Página 1 dos resultados de 2203 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Preconceito, moralidade e educação moral para a diversidade; Prejudice, morality and moral education for diversity; Prejuicio, moralidad y educación moral para la diversidad

PINHEIRO, Viviane Potenza Guimarães
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
O presente ensaio discute o preconceito pelo prisma da psicologia moral e traz reflexões acerca da educação moral, com vistas ao respeito à diversidade. Ao realizar certo aprofundamento sobre o conceito, destrinchando-o como uma construção psicológica em constante relação com o social, indica-se a perspectiva de que o preconceito é um valor. Assim, com base em estudos do campo da moral, apresenta-se o preconceito como parte da moralidade e, consequentemente, da identidade do sujeito, em toda a sua complexidade. Por fim, apoiando-se nas reflexões realizadas, discute-se sobre a educação moral e apontam-se indicações sobre como realizá-la, principalmente à luz da perspectiva da resolução de conflitos.; This essay discusses theoretically the prejudice through the prism of moral psychology, and bring some reflections on moral education in order to respect diversity. Deepening the concept by unpacking it as a psychological construct in constant relation with the social, it is stated the view that prejudice is a value. Thus, based on studies of the area of morality, shows the prejudice as part of morality, and consequently part of the identity of the subject, in all its complexity. Finally, based on the considerations made...

Relações entre preconceito, ideologia e atitudes frente à educação inclusiva; Relationships between prejudice, ideology and attitudes towards inclusive education

CROCHÍK, José Leon; CASCO, Ricardo; CERON, Mariane; CATANZARO, Fabiana Olivieri
Fonte: PPG em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: PPG em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
Este artigo analisa atitudes de alunos de um curso de pedagogia frente à educação inclusiva. Parte da hipótese de que o preconceito e a ideologia podem ser obstáculos à inclusão de crianças com deficiência na escola. Foram aplicadas quatro escalas: Manifestação de Preconceito, Atitudes Frente à Educação Inclusiva e Ideologia da Racionalidade Tecnológica, elaboradas por Crochík em 2000, 2003 e 2006, e a escala F, construída por Adorno, Frenkel-Brunswik, Levinson e Sanford em 1950. O estudo foi realizado com 188 estudantes de pedagogia. Os alunos desta amostra tenderam a ser mais favoráveis do que desfavoráveis à educação inclusiva, e foi possível verificar que o preconceito, a adesão à ideologia da racionalidade tecnológica e, implicitamente, ao fascismo, são variáveis que se relacionam às atitudes acerca desse tipo de educação.; This article studies the attitudes of pedagogy students towards inclusive/integrated education. It begins with the hypothesis that prejudice and ideology can be obstacles to the inclusion of children with intellectual disabilities at school. Four ranking scales were applied to 188 pedagogy students: manifestation of prejudice, attitudes towards inclusive/integrated education and the ideology of technological rationality...

Preconceito na publicidade televisiva : vozes e olhares de adolescentes; Prejudice in television advertisements : adolescents' voices and looks

Ferrari, Marian Ávila de Lima e Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
Esta pesquisa busca identificar preconceitos veiculados na publicidade através de estereótipos e incorporados aos modos de subjetivação na adolescência tendo como fundamentação o processo de produção de identidade concebido pela psicanálise bem como as produções de Adorno e Horkheimer a respeito da indústria cultural. A coleta dos depoimentos realizou-se com o método da observação participante. Ocorreram encontros individuais com seis adolescentes de ambos os sexos com idades entre 12 e 17 anos nos quais discutimos gravações realizadas por eles em vídeo cassete de peças publicitárias. Analiso neste trabalho três encontros com os adolescentes e duas peças publicitárias. Constato que a presença de atores com diferenças significativas ocorreu em 10 das 72 peças gravadas pelos adolescentes e que esta deu-se apenas com a aparição de atores afro descendentes e uma atriz oriental. Esta presença ainda se dá predominantemente de forma estigmatizada (em sete dos 10 comerciais) seguida pela negação através da simulação (em quatro destes) contribuindo para a estereotipia e a perpetuação do preconceito contra os grupos desviantes. Com relação à recepção de tais peças publicitárias pelos adolescentes...

Racismo contra negros: um estudo sobre o preconceito sutil; Racism against blacks: a research about a subtle prejudice

Nunes, Sylvia da Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
O racismo é um tema pouco abordado na psicologia, no entanto, tratase de um problema social sério. Pesquisas têm observado, em vários países, a frequência cada vez maior da forma sutil de preconceito em contraposição à diminuição da forma mais explícita. Nesse sentido, nosso objetivo foi compreender melhor essa nova fisionomia do racismo o preconceito sutil. Uma parte do estudo foi realizada no Brasil e outra, na Espanha. Dentre os vários grupos humanos possíveis de ser alvo de práticas racistas, enfocamos o racismo contra negros no Brasil e contra gitanos na Espanha. Embora existam diferenças na história de cada grupo, é comum entre eles o fato de estar há séculos em território brasileiro e espanhol, respectivamente, e persistirem as práticas discriminatórias contra eles. A presente pesquisa combinou métodos quantitativo (escalas de preconceito sutil e flagrante de Pettigrew e Meertens) e qualitativo (entrevistas). No Brasil, 235 alunos responderam ao questionário e 71 estudantes, na Espanha. Destes, 15 foram entrevistados na pesquisa realizada no Brasil e 4, na Espanha. Para a análise dos dados quantitativos, foram feitas provas estatísticas. Para as entrevistas, foram formuladas categorias de análise. Os dados dos questionários apontaram: (1) maior facilidade dos espanhóis em declarar o racismo; (2) os homens mostraram maior preconceito do que as mulheres...

Inclusão na educação infantil: do viver o preconceito da diferença ao (con) viver com a diferença; Inclusion in early childhood education: from living the prejudice of difference to living with the difference

Vital, Marcia Regina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.2%
A tese insere-seno conjunto de estudos já realizados sobre o preconceito visando contribuir com levantamento de discussões relevantes tanto no que se refere ao âmbito social como, principalmente, ao escolar, com enfoque na educação infantil. Toma como referencial teórico a Teoria Crítica da Sociedade e a Psicanálise. Tem por objetivo investigar as interações entre crianças, a fim de conhecer as tensões e possíveis atitudes preconceituosas entre elas. Foi realizada com base numa abordagem qualitativa, de tipo etnográfico, optando-se por fazer uma pesquisa com crianças para conhecer suas atitudes, expressões, e comportamentos. Para sua realização, foi escolhida uma escola municipal de educação infantil (EMEI), da cidade de São Paulo, que atende crianças de quatro a seis anos de idade,em período integral e parcial. O instrumento escolhido para coleta e descrição dos fatos foi o registro das observações da rotina das crianças. Algumas categorias psicológicas como atitudes e preconceito foram tomadas como norteadoras da pesquisa. A análise e interpretação das observações evidenciaram atitudes preconceituosas entre as crianças no que se refere às questões de gênero, diferenças físicas significativas e religiosas. Também demonstraram que as crianças não tinham oportunidade de discutir sobre essas atitudes...

The stigma and prejudice of leprosy: influence on the human condition

Garbin,Cléa Adas Saliba; Garbin,Artênio José Ísper; Carloni,Maria Emília Oliveira Gomes; Rovida,Tânia Adas Saliba; Martins,Ronald Jefferson
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
INTRODUCTION: To analyze the knowledge, feelings and perceptions involving patients affected by leprosy, as a better understanding of these factors may be useful to decrease the stigma and prejudice associated with the condition. METHODS: The study cohort consisted of 94 patients who underwent treatment for leprosy at the Health Units in the City of Cuiabá, Mato Grosso (MT), Brazil. The study questionnaire included items to collect information on socio-demographic data, knowledge about the disease, stigma, prejudice, self-esteem and quality of life of leprosy patients. Bivariate analyses were used to assess the data based on the chi-square test with a 5% significance threshold. RESULTS: The results revealed that the study population consisted predominantly of males (55.3%) with an income between 1 and 3 times the minimum wage (67%). The survey respondents reported that the most significant difficulties related to the treatment were the side effects (44.7%) and the duration of the treatment (28.7%). A total of 72.3% of the subjects were knowledgeable about the disease, of whom 26.6% had the leprosy reaction. Stigma and prejudice were cited by 93.6% of the participants. Based on the responses, 40.4% of patients reported being depressed and sad...

Stigma, prejudice and discrimination in global public health

Parker,Richard
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
This article reviews the development of international research on the relationship between discrimination and health. It provides an overview of theoretical and empirical work on stigma and prejudice and their impact on discrimination and health. It argues that the literature on these issues has drawn primarily from social psychology and has focused on the impact of attitudes associated with stigma and prejudice on discriminatory practices and consequently health outcomes. It also identifies a growing trend in recent research towards a reconceptualization of stigma, prejudice and discrimination from the perspective of social inequality and structural violence, highlighting relations of power and exclusion that reinforce vulnerability within a complex social and political process. It concludes by briefly examining the ways in which this reconceptualization of discriminatory practices has generated a growing interest in the linkages between health and human rights and renewed interest in health and social justice; two major trends in the field of global public health.

Assimilation, multiculturalism, and colorblindness: Mediated and moderated relationships between social dominance orientation and prejudice

Levin, Shana; Matthews, Miriam; Guimond, Serge; Sidanius, James; Pratto, Felicia; Kteily, Nour; Pitpitan, Eileen V.; Dover, Tessa
Fonte: Elsevier BV Publicador: Elsevier BV
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
Using correlational and experimental data, we examined the degree to which personal and perceived normative support for the acculturation ideologies of assimilation, multiculturalism, and colorblindness mediated and moderated the relationship between social dominance orientation (SDO) and prejudice among 299 White students at three American colleges. Correlational results indicated that personal support for the acculturation ideologies mediated the SDO–prejudice relationship. Personal support for assimilation (a hierarchy-enhancing ideology) positively related to SDO; multiculturalism and colorblindness (hierarchy-attenuating ideologies) negatively related to SDO. An experimental manipulation varied whether assimilation, multiculturalism, or colorblindness was considered normative in the United States. In addition to a control, a fifth condition primed the Obama presidency. SDO related most strongly to prejudice toward American immigrants and ethnic minorities when assimilation norms and the Obama presidency were primed. Efforts to reduce the associations between SDO and prejudice are discussed in terms of highlighting hierarchy-attenuating national norms of multiculturalism and colorblindness.; Psychology

Determinants and Consequences of Dehumanization: An Interspecies Model of Prejudice

Costello, Kimberly
Fonte: Brock University Publicador: Brock University
Tipo: Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
37.37%
Dehumanizing ideologies that explicitly liken other humans to “inferior” animals can have negative consequences for intergroup attitudes and relations. Surprisingly, very little is known about the causes of dehumanization, and essentially no research has examined strategies for reducing dehumanizing tendencies. The Interspecies Model of Prejudice specifies that animalistic dehumanization may be rooted in basic hierarchical beliefs regarding human superiority over animals. This theoretical reasoning suggests that narrowing the human-animal divide should also reduce dehumanization. The purpose of the present dissertation, therefore, was to gain a more complete understanding of the predictors of and solutions to dehumanization by examining the Interspecies Model of Prejudice, first from a layperson’s perspective and then among young children. In Study 1, laypeople strongly rejected the human-animal divide as a probable cause of, or solution to, dehumanization, despite evidence that their own personal beliefs in the human-animal divide positively predicted their dehumanization (and prejudice) scores. From Study 1, it was concluded that the human-animal divide, despite being a robust empirical predictor of dehumanization, is largely unrecognized as a probable cause of...

The stigma and prejudice of leprosy: influence on the human condition

Saliba Garbin, Clea Adas; Isper Garbin, Artenio Jose; Oliveira Gomes Carloni, Maria Emilia; Saliba Rovida, Tania Adas; Martins, Ronald Jefferson
Fonte: Soc Brasileira Medicina Tropical Publicador: Soc Brasileira Medicina Tropical
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 194-201
Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
Introduction: To analyze the knowledge, feelings and perceptions involving patients affected by leprosy, as a better understanding of these factors may be useful to decrease the stigma and prejudice associated with the condition. Methods: The study cohort consisted of 94 patients who underwent treatment for leprosy at the Health Units in the City of Cuiaba, Mato Grosso (MT), Brazil. The study questionnaire included items to collect information on socio-demographic data, knowledge about the disease, stigma, prejudice, self-esteem and quality of life of leprosy patients. Bivariate analyses were used to assess the data based on the chi-square test with a 5% significance threshold. Results: The results revealed that the study population consisted predominantly of males (55.3%) with an income between 1 and 3 times the minimum wage (67%). The survey respondents reported that the most significant difficulties related to the treatment were the side effects (44.7%) and the duration of the treatment (28.7%). A total of 72.3% of the subjects were knowledgeable about the disease, of whom 26.6% had the leprosy reaction. Stigma and prejudice were cited by 93.6% of the participants. Based on the responses, 40.4% of patients reported being depressed and sad...

Le dommage moral et le préjudice extrapatrimonial

Morin, Sophie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
37.48%
Notre recherche visait au départ l'analyse de la substance du dommage moral: retrouver les sentiments à l'intérieur des chefs de dommage moral. Une première lecture des jugements québécois publiés, rendus entre le 1er janvier 1950 et le 31 décembre 2008 et à l'intérieur desquels des dommages et intérêts ont été octroyés pour réparer un dommage moral en matière de responsabilité civile extracontractuelle, laisse une impression de confusion et de désordre, tant au plan terminologique qu'au plan conceptuel. Dommage moral, préjudice extrapatrimonial, dommage non pécuniaire, préjudice moral: autant de termes qui rendent impossible une synthèse des chefs de préjudice. C'est finalement à l'analyse des raisons de cette confusion, aux formes qu'elle prend, aux moyens déployés par les juristes pour, sinon la surmonter, du moins la contenir, que la présente thèse est consacrée. Malgré cette confusion et ce désordre, un constat général d'homogénéité et de stabilité des discours judiciaire et juridique sur le préjudice extrapatrimonial peut d'abord être tracé. Le dommage moral et le préjudice extrapatrimonial (les deux étant couramment assimilés) sont réputés difficilement réparables. Afin de contenir l'arbitraire et la subjectivité qui caractérisent le préjudice extrapatrimonial...

Preconceito na enfermagem: percepção de enfermeiros formados em diferentes décadas; Prejudice in nursing: perception of nurses educated in different decades; Prejuicios en enfermería: percepción de enfermeros formados en diferentes décadas

JESUS, Elaine dos Santos; MARQUES, Leona Rei; ASSIS, Luana Conceição Fortes; ALVES, Taisy Becerra; FREITAS, Genival Fernández de; OGUISSO, Taka
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
Trata-se de estudo qualitativo, de natureza histórico-social, que teve como objetivos: conhecer e compreender as percepções de um grupo de enfermeiros, formados em diferentes décadas, acerca do preconceito e formas de enfrentamento, envolvendo a escolha da profissão, no período de formação universitária ou no exercício profissional. Utilizou-se a História Oral de Vida e a análise de conteúdo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da EEUSP. Desvelaram-se as seguintes categorias dos discursos dos sujeitos: manifestações de preconceito face à escolha profissional; preconceito percebido durante a graduação em enfermagem; as vivências profissionais acerca do preconceito. Em relação às formas de enfrentamento, os colaboradores disseram ser importante a divulgação do que é a enfermagem, bem como atuação com competência e o trabalho em equipe. Este estudo contribuiu para a compreensão das formas de enfrentamento das situações consideradas preconceituosas, possibilitando, assim, buscar estratégias de reconhecimento social e a valorização da profissão.; The objective of this qualitative study, of a historical-social nature, was to learn and understand the perceptions of a group of nurses...

Política e sentidos da palavra preconceito : uma história no pensamento social brasileiro na primeira metade do Século XX; Politics and sense of the word prejudice : a history in the brazilian social thought in the first middle of twenty century

Carolina de Paula Machado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.3%
Na escrita de quatro importantes obras das Ciências Sociais do início do século XX, a palavra preconceito adquire sentidos específicos em cada uma delas, sentidos constituídos no funcionamento enunciativo, que é político e histórico. Nossa tese se inscreve na área da Semântica do Acontecimento na qual a análise de sentidos é considerada a partir do acontecimento enunciativo (GUIMARÃES, 2002). Também, são mobilizados alguns conceitos da Análise de Discurso francesa, a partir de trabalhos de Pêcheux (1975; 1988) e Orlandi (1994; 1999). Esta abordagem nos possibilita observar como os autores dessas obras, na primeira metade do século XX, compreendem as relações sociais na construção de um conhecimento sobre a nossa sociedade que serviria de referência para a produção científica que viria depois. Nosso objetivo foi analisar as designações da palavra preconceito nas obras: A evolução do povo brasileiro (1923), de Oliveira Vianna; Casagrande e Senzala (1933), de Gilberto Freyre; Raízes do Brasil (1936), de Sérgio Buarque de Holanda; e Formação do Brasil Contemporâneo (1942), de Caio Prado Júnior. Estas obras abrangem um período de transformação do Brasil, momento em que havia a preocupação do Estado...

Political conservatism, homophobia, and prejudice against trans-gender groups in a sample of university students and graduates in Lima; Conservadorismo político, homofobia, prejuízo para grupos transgender numa amostra de estudantes e graduados universitários de Lima; Conservadurismo político, homofobia y prejuicio hacia grupos transgénero en una muestra de estudiantes y egresados universitarios de Lima

Rottenbacher de Rojas, Jan Marc
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
Objective. This study describes and analyzes the relationship between political ideology, the intolerance of ambiguity, homophobia and prejudice against transgender groups in a sample of university students and graduates from the city of Lima (N = 144). Method. A quantitative descriptive-correlational study was carried out. Spanish translated versions of RWA and SDO scales were used. Also were used an adapted version of MSTAT-II (Tolerance of Ambiguity Scale) and a version of the Modern Homophobia Scale (MHS) validated for university students in the city of Lima. Results. A direct relationship was found between RWA, SDO, intolerance of ambiguity, homophobia and prejudice against certain transgender groups (transvestites and transsexuals). A multiple linear regression model suggests that RWA and intolerance of ambiguity, combined, could be applicable predictors of homophobic attitudes. Conclusion. Based on the results, it is possible to verify that there is a relationship between psychological variables that express a conservative political ideology and prejudice towards homosexuals and transgender groups, to the extent they could be considered by the most conservative individuals as very ambiguous social stimuli.; Escopo. Este estudo descreve e analisa a relação entre ideologia política...

Cinema, religion and literature : revisiting, recreating and reshaping Jane Austen's Pride and Prejudice as a 21st century comedy

Oliveira, Dudlei Floriano de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
As obras de Jane Austen são extremamente populares tanto entre leitores comuns e estudiosos de literatura desde a época em que foram publicados, no início do século XIX até os dias de hoje. Tamanha popularidade foi responsável por inúmeras obras de arte, especialmente na literatura e no cinema, que foram ou implicitamente ou explicitamente influenciados pela obra de Austen. Um de seus romances mais adaptados é Orgulho e Preconceito, talvez seu romance mais lido, estudado e adaptado. Um dos motivos para tal apreciação é provavelmente resultado dos valores morais que Jane Austen expõe em seus romances. Estes valores, mesmo duzentos anos mais tarde, permanecem importantes e de grande valor, especialmente na era pós-moderna, quando o excesso de liberdade e alternativas parecem deixar a humanidade mais desprovida de um suporte seguro na vida. Esta é a razão que permite um fã de Austen encontrar na religião um possível diálogo, onde, em um mundo cheio de incertezas, certos códigos morais são as certezas a que alguém pode se segurar. Em 2003, Andrew Black dirigiu o filme Pride and Prejudice: a latter-day comedy1, uma transposição moderna do romance de Austen, no qual os personagens vão à igreja e estudam em uma universidade religiosa. Meu trabalho busca estabelecer uma relação entre o livro de Jane Austen...

Discrimination and prejudice as violence factors and docent attitudes as promotion factor of school resilience; Discriminação e preconceito como fatores de violência e atitudes docentes como fator de promoção de resiliência na escola

Scriptori, Carmen Campoy; Centro Universitário Moura Lacerda de Ribeirão Preto, Ribeirão Preto, São Paulo; Borges Junior, Jair Fortunato; Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e da Secretaria Municipal de Educação de Ribeirão Preto, São
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.08%
The relation between social prejudice, violence and human promotion has been an academic, political and popular discussion theme but still presents itself distant of pointing one or more solutions to this problem that appears to be increasing, leaving victims along the way. With this article we seek to reflect on the factors that interfere in the construction of the subject, specifically the promotion of resilience in the subject, for an ethnic and racial afro-descendant background. For that we search to establish the possible relations between the resilience factors and teaching action, inside an educational system that, in large scale, reproduces the racial prejudice, already so stigmatized by Brazilian society. We used a qualitative and exploratory survey, of the “ex post facto” kind, as methodological approach, with case study, by open interview based on the piagetian clinical-critical method. We did a literature review to confirm the existence of racial prejudice in the public educational system and support theoretically some of the concepts in this sense. We observed that the literature about resilience in education in Brazil is still scarce and we did not find any works related specifically to resilience among afro-descendant students. The analysis of data has allowed us to infer that when a subject is immensely impaired by the circumstances in the mean one can transcend such injures...

Prejudice in nursing: perception of nurses educated in different decades; Preconceito na enfermagem: percepção de enfermeiros formados em diferentes décadas; Prejuicios en enfermería: percepción de enfermeros formados en diferentes décadas

Jesus, Elaine dos Santos; Marques, Leona Rei; Assis, Luana Conceição Fortes; Alves, Taisy Becerra; Freitas, Genival Fernández de; Oguisso, Taka
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
Trata-se de estudo qualitativo, de natureza histórico-social, que teve como objetivos: conhecer e compreender as percepções de um grupo de enfermeiros, formados em diferentes décadas, acerca do preconceito e formas de enfrentamento, envolvendo a escolha da profissão, no período de formação universitária ou no exercício profissional. Utilizou-se a História Oral de Vida e a análise de conteúdo. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da EEUSP. Desvelaram-se as seguintes categorias dos discursos dos sujeitos: manifestações de preconceito face à escolha profissional; preconceito percebido durante a graduação em enfermagem; as vivências profissionais acerca do preconceito. Em relação às formas de enfrentamento, os colaboradores disseram ser importante a divulgação do que é a enfermagem, bem como atuação com competência e o trabalho em equipe. Este estudo contribuiu para a compreensão das formas de enfrentamento das situações consideradas preconceituosas, possibilitando, assim, buscar estratégias de reconhecimento social e a valorização da profissão.; Se trata de un estudio cualitativo, de naturaleza histórico-social, que tuvo como objetivos conocer y comprender las percepciones de un grupo de enfermeros formados en diferentes décadas...

Preconceito de marca etnografia e relações raciais; Prejudice based on appearance ethnography and racial relations

Cavalcanti, Maria Laura Viveiros de Castro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
Este artigo analisa a noção de preconceito de marca proposta por Oracy Nogueira para a compreensão do racismo brasileiro. É, ao mesmo tempo uma forma de classificação social baseada na aparência racial e uma forma de discriminação na qual o sistema social pretere a população de cor, ao invés de excluí-la e concebê-la como um grupo em separado. Esse tipo de preconceito racial é contraposto ao preconceito de origem, característico do racismo desenvolvido pela sociedade norte-americana. O artigo examina o contexto intelectual de produção dessa noção, chamando atenção para a importante presença da tradição etnográfica, de cunho antropológico, na formação em ciências sociais propiciada pela Escola Livre de Sociologia e Política (São Paulo) nas décadas de 1940-1950. Enfatiza também a originalidade e atualidade dessa noção, que sugere a visão do racismo como um sistema cultural.; This paper analyses the notion of prejudice based on appearance developed by Oracy Nogueira for the understanding of Brazilian racism. Prejudice based on appearance indicates a form of social classification based on racial stereotypes which is at the same time a form of discrimination. As such, it implies a social system that permanently delays colored people's social opportunities...

O preconceito sexual internalizado por homossexuais masculinos; El Prejuicio Sexual Internalizado por Homosexuales Masculinos; Internalized prejudice in male homosexuals

Nunan, Adriana; PUC-Rio; Jablonski, Bernardo; PUC-Rio; Féres-Carneiro, Terezinha; PUC-Rio
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.2%
Despite the emergence, in the last decades, of a wide range of studies related to homosexuality, little has been produced on the subject of internalized prejudice. Based on an articulation between social psychology and psychoanalytical concepts, as well as existing literature on the subject, this article investigates internalized prejudice, defined as an acceptance by homosexuals of society’s negative attitudes regarding homosexuality. Such an acceptance, results in negative feelings towards oneself – mainly shame and guilt of being gay or of experiencing same-sex desire. We strive to relate internalized prejudice with its major clinical manifestations, as well as some of the defense mechanisms used by male homosexuals (denial, reactive formation, rationalization and passing). We conclude the article by raising some issues concerning the reduction of internalized prejudice. Keywords: internalized prejudice; male homosexuality; clinical manifestations.  ; Apesar do surgimento, nas últimas décadas, de uma vasta gama de estudos relacionados à homossexualidade, pouco foi produzido sobre o tema do preconceito internalizado. Tendo como base uma articulação entre conceitos oriundos da psicologia social e da psicanálise...

Value Correlates of Religious Prejudice: a study in a public state school; Correlatos Valorativos do Preconceito Religioso: Um Estudo em uma Escola Pública Estadual

Aquino, Thiago Antonio Avellar; UFPB; Gouveia, Valdiney; UFPB; da Silva, Joilson Pereira; UFS; da Silva, Diego Messias; UFPB
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.15%
O objetivo do presente estudo foi conhecer em que medida e direção os valores humanos se correlacionam com o preconceito religioso. Porém, previamente demandou-se construir e conhecer evidências de validade da Escala de Tolerância Religiosa (ETR). Participaram da pesquisa 200 estudantes do ensino médio de uma escola pública de João Pessoa (PB), com idade média de 17 anos (dp = 2,12), a maioria do sexo feminino (58%). Estes responderam a ETR, o Questionário dos Valores Básicos e perguntas demográficas. Os resultados indicaram correlação negativa entre as subfunções valorativas experimentação e suprapessoal com as pontuações do fator geral de preconceito religioso. Por outro lado, observou-se correlação positiva entre estas pontuações e a frequência com que os jovens participavam de atividades de sua igreja. Estes resultados foram discutidos levando em conta a concepção clássica do preconceito, destacando a importância da teoria funcionalista dos valores para explicá-lo. Finalmente, ressalta-se a importância do ensino religioso como uma alternativa para amenizar este tipo de preconceito.; This study aimed to understand the extent and direction of the human values are correlated with religious prejudice. However...