Página 1 dos resultados de 4614 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Felipressina aumenta pressão arterial durante procedimento odontológico em pacientes hipertensos; Felypressin increases blood pressure during dental procedures in hypertensive patients

Bronzo, Ana Lúcia Aparecida; Cardoso Jr., Crivaldo Gomes; Ortega, Kátia Coelho; Mion Jr, Décio
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
FUNDAMENTO: A felipressina foi adicionada ao anestésico local para aumentar a duração do efeito anestésico e reduzir a toxicidade nos procedimentos dentários. No entanto, o efeito sobre a pressão arterial é incerta, e isso pode ser altamente relevante no tratamento dentário de pacientes hipertensos. OBJETIVO: Investigar o efeito da felipressina sobre a pressão arterial em pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. MÉTODOS: Foram estudados 71 indivíduos com essas características e com necessidade de tratamento periodontal. Após 10 minutos de repouso, a anestesia local (prilocaína) foi infiltrada com e sem adição de felipressina. Em seguida, uma raspagem subgengival profunda foi realizada. A pressão arterial foi medida por um equipamento oscilométrico automático (DIXTAL DX2010). Dez minutos após a administração do anestésico, o pico de ação anestésica foi gravado. O Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE) foi utilizado para avaliar o traço de ansiedade nos pacientes. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica aumentou após a anestesia, independentemente da associação com felipressina, durante todo o procedimento dentário (p < 0,05), e essa resposta pode ser explicada, pelo menos em parte...

A influência do peso ao nascer sobre a pressão arterial e a composição corporal em crianças; The influence of birth weight on blood pressure and body composition of children.

Pereira, Joilane Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
Introdução: Estudos epidemiologicos sugerem que a exposicao intra-uterina a agravos como desnutricao, hiperglicemia ou hipercortisolemia durante periodos criticos do desenvolvimento leva a alteracoes metabolicas e endocrinas que persistem na vida adulta, fenomeno denominado de Programação Fetal das Doenças. Objetivos: Avaliar a relacao entre peso ao nascer (PN) com os valores atuais de pressao arterial, medidas antropometricas e de composicao corporal. Métodos: Estudo de coorte retrospectivo utilizando dados de RONDO (2003) em Jundiai-SP. No seguimento da coorte, avaliou-se 472 criancas, atualmente com idade de 5 a 8 anos. Avaliacoes clinicas consistiram em: medida de pressao arterial (PA), peso (P) e estatura (E) e dosagens bioquimicas: colesterol total (CT), LDL colesterol (LDLc) e HDL colesterol (HDLc) e triglicerides(TG). A composicao corporal foi avaliada pela prega cutanea triciptal (PCT) e subescapular (PCS), circunferencia braquial (CB) e da cintura (CC), area gordurosa do braco (AGB) e area muscular do braco (AMB) e indice de massa corporal para a idade (IMC). Avaliaram-se as condicoes socioeconomicas e demograficas em entrevista domiciliar. Para determinacao de associacao entre variaveis continuas, utilizou-se o teste de Correlacao de Pearson. Para variaveis categoricas...

Uso da monitoração residencial da pressão arterial (MRPA) na avaliação do controle de hipertensos, após implementação de programa educativo, em unidades básicas de saúde; Use of the home blood pressure measurement (HBPM) in the evaluation of the control of hypertensive patients, after implementation of educative program, in health basic units

Colósimo, Flávia Cortez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.61%
Introdução: A hipertensão arterial apresenta controle insatisfatório em todo o mundo, fazendo-se necessária a busca de estratégias que incrementem seu controle. Neste contexto inserem-se a educação em saúde e a medida residencial da pressão arterial. Objetivos: Identificar o controle da hipertensão arterial em Unidades Básicas de Saúde antes e após implementação de programa educativo aos hipertensos; comparar o controle obtido pela medida casual com o controle pela medida residencial; e associar o controle com as demais variáveis do estudo. Casuística e Método: O estudo foi realizado com hipertensos de duas Unidades Básicas de Saúde da região oeste da cidade de São Paulo divididos em dois grupos, um que participou de programa educativo em hipertensão (grupo I) e outro que não participou (grupo II). A pressão arterial foi verificada antes e depois do programa educativo na unidade de saúde por enfermeiro e na residência pelo próprio paciente. Utilizou-se para medida da pressão arterial aparelho automático validado (OMROM-HEM 705 CP). O nível de significância adotado foi de 0,05. Resultados: Foram estudados 82 hipertensos com as seguintes características: sexo feminino (56,1%), cor branca (63,0%), com companheiro (68...

Sobrecarga salinas cronica em ratos Wistar eleva a pressão arterial e aumenta o metabolismo da glicose, sem modificar a sensibilidade a insulina; Sobrecarga salina cronica em ratos wistar eleva a pressao arterial e aumenta o metabolismo da glicose, sem modificar a sensibilidade a insulina

Lima, Nereida Kilza da Costa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/1995 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Durante o processo de envelhecimento humano, há aumento da pressão arterial e da prevalência de distúrbios do metabolismo de carboidratos, tais como: resistência à ação da insulina na captação de glicose, intolerância à glicose e diabetes mellitus tipo II. Questiona-se a existência de uma associação de causaefeito entre hipertensão arterial e resistência à insulina ou se apenas há concomitância eventual entre os dois fenômenos, com potencial ação amplificadora de um sobre o outro. Por outro lado, sabendo-se que o sal participa do aumento pressórico com a idade, torna-se importante o conhecimento de seu papel na sensibilidade à insulina durante o envelhecimento. O objetivo deste estudo, portanto, foi avaliar o papel do sal na pressão arterial, metabolismo da glicose e resistência à insulina durante o envelhecimento de ratos. Utilizaram-se ratos Wistar machos que foram submetidos, logo após o desmame, à dieta hipossódica (0,15% de NaCl) ou hipersódica (7,94% de NaCl) mantidas até 72 semanas de idade. Em um subgrupo de animais em cada dieta, procedeu-se à inversão das mesmas após 48 semanas de vida. Em animais jovens e idosos, procedeu-se à medida da pressão arterial, peso, massa renal e ventricular esquerda...

Uso da medida da pressão em casa como estratégia de controle da pressão arterial de um grupo de hipertensos  de Peruíbe - SP; Use of home blood pressure measurement as a control strategy in a group of hypertensive patients from Peruibe SP

Silva, Giane Christina Alves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
Introdução: a falta de controle dos hipertensos tem sido um desafio para os profissionais de saúde, e a medida da pressão em casa pode ser um recurso para aumentar o controle da pressão arterial. Realizou-se um estudo para avaliar o efeito do uso da medida da pressão em casa no controle da pressão arterial em um grupo de hipertensos. Objetivos: avaliar o efeito do uso da medida da pressão em casa no controle da pressão arterial em grupo de hipertensos do Município de Peruibe SP. Objetivos específicos: 1- comparar o controle da pressão arterial dos hipertensos submetidos à medida da pressão em casa; 2- avaliar o controle da pressão arterial dos hipertensos, considerando a monitorização residencial da pressão (MRPA) como método de avaliação pré e pós-medida da pressão em casa; 3- identificar associações entre o controle da pressão arterial com as variáveis biopsicossociais, hábitos de vida, comportamentos e atitudes frente à doença e tratamento; 4- avaliar adesão ao tratamento utilizando o questionário Fatores Dificultadores da Adesão (FDA) e o teste de Morisky e Green. Casuística e Método: pesquisa de campo, longitudinal, pareada com abordagem quantitativa. Os participantes realizaram a medida da pressão arterial em consultório no início e final do estudo. A medida da pressão em casa foi realizada com aparelho automático...

Avaliação do comportamento da pressão arterial em pacientes transplantados renais através de três métodos de mensuração; Evaluation of the blood pressure im kidney transplantation using three methods of measurement

Agena, Fabiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
A hipertensão arterial apresenta alta prevalência entre os receptores de transplante renal sendo considerada um fator de risco cardiovascular importante influenciando na sobrevida do paciente e do enxerto. O objetivo principal deste estudo foi comparar se o controle da pressão arterial nos pacientes transplantados renais por meio da utilização de monitorização residencial da pressão arterial é mais comparável ao resultado da monitorização ambulatorial da pressão arterial quando comparada à medida da pressão arterial de consultório. No período de março de 2008 a abril de 2009, foram avaliados prospectivamente 183 pacientes transplantados renais, com tempo de transplante de 1 a 10 anos. Os pacientes foram submetidos a três métodos de medida de pressão arterial (PA): medida de pressão arterial em consultório, monitorização residencial da pressão arterial (MRPA), e monitorização ambulatorial da pressão arterial (MAPA). Foram avaliados 183 pacientes, dentre eles 94 eram homens (54 %) e 89 mulheres (46 %). A idade média foi de 50 ± 11 anos. O tempo de transplante médio foi de 57 ± 32 meses. Noventa e nove pacientes receberam enxertos de doadores falecidos (54 %) e 84 foram receptores de doadores vivos (46 %). Quando avaliados usando a medida de PA obtida em consultório...

Comportamento da pressão arterial como indicador de estresse entre profissionais de enfermagem atuantes em Centro de Terapia Intensiva; Blood pressure behavior as an indicator of stress among nursing professionals working in intensive care units

Girão, Fernanda Berchelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
O estresse é entendido como o produto da relação do homem com o meio ambiente. Um evento estressor pode desencadear um conjunto de reações fisiológicas capazes de levar ao desequilíbrio do organismo. Os serviços de saúde proporcionam condições de trabalho reconhecidamente tensiógenas. O trabalho da equipe de enfermagem em Centro de Terapia Intensiva se revela potencialmente estressante e os profissionais podem apresentar risco acentuado para sofrer desgastes biopsíquicos, com alteração de parâmetros fisiológicos e consequente elevação tensional. A detecção das variações de pressão arterial e de outros parâmetros hemodinâmicos ao longo dos períodos de trabalho e de descanso pode ser de extrema valia na detecção do risco cardiovascular nesta população. Este estudo de abordagem quantitativa, do tipo descritivo e transversal, teve por objetivo identificar o efeito do estresse laboral sobre o comportamento da pressão arterial de profissionais de enfermagem atuantes em um Centro de Terapia Intensiva por meio da avaliação de parâmetros clínicos obtidos pela Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial. Fizeram parte da amostra os integrantes da equipe de enfermagem lotados no Centro de Terapia Intensiva de um hospital do interior paulista. As variáveis investigadas foram: idade...

Intervenção Educativa sobre a Medida Indireta da Pressão Arterial por profissionais de enfermagem: uma proposta para a segurança do paciente; Educational Intervention On Indirect Blood Pressure Measurement By Nursing Professionals: a proposition for patient safety

Machado, Juliana Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.61%
O diagnóstico, controle e prevenção das doenças cardiovasculares, dentre elas a Hipertensão Arterial, dependem obrigatoriamente da obtenção de valores de pressão arterial precisos. Para isso, é fundamental que a medida da pressão arterial seja realizada de maneira correta, padronizada e com aparelhos calibrados, para subsidiar condutas multidisciplinares assertivas e garantir a segurança do paciente. A literatura traz evidências de que o conhecimento dos profissionais de saúde está aquém das recomendações de diretrizes, e a prática nem sempre cumpre todas as etapas da técnica. Estudos sugerem que esse problema pode estar relacionado à formação profissional, com evidências de falhas no conhecimento teórico e prático entre estudantes da área da saúde. Por outro lado, exige-se do profissional, principalmente em Terapia Intensiva, conhecimentos e habilidades complexas, que incluem manuseio de equipamentos, materiais e medicamentos de alto custo, o que por vezes, se traduz em sobrecarga de trabalho, e execução de rotinas de forma automatizada. Partindo da hipótese de que uma intervenção educativa pode melhorar o conhecimento, e assim, favorecer a prática isenta de erros, o presente estudo avaliou o efeito de uma intervenção educativa sobre o conhecimento teórico e prático de profissionais de enfermagem (n=31) de Unidade Coronariana...

Eficácia da monitorização residencial da pressão arterial no controle da hipertensão : um ensaio clínico randomizado com monitorização ambulatorial da pressão arterial

Silva, André Luis Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Título: Eficácia da monitorização residencial da pressão arterial no controle da hipertensão: um ensaio clínico randomizado com monitorização ambulatorial da pressão arterial Introdução: A hipertensão arterial é o principal fator de risco para doenças cardiovasculares e sua prevalência é elevada tanto nos países desenvolvidos quanto naqueles em desenvolvimento. Apesar da existência de opções terapêuticas farmacológicas e não farmacológicas eficazes, as taxas de controle da hipertensão arterial ainda são insatisfatórias em todo o mundo. A má-adesão à prescrição terapêutica é um fenômeno complexo e pouco compreendido que contribui para as baixas taxas de controle da hipertensão. Diferentes estratégias foram testadas em ensaios clínicos com o objetivo de melhorar a adesão terapêutica, com resultados variados. No entanto, o panorama geral da adesão à medicação anti-hipertensiva não mudou significativamente. A monitorização residencial da pressão arterial (MRPA) com dispositivos oscilométricos automáticos tem sido proposta como um instrumento capaz de melhorar a adesão e influenciar no controle da hipertensão, mas seu real efeito ainda é debatido. Objetivo: avaliar a eficácia da MRPA no controle terapêutico (aferido por MAPA de 24h) de pacientes hipertensos não controlados...

Associação entre diferentes parâmetros de variabilidade da pressão sistólica fornecidos pela monitorização ambulatorial de pressão arterial (mapa) e o índice tornozelo-braquial

Wittke, Estefania Inez
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.67%
Introdução: Tem sido demonstrada uma associação entre a variabilidade da pressão arterial avaliada por diferentes índices e lesão em órgão-alvo, independentemente dos valores de pressão arterial. O índice tornozelo-braquial (ITB) é útil no diagnóstico de doença arterial oclusiva periférica, sendo reconhecido como marcador de aterosclerose sistêmica. Objetivo: Avaliar a associação entre três diferentes métodos de estimar a variabilidade da pressão arterial sistólica (taxa de variação da pressão no tempo - índice "time-rate", coeficiente de variabilidade, desvio padrão das médias da pressão arterial sistólica de 24 horas) e o índice tornozelo-braquial (ITB). Métodos: Em um estudo transversal, pacientes atendidos no ambulatório de hipertensão realizaram medida de ITB e Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial de 24 horas (MAPA). Três parâmetros de variabilidade foram avaliados: o índice "time-rate" definido como a primeira derivada da pressão arterial sistólica em relação ao tempo; desvio padrão (DP) das médias da pressão arterial sistólica (PAS) de 24 horas e coeficiente de variabilidade (CV=DP/média pressóricaX100%). O ITB aferido por doppler foi obtido pela razão entre a maior pressão arterial sistólica do tornozelo ou pediosa e a maior pressão sistólica dos braços. O ponto de corte para o diagnóstico de doença arterial periférica foi ITB <= 0...

Monitorização ambulatorial da pressão arterial em portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica com dessaturação no sono; Ambulatory Blood Pressure Monitoring in Patients with Chronic Obstructive Pulmonary Disease with Sleep Desaturation

Aidar, Neila Anders
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2008.; Introdução: A hipoxemia no período de sono pode alterar a pressão arterial por mecanismo de ativação simpática. Poucos estudos mostram as variações da pressão arterial em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e dessaturação no sono não causada por apnéia. Objetivos: Analisar variações da pressão arterial em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica e dessaturação no sono, não causada por apnéia. Métodos: Treze pacientes com DPOC foram submetidos à espirometria, gasometria arterial, polissonografia e MAPA de 24 horas para avaliar as variações pressóricas. Quatorze pacientes não portadores de DPOC ( grupo controle), foram submetidos à espirometria, oximetria diurna, noturna e monitorização ambulatorial da pressão arterial de 24 horas. As análises da pressão arterial foram feitas tanto na vigília quanto no sono. Os dois grupos foram constituídos por pacientes sem antecedentes hipertensivos e não portadores de hipertensão de consultório. Resultados: Os dois grupos eram semelhantes em relação à idade, altura, peso e índice de massa corporal. Houve diferença significativa (p < 0...

Medição da pressão arterial em canídeos e felinos

Arvela, Sofia Coelho
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 31/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Neste trabalho realizou-se um estudo sobre as metodologias disponíveis para avaliação da pressão arterial em canídeos e em felinos, focando aquelas metodologias exequíveis na prática clínica de forma a obter a pressão arterial de animais conscientes de uma forma rápida e prática. Realizaram-se 87 medições de pressão arterial em canídeos e felinos, incluindo animais doentes e saudáveis utilizando um aparelho oscilométrico: “PetMAP”. Os valores de pressão arterial sistólica, média e diastólica alcançados para animais saudáveis da espécie canina foram 180,73 (+/- 28,04); 124,03 (+/- 20,13) e 95,59 (+/- 17,63) respetivamente. Para animais saudáveis da espécie felina foram 166,25 (+/- 28,38); 126,36 (+/- 22,82) e 105,45 (+/- 21,04) respetivamente. O estudo da relação da pressão arterial com fatores que a influenciam demonstrou que na espécie canina é o peso que provoca variações no valor da pressão arterial enquanto que na espécie felina é a idade. Conclui-se que apesar deste tipo de aparelhos de medição indireta sobrevalorizarem ou subestimarem o valor real da pressão arterial, constituem uma ferramenta de trabalho importante para a obtenção de dados fiáveis acerca do animal alvo de medição...

Monitores automáticos de pressão arterial: avaliação de três modelos em voluntárias

Imbelloni,Luiz Eduardo; Beato,Lúcia; Tolentino,Ana Paula; Souza,Dulcimar Donizete de; Cordeiro,José Antônio
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
66.66%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Desde 1903 a monitorização da pressão arterial tem sido realizada por método não invasivo, com esfigmomanômetro ou aparelhos automáticos não invasivos. Um dos problemas da medida da pressão arterial não invasiva é considerar a variação da pressão arterial com o método utilizado. O método oscilométrico de medida da pressão arterial avalia a pressão arterial durante a deflação do manguito. Dificuldades da medida da pressão arterial pelo método oscilométrico podem acontecer por: tamanho inadequado do manguito, incorreta aplicação do manguito, faltas não detectadas pelo manguito e conectores, movimento do braço, estado de choque e compressão vascular proximal ao manguito. Este estudo avaliou a confiabilidade dos aparelhos nas medidas da pressão arterial pelo método não invasivo em cinco medidas com três aparelhos diferentes. MÉTODO: Foi avaliada a pressão arterial em 60 voluntárias com idades entre 20 e 40 anos no período das 7 às 11 horas da manhã, na posição sentada de um dia normal de trabalho. A medida da pressão arterial constou de cinco aferições com intervalo de 2 minutos. Foram estudados três aparelhos automáticos de medida da pressão arterial. Nenhuma paciente era obesa...

Felipressina aumenta pressão arterial durante procedimento odontológico em pacientes hipertensos

Bronzo,Ana Lúcia Aparecida; Cardoso Jr.,Crivaldo Gomes; Ortega,Kátia Coelho; Mion Jr,Décio
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
FUNDAMENTO: A felipressina foi adicionada ao anestésico local para aumentar a duração do efeito anestésico e reduzir a toxicidade nos procedimentos dentários. No entanto, o efeito sobre a pressão arterial é incerta, e isso pode ser altamente relevante no tratamento dentário de pacientes hipertensos. OBJETIVO: Investigar o efeito da felipressina sobre a pressão arterial em pacientes hipertensos com pressão arterial controlada. MÉTODOS: Foram estudados 71 indivíduos com essas características e com necessidade de tratamento periodontal. Após 10 minutos de repouso, a anestesia local (prilocaína) foi infiltrada com e sem adição de felipressina. Em seguida, uma raspagem subgengival profunda foi realizada. A pressão arterial foi medida por um equipamento oscilométrico automático (DIXTAL DX2010). Dez minutos após a administração do anestésico, o pico de ação anestésica foi gravado. O Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE) foi utilizado para avaliar o traço de ansiedade nos pacientes. RESULTADOS: A pressão arterial sistólica aumentou após a anestesia, independentemente da associação com felipressina, durante todo o procedimento dentário (p < 0,05), e essa resposta pode ser explicada, pelo menos em parte...

Velocidade da onda de pulso, pressão arterial e adipocitocinas em adultos jovens: estudo do Rio de Janeiro

Pizzi,Oswaldo Luiz; Brandão,Andréa Araujo; Pozzan,Roberto; Magalhães,Maria Eliane Campos; Campana,Erika Maria Gonçalves; Fonseca,Flavia Lopes; Freitas,Elizabete Viana de; Brandão,Ayrton Pires
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
FUNDAMENTO: Dados sobre a avaliação não invasiva vascular e suas relações com variáveis de risco cardiovascular são escassos em jovens. OBJETIVO: Avaliar a relação entre a velocidade de onda de pulso e a pressão arterial,variáveis antropométricas e metabólicas, incluindo as adipocitocinas, em indivíduos adultos jovens. MÉTODOS: Foram avaliados 96 indivíduos (51 homens) do estudo do Rio de Janeiro, de 26 a 35 anos (média 30,09 ± 1,92). Foram obtidos a velocidade de onda de pulso (método Complior), pressão arterial, índice de massa corporal, glicose, perfil lipídico, leptina, insulina, adiponectina e o índice de resistência à insulina HOMA-IR. Os indivíduos foram estratificados em três grupos segundo o tercil da VOP para cada sexo. RESULTADOS: O grupo com maior tercil de VOP mostrou maiores médias de pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão arterial média, índice de massa corporal, insulina, HOMA-IR e menores médias de adiponectina, além de maiores prevalências de diabetes mellitus/intolerância à glicose e hiperinsulinemia. Houve correlação significativa e positiva da velocidade da onda de pulso com pressão arterial sistólica, pressão arterial diastólica, pressão de pulso e pressão arterial média...

Efeitos da suplementação de potássio via sal de cozinha sobre a pressão arterial e a resistência à insulina em pacientes obesos hipertensos em uso de diuréticos

Pereira,Maria Alice de Gouveia; Galvão,Roberto; Zanella,Maria Teresa
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
OBJETIVO: Avaliar os efeitos da suplementação de potássio, por intermédio do sal de cozinha contendo cloreto de potássio, associada à dieta hipocalórica e à atividade física aeróbica, sobre a pressão arterial e índices de resistência à insulina em pacientes hipertensos com obesidade abdominal. MÉTODOS: Estudo prospectivo duplo-cego, randomizado, em 22 pacientes hipertensos com excesso de peso (índice de massa corporal >27kg/m²) e controle insatisfatório da pressão arterial durante o uso de diuréticos pressão arterial sistólica >140 e <160mmHg e/ou pressão arterial diastólica >90 e <105mmHg. O estudo teve duração de 12 semanas, durante as quais, os pacientes, divididos em dois grupos (grupo sal normal, n=10; grupo sal de potássio, n=12), receberam sal contendo 100% de cloreto de sódio, ou sal contendo 50% de cloreto de sódio e 50% de cloreto de potássio. No início e ao final do estudo, os pacientes foram submetidos à determinação do índice de massa corporal, da circunferência da cintura, dos níveis séricos e da excreção urinária de sódio e potássio, à monitorização ambulatorial da pressão arterial nas 24 horas, ao teste oral de tolerância à glicose com determinação dos níveis séricos de insulina em jejum e aos 120 minutos...

Dança de salão: respostas crônicas na pressão arterial de hipertensos medicados

Guidarini,Fernanda Christina de Souza; Schenkel,Isabel de Castro; Kessler,Victor Carvalho; Benedetti,Tânia Rosane Bertoldo; Carvalho,Tales de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
A importância da prática de exercícios físicos para portadores de hipertensão arterial sistêmica está bem estabelecida na literatura, entretanto, a Dança de Salão, neste contexto, tem sido pouco explorada. O objetivo do estudo foi verificar o efeito crônico da prática de dança de salão sobre a pressão arterial sistêmica de hipertensos medicados. Considerou-se como amostra o número de medidas obtidas da pressão arterial dos pacientes durante a participação no programa de dança. Assim, 92 medidas da pressão arterial foram realizadas, sendo divididas em quatro grupos: 1) pressão arterial sistólica pré-programa; 2) pressão arterial sistólica pós-programa; 3) pressão arterial diastólica pré-programa e; 4) pressão arterial diastólica pós-programa. Utilizaram-se esfigmomanômetro de coluna de mercúrio e estetoscópio. Considerou-se o protocolo de mensuração da Diretriz Brasileira. A pressão arterial foi aferida antes e após cada sessão de dança. Os 23 hipertensos medicados estudados tinham idade média de 62,5±7 anos e 34,8% eram do sexo masculino. Quarenta sessões de dança foram realizadas, três vezes/semana, com duração de uma hora/sessão. O valor médio da pressão arterial sistólica pré-programa foi de 131...

Competências e habilidades de graduandos e docentes de Enfermagem na medida de pressão arterial; Competencies and skills of graduates and teachers in blood pressure measurement

Gabriela Marchiori Carmo Azzolin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.67%
INTRODUÇÃO: A hipertensão arterial é um grave problema de saúde pública, que atinge cerca de 600 milhões de pessoas e constitui um dos fatores de risco de maiores morbidade e mortalidade mundiais. A medida de pressão arterial tem sido algo preocupante em pesquisas já realizadas em serviços de saúde, pois sua operacionalização esbarra em muitas dificuldades dentro da prática clínica. Sabe-se o quanto a técnica de medida de Pressão Arterial (PA) apurada é necessária para diagnosticar a Hipertensão Arterial (HA), pois, apesar de ser um procedimento fácil, há necessidade de que os profissionais sejam criteriosos em sua aplicação, executando-o de maneira adequada. A aquisição de competências e habilidades relacionadas a essa técnica durante a graduação é fundamental, já que a mesma é presente no cotidiano do processo de trabalho do enfermeiro. OBJETIVOS: avaliar o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à medida auscultatória de pressão arterial na visão de docentes e discentes de uma universidade pública do interior paulista e analisar a colaboração de cada disciplina no desenvolvimento de habilidades e competências para a realização da medida de pressão arterial, conforme expresso em seus programas de ensino; verificar como os docentes avaliam as competências e as habilidades dos estudantes...

Pressão arterial elevada em crianças e adolescentes com excesso de peso; High blood pressure in overweight children and adolescents

Noronha, Juliana Andreia Fernandes; Ramos, Luiz Correia; Ramos, Alessandra Teixeira; Cardoso, Maria Aparecida Alves; Carvalho, Danielle Franklin de; Medeiros, Carla Campos Muniz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
OBJECTIVE: to evaluate the prevalence of high blood pressure in fat or overweight children and adolescents and its associated factors. METHODS: Cross-sectional study including 200 children and adolescents between two and 18 years old. It was measured the abdominal circumference, blood pressure, weight and height. The systolic and diastolic blood pressure were considered high when equal or higher than 90th percentile. The value of the blood pressure in the 25th, 50th and 75th percentiles were described according to age groups, sex, nutritional state and abdominal circumference. To check the association between high blood pressure and clinical variables it was used qui-square tests and a significant level of 5%. RESULTS: The majority of children and adolescents (70.5 %) had high blood pressure: 6% showed an increase only in the systolic blood pressure, 33% in diastolic blood pressure and 31.5 % in both. Systolic blood pressure values were higher observed in individuals with severe obesity and increased waist circumference, as well as those of the male sex and in the group of adolescents. Among those who had high blood pressure, the normal maximum limit of the systolic blood pressure was observed in the 50th percentile and for the diastolic in the 75th percentile. The high systolic blood pressure was associated with adolescents with severe obesity. CONCLUSION: The high prevalence of high blood pressure observed in this study indicates the need to implement policies and actions oriented towards the prevention and control of obesity and its co-morbidities...

Dança de salão: respostas crônicas na pressão arterial de hipertensos medicados; Ballroom dance: chronic responses on blood pressure in medicated hypertensives

Guidarini, Fernanda Christina de Souza; Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brazil.; Schenkel, Isabel de Castro; Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brazil.; Kessler, Victor Carvalho; Universidade do Est
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por Pares",; Descriptive; Avaliado por Pares; Descritivo Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1980-0037.2013v15n2p155 A importância da prática de exercícios físicos para portadores de hipertensão arterial sistêmica está bem estabelecida na literatura, entretanto, a Dança de Salão, neste contexto, tem sido pouco explorada. O objetivo do estudo foi verificar o efeito crônico da prática de dança de salão sobre a pressão arterial sistêmica de hipertensos medicados. Considerou-se como amostra o número de medidas obtidas da pressão arterial dos pacientes durante a participação no programa de dança. Assim, 92 medidas da pressão arterial foram realizadas, sendo divididas em quatro grupos: 1) pressão arterial sistólica pré-programa; 2) pressão arterial sistólica pós-programa; 3) pressão arterial diastólica pré-programa e; 4) pressão arterial diastólica pós-programa. Utilizaram-se esfigmomanômetro de coluna de mercúrio e estetoscópio. Considerou-se o protocolo de mensuração da Diretriz Brasileira. A pressão arterial foi aferida antes e após cada sessão de dança. Os 23 hipertensos medicados estudados tinham idade média de 62,5±7 anos e 34,8% eram do sexo masculino. Quarenta sessões de dança foram realizadas, três vezes/semana, com duração de uma hora/sessão. O valor médio da pressão arterial sistólica pré-programa foi de 131...