Página 1 dos resultados de 859 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Parasitoid diversity (Hymenoptera: Braconidae and Figitidae) on frugivorous larvae (Diptera: Tephritidae and Lonchaeidae) at Adolpho Ducke Forest Reserve, Central Amazon Region, Manaus, Brazil; Diversidade de Parasitóides (Hymenoptera: Braconidae e Figitidae) de larvas frugívoras (Diptera: Tephritidae e Lonchaeidae) na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Amazônia Ocidental, Manaus, Brasil

COSTA, SGM.; QUERINO, RB.; RONCHI-TELES, B.; PENTEADO-DIAS, AMM.; ZUCCHI, RA.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.21%
This study aimed to identify parasitoid species of frugivorous larvae and to describe the tritrophic interactions involving wild fruits, frugivorous insects and their natural enemies at Adolpho Ducke Forest Reserve (RFAD) (Manaus, AM, Brazil). Collections were performed in four 1 km² quadrants in the corners of the RFAD. The wild fruits were collected inside the forest in access trails leading to each collection area and in trails that surrounded the quadrants, up to five metres from the trail on each side. The fruits were placed in plastic containers covered with thin fabric, with a vermiculite layer on the base to allow the emergence of flies or parasitoids. Seven Braconidae species were collected, distributed among Opiinae: Doryctobracon areolatus (Szépligeti, 1911), Utetes anastrephae (Viereck, 1913), and Opius sp., and Alysiinae: Asobara anastrephae (Muesebeck, 1958), Phaenocarpa pericarpa Wharton and Carrejo, 1999, Idiasta delicata Papp, 1969, and Asobara sp. Parasitism rates by braconids and figitids are presented. Doryctobracon areolatus was the most frequent, parasitizing the highest number of fly species, and showing the highest parasitism percentage in larvae feeding on Micropholis williamii fruits. The collected figitids belong to Aganaspis nordlanderi Wharton...

Interações planta-herbívoro-parasitóides de ovos mediadas por voláteis de milho (Zea mays L.) e odores da Spodoptera frugiperda (J.E. Smith); Interactions plant-herbivore-egg parasitoids mediated by maize volatiles (Zea mays L.) and odors from Spodoptera frugiperda (J.E. Smith)

Peñaflor, Maria Fernanda Gomes Villalba
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.5%
O ataque de insetos herbívoros induz a emissão de voláteis pelas plantas que constituem sinais químicos importantes para os inimigos naturais em busca do hospedeiro/presa. Essas interações tritróficas mediadas pelos voláteis das plantas têm sido bem estudadas em sistemas que envolvem parasitóides larvais. Por outro lado, pouco se sabe a respeito do papel desses odores na localização hospedeira dos parasitóides de ovos. Dessa maneira, o presente estudo teve como objetivos: (i) avaliar o parasitismo, a preferência e o arrestamento de ovos de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) (Lepidoptera: Noctuidae) de diferentes idades para o parasitóide Telenomus remus Nixon (Hymenoptera: Scelionidae); (ii) verificar se ocorre a indução de voláteis induzidos pela oviposição de S. frugiperda na planta de milho atraentes ao parasitóide T. remus; (iii) avaliar o papel dos voláteis induzidos pela herbivoria de S. frugiperda no comportamento do parasitóide especialista T. remus e generalista Trichogramma pretiosum Riley (Hymenoptera: Trichogrammatidae); e (iv) verificar se a oviposição de S. frugiperda altera as defesas diretas e indiretas induzidas pela herbivoria no milho. Os resultados desse trabalho mostraram que T. remus teve preferência em parasitar ovos de 1 e 2 dias de idade em relação aos 3 dias. Entretanto...

Níveis populacionais de Leucoptera coffeella (Lepidoptera:Lyonetiidae) e Hypothenemus hampei (Coleoptera: Scolytidae) e a ocorrência de seus parasitoides em sistemas de produção de café orgânico e convencional; Population levels of Leucoptera coffeella (Lepidoptera: Lyonetiidae) and Hypothenemus hampei (Coleoptera: Scolytidae) and the occurrence of their parasitoids in production systems of conventional and organic coffee

Pierre, Leonardo Santa Rosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.45%
A produção de café é uma das atividades de maior tradição agrícola no território brasileiro. As principais pragas que ocorrem no cafeeiro são broca-do-café, Hypothenemus hampei e bicho-mineiro-do-cafeeiro, Leucoptera coffeella e os parasitoides possuem importante papel na regulação dessas pragas. O objetivo deste trabalho foi comparar em sistemas de produção convencional e orgânico de café, os níveis populacionais de H. hampei e L. coffeella e a ocorrência de seus parasitoides. Os experimentos foram realizados em área de café orgânico e convencional no município de Dois Córregos/SP e as amostragens foram realizadas mensalmente de fevereiro de 2009 a junho de 2010. Foram amostradas folhas para os níveis de infestação e de predação de minas por vespas; foram coletadas folhas com minas intactas para a observação da emergência de parasitoides. Foram coletados mensalmente 2 L de frutos de café para a obtenção da infestação da broca; também, foi avaliada a ocorrência do fungo Beauveria bassiana e foram coletados mensalmente frutos de café brocados para a obtenção de parasitoides da broca. Os manejos orgânico e convencional não diferiram estatisticamente em relação às médias das porcentagens de infestação de L. coffeella. Houve diferença em relação às médias das porcentagens de predação das minas por vespas...

Bioecologia e competição de duas espécies de parasitoides neotropicais (Hymenoptera: Braconidae e Eulophidae) de Liriomyza sativae Blanchard, 1938 (Diptera: Agromyzidae); Bioecology and competition of two neotropical parasitoid species (Hymenoptera: Braconidae and Eulophidae) of Liriomyza sativae Blanchard, 1938 (Diptera: Agromyzidae)

Costa-Lima, Tiago Cardoso da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.45%
A presente pesquisa teve por objetivo estudar a biologia de duas espécies de parasitoides associadas a Liriomyza sativae Blanchard, 1938 no Rio Grande do Norte. As duas espécies estudadas foram o parasitoide cenobionte larva-pupa, Opius (Gastrosema) scabriventris (Hymenoptera: Braconidae) e o parasitoide idiobionte larval, Chrysocharis vonones (Hymenoptera: Eulophidae). Foram avaliados para os dois parasitoides: influência da temperatura no desenvolvimento ovo-adulto e suas respectivas exigências térmicas; ínstar preferencial para parasitismo e predação; capacidade de parasitismo e predação e longevidade a 25 e 30ºC e a competição dos inimigos naturais. Paralelamente, desenvolveu-se uma técnica de criação da moscaminadora, L. sativae, para servir de base à produção de parasitoides desta praga. Os limiares térmicos inferiores de desenvolvimento para o período ovo-adulto de O. scabriventris e C. vonones foram similares, 7,3 e 7,4°C, respectivamente. Estimaram-se 29,4 gerações anuais de O. scabriventris e 30,5 de C. vonones em Mossoró-RN, região produtora de melão no RN, ou seja, 4,9 e 6,0 gerações a mais do que o hospedeiro, L. sativae, respectivamente. O parasitismo total a 25ºC e 30ºC de O. scabriventris e C. vonones foram similares. No entanto...

Abundância de larvas e pupas de Plutella xylostella (Linnaeus, 1758) (Lepidoptera: Plutellidae) em Brassica oleracea l.var. Acephala d.c., mortalidade causada por parasitóides e biologia de Tetrastichus sokolowskii Kurdjmov, 1912 (Hymenoptera: Eulophidae)

Ferronatto, Edna Maria de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Com o objetivo de estimar-se a densidade de Plutella xylostella (Linnaeus, 1758) numa cultura de Brassica oleracea L. var. acephala D C., cultivar "tronchuda portuguesa", foram realizadas amostras a intervalos regulares durante a estação 1980/81, na Estação Experimental Fitotécnica de Viamão, Distrito de Águas Claras, Município de Viamão, R.S. A área experimental consistiu de 500 plantas de couve; a unidade de amostra foi a folha. Na estação de 1980/81, em paralelo, estimou-se a mortalidade ocasionada por parasitóides aos estágios de larva e pupa. Acompanharam-se durante todo o período de ocorrência em campo as variações nas taxas de parasitismo em relação ao nível da população da praga. As três espécies predominantes de parasitóides foram Tetrastichus sokolowskii Kurdjmov, 1912. Apanteles piccotrichosus Blanchard, 1943 e Spilochalcis sp. aff. a fulvovariegata (Cameron, 1884). Em 1981/82, o parasitismo foi estimado independentemente da densidade do hospedeiro. Para as amostras, consideraram-se apenas os dois últimos estádios larvais. Nas condições em que foram realizados os experimentos, a ocorrência de P. xylostella e de seu complexo de parasitóides restringiu-se a um curto período do ano. Fora deste...

Mortalidade dos parasitóides Spilochalcis morleyi (Hymenoptera, Chalcididae) e Xanthozona melanopyga (Diptera, Tachinidae) em pupas femininas e masculinas de Brassolis sophorae (Lepidoptera, Nymphalidae)

RUSZCZYK, A.; RIBEIRO, J. C.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 633-637
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Comparou-se o número médio de adultos emergidos, número de imaturos mortos e a freqüência com que ocorre a morte de toda a prole nos parasitóides Spilochalcis morleyi (Hymenoptera, Chalcididae) e Xanthozona melanopyga no hospedeiro, Brassolis sophorae (Lepidoptera, Nymphalidae). O número de parasitóides (Spilochalcis) que completaram seu desenvolvimento e emergiram foi significativamente maior em pupas femininas do hospedeiro. O número médio de imaturos de Spilochalcis mortos por pupa não diferiu entre os sexos do hospedeiro. Entretanto, nas pupas femininas de B. sophorae ocorreu uma freqüência significativamente maior de morte de toda a prole em ambas as espécies de parasitóides.; The mean number of adults emerged, number of death immatures, and the frequency of death of entire brood of the parasitoids Spilochalcis morleyi (Hymenoptera, Chalcididae) and Xanthozona melanopyga (Diptera, Tachinidae) in male and female pupa of the host, Brassolis sophorae (Lepidoptera, Nymphalidae) were compared. The number of emerged adults (Spilochalcis) was significantly higher in female pupa of the host. The number of death immatures per pupa was similar between the sexes of B. sophorae. However, a significantly higher frequency of death of the entire brood of both parasitoids was observed in female pupa of the host.

Parasitóides, bruquídeos e plantas hospedeiras: riqueza de espécies e dinâmica espacial em escala local

Rodrigues, Ligia Maria da Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 97 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.53%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Botânica) - IBB; O presente estudo foi dividido em duas partes. A primeira parte (capítulo 1) teve como objetivo avaliar se as características nutricionais dos frutos de Mimosa bimucronata influenciam a formação dos padrões de distribuição espacial de Acanthoscelides schrankie e seus parasitóides, os quais por sua vez podem determinar os padrões de dependência de densidade espacial na interação hospedeiro-parasitóide. Ramos em frutificação foram marcados e coletas quinzenais de frutos foram feitas em 2006 e 2007. Após a emergência dos insetos, análises nutricionais dos frutos de cada ano foram feitas (teor de água, nitrogênio e fenóis). Tanto A. schrankiae como seus parasitóides apresentaram estrutura espacial bem definida apenas durante o ano de 2007. Foram observados padrões independentes, inversamente dependentes e diretamente dependentes da densidade espacial, dependendo do momento de observação. Associações espaço-temporal significativas com e sem atraso de tempo entre bruquídeos e parasitóides, e entre bruquídeos e a porcentagem de parasitismo foram observadas. Associações espaciais mais intensas foram observadas sem atraso de tempo. Portanto...

Efeito da quantidade do recurso na determinação do tamanho corporal, da biomassa, da abundância e da diversidade de bruquídeos e seus parasitóides

Santos, Michele Ramos dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
37.53%
In the present study it was investigated, in plant and population scale, the relationship between the amount of resource and body size, species diversity and abundance and biomass of bruchids and their parasitoids. Possible effects of resource quality (soil quality and concentration of tannins in seeds) in response to the variables mentioned above were also analyzed. Mimosa bimucronata fruits were collected in two areas during the occurrence of bruchids during the years 2009 and 2010. Only the species of bruchid Acanthoscelides schrankiae was found infesting the fruits of M. bimucronata. The parasitoids belong to families Braconidae, Encyrtidae, Eulophidae, Eupelmidae, Eurytomidae and Pteromalidae. Most local-level analysis showed no significant results for both years of collection and study areas. There was only significant result for the relationship between the biomass of parasitoids and the concentration of tannins considering the year 2009 (negative trend). The soil from Lageado showed higher percentages of silt and clay. With respect to chemical analysis, pH, cation exchange capacity, and concentrations of organic matter, potassium, calcium and magnesium were all significantly higher in soil from Lageado. Therefore, it was found that the plants from Lageado are growing in more fertile soils. However...

Interação tritrófica entre Pachymerus cardo (Fahraeus), Pachymerus nucleorum (Fabricius) (Coleoptera, Chrysomelidae, Bruchinae) e seus parasitoides em populações de Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman (Arecaceae); Interaction tritrophic Pachymerus cardo (Fahraeus), Pachymerus nucleorum (Fabricius) (Coleoptera, Chrysomelidae, Bruchinae) and their parasitoids in population Syagrus romanzoffiana (Cham.) Glassman (Arecaceae)

Danielle de Paula Maia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.39%
A dinâmica populacional de plantas é fortemente influenciada pela dispersão das sementes. A predação desses propágulos ocasiona significativa redução de sementes viáveis, podendo diminuir a população dessa planta. Besouros da subfamília Bruchinae (Chrysomelidae), antigamente conhecidos como bruquídeos, são um grupo de insetos predadores de sementes que atacam principalmente frutos de palmeiras (Família Arecaceae), podendo por sua vez, suas larvas serem atacadas por vespas parasitoides. Neste trabalho aprofundaram-se os estudos das interações tri-tróficas entre a palmeira Syagrus romanzzofiana, besouros da subfamília Bruchinae (Pachymerinae), como herbívoros predadores de suas sementes, e uma espécie de parasitoide Heterospilus prosopodis (Hymenoptera: Braconidae), como terceiro nível trófico. A área de estudo foi a Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo. Durante vinte e quatro meses foram acompanhadas quarenta palmeiras mensalmente, sendo registradas observações pontuais sobre a fenologia. No mesmo período, frutos maduros recém-caídos do cacho eram coletados para posteriormente serem acondicionados em gaiolas, que eram dispostas ao nível do solo, para mensurar o ataque dos besouros e seus parasitoides. A produção de flores...

Estudo da fauna de parasitoides (Insecta: Hymenoptera) associada a agroecossistema de manejo orgânico em Jaguariúna, SP; Studies on parasitoid entomofauna (Insecta: Hymenoptera) associated to organic agroecosystem at Jaguariúna, SP

Camila Pozzo Maioralli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.53%
Embora os agroecossistemas resultem da ação humana sobre os ecossistemas naturais, sua estrutura e funcionamento se matem a partir de princípios e processos ecológicos. Dadas as externalidades negativas causadas pela agricultura convencional, alguns setores acadêmicos e movimentos em prol da agricultura de base ecológica buscam por um novo paradigma de agricultura, pautado na sustentabilidade. Dentre as práticas utilizadas pela agricultura de base ecológica para o controle de pragas está o controle biológico, incluindo o uso dos himenópteros parasitoides. Estes são responsáveis por grande parte da regulação populacional de insetos fitófagos. O objetivo deste trabalho foi estudar a fauna de himenópteros parasitoides associada a um agroecossistema de manejo orgânico, e comparar três áreas com estruturas distintas ¿ bananal, horta e mata ¿ em relação à diversidade de famílias de himenópteros parasitoides presentes em cada área. Foram realizadas coletas mensais de janeiro a março de 2013, com o uso de armadilhas Malaise. Foram coletados 1990 indivíduos, distribuídos em 8 superfamílias e 25 famílias. As famílias mais abundantes foram Braconidae, Ichneumonidae e Figitidae. O maior número de indivíduos e a maior riqueza de famílias foram obtidos na área da horta. O maior número de famílias raras foi obtido na área de mata. As três áreas apresentaram valores muito próximos para os índices de diversidade...

Estudo das interações tritróficas no sistema Trichogoniopsis adenantha (Asteraceae), seus herbívoros endófagos e parasitoides associados; Study of tritrophic interactions in Trichogoniopsis adenantha (Asteraceae) system, their endophagous herbivores and parasitoids associated

Gabriela Cristina Gomes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.59%
Em comunidades, as relações tróficas entre os organismos raramente são lineares, sendo comum uma extensiva rede de interações. Em sistemas envolvendo três níveis tróficos, tais como plantas, herbívoros e predadores/parasitoides, pode ser desencadeada uma cascata trófica de cima para baixo, com efeitos positivos indiretos do terceiro nível trófico na população dos produtores, ou uma cascata de baixo para cima através dos produtores, influenciando os níveis tróficos superiores. Os capítulos de Compostas (plantas da Família Asteraceae), constituem "ecossistemas em miniatura", com diversas interações tritróficas, i.e. proteção a herbívoros endófagos, sujeitos à predação e parasitismo especializado. Por serem componentes importantes em sistemas tróficos complexos do qual pouco se conhece, fez-se necessário a investigação das interações tritróficas entre Trichogoniopsis adenantha, herbívoros endófagos de capítulos e parasitoides associados. Este estudo foi desenvolvido na Serra do Japi, Jundiaí-SP, onde foi feita a coleta mensal de dados da fenologia de T. adenantha, coleta de capítulos para contagem e classificação de herbívoros endófagos e parasitoides, análise das taxas de ataque, análise da dinâmica populacional de cada componente do sistema...

Estrutura da comunidade de moscas-das-frutas (Diptera: Lonchaeidae e Tephritidae) e seus parasitoides (Hymenoptera) relacionados a espécies de plantas em uma policultura orgânica no município de Paraibuna - SP; Community structure of the fruit-fly (Diptera: Tephritidae and Lonchaeidae) and their parasitoids (Hymenoptera) related to plants species in organic polyculture in the municipality of Paraibuna - SP

Kelsen Ferreira Freitas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.53%
As espécies de plantas disponíveis em uma comunidade, sua estrutura e abundância são elementos cruciais que influenciam nas dinâmicas e interações de populações de insetos herbívoros, uma vez que definem a base de recursos e refletem na interação com outras populações de insetos herbívoros, como predadores e parasitoides. Estudos relacionados às moscas-das-frutas concentram-se em levantamentos de espécies, em especial aquelas consideradas pragas, e abordam principalmente os padrões populacionais. A densidade populacional de tefritídeos e lonqueídeos está intimamente ligada à abundância de plantas hospedeiras e de seus inimigos naturais. Os parasitoides das moscas-das-frutas são micro-himenópteros (Hymenoptera) que atacam e se alimentam das larvas dentro dos frutos. O reconhecimento de padrões de interação das moscas-das-frutas com plantas hospedeiras, em especial nas espécies nativas, e as relações com seus inimigos naturais são importantes para a compreensão da utilização dos recursos disponíveis em uma comunidade e pelo reconhecimento de diferenças na dieta entre as espécies ou populações de uma mesma espécie. O objetivo deste trabalho foi estudar a estrutura da comunidade de moscas-das-frutas e seus parasitoides em diferentes espécies de plantas em uma policultura orgânica entre fragmentos de Mata Atlântica localizada no município de Paraibuna. A utilização de plantas hospedeiras difere entre as espécies de moscas-das-frutas. Apesar de a policultura causar alterações da fisionomia vegetal...

Diversidade de himenópteros parasitoides em agroecossistemas

Souza, Antônio Emanuel Ramalho de Albuquerque
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Zoologia, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2015.; O aumento da diversificação vegetal em propriedades agrícolas tende a contribuir para a manutenção de inimigos naturais de pragas nas áreas de cultivo em decorrência da maior disponibilidade de recursos alimentares e áreas de refúgio para estes indivíduos. O objetivo deste trabalho foi identificar e avaliar a composição da assembleia de himenópteros parasitoides, com ênfase na família Braconidae, em áreas com diferentes usos (talhões) em quatro propriedades de cultivo orgânico que variavam quanto à diversidade de plantas cultivadas. As coletas foram realizadas quinzenalmente entre Março de 2012 e Fevereiro de 2013, utilizando armadilhas do tipo Malaise, sendo uma por talhão. Cada propriedade apresentava quatro talhões, exceto a propriedade III que possuía cinco talhões. O entorno das propriedades foi caracterizado dentro de um buffer de 2 km de raio, com a finalidade de associar os diferentes tipos de paisagens com a abundância e a composição de espécies de cada propriedade. Os himenópteros parasitoides foram identificados até o nível de família...

Mortalidade dos parasitóides Spilochalcis morleyi (Hymenoptera, Chalcididae) e Xanthozona melanopyga (Diptera, Tachinidae) em pupas femininas e masculinas de Brassolis sophorae (Lepidoptera, Nymphalidae)

RUSZCZYK,A.; RIBEIRO,J. C.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/1998 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Comparou-se o número médio de adultos emergidos, número de imaturos mortos e a freqüência com que ocorre a morte de toda a prole nos parasitóides Spilochalcis morleyi (Hymenoptera, Chalcididae) e Xanthozona melanopyga no hospedeiro, Brassolis sophorae (Lepidoptera, Nymphalidae). O número de parasitóides (Spilochalcis) que completaram seu desenvolvimento e emergiram foi significativamente maior em pupas femininas do hospedeiro. O número médio de imaturos de Spilochalcis mortos por pupa não diferiu entre os sexos do hospedeiro. Entretanto, nas pupas femininas de B. sophorae ocorreu uma freqüência significativamente maior de morte de toda a prole em ambas as espécies de parasitóides.

Himenópteros parasitóides associados a pupas de Methona themisto (Lepidoptera, Nymphalidae) em Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

Nardi,Cristiane; Guerra,Tânia M.; Orth,Afonso I.; Tavares,Marcelo T.
Fonte: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul Publicador: Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.39%
Os objetivos deste estudo foram conhecer a guilda de parasitóides associados a pupas de Methona themisto (Hübner, 1818), avaliando a abundância relativa de cada espécie de parasitóide e o efeito do parasitoidismo na mortalidade do hospedeiro. Foram coletadas 160 pupas de M. themisto, 80 em outubro de 2001 e 80 em outubro de 2002. Essas foram mantidas em temperatura de 25 ± 2,0ºC e fotofase de 14 horas, sendo diariamente observadas, até a emergência de parasitóides ou borboletas. Os seguintes parasitóides foram obtidos das pupas de M. themisto: Brachymeria annulata (Fabricius, 1793), B. mnestor (Walker, 1841) (Chalcididae), Neotheronia sp. (Ichneumonidae), Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle, 1996 e Tetrastichus sp. (Eulophidae). Somente os gêneros Brachymeria e Neotheronia ocorreram nos dois anos de estudo, sendo que o primeiro foi mais abundante em 2001 e o último, em 2002. As outras espécies de parasitóides ocorreram somente no segundo ano de estudo. Este é o primeiro relato da associação de B. annulata, B. mnestor, Neotheronia sp. e P. elaeisis com M. themisto.

Efeitos da queima do canavial sobre parasitóides de larvas e de ovos de Diatraea saccharalis (Fabr.) (Lepidoptera: Crambidae)

Macedo,Newton; Araújo,José R.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Para avaliar os efeitos da queima do canavial na pré e pós-colheita sobre os parasitóides de larvas e de ovos de Diatraea saccharalis (Fabr.), um canavial de 2º corte, com área de 15 ha, foi submetido, por dois anos consecutivos (92/93 e 93/94), a dois sistemas de colheita: metade da área foi queimada (CQ), enquanto que a outra metade não foi queimada antes da colheita mecanizada(CC). Na área CQ, as sobras de palhiço, após a colheita, também foram queimadas. Depois da colheita 92/93, durante dois anos, a cada três meses, foram feitas coletas de larvas de D. saccharalis de ambas as áreas, mantidas em laboratório por 15 dias e as taxas de parasitismo foram calculadas para ambas as áreas. As avaliações de parasitismo em ovos de D. saccharalis foram feitas mensalmente, colocando-se 15 casais/ sub-área, um casal/planta, aprisionados em gaiolas para obtenção de posturas. As massas de ovos permaneceram sobre a folha por uma semana. Os parasitismos médios em larvas de D. saccharalis, nos dois anos de observações, foram de 40 e 19,7 %, para CC e CQ, enquanto que os parasitismos em ovos foram de 20,5 e 13,4 % para CC e CQ, respectivamente. Concluiu-se que a queima do palhiço na pré e pós-colheita afetou negativamente as populações dos parasitóides larvais de D. saccharalis...

Fauna de vespas parasitoides (Insecta, Hymenoptera) coletadas em um fragmento de Cerrado, Jataí, Goiás, Brasil

Moraes,A.B; Perre,P; Sobczak,J.F
Fonte: Instituto Biológico Publicador: Instituto Biológico
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.45%
Este é um estudo pioneiro envolvendo a fauna de parasitoides da região Sudoeste do Estado de Goiás, além de ser um dos poucos realizados em um fragmento de Cerrado. Em um período de 20 dias, foi realizado o levantamento dos himenópteros parasitoides utilizando três métodos de captura: Malaise, Möricke e varredura na vegetação. Foram encontrados parasitoides de sete superfamílias distribuídos em 27 famílias, sendo as mais abundantes Ichneumonidae e Ceraphronidae. Nenhum método de captura coletou todas as famílias encontradas, comprovando que o uso conjunto dos três métodos é o ideal para um estudo de levantamento da fauna de himenópteros parasitoides de uma região ou fragmento. As vespas parasitoides atuam como agentes de controle biológico e polinizadores, assim, ainda que pequeno (apenas 16 ha), o fragmento amostrado desempenha importantes funções ambientais, demonstrando a relevância de manter fragmentos de matas nativas próximos às plantações.

Phylogéographie comparée d’un système multitrophique : les parasitoïdes du genre Horismenus spp. ont-ils échappé au processus de domestication du haricot au Mexique?

Laurin-Lemay, Simon
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
37.53%
Cette étude vise à comparer l’histoire évolutive des parasitoïdes du genre Horismenus (Hymenoptera: Eulophidae) à celle de leurs hôtes bruches (Coleoptera: Bruchidae) et plante hôte (Phaseolus vulgaris L.) cultivée dans le contexte d’agriculture traditionnelle, au sein de son centre de domestication Mésoaméricain. Nous avons analysé la structure génétique de 23 populations de quatre espèces de parasitoïdes au Mexique, en utilisant un fragment du gène mitochondrial COI afin de les comparer aux structures précédemment publiées des hôtes bruches et du haricot commun. Nous avons prédit que les structures génétiques des populations d’hôtes (bruches et plante) et de parasitoïdes seraient similaires puisque également influencées par la migration entremise par l’humain (HMM) étant donnée que les parasitoïdes se développent telles que les bruches à l’intérieur des haricots. Compte tenu des stratégies de manipulation reproductive utilisées par l’alpha-protéobactérie endosymbionte Wolbachia spp. pour assurer sa transmission, la structure génétique des populations de parasitoïdes inférée à partir du génome mitochondrial devrait être altérée conséquemment à la transmission conjointe des mitochondries et des bactéries lors de la propagation de l’infection dans les populations de parasitoïdes. Les populations du parasitoïde H. missouriensis sont infectées par Wolbachia spp. Tel que prédit...

Dinâmica populacional e parasitismo de Himenópteros parasitóides de Chrysomya megacephala (Fabricius) (Diptera, Calliphoridae), no Rio de Janeiro, RJ

Carvalho,Alessandra Ribeiro de; Mello,Rubens Pinto de; d'Almeida,José Mário
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.39%
Este estudo foi realizado no período de agosto de 1999 a julho de 2000 com o objetivo de conhecer os parasitóides de Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794) (Diptera, Calliphoridae) e avaliar sua dinâmica populacional no Instituto Oswaldo Cruz (IOC/ FIOCRUZ) e Jardim Zoológico, na cidade do Rio de Janeiro, RJ. As coletas foram realizadas semanalmente através da exposição de larvas de terceiro instar da mosca e seu substrato de criação, carne bovina moída em putrefação. Foram identificadas três espécies de himenópteros parasitóides: Tachinaephagus zealandicus Ashmead, 1904 (Encyrtidae), Pachycrepoideus vindemiae (Rondani, 1875) (Pteromalidae) and Nasonia vitripennis (Walker, 1836) (Pteromalidae). Nos dois locais, T. zealandicus foi a espécie com maior taxa de parasitismo de C. megacephala, seguida por P. vindemiae e N. vitripennis. A população de parasitóides diminuiu drasticamente no verão (temperatura média = 28°C; precipitação = 6,5 mm).O pico populacional desses insetos foi verificado no final do outono e durante todo o inverno. No Jardim Zoológico, o lixo acumulado no local de coleta exerceu forte influência na dinâmica populacional dos himenópteros parasitóides identificados nesse estudo e o pico populacional de parasitismo foi verificado em junho e julho de 2000.

Abundancia y riqueza específica de pulgones (Hemiptera: Aphididae) y sus parasitoides en diferentes genotipos y estados fenologicos del garbanzo

Mazzuferi,V. E.; Maidana,A.; Fichetti,P.; Hansen,L. G.; Avalos,D. S.
Fonte: Agriscientia Publicador: Agriscientia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Los áfidos son insectos perjudiciales tanto por la succión de savia como por la transmisión de enfermedades. Los objetivos de este trabajo fueron conocer las especies de áfidos y sus parasitoides presentes en diferentes genotipos de garbanzo, calcular la incidencia del parasitismo e informar sobre las fluctuaciones poblacionales de pulgones y parasitoides en relación a los estados fenológicos del cultivo. El estudio se realizó durante 2006 y 2007 en San Marcos Sierras (Córdoba). Se evaluaron siete líneas y dos cultivares sembrados en un diseño en bloques completamente aleatorizados con tres repeticiones. Cada 15 días se colectaron manualmente áfidos y "momias" presentes en 10 plantas seleccionadas al azar, de cada genotipo y bloque. Se determinaron 13 especies de áfidos. En 2006 se observó mayor abundancia y riqueza de especies que en 2007. Las especies numéricamente dominantes fueron: Acyrthosiphon pisum y A. kondoi. Solamente cinco especies colonizaron el cultivo. El cultivar Chañaritos presentó la mayor abundancia de insectos en los dos años agrícolas, y los genotipos M60 y M75 mostraron la mayor riqueza de especies. En ambos años, los pulgones estuvieron presentes durante la etapa reproductiva del cultivo. Se registraron tres especies de parasitoides y se estimó un 35% de parasitismo total.