Página 1 dos resultados de 729 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Sistema de classificação de risco de crédito: uma aplicação a companhias abertas no Brasil; Credit rating system: an application to public companies in Brazil

BRITO, Giovani Antonio Silva; ASSAF NETO, Alexandre; CORRAR, Luiz João
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116.14%
O artigo examina se eventos de default de companhias abertas no Brasil são previstos por um sistema de classificação de risco de crédito baseado em índices contábeis. O sistema de classificação proposto neste estudo utiliza a análise de conglomerados para classificar as empresas em oito classes de risco, das quais sete são destinadas a empresas solventes e uma para empresas insolventes (em default). A variável utilizada para atribuir as classificações de risco às empresas é a probabilidade de default estimada pelo modelo de risco de crédito desenvolvido por Brito e Assaf Neto (2008). O sistema de classificação de risco atribui ratings anuais para as companhias abertas não financeiras listadas na BM&FBOVESPA no período de 1994 a 2006. Com base nesses ratings, são geradas diversas matrizes de migração de risco para o período analisado. As matrizes de migração evidenciam a elevação do risco das empresas insolventes previamente ao ano de ocorrência do default. A maioria dessas empresas é classificada nas piores classes de risco ou apresenta migrações para ratings inferiores nos anos que precedem o default. Além disso, as taxas de mortalidade das empresas são crescentes nas classes de risco do sistema. Esses resultados evidenciam que insolvências empresariais podem ser previstas por sistemas de classificação de risco baseados...

Modelo de classificação de risco de crédito de empresas; A model for the classification of companies credit risk

BRITO, Giovani Antonio Silva; ASSAF NETO, Alexandre
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
116.14%
O processo de gerenciamento de risco de crédito em instituições financeiras vem passando por uma revisão ao longo dos últimos anos. Nesse contexto, diversas novas técnicas de mensuração de risco de crédito e tomadores têm sido desenvolvidas e implementadas por grandes Bancos. O objetivo desta pesquisa é desenvolver um modelo de classificação de risco para avaliar o risco de crédito de empresas no mercado brasileiro. O modelo foi construído com base em uma amostra de empresas de capital aberto classificadas como solventes ou insolventes no período entre 1994 e 2004. A técnica estatística utilizada no desenvolvimento do modelo foi a regressão logística. As variáveis independentes são índices financeiros calculados a partir das demonstrações contábeis e utilizados para representar a situação econômico-financeira das empresas. A validação do modelo foi efetuada utilizando o método Jackknife e uma Curva ROC. Os resultados do estudo indicam que o modelo de classificação de risco desenvolvido prevê eventos de default com um ano de antecedência com bom nível de acurácia. Os resultados, também, indicam que as demonstrações contábeis contêm informações que possibilitam a classificação das empresas como prováveis solventes ou prováveis insolventes.; The process of credit risk management in financial institutions has been revised in recent years. In this context...

Risco de crédito e alocação ótima para uma carteira de debêntures

GODÓI, André Cadime de; YOSHINO, Joe Akira; OLIVEIRA, Rogério de Deus
Fonte: Instituto de Pesquisas Econômicas da FEA-USP Publicador: Instituto de Pesquisas Econômicas da FEA-USP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
126.06%
A debênture vem se tornando um instrumento de captação cada vez mais importante para empresas não financeiras no mercado brasileiro e uma alternativa às elevadas taxas de juros cobradas pelos bancos comerciais em uma operação de financiamento. Um aspecto-chave para o desenvolvimento do mercado secundário deste instrumento é o correto tratamento do risco de crédito, que ocorre quando o emissor não cumpre suas obrigações contratuais. Este trabalho propõe e testa uma metodologia que determina a magnitude deste risco para uma carteira de debêntures de empresas emissoras brasileiras. A abordagem utilizada baseia-se no Modelo de Merton (1974) para bônus corporativos, que utiliza as fórmulas de Black-Scholes para o cálculo do preço de opções. Também são utilizadas técnicas de otimização para a determinação do risco da carteira. Adotando um modelo simples e de baixo custo computacional, chegamos a uma medida de risco mais conservadora do que a obtida com o tradicional modelo VaR (value at risk). Além disso, apresentamos uma metodologia para a obtenção da composição ótima da carteira de debêntures.; The debenture (corporate bond) is considered a fantastic financial instrument in terms of funding for the non-financial firms in the Brazilian market. The intermediation would be done in the capital market instead of through the commercial banks. The key issue for the development of this market is the financial engineering involving the credit risk (chance that the corporate issuer can default on its debt obligation). This paper proposes and tests a methodology to quantify this risk in a cross-section of Brazilian debentures. Our approach is based on Merton’s (1974) asset pricing model that uses the Black-Schole’s put option formula. The consequent optimization techniques allow us to infer the risk of debentures. By using a simple and low-cost model...

"Modelos de risco de crédito de clientes: Uma aplicação a dados reais" ; Customer Scoring Models: An application to Real Data

Pereira, Gustavo Henrique de Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
116.11%
Modelos de customer scoring são utilizados para mensurar o risco de crédito de clientes de instituições financeiras. Neste trabalho, são apresentadas três estratégias que podem ser utilizadas para o desenvolvimento desses modelos. São discutidas as vantagens de cada uma dessas estratégias, bem como os modelos e a teoria estatística associada a elas. Algumas medidas de performance usualmente utilizadas na comparação de modelos de risco de crédito são descritas. Modelos para cada uma das estratégias são ajustados utilizando-se dados reais obtidos de uma instituição financeira. A performance das estratégias para esse conjunto de dados é comparada a partir de medidas usualmente utilizadas na avaliação de modelos de risco de crédito. Uma simulação também é desenvolvida com o propósito de comparar o desempenho das estratégias em condições controladas. ; Customer scoring models are used to measure the credit risk of financial institution´s customers. In this work, we present three strategies that can be used to develop these models. We discuss the advantages of each of the strategies, as well as the models and statistical theory related with them. We fit models for each of these strategies using real data of a financial institution. We compare the strategies´s performance through some measures that are usually used to validate credit risk models. We still develop a simulation to study the strategies under controlled conditions.

Modelo preditivo para perda de crédito e sua aplicação em decisão de spread; A model of credit loss and its application in decision of spread

Mello, Joao Fernando Serrajordia Rocha de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
116.09%
Métodos analíticos para concessão de crédito vêm apresentando enormes avanços nas últimas décadas, particularmente no que se refere a métodos estatísticos de classificação para identificar grupos de indivíduos com diferentes taxas de inadimplência. A maioria dos trabalhos existentes sugere decisões do tipo conceder o crédito ou não, considerando apenas de forma marginal o resultado esperado da operação. O presente trabalho tem o objetivo de propor um modelo de avaliação de risco de crédito mais complexo que os tradicionais modelos de Credit Scoring, que forneça uma perspectiva mais detalhada acerca do desempenho futuro de um contrato de crédito, e que vá além da classificação entre bom e mau pagador. Aliado a este ganho de informação na previsibilidade oferecida pelo modelo, também é objetivo ampliar o espaço de decisões do problema, saindo de uma resposta binária (como aceitar/rejeitar o crédito) para algo que responda à seguinte pergunta: qual é a taxa justa para cobrir determinado risco?.; Analytical methods for granting credit are presenting enormous advances in recent decades, particularly in the field of statistical methods of classification to identify groups of individuals with different rates of default. Most of the existing work suggests decisions of the type granting credit or not...

Perda esperada com operações de crédito: uma aplicação dos modelos da classe GAMLSS

Cardoso, Thiago de Freitas
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
106.18%
O mercado de crédito vem ganhando constantemente mais espaço na economia brasileira nos últimos anos. Haja vista isto, o risco de crédito, que tenta medir a perda com operações de crédito, tem fundamental importância e, neste contexto, a perda esperada é, sem dúvida, tema chave. Usualmente, a perda esperada relativa, EL (%), é modelada como o produto dos parâmetros de risco PD (probabilidade de default) e LGD (perda dado o default) pressupondo a independência dos mesmos. Trabalhos recentes mostram que pode haver oportunidade em melhorar o ajuste com a modelagem conjunta da perda, além da retirada da forte premissa de independência dos fatores. O presente trabalho utiliza a distribuição beta inflacionada, modelo BEINF da classe GAMLSS, para o ajuste da perda esperada relativa através de uma base de dados reais disponibilizada pela empresa Serasa Experian. Os resultados mostram que o modelo traz um bom ajuste e que há oportunidade de ganhos em sua utilização na modelagem da EL(%).O mercado de crédito vem ganhando constantemente mais espaço na economia brasileira nos últimos anos. Haja vista isto, o risco de crédito, que tenta medir a perda com operações de crédito, tem fundamental importância e, neste contexto...

O crédito concedido às empresas: antes e no decorrer da crise mundial. Análise e gestão do risco de crédito

Conceição, Ana Rita Neves da Silva
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
106.2%
O tema do trabalho de investigação é a análise do risco de crédito às empresas antes e durante a actual crise financeira, bem como a sua gestão. A gestão de risco de crédito das instituições financeiras tem-se transformado cada vez mais numa peça chave para toda a actividade bancária, tendo ainda mais significado no mundo actual, em constante mudança e globalização. A concessão de crédito às empresas tornou-se numa tarefa cada vez mais árdua, para as instituições financeiras devido ao risco de crédito. A presente dissertação foi desenvolvida visando os objectivos de efectuar uma avaliação na concessão de crédito a empresas durante a crise, com ênfase na gestão do risco de crédito, bem como na utilização do Acordo de Basileia II. Para atingir os objectivos traçados a metodologia utilizada foi o inquérito por questionário a colaboradores da Caixa Geral de Depósitos (CGD). O questionário foi efectuado, de forma a captar quer os desenvolvimentos passados, como recentes, bem como a evolução esperada. Relativamente à evolução passada, as perguntas respeitam aos anos anteriores à crise, enquanto as perguntas prospectivas se referem aos anos seguintes. O trabalho desenvolvido permitiu-nos concluir que as instituições financeiras mundiais...

Análise económico-financeira de empresas e o seu impacto na gestão do risco de crédito

Roda, Ana Filipa Resina de Almeida Alves
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
116.11%
Mestrado em Finanças; A crise financeira tem vindo a acentuar-se desde 2007, traduzindo-se numa situação de recessão económica vivida actualmente a nível mundial com efeitos nefastos na economia portuguesa, o que faz com que as instituições financeiras necessitem cada vez mais de uma eficiente gestão do risco de crédito. Esta baseia-se em modelos que permitam pontuar um cliente de acordo com a probabilidade de este cumprir com as suas obrigações. Deste modo, as instituições financeiras desenvolveram sistemas internos de atribuição de rating e scoring, baseados em modelos teóricos, que permitem classificar empresas ou particulares de acordo com o seu nível de risco de crédito. Com o presente relatório pretende-se analisar o sistema interno de atribuição de rating utilizado pelo Banco Santander Consumer Portugal, entidade onde foi desenvolvido o estágio curricular. Para tal é efectuada a análise económico-financeira através do modelo de rácios financeiros a uma empresa sua cliente e são analisadas as variáveis explicativas que são usadas para a classificação do rating. Deste estudo são retiradas ilações sobre a gestão do risco de crédito, a sua importância e o processo que as instituições financeiras deverão seguir de modo a reduzirem a probabilidade de incumprimento das suas carteiras de clientes.; The financial crisis has been sharpened since 2007...

Metodologias para mensurar a exposição ao risco de crédito de contraparte de derivados over--the-couter

Sousa, Ana Isabel Amaro de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
116.09%
Mestrado em Matemática Financeira; O Acordo de Basileia III prevê, além do aumento da qualidade e do nível de requisitos de capital, a revisão de métricas com vista a melhorar o nível de exposição ao Risco de Crédito de Contraparte (RCC). O objetivo deste trabalho é desenvolver metodologias para mensurar a exposição esperada ao RCC de derivados negociados fora de bolsa (Over-The-Counter – OTC), que consistem em contratos ligados ao futuro valor, ou situação, dos instrumentos subjacentes aos quais se referem. Neste contexto, a inovação do novo Acordo refere-se à introdução de um encargo de capital para cobrir o risco de perdas do valor de mercado do RCC esperado para os instrumentos derivados OTC. Estas potenciais perdas são denominadas Ajustamentos de Avaliação de Crédito (Credit Valuation Adjustment – CVA) e podem ser calculadas por diferentes métodos, dependendo para tal da aprovação do Banco de Portugal. Nas ilustrações, recorre-se frequentemente a Interest Rate Swaps, por serem o instrumento financeiro mais transacionado.; Basel III provides an increase of the quality and level of capital requirements, and also it presents a review of the metrics in order to improve the level of exposure to the Counterparty Credit Risk (CCR). In this framework I will develop methodologies to measure the expected exposure to the CCR of Over-the-Counter derivatives...

Modelo estimação de risco de crédito nos clubes de futebol

Matos, Bernardo Gonçalves da Costa de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
116.17%
Mestrado em Finanças; Este trabalho de investigação tem como objectivo o desenvolvimento de um modelo de previsão de risco de crédito para os clubes de futebol de Inglaterra e Espanha. A temática da avaliação do risco de crédito tem sido objecto de inúmeros estudos, pois existe a necessidade premente de estimar a probabilidade de falência de uma entidade, por forma a evitar perdas significativas para os investidores. A técnica para estimar o risco de crédito foi a da regressão logística, através de uma amostra emparelhada de 42 clubes espanhóis e ingleses de futebol profissional. As variáveis independentes são rácios financeiros calculados a partir de informação reportada nas demonstrações financeiras dos clubes. Após a realização de diversos testes, o modelo final de estimação de risco de crédito é composto pelos seguintes rácios: Passivo de curto prazo / Activo total, Disponibilidades / Vendas, Capitais Próprios / Vendas e RAI / Vendas. Em termos globais, os resultados evidenciados pela matriz de classificação demonstraram que o modelo de previsão de falência teve uma taxa de acerto de cerca de 88,1 %. Isto significa que o modelo permitiu prever correctamente a situação de 37 dos 42 clubes. Posteriormente foi feito uma simulação para calcular a probabilidade de falência dos clubes...

Idiossincracias sectoriais no risco de crédito

Marques, Marina Isabel Vicente
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
116.12%
Mestrado em Gestão/ Classificação JEL: G32; G33; O risco de crédito é um conceito que tem vindo a ganhar popularidade ao longo das últimas décadas e, muito especialmente, nos últimos anos, em consequência da crise do crédito hipotecário nos EUA em 2007 e que se propagou a nível mundial. Uma vez que se torna cada vez mais imperativo a gestão eficaz deste tipo de risco, sobretudo para as instituições financeiras, este estudo surge com o objectivo de compreender em que medida a informação qualitativa, especialmente o sector de actividade em que se insere uma média empresa portuguesa, pode contribuir para melhorar a capacidade preditiva dos actuais modelos de avaliação de risco de crédito. Procurou-se primeiramente efectuar um enquadramento da evolução histórica dos modelos de previsão de incumprimento, tendo-se verificado que, enquanto no desenvolvimento dos primeiros modelos eram apenas considerados rácios financeiros, mais recentemente alguns autores têm sugerido que a inclusão de informação qualitativa nestes modelos aumenta a sua capacidade preditiva. Neste sentido, ao utilizar uma base de dados de mais de 10.000 médias empresas clientes de uma Instituição Financeira portuguesa durante o período 2005-2011...

Risco de crédito e alocação ótima para uma carteira de debêntures

Godói,André Cadime de; Yoshino,Joe Akira; Oliveira,Rogério de Deus
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
116.06%
A debênture vem se tornando um instrumento de captação cada vez mais importante para empresas não financeiras no mercado brasileiro e uma alternativa às elevadas taxas de juros cobradas pelos bancos comerciais em uma operação de financiamento. Um aspecto-chave para o desenvolvimento do mercado secundário deste instrumento é o correto tratamento do risco de crédito, que ocorre quando o emissor não cumpre suas obrigações contratuais. Este trabalho propõe e testa uma metodologia que determina a magnitude deste risco para uma carteira de debêntures de empresas emissoras brasileiras. A abordagem utilizada baseia-se no Modelo de Merton (1974) para bônus corporativos, que utiliza as fórmulas de Black-Scholes para o cálculo do preço de opções. Também são utilizadas técnicas de otimização para a determinação do risco da carteira. Adotando um modelo simples e de baixo custo computacional, chegamos a uma medida de risco mais conservadora do que a obtida com o tradicional modelo VaR (value at risk). Além disso, apresentamos uma metodologia para a obtenção da composição ótima da carteira de debêntures.

Modelagem de risco de crédito : aplicação de modelos credit scoring no Fundo Rotativo de Ação da Cidadania Cred Cidadania

Aparecida Araújo, Elaine; Ulises de Montreuil Carmona, Charles (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
116.14%
Os modelos de Credit Scoring são modelos quantitativos empregados comumente por instituições financeiras na mensuração e previsão do risco de crédito, possuindo uso consolidado no processo de concessão de crédito destas instituições. Este trabalho de dissertação objetivou avaliar a possibilidade de aplicação de modelos Credit Scoring em uma instituição de microcrédito denominada Fundo Rotativo de Ação da Cidadania Cred Cidadania, situada em Recife (PE). Para isso, foram coletados dados relativos a uma amostra de clientes do Cred Cidadania, e estes dados foram utilizados para desenvolver dois tipos de modelos de Credit Scoring: um de aprovação de crédito e um outro chamado behavioural scoring (escoragem comportamental). As técnicas estatísticas empregadas na construção dos modelos foram análise discriminante e regressão logística. Os modelos obtidos agregaram variáveis como renda líquida do empreendimento, número de parcelas do empréstimo, número de dependentes do cliente, estado civil do cliente, valor do empréstimo, tempo de funcionamento do empreendimento, eficiência do agente de crédito, dentre outras. Algumas variáveis representam atributos que contribuem para o aumento da propensão à inadimplência do solicitante...

Identificação e redução de risco de crédito apartir da aplicação de um modelo de credit scoring; Identification and risk reduction credit from the application of a credit scoring model

Andrade, Cássio Sales de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (RG); Administração (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Ciências Econômicas (RG); Administração (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
116.16%
No âmbito da finanças, os estudos sobre o controle da inadimplência tem apresentado grande importância,, pois é um fator estratégico para a geração de crescimento das empresas já que o crédito influencia nas vendas da empresa e consequentemente em seu faturamento. No Brasil podemos visualisar vários casos de sucesso em empresas grandes de varejo que consiguem utilizar o crédito como um de suas estratégias competitivas, CASAS BAHIA, RENNER, HIPER MOREIRA, etc. Entretanto a respeito de identificação e avaliação de risco de crédito em empresas possuem pouca literatura, especialmente quando se trata de avaliação de riscos em pequenas e médias empresas. O presente estudo utiliza a metodologia priomordialmente de credit scoring para a identificação do risco de crédito dos clientes da empresa CONFORT STAR LTDA. Empresa localizado em Goiânia/GO. Os resultados demonstram que a adoção desse modelo de avaliação de risco influencia positivamente na inadimplência da empresa, mudando a forma e quantidade de concessão de crédito e assim contribuindo para a diminuição da inadimplência na empresa.

A influência de fatores psicológicos e comportamentais no risco de crédito: uma abordagem à luz da psicologia econômica

Prado, Mateus Ferraz
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
116.23%
Dentre os tópicos abordados no campo da psicologia econômica o estudo do crédito e endividamento dos indivíduos tem-se mostrado consideravelmente relevante, tanto no que concerne ao aperfeiçoamento nos processos de análise de crédito empregados por instituições financeiras, quanto no tocante ao endividamento das famílias que solicitam o crédito no mercado para a realização de seus projetos. Neste contexto, a presente dissertação foi realizada com o objetivo de analisar a influência de fatores psicológicos e comportamentais – mensuráveis através de instrumentos aplicados em estudos da psicologia econômica – na determinação do risco de crédito das pessoas. Desenvolveu-se, então, esta pesquisa do tipo descritiva, de abordagem quantitativa, através da análise das respostas oriundas dos questionários aplicados aos participantes (ROGERS, 2011); identificando-se os fatores psicológicos e comportamentais mensurados e caracterizados enquanto variáveis independentes. Analisou-se também o risco de crédito dos agentes caracterizado como variável dependente – através da utilização do escore de crédito SPC 12 MESES para cada participante – sendo utilizada a técnica de regressão linear múltipla para analisar a relação entre estas variáveis. Enquanto resultados da pesquisa...

Modelo de avaliação de risco de crédito - rating - uma abordagem

Duarte, Isabel Maria Ribeiro
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
116.16%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do Grau de Mestre em Auditoria, sob a orientação de Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; Nota: 16 valores; Ao longo dos anos, a gestão de risco tem vindo a assumir um papel cada vez mais preponderante na análise estratégica das organizações empresariais, sendo este um elemento fundamental para os órgãos de gestão, e originou que o risco de crédito assumisse uma posição de excelência no atual sistema financeiro. A primeira notação de rating foi constituída pelo fundador da agência de notação Moody’s Investors Service (John Moody), como consequência da falta de informação sobre risco de incumprimento, no início do século XX. O rating é hoje visto como um instrumento de informação para os investidores, pois pode ser definido como um cálculo de credibilidade de um tomador de crédito cumprir total ou parcialmente com as obrigações assumidas. No contexto económico vivido de recessão ou estagnação, após a crise financeira internacional de 2008, houve a necessidade de atualizar e definir regras mais atinentes a serem cumpridas pelas Instituições de Crédito. Para que isto fosse possível...

Abordagem ao risco de crédito no âmbito do acordo de Basileia III em Portugal

Pereira, Mafalda Florinda Araújo
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
106.21%
Dissertação para a obtenção do Grau de Mestre em Contabilidade e Finanças Orientador: Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; A crise financeira internacional originada na década passada e que teve como ponto de partida a concessão desregulada de crédito, que se propagou por todo o mundo, também conhecida como a crise do subprime, teve consequências a nível mundial nas economias de vários países, tornando relevante a necessidade de concessão de crédito com base em critérios rigorosos. Pelo exposto, a regulação do sistema financeiro é um aspeto que preocupa os órgãos de decisão nacionais e internacionais já há algum tempo, e por este facto, o Comité de Supervisão Bancária criou os Acordos de Basileia como forma de garantir uma regulação e supervisão dos sistemas financeiros, tendo em vista assegurar o seu regular funcionamento e a confiança em si mesmo. Os diferentes critérios de ajustamento e controlo previstos no Acordo de Basileia III têm impacto nas demonstrações financeiras das instituições em Portugal. Neste sentido, é possível o posicionamento das instituições através do estudo das referidas demonstrações. A presente dissertação desenvolvida no âmbito do Mestrado em Contabilidade e Finanças pretende analisar o risco de crédito à luz do Acordo de Basileia III em Portugal. Esta análise será feita em duas partes: a primeira correspondendo à revisão da bibliografia existente sobre o tema...

Risco de crédito num contexto de crise

Lopes, Armanda Luzia Vieira
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
116.18%
Dissertação de Mestrado apresentado ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação do Mestre Adalmiro Álvaro Malheiro de Castro Andrade Pereira; A globalização do mercado financeiro e a força competitiva da economia exigem das empresas a sua crescente agilidade e flexibilidade de forma a realizarem e a desenvolverem as suas atividades. Isto tem resultado numa crescente atividade das instituições financeiras, pois têm de apresentar respostas para esses desafios, registando, nesse sentido, nos últimos anos um número elevado de operações de concessão de crédito. Estas operações tornam-se ainda mais complexas numa conjuntura de crise económica e financeira, pois aumenta o risco de crédito que lhe está associado pelo incumprimento por parte dos devedores dos capitais investidos e respetivos lucros esperados, e consequentemente leva à subcapitalização. Com este estudo pretende-se explicar a importância da análise e avaliação do risco de crédito pelas instituições financeiras nas suas decisões nos processos de concessão de crédito às empresas. Também, pretende-se saber se as instituições financeiras alteraram as suas metodologias nas avaliações dos processos de crédito em consequência do contexto de crise que...

Determinantes do risco Brasil: fundamentos e expectativas: uma abordagem de modelos de risco de crédito; Texto para Discussão (TD) 945: Determinantes do risco Brasil: fundamentos e expectativas: uma abordagem de modelos de risco de crédito; Determinants of Brazil risk: fundamentals and expectations: an approach for credit risk models

Moreira, Ajax R. B.; Rocha, Katia
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
116.14%
Esta pesquisa propõe um modelo estrutural de risco de crédito de dois fatores que utiliza a abordagem de ativos contingentes para explicar a flutuação do risco país (spread) implícito no preço do C-Bond, a partir dos fundamentos econômicos e das expectativas do mercado. Identificamos as seguintes aplicações para o modelo proposto: a) avaliação do efeito da política macroeconômica sobre a evolução do spread; b) estimação da probabilidade de moratória e do prêmio de risco (expectativas); e c) previsão de curto prazo do spread. Destacamos as seguintes conclusões: 1) o modelo proposto possui capacidade preditiva superior à do passeio aleatório; 2) as duas quantidades — fundamento e expectativas — foram importantes para a explicação da trajetória do spread; 3) o prêmio de risco, associado ao fundamento, não é constante no tempo; 4) dado o spread do período anterior, a variação do fundamento é mais importante do que o prêmio de risco do mercado para prever o spread; e 5) o aumento recente do prêmio de risco mostra que existe um espaço significativo de redução do spread apenas como consequência da melhoria das expectativas.; 19 p. : il.

Risco de crédito e alocação ótima para uma carteira de debêntures

Godói, André Cadime de; Yoshino, Joe Akira; Oliveira, Rogério de Deus
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
116.06%
The debenture (corporate bond) is considered a fantastic financial instrument in terms of funding for the non-financial firms in the Brazilian market. The intermediation would be done in the capital market instead of through the commercial banks. The key issue for the development of this market is the financial engineering involving the credit risk (chance that the corporate issuer can default on its debt obligation). This paper proposes and tests a methodology to quantify this risk in a cross-section of Brazilian debentures. Our approach is based on Merton’s (1974) asset pricing model that uses the Black-Schole’s put option formula. The consequent optimization techniques allow us to infer the risk of debentures. By using a simple and low-cost model, we find a risk measure that is more conservative than the usual VaR (value at risk). Thus, we present a methodology for obtaining the optimum portfolio composed of debentures subject to the default risk.; A debênture vem se tornando um instrumento de captação cada vez mais importante para empresas não financeiras no mercado brasileiro e uma alternativa às elevadas taxas de juros cobradas pelos bancos comerciais em uma operação de financiamento. Um aspecto-chave para o desenvolvimento do mercado secundário deste instrumento é o correto tratamento do risco de crédito...