Página 1 dos resultados de 956 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Relationship between occurrence of mastitis pathogens in dairy cattle herds and raw-milk indicators of hygienic-sanitary quality

SOUTO, Luís Ivan Martinhão; MINAGAWA, Clarice Yukari; TELLES, Evelise Oliveira; GARBUGLIO, Márcio Augusto; AMAKU, Marcos; DIAS, Ricardo Augusto; SAKATA, Sônia Tatsumi; BENITES, Nilson Roberti
Fonte: London Publicador: London
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
Mastitis is an inflammation of the mammary glands and in most cases it is caused by the presence of microorganisms. High mastitis rates in dairy cattle herds can cause an increase in total microorganism counts of bulk tank milk. The present paper was aimed at verifying whether the occurrence of mastitis in dairy cattle herds is reflected in raw-milk indicators of hygienic-sanitary quality. To observe the correlation among the analysed variables, we performed a logarithmical transformation (log10) of different indicator counts of raw milk and compared them with the occurrence of mastitis in dairy cattle herds. Few correlations were observed among mastitis cases in dairy cattle herds and the raw-milk indicators of hygienic-sanitary quality. We observed a negative correlation between the log10 of mesophilic aerobic plate counts and psychotropic aerobic plate counts when compared with the occurrence of no bacterial growth. The log10 of thermophilic aerobic plate counts and yeasts and mould aerobic plate counts presented a positive correlation with the cases of infectious mastitis and mastitis caused by Staphylococcus spp; CNPq 141536/2002-0; FAPESP 03/04785-0

RESISTÊNCIA DE FUNGOS FILAMENTOSOS E LEVEDURAS ISOLADOS DE LEITE CRU BOVINO À PASTEURIZAÇÃO E FERVURA; RESISTANCE OF MOULDS AND YEASTS ISOLATED FROM BOVINE RAW MILK TO PASTEURIZATION AND BOILING; RESISTENCIA DE HONGOS FILAMENTOSOS Y DE LEVADURAS AISLADOS DE LA LECHE CRUDA BOVINA A LA PASTERIZACIÓN Y A LA EBULLICIÓN

RUZ-PERES, Monica; BENITES, Nilson Roberti; YOKOYA, Eugenio; MELVILLE, Priscilla Anne
Fonte: Botucatu Publicador: Botucatu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.55%
Este trabalho teve como objetivo a avaliação da resistência à pasteurização e fervura de fungos filamentosos e leveduras isolados de leite cru bovino de rebanhos leiteiros. Foram avaliados um total de 27 fungos filamentosos (05 Mucor spp., 02 Aspergillus spp., 07 Chrysosporium sp., 05 Acremonium spp., 08 Penicillium spp.) e 275 leveduras (05 Aureobasidium sp., 50 Candida krusei, 22 Candida parapsilosis, 23 Candida kefyr, 03 Candida albicans, 40 Candida guilliermondii, 14 Candida lusitaniae, 36 Candida tropicalis, 33 Rhodotorula spp., 35 Geotrichum spp., 14 Trichosporon spp.). As estirpes estudadas foram originalmente isoladas de amostras de leite cru bovino oriundas de 50 tanques de refrigeração e 10 latões de propriedades leiteiras, bem como de 10 latões de transportadores e distribuidores que armazenavam e comercializavam diretamente ao consumidor o leite obtido das propriedades produtoras. A pasteurização rápida foi o procedimento no qual houve maior índice de resistência (72,18%) por parte das estirpes de leveduras e fungos filamentosos submetidos ao teste, seguida pela fervura (15,89%) e pasteurização lenta (0,99%). Deve-se atentar para a possibilidade da persistência de fungos no leite pasteurizado e fervido...

Occurrence of Staphylococcus aureus in raw milk produced in dairy farms in São Paulo state, Brazil

FAGUNDES, Helena; BARCHESI, Luciana; NADER FILHO, Antonio; FERREIRA, Luciano Menezes; OLIVEIRA, Carlos Augusto Fernandes
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
The objective of the present study was to evaluate the occurrence of Staphylococcus aureus in milk produced in 37 farms located in the regions of Ribeirão Preto and São Carlos, state of São Paulo, Brazil. Two-hundred and eight samples of milk from individual cows showing subclinical mastitis, and 37 samples of bulk tank milk were analyzed. S. aureus strains were detected in 18 (7.3%) milk samples: 14 (6.7%) from samples of individual cows, and 4 (10.8%) from bulk tank milk. Two individual milk samples (14.3%) and two bulk milk samples contained enterotoxigenic S. aureus. PFGE analysis revealed the genetic heterogeneity of the strains isolated from raw milk, which presented to 13 S. aureus patterns. Results confirmed the potential transmission of staphylococcal food poisoning to consumers via milk of cows affected by subclinical mastitis, mainly when raw milk is ingested.; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Correlation between mastitis occurrence and the count of microorganisms in bulk raw milk of bovine dairy herds in four selective culture media

SOUTO, Luis I. M.; MINAGAWA, Clarice Y.; TELLES, Evelise O.; GARBUGLIO, Marcio A.; AMAKU, Marcos; MELVILLE, Priscilla A.; DIAS, Ricardo A.; SAKATA, Sonia T.; BENITES, Nilson R.
Fonte: CAMBRIDGE UNIV PRESS Publicador: CAMBRIDGE UNIV PRESS
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.59%
Milk is the normal secretion of the mammary gland, practically free of colostrum and obtained by the complete milking of oil(? or more healthy animals. Mastitis is all inflammatory process of the mammary gland and it may cause alterations in the milk. The present work aimed to verify whether it is possible, by means of the counts of microorganism in the bulk raw milk ill four selective culture media, to establish a correlation with the occurrence of mastitis and therefore, to monitor this disease in bovine dairy herds. The following selective culture media were Used: KF Streptococcus Agar, Edwards Agar, Baird-Parker Agar, Blood Agar plus potassium tellurite. Spearman`s correlation coefficient was calculated in order to compare the Occurrence of mastitis (percentage) in each herd with respective selective culture media counts of microorganisms in bulk raw milk. Thirty-six possibilities were analysed (Tamis and CMT-positive rates were compared with the log-transformed count in four selective Culture media) and there was a negative correlation between Tamis 3 and the Baird-Parker Agar plate count. The total results of microbiological tests showed that there were three correlations of the counts in selective culture media. Fifty-two possibilities were analysed and there was a negative correlation between no-bacteria I-growth mastitis rates and log(10) of KF Streptoccocus Agar plate Count and there were two positive correlations between coagulase-positive staphylococci and log(10) of Baird-Parker Agar plate count and Blood Agar plus potassium tellurite plate count.; National Council for Scientific and Technological Development (Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnologico-CNPQ); State of Sao Paulo Research Fundation (Fundacao de Amparo a Pesquisa do Estado de Sao Paulo-FAPESP)[ndegrees 141536/2002-0 e]; State of Sao Paulo Research Fundation (Fundacao de Amparo a Pesquisa do Estado de Sao Paulo-FAPESP)[ndegrees 03/04785-0]

"Listeria monocytogenes e Salmonella spp. em leite cru produzido em quatro regiões leiteiras no Brasil: ocorrência e fatores que interferem na sua detecção" ; Listeria monocytogenes and Salmonella spp. in raw milk produced in four milk-producing regions in Brazil: occurrence and factors that interfere in their detection

Nero, Luis Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.75%
O Brasil tem uma grande produção leiteira, e, embora seu comércio seja ilegal, o leite cru é consumido por uma parcela da população, principalmente na zona rural. Visando avaliar o risco associado ao consumo de leite cru, esse trabalho estudou a ocorrência de Listeria monocytogenes e Salmonella spp. em leite cru produzido em quatro importantes regiões produtoras de leite do Brasil, fazendo uma correlação com os níveis de contaminação com outros microrganismos indicadores de qualidade do produto (bactérias aeróbias mesófilas totais, coliformes totais e Escherichia coli), bem como investigou a presença de substancias químicas empregadas no manejo do gado bovino (sanitizantes, antibióticos e defensivos agrícolas). Foi também avaliada a interferência de alguns fatores na detecção desses dois patógenos em leite cru, incluindo sensibilidade da metodologia analítica, possível ação inibitória dos resíduos químicos e o possível antagonismo microbiano da microbiota autóctone do leite sobre L. monocytogenes ou Salmonella spp. O estudo foi conduzido com amostras de leite cru obtidas em 210 fazendas leiteiras localizadas nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, selecionadas de acordo com as diferentes práticas de ordenha e de equipamentos disponíveis. Os resultados indicaram ausência dos dois patógenos em todas as amostras estudadas...

Associação entre o índice de mastite em rebanhos bovinos leiteiros e a qualidade microbiológica do leite cru no Estado de São Paulo, Brasil; Association between mastitis rate in bovine dairy herd and the raw milk microbiological quality in São Paulo State, Brazil

Souto, Luís Ivan Martinhão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
O objetivo deste trabalho foi verificar as possíveis correlações entre os índices de mastite e a qualidade microbiológica do leite cru, em 36 propriedades com atividade exploratória leiteira, no Estado de São Paulo, Brasil. Examinou-se 4662 quartos mamários de 1180 animais em lactação para se verificar a presença de mastite pelos Testes de Caneca de Fundo Escuro e CMT, e coletou-se uma amostra de cada quarto mamário positivo em pelo menos um dos testes para exame microbiológico. Para se avaliar a qualidade microbiológica do leite cru, coletou-se uma amostra de cada propriedade e fez-se a Contagem de microrganismos mesófilos aeróbios facultativos viáveis, Contagem de microrganismos psicrotróficos aeróbios facultativos viáveis, Contagem de microrganismos termófilos aeróbios facultativos viáveis, Contagem de Enterococcus spp., Contagem de Stapylococcus spp., Contagem de Streptococcus spp., Contagem de Corynebacterium spp., Contagem de bolores e leveduras, Número Mais Provável de coliformes totais e Número Mais Provável de coliformes fecais. Aplicou-se teste de Correlação de Pearson e Regressão Linear. Para comparação entre os índices de mastite, a melhor correlação foi entre o índice de resultados positivos ao teste CMT e os casos de mastite por causa infecciosa (r = 0...

Prevalência de Listeria monocytogenes, coliformes totais e Escherichia coli em leite cru refrigerado e ambiente de ordenha de propriedades leiteiras do Estado de São Paulo; Prevalence of Listeria monocytogenes, total coliforms and Escherichia coli in raw milk and milking environment from dairy farms of São Paulo State

Camargo, Tarsila Mendes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.74%
A cadeia produtiva do leite pode favorecer a contaminação por Listeria monocytogenes bem como outras espécies de Listeria sp, e o leite cru pode servir de fonte de contaminação para a indústria e subprodutos. Fatores como saúde do animal, ordenhador, boas práticas de manejo e limpeza adequada de equipamentos e utensílios garantem um leite de melhor qualidade e com baixa contagem de coliformes. A refrigeração do leite é um aspecto importante implementado pela IN 51, na qual o leite cru deve permanecer a 4ºC na propriedade leiteira em tanques ou a 7ºC em latões, porém a esta temperatura pode ocorrer a proliferação de microrganismos psicrotróficos como as espécies de Listeria sp. Três Regiões A, B e C com 25 propriedades fornecedoras de leite para cada região foram caracterizadas por meio da aplicação de um questionário e avaliadas quanto à presença de Listeria monocytogenes, coliformes totais e E. coli em leite cru e avaliadas quanto a presença de Listeria sp em ambiente de ordenha. Foram avaliadas 287 amostras de leite cru, 10 Mechas de Moore e 49 amostras ambientais. As análises foram feitas de acordo com protocolo preconizado pelo FDA descrito no Bacteriological Analitycal Manual (BAM), com enriquecimento em BLEB e plaqueamento em meios Oxford e ALOA. A confirmação dos isolados foi feita em Kit Api Listeria. Das 75 fazendas estudadas...

Ocorrência de Aflatoxina M1 em leite cru de três mesorregiões produtoras do Estado de São Paulo e sua correlação com parâmetros de qualidade do leite; Occurrence of aflatoxin M1 in raw milk samples from three producers mesoregions of São Paulo State and its correlation with quality parameters of milk

Santili, Ana Beatriz Nappi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.61%
A aflatoxina M1 (AFM1) é um metabólito hidroxilado da aflatoxina B1 (AFB1), e é detectada no leite, após a ingestão de alimentos contaminados com a AFB1. Foram avaliadas durante o período de dez meses (julho/2009 a abril/2010): a ocorrência de AFM1 em leite bovino cru, produzido em 45 fazendas de três mesorregiões produtoras de leite do Estado de São Paulo (Araçatuba, Bauru e Vale do Paraíba); a variação da contaminação entre as mesorregiões produtoras; e a correlação da concentração de AFM1 com parâmetros de qualidade (contagem bacteriana total e contagem de células somáticas) e composição (teores de gordura, proteína, lactose e sólidos totais). A análise de AFM1 foi realizada empregando-se coluna de imunoafinidade para purificação associada à cromatografia líquida de alta eficiência, com detector de fluorescência. Os valores do limite de detecção e de quantificação foram 0,003 µg L-1 e 0,01 µg L-1, respectivamente. A recuperação média da metodologia avaliada com amostras artificialmente contaminada em três concentrações (0,04, 0,1 e 0,2 µg L-1) foi 83%. A AFM1 foi detectada em 210 (49%) das 429 amostras analisadas numa faixa de concentração de traços a 0,617 µg L-1 com média de 0...

Avaliação da contaminação por aflatoxina M1 em leite cru e leite UHT; Evaluation of aflatoxin M1 contamination in raw milk and UHTmilk

Weigel, Michele
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.56%
A aflatoxina M1 (AFM1) é um metabólito tóxico resultante da biotransformação da aflatoxina B1 e pode ser secretada no leite de animais que ingerem alimentos contaminados com esta última. Considerando os efeitos adversos que podem ocorrer devido à ingestão do produto contaminado e visto que as crianças, maiores consumidoras deste alimento, são potencialmente mais sensíveis que os adultos aos efeitos desta micotoxina, a avaliação da presença de AFM1 no leite se faz necessária. Durante o período de março a novembro de 2006 foram analisadas 48 amostras de leite cru provenientes de 8 propriedades fornecedoras de leite para uma Cooperativa de Leite da Serra Gaúcha e 80 amostras de leite UHT, provenientes de 7 marcas distintas, comercializadas em Porto Alegre (RS). A metodologia empregada na análise de aflatoxina M1 envolveu partição líquido-líquido na etapa de extração, uso de coluna de sílica gel na etapa de purificação e Cromatografia em Camada Delgada para a detecção. O limite de detecção foi de 10 ng e a avaliação da eficiência do método apresentou valor de 86% no teste de recuperação. Nas condições de trabalho e pelo método utilizado nenhuma das amostras analisadas foi positiva para a presença de AFM1...

Diversity and enzyme production by yeasts isolated from raw milk in southern Brazil

Dorneles, Andreia Spanamberg; Hartfelder, Claudia Cecília; Fuentefria, Alexandre Meneghello; Silva, Patrícia Valente da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
O leite in natura é geralmente considerado um meio ideal para o crescimento de muitos microorganismos devido a sua riqueza nutritiva. Apesar de haver numerosos relatos da ocorrência de leveduras em produtos lácteos em todo o mundo, poucos tentaram determinar a diversidade desses microorganismos em amostras de leite in natura, principalmente no Brasil. Trinta e seis amostras foram coletadas de vinte e cinco produtores localizados em diferentes municípios do Rio Grande do Sul, durante um período de cinco meses. Um total de oitenta isolados foram obtidos e identificados de acordo com a metodologia convencional. Desses, 63 cepas corresponderam a leveduras verdadeiras (51 com afinidade ascomicética e 12 com basidiomicética) e 17 isolados foram reconhecidos como fungos semelhantes a leveduras. A distribuição das leveduras foi desigual entre os produtores analisados. As leveduras mais freqüentes isoladas neste estudo pertencem aos gêneros Kluyveromyces, Rhodotorula, Candida, Geotrichum e Trichosporon. A alta frequência de isolamento de Geotrichum e Trichosporon a partir do leite in natura é preocupante. Cerca de 79% dos nossos isolados foram lipolíticos, enquanto apenas 6% foram proteolíticos. Apesar de não ser esperado que esses microorganismos sobrevivam aos tratamentos de pasteurização / esterilização empregados durante o processamento do leite...

Occurrence of Staphylococcus aureus in raw milk produced in dairy farms in São Paulo state, Brazil

Fagundes, Helena; Barchesi, Luciana; Nader Filho, Antonio; Ferreira, Luciano Menezes; Oliveira, Carlos Augusto Fernandes
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 376-380
Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); The objective of the present study was to evaluate the occurrence of Staphylococcus aureus in milk produced in 37 farms located in the regions of Ribeirão Preto and São Carlos, state of São Paulo, Brazil. Two-hundred and eight samples of milk from individual cows showing subclinical mastitis, and 37 samples of bulk tank milk were analyzed. S. aureus strains were detected in 18 (7.3%) milk samples: 14 (6.7%) from samples of individual cows, and 4 (10.8%) from bulk tank milk. Two individual milk samples (14.3%) and two bulk milk samples contained enterotoxigenic S. aureus. PFGE analysis revealed the genetic heterogeneity of the strains isolated from raw milk, which presented to 13 S. aureus patterns. Results confirmed the potential transmission of staphylococcal food poisoning to consumers via milk of cows affected by subclinical mastitis, mainly when raw milk is ingested.

Efeito do tempo de armazenamento do leite cru e da temperatura de esticagem do leite pasteurizado sobre sua vida de prateleira.; Effects of raw milk storage time and pasteurized milk storage temperature on milk shelflife.

Gustavo Braga Sanvido
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.83%
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito do tempo de armazenamento do leite cru e da temperatura de estocagem do leite pasteurizado sobre sua qualidade físicoquímica, microbiológica e vida de prateleira. Para cada experimento utilizouse 150 litros de leite cru que foram divididos em 3 latões de 50 litros armazenados por 0, 4 ou 7 dias a 5 ± 1ºC antes da pasteurização. Durante o armazenamento refrigerado, amostras de leite cru foram avaliadas quando a presença de resíduos de antibióticos, contagem de células somáticas, pH, acidez, densidade, extrato seco total, gordura, nitrogênio total e solúvel em pH 4,6 e em TCA 24%, coliformes a 3035 ºC e a 45ºC e a contagem dos seguintes microorganismos: aeróbios mesófilos, psicrotróficos, Pseudomonas spp., termodúricos mesófilos e psicrotróficos, esporos mesófilos e psicrotróficos. Após o período de armazenamento refrigerado o leite foi pasteurizado (7275 ºC/1520 segundos), refrigerado (5±1ºC) e envasado em embalagens plásticas de polietileno, as quais foram divididas em dois lotes e estocadas a 5±1ºC ou a 10±1ºC. Durante o armazenamento refrigerado amostras dos leites pasteurizados foram avaliadas para as mesmas características, excetuandose contagem de células somáticas e a presença de resíduos de antibióticos e incluindose os testes de eficiência de pasteurização (peroxidase e fosfatase) e a pesquisa de Salmonela spp. O final da vida de prateleira do leite pasteurizado foi estabelecido como sendo o primeiro dia em que as amostras apresentassem contagem total de microorganismos mesófilos aeróbios superior a 8 x 10 4 UFC/mL. O experimento completo foi repetido três vezes e o delineamento experimental utilizado foi o Splitsplitplot com três fatores. Durante o armazenamento refrigerado do leite cru observouse o aumento significativo da proteólise...

Influência da variação da temperatura de armazenamento de leite cru na vida de prateleira de leite UHT em embalagem flexível e estocagem sob luz; Influence of raw milk storage temperature on the shelf-life of flexible packaged UHT milk and its storage under light

Milena Olivieri Lisita
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.73%
Leite cru foi armazenado por tres dias sob tres temperaturas (3, 7 e 10oC) para a utilizacao em processamento de leite longa vida (ou UHT ¿ ultra high temperature) em embalagem flexivel, de polietileno de baixa densidade (PEBD). Tambem foi produzido leite UHT com leite cru da ordenha do dia (amostra controle), totalizando, portanto, 4 tratamentos. Os lotes de leite UHT foram estocados no escuro a temperatura ambiente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influencia da temperatura de armazenamento do leite cru sobre sua qualidade, e a qualidade e vida de prateleira do leite UHT com ele produzido. Foi verificado maior desenvolvimento bacteriano, de mesofilos e psicrotroficos aerobios e Pseudomonas spp., no leite cru armazenado a 10°C/ 3 dias quando comparados aos armazenados a 3 e 7°C pelo mesmo periodo de tempo. Da mesma forma, o leite UHT produzido a partir de leite cru que foi armazenado por 3 dias a 10oC, apresentou maiores extensoes de lipolise, possivelmente pela maior atividade enzimatica das enzimas termorresistentes de psicrotroficos. Não houve aumento de viscosidade. Na oitava semana de estocagem, todos os lotes de leite UHT, inclusive o controle feito com leite fresco, foram rejeitados pelos provadores atraves dos atributos de sabor e impressao global. Concluiu-se que o leite UHT em embalagem flexivel produzido a partir de leite cru refrigerado de boa qualidade e armazenado por tres dias antes do processamento...

Genetic heterogeneity of Escherichia coli strains isolated from raw milk, Minas Frescal cheese, and food handlers

Campos,M.R.H.; André,M.C.D.P.B.; Borges,L.J.; Kipnis,A.; Pimenta,F.C.; Serafini,A.B.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
From February 2004 to March 2005, 140 samples of food handlers - hands and nostrils - (92), raw milk (24), and minas frescal cheese (24) were analyzed for the presence of Escherichia coli in a dairy processing plant of Goiás State. Forty-seven E. coli strains were obtained and compared by DNA macrorestriction patterns obtained from pulsed-field gel electrophoresis following XbaI restriction in order to investigate the possible sources of cheese contaminations. Based on PFGE genotyping, one strain isolated from food the hands of a handler and five strains isolated from raw milk were identical or closely related to six strains from cheese suggesting, in these cases, the probable source of E. coli contamination in cheeses. No strain isolated from the nostrils was related to those found in cheeses or milk strains. The results showed high diversity among the strains, demonstrating a lack of predominance of an endemic clone in the dairy plant. This paper highlights the usefulness of PFGE as an epidemiological tool for determining the source of E. coli contamination in the food industry.

Detection of cheese whey in raw milk preserved with bronopol® through high performance liquid chromatography

Lasmar,M.M.; Leite,M.O.; Fonseca,L.M.; Souza,M.R.; Cerqueira,M.M.O.P.; Penna,C.F.A.M.; Couto,C.N.B.; Ferreira,J.M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
High performance liquid chromatography was used in order to detect cheese whey in samples of raw milk preserved with Bronopol®. Six samples were collected and divided in 45 aliquots of 40mL. From these, 15 were used as control and stored frozen, 15 were added with Bronopol® and stored at 7ºC, and the other 15 were added with Bronopol® and stored at 30ºC. In all groups, five levels of cheese whey addition (0, 2, 5, 10, and 20%) were tested. The samples were submitted to high performance liquid chromatography on the 2nd, 4th, and 8th days of storage. A completely random design was used, following the factorial scheme (5x3x3) and the results were compared through the non-parametric Kruskal-Wallis test. There was no difference among the treatments (P>0.05), which allows the conclusion that raw milk preserved with Bronopol® may be used for the determination of cheese whey addition in milk through high performance liquid chromatography.

Influence of somatic cell count and total bacterial counts of raw milk in cheese yield using small-scale methodology

Silva,N.M.A.; Bastos,L.P.F.; Oliveira,D.L.S.; Oliveira,M.C.P.P.; Fonseca,L.M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
The objectives of this study were to evaluate the influence of SCC and TBC of raw milk in cheese yield, using a reduced scale method, and to evaluate theoretical prediction of cheese yield. 270 samples of raw milk were split into three SCC levels (below 200,000; 200,000-750,000; above 750,000 SC/mL) and three TBC levels (below 100,000; 100,000-750,000; above 750,000 CFU/mL). Raw milk samples were submitted to compositional analysis (fat, protein, lactose, total solids and SNF content), SCC, TBC, freezing point and pH. The production of the small-scale cheese was conducted according to the method developed at Cornell University (Melilli et al., 2002). Cheese whey samples were submitted to compositional analysis (fat, total protein, true protein, lactose, total solids and SNF content) and SCC. The increase in the SCC of raw milk resulted in increased protein loss in cheese whey. High SCC (above 200,000 SC/mL) in milk samples was correlated to reduced dry matter yield. There was no effect of TBC in cheese yield in the experimental conditions used. There was a high correlation between the theoretical yield values and the yield values predicted by the small-scale method, indicating that this method is appropriate for cheese yield prediction.

Occurrence of Staphylococcus aureus in raw milk produced in dairy farms in São Paulo state, Brazil

Fagundes,Helena; Barchesi,Luciana; Nader Filho,Antonio; Ferreira,Luciano Menezes; Oliveira,Carlos Augusto Fernandes
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.64%
The objective of the present study was to evaluate the occurrence of Staphylococcus aureus in milk produced in 37 farms located in the regions of Ribeirão Preto and São Carlos, state of São Paulo, Brazil. Two-hundred and eight samples of milk from individual cows showing subclinical mastitis, and 37 samples of bulk tank milk were analyzed. S. aureus strains were detected in 18 (7.3%) milk samples: 14 (6.7%) from samples of individual cows, and 4 (10.8%) from bulk tank milk. Two individual milk samples (14.3%) and two bulk milk samples contained enterotoxigenic S. aureus. PFGE analysis revealed the genetic heterogeneity of the strains isolated from raw milk, which presented to 13 S. aureus patterns. Results confirmed the potential transmission of staphylococcal food poisoning to consumers via milk of cows affected by subclinical mastitis, mainly when raw milk is ingested.

Milk-deteriorating exoenzymes from Pseudomonas fluorescens 041 isolated from refrigerated raw milk

Martins,Maurilio L.; Pinto,Uelinton M.; Riedel,Katharina; Vanetti,Maria C.D.
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.57%
The practice of refrigerating raw milk at the farm has provided a selective advantage for psychrotrophic bacteria that produce heat-stable proteases and lipases causing severe quality problems to the dairy industry. In this work, a protease (AprX) and a lipase (LipM) produced by Pseudomonas fluorescens 041, a highly proteolytic and lipolytic strain isolated from raw milk obtained from a Brazilian farm, have been purified and characterized. Both enzymes were purified as recombinant proteins from Escherichia coli. The AprX metalloprotease exhibited activity in a broad temperature range, including refrigeration, with a maximum activity at 37 °C. It was active in a pH range of 4.0 to 9.0. This protease had maximum activity with the substrates casein and gelatin in the presence of Ca+2. The LipM lipase had a maximum activity at 25 °C and a broad pH optimum ranging from 7.0 to 10. It exhibited the highest activity, in the presence of Ca+2, on substrates with long-chain fatty acid residues. These results confirm the spoilage potential of strain 041 in milk due to, at least in part, these two enzymes. The work highlights the importance of studies of this kind with strains isolated in Brazil, which has a recent history on the implementation of the cold chain at the dairy farm.

INFLUÊNCIA DOS TIPOS DE ORDENHA, TRANSPORTE E TEMPO DE ARMAZENAMENTO NA QUALIDADE DO LEITE CRU REFRIGERADO DA REGIÃO SUDOESTE DO ESTADO DE GOIÁS; Influence of the milking types, transport and storage time in the cooled raw milk quality of the goiano southwest

SILVA, Marco Antônio Pereira da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.5%
The objective of the research were evaluate cooled raw milk gotten in dairy properties of the Southwest Goiano in the periods rainy and dry of 2008. The samples were collected of individual producers where the storage in bulk tanks were carried for until 72 hours, with 24-hour intervals. Somatic cells count, total bacterial count and centesimal composition were carried in the Laboratório de Qualidade do Leite of the Centro de Pesquisa em Alimentos of the Escola de Veterinária of the Universidade Federal de Goiás. The microbiological analysis and titratable acidity were carried in the Laboratories of the Unidade de Agroindústria of the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Campus Rio Verde GO. Data were submitted to the variance analysis and the analyzed factors were: period, type of milking and storage time, in entirely casualized delineation and factorial arrangement 2 x 2 x 4. The comparison of period and type of milking was carried through by means of test F of the variance analysis. The storage time was analyzed by means of regression models. Software SISVAR was used for analysis. The results of the physical-chemical composition were in accordance with the legislation. The total bacterial count of cooled raw milk to the 24 hours of storage was above of the limit of the legislation. The count of psychrotrophic...

Isolamento e caracterização de microrganismos em leite cru refrigerado e leite UHT no estado de Goiás e desenvolvimento de filme ativo antimicrobiano para inibição de Bacillus sporothermodurans; Isolation and characterization of microorganisms in refrigerated raw milk and UHT milk in the state of Goias and development of antimicrobial active film for inhibition of Bacillus sporothermodurans

PEREIRA, Flavio Evans Vilela
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência e Tecnologia de Alimentos; Ciencias Agrárias - Agronomia
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.65%
Raw milk is a natural culture medium for the microbial growth and easy deterioration, because of that, thermal processing is needed as soon as possible. A new technology has been used to improve the food quality, active packaging, such as antimicrobial films, wich the intention to control the microbial growth in the products. The aim of this study was to evaluate the UHT milk quality produced in Goiás State, isolation and identification of Bacillus sporothermodurans, beside create a antimicrobial film for inhibition of this microrganism high heat resistance spore former. The isolation of psychrotrophic in raw milk was used PCA with incubation at 21 °C for 72h. To evaluate the UHT milk has been doing research on aerobic mesophilic in PCA with incubation at 30 °C for 72h and to thermoresistents microrganisms was in ABHI with incubation at 35 °C for 48h. The identification of isolates was performed according to convetional methods of biochemistry identification. From raw milk, the psychrotrophic microrganisms most isolates were Staphylococcus sp. and Corynebacterium sp., both with 21,5% from 70 isolates, verifying a higher contauge of Gram-positive microrganisms (82,85%). Considering the 157 UHT isolates, just 31 were identified as Gram-positive microrganisms through biochemical tests...