Página 1 dos resultados de 217 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Análise cladística de Conulariidae Walcott (Neoproterozóico-Triássico): caracterizando e definindo um grupo de cnidários extintos; Cladistic analysis of the Conulariina Miller and gurley 1896 (Cnidaria, Scyphozoa; Vendian/Triassic)

Leme, Juliana de Moraes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
17.54%
A análise cladística de Conulariidae (Cnidaria) é aqui apresentada, e está fundamentada na hipótese de que os agrupamentos taxonômicos (famílias, subfamílias), propostos no ?Treatise on Invertebrate Paleontology? (TIP), não são filogeneticamente válidos. O estudo apresentado levou em consideração a revisão do material depositado em coleções do Brasil e do exterior e teve como objetivos principais (1) a análise cladística dos conulários, procurando determinar o escopo do grupo e (2) discutir as implicações dos dados obtidos na sistemática de Conulariidae. Ao todo, 17 caracteres foram estabelecidos e descritos para a anatomia externa e interna da teca de conulários, envolvendo 15 táxons para o grupo-interno (Archaeoconularia, Climacoconus, Conularia, Conularina, Ctenoconularia, Eoconularia, Metaconularia, Paraconularia, Pseudoconularia), incluindo 6 gêneros (Teresconularia, Vendoconularia, Baccaconularia, Glyptoconularia, Notoconularia e Reticulaconularia), propostos após a publicação do TIP. Cubozoa, Stauromedusae, Coronatae e Semaeostomeae constituíram o grupo-externo. A análise de parcimônia obteve 124 cladogramas igualmente mais parcimoniosos. A análise de pesagem sucessiva resultou em 3 cladogramas mais parcimoniosos. Os cladogramas resultantes da análise de pesagem sucessiva indicam que os táxons terminais Conularina...

As Sonate Metodiche de Georg Philipp Telemann: um estudo sobre ornamentação e estilo no final do período barroco; Georg Philipp Telemann's Sonate Metodiche: a study about ornamentation and style in the late Baroque

Anjos, Guilherme Herdade Linberger dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.82%
Esta pesquisa investiga a relação entre ornamentação e estilo na música alemã da primeira metade do século XVIII. Através da análise da ornamentação dos primeiros movimentos das seis Sonate Metodiche, publicadas em 1728 pelo compositor Georg Philipp Telemann, e de tratados da época, este trabalho busca compreender de que maneira os gostos nacionais influenciaram a prática improvisatória da música do período. Visando expandir a discussão sobre o movimento de performance historicamente informada, aborda-se a problemática da notação musical barroca buscando compreender os papéis dos compositores e dos intérpretes e a possível influência destes no resultado sonoro desta música. Por meio de um estudo musicológico, evidencia-se a importância da retórica na performance musical do período como guia na elaboração e execução ornamental. Apresentam-se características e tipos de ornamentos usados nos dois principais estilos nacionais do barroco - o italiano e o francês - para revelar a influência destes na ornamentação ao gosto alemão (vermischter Geschmack). As análises das ornamentações elaboradas por Telemann nas seis Sonate Metodiche de 1728, revelaram uma ornamentação com características galantes...

A ornamentalidade dos capitéis do claustro Sant Benet de Bages: as funções do decor na arte românica; The "ornementalité" of the capitals of the cloister of Sant Benet de Bages: the functions of decor in the Romanesque art

Santos, Aline Benvegnú dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
17.54%
O claustro do mosteiro beneditino de Sant Benet de Bages, na Catalunha espanhola, é caracterizado pela grande quantidade e diversidade de elementos ornamentais esculpidos em seus capitéis, o que é um importante indício de como a ornamentação se constituía em tanto que instância fundamental para a estética medieval. No entanto, até hoje poucas pesquisas foram realizadas sobre este claustro, o que é revelador da pouca atenção dada pela historiografia da arte tradicional ao tema da ornamentação. De modo geral, as imagens medievais mais valorizadas enquanto objeto de estudo são as historiadas. Isso em muito se deve à supervalorização da ideia de Bíblia dos iletrados, em detrimento de uma análise mais profunda sobre a presença estrutural e da complexidade dos diversos elementos que compõem as imagens, dentre os quais, os elementos ornamentais. Os trabalhos existentes sobre o tema da ornamentação e sua presença nas imagens medievais são, com poucas exceções, superficiais, procurando categorizações estilísticas e raízes filológicas. Uma das exceções é a obra do medievalista e teórico da arte francês Jean-Claude Bonne, principal marco teórico de nossa pesquisa, e que cunhou os conceitos de ornamental e ornamentalidade. A partir destas noções é que nos dedicamos ao estudo do claustro de Sant Benet de Bages...

Ultraestrutura cuticular de duas espécies simpátricas de Hyalella smith 1874 (Crustacea, Amphipoda, Dogielinotidae)

Zimmer, Adriane Ramos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.54%
Os crustáceos límnicos do gênero Hyalella contam com 51 espécies amplamente distribuídas pelas regiões Neártica e Neotropical. Na América do Sul o Brasil apresenta a segunda maior diversidade para o gênero que é apenas superada pela diversidade encontrada no lago Titicaca. São 13 espécies distribuídas pelos estados do sul e sudeste. A identificação das espécies de Hyalella é um processo complexo que exige muita experiência no conhecimento do grupo. Além disto faltam informações sobre morfologia, ecologia e comportamento para a maioria das espécies. Este estudo teve como objetivo descrever a ultraestrutura cuticular de H. castroi e H. pleoacuta. Ambas as espécies foram coletadas em tanques de cultivo de peixes (trutas) próximo à nascente do Rio das Antas no município de São José dos Ausentes, RS, Brasil (28º 47’ 00’’S 49º 50’ 53’’W). A superfície cuticular de espécimes das duas espécies foi examinada em microscopia eletrônica de varredura e observações complementares foram realizadas em microscopia óptica. Os resultados mostraram que uma grande diversidade de estruturas está presente na cuticula de ambas as espécies, entre elas 30 tipos de setas, sendo dois destes exclusivos de machos...

Estudo vocabular de petições jurídicas: ornamentação e rebuscamento

Bulhões, Eliane Simões Pereira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 244 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.54%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; O objetivo central desta dissertação consiste em avaliar as unidades lexicais peculiares usadas na redação jurídica as quais visam unicamente a rebuscar e/ou ornamentar a linguagem do direito, a partir das contribuições da Lexicologia. Tal linha de pesquisa foi eleita principalmente porque acreditamos que o universo redacional jurídico muito ganharia com o subsídio dessa ciência do léxico para o fim de debater a problemática da escolha do Direito, oferece-nos subsídios para analisarmos um corpus composto de petições jurídicas em um dado sincrônico considerando neles a presença de um vocabulário específico marcado pela ornamentação e/ou rebuscamento. Verificamos as manifestações de ornamentação e rebuscamento considerando as categorias expressivas: arcaísmos léxicos, expressões latinas, termos laudatórios e preciosismos. De acordo com nossa hipótese, as unidades lexicais singulares selecionadas segundo tais categorias remontariam a uma tradição vocabular do direito brasileiro resistente às mudanças temporais que se fariam necessárias desde o século dezenove.; The main purpose of this dissertation is to evaluate peculiar lexical units used in legal writing with the exclusive purpose of flourishing the style...

Ornamentação de tocas Uca leptodactylus: a escolha do macho pela fêmea

Rodrigues, Renata de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 40 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.36%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Machos de Uca leptodactylus são conhecidos por construir ornamentos em forma de cúpulas semicirculares em cima de suas tocas. Esses ornamentos poderiam estar relacionados com os processos de seleção sexual: escolha dos machos pelas fêmeas e/ou competição entre machos pelas fêmeas receptivas. Assim, avaliamos a relação da ornamentação nas tocas nesse contexto Os machos constroem tocas ornamentadas somente durante a estação quente, período que coincide com a reprodução. Os comportamentos realizados para construir o ornamento são: recolhimento e deposição do sedimento, modelagem do sedimento com os pereiópodos e os quelípodos, retirada do sedimento e limpeza do quelípodo hipertrofiado. Fêmeas não escolhem os machos a partir da ornamentação de suas tocas, assim como a construção de ornamentos também não é maior com o aumento do número de fêmeas. Machos construtores de tocas ornamentadas foram encontrados em maior quantidade em áreas onde existiam mais machos não construtores presentes. No contexto da seleção sexual, a construção de tocas ornamentadas nesta espécie está relacionada com a competição entre machos; Not available

Curso de ornamentação

Anacleto, Waldemar
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Fotografia P&B; Mulheres participam do curso de ornamentação oferecido pelo SESI em março de 1960.

Estudo aplicacional quanto à ornamentação entre klavierschule de Türk e o manuscrito musical 321 da Biblioteca Nacional

Alves, Mário Paulo Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.06%
O presente estudo, tomando partido do importante tratado de teclado Klavierschule oder Anweisung zum Klavierspielen für Lehrer und Lernende de Daniel Gottlob Türk (1750-1813) da edição de 1789, analisa em termos de Ornamentação todo o Manuscrito Musical 321 da Biblioteca Nacional (Lisboa). A análise comporta o estudo aprofundado das possibilidades de colocação de ornamentos com a real aplicação no manuscrito; definições; tipologia; modos de execução; erros e discrepâncias (estudo crítico); estudo da articulação e outras nomenclaturas musicais existentes no manuscrito. ABSTRACT: The present study, taking from the important treatise of keyboard Klavierschule oder Anweisung zum Klavierspielen für Lehrer und Lernende of Daniel Gottlob Türk (1750-1813) from the edition of 1789, analyze in terms of Ornamentation all M.M. 321 of National Library (Lisbon). This analysis take place in the profound study of possibilities on ornamentation in a real application to the manuscript; give some definitions, typologies, ways of execution, errors and discrepancies (critical study) and make a study of articulation and others musical symbols in the manuscript.

Improvisação e ornamentação na aprendizagem da flauta de Bisel

Ferreira, Jorge Álvaro de Castro Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.66%
Neste Projecto Educativo estuda-se o desenvolvimento e aperfeiçoamento dos processos de aprendizagem da Flauta de Bisel através de uma prática consistente da improvisação e ornamentação na sala de aula. Como suporte teórico é elaborada uma síntese do actual estado da improvisação e ornamentação no ensino da Flauta de Bisel e no ensino da música em geral, descrevendo posteriormente a construção dos modelos de improvisação e ornamentação aplicados no âmbito deste trabalho. Como resultado prático é feita a descrição de três estudos de caso e a respectiva análise de resultados. Tem igualmente como objectivo contribuir para uma reflexão mais alargada que possa eventualmente levar à inclusão da improvisação e ornamentação nos curricula do ensino da Flauta de Bisel e no ensino de outros instrumentos.; This Educational Project’s aim is to study the development and improvement of the learning process on the Recorder, through the consistent practice of improvisation and ornamentation in the classroom. As a theoretical support there is an elaboration of a synthesis of the actual state of improvisation and ornamentation in the recorder and music teaching, and a description of the construction of improvisation and ornamentation models here applied. As a practical result the three case studies presented are described...

Caracterização dos grãos de pólen e estigmas de Limonium multiflorum Erben e Limonium ovalifolium (Poiret) O.Kuntze

Martins, Sérgio Filipe Murra
Fonte: ISA/UTL Publicador: ISA/UTL
Tipo: Relatório
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
17.54%
Relatório de Estágio de Iniciação à Investigação Científica - Instituto Superior de Agronomia; No presente trabalho foram estudados os grãos de polén e os estigmas de diferentes indivíduos de distintas populações da espécie Limonium ovalifolium (Poiret) O. Kuntze e do endemismo lusitano Limonium multiflorum Erben que ocorrem em arribas costeiras do litoral português. Através da análise de microfotografias obtidas por microscopia electrónica de varrimento caracterizou-se a morfologia polínica, nomeadamente a forma, tipo de ornamentação e dimensão dos grãos de polén e as superfícies estigmáticas. Em ambas as espécies foram identificados dois tipos de superfícies estigmáticas, tipo "maçaroca de milho" (cob-like) e tipo "papilosa" (pap), anteriormente descritas para o género Limonium. Relativamente aos indivíduos das populações de L. ovalifolium, observaram-se dois tipos polínicos descritos para o género Limonium, grãos com ornamentação tipo reticulada de malha larga (pólen A-type) ou grãos com ornamentação tipo reticulada malha estreita (pólen B-type), embora numa das populações fossem detectados ambos os tipos polínicos, ambos de forma circular. De acordo com classes de dimensões estabelecidas...

Catálogo sistemático do pólen das plantas arbóreas do Brasil meridional. XXX: Meliaceae

BARTH,ORTRUD MONIKA; JUSTO,RONALDO LAURIA; BARROS,MARCIA AGUIAR DE
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1998 Português
Relevância na Pesquisa
17.36%
Foi analisada a morfologia polínica de 16 espécies da família Meliaceae. A distinção dos tipos polínicos ocorre em nível genérico, principalmente através da forma dos grãos de pólen, da ornamentação das superfícies e da forma das aberturas. Somente os grãos de pólen de Cabralea canjerana canjerana podem ser caracterizados pela ornamentação da superfície. Como características marcantes em todas as espécies estudadas, destacamse: sexina e nexina-1 não bem delimitadas em alguns gêneros, em contrapartida ao destaque da nexina-2; a invariabilidade da espessura das nexinas-2; o espessamento da sexina e da nexina-1 nas regiões aperturais, a ornamentação delicada da superfície dos grãos de pólen.

Ornamentação do Museu Paulista para o Primeiro Centenário: construção de identidade nacional na década de 1920

Makino,Miyoko
Fonte: Museu Paulista, Universidade de São Paulo Publicador: Museu Paulista, Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27.66%
Nas últimas décadas, vários estudos enfocaram o Museu Paulista, as coleções, o edifício-monumento e a gestão Afonso de Escragnole Taunay, contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento histórico e do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural de São Paulo. A ornamentação do Museu, organizada por Taunay, para os festejos do Primeiro Centenário da Independência, em 1922, composta essencialmente de pinturas e esculturas, visando narrar o período colonial até a Independência, é o foco deste estudo. As fontes permitem entender o caminho da seleção dos temas, a execução e a disposição das obras, em vários níveis, no Saguão, Escadaria e Salão de Honra. Os anos iniciais da gestão Taunay (1917 - 1945) foram propícios para a execução da ornamentação, visto o apoio oficial e os recursos financeiros obtidos, inclusive da sociedade paulista. A conclusão da ornamentação, no entanto, demorou duas décadas, pela exigüidade de verbas, após as festividades do Centenário. A ornamentação foi dada por concluída por Taunay, com a colocação da última ânfora na Escadaria, em 1931, e a publicação do Guia da Secção Histórica do Museu Paulista, em 1937. No entanto, as últimas pinturas foram feitas e incorporadas nos anos 60.

A análise Schenkeriana e a ornamentação

Vasconcelos, Renato Luciano de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.36%
Resumo: A análise schenkeriana é uma teoria controversa, causadora de diversos debates no decorrer do século XX devido ao seu vigor, precisão crítica e repercussão nas universidades americanas. Heinrich Schenker (1868-1935), teórico musical e crítico radicado em Viena, adotou a tradição clássica austro-germânica como modelo musical e ideológico. Para isso, fundamentou sua teoria analítica em tratados teóricos e práticos do século XVIII e nas obras do cânone clássico tonal. No entanto, temas abertamente relacionados ao emprego prático dos ornamentos em sua teoria - bem como o contexto e analogia com as "diminuições" com os tratados de ornamentação - ainda não foram enfocados com precisão pela musicologia. Neste trabalho, esclarecemos a influência dos ornamentos práticos neste pensamento analítico traçando um paralelo entre os seus significados práticos e estruturais. Para tal finalidade, percorremos os textos de Schenker (com ênfase especial em Der Freie Satz [1935]); os textos dos seguidores americanos Adele T. Katz (1887-1979), Allen Forte (1926), Felix Salzer (1904-1986) e Oswald Jonas (1897-1978); e o tratado de ornamentação Versuch über die wahre Art, das Clavier zu Spielen (1753) de C.P.E. Bach (1714-1788)...

Microdermatografia do estrato córneo das escamas de Pseudoboini Jenner e Dowling, 1985 (serpentes, colubridae, xenodontinae)

Ribeiro, Síria Lisandra de Barcelos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
17.75%
Foram analisadas microscopicamente amostras de estratos córneos de escamas dorsais de 205 espécimes de Pseudoboini Jenner e Dowling, 1985 e Tropidodryas Fitzinger, 1843, e estratos epidérmicos de Philodryas patagoniensis (Girard, 1857). O objetivo deste estudo foi verificar a existência de variação na micro-ornamentação de diferentes tipos de escamas, e descrever os padrões microdermatográficos dos estratos epidérmicos (P. patagoniensis) e a micro-ornamentação dos diferentes táxons de Pseudoboini. Com base nos resultados obtidos, pode-se fazer as seguintes afirmações quanto às variações da micro-ornamentação dos estratos córneos de Pseudoboini: a) varia em cinco porções da escama: mediana, apicilar (posterior), lateral, basal (anterior) e fossetas apicilares; b) varia em diferentes regiões do tronco e nos diferentes tipos de escama; c) não apresenta variação ontogenética, exceto nas fossetas; d) não apresenta dimorfismos sexual. Nos estratos epidérmicos de P. patagoniensis observou-se ausência de ornamentação no estrato profundo da epiderme e variação microdermatográfica entre o estrato córneo e a exúvia. A micro-ornamentação do estrato córneo das escamas de espécies de Pseudoboini apresentou na porção mediana padrão equinado...

Modinhas no Brasil Imperial : ornamentação sob a influência dos castrati; Modinhas in imperial Brazil : ornamentation under the castrati's influence

Adriana Xavier de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.06%
Este trabalho considera aspectos históricos e estéticos do bel canto e seu aculturamento no Brasil como recurso interpretativo na ornamentação e improvisação em modinhas luso-brasileiras. Foram observadas as práticas musicais no Rio de Janeiro durante a presença da Família Real e as influências europeias trazidas pela corte portuguesa e seus músicos, com ênfase na presença dos castrati. A partir de fontes primárias e secundárias, tratados e documentação escrita de época e posterior, propõe-se a realização de três modinhas: Beijo a mão que me condena de Padre José Maurício Nunes Garcia (1767-1830), Quem sabe?!... de Antônio Carlos Gomes (1836-1896) e estilísticos observados em cada uma delas.; This work considers historical and aesthetic aspects of bel canto and its acculturation in Brazilian as an performance resource for ornamentation and improvisation Luso-Brazilian modinhas. Musical practices in Rio de Janeiro during the presence of the Royal Family and European influences brought by the Portuguese court and his musicians, with emphasis on the presence of the castrati were observed. From primary and secondary sources, treatises and material of the time and later, it is proposed to realize three modinhas: Padre José Maurício Nunes Garcia¿s (1767-1830) Beijo a mão que me condena...

O hino Veni Creator de Nicolas de Grigny: uma análise interpretativa da obra com especial ênfase na ornamentação

Oliveira, Margarida de Jesus Rodrigues
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.54%
A dissertação “O Hino Veni Creator de Nicolas de Grigny: Uma análise interpretativa da obra com especial ênfase na ornamentação”, aborda a problemática da ornamentação barroca francesa, tendo por base o hino Veni Creator de Nicolas de Grigny. Concentrando-se sobretudo nos principais ornamentos usados por Grigny, a autora especula acerca da melhor interpretação para os mesmos, tendo em conta os tratados deixados por predecessores e contemporâneos do compositor. No sentido de contextualizar, é apresentada, no início da tese, a evolução do estilo de música composta para órgão em França, desde o surgimento da primeira recolha em 1531 até ao século XVII, sendo também analisadas, ainda que brevemente, cada uma das peças que constituem o hino Veni Creator. Antes de entrar na questão da ornamentação, a autora detém-se, ainda, em algumas particularidades relacionadas com a interpretação da música barroca francesa para tecla; ABSTRACT:The dissertation “The Hymn Veni Creator by Nicolas de Grigny: An Interpretative Analysis of the Work with Special Emphasis on Ornamentation”, approaches the issue of French baroque ornamentation, based on the hymn Veni Creator by Nicolas de Grigny. Focusing particularly on the ornaments used by Grigny...

Ornamentação do Museu Paulista para o Primeiro Centenário: construção de identidade nacional na década de 1920; Ornamentation of Museu Paulista for the First Centennial: construction of national identity in the 1920's

Makino, Miyoko
Fonte: Universidade de São Paulo. Museu Paulista Publicador: Universidade de São Paulo. Museu Paulista
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27.66%
Nas últimas décadas, vários estudos enfocaram o Museu Paulista, as coleções, o edifício-monumento e a gestão Afonso de Escragnole Taunay, contribuindo para o desenvolvimento do conhecimento histórico e do patrimônio arquitetônico, artístico e cultural de São Paulo. A ornamentação do Museu, organizada por Taunay, para os festejos do Primeiro Centenário da Independência, em 1922, composta essencialmente de pinturas e esculturas, visando narrar o período colonial até a Independência, é o foco deste estudo. As fontes permitem entender o caminho da seleção dos temas, a execução e a disposição das obras, em vários níveis, no Saguão, Escadaria e Salão de Honra. Os anos iniciais da gestão Taunay (1917 - 1945) foram propícios para a execução da ornamentação, visto o apoio oficial e os recursos financeiros obtidos, inclusive da sociedade paulista. A conclusão da ornamentação, no entanto, demorou duas décadas, pela exigüidade de verbas, após as festividades do Centenário. A ornamentação foi dada por concluída por Taunay, com a colocação da última ânfora na Escadaria, em 1931, e a publicação do Guia da Secção Histórica do Museu Paulista, em 1937. No entanto, as últimas pinturas foram feitas e incorporadas nos anos 60.; In the last decades...

Anjos Vazios: Paixão de Cristo da Pathé - A Ornamentação como característica Estética dos Primeiros Filmes de Cristo; Empty angels: Pathé's Passion of the Christ

Vadico, Luiz
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.06%
This paper makes an analysis of the movie La Vie et la Passion de Jesus Christ, directed by Ferdinand and produced between 1902 and 1905. This movie is also known as Pathé's Passion Play and this analysis also includes some photograms of Passion by Gaumont (directed by Alice Guy in 1903) used as an element of comparison. The comparative work aims to prove that certain scenes from both movies were shot purely for ornamental reasons, instead of meaning a representation of hierofanies, as it could have been imagined at first. These images are completely hollowed from any religious meaning and detached from any narrative, thus resembling a purely aesthetic element.; Neste artigo faz-se uma análise do filme La Vie et la Passion de Jesus Christ, dirigido por Ferdinand, produzido entre os anos de 1902 e 1905, e conhecido por Paixão da Pathé, utilizando como elemento de comparação alguns fotogramas da Paixão da Gaumont, dirigida por Alice Guy em 1903. O trabalho comparativo visa demonstrar como algumas cenas de ambos os filmes são realizadas tendo em vista a finalidade de serem imagens puramente ornamentais, e que ao invés de significarem a representação de hierofanias, como poderia parecer num primeiro momento, são esvaziadas de qualquer significado religioso e descoladas da narrativa. Aparecendo...

O tratado de Andrea Pozzo e seus reflexos na talha dourada em Minas Gerais; El tratado de Andrea Pozzo y sus reflejos en los retablos en Minas Gerais; Andrea Pozzo's architecture treatise and its reflections in the Minas Gerais gilded sculptures

Pedrosa, Aziz José de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.36%
A produção da talha dourada nas Minas Gerais do século18 foi possível pela pontual presença de artífices portugueses, que, de diversas regiões do Reino, migraram para o Brasil, diante das boas oportunidades de trabalhos de Arquitetura e ornamentação, nas igrejas que se erguiam na região de Minas. Muitos desses homens, entre arquitetos, entalhadores e demais profissionais que se dedicavam às artes e aos ofícios, foram os responsáveis pelos trabalhos de confecção da talha dourada, ornamentos necessários para deixar as igrejas com a devida decência para abrigar a fé de uma população em plena gênese de formação. Observe-se que foram, esses mesmos homens, os responsáveis por trazer as novidades artísticas vigentes na Europa Barroca para o interior das igrejas de Minas e aqui aclimatá-las, de acordo com as condições locais, tão divergentes do contexto europeu. Entretanto pouco se sabe sobre os modos pelos quais circularam na Capitania de Minas os modelos de Arquitetura e ornamentação, mas a descoberta de pequena biblioteca, sob a posse do entalhador José Coelho de Noronha, abre novos caminhos para debater o assunto, e traz a conhecimento reflexões de que, em Minas Gerais, durante o século 18, circularam tratados de Arquitetura. Assim...

Homenagem ao mundo: sobre a função primeira da ornamentação

Pedroni, Fabiana
Fonte: Proex-UFES Publicador: Proex-UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Busca-se aqui traçar relações entre as mudanças sofridas pelas teorias da ornamentação e o uso por parte da produção atual de arte de elementos e conceitos pertencentes à essas teorias. O caráter formal do ornamento é aqui observado nas obras de Carolina Ponte e Portia Munson, enquanto que a atualização proposta pelo termo ornamental, criado a princípio para dirigir-se à produção medieval, aparece na obra “Ventiladores-Cataventos: Homenagem ao Ornamento Degenerado”, do COLETIVOMonográfico. Através da função de celebração do ornamental, Teoria e Arte estabelecem diálogos e novos sentidos ao mundo percebido.