Página 1 dos resultados de 326 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Avanços e desafios da gestão e da análise econômica na ovinocultura

Raineri, Camila; Barros, Carina Simionato de; Pereira, Evelyn Silva; Mendes, Renan Antonelli; Gameiro, Augusto Hauber
Fonte: 5D; Pirassununga Publicador: 5D; Pirassununga
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
37.44%
O objetivo deste capítulo é relatar alguns aspectos que configuram avanços e desafios para a ovinoculturadecorte no Brasi I,e apresentaras iniciativas que vêm sendo desenvolvidas no Laboratório de Análises Socioeconômicas e Ciência Animal (LAE) da FMVZIUSP, nesse sentido. São exploradas questões relacionadas às novas tecnologias desenvolvidas para a atividade, com ênfase nas iniciativas para a redução da assimetria de informações entre os agentes do setor. Entre essas inovações estão os indicadores econômicos para a ovinocultura paulista - de preços e de custos de produção -, que visam contribuir com subsídios para tomadas de decisões. São apresentados também um sistema de informação aplicado à gestão na ovinocultura (o software Custare), e um modelo matemático destinado à formulação de dietas otimizadas. O capítulo é finalizado com um resumo dos principais avanços e desafios identificados.; Os organizadores autorizam a reprodução total ou parcial deste trabalho, para qualquer meio convencional ou eletrônico, para fins de estudo e pesquisa, desde que citada a fonte.

Desenvolvimento de modelo de cálculo e de indicador de custos de produção para a ovinocultura paulista; Development of a cost calculation model and cost index for sheep production in São Paulo state, Brazil

Raineri, Camila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.44%
Um dos principais desafios do setor da ovinocultura no Brasil é verificar sua competitividade em termos de custos e preços, e possuir recursos e ferramentas que permitam indicar quais condições poderiam ser satisfeitas para sua viabilização. A presente pesquisa teve como finalidade desenvolver um modelo para cálculo e análise de custo da ovinocultura e, a partir dele, elaborar um índice de custo de produção (ICPC) para acompanhar sua evolução. Painéis foram realizados em regiões relevantes do estado de São Paulo para definir as características de propriedades representativas de criação de cordeiros, e estas foram tomadas como base para a construção do modelo. As mesorregiões selecionadas foram as de São José do Rio Preto, Bauru, Araçatuba, Campinas e Piracicaba. Em seguida, foi definido o modelo de cálculo de custo de produção, com base na Teoria Econômica. Foram então acompanhados os preços dos insumos e calculados mensalmente os custos de produção para as propriedades representativas, permitindo a elaboração dos índices de custo. Realizou-se então a análise das elasticidades dos preços dos insumos e dos coeficientes zootécnicos. Por fim, foi conduzida a validação do ICPC junto a produtores e técnicos. Ficou nítido que a atividade enfrenta muitos desafios...

Variação dos perfis metabólico, hematológico e lácteo em ovinos leiteiros na serra gaúcha

Brito, Marcelo Arnt
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.27%
A ovinocultura no Rio Grande do Sul (RS), tem mostrado mudanças no tipo de exploração nos últimos 20 anos. A produção de lã, que por muito tempo movimentou a economia do setor primário, cedeu lugar para a produção de cordeiros. Recentemente, a ovinocultura leiteira começa a dar seus primeiros passos dentro do sistema de produção ovina. Esta dissertação tem por objetivo apresentar a variação dos perfis metabólico, hematológico e lácteo em ovinos leiteiros na Serra Gaúcha e discutir seus resultados. O trabalho foi realizado em ovelhas da raça Lacaune, criadas em regime de confinamento no município de Bento Gonçalves (RS). As observações se estenderam pelo período de dois anos consecutivos. Para determinação do perfil bioquímico foram coletadas amostras de sangue por venipunção jugular sem anticoagulante. O mesmo procedimento foi empregado na coleta de amostras para o hemograma, utilizando-se, nesse caso, tubos contendo EDTA, como anticoagulante. As amostras foram coletadas de sete animais ao acaso nos seguintes períodos fisiológico: (a) ovelhas vazias; (b) início, (c) meio e (d) final da gestação e (e) aos 7, (f) 30, (g) 60 e (h) 140 dias de lactação. Durante os mesmos períodos da lactação foram coletadas amostras para a determinação dos componentes físico-químicos do leite. Os valores dos parâmetros físico-químicos do leite estudados discordam com os resultados citados pela literatura em outros países. A acidez em °Dornic (°D) foi maior que a relatada em outros estudos. Os valores de proteína e gordura foram inferiores aos citados na literatura. Os parâmetros com variação estatística (P<0...

Coordenação na cadeia produtiva de ovinocultura : o caso do Conselho Regulador Herval Premium

Silveira, Helena Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.71%
O presente estudo foi desenvolvido a fim de identificar iniciativas de coordenação na cadeia de ovinocultura. Após um período de desvalorização da ovinocultura, a cadeia produtiva encontra-se em um novo cenário frente as oportunidades de mercado para carne ovina e ao potencial produtivo da ovinocultura no estado do Rio Grande do Sul. Diante deste novo cenário, produtores rurais da região da Serra do Sudeste buscaram uma forma de atuação diferenciada na cadeia vislumbrando obter resultados econômicos mais satisfatórios a partir da produção, através da agregação de valor aos produtos e integração dos agentes, aumentando a competitividade da cadeia de ovinocultura. Esta proposta de atuação originou o Conselho Regulador do Cordeiro Herval Premium. Objetivo geral do estudo é analisar a forma de atuação da iniciativa de coordenação do Conselho Regulador do Cordeiro Herval Premium na cadeia de ovinocultura do Rio Grande do Sul. Para atingir este objetivo no referencial teórico foram utilizadas as teorias de cadeia produtiva, cadeia de suprimentos, canais de distribuição, coordenação e alianças estratégicas. Como método de pesquisa foi utilizado o estudo de caso do Conselho Regulador do Cordeiro Herval Premium. A análise dos dados primários coletados a partir das entrevistas com os agentes participantes e dos dados secundários referentes a atuação da iniciativa de coordenação...

O mercado de carne ovina no Rio Grande do Sul sob a ótica de diversos agentes

De Bortoli, Elísio de Camargo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.44%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar os consumidores de carne ovina, buscando elementos de maior identificação do perfil do consumidor e seu nível de informação; dos hábitos de compra e consumo do produto e as opiniões sobre parâmetros de qualidade e conformidade da carne ovina, bem como compreender o contexto do mercado atual da ovinocultura de corte. O estudo foi desenvolvido em duas etapas: 1) Entrevistas com experts da cadeia produtiva da carne ovina incluindo agentes da produção à comercialização e 2) Pesquisa de mercado com consumidores da cidade de Porto Alegre utilizando amostragem aleatória simples. O instrumento de coleta de dados foi composto por um protocolo de entrevista semi-estruturado e um questionário estruturado. Na etapa exploratória foi possível agrupar as respostas em cinco tópicos: caracterização da cadeia produtiva da ovinocultura do Rio Grande do Sul, mercado e comercialização, perfil do consumidor e percepções do produto, marketing e diferenciação e, perspectivas futuras. Os resultados da pesquisa de mercado foram subdivididos em: perfil dos entrevistados, caracterização dos hábitos alimentares, informações a respeito da carne ovina e, associação entre algumas dessas variáveis. Os dados obtidos na etapa exploratória revelaram a opinião dos experts quanto à atual situação da ovinocultura no Estado...

Evolução da produção ovina no Rio Grande do Sul e Uruguai : análise comparada do impacto da crise da lã na configuração do setor

Viana, João Garibaldi Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.44%
O setor ovino do Rio Grande do Sul e Uruguai foi afetado por períodos de progressos e crises que modificaram as estratégias e a dinâmica do agronegócio da ovinocultura. A transformação do mercado ovino, seus desequilíbrios e suas mudanças, expõem uma rica realidade empírica para uma análise a partir da Economia Evolucionária. Assim, o objetivo da tese foi comparar a trajetória de mudança histórica, econômica e institucional da produção ovina do Rio Grande do Sul e Uruguai e avaliar o impacto da crise internacional da lã na configuração do setor. A proposta metodológica da tese baseou-se no uso de dados primários e secundários para analisar e comparar um processo dinâmico, a fim de compreender o passado, caracterizar o presente e projetar o futuro do setor ovino - características centrais de um processo evolucionário. A análise da evolução histórica, produtiva e mudança estrutural na atividade ovina do Rio Grande do Sul e Uruguai tiveram um caráter descritivo e explicativo, por meio de técnicas de pesquisa bibliográfica e pelo uso de técnicas estatísticas de séries temporais, na estimação de modelos de regressão linear e regressão semilogarítmica. A caracterização da ovinocultura utilizou-se de uma pesquisa de campo...

A criação de ovinos em Bagé-RS : estudo de caso sobre as dificuldades para a manutenção da atividade

Aguilera, Carlos Mario Meneses
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.27%
Este trabalho tem como tema a criação de ovinos em Bagé-RS, uma observação das potencialidades e dificuldades para a manutenção da atividade. O objetivo do mesmo é identificar e descobrir quais são os fatores que levam os produtores a permanecerem na ovinocultura. Através de duas entrevistas com pecuaristas do município foi possível interpretar melhor as causas, o histórico e planejamento destes com a tomada de decisão e gestão da propriedade. O estudo faz uso da revisão literária de acordo com a realidade evidenciada como justificativa mais aprofundada para o desenvolvimento rural. As informações encontradas apresentam os produtores de ovinos arraigados num modo de vida, onde os mesmos com inúmeros obstáculos diagnosticados para o setor não abrem mão de sua valorização cultural, socioeconômica, com forte ligação à tradição transmitida através das gerações.; This work has as subject the creation of ovinos in Bagé-RS, a comment of the potentialities and difficulties for the maintenance of the activity. The objective of the same is to identify and to discover which they are the factors that take the producers to remain in the ovinocultura. Through two interviews with pecuaristas of the city it was possible to interpret better the causes...

Perfil sócio-econômico e diretrizes para a gestão do agronegócio da ovinocultura no Estado de São Paulo

Pilan, Guilherme José Guimarães
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 64 f. : il. color., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
27.44%
Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; O presente estudo teve como objetivo determinar o perfil sócio-econômico da ovinocultura paulista, por meio de um estudo amostral dos criatórios, visando a obtenção de informações desse importante segmento do agronegócio, e assim identificar os fatores limitantes ao seu desenvolvimento. Na fase de campo, utilizou-se como ferramenta um questionário composto por variáveis que permitiram analisar os aspectos essenciais para elaboração de um diagnóstico da criação no Estado. Foram analisadas as informações procedentes de 130 criatórios, distribuídos em 89 municípios do estado de São Paulo. Os resultados mostraram que a ovinocultura é uma atividade marginal e relativamente recente nas propriedades estudadas, desenvolvida em pequenas áreas, sob sistema semi-intensivo de criação, com terminação de cordeiro em confinamento e predomínio da produção de carne. Identificou-se os seguintes fatores limitantes na atividade: inexistência de rebanhos verdadeiramente comerciais, ou seja, estruturados de acordo com o módulo mínimo econômico para produção de carne, deficiências tecnológicas no planejamento da atividade e na assessoria técnica aos rebanhos, inadequação dos manejos nutricional e sanitário...

Assistência técnica, aperfeiçoamento e atualização em Ovinocultura na região da campanha gaúcha

Corrêa, Gladis; Moreira, Bruno; Vasconcellos, Marina; Ferreira, Monique; Dahmer, Ademir Junior; Bastos, Amanda; Santos, Amaury; Bona, Volmar; Borges, Louise
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Português
Relevância na Pesquisa
27.56%
Trabalho apresentado no 31º SEURS - Seminário de Extensão Universitária da Região Sul, realizado em Florianópolis, SC, no período de 04 a 07 de agosto de 2013 - Universidade Federal de Santa Catarina.; A produção em pequenos ruminantes vem ressurgindo nos últimos anos como fonte de produção e rendimentos para o produtor rural e considerando que a ovinocultura em pequenas e médias propriedades rurais auxilia a manutenção do homem no campo, observa-se a necessidade de apoio ao desenvolvimento destas propriedades rurais, que não apresentam condições econômicas para contratação de apoio técnico ou aperfeiçoamento de seus proprietários, ao manejo de criação. Este trabalho tem o objetivo apresentar o projeto que busca capacitar produtores, técnicos e alunos interessados na produção ovina, através da ótica de uma atividade econômica rentável e estruturada de alto valor agregado e que resulte no resgate da cidadania pela melhor rentabilidade no campo. O trabalho vem sendo desenvolvido em três etapas, sendo elas: assistência direta ao produtor, realização de cursos de capacitação aos produtores, técnicos e estudantes de graduação e ciclos de palestras e/ou seminários para os envolvidos na atividade. Foram realizados dois eventos envolvendo ciclo de palestras e debates sobre diversos temas de interesse na ovinocultura...

Ovinocultura do Rio Grande do Sul: descrição do sistema produtivo e dos principais aspectos sanitários e reprodutivos

Silva,Ana Paula S. Poeta; Santos,Diego V.; Kohek Jr,Ivo; Machado,Gustavo; Hein,Héber E.; Vidor,Ana Carla M.; Corbellini,Luis Gustavo
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.65%
A ovinocultura sempre foi uma atividade de grande importância econômica e de tradição para o Estado do Rio Grande do Sul (RS), mesmo com as crises da lã ocorridas nas décadas de 80 e 90, o rebanho ovino Gaúcho continua sendo o maior a nível nacional. Com a escassez de dados sobre essa atividade, o presente estudo possui como objetivo caracterizar a ovinocultura do RS. Para isso, foi utilizada uma amostragem planejada, caracterizada pela aleatoriedade e estratificação da amostra pelas sete Mesorregiões do Estado. Foram analisadas 705 propriedades rurais através de um questionário epidemiológico, aplicado por 25 veterinários do Departamento de Defesa Animal, da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio do Estado do Rio Grande do Sul. Conforme os resultados obtidos, a ovinocultura gaúcha é explorada extensivamente e baseada na produção conjunta de carne e lã, cuja principal finalidade é a subsistência. Assim, demonstrando que essa atividade ainda mantém padrões de sua origem, com pouca tecnificação, tanto em aspectos sanitários quanto reprodutivos, revelando, portanto, que a ovinocultura gaúcha ainda é vista como uma produção secundária pelos produtores rurais gaúchos, o que pode ser explicado pelos baixos investimentos neste setor.

Comportamento dos preços dos produtos derivados da ovinocultura no Rio Grande do Sul no período de 1973 a 2005

Viana,João Garibaldi Almeida; Souza,Renato Santos de
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
O conjunto de mudanças estruturais e conjunturais por que passou a atividade ovina nas últimas décadas refletiu-se nos preços pagos pelos seus produtos, seja na fase de declínio como de recuperação recente. Assim, com este trabalho, procura-se identificar o comportamento dos preços pagos ao produtor no Rio Grande do Sul pelos principais produtos da ovinocultura, carne de ovelha, carne de cordeiro e lã, no período de 1973 a 2005, enfatizando as características de tendência, sazonalidade e ciclos de preços. Com base em dados primários de preços coletados pela EMATER-RS, observou-se que os preços reais apresentaram tendência de queda no período de 1973 a 1994. Entretanto, a estabilização econômica do Plano Real e suas conseqüências no mercado interno fizeram com que a carne ovina se tornasse o produto principal da ovinocultura, apresentando considerável elevação de preços no período de 1995 a 2005. Observou-se também que o período pós 1995 é marcado por redução na intensidade das variações interanuais e sazonais de preços. Pode-se dizer, então, que após 1995 a ovinocultura passa por uma recuperação de preços em termos reais e por uma estabilização nos mercado, o que aumenta a rentabilidade e reduz os riscos da atividade.

A dinâmica da ovinocultura brasileira no período de 1975 a 2003.

MARTINS, E. C.; GARAGORRY, F. L.; CHAIB FILHO, H.; CABRAL, J. E. de S.; FARIAS, D. A. de; CARVALHO, R. de S.
Fonte: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3; FEIRA NACIONAL DO AGRONEGÓCIO DA CAPRINO-OVINOCULTURA DE CORTE, 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: EMEPA-PB, 2007. 4 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE CAPRINOS E OVINOS DE CORTE, 3; FEIRA NACIONAL DO AGRONEGÓCIO DA CAPRINO-OVINOCULTURA DE CORTE, 2007, João Pessoa. Anais... João Pessoa: EMEPA-PB, 2007. 4 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este estudo faz uma análise da dinâmica e da concentração de ovinos no Brasil para o período compreendido entre 1975 e 2003. A metodologia empregada compõe-se de técnicas estatísticas baseadas em dados do efetivo total do rebanho publicado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Verifica-se que houve mudança de importância relativa quanto ao efetivo do rebanho ovino no Brasil no período analisado. Apesar de ter havido um decréscimo de 18% no efetivo total neste período, todas as regiões, exceto a Sul, aumentaram o total de cabeças. O Centro Oeste apresentou a maior taxa de crescimento, seguido das Regiões Norte, Sudeste e Nordeste. No Sul houve retração. Verifica-se também que os ovinos estão presentes em 547 das 558 microrregiões classificadas pelo IBGE. Em 1975 apenas duas microrregiões concentravam 29% do rebanho ovino brasileiro. Já em 2003, seis microrregiões detinham 26% dos ovinos do Brasil. Em 1975, a microrregião de Jaguarão no Rio Grande do Sul tinha a maior densidade de ovinos do Brasil. Já em 2003, a microrregião gaúcha de Campanha Central, passou a ter a maior densidade. Observa-se também que do ano de 1975 para 2003 houve mudanças na composição das dez microrregiões com densidade mais elevada. Cinco microrregiões que estavam entre as dez com maiores densidades em 1975 não constavam na mesma lista na versão de 2003. Por outro lado...

Problemas sanitários prioritários da caprino-ovinocultura do Nordeste brasileiro.

ALVES, F. S. F.; PINHEIRO, R. R.; VIEIRA, L. da S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 29., 2002, Gramado, RS. Saúde ambiental, animal e humana: uma questão de sobrevivência: anais. Gramado: Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária, 2002. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 29., 2002, Gramado, RS. Saúde ambiental, animal e humana: uma questão de sobrevivência: anais. Gramado: Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária, 2002. 1 CD ROM.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Os problemas sanitários afetam de forma significativa a produção de pequenos ruminantes. Procurando identificar esses problemas e prioridades do segmento saúde animal da caprino-ovinocultura do Nordeste Brasileiro, foi elaborado um questionário induzido e encaminhado aos diversos setores da cadeia produtiva. No questionário constava as principais afecções e manifestações que acometem caprinos e ovinos. Na análise dos dados do questionário, pomoveu-se um ordenamento de prioridades de acordo com o peso (peso 3: doenças muito importantes; peso 2: importante e peso 1: regular) no quesito problema sanitário/doença. Este ordenamento levou em conta os impactos econômicos, de mercado regional e nacional. Foram encaminhados 175 questionários. O índice de retorno foi de 34,85% (61/175), sendo a participação por setor: Indústria (5,00%); Federação/Secretarias de Governo (13,10%); Associação de Produtores/Extensão Rural (19,70%); Produtores particulares/Cooperativas (27,90%) e Instituições de Ensino e Pesquisa (34,40%). Obteve-se a seguinte pontuação das enfermidades e manifestações por ordem de importância, da maior para a menor: Helmintoses (177,0); Linfadenite Caseosa (171,8); Artrite-Encefalite Caprina (157...

Projeções do agronegócio da caprinocultura e da ovinocultura no Brasil.

CONTINI, E.; GASQUES, J. G.
Fonte: In: SEMANA DA CAPRINOCULTURA E DA OVINOCULTURA BRASILEIRAS, 5., 2006, Campo Grande, MS. Palestras e resumos. Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte; Embrapa Caprinos, 2006. Seção palestras. 14 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: SEMANA DA CAPRINOCULTURA E DA OVINOCULTURA BRASILEIRAS, 5., 2006, Campo Grande, MS. Palestras e resumos. Campo Grande, MS: Embrapa Gado de Corte; Embrapa Caprinos, 2006. Seção palestras. 14 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
O objetivo geral do trabalho é verificar o direcionamento futuro do consumo de carnes de ovinos e caprinos, no mercado nacional e nas exportações. Dos resultados apresentados, poder-se-á propor medidas que incentivem a produção e o consumo, como novas tecnologias de produção e de gestão ou ações de marketing junto aos consumidores.; 2006

Mercado e comercialização na ovinocultura de corte no Brasil.

SOUZA, J. D. F. de; SOUZA, O. R. G. de; CAMPEÃO, P.
Fonte: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 50., 2012, Vitória. Agricultura e desenvolvimento rural com sustentabilidade. Vitória: Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia RuraL, 2012. 16 f. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 50., 2012, Vitória. Agricultura e desenvolvimento rural com sustentabilidade. Vitória: Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia RuraL, 2012. 16 f. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Resumo: O objetivo deste artigo é apresentar os dados relativos ao mercado e à comercialização da carne ovina no Brasil. Especificamente destacam-se os principais estados produtores, a questão da importação, os preços praticados, a estrutura agrária brasileira como um fator significativo para análise deste setor produtivo e o mercado internacional da ovinocultura. Para tanto são utilizados dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação e outras fontes secundárias especializadas no setor. Os países com o maior rebanho ovino no mundo são China, Índia e Austrália, respectivamente, e a produção de carne ovina está concentrada majoritariamente no continente asiático (52%). Os dados demonstram que o Brasil possui o rebanho ovino concentrado em alguns estados da região Nordeste e no Rio Grande do Sul, os preços aos produtores têm se mantido estáveis no último ano com uma leve tendência de alta, que há uma tendência para o desenvolvimento da indústria de abate e de processamento e, como consequência, uma aproximação ao mercado consumidor. No entanto, conclui-se que persistem entraves organizacionais que impedem o desenvolvimento do setor e que precisam ser superados com urgência. Abstract: The aim of this paper is to present data on the market and the commercialization of sheep meat in Brazil. Specifically we highlight the major producing states...

Organização e gestão da unidade produtiva na caprino-ovinocultura.

SIMPLÍCIO, A. A.; WANDER, A. E.
Fonte: In: CONGRESSO PERNAMBUCANO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 5.; SEMINÁRIO NORDESTINO DE CAPRINO-OVINOCULTURA, 6., 2003, Recife. Anais... Recife: Sociedade Pernambucana de Medicina Veterinária, 2003. p. 177-187. Publicador: In: CONGRESSO PERNAMBUCANO DE MEDICINA VETERINÁRIA, 5.; SEMINÁRIO NORDESTINO DE CAPRINO-OVINOCULTURA, 6., 2003, Recife. Anais... Recife: Sociedade Pernambucana de Medicina Veterinária, 2003. p. 177-187.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.27%
Para onde caminhar; Mercados e comercialização; Leite; Pele; Desafios para a exploração sustentável.; 2003

Ovinocultura de corte em Goiás: uma análise da competitividade da cadeia produtiva; Sheep cutting in Goiás: an analysis of the competitiveness of the supply chain

Souza, Kleber Rodovalho de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronegocio (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Agronegocio (EAEA); Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.65%
(Sem resumo em outra língua); Este estudo apresenta uma análise da competitividade da cadeia produtiva da ovinocultura de corte em Goiás. Como objetivos específicos, buscou-se caracterizar a cadeia produtiva da ovinocultura de corte no estado; identificar qual o modo de governança prevalecente na cadeia produtiva; caracterizar a oferta e a demanda por carne ovina e derivados no mercado brasileiro; analisar as potencialidades, fragilidades, ameaças e oportunidades na cadeia produtiva; e realizar um diagnóstico da competitividade da cadeia. A metodologia deste estudo foi estruturada quanto aos fins e quanto aos meios. Quanto aos fins a pesquisa foi exploratória e descritiva. Quanto aos meios contempla pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e pesquisa de campo. A amostra englobou 78 respondentes entre produtores e técnicos em ovinocultura espacialmente distribuídos em 4 microrregiões do estado de Goiás e 3 agroindústrias concentradas no entorno de Brasília. Os dados foram obtidos quali-quantitativamente. A pesquisa permitiurealizar um diagnóstico da competitividade da cadeia estudada, norteada pelos fatores determinantes de competitividade propostos em Coutinho e Ferraz (2002). O foco da análise foi o elo produção dentro das fazendas e agroindústrias. Outros elos foram analisados a partir de dados secundários. Como resultados...

Comportamento dos preços dos produtos derivados da ovinocultura no Rio Grande do Sul no período de 1973 a 2005

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
O conjunto de mudanças estruturais e conjunturais por que passou a atividade ovina nas últimas décadas refletiu-se nos preços pagos pelos seus produtos, seja na fase de declínio como de recuperação recente. Assim, com este trabalho, procura-se identificar o comportamento dos preços pagos ao produtor no Rio Grande do Sul pelos principais produtos da ovinocultura, carne de ovelha, carne de cordeiro e lã, no período de 1973 a 2005, enfatizando as características de tendência, sazonalidade e ciclos de preços. Com base em dados primários de preços coletados pela EMATER-RS, observou-se que os preços reais apresentaram tendência de queda no período de 1973 a 1994. Entretanto, a estabilização econômica do Plano Real e suas conseqüências no mercado interno fizeram com que a carne ovina se tornasse o produto principal da ovinocultura, apresentando considerável elevação de preços no período de 1995 a 2005. Observou-se também que o período pós 1995 é marcado por redução na intensidade das variações interanuais e sazonais de preços. Pode-se dizer, então, que após 1995 a ovinocultura passa por uma recuperação de preços em termos reais e por uma estabilização nos mercado, o que aumenta a rentabilidade e reduz os riscos da atividade.

MÉTODOS DE CUSTEIO POR ABSORÇÃO E VARIÁVEL NA OVINOCULTURA DE CORTE: ESTUDO DE CASO EM UMA CABANHA

Fonte: Organizações Rurais & Agroindustriais Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
A evidência da importância da contabilidade rural na apuração dos custos das atividades agroindustriais é ressaltada neste estudo que tem, como objetivo geral, identificar e mensurar os custos de produção da ovinocultura de corte, por meio dos métodos de custeio por absorção e variável, visando a demonstrar os valores dos estoques e os resultados econômicos de uma cabanha de ovinos de corte, em Itapiranga (SC). Além da pesquisa bibliográfica realizada, desenvolveu-se um estudo de caso realizado na Estância Seu Chico, em Itapiranga (SC), em que foram destacadas as atividades físico-operacionais que influenciam os custos da atividade da ovinocultura de corte. Constatou-se que, independentemente de o resultado econômico ser o mesmo no ano pelos dois métodos -absorção e variável - a segregação mensal dos custos em variáveis e fixos, proposta pelo método do custeio variável, economicamente, é mais interessante para que os gestores da ovinocultura de corte tomem suas decisões de curto prazo.

Boas práticas agropecuárias para a ovinocultura de Mato Grosso do Sul

Vargas Júnior, Fernando Miranda; Menegati, Silmara Gonçalves; Reis, Fernando Alvarenga; Martins, Charles Ferreira; Jacinto, Manuel Antônio Chagas
Fonte: Universidade Federal da Grande Dourados Publicador: Universidade Federal da Grande Dourados
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.56%
Propõe-se um protocolo de Boas Práticas Agropecuárias (BPA) para a ovinocultura, em consonância com a realidade Sul-Mato-Grossense. São estabelecidas orientações de gerenciamento, manejos nutricional, sanitário e reprodutivo, cujos aspectos básicos devem refletir em aumento de produtividade, preservação ambiental e na relação social entre colaboradores e agentes da cadeia produtiva, visando agregar valor mercadológico aos produtos da ovinocultura. São apontadas condutas práticas que visam orientar a qualidade dentro do processo produtivo em uma propriedade rural de exploração da ovinocultura comercial. Os aspectos da produção de ovinos são pormenorizados em múltiplos tópicos. Complementações e itens não mandatórios que determinam padronização de conduta e consolidação do sistema de produção também foram indicados. Assim, o produtor rural terá oportunidades de diversificação de seu empreendimento agropecuário de forma sustentável. ________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT - The purpose of the present work is to develop a good livestock practice for sheep production systems according to the Mato Grosso do Sul State reality. For such purpose...