Página 1 dos resultados de 1328 itens digitais encontrados em 0.018 segundos

Roturas retinianas em retinocoroidite por toxoplasmose: série de casos; Retinal tears in toxoplasmic retinochoroiditis: case series

LUCENA, Daniel da Rocha; RIBEIRO, Augusto Santana; LUCENA, David da Rocha; LUCENA, Anna Lívia Pozzi de; JORGE, Rodrigo
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
95.78%
Trata-se de série retrospectiva de 10 pacientes com rotura retiniana e retinocoroidite por toxoplasmose atendidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, de janeiro de 2007 a abril de 2008, com objetivo de avaliar a relação entre lesões de retinocoroidite e a ocorrência de rotura retiniana. Foram utilizados teste de Fisher e qui-quadrado com nível de significância p<0,05. Oito casos (80%) apresentaram descolamento de retina. Doze roturas foram identificadas, localizando-se principalmente na periferia temporal superior (6 casos, 50%). Não foi observada relação estatisticamente significativa entre localização da rotura e da cicatriz coriorretiniana considerando a distribuição em cinco quadrantes (p=0,0828) ou em três zonas (p=0,2507). A ocorrência de roturas retinianas em pacientes com uveíte posterior pode estar relacionada ao descolamento precoce do vítreo posterior causado pelo processo inflamatório intraocular. Não foi observado neste estudo correlação entre a localização das roturas retinianas e as cicatrizes de coriorretinite, o que sugere um mecanismo não relacionado diretamente à cicatriz.; This study is a retrospective case series aiming to evaluate the relation between toxoplasmic retinochoroiditis scars and the occurrence of retinal tears. Ten patients with retinal tear and toxoplasmic retinochoroiditis examined at the School of Medicine of Ribeirão Preto Clinics Hospital...

Injeção intravítrea de bevacizumab e gás C3F8 para tratamento da hemorragia submacular secundária a degeneração macular relacionada à idade: relato de casos; Intravitreous injection of bevacizumab and C3F8 gas for the treatment of submacular hemorrhage due to age-related macular degeneration: case reports

FERRAZ, Daniel Araújo; BRESSANIM, Gláucio Luciano; MORITA, Celso; TAKAHASHI, Walter Yukihiko
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
95.76%
O objetivo desta série de casos foi demonstrar se a aplicação de bevacizumab e gás perfluoropropano (C3F8) intravítreos beneficiariam o deslocamento da hemorragia sub-retiniana dos pacientes com degeneração macular relacionada à idade. Foi realizada uma série retrospectiva de 5 olhos que tinham recebido injeção intravítrea simultânea de bevacizumab e C3F8. Os resultados foram medidos pelo grau de deslocamento de sangue sob a fóvea, pela acuidade visual final e pelas complicações intraoperatórias. Na apresentação inicial, a idade média dos pacientes foi de 72,6 ± 8,9 anos e a duração média dos sintomas foi de 13 ± 9,7 dias. Dos 5 pacientes do estudo, 3 (60%) eram homens e 2 (40%) mulheres. O sucesso do deslocamento da hemorragia submacular foi alcançado em 4 pacientes. A média de acuidade visual pré-operatória foi de 1,12 ± 0,34 logMAR e pós-operatório foi de 0,92 ± 0,4 logMAR. Não foram observados nenhum caso de descolamento da retina, endoftalmite, hemorragia vítrea, uveíte, catarata e hipertensão ocular. A injeção intravítrea bevacizumab e C3F8, juntamente com a posição pronada pode ser uma valiosa opção terapêutica nos olhos com degeneração macular relacionada à idade neovascular e hemorragia sub-retiniana a fim de deslocar o sangue para fora da área foveal.; The purpose of this case series is to describe if the intravitreal use of bevacizumab and perfluoropropane gas (C3F8) would be beneficial to the displacement of subretinal hemorrhage in patients with age-related macular degeneration (AMD). A retrospective study of 5 eyes that received concurrent intravitreal injection of bevacizumab and C3F8 was performed. The results were graded according to blood displacement under the fovea...

Repositórios institucionais em universidades : estudo de relatos de casos

Vargas, Graziela Mônaco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
85.94%
Os repositórios institucionais estão convergindo como a mais nova forma de comu-nicação científica. A implantação de repositórios em instituições em todo o mundo é uma realidade que vem complementar a comunicação tradicional por meio das revis-tas científicas. Baseados nos princípios do acesso aberto, permitem o acesso livre, irrestrito e perpétuo aos materiais depositados. Para garantir a interoperabilidade e permitir a busca de seus metadados por sistemas de busca, os repositórios, devem estar de acordo com o protocolo OAI-PMH. Repositórios institucionais têm papel fundamental na era da informação, pois possibilitam à universidade visibilidade, sta-tus, imagem, além de valorizá-la perante a comunidade científica. Os repositórios institucionais quando criados e mantidos pela universidade, são implementados por uma equipe designada pela própria instituição, essa equipe deve realizar o planeja-mento, que pode seguir algumas diretrizes reconhecidas. Tais diretrizes são o foco deste trabalho, que pretende analisar relatos de casos de repositórios institucionais nas instituições de ensino superior, observando as dificuldades, desafios, pontos em comum entre os repositórios e o papel dos bibliotecários e biblioteca no gerencia-mento dos repositórios. Para chegar aos resultados foram selecionadas 17 categori-as para observação dos 12 relatos de casos analisados. Por fim...

Hipertensão intracraniana com manifestações oculares associada ao uso de tetraciclina: relato de caso

Santos,Frederico Xavier dos; Parolin,André; Lindoso,Elissandro Márcio Silva; Santos,Fernando Henrique Xavier; Sousa,Luciene Barbosa de
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
85.75%
Os autores relatam o caso de uma paciente jovem, do sexo feminino, que desenvolveu quadro de hipertensão intracraniana benigna com manifestações oculares em concomitância ao uso de tetraciclina para o tratamento de otite. Esta é uma reação adversa rara deste medicamento, descrito em bula e com alguns relatos de caso em literatura internacional.

Uso de mitomicina C em neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival: modalidades de abordagem - relato de casos

Figueirêdo,Régis Santana de; Figueirêdo,Eugênio Santana de
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
85.8%
São relatados três casos de neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival nos quais a mitomicina C foi utilizada em abordagens distintas de acordo com a situação clínica encontrada. Os pacientes selecionados foram atendidos no Departamento de Oftalmologia da Casa de Saúde Santo Inácio, com diagnóstico clínico e/ou histopatológico de neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival. Com base na apresentação clínica das lesões, utilizou-se a mitomicina C a 0,04% em três abordagens terapêuticas distintas: 1) quimioablação pós-operatória; 2) quimiorredução pré-operatória; e 3) quimioablação isolada. Obteve-se regressão da lesão tumoral nos três casos, sem recorrência em tempo de seguimento variando de 18-29 meses. Hiperemia conjuntival em um dos casos foi a única complicação observada. A mitomicina C mostrou-se eficaz e segura para tratamento de neoplasia intra-epitelial córneo-conjuntival, possibilitando várias abordagens terapêuticas de acordo com as características das lesões.

Granulomatose de Wegener: relatos de casos

Pereira,Ivana Cardoso; Zacharias,Leandro Cabral; Zagui,Roberta; Santo,Ruth; Matayoshi,Suzana
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
A granulomatose de Wegener é descrita como uma tríade de lesões: granuloma necrosante do trato respiratório, vasculite disseminada e glomerulonefrite. Pode ocorrer de maneira sistêmica ou localizada. O envolvimento ocular e orbitário é comum em ambas as formas da doença, estando presente em 50% dos casos. O exame anatomopatológico e o c-ANCA+ foram fundamentais no diagnóstico efetivo da granulomatose de Wegener a despeito do envolvimento sistêmico nos casos apresentados.

Experiência inicial com a ceratoprótese de Dohlman-Doane: relato de casos

Stolz,Andressa Prestes; Kwitko,Sérgio; Pizzol,Melissa Manfroi Dal; Marinho,Diane; Rymer,Samuel
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
85.8%
OBJETIVO: Relatar a evolução de 9 olhos (8 pacientes) submetidos ao implante da ceratoprótese de Dohlman-Doane tipo 1, com tempo médio de seguimento de 11,2 meses (2 a 25 meses). MÉTODOS: Trabalho retrospectivo, não comparativo, intervencionista de uma série de casos. Quanto à doença de base, em 4 olhos foram queimadura alcalina, 3 falência de múltiplos transplantes de córnea, 1 síndrome de Stevens-Johnson e 1 queimadura térmica. A acuidade visual pré-operatória era de movimento de mãos ou pior em todos os olhos. Três olhos apresentavam glaucoma pré-operatório, sendo submetidos a implante valvulado de Ahmed. RESULTADOS: A acuidade visual com correção pós-operatória foi melhor ou igual a 20/100 em 88,9% dos olhos e melhor ou igual a 20/40 em 44,4% dos olhos. Como intercorrências pós-operatórias, 3 olhos apresentaram opacidade de cápsula posterior tratada com capsulotomia com YAG laser; 3 olhos membrana retroprotética de fibrina tratada com injeção tPA ou corticoterapia; 2 olhos glaucoma tratado com medicação; 1 olho "melting" corneano tratado com a troca do botão e 1 olho endoftalmite fúngica tratada com transplante a quente, vitrectomia anterior, explante da ceratoprótese e da LIO e tratamento antifúngico. CONCLUSÃO: A ceratoprótese de Dohlman-Doane é uma boa opção para casos graves de cegueira corneana...

Maculopatia tóxica por antimaláricos: detecção pela tomografia óptica espectral de alta resolução: relato de casos

Biccas Neto,Laurentino; Mesquita,Arthur Silva de
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
85.76%
As drogas antimaláricas, como a cloroquina, são úteis no controle de doenças reumáticas, mas podem causar lesões oculares potencialmente graves como a retinopatia cloroquínica (RC). Neste relato, são descritos os achados à tomografia de coerência óptica convencional e na espectral de alta resolução (HD-OCT) em aparelho CirrusTM HD-OCT de duas pacientes com RC. Em um dos casos, chama a atenção à similaridade entre a imagem de atrofia do epitélio pigmentado retiniano (EPR) na angiofluoresceinografia e a obtida na HD-OCT por segmentação "en -face" (reconstruções coronais). Em outra paciente, com sinais clínicos de maculopatia, mas sem anormalidades na angiofluoresceinografia, os sinais de atrofia do EPR foram também observados nos "scans" da HD-OCT, levantando a possibilidade de que esta técnica possa permitir a detecção precoce desta doença.

Roturas retinianas em retinocoroidite por toxoplasmose: série de casos

Lucena,Daniel da Rocha; Ribeiro,Augusto Santana; Lucena,David da Rocha; Lucena,Anna Lívia Pozzi de; Jorge,Rodrigo
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
85.78%
Trata-se de série retrospectiva de 10 pacientes com rotura retiniana e retinocoroidite por toxoplasmose atendidos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, de janeiro de 2007 a abril de 2008, com objetivo de avaliar a relação entre lesões de retinocoroidite e a ocorrência de rotura retiniana. Foram utilizados teste de Fisher e qui-quadrado com nível de significância p<0,05. Oito casos (80%) apresentaram descolamento de retina. Doze roturas foram identificadas, localizando-se principalmente na periferia temporal superior (6 casos, 50%). Não foi observada relação estatisticamente significativa entre localização da rotura e da cicatriz coriorretiniana considerando a distribuição em cinco quadrantes (p=0,0828) ou em três zonas (p=0,2507). A ocorrência de roturas retinianas em pacientes com uveíte posterior pode estar relacionada ao descolamento precoce do vítreo posterior causado pelo processo inflamatório intraocular. Não foi observado neste estudo correlação entre a localização das roturas retinianas e as cicatrizes de coriorretinite, o que sugere um mecanismo não relacionado diretamente à cicatriz.

Injeção intravítrea de bevacizumab e gás C3F8 para tratamento da hemorragia submacular secundária a degeneração macular relacionada à idade: relato de casos

Ferraz,Daniel Araújo; Bressanim,Gláucio Luciano; Morita,Celso; Takahashi,Walter Yukihiko
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
85.76%
O objetivo desta série de casos foi demonstrar se a aplicação de bevacizumab e gás perfluoropropano (C3F8) intravítreos beneficiariam o deslocamento da hemorragia sub-retiniana dos pacientes com degeneração macular relacionada à idade. Foi realizada uma série retrospectiva de 5 olhos que tinham recebido injeção intravítrea simultânea de bevacizumab e C3F8. Os resultados foram medidos pelo grau de deslocamento de sangue sob a fóvea, pela acuidade visual final e pelas complicações intraoperatórias. Na apresentação inicial, a idade média dos pacientes foi de 72,6 ± 8,9 anos e a duração média dos sintomas foi de 13 ± 9,7 dias. Dos 5 pacientes do estudo, 3 (60%) eram homens e 2 (40%) mulheres. O sucesso do deslocamento da hemorragia submacular foi alcançado em 4 pacientes. A média de acuidade visual pré-operatória foi de 1,12 ± 0,34 logMAR e pós-operatório foi de 0,92 ± 0,4 logMAR. Não foram observados nenhum caso de descolamento da retina, endoftalmite, hemorragia vítrea, uveíte, catarata e hipertensão ocular. A injeção intravítrea bevacizumab e C3F8, juntamente com a posição pronada pode ser uma valiosa opção terapêutica nos olhos com degeneração macular relacionada à idade neovascular e hemorragia sub-retiniana a fim de deslocar o sangue para fora da área foveal.

Neurite óptica bilateral após infecção viral por dengue: relato de casos

Aragão,Ricardo Evangelista Marrocos de; Barreira,Ieda Maria Alexandre; Lima,Livia Nogueira Costa; Rabelo,Leonardo Portela; Pereira,Felipe Bezerra Alves
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
95.87%
Dengue é uma doença viral transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. Apresenta distribuição geográfica bastante ampla, sendo epidêmica em alguns países. A apresentação clínica depende da idade e do estado imunológico do paciente, podendo se apresentar de forma assintomática como, dengue clássica, hemorrágica e até como choque. Têm sido descritas muitas manifestações oculares, entretanto, poucos relatos de manifestações neurológicas causada por dengue. Relatamos dois casos de neurite bilateral pós infecção por dengue. Ambos apresentavam baixa de acuidade visual bilateral, papilite e alterações no campo visual e evoluíram com desaparecimento dos sintomas e sinais espontaneamente sem uso de medicação.

Lesões oculares por Processionária (Thaumetopoea pityocampa Schiff): relatos de casos

Trincão,Francisco Eduardo da Silva; Duarte,Ana Filipa; Magriço,Ana Aires; Maduro,Vítor Santos; Candelária,Pedro Alves Albergaria
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
85.94%
A Processionária (Thaumetopoea pityocampa Schiff), vulgarmente conhecida como "lagarta do pinheiro" é um inseto dos pinheiros e cedros, endêmico em meios rurais mas também em meios urbanos. A toxicidade ocular, rara nas últimas décadas pelo desenvolvimento de métodos de erradicação eficazes, é provocada pelos seus pelos e prevê-se mais frequente com o recrudescimento deste inseto. Revemos a epidemiologia da Processionária e as suas lesões oculares a partir de 3 casos clínicos. Caso 1: Doente de 64 anos recorre ao Serviço de Urgência (SU) com olho direito vermelho e sensação de corpo estranho após prática de jardinagem. A observação revela AVODc: 0,5, erosão epitelial, presença de um filamento no estroma corneano profundo, flare (++) e Tyndall (+++). Caso 2: Doente de 28 anos, recorre ao SU por dor intensa no olho direito acompanhada de hiperemia após contato com lagarta. Apresenta AVODc: 0,6 e Tyndall (+++) com presença de múltiplos filamentos (mais de 20) a diferentes profundidades da córnea. Caso 3: Doente de 26 anos, recorre ao SU por sensação de corpo estranho e lacrimejamento constante no olho direito, após realizar exercícios militares num parque urbano. Apresenta AVODc: 0,3, múltiplas erosões epiteliais puntiformes na metade nasal da córnea que recobriam filamentos de cor laranja e Tyndall (+). Foi instituída terapêutica com corticoide tó­pico e vigilância sintomática a cada um dos casos. A patologia ocular por Processionária decorre da toxicidade dos seus pelos...

Anestesia congênita de córnea: relatos de casos

Lana,Flávia Pelinsari; Oliveira,Renato Correa Souza de; Vieira,Ana Carolina Cabreira; Araújo,Maria Emília Xavier Santos
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.88%
Descrição de nove casos de anestesia congênita de córnea, sendo que desses, seis apresentavam alterações sistêmicas associadas ao quadro ocular. Três pacientes realizaram eletroneuromiografia, um sem alteração ao exame e dois com alteração isolada do ramo oftálmico do nervo trigêmeo bilateralmente. Dois pacientes tinham acuidade visual inicial melhor que 20/60 no início da avaliação e seis tinham acuidade visual final melhor que 20/60 na última visita. Todos foram submetidos a algum tipo de tratamento cirúrgico e evoluíram com opacidades corneana de tamanho variável. O tratamento dos pacientes com anestesia congênita de córnea deve ser realizado o mais precoce possível e de forma rigorosa a fim de evitar danos à transparência corneana. Investigação sistêmica, acompanhamento de perto e preparação familiar para tratamento a longo prazo e multidisciplinar são necessários para preservar a saúde ocular.

Síndrome de Waardenburg: aspectos oftalmológicos e critérios de diagnóstico: relatos de casos

Nasser,Luciano Sólia; Paranaíba,Lívia Maris Ribeiro; Frota,Ana Cláudia; Gomes,Andreia; Versiani,Gisele; Martelli Júnior,Hercílio
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
85.83%
OBJETIVO: Descrever as características clínicas e imaginológicas de duas famílias com a síndrome de Waardenburg, sendo uma do tipo I e outra do tipo II, enfatizando as manifestações oftalmológicas, bem como o padrão de herança genética. MÉTODO: Realizou-se um estudo clínico envolvendo as duas famílias afetadas pela síndrome de Waardenburg, sendo, através dos heredogramas, determinado o padrão de herança genética presente. Também foram realizadas análises oftalmológicas abordando a medida da acuidade visual, a presença de distopia cantorum (telecanto), a avaliação da coloração da íris e o mapeamento de retina, além de exames otológicos e dermatológicos. RESULTADOS: O heredograma da família afetada pela síndrome de Waardenburg tipo I revelou um modo autossômico dominante de transmissão. A condição estava presente em 85,71% dos pacientes. A distopia cantorum foi a alteração mais frequente, seguida pela mecha branca na pele da fronte, hipopigmentação da íris e da retina e surdez neurossensorial. A família com síndrome de Waardenburg tipo II apresentou 33,33% dos familiares com a alteração. Nenhum membro apresentou distopia cantorum e hipopigmentação de íris. Três pacientes apresentaram surdez neurossensorial (12...

Reação anafilática ao corante azul patente durante a biópsia do linfonodo sentinela em câncer de mama inicial: relato de caso

Shinzato,Julia Yoriko; Marcaccini,Ana Carolina Pereira; Braga,Angélica de Fátima de Assunção; Ribeiro,Arneth Rodrigues; Rubio,José Eduardo Marco; Souza,João Paulo Dias de
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
85.83%
A biópsia do linfonodo sentinela no tratamento do câncer de mama vem substituindo a linfadenectomia em casos iniciais. Este tratamento pode ser realizado com o corante azul vital e/ou radiofármaco. Há relatos de reações alérgicas ao corante com diferentes graus de severidade. Relata-se um caso de reação anafilática severa após injeção intradérmica do corante azul patente, em paciente com diagnóstico de carcinoma ductal in situ. O corante azul patente, apesar de facilitar a detecção do linfonodo, apresenta risco de desencadear reações anafilactóides. É necessário que a equipe envolvida tenha preparo para diagnosticar e tratar esta complicação.

Tratamento homeopático da depressão: relato de série de casos

Adler,Ubiratan Cardinalli; Paiva,Nielce Maria de; César,Amarilys de Toledo; Adler,Maristela Schiabel; Molina,Adriana; Calil,Helena Maria
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
95.8%
CONTEXTO: Não há estudos metodologicamente adequados sobre a eficácia da homeopatia na depressão. Relatos de casos clínicos são os primeiros degraus da evidência clínica, a caminho de estudos controlados. OBJETIOS: Relatar resultados preliminares do tratamento homeopático de pacientes com depressão no SUS de Jundiaí. MÉTODOS: Revisão dos prontuários dos casos novos, atendidos entre março e dezembro de 2006. O diagnóstico foi confirmado por entrevista estruturada. Os pacientes receberam homeopatia individualizada e a evolução foi avaliada pela escala de Montgomery & Åsberg (MADRS). RESULTADOS: Foram tratados 15 casos e observou-se resposta terapêutica (redução maior que 50% dos escores de depressão) em 14 pacientes (93%), após uma média de sete semanas de tratamento; um paciente apresentou piora clínica e foi encaminhado ao tratamento convencional. O escore média (± dp) na Escala de Avaliação de Depressão de Montgomery-Åsberg diminuiu de 24,9 (± 5,8) a 9,7 (± 8,2, p < ,0001) na segunda avaliação, resultados mantidos no decorrer da terceira e quarta consultas. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que a homeopatia pode ser uma alternativa terapêutica no tratamento da depressão, mas estudos randomizados e controlados são necessários para se testar a eficácia e segurança do tratamento homeopático dos transtornos depressivos.

Relatos de caso: seu papel em um periódico médico

Gontijo,Bernardo; Rocha,Débora Millard; Flor,Érica Morais
Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Dermatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
96.1%
Os relatos de casos constituem uma velha tradição na literatura médica e, até o advento de formas mais sofisticadas de estudos, reinaram absolutos como forma de publicação. Apesar de suas qualidades inquestionáveis, os relatos de casos perderam parte de sua importância e prestígio. Alguns periódicos médicos de destaque aceitam relatos de casos apenas sob forma de cartas ao editor ou na versão eletrônica, enquanto outros simplesmente não os aceitam de forma alguma. Esse artigo revisa criticamente os aspectos positivos e negativos dos relatos de casos e sua importância na educação médica. Mesmo em um mundo médico onde a evidência tornou-se obrigatória, relatos de casos ainda desempenham um papel relevante.

Microepidemia de histoplasmose em Blumenau, Santa Catarina

Oliveira,Flávio de Mattos; Unis,Gisela; Severo,Luiz Carlos
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
85.83%
A histoplasmose pulmonar aguda é pouco diagnosticada e muitas vezes confundida com tuberculose. A maior parte do conhecimento sobre a doença veio de relatos de epidemias resultantes da exposição de certo número de indivíduos a uma mesma fonte de infecção. O isolamento do H. capsulatum var. capsulatum a partir de amostras de solo comprova o foco epidêmico. Pela primeira vez é descrita uma microepidemia, com o relato de dois casos e o isolamento do fungo do foco de infecção, em Santa Catarina. Recomendam-se novos estudos epidemiológicos para se determinar a prevalência da infecção nesse estado.

Tratamento homeopático da depressão: relato de série de casos; Homeopathic treatment of depression: series of case report

Adler, Ubiratan Cardinalli; Paiva, Nielce Maria de; César, Amarilys de Toledo; Adler, Maristela Schiabel; Molina, Adriana; Calil, Helena Maria
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
95.8%
CONTEXTO: Não há estudos metodologicamente adequados sobre a eficácia da homeopatia na depressão. Relatos de casos clínicos são os primeiros degraus da evidência clínica, a caminho de estudos controlados. OBJETIOS: Relatar resultados preliminares do tratamento homeopático de pacientes com depressão no SUS de Jundiaí. MÉTODOS: Revisão dos prontuários dos casos novos, atendidos entre março e dezembro de 2006. O diagnóstico foi confirmado por entrevista estruturada. Os pacientes receberam homeopatia individualizada e a evolução foi avaliada pela escala de Montgomery & Åsberg (MADRS). RESULTADOS: Foram tratados 15 casos e observou-se resposta terapêutica (redução maior que 50% dos escores de depressão) em 14 pacientes (93%), após uma média de sete semanas de tratamento; um paciente apresentou piora clínica e foi encaminhado ao tratamento convencional. O escore média (± dp) na Escala de Avaliação de Depressão de Montgomery-Åsberg diminuiu de 24,9 (± 5,8) a 9,7 (± 8,2, p < ,0001) na segunda avaliação, resultados mantidos no decorrer da terceira e quarta consultas. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que a homeopatia pode ser uma alternativa terapêutica no tratamento da depressão, mas estudos randomizados e controlados são necessários para se testar a eficácia e segurança do tratamento homeopático dos transtornos depressivos.; BACKGROUND: Evidence for the efficacy of homeopathy for depression is limited due to lack of clinical trials of high quality. Case reports are the first steps of clinical evidence...

A Eletroconvulsoterapia no tratamento da mania resistente: relatos de casos; Electroconvulsive therapy in treatment-resistant mania: case reports

Soares, Marcia Britto de Macedo; Moreno, Ricardo Alberto; Moreno, Doris Hupfeld
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2002 Português
Relevância na Pesquisa
85.88%
A Eletroconvulsoterapia é uma alternativa reconhecidamente eficaz no tratamento dos transtornos do humor. Embora vários estudos tenham confirmado a eficácia desta modalidade terapêutica no tratamento da mania aguda, poucos estudos foram realizados em pacientes maníacos resistentes à farmacoterapia. Esses relatos de casos descrevem resultados preliminares de um projeto de pesquisa que tem por objetivo avaliar a eficácia da Eletroconvulsoterapia no tratamento de transtornos bipolares resistentes. MÉTODOS: Três pacientes com diagnóstico de mania (de acordo com os critérios do DSM-IV), considerados resistentes ao tratamento medicamentoso, foram submetidos a 12 aplicações bilaterais de Eletroconvulsoterapia. Antes do tratamento e semanalmente, até o final da série, foram avaliados com as escalas: Young Mania Rating Scale, Hamilton Rating Scale for Depression, Brief Psychiatric Rating Scale e Clinical Global Impressions-Bipolar Version. RESULTADOS: Os três casos aqui relatados apresentaram resposta satisfatória à Eletroconvulsoterapia, e aspectos individuais são discutidos. CONCLUSÕES: Os resultados iniciais sugerem que a eficácia da Eletroconvulsoterapia no tratamento de pacientes bipolares resistentes deve ser melhor estudada.; Electroconvulsive therapy is known to be effective in the treatment of mood disorders...