Página 1 dos resultados de 411 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Análise da pluridimensionalidade da sustentabilidade da cadeia produtiva de componentes construtivos de madeira de plantios florestais; Pluridimensional sustainability analysis of wooden building products production chain

Yuba, Andrea Naguissa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.9%
A cadeia produtiva da habitação em madeira de plantios florestais apresenta características que podem contribuir para a definição de um contexto mais sustentável, mas tal análise depende de uma abordagem que supera a preponderância das questões ambientais, passando a incluir as questões de cunho social, econômico, político e cultural, de forma mais integrada. A proposta de lidar com a totalidade da cadeia produtiva representa a oportunidade de abranger níveis bastante complexos das interações entre as dimensões da sustentabilidade e de relações das mais significativas às mais tênues entre as diversas questões, no universo das múltiplas dimensões de análise a serem consideradas. Diante disso, o objetivo geral desta pesquisa é explorar e sistematizar a complexidade dinâmica das questões de sustentabilidade dessa cadeia produtiva visando à compreensão do processo de ganhos e de perdas de sustentabilidade. Num contexto de conceitos em formação, buscou-se a definição e delimitações do objeto analisado, efetuando-se a decomposição e caracterização da cadeia produtiva da habitação em madeira de plantios florestais. Isso possibilitou verificar a ênfase das questões de caráter tecnológico, compartimentadas nos processos de produção...

Produção de madeira, ciclagem de nutrientes e fertilidade do solo em plantios de Eucalyptus grandis, após aplicação de lodo de esgoto; Wood production, nutrient cycling and soil fertility in Eucalyptus grandis stand after sewage sludge application

Silva, Paulo Henrique Müller da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
Poucos municípios brasileiros têm estações de tratamento de esgoto (ETEs), sendo que uma grande parte do esgoto ainda não é tratada, causando forte impacto ambiental devido ao seu despejo ?in natura? nos cursos de água. O processo de tratamento de esgoto gera grande quantidade de lodo cujo destino final deve ser bem planejado, pois acarreta além de conseqüências ambientais, conseqüências de caráter econômico, social e sanitário. Um destino ecologicamente desejável seria a utilização desse resíduo, depois de tratado (biossólido), em plantios florestais como fertilizante e condicionador de solo. Mas, ainda são poucos os conhecimentos disponíveis para que a sua utilização seja realizada em larga escala. Recentemente, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), através de resolução específica estabeleceu critérios e procedimentos para o uso de lodo de esgoto em áreas agrícolas, visando benefícios à agricultura e evitando riscos à saúde pública e ao ambiente. Conseqüentemente, amplia-se agora a necessidade de estudos mais aprofundados sobre o assunto. Esta pesquisa teve como objetivo aprofundar os conhecimentos sobre a influência da utilização de lodo de esgoto nas plantações florestais. Em abril de 2003...

Avaliações energéticas de espécies florestais nativas plantadas na região do Médio Paranapanema, SP; Energy assessments of Brazilian species planted in the region of the Middle Paranapanema, SP

Cintra, Tânia Cerbino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
47.06%
O uso de energias renováveis é uma tendência mundial, cada vez mais difundida, principalmente por razões ambientais e econômicas. Das diversas formas existentes de energias renováveis, a biomassa tem grande destaque, devido sua alta capacidade produtiva e versatilidade de aplicação. No Brasil, a biomassa tem grande expressão no suprimento energético do país, 31,6% do total, e a madeira corresponde à quase metade desse valor (BRASIL, 2008). Boa parte do suprimento dessa fonte provém ainda de florestas nativas, o que evidencia a necessidade de ampliação de plantios florestais visando o atendimento sustentado dessa crescente demanda. Entretanto, para que os plantios florestais cumpram efetivamente suas funções, os mesmos precisam ser orientados tanto por altas produtividades florestais como pelas qualidades ideais da madeira para uso energético. As espécies brasileiras são, relativamente, pouco conhecidas do ponto de vista energético, uma vez que a maior parte dos plantios são, tradicionalmente, realizados com espécies dos gêneros Pinus e Eucalyptus. O presente trabalho buscou trazer informações sobre características qualitativas e quantitativas de espécies florestais brasileiras, assim como a influência da idade nas características da madeira relacionadas ao uso energético...

Atributos microbianos e químicos do solo e da serapilheira em plantios puros e mistos de Eucalyptus grandis e Acacia mangium; Soil and litter microbial and chemical attributes in monoculture and intercropped plantations of the Eucalyptus grandis and Acacia mangium

Bini, Daniel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
Plantios mistos de eucalipto com leguminosas arbóreas vêm sendo estabelecidos a fim de aumentar os teores de nutriente no solo, e estimular a ciclagem biogeoquímica. Para tanto, este trabalho teve como objetivo avaliar alguns atributos microbianos e químicos do solo e serapilheira dos primeiros 20 meses de crescimento de uma segunda rotação de plantios puros e mistos de E. grandis e A. mangium. Foram coletadas amostras de solo e raízes (profundidade de 0-10 cm) e serapilheira aos 2, 7, 14 e 20 meses após o plantio dos seguintes tratamentos: monoculturas de A. mangium e E. grandis sem fertilização nitrogenada, monocultura de E. grandis fertilizado com N e plantio misto entre E. grandis e A. mangium (50E:50A). Dentre os atributos microbianos e bioquímicos do solo foram avaliados o C e N da biomassa microbiana, respiração basal, a atividade das enzimas desidrogenase, celulase, urease, fosfatase ácida, fosfatase alcalina, número de esporos e taxa de colonização de fungos micorrízicos arbusculares. Os atributos químicos do solo avaliados foram: C e N total do solo, P disponível, pH e umidade. Na serapilheira foram avaliadas as concentrações de C, N e P total. As informações obtidas revelaram que houve um efeito cumulativo recorrente da primeira rotação...

O investimento em ativos florestais : o caso norte-americano e o desenvolvimento desta classe de ativos no Brasil

Whately, Iago
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
46.8%
Este trabalho explora a solução do problema de sub-investimento em novos plantios florestais no Brasil, por meio de empresas especializadas na gestão de ativos florestais. Com a redução dos novos plantios e a crescente demanda por produtos da indústria de base florestal, a oferta de madeira no país deve tornar-se insuficiente para atender a demanda no mercado interno. Programas governamentais de subsídio de crédito e programas privados de fomento florestal visam atrair novos participantes para o negócio das florestas plantadas, porém, essas iniciativas são insuficientes. Este trabalho explora a alternativa de organizar-se o investimento e a gestão dos ativos florestais por meio de empresas especializadas nesta função econômica. No caso dos EUA, vem crescendo a participação dos ativos florestais administrados por empresas organizadas na forma de TIMOs ou Timber REITs, que adquirem grandes áreas de florestas com os recursos de investidores institucionais. Estes investidores são atraídos pelo histórico de retorno desses investimentos e seu potencial para diversificação de carteiras. No Brasil, esses veículos devem ser adequados às necessidades do setor florestal brasileiro, caracterizado pela concentração da propriedade das florestas plantadas nas mãos de grandes empresas integradas...

Carbono orgânico e biomassa microbiana do solo em plantios de Acacia mangium no Cerrado de Roraima

Simões,Sara Magda Oliveira; Zilli,Jerri Édson; Costa,Mirian Cristina Gomes; Tonini,Hélio; Balieiro,Fabiano de Carvalho
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.66%
O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de plantios de Acacia mangium, localizados no cerrado em Roraima, sobre o carbono orgânico e biomassa microbiana do solo. Foram realizadas amostragens de solo nas profundidades de 0-20 cm e 20-40 cm em dois plantios de A. mangium com cerca de cinco anos de idade, e em duas áreas de Cerrado nativo consideradas referência. Um dos plantios de A. mangium (localizado na Fazenda Cigolina) correspondeu a um plantio homogêneo (espaçamento de 3,6 m entre linhas e 2,0 m entre plantas) enquanto que o outro (localizado no Campo Experimental Água Boa - CEAB) correspondeu a um plantio em faixas com duas linhas de plantio (espaçamento de 6 m entre linhas, 2,5 m entre plantas e cerca de 30 m entre faixas). As amostras de solo foram analisadas quanto ao carbono orgânico, carbono da biomassa microbiana, respiração basal do solo e quociente metabólico, além de atributos químicos de fertilidade. Foi verificado que os plantios de A. mangium não proporcionaram aumentos significativos do carbono orgânico do solo em comparação às áreas de referência. Entretanto, na média geral, esses plantios proporcionaram aumento do carbono da biomassa microbiana do solo e redução do quociente metabólico...

Diagnóstico da fauna silvestre em empresas florestais brasileiras

Medeiros,Giovanna Debortoli; Silva,Elias; Martins,Sebastião Venâncio; Feio,Renato Neves
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.51%
Com o objetivo de conhecer a situação atual da fauna silvestre em empresas florestais brasileiras, foram pesquisadas 42 razões sociais, entre Associadas e Co-Participantes da Sociedade de Investigações Florestais (SIF), as quais possuem plantios florestais próprios. As informações foram obtidas com base em questionário enviado às referidas empresas, via correio eletrônico, sendo as respostas obtidas também por esse mecanismo. Entre os vários resultados, destaca-se o fato de que 90,9% das empresas associadas já realizaram levantamentos qualitativos da fauna silvestre. No entanto, de modo geral há notória carência de infra-estrutura nas empresas pesquisadas para atender a trabalhos específicos de manejo e conservação da fauna silvestre.

Saldo de radiação em plantios de eucalipto em áreas de relevo ondulado

Facco,Alexandro Gomes; Ribeiro,Aristides; Sediyama,Gilberto Chohaku; Leite,Fernando Palha; Barros,Nairam Félix de
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.76%
O conhecimento detalhado de radiação solar total que incide sobre uma região é importante para o planejamento das atividades florestais. Poucos trabalhos têm considerado a topologia da região para determinar o saldo de radiação solar (Rn), o que pode levar a erros significativos de estimativa dessa variável, dependendo do tipo de relevo predominante na região. Este estudo teve como objetivo estimar o Rn em plantios de eucalipto, levando-se em consideração a exposição do terreno em plantios florestais de eucalipto, bem como comparar essas estimativas com a estimativa em condições de topografia plana. A simulação foi realizada para os anos de 2001 e 2002, em uma microbacia do rio Doce. As encostas com orientações para o norte, nordeste e noroeste apresentaram aumentos do Rn em relação à estimativa da superfície plana, pelo fato de que, nessa época do ano, o sol, em seu movimento aparente, encontra-se ao norte da microbacia. Entretanto, as encostas com orientações para o sul, sudeste e sudoeste tiveram diminuição do Rn quando comparadas com as condições de topografia plana. A inclinação das encostas influenciou a magnitude das diferenças de ganho e perda de Rn. Quanto maiores as inclinações das encostas voltadas para o norte...

Biossólido como substrato para produção de mudas de Toona ciliata var. australis

Caldeira,Marcos Vinicius Winckler; Gomes,Daniele Rodrigues; Gonçalves,Elzimar de Oliveira; Delarmelina,William Macedo; Sperandio,Huezer Viganô; Trazzi,Paulo André
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.64%
O êxito de plantios florestais não está ligado unicamente à espécie utilizada, mas depende diretamente do tipo de recipiente, da qualidade das sementes e do substrato utilizado. O objetivo do trabalho foi avaliar a influência do biossólido como substrato na produção de mudas de cedro-australiano (Toona ciliata). O experimento foi realizado em casa de sombra do Viveiro Florestal/CCA/UFES. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, sendo constituído de seis tratamentos contendo biossólido, em proporções decrescentes, associado com terra de subsolo e dois tratamentos sem o uso de biossólido (esterco bovino + terra de subsolo e substrato comercial, respectivamente), com oito repetições. No geral, os melhores resultados para as características morfológicas analisadas foram obtidos com a utilização de 100 a 70% de biossólido na composição do substrato. Portanto, o biossólido pode ser considerado adequado para o crescimento de mudas de Toona ciliata o que demonstra uma alternativa viável de disposição final desse resíduo.

Ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto (eucalyptus sp.) no litoral norte da Bahia, Brasil

Lima,Francisco de Sousa; Soares,Ana Cristina Fermino; Sousa,Carla da Silva
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.74%
Nas últimas décadas, tecnologias alternativas vêm sendo estudadas visando tornar o cultivo do eucalipto (Eucalyptus sp.) mais econômico e sustentável. Entre estas, as associações micorrízicas merecem destaque devido aos inúmeros benefícios que proporcionam às plantas hospedeiras. Este trabalho teve como objetivo avaliar a ocorrência e atividade de fungos micorrízicos arbusculares em plantios de eucalipto utilizados comercialmente pela Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia. Foi observada grande variabilidade na densidade de esporos (36,2 a 203,2 esporos em 50 g de solo), colonização micorrízica (10,6 a 57,8%) e nos teores de glomalina facilmente extraível e total (0,34 a 1,92 mg g de solo-1 e 0,48 a 3,88 mg g de solo-1) nos plantios de eucalipto. Os resultados neste estudo permitiram concluir que, embora os clones apresentem suscetibilidade à micorrização em condições de campo, variações nas características do solo afetam aspectos ecológicos dos fungos micorrízicos arbusculares nos plantios de eucalipto da Copener Florestal Ltda. no litoral norte da Bahia.

Análise comparativa dos surtos e danos causados pelos besouros desfolhadores Costalimaita ferruginea (Fabricius, 1801) e Costalimaita lurida (Lefévre, 1891) (Coleoptera: Chrysomelidae) em plantios de eucalipto

Mafia,Reginaldo Gonçalves; Mendes,José Eduardo Petrilli; Corassa,Janaína De Nadai
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.66%
Os besouros desfolhadores Costalimaita ferruginea (Fabricius, 1801) e Costalimaita lurida (Lefévre, 1891) (Coleoptera: Chrysomelidae) são pragas importantes da cultura do eucalipto. A biologia e comportamento daninho de C. ferruginea já foram caracterizados. Todavia, não existem estudos sobre o potencial de C. lurida como praga da cultura. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar, de forma comparativa, os surtos e as injúrias causadas por C. ferruginea e C. lurida em plantios de eucalipto. Para isso, 202,8 mil ha de plantios clonais de eucalipto, nos Estados do Espírito Santo, da Bahia e de Minas Gerais, foram monitorados no período crítico de ocorrência (quente e chuvoso). Os surtos detectados foram caracterizados, determinando-se, por meio de amostragens, a incidência, a severidade e as populações absoluta e relativa do inseto por planta atacada. De forma geral, o comportamento daninho de C. lurida foi similar ao de C. ferruginea, em termos de época de ocorrência e tipo de injúrias causadas. Todavia, C. lurida apresentou maiores picos populacionais, em termos absolutos (insetos por planta) e relativos (razão entre o número de insetos e altura das plantas atacadas), e atingiu maior proporção de área, podendo ser considerado mais daninho que C. ferruginea. O besouro C. lurida deve ser monitorado considerando os mesmos critérios. Além disso...

Sistemas de manejo em plantios florestais de eucalipto e perdas de solo e água na região do Vale do Rio Roce, MG.

SILVA, M. A. da; SILVA, M. L. N.; CURI, N.; AVANZI, J. C.; LEITE, F. P.
Fonte: Ciência Florestal, Santa Maria, v. 21, n. 4, p. 765-776, out./dez. 2011. Publicador: Ciência Florestal, Santa Maria, v. 21, n. 4, p. 765-776, out./dez. 2011.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
46.54%
A erosão hídrica é a principal responsável pela perda da capacidade produtiva dos solos sob florestas plantadas e alteração da quantidade e qualidade da água em sub-bacias. Assim, este trabalho objetivou avaliar a influência dos sistemas de manejo adotados nos plantios florestais com eucalipto (eucalipto em nível - EN, eucalipto em desnível - ED e eucalipto em desnível com queima - EDQ) sobre as perdas de solo e água por erosão hídrica em relação às perdas em floresta nativa (FN), pastagem (PP) e solo descoberto (SD), num Latossolo Vermelho (LV) e Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA), e indicar qual o período mais crítico no manejo do solo, em relação à erosão hídrica, durante o ciclo de cultivo do eucalipto. O estudo foi conduzido em dois municípios: Belo Oriente (LVA) e Guanhães (LV), situados no Vale do Rio Doce, região Centro-Leste do estado de Minas Gerais. Com exceção do sistema SD no LVA, as perdas de solo foram abaixo do limite de tolerância admissível para essas classes de solos, nestas regiões, que são de 11,22 Mg ha-1 ano-1 no LV e de 7,17 Mg ha-1 ano-1 para o LVA. As perdas de água nos sistemas com eucalipto foram menores no plantio em nível, no LVA. Nos sistemas com eucalipto, os períodos iniciais após o plantio apresentam as maiores perdas de solo e água com redução ao final do ciclo. Por outro lado...

Um exemplo de aplicação da carta de zoneamento edafoclimático para o Estado do Paraná para plantios florestais: P. tecunumanii.

FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E.; BOGNOLA, I. A.; AGUIAR, A. V. de; WREGE, M. S.
Fonte: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4., 2012, Curitiba. Anais. [Curitiba]: Malinovski Florestal, 2012. CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 4., 2012, Curitiba. Anais. [Curitiba]: Malinovski Florestal, 2012. CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
46.9%
A escolha de área para plantios florestais, comerciais ou experimentais é fundamental para o sucesso dos plantios. A carta de unidades geoclimáticas do Estado do Paraná foi composta com base em análise estatística de dados climáticos e na geomorfologia do estado. Associado a esta carta foi elaborada uma ?tabela de pertinência? onde as tipologias estão divididas, de forma hierárquica, com as devidas caracterizações climáticas. A partir dela foi composto o zoneamento edafoclimático, com base no mapa de solos do estado, e nele foram elencados critérios de solos que são especificamente favoráveis ao plantio de espécies florestais. De acordo com estes critérios, os solos foram agrupados e assim foi composto o mapa de solos. Cada uma das 22 zonas geoclimáticas foi cruzada, em ambiente SGI, com o mapa de solos, formando 22 cartas edafoclimáticas resultantes. A partir desta carta pode-se alocar todos os plantios de espécies florestais, desde que se conheçam suas preferências edafoclimáticas. Para o P. tecunimanii foram definidas seis áreas preferenciais, três intermediárias, recomendadas para experimentação, e o restante são áreas restritas ao plantio, ou seja, inadequadas ao plantio.; 2012

Ocorrência de Psilídeos em plantios florestais experimentais e em vegetação nativa.

FIGUEIREDO, E. S. de; QUEIROZ, D. L. de; BURCKHARDT, D. H.; GOMES, F. B.; SOUSA, A. C. P. de; KRUG, C.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 11., 2014, Manaus. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2015. p. 19-20. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 11., 2014, Manaus. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2015. p. 19-20.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
46.54%
O objetivo deste trabalho foi monitorar e identificar os psilídeos em 15 plantios florestais experimentais e na vegetação nativa no Campo Experimental da Embrapa Amazônia Ocidental em Manaus, AM.; 2015

Produção de liteira em plantios de castanha-do-Brasil em função do desbaste.

GARCIA, L. A. P.; LIMA, R. M. B. de
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 11., 2014, Manaus. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2015. p. 35-36. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA AMAZÔNIA OCIDENTAL, 11., 2014, Manaus. Anais... Brasília, DF: Embrapa, 2015. p. 35-36.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
46.47%
O objetivo deste trabalho foi investigar a produção de liteira e avaliar o crescimento em diâmetro, altura e volume em plantios adensados de Bertholletia excelsa Bonpl. em duas condições (sem desbaste e com 50% de desbaste).; 2015

Indicadores físicos, químicos e biológicos da qualidade do solo em plantios florestais e floresta ombrófila mista na Embrapa Florestas, Colombo - PR

Lima, Odair Godoi de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.99%
Resumo: Os plantios florestais, como de Pinus spp., tiveram grande crescimento no Brasil, nas últimas décadas, diminuindo a exploração de florestas nativas, gerando empregos e aumentando sua participação no Produto Interno Bruto (PIB) do país. Contudo, ainda existe pouca informação sobre a relação entre esses plantios e os atributos químicos, físicos e biológicos do solo, e sobre o uso destes atributos como indicadores da qualidade dos solos de plantios florestais. Este trabalho teve como objetivo, avaliar a relação entre os plantios de Pinus elliottii (PIN) e Araucaria angustifolia (ARA) com os diversos atributos químicos, físicos e biológicos do solo, em comparação com a Floresta Ombrófila Mista (MN), além de identificar o método mais eficiente para a coleta de um dos atributos biológicos avaliados: as minhocas. Foram estudadas quinze parcelas, sendo cinco com Floresta Ombrófila Mista, cinco com plantios de A. angustifolia e cinco de P. elliottii. Em cada área foram coletadas cinco amostras para avaliar a abundância e diversidade de minhocas usando dois métodos: aplicação de 20 L de Formol diluído (0,5%) em uma área de 1m2, e escavação e triagem manual de monólitos (40 × 40 cm até 20 cm de profundidade). Para análise dos atributos físicos (densidade aparente...

Avaliação do potencial de espécies florestais alternativas, de rápido crescimento, para produção de painéis de madeira aglomerada

Trianoski, Rosilani
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.77%
A indústria de base florestal tem evoluído notadamente nos últimos anos, e continua em acentuada expansão tecnológica, tanto em termos de processos como de produtos. Entre os diversos tipos de produtos florestais, os painéis de madeira aglomerada tem se destacado, apresentando as maiores taxas de crescimento devido à ampla diversidade de produtos e a flexibilidade de aplicação para os mais variados fins, suprindo tanto em quantidade quanto em qualidade as demandas do setor madeireiro. Para atender esta crescente demanda, torna-se necessário desenvolver novos produtos e melhorar a qualidade dos já existentes no mercado. Assim, este trabalho teve como objetivo avaliar a viabilidade de utilização de espécies florestais alternativas de rápido crescimento, provenientes de plantios florestais, para produção de painéis de madeira aglomerada. Para o desenvolvimento deste estudo foram utilizadas as espécies: Acrocarpus fraxinifolius, Melia azedarach, Grevillea robusta, Schizolobium parahyba e Toona ciliata, provenientes de plantios florestais experimentais com aproximadamente 18 anos de idade, l calizados em Corupá – SC, de propriedade da Battistella Florestal. Para estas espécies foi determinada a potencialidade volumétrica...

Populações de minhocas em plantios de Eucalyptus SPP. E efeitos de Pontoscolex corethrurus (Glossoscolecidae) E Amynthas gracilis (Megascolecidae) sobre o crescimento de mudas de Eucalyptus SPP. em casa de vegetação

Maschio, Wagner
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 47f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.95%
Orientador: Prof. Dr. George Gardner Brown; Co-orientadora: Profª. Drª. Fabiane Machado Vezzani; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo. Defesa: Curitiba, 30/08/2012; Inclui referências; Area de concentração : Solo e ambiente; Resumo: Os reflorestamentos cumprem um papel importante no desenvolvimento sócioeconômico do País em nível regional e nacional. Sabe-se que a cobertura florestal pode afetar a composição da fauna edáfica, incluindo as espécies de minhocas, devido à sua sensibilidade às condições ambientais. Os plantios florestais podem aumentar as populações da macrofauna do solo, entre elas, as minhocas, porém, existem poucos dados sobre o assunto no país, e desconhecem-se os efeitos das minhocas sobre o crescimento de essências florestais. Portanto, este trabalho avaliou, em duas ocasiões (2010 e 2012), a densidade e diversidade de minhocas em cinco plantios de Eucaliptos na Embrapa Florestas – Colombo (PR): três plantios de Eucalyptus dunnii, denominados EDI, EDII e EDIII com 30 a 31 anos de idade, um plantio de eucalipto misto (EM) de 26 anos, sobre Cambissolos distróficos (húmicos e háplicos), um plantio de Eucalyptus benthamii (EB) com 28 anos...

Análise da pluridimensionalidade da sustentabilidade da cadeia produtiva de componentes construtivos de madeira de plantios florestais

Yuba, Andrea Naguissa
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
66.9%
A cadeia produtiva da habitação em madeira de plantios florestais apresenta características que podem contribuir para a definição de um contexto mais sustentável, mas tal análise depende de uma abordagem que supera a preponderância das questões ambientais, passando a incluir as questões de cunho social, econômico, político e cultural, de forma mais integrada. A proposta de lidar com a totalidade da cadeia produtiva representa a oportunidade de abranger níveis bastante complexos das interações entre as dimensões da sustentabilidade e de relações das mais significativas às mais tênues entre as diversas questões, no universo das múltiplas dimensões de análise a serem consideradas. Diante disso, o objetivo geral desta pesquisa é explorar e sistematizar a complexidade dinâmica das questões de sustentabilidade dessa cadeia produtiva visando à compreensão do processo de ganhos e de perdas de sustentabilidade. Num contexto de conceitos em formação, buscou-se a definição e delimitações do objeto analisado, efetuando-se a decomposição e caracterização da cadeia produtiva da habitação em madeira de plantios florestais. Isso possibilitou verificar a ênfase das questões de caráter tecnológico, compartimentadas nos processos de produção...

Caracterização biogeoquímica de serapilheira e de substâncias húmicas do solo sob plantios com espécies florestais nativas e exóticas no sul do Brasil

Blum, Hilbert
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 120 f. : il. algumas color., tabs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.92%
Orientador : Prof. Dr. Renato Marques; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 07/01/2014; Inclui referências; Área de concentração : Conservação da Natureza; Resumo: A compreensão das relações solo-floresta é importante para subsidiar a manutenção da sustentabilidade florestal. Se, por um lado, as características do solo são responsáveis pela produção florestal; por outro lado, as diferentes espécies florestais podem contribuir de maneira diferenciada para o aporte de fitomassa e nutrientes sobre o solo. A matéria orgânica do solo (MOS) é relacionada diretamente ao material vegetal ou serapilheira que está sendo depositado e que se decompõe, fornecendo nutrientes ao solo e às plantas. O presente trabalho teve por objetivo avaliar o efeito de plantios com diferentes espécies florestais no acúmulo e composição química da serapilheira, na mineralização do nitrogênio e nas características espectroscópicas de ácidos húmicos de solos sob esses plantios. A pesquisa foi realizada em área da Fazenda Experimental da UFPR, em Rio Negro-PR, onde foram selecionadas seis espécies florestais, plantadas em sete povoamentos...