Página 1 dos resultados de 895 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Planos diretores de Goiânia, década de 60: a inserção dos arquitetos Luís Saia e Jorge Wilheim no campo do planejamento urbano; Urban master plans of Goiânia, sixties decade: Luís Saia, Jorge Wilheim and the architects insertion in the camp of the town planning

Mota, Juliana Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
66.17%
Este trabalho tem como objeto de estudo os planos diretores para Goiânia, elaborados na década de 60 pelo arquiteto Luís Saia, e pelo arquiteto Jorge Wilheim consorciado à empresa de engenharia Serete. Analisamos, além do conteúdo de cada plano, a trajetória profissional dos seus autores, a sua contratação e o processo de trabalho que desenvolveram. Para situar estes planos no contexto urbanístico local (Goiânia) e nacional, mostramos como a cidade-nova-planejada construída na década de 30 chegou à década de 60 e qual era o debate urbanístico no Brasil nos anos 50 e 60, destacando a inserção dos arquitetos. Na década de 60 a criação do SERFHAU dá continuidade ao processo de institucionalização do planejamento urbano no Brasil e traz uma mudança muito importante na inserção dos arquitetos neste campo: enquanto na década de 50 estes profissionais começavam a elaborar planos diretores como autônomos, com o SERFHAU os arquitetos passam a compor equipes multidisciplinares de planejamento associadas a empresas de consultoria. Luís Saia e Jorge Wilheim representam estas formas completamente distintas de inserção dos arquitetos no planejamento urbano nos períodos pré-SERFHAU e pós-SERFHAU.; This work has the study object the urban master plans to Goiânia...

Em defesa do planejamento urbano: ressonâncias britânicas e a trajetória de Harry James Cole; In defense of the urban planning: britain ressonances and the trajectory of Harry James Cole

Lucchese, Maria Cecilia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.28%
Apresentamos nesse trabalho a trajetória profissional do arquiteto carioca Harry James Cole, que se formou na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro, em 1954 e trabalhou como arquiteto e urbanista até 1980. Cole fez um curso de especialização em planejamento urbano na Inglaterra e nesse período também trabalhou no Departamento de Arquitetura do London County Council. Essa experiência marcou profundamente seus trabalhos profissionais, que apresentam fortes ressonâncias do urbanismo inglês. Atuando profissionalmente no Brasil Cole foi partícipe de importantes acontecimentos no campo do planejamento urbano no Brasil entre 1957 e 1973, como a construção de Brasília, a implementação dos planos de desenvolvimento integrado e a concepção do Programa Cura, além de ter elaborado inúmeros trabalhos urbanísticos em seu escritório, o HJ Cole Arquitetos + Associados S/C Ltda até o final dos anos 70.; In this thesis we show Harry James Cole's professional life, a carioca architect who graduated at Faculdade de Arquitetura of Universidade do Brazil, in Rio de Janeiro, in 1954 and who worked as an architect and urban planner until 1980. Cole did a course of specialization in town planning in England and in that period he also worked in the London County Council Architecture Department. This experience deeply affected in his professional life and his works show a strong inspiration in the town planning lessons. Working professionally in Brazil Cole took part in the most important brazilian urban planning events between 1957 and 1973...

O processo de planejamento urbano na vigência do Estatuto da Cidade: os casos dos planos diretores de 2006 de São José dos Campos e Pindamonhangaba; The process of the urban planning in the validity of the Statute of the City: the cases of the master plans 2006 from São José dos Campos e Pindamonhangaba.

Lobão, Isabella Guimarães
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.22%
Avaliar as transformações apresentadas pelo processo de Planejamento Urbano, através do instrumento do Plano Diretor, na vigência do Estatuto da Cidade é o campo em que se situa esta pesquisa; cujos resultados deverão contribuir para a discussão acerca dos alcances e limites do Plano Diretor como instrumento de planejamento urbano. De modo a formar pressupostos teóricos que fundamentem a análise dos casos, estuda-se o processo de urbanização e o histórico do planejamento urbano no Brasil; as distintas concepções assumidas pelo Plano Diretor ao longo dos anos em que se desenvolveu e consolidou a prática do planejamento urbano no Brasil; o conteúdo regulamentado pelo Estatuto da Cidade; e a região do Vale do Paraíba paulista. Por fim, a partir do estudo e análise do processo de elaboração e do conteúdo dos Planos Diretores de 2006 dos Municípios de São José dos Campos e Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba paulista, compreendido nas etapas de Diagnóstico e Proposições, verifica-se em que medida o processo de Planejamento Urbano, através do instrumento do Plano Diretor, vem incorporando os princípios, diretrizes e instrumentos urbanísticos regulamentados pelo Estatuto da Cidade, em 2001; no sentido de enunciar uma nova concepção de planejamento e gestão territorial.; To evaluate the transformations presented by the process of the Urban Planning...

Os planos diretores e o planejamento urbano no aglomerado Cuiaba / Várzea Grande - MT; The master plans and planning urban on agglomerate Cuiabá /Várzea Grande-MT

Garcia, Sílvia Maria Nicoletti Pillon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.2%
Os Planos Diretores têm recebido muitas críticas devido a sua ineficácia como instrumento de planejamento urbano no Brasil e por certo período ficaram em segundo plano. Com a promulgação da Lei 10.257 de 2001, chamado Estatuto da Cidade, os municípios foram obrigados a rever seus Planos Diretores para adaptá-los aos novos princípios e objetivos dessa Lei. Neste trabalho foram avaliados os Planos Diretores das cidades do Aglomerado Urbano Cuiabá e Várzea Grande Mato Grosso/Brasil. Os estudos foram a partir da realidade das cidades, das suas estruturas administrativas e do fato delas formarem um Aglomerado Urbano (atualmente Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá) exigindo que muitos assuntos fossem tratados em harmonia. Foi abordado o planejamento urbano no Brasil; a história e as características de Cuiabá e Várzea Grande; a formação do Aglomerado Urbano Cuiabá Várzea Grande; a elaboração dos atuais Planos Diretores; a utilização dos instrumentos disponíveis no Estatuto da Cidade; as diretrizes para as políticas de acesso a terra urbanizada; a regularização fundiária; o saneamento ambiental; o meio ambiente e a mobilidade urbana; e as principais ações que estão sendo realizadas segundo os Planos Diretores.; The master plans have received much criticism due to their effectiveness as urban planning instrument in Brazil and by certain period were in the background. With the enactment of law 10.257/2002...

Vitória do futuro, vitória para todos? Uma análise dos "novos" modelos de planejamento e gestão urbanos em Vitória/ES : Estudos de caso : Plano Estratégico de Vitória e Projeto Terra

Ferreira, Giovanilton André Carretta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.27%
Estudo sobre o planejamento urbano no Brasil, com objetivo de construir um modelo analítico capaz de identificar as questões inerentes ao processo de formação do discurso sobre o urbano no país; identificar diferentes vertentes historicamente formuladas pelo planejamento urbano brasileiro; estabelecer relações com a natureza, características, sobrevivências e transformações presentes no que a literatura pertinente ao tema tem considerado como “novos” modelos de planejamento e gestão urbanos. Esses “novos” modelos de planejamento têm se organizado, em alguns pólos, dentro de uma presente tensão intelectual e ideológica, onde se destacam, três principais correntes: a da Reforma Urbana Democrático-Redistributivista, a do Plano Estratégico Liberal Competitivo e a do Desenvolvimento Urbano Sustentável. Identificam-se algumas práticas tidas como inovadoras nestas três correntes, tais como: o desenvolvimento econômico local, a descentralização das políticas urbanas, a inserção da temática ambiental nas discussões sobre o urbano, uma maior politização do planejamento e o reconhecimento dos assentamentos informais como parte integrante da cidade real. Com este “pano de fundo” o estudo examina a experiência de planejamento urbano na cidade de Vitória...

A representação de cidade e de planejamento urbano em Porto Alegre : estado, mercado e sociedade civil em disputa pela representação legítima

Cruz, Milton
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.2%
Este é um estudo de caso de uma das grandes cidades brasileiras, Porto Alegre, cujas gestões municipais “apostaram”, desde o início do século XX, nas concepções e nos instrumentos de planejamento urbano para construir e organizar a ocupação e o uso do solo da cidade. Apesar disso, problemas urbanos típicos das cidades brasileiras, como a irregularidade fundiária, o déficit habitacional, a fragmentação social e a segregação urbana, cresceram e persistem até hoje. A investigação procura elementos que auxiliem a compreender porque o sistema de planejamento urbano, mesmo inovando com a introdução do planejamento participativo na elaboração do Plano Diretor e o próprio Orçamento Participativo (criados na década de 1990) – que descentralizaram as decisões na gestão local - se mostraram limitados para enfrentar este quadro. A pesquisa tem como compromisso ético contribuir para a construção de uma abordagem científica que questione as práticas dos órgãos estatais e as concepções de planejamento urbano e de cidade que se mostram incompatíveis com a construção de uma cidade que garanta a cidadania para todos e com o fortalecimento da sociedade civil. E, também, indicar possibilidades de construção de uma relação democrática entre o Estado...

Transformações do planejamento urbano em cidades de porte médio e em cidades médias brasileiras

Silva, Henrique Alves da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 244 f. : il., mapa
Português
Relevância na Pesquisa
66.19%
Pós-graduação em Geografia - FCT; O presente trabalho constitui-se enquanto contribuição ao debate sobre o planejamento urbano no Brasil, reconhecendo-o essencialmente como processo social, e, para isso, apoia-se nas análises sobre como tal processo se constitui junto às cidades de porte médio e cidades médias brasileiras, espaços que, por suas características e especificidades, se mostram como frente de expansão do planejamento e como recortes significativos para essas análises. De maneira recíproca, o tema do planejamento urbano também comparece para ajudar a entender melhor as cidades médias, tipos urbanos cuja conceituação caminha para uma consolidação, mas que ainda anima muitos questionamentos e pesquisas, dentre os quais destacamos aqueles que as distinguem das cidades de porte médio. De seu lado, o planejamento urbano é visto como integrante da modernidade e das diversas modernizações que se produzem na cidade, na sociedade e no urbano. Em sua análise, ganham destaque os processos socioespaciais que envolvem sua constituição, difusão, transformação e as resistências ante sua reprodução nas cidades e nos municípios analisados. As cidades médias, por sua vez, para além dos papéis tradicionais que tiveram e acumularam ao longo do tempo...

Convergências das políticas de planejamento urbano e saúde na construção de espaços urbanos saudáveis; Convergence of urban planning and health policies in the construction of healthy urban spaces

Jussara Conceição Guarnieri
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.2%
O planejamento urbano destaca-se enquanto um instrumento norteador para o desenvolvimento de programas e ações que buscam melhorar a qualidade de vida e o bem-estar da população em um espaço urbano. Entretanto, estudos indicam que as cidades ainda enfrentam problemas consequentes da crescente urbanização, no Brasil e no mundo. Com o objetivo de identificar as convergências dos documentos referências entre as políticas de planejamento urbano e os da saúde para a construção de espaços saudáveis, este estudo buscou as semelhanças entre as ações do planejamento urbano e aquelas desenvolvidas pela saúde na geração de um espaço urbano saudável. Utilizou-se a pesquisa bibliográfica e documental, o método descritivo e qualitativo para o levantamento dos unitermos dos documentos norteadores e dos marcos jurídicos do planejamento urbano e da saúde. Após a elaboração do quadro demonstrativo com o intuito de visualizar as convergências, foi realizada uma discussão com a definição dos termos similares que denotam sentidos e ações de políticas públicas saudáveis para o planejamento urbano saudável. Notou-se a existência de unitermos comuns entre os documentos norteadores e os marcos jurídicos do planejamento urbano e os da saúde...

Participação popular no planejamento urbano

Abib, Stavros Wrobel
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 249 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
66.29%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2009.; O objetivo geral desta tese é contribuir para o desenvolvimento de construções teóricometodológicas com vistas a auxiliar a implementação da democracia participativa no planejamento urbano brasileiro. A construção teórico-metodológica que é elaborada nesta tese baseia-se em uma revisão das teorias do planejamento urbano e no exame das visões de mundo e epistemologias que estão implicadas em tais teorias. Especificamente, a construção teóricometodológica elaborada nesta tese baseia-se em uma teoria de planejamento urbano de fundo político, vinculada a uma visão de mundo pós-iluminista e à epistemologia da complexidade. Esta orientação específica fundamenta-se no exame do Estatuto da Cidade e no debate sobre a teoria do planejamento urbano no Brasil. Em ambos os casos, há uma ênfase na visão de mundo pós-iluminista e na dimensão política do planejamento urbano com repercussões significativas para o processo de participação popular no planejamento urbano. A construção óricometodológica que se encontra nesta tese fundamenta a elaboração de um método de investigação qualitativa no estudo da participação popular no planejamento urbano. Esse método foi vivenciado por este autor no processo de participação popular no planejamento urbano em um contexto específico...

Planejamento urbano no Brasil: a insuficiência do Direito na ordenação do espaço urbano

FERREIRA, Vanessa Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 97 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.2%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; O presente trabalho tem como tema o planejamento urbano e como hipótese principal a insuficiência do Direito como instrumento de resolução da complexidade dos problemas que atingem as cidades brasileiras hoje. Objetiva-se demonstrar que, apesar da evolução legislativa decorrente da inclusão da política urbana na Constituição Federal de 1988 e sua regulamentação posterior pelo Estatuto da Cidade, o plano fático pouco se alterou. Identifica-se, ainda, que, para além da insuficiência normativa, há um fator desconsiderado pela maioria dos autores que se debruçam sobre o planejamento urbano: a formação socioeconômica do espaço. Entende-se que sem uma análise histórica da formação do espaço urbano é impossível reformular os rumos da política urbana, os critérios de organização e os limites à expansão das cidades no Brasil. Para tanto, elegeu-se o procedimento histórico-crítico para demonstrar a formação socioeconômica do espaço no cenário mundial e no Brasil. Além disso, utilizou-se a Justiça Ambiental como elemento teórico de aproximação dos discursos ambiental e urbanístico, a fim de demonstrar que as vulnerabilidades ambientais se sobrepõem as sociais também no espaço urbano. Promove-se...

Alternativas para o processo de formação do espaço urbano: a redistribuição de renda no planejamento urbano

Oliveira, Israel Montesuma
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 98 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.19%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; A necessidade de se pensar o planejamento urbano se torna essencial para o desenvolvimento de uma composição social dos espaços urbanos de maneira mais justa. A disponibilidade de alternativas aos indivíduos para que estes possam ter alguma renda, possibilitando, dessa forma, sustentar suas famílias, mostra que uma melhor composição no processo de distribuição da renda se torna instrumento fundamental ao se pensar o planejamento urbano. As relações de produção individuais, coletivas e institucionais existentes no atual estágio em que se encontra o modelo de produção capitalista, desenvolveu, especialmente no Brasil, uma polarização da distribuição da riqueza dentro do ambiente urbano. A forma contraditória de criação da riqueza material na sociedade limita uma grande parcela da sociedade de terem acesso as benfeitorias desenvolvidas pelo sistema. Desenvolvendo uma desigualdade e uma relação de pobreza jamais vista no mundo. Ao perceber que a pobreza é relativa de tempo e espaço e muito mais do que a simples relação de privação material, torna mais claro perceber que o desenvolvimento de alternativas...

Legislação urbanística de interesse social, demanda social e planejamento urbano : um exame das políticas sociais urbanas na cidade de Porto Alegre

Mayer, Rosirene; Silveira Neto, Omar
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
76.17%
Examina políticas e legislação de interesse social voltadas para a regularização fundiária, identificando algumas contradições e lacunas e suas consequências para o planejamento urbano a curto e a longo prazo. A investigação limita-se ao âmbito municipal e tem seu foco no caso de Porto Alegre.; Inclui resumo.; Texto apresentado no IV Congresso Brasileiro de Direito

A questão ambiental nos planos diretores : a (in)aplicabilidade do Código Florestal nas áreas urbanas

Souza, Luiz Alberto
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.18%
Texto apresentado no IV Congresso Brasileiro de Direito Urbanístico: "Desafios para o direito urbanístico brasileiro no século XXI", de 5 a 8 de dezembro de 2006, em São Paulo/SP.; Trata da aplicabilidade do Código Florestal nas áreas urbanas e sua interface com o plano diretor, com enfoque no aspecto jurídico e no contexto do planejamento urbano atual.; Inclui resumo.; Texto apresentado no IV Congresso Brasileiro de Direito

Direito urbanístico e planejamento municipal

Mukai, Toshio
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.25%
Aborda temas como conceito e objetivos do urbanismo contemporâneo, imposições urbanísticas e bem comum, o plano diretor de desenvolvimento urbano, noções e princípios gerais do ordenamento urbano racional, o uso e a ocupação do solo urbano, planejamento das zonas industriais, controle da poluição, ação civil pública de proteção ambiental e legislação sobre o transporte municipal.

O meio ambiente urbano e a proteção ambiental : a questão metropolitana : o grande desafio do século XXI

Alves, Alaôr Caffé
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
76.12%
Aborda as diversas questões que envolvem o planejamento urbano da grande metrópole, mencionando especialmente a situação do estado de São Paulo.

Planejamento urbano e regulação ambiental em nível local : aspectos comparativos entre os modelos de regulação urbanística e licenciamneto ambiental de empreendimentos e atividades urbanas no Reino Unido e no Brasil

Araújo, Rogério Palhares Zschaber
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
86.23%
Explora os principais aspectos do sistema de planejamento urbano e controle urbanístico do Reino Unido e sua interação com a regulação ambiental e o licenciamento de projetos e atividades de impacto no meio ambiente urbano. Compara ainda esse modelo ao brasileiro.

A necessidade de articulação dos conselhos de desenvolvimento urbano e de meio ambiente

Torres, Marcos Abreu
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
Ressalta a importância da articulação entre conselhos, com destaque aos que tratam das políticas de desenvolvimento urbano e ambiental nos municípios. Afirma que as legislações atuais trazem novos instrumentos para modernização da gestão pública, como o Fórum de Conselhos. Aborda ainda a revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Salvador.

Sustentabilidade ambiental nas cidades : um estudo de caso da região metropolitana de Belo Horizonte

Marra, Natália Cardoso
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.19%
Trata da sustentabilidade ambiental sob a ótica do planejamento urbano-ambiental da ocupação dos grandes centros urbanos.

Planejamento urbano da bacia do córrego Samambaia (Goiânia-GO) utilizando o SWMM - Storm Water Management Model; Urban planning of Córrego Samambaia Basin (Goiania-GO) using SWMM - Storm Water Management Model

Rocha, Nayda
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Engenharia do Meio Ambiente (EEC); Escola de Engenharia Civil - EEC (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Engenharia do Meio Ambiente (EEC); Escola de Engenharia Civil - EEC (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76.1%
The effect of urbanization and insufficient supervision of the use of natural resources by the government has led to increasing degradation of the environment in Brazil. This can be seen by the suppression of riparian vegetation, which is essential for the survival and maintenance of the quality of water sources. In this sense, the actions of development of land, housing provision and sanitation in Brazil must have, among other objectives, to ensure an environment conducive to ecosystems and human life support. This research aimed to identify the characteristics of occupation of Córrego Samambaia Basin in Goiânia, used for public water supply, correlating land use with hydrological processes. The methodology adopted consisted in: identifying the theoretical framework from literature and choose a basin to develop a case study; select and gather information from the object of study contained in published documents, restricted texts, satellite imagery, site visits, to generate the necessary data for modeling, and apply the hydrologic model Storm Water Management Model (SWMM) in three distinct periods and three proposed scenarios to understand the hydrological responses in the study area due to different levels of human occupation. The results obtained with this research indicate that the hydrological watershed responses can vary widely if the waterproofing process continue to increase. Results shown that between 1992 (with impervious area of 7%) and the proposed Scenario 3 (with impervious area of 70%) the increase in runoff is approximately 24 times while the infiltration becomes 70% smaller. If the basin achieves an index greater than 50% of impervious area...

A sustentabilidade ambiental no planejamento urbano do município de São Paulo: 1971-2004; Environmental sustainability in the urban planning of the municipality of São Paulo: 1971-2004.

Maglio, Ivan Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.19%
Introdução. Com o paradigma da sustentabilidade ambiental assumido a partir da conferência mundial Rio 92, o instrumento plano diretor deve passar por uma reconceituação, compatível com sua transformação em um instrumento de apoio à sustentabilidade ambiental urbana e de fortalecimento da função socioambiental da cidade. Neste contexto a proteção ambiental e a redução de impactos passam a ser elementos fundamentais para os planos diretores. Entretanto, no planejamento urbano do município de São Paulo, quarta maior cidade do mundo, permanecem os desafios existentes à introdução de opções sustentáveis por meio do plano diretor, zoneamento e operações urbanas. Objetivo. Analisar a inserção da sustentabilidade ambiental, por meio de planos diretores e instrumentos de gestão urbana elaborados do Município de São Paulo no período 1971-2004. Metodologia. O estudo de caso é utilizado como método de pesquisa por meio de pesquisa documental, apoiado por pesquisa bibliográfica sobre sustentabilidade ambiental urbana, planejamento urbano e Planos Diretores no Brasil, e sobre o instrumento de gestão Avaliação Ambiental Estratégica-AAE aplicado aos planos urbanos. Elementos extraídos desse instrumento de gestão AAE foram para construir o método e análise dos resultados da pesquisa. Resultados. No período 1971-1980 o plano diretor e os planos metropolitanos apontaram questões estratégicas para o desenvolvimento da cidade...