo com sua velocidade de desenvolvimento...

Proteína quinase C (PKC) e proteína quinase dependente de cálcio/calmodulina (CaMK II) na ativação de oócitos bovinos; Protein kinase C (PKC) and Calcium/calmodulin-dependent protein kinase II (CaMKII) in bovine oocyte activation

Feitosa, Weber Beringui
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
A fecundação resulta no aumento intracelular de cálcio que é necessário para a transição do oócito até o estádio de zigoto. Os eventos que ocorrem durante esta transição são caracterizados como ativação, sendo estes dependentes de cálcio. Entretanto, os eventos bioquímicos que ocorrem durante a ativação ainda não estão completamente elucidados. A proteína quinase C (PKC) e a proteína quinase dependente de cálcio/calmodulina (CaMKII), por apresentarem atividade durante a fecundação e por serem ativadas por cálcio são implicadas na regulação dos eventos da ativação. Entretanto, existem muitas dúvidas sobre o real papel destas proteínas na ativação do oócito. Deste modo, o objetivo do presente trabalho foi avaliar o papel da PKC e da CaMKII na ativação de oócitos bovinos. Para tal, oócitos bovinos maturados in vitro foram ativados partenogeneticamente (AP) com cálcio ionóforo A23187 (5μM) por 5 minutos, sendo a retomada da meiose, a organização do citoesqueleto e do retículo endoplasmático (RE) avaliada 1 hora após a ativação. No experimento 1 foi avaliado o papel da CaMKII nestes eventos. Os oócitos foram AP na presença ou ausência de 100M do inibidor de CaMKII (Autocamtide-2 Related Inhibitory Peptide...

Influência do hormônio folículo estimulante na via da óxido nítrico sintase em complexos cumulus-oócitos bovinos.; Influency of folicular stimulant hormon on the nitric oxide pathway in bovines cumulus-oocyte complex.

Pires, Pedro Ratto Lisboa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.1%
O óxido nítrico (NO) é um mensageiro químico gerado pela atividade da enzima óxido nítrico sintase (NOS) a qual foi detectada em vários órgãos incluídos os do sistema reprodutor e parece estar envolvido na maturação oocitária. No entanto, há poucos estudos sobre o papel desse sistema em oócitos da espécie bovina. Sabe-se que o NO atua pela via da guanilato ciclase (GC) estimulando a produção do nucleotídeo GMPc, que por sua vez é capaz de influenciar nos níveis de outro nucleotídeo (AMPc) via fosfodiesterases (PDE). O AMPc é um importante elemento da via de sinalização do FSH nos complexos cumulus-oócitos e no controle da maturação oocitária. O objetivo do presente projeto foi investigar a influência do FSH na via do NOS/NO e seus componentes em oócitos bovinos maturados in vitro e o envolvimento das células do cumulus (CC) na via de sinalização. Para tanto, complexos cumulus-oócito (CCO) e oócitos desnudos (OD - maturados sem células do cumulus) foram maturados in vitro por 24h na presença ou ausência de FSH. As amostras foram avaliadas quanto a: 1) taxa da maturação nuclear; 2) níveis de produção de NO; 3) níveis de AMPc e GMPc; 4) abundância relativa de RNAm de NOS2, PDE5A, PDE6C, PKG1...

O óxido nítrico e os nucleotídeos cíclicos em oócitos bovinos maturados in vitro; Nitric oxide and cyclic nucleotides in bovine oocytes matured in vitro

Schwarz, Kátia Regina Lancellotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
27.92%
O óxido nítrico (NO) é um mensageiro químico gerado pela atividade da enzima óxido nítrico sintase (NOS) a qual foi detectada em vários órgãos incluído o sistema reprodutor. O sistema NOS/NO parece desempenhar papel importante na maturação oocitária entre outras funções. No entanto, apesar das evidências, há poucos estudos sobre o papel desse sistema em oócitos da espécie bovina. Sabe-se que o NO atua pela via da guanilato ciclase (GC) estimulando a produção do nucleotídeo GMPc, que por sua vez é capaz de influenciar os níveis de outro nucleotídeo, o AMPc, que é um importante elemento da via de sinalização das gonadotrofinas nos oócitos e no controle da maturação oocitária. O objetivo do presente estudo foi de investigar o envolvimento da via do GMPc na ação do sistema NOS/NO na maturação in vitro (MIV) de oócitos bovinos e seu efeito sobre a via do AMPc. Com a maior concentração estudada do doador de NO (10-7M de SNAP), apenas 36% dos oócitos conseguiram alcançar o estágio de RVG (P< 0,05), após 9 horas de maturação. Esse atraso também foi observado com diferentes concentrações do estimulador de GC (5, 10 ou 50μM de Proptoporfirina IX) e pelo análogo de GMPc (1, 2 e 4mM de 8-Br-GMPc )...

Análise do perfil de expressão gênica de oócitos bovinos advindos de complexos cumulus-oócito com diferentes qualidades morfológicas; Analysis of the gene expression profile of bovine oocytes derived from cumulus-oocyte complexes with different morphological qualities

Lemes, Rafaella Curvelano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.8%
A busca por melhores resultados nas biotecnologias reprodutivas leva a um estudo dos mecanismos fisiológicos básicos dos gametas e embriões em estágios iniciais. Entender como funciona o desenvolvimento destes, quais os nutrientes que eles precisam para se desenvolver in vitro e quais as condições ambientais necessárias permitem maiores taxas de sucesso. Tendo em vista a heterogeneidade dos complexos cumulus-oócito (COC) bovinos recuperados de ovários obtidos em frigorífico para a maturação in vitro e a relação entre oócito e células do cumulus nos resultados da produção in vitro de embriões, esse trabalho visa a identificação de fatores moleculares que possam explicar as melhores taxas de blastocistos obtidas por COCs com mais de três camadas de células do cumulus compactas e ooplasma homogêneo (COCI) quando comparados com COCs com menos de duas camadas de células do cumulus, com parte da zona pelúcida exposta e ooplasma homogêneo ou heterogêneo (COCIII). Para isso, COCI e III foram maturados in vitro separadamente, foram vortexados para retirada das células do cumulus e os oócitos foram submetidos a extração de RNA. O RNA foi amplificado em aRNA, marcado com biotina, fragmentado e hibridizado em microarray. Os arrays foram escaneados e os dados gerados analisados pelo métodos Significance Analysis of Microarrays e Rank Products em busca de genes diferencialmente expressos (DEG). A análise funcional in silico foi realizada com a ferramenta Ingenuity Pathway Analysis. Os resultados mostraram que o perfil de expressão dos oócitos de COCIII é diferente do perfil dos oócitos de COCI...

Efeito das células do cumulus e cisteamina durante o cultivo de maturação in vitro de oócitos bovinos sobre a maturação nuclear e aquisição da competência para desenvolvimento embrionário

Gottardi, F.P.; Barretto, L.S.S.; Gonçalves, F.S.; Perri, S.H.V.; Mingoti, Gisele Zoccal
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 245-252
Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Complexos cumulus-oócito (COC), oócitos desnudos (DO) e do cocultivados com células do cumulus em suspensão (DO+CC) foram maturados in vitro (MIV) na presença ou ausência de cisteamina (50mM). Observou-se efeito benéfico da cisteamina durante o cultivo de MIV, pois a maturação nuclear no grupo COC cisteamina foi maior do que a do COC controle (P<0,05). No grupo sem a adição de cisteamina, foi observado que a ausência de CC durante o cultivo de MIV prejudicou a maturação nuclear em DO, em relação ao COC (P<0,05), todavia a cisteamina restaurou a capacidade de progressão da meiose em DO, tornando-os semelhantes aos COC (P>0,05). O acoplamento entre oócitos e CC durante MIV demonstrou ser essencial para aquisição da competência do oócito para suportar o desenvolvimento embrionário inicial, pois COC apresentaram maior porcentagem de blastocistos e eclosão quando comparados a do e DO+CC (P<0,05). A inclusão de cisteamina no cultivo de MIV não restaurou a aquisição da competência em do e DO+CC, que permaneceram semelhantes aos do grupo-controle (P>0,05). Conclui-se que a cisteamina no meio de MIV melhora as taxas de maturação nuclear em COC e restaura a capacidade de progressão da meiose em DO. Todavia...

Efeitos e regulação da expressão do kit ligante (KL) durante a maturação in vitro do complexo cumulus-oócito bovino

Lima, Paula Fernanda de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 60 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.71%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ; O desenvolvimento da competência oocitária ocorre de forma gradual durante a foliculogênese e é dependente da interação do oócito com as células do cumulus via fatores parácrinos. O KL é expresso pelas células do cumulus e estimula a maturação nuclear do oócito em roedores, mas suas funções no complexo cumulus-oócito (CCO) bovino não são conhecidas. Neste trabalho, avaliou-se o padrão de expressão do KL, os efeitos do KL sobre a progressão da meiose e a expansão do cumulus, bem como a regulação da expressão do KL por fatores secretados pelo oócito (FSOs; BMP15, FGF8, FGF10, FGF16 e FGF17) durante a maturação in vitro (MIV) de CCOs bovinos. Adicionalmente, os efeitos do KL sobre a expressão de BMP15, GDF9, FGF16 e c-KIT foi avaliada. As isoformas do KL (KL1 e KL2) apresentaram padrões de expressão semelhantes nas células do cumulus ao longo da MIV, com pico de expressão às 12 horas do cultivo. A adição de KL ao cultivo aumentou a porcentagem de oócitos em meiose II e diminuiu a de oócitos em meiose I ao final da MIV, mas não afetou a expansão do cumulus. O FGF8 aumentou a expressão dos RNAm do KL1 e do KL2...

Efeito do estádio do ciclo estral e adição de hormônios ao meio de cultivo in vitro sobre a morfologia do complexo cumulus-oócito canino

Pires-Buttler, Eliandra Antonia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxvi, 164 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.58%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; Este estudo foi desenvolvido com o intuito de avaliar comparativamente o efeito do estádio do ciclo estral, bem como a adição de hormônios aos meios de cultivo in vitro sobre a morfologia do complexo cumulus-oócito canino. Os oócitos foram coletados de 30 cadelas hígidas submetidas à ovariosalpingo-histerectomia, divididas em dois grupos de acordo com a condição reprodutiva (fase folicular e anestro). A avaliação foi feita por microscopia eletrônica de varredura e transmissão, antes e após o período de cultivo in vitro por 72h em dois diferentes meios: meio controle - A (TCM199) e meio B: TCM199 adicionado de 10UI/mL de LH, 2μg/mL de progesterona (P4) e 2μg/mL de Estradiol(E2). Os resultados revelaram que o diâmetro oocitário não é influenciado pela fase reprodutiva, assim como a comunicação intercelular, e os aspectos morfológicos relacionados à forma e arranjo das células do cumulus, in vivo. A fase do ciclo estral exerceu influência sobre a morfologia do complexo cumulus-oócito, de tal forma que oócitos pertencentes ao grupo folicular apresentaram-se com maior grau de maturidade nuclear e citoplasmática do que oócitos do grupo do anestro. A suplementação hormonal afetou positivamente a maturação nuclear...

Regulação da expressão de fatores secretados pelo oócito (FSOs) e seus receptores durante a maturação in vitro (MIV) bovina e ações no controle da expressão de cumulus

Caixeta, Ester Siqueira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 94 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.8%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; O oócito participa ativamente dos mecanismos reguladores da maturação do complexo cumulus-oócito (COC) via secreção de fatores parácrinos. A proteína morfogênica óssea 15 (BMP15) e o fator de crescimento e diferenciação 9 (GDF9) têm concentrado a maior parte da atenção direcionada aos fatores secretados pelo oócito (FSO) e têm sido associados com a melhora na competência para o desenvolvimento do COC. Em adição, recentemente, detectamos a expressão de fatores de crescimento fibroblástico (FGFs) no oócito e seus receptores nas células do cumulus (FGF10 e seus receptores FGFR1B e 2B; FGF8 e 17 e seus receptores FGFR2C e 3C), sugerindo o envolvimento do sistema FGF na regulação da diferenciação das células do cumulus. O presente trabalho investigou a regulação da expressão do RNAm de FSOs (BMP15, GDF9, FGF8, FGF10 e FGF17) e seus receptores, bem como de membros da família de fatores de crescimento epidermal (EGF)-like [ampiregulina (AREG), epiregulina (EREG) e betacelulina (BTC)] durante a maturação in vitro (MIV) bovina estimulada pelo FSH. O FSH estimulou a expressão do FGFR2C...

Efeitos do fator de crescimento dos fibrobalstos 8 (FGF8) durante a maturação in vitro do complexo cumulus-oócito bovino

Ormond, Cinthia Marenza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 43 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.58%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Farmacologia) - IBB; Fibroblast growth factor 8 (FGF8) is expressed by the bovine oocyte, activate receptors expressed by cumulus cells and oocytes, and is involved in the regulation of glycolysis and meiosis in the murine COC. The first aim of this study was to assess the effects of FGF8 on cumulus expansion, meiosis progression and energy metabolism in bovine COCs submitted to IVM. Then, once influences on meiosis progression and energy metabolism were observed, effects of FGF8 on abundance of mRNA encoding genes that control these processes were assessed. FGF8 did not affect cumulus expansion but decreased the percentage of oocytes reaching metaphase II, while increasing the percentage of oocytes in metaphase I. This was associated with an inhibitory effect of FGF8 on levels of mRNA encoding Cyclin B1 in the oocyte. In contrast with previous findings in mice, FGF8 decreased mRNA levels of NPR2 in cumulus cells. FGF8 tended to decrease glucose uptake and lactate production, which was accompanied by a significant reduction in PFKP mRNA abundance in cumulus cells. FGF8 also tended to decrease LDHA mRNA expression, but did not change GLUT1, GLUT4 and PDHA1 mRNA levels in cumulus cells, while it increased PDHA1 mRNA abundance in the oocyte. This study presents novel evidence that FGF8 can slow meiosis progression during IVM in cattle through mechanisms involving reduction of Cyclin B1 expression; O fator de crescimento dos fibroblastos 8 (FGF8) é expresso pelo oócito bovino...

Sistema NPPC-NPR2 na espécie bovina: identificação em folículos antrais e modulação na concentração de nucleotídeos cíclicos e na expressão gênica de PDE3 em complexos cumulus-oócito

Pioltine, Elisa Mariano
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 91 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
27.86%
Pós-graduação em Biociências - FCLAS; In mice, recent studies have demonstrated that the natriuretic peptide precursor C (NPPC) and its type - 2 - receptor (NPR2) are essential for the maintenance of meiosis I arrest in the oocyte. Moreover, paracrine factors secreted by the oocyte such as bone mo rphogenetic protein 15 (BMP15) can modulate this arrest through the expression of the NPR2 gene in cumulus cells of mice. In a recent study in cattle, the bovine follicular fluid (bFF) added to the maturation medium was able to interfere with the oocyte nu clear maturation resulting in higher embryo yield in vitro . However, it is not known what factors present in bFF might be responsible for this effect and one candidate could be the presence of microvesicles in the bFF. Additionally, the estradiol hormone i s component of the bFF and was demonstrated to directly stimulate NPR2 expression. Therefore, the objectives of this work includes the investigation of the NPPC - NPR2 system in the bovine ovary and the assessment of the effects of exogenous NPPC, estradiol and extracellular vesicles on the expression of the PDE3 gene in bovine oocytes and the concentrations of cyclic - nucleotides in cumulus - oocyte complexes. We designed four experiments: 1) enzyme - linked immunosorbent assay (ELISA) for the presence and concen tration of the NPPC in follicular fluid...

In vitro maturation of porcine oocyte: effects of lipid manipulation on fertilization, embryo development and cryo-resistance

Prates, Elsa Cristina da Graça
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
27.58%
Os objectivos desta tese foram implementar a técnica de produção in vitro de embriões de suíno e investigar os efeitos da modulação lipídica durante a maturação in vitro (MIV) usando o isómero trans-10,cis-12 do ácido linoleico conjugado (t10,c12 CLA) e a forscolina. A modulação lipídica durante a MIV induziu alterações na morfologia do oócito e perfil em ácidos gordos (AG)/ plasmalogénios dos complexos cumulus-oócito. Após 44 h de suplementação com t10,c12 CLA ocorreu aclaramento citoplásmico mas a taxa de blastocistos diminuiu. A suplementação em períodos longos com forscolina poderá reduzir o crescimento do oócito, a progressão nuclear e a capacidade fertilizante, ou apenas interferir na morfologia e composição das gotas lipídicas (2 h de suplementação). Os dois suplementos em simultâneo melhoraram a taxa de maturação. Apesar das alterações na composição em AG/ plasmalogénios dos oócitos tratados, não se detetaram efeitos sobre a crio-resistência dos blastocistos; ABSTRACT: The purpose of this thesis was to implement the in vitro technique for porcine embryo production and to investigate the effects of lipid content modulation during oocyte in vitro maturation (IVM) using trans-10...

Efeito das células do cumulus e cisteamina durante o cultivo de maturação in vitro de oócitos bovinos sobre a maturação nuclear e aquisição da competência para desenvolvimento embrionário

Gottardi,F.P.; Barretto,L.S.S.; Gonçalves,F.S.; Perri,S.H.V.; Mingoti,G.Z.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
Complexos cumulus-oócito (COC), oócitos desnudos (DO) e DO cocultivados com células do cumulus em suspensão (DO+CC) foram maturados in vitro (MIV) na presença ou ausência de cisteamina (50mM). Observou-se efeito benéfico da cisteamina durante o cultivo de MIV, pois a maturação nuclear no grupo COC cisteamina foi maior do que a do COC controle (P<0,05). No grupo sem a adição de cisteamina, foi observado que a ausência de CC durante o cultivo de MIV prejudicou a maturação nuclear em DO, em relação ao COC (P<0,05), todavia a cisteamina restaurou a capacidade de progressão da meiose em DO, tornando-os semelhantes aos COC (P>0,05). O acoplamento entre oócitos e CC durante MIV demonstrou ser essencial para aquisição da competência do oócito para suportar o desenvolvimento embrionário inicial, pois COC apresentaram maior porcentagem de blastocistos e eclosão quando comparados a DO e DO+CC (P<0,05). A inclusão de cisteamina no cultivo de MIV não restaurou a aquisição da competência em DO e DO+CC, que permaneceram semelhantes aos do grupo-controle (P>0,05). Conclui-se que a cisteamina no meio de MIV melhora as taxas de maturação nuclear em COC e restaura a capacidade de progressão da meiose em DO. Todavia...

Ação da Proteína Kinase C na maturação de oócitos bovinos; Role of Protein Kinase C on bovine oocyte maturation

Lopes, Everton
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.71%
A qualidade do oócito é um fator limitante na fertilidade das fêmeas e reflete seu intrínseco potencial ao desenvolvimento embrionário subsequente. As alterações moleculares e bioquímicas no processo de maturação dos oócitos são necessárias para permitir a fecundação destes. Sob influência das gonadotrofinas, uma cascata de eventos é desencadeada, alterando a expressão gênica e a estrutura dos folículos. A maturação ocorre pelo intercâmbio entre o oócito e as células do cumulus que irão fornecer fatores para o desenvolvimento do oócito e criar o microambiente necessário para garantir o sucesso na maturação. A ação do FSH sobre a retomada da meiose ocorre, possivelmente, por ativação da proteína quinase C (PKC). A via de sinalização desta proteína parece estar envolvida na ativação da quinase ativada por mitógeno (MAPK) em oócitos e células do cumulus, na maturação induzida por FSH e LH, além de regular a síntese do Fator de Crescimento Epidermal (EGF). Deste modo, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a ação da PKC na maturação de oócitos bovinos e se esta ativação envolve o EGF. Para tal foram realizados dois experimentos. Em ambos, a progressão do ciclo celular foi avaliada utilizando a sonda fluorescente Hoechst 33342. A expansão das células do cumulus foi avaliada utilizando-se o software Image Pro Plus 5.1 para análise das imagens dos oócitos geradas em microscópio Olympus IX81. O maior diâmetro de cada complexo cumulus oócito foi adotado como parâmetro de mensuração da expansão. A dosagem de progesterona do meio de cultivo foi realizada pela técnica de RIA. A ativação da PKC e da MAPK foi avaliada pela técnica de Western blot. Os dados foram avaliados pelo software SigmaPlot versão 12.2 e submetidos ao teste de normalidade (Shapiro-Wilk). Quando necessário...

Efeito de diferentes formas de cultivo na ação do óxido nítrico na maturação e na integridade da membrana plasmática de complexos cumulus-oócito em bovinos; Influence of different forms of culture on the nitric oxide action on maturation and membrane integrity on bovine cumulus-oocyte complex

Viana, Kelen Salaroli; Caldas-Bussiere, Maria Clara; Carvalho, Carla Sobrinho Paes de; Dias, Bruna Lomba; Lanes, Verônica R.; Quirino, Celia Raquel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
O objetivo do presente estudo foi avaliar se diferentes formas de cultivo interferem no efeito do óxido nítrico (NO) sobre a maturação e a integridade da membrana plasmática do complexo cumulus-oócito de bovinos. Para tanto, realizou-se cultivo em gotas sob óleo mineral ou em placas de quatro poços com a adição de diferentes concentrações de nitroprussiato de sódio (SNP, doador de óxido nítrico). Não foi observada diferença (P > 0,05) entre as formas de cultivo quando se avaliou a integridade de membrana plasmática e a expansão das células do cumulus (CC). Contudo, os oócitos dos grupos controle e os cultivados na presença de 10-3 M de SNP, ambos cultivados em placa, apresentaram maior porcentagem de membrana íntegra do que os mesmos tratamentos cultivados em óleo mineral (P < 0,05). Observou-se que a adição de 10-3 M de SNP diminuiu o grau de expansão das CC e de integridade da membrana plasmática dos oócitos, tanto no cultivo em gota sob óleo quanto em placa, diferindo dos outros grupos (P < 0,05). Semelhante à expansão, a forma de cultivo não interferiu na extrusão do primeiro corpúsculo polar, sendo que a adição de 10-3 M de SNP inibiu a extrusão em ambos os sistemas (P < 0,05). Houve um efeito dose-resposta na concentração de NO no meio de maturação em ambos os tipos de cultivo (P < 0...

Follicular growth divergence: effect in the oocyte competence for in vitro embryo production; DIVERGÊNCIA NO CRESCIMENTO FOLICULAR: EFEITO NA COMPETÊNCIA OOCITÁRIA PARA PRODUÇÃO IN VITRO DE EMBRIÕES - REVISÃO

CASTILHO, C.; GARCIA, J.M.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
The oocyte growth in the ovarian follicle is determined by several factors which influence its viability and ability for the in vitro development. These factors include: follicular size, estrous cycle day, atresy level and influence of other follicles, such as dominant follicle (DF). The phase of DF selection is visualized by ultrasound as it increases in the diameter of the DF, while other wave follicles stop their growth or undergo regression. These changes that occur in the diameter reflect the important endocrine, paracrines and autocrines alterations that follow or precede this critical moment of the folicle development; in turn, they can influence the oocyte quality and the ability to the in vitro development. The ovum pick-up following in vitro fertilization (IVF) of the oocyte from gotten alive givers and high genetic value has been one of the expanding technique in the world, over all regard to the important genetic increment in the improvement of the flock. However, variability in the results of the in vitro embryo bovine development exists and, in average, only 30% to 40% of the matured oocyte will develop until blastocyst.; O crescimento do oócito dentro do folículo ovariano é determinado por vários fatores que influenciam sua viabilidade e competência para o desenvolvimento in vitro. Estes fatores incluem tamanho folicular...

Muerte embrionaria temprana: ¿Tiene influencia el factor masculino?

Gil Villa,Aura María; Cardona-Maya,Wálter Darío; Cadavid Jaramillo,Ángela Patricia
Fonte: Archivos Españoles de Urología (Ed. impresa) Publicador: Archivos Españoles de Urología (Ed. impresa)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/11/2007 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
Objetivo: Discutir el efecto que puede tener el factor masculino sobre la muerte embrionaria temprana. Método: Se hace una revisión de literatura de diferentes componentes del espermatozoide que pueden tener algún papel en la muerte embrionaria temprana. Resultados: Antes que ocurra la fusión entre la membrana plasmática del espermatozoide y la del oocito, ambos gametos deben sufrir un proceso de maduración que permita la fecundación y el desarrollo embrionario exitosos. El estudio de las parejas con muerte embrionaria temprana, usualmente se aborda desde el factor femenino por la obvia relación de la mujer con su producto en desarrollo, pero no es ilógico suponer que una alteración genética o epigenética en el espermatozoide, tenga un papel importante en estas pérdidas por su importancia en el desarrollo placentario y embrionario. El espermatozoide posee algunas características como el empaquetamiento del ADN, la apoptosis y los antioxidantes en el plasma seminal, que protegen la integridad estructural y funcional de la célula germinal, permitiendo que el espermatozoide fecunde al oocito y contribuya al desarrollo embrionario. Sin embargo, alteraciones epigenéticas como el remodelamiento de la cromatina y la consecuente perturbación de los eventos relacionados con la impronta genómica podrían ser causas de origen paterno que pueden tener alguna representación en las muertes embrionarias tempranas como también lo son la ausencia o alteración del centrosoma...