Página 1 dos resultados de 13862 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Uma descrição de Dêixis de Pessoa na língua de sinais brasileira: pronomes pessoais e verbos indicadores; A description of Personal Deixis in Brazilian Sign Language: personal pronouns and indicating verbs

Moreira, Renata Lúcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
Esta dissertação apresenta uma proposta de descrição da dêixis de pessoa na língua de sinais brasileira. Nas línguas de sinais, a dêixis de pessoa é realizada substancialmente por meio de dois tipos de sinais de apontamento: os pronomes pessoais e os verbos indicadores. O objetivo de minha pesquisa é dar início à descrição desses dois tipos de sinais, tomando por base o trabalho de Liddell (2003), que analisa a dêixis de pessoa na língua de sinais americana, no âmbito da gramática cognitiva (Langacker, 1991) e da teoria de espaços mentais (Fauconnier, 1994 [1985]; Fauconnier & Turner, 1998). Segundo Liddell, tanto os pronomes pessoais quanto os verbos indicadores têm a propriedade de ser realizados e localizados no espaço físico em frente e ao redor do corpo do sinalizador e de apontar, dentro desse espaço, para um local que está associado, no discurso, a uma representação mental do(s) seu(s) referente(s). Para o autor, os sinais dêiticos são formados por duas partes: uma lingüística, que é invariável, e uma outra que é dêitica, ou seja, que varia conforme a situação discursiva. Para fazer a descrição dos pronomes pessoais e dos verbos indicadores da língua de sinais brasileira, analisei (i) dados levantados do dicionário de Capovilla & Raphael (2001); (ii) dados que foram eliciados de colaboradores surdos...

Análise do processamento cognitivo de leitura do surdo com o Teste de Nomeação de Sinais por Escolha de Palavras nas versões 1.3 e 2.3 com 5.365 estudantes surdos de 1ª a 13ª série de 14 estados brasileiros; Word Matching Sign Naming Test for analyzing cognitive processes in reading: versions 1.3 and 2.3 with 5,365 1st-13th grade deaf students from 14 Brazilian states

Mazza, Cláudia Regina Zocal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
O Teste de Nomeação de Sinais por Escolha de palavras escritas (TNS-Escolha) é parte de uma bateria de 11 testes de desenvolvimento da linguagem de sinais e de competência de leitura e escrita, desenvolvida pela equipe de Capovilla na Universidade de São Paulo especialmente para a população escolar surda brasileira, e validada e normatizada com uma amostra de 5.365 escolares surdos. O TNS-Escolha avalia o desenvolvimento conjunto de compreensão de sinais da Libras e de leitura de palavras em Português, e analisa a participação de processos quirêmicos, ortográficos e semânticos envolvidos na escolha de palavras escritas para denominar sinais da Libras. O TNS-Escolha faz uso da estratégia de indução de erros de leitura (i.e., paralexias) por palavras escritas distraidoras quirêmicas, ortográficas e semânticas como alternativas de escolha, com vistas a permitir caracterizar a natureza do processamento cognitivo subjacente à leitura e escrita em Português. A presença de paralexias quirêmicas sugere que o acesso semântico na leitura envolve a mediação por sinalização interna, como tende a ocorrer no surdo sinalizador com perda profunda pré-lingual ou perilingual. A presença de paralexias ortográficas sugere que a leitura é baseada na tentativa de reconhecimento visual global da palavra...

Análise de paragrafias do surdo na nomeação de sinais por escrita livre: teste de nomeação de sinais por escrita de palavras, versões 1.2 e 2.2 com 5.086 estudantes surdos de 1ª a 13ª série de 14 Estados Brasileiros

Giacomet, Alessandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
O Teste de Nomeação de Sinais por Escrita (TNSEscrita) é parte de uma bateria de 11 testes de desenvolvimento da linguagem de sinais e de competência de leitura e escrita, que foi desenvolvida pela equipe coordenada pelo Dr. Fernando Capovilla no Laboratório de Neuropsicolingüística Cognitiva Experimental do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, especialmente para a população escolar surda brasileira, e validada e normatizada com uma amostra de 5.365 escolares surdos. O TNSEscrita avalia o desenvolvimento conjunto de compreensão de sinais da Libras e de escrita de palavras em Português, e permite analisar o envolvimento de processos quirêmicos, ortográficos e semânticos envolvidos na escrita de palavras para denominar sinais da Libras. Este estudo apresenta dados de duas versões do teste de nomeação de sinais por escrita livre, a versão reordenada 1.2 (TNS1.2-Escrita) aplicada a 5.080 alunos surdos e a versão alternativa também reordenada 2.2 (TNS2.2-Escrita) aplicada a 5.086 alunos surdos, respectivamente de 1a. série do Ensino Fundamental a 1a. série do Ensino Superior. Os dados preliminares dizem respeito à normatização dos dois testes com a amostra avaliada, bem como à análise da distribuição dos erros de escrita (paragrafias) produzidos durante a nomeação dos 36 sinais de cada versão do teste por meio de escrita livre. Ou seja...

Aprendizagem de escrita de língua de sinais pelo sistema SignWriting : língua de sinais no papel e no computador; The learning process of sign language writing through the signwriting system : sign languages on paper and in the computer

Stumpf, Marianne Rossi
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Esta tese trata de como o sistema SignWriting pode servir de suporte a uma nova proposta pedagógica ao ensino da escrita de língua de sinais e letramento para crianças surdas usuárias da Língua Brasileira de Sinais - Libras e da Língua de Sinais Francesa - LSF. Escrever deve ser uma atividade significativa para a criança. No caso da criança surda, a escrita fundamenta-se em sua competência na língua de sinais, sem precisar da intermediação da língua oral. A criança surda, quando em um ambiente onde ela e seus colegas se comunicam em língua de sinais, efetivamente tenta escrever sinais, quando é incentivada a fazê-lo. Em nossos experimentos, usamos o sistema SignWriting para mostrar ás crianças surdas (e a seus pais e professores) como escrever textos em línguas de sinais de ambas as formas: manuscrita e impressa, usando o programa Sign Writer para editar textos em línguas de sinais. A base teórica que apóia a tese é a abordagem bilíngüe para a educação de surdos, a língua de sinais, a teoria de Piaget, e de Ferreiro quando trata das etapas da alfabetização em língua oral. Esta investigação possui um caráter exploratório, em que o delineamento metodológico é dado pela pesquisa-ação. O primeiro estudo apresenta um levantamento do processo de aquisição da escrita de sinais...

Desenvolvimento de ferramentas para analise de sinais biologicos nos dominios tempo, frequencia e tempo-frequencia

Mauro Roberto Ushizima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2000 Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
Este trabalho descreve o desenvolvimento de um conjunto de ferramentas para o processamento de sinais nos domínios do tempo, da freqüência e tempo-freqüência e sua aplicação na análise de sinais biológicos. Foram desenvolvidos um editor de sinais para a preparação de séries temporais longas (1,35 106 pontos) e algoritmos para análise espectral e de coerência usando método de banda larga. Apresentamos um novo método através do qual os coeficientes dos filtros utilizados na análise de banda larga são obtidos a partir da resolução em freqüência. Foram também desenvolvidos algoritmos para análise no domínio tempo-freqüência, nominalmente o espectrograma (STFT) e a distribuição de Wigner (DW). A distribuição de Wigner modificada (DWM), uma nova forma de análise tempo-freqüência (ATF), é apresentada e comparada com o STFT e a DW. Os algoritmos foram desenvolvidos em ambiente Matlab e testados quanto ao desempenho e à funcionalidade utilizando-se sinais sintetizados. O método desenvolvido foi aplicado ao estudo de sinais cardio-respiratórios: pressão arterial (PA), intervalo de pulso (IP), atividade nervosa simpática renal (ANS) e respiração (RESP, obtido do eletromiograma diafragmático). Estes sinais foram registrados (90 minutos) em ratos acordados antes (n=8) e na fase aguda da desnervação sinoaórtica (DSAa...

Geração de sinais ópticos multi-níveis a partir de amplificação paramétrica em fibras ópticas; Optical signals multi-levels generation through parametric amplification in optical fibers

André Luiz Aguiar da Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
Neste trabalho foram investigadas através de experimentos e simulações computacionais duas novas técnicas de processamento óptico de sinais, que utilizam amplificação paramétrica para multiplexar as informações de dois sinais binários em um único sinal multi-nível. Na primeira delas, o sinal multi-nível corresponde a um sinal quaternário em amplitude, enquanto na segunda este e um sinal ternário em amplitude. Ao contrario da amplificação paramétrica convencional, que utiliza um sinal de bombeio continuo (cw, continuous wave), em ambas as técnicas analisadas neste trabalho, tanto o sinal de bombeio quanto o sinal de prova são modulados em amplitude por duas sequências independentes de bits (informações). Tais sinais são acoplados e propagados por uma fibra óptica. A interação não-linear entre eles, decorrente do processo de amplificação paramétrica, proporciona a multiplexação das informações dos sinais de bombeio e de prova em uma mesma banda. Para os sinais quaternários, os sinais de bombeio e de prova podem apresentar ou não mesma taxa de transmissão, sendo possível ate dobrar a taxa de transmissão dos sinais originais. Verificou-se que a distribuição de seus níveis de potencia e controlada pelas razoes de extinção do sinal de bombeio e de prova. A máxima diferença obtida entre os resultados analíticos e de simulações em relação aos experimentais foi inferior a 1.4 dB. Os experimentos mostraram também que taxas de erro de bit (BER...

Sistema de transição da língua brasileira de sinais voltado à produção de conteúdo sinalizado por avatares 3D; Transcription system of Brazilian sign language to create signed content by 3D avatars

Wanessa Machado do Amaral
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
Acessibilidade e uma preocupação crescente em computação. Uma vez que as informações em ambientes computacionais são apresentadas em sua maioria por meios visuais, pode-se ter a falsa impressão de que a acessibilidade para deficientes auditivos não e um problema. No entanto, para pessoas que adquirem a surdez antes da alfabetização, materiais escritos são, em geral, menos acessíveis do que se apresentados em línguas de sinais. Para o deficiente auditivo a língua de sinais e geralmente a primeira língua adquirida, e ler um texto em uma língua escrita e o equivalente a utilizar uma língua estrangeira. Apesar de um surdo poder ser fluente em português assim como o ouvinte pode ser fluente em língua de sinais, a língua oral e escrita comumente não e sua primeira língua. E possível aprimorar a interação homem - maquina de portadores de deficiência auditiva adequando as respostas dos sistemas computacionais as necessidades dos surdos. A libras, língua brasileira de sinais, utiliza gestos e expressões faciais para a comunicação, sendo utilizada pela comunidade brasileira de surdos e reconhecida como língua oficial do Brasil. Para criar conteúdo virtual em língua de sinais, de maneira automática, faz-se necessária a utilização de uma notação capaz de descrever os sinais. Sistemas de transcrição foram desenvolvidos para as línguas de sinais. Porem...

Instrumentos linguísticos de Língua Brasileira de Sinais : constituição e formulação = Linguistic instruments of Brazilian Sign Language: constitution and formulation; Linguistic instruments of Brazilian Sign Language : constitution and formulation

Nilce Maria da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Esta tese tem como objetivo compreender a história da produção de conhecimento sobre a Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, na relação com os sujeitos e com o Estado. Busca, principalmente, compreender o modo de funcionamento do dicionário, enquanto instrumento linguístico, sua constituição e formulação, a partir do olhar da História das Ideias Linguísticas em articulação com a Análise de Discurso. Distinguimos três períodos principais na produção desses intrumentos. O primeiro diz respeito à publicação da Iconografia dos Signaes dos Surdos- Mudos, de Flausino José da Gama, em 1875, obra fundadora do saber lexicográfico sobre a língua de sinais do Brasil, conforme lemos nas análises e nos discursos sobre ela. A produção de instrumentos lexicográficos foi, entretanto, interrompida por quase um século, até sua retomada na década de 1960, devido a fatores relacionados à proibição da língua de sinais instituída a partir do Congresso de Milão, em 1880. O segundo período que identificamos, portanto, está constituído por um conjunto de obras publicadas desde os anos 1960 até a década de 1990: Linguagem das Mãos (1969), do Pe. Eugênio Oates; Linguagem de Sinais do Brasil (1983), de Harry Hoemann...

A História da Língua de Sinais Brasileira (Libras)

Diniz, Heloise Gripp
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 144 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2010; A presente pesquisa tem como objetivo resgatar a parte da história da evolução da Libras, buscando o entendimento de um dos fenômenos linguísticos, a mudança presente no uso desta língua de sinais. Este resgate foi realizado por meio da recuperação de três registros históricos: os dicionários de sinais produzidos em épocas distintas. Com a recuperação destes documentos, são realizadas as etapas como o levantamento, a descrição e a análise comparativa dos sinais destes três dicionários do qual são classificados os sinais nas três categorias de sinais: os sinais idênticos, os sinais em mudança fonológica e os sinais em mudança lexical. Nos sinais em mudança, são analisadas as restrições físicas e visuais a partir das propriedades manuais e visuais na produção de sinais e percepção visual. Os resultados desta análise mostram que o processo da mudança nos sinais com alto grau da iconicidade percorre em direção à arbitrariedade no decorrer dos anos, através destas restrições fonológicas. Além da análise comparativa dos sinais...

Aspectos da leitura e escrita de sinais

Wanderley, Débora Campos
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 192 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística; A escrita de sinais é um sistema de escrita que registra a língua de sinais, como primeira língua usada por sujeitos surdos e assim pode-se denominar, em algumas vezes, a segunda língua usada por sujeitos ouvintes. A presente dissertação é fruto de muita leitura e de muita reflexão teórica e prática a partir da literatura publicada, que aborda a história, o desenvolvimento, a produção e também as ações de liberdade na produção em Leitura, Escrita e Língua de Sinais. Este trabalho tem como objetivo geral da pesquisa identificar os elementos que constituem a compreensão e a produção dos textos em escrita de sinais, os quais contribuíram para a elaboração desta dissertação. Os objetivos específicos desta pesquisa foram seis: (1) comparar crianças, que estão aprendendo a ler e escrever a Língua de Sinais, com adultos universitários aprendendo a ler e escrever Língua de Sinais; (2) comparar surdos e ouvintes universitários, que estão aprendendo a ler e escrever a Língua de sinais; (3) identificar quais os elementos que constituem a leitura de um sinal escrito (as configurações de mãos...

Sinais caseiros

Adriano, Nayara de Almeida
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 100 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2010; O reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como língua natural das comunidades surdas do Brasil nos levou a pensar na forma de comunicação utilizada pelas comunidades surdas brasileiras que habitam cidades pequenas e pouco desenvolvidas, distantes dos grandes centros urbanos, cujos habitantes surdos não têm acesso à Libras. Este estudo tem como perguntas norteadoras, as seguintes: existem aspectos linguísticos nos sinais caseiros? Os sinais caseiros expressam satisfatoriamente o pensamento de seus utentes? Para responder a esses questionamentos, iniciamos esta investigação em duas pequenas cidades do Estado do Ceará, em que há surdos em condições de isolamento linguístico, que não têm contato com ouvintes e/ou surdos de centros urbanos usuários de Libras e que, por isso, utilizam sinais caseiros, criados e convencionados por eles e seus familiares, como principal meio de comunicação. Foram três informantes colaboradores desta pesquisa, dois residentes da mesma localidade, Paraipaba, que frequentemente estabeleciam contato entre si...

Plataforma visual de processamento digital de sinais biomédicos

Turchiello, Gilson de Moura
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 81 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Florianópolis, 2014.; Os sinais biomédicos transportam informações que representam o estado dos sistemas vivos. Deste modo, a monitorização e interpretação destes sinais têm valor significativo para o diagnóstico médico e para a pesquisa clínica. Entretanto, para extrair as informações de interesse dos sinais é fundamental submetê-los a etapas de processamento pois, em sua maioria, estão contaminados por ruídos. Estes ruídos são oriundos das mais variadas fontes de interferência e impossibilitam uma análise imediata dos sinais. Este trabalho apresenta o desenvolvimento de uma plataforma computacional de processamento digital de sinais para uso em ensino e pesquisa em sinais biomédicos. Trata-se de uma ferramenta gráfica interativa, dinâmica e de simples utilização que faz uso de figuras geométricas, denominadas blocos funcionais. Através do ambiente gráfico da plataforma é possível criar diagramas em blocos, que irão descrever o fluxo de dados entre as funções, para realizar o processamento digital do(s) sinal(is) de interesse. Cada bloco realiza uma determinada função que pode ser modificada/controlada através de seus parâmetros...

Glossário bilíngue da língua de sinais brasileira : criação de sinais dos termos da música

Ribeiro, Daniela Prometi
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2013.; Nesta dissertação desenvolvemos um glossário bilíngue da língua de sinais brasileira com os termos da música. O objeto de estudo é a Notação Musical, sob a fundamentação teórica da Lexicologia e da Terminologia. A motivação para a pesquisa surge de nossos estudos no mestrado e se situa nas diferenças linguísticas interpostas entre aqueles que se expressam pela Libras (também denominada Língua de Sinais Brasileira - LSB) e os que se expressam por línguas orais, como o português. Como o público alvo são os estudantes Surdos na música, observamos previamente as dificuldades de aprendizagem numa sala de aula de musicalização, uma vez que, entre estudantes Surdos e a escola de música, a barreira de comunicação é grande. Percebemos que a maioria dos professores tem dificuldade de ensinar, não só pela falta de comunicação plena, mas, principalmente, pela falta de sinais próprios dos termos musicais. Entendemos que a musicalização é um processo de conhecimento por meio do qual o ser humano desperta e desenvolve o gosto pela música. Este trabalho...

Avatar 3D para síntese automática de sinais da língua de sinais brasileira

Gonçalves, Diego Addan
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
Resumo: A Libras, Língua de Sinais Brasileira, utilizada por pessoas com deficiência auditiva, tem impulsionado estudos nos mais diversos campos. Na área de tecnologia de informação não e diferente. Para pessoas com esta deficiência, sistemas com representação virtual podem ter seu uso em vários aspectos do cotidiano, servindo de ferramenta para acesso a informações. Os softwares que utilizam um ambiente virtual voltado para línguas de sinais existentes, contudo, são baseados em sinais indivisíveis e não em parâmetros de um modelo computacional, ou mesmo soletração. Assim, os sistemas ficam limitados a uma lista de palavras, ou sinais, prontos. Alem disso, muitos destes softwares são comerciais, e possuem suas bases limitadas, não oferecendo a possibilidade e incremento de elementos na base de conhecimento. Este trabalho apresenta uma nova abordagem na construção de um sistema que utiliza um Avatar 3D para representação da Libras, utilizando entrada baseada em um modelo formal e gerando sinais automaticamente através de um motor gráfico, baseado em parâmetros gerais como as posições e articulações utilizadas e não em sinais completos, possuindo ainda a vantagem de permitir a inclusão de novos sinais e parâmetros. São apresentados conceitos e métodos para criação de um Avatar 3D...

Uma fundamentação para sinais e sistemas intervalares

Santana, Fabiana Tristão de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; Automação e Sistemas; Engenharia de Computação; Telecomunicações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; Automação e Sistemas; Engenharia de Computação; Telecomunicações
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.84%
In this work we use Interval Mathematics to establish interval counterparts for the main tools used in digital signal processing. More specifically, the approach developed here is oriented to signals, systems, sampling, quantization, coding and Fourier transforms. A detailed study for some interval arithmetics which handle with complex numbers is provided; they are: complex interval arithmetic (or rectangular), circular complex arithmetic, and interval arithmetic for polar sectors. This lead us to investigate some properties that are relevant for the development of a theory of interval digital signal processing. It is shown that the sets IR and R(C) endowed with any correct arithmetic is not an algebraic field, meaning that those sets do not behave like real and complex numbers. An alternative to the notion of interval complex width is also provided and the Kulisch- Miranker order is used in order to write complex numbers in the interval form enabling operations on endpoints. The use of interval signals and systems is possible thanks to the representation of complex values into floating point systems. That is, if a number x 2 R is not representable in a floating point system F then it is mapped to an interval [x;x], such that x is the largest number in F which is smaller than x and x is the smallest one in F which is greater than x. This interval representation is the starting point for definitions like interval signals and systems which take real or complex values. It provides the extension for notions like: causality...

Decomposição de sinais eletromiográficos utilizando filtros casados; EMG signal decomposition using matched filters

Siqueira Junior, Ailton Luiz Dias
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
A detecção e classificação dos potenciais de ação de unidade motora (PAUMs) de sinais EMG é uma ferramenta importante no estudo do sistema neuromuscular. A partir de informações dessa classificação é possível diagnosticar distúrbios motores. Entretanto, apesar de existirem diversas propostas na literatura para executar tais ações, a grande maioria depende de algoritmos complexos e instrumentação específica. Dependendo do sistema, o custo computacional ou o mecanismo de captação envolvendo, matrizes de eletrodos, pode limitar sua utilização em aplicações clínicas, biofeedback ou em sistemas embarcados para controle de próteses. Outra questão importante consiste na detecção e classificação de disparos em sinais com baixa relação sinal ruído (SNR). Um método capaz de operar em sinais com baixa SNR é interessante em aplicações onde não se pode controlar completamente a coleta do sinal. Como exemplo, podemos citar aplicações da eletromiografia em interfaces homem máquina (IHM), onde o posicionamento dos eletrodos pode ser realizado por um usuário com pouco treinamento e o ambiente pode conter alto nível de interferência eletromagnética, diminuindo a SNR do sinal captado. Como solução para tais problemas...

Implementação e validação de um hardware emulador de sinais biológicos

Zaidan, Hudson Capanema
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.86%
Vários estudos na área da saúde exigem a aquisição e análise de sinais biológicos. A etapa de aquisição destes sinais depende de protocolos, equipamentos e técnicas específicas, e é parte obrigatória do cronograma de diversas pesquisas. Por este motivo, é interessante que se consiga otimizá-la. O principal objetivo do presente trabalho foi o desenvolvimeto de um hardware emulador de sinais biológicos para o ensino e aprendizagem na área de engenharia biomédica, e auxiliar as novas tecnologias provenientes da utilização de sinais biológicos. Neste contexto, o desenvolvimento de equipamentos capazes de emular e simular sinais biológicos se torna relevante, pois, com eles, pode-se subtrair a etapa de aquisição, economizando tempo e auxiliando os estudos voltados para o seu processamento. Estes dispositivos disponibilizam sinais biológicos em sua forma analógica, que previamente estavam armazenados digitalmente em uma base de dados, emulando-os, ou, simplesmente simulando estes sinais quando os mesmos são gerados por programas computacionais. Uma aplicação importante para os emuladores e simuladores desta natureza, é avaliar a exatidão, precisão e desempenho dos sistemas que processam sinais em tempo real. Assim...

Deteção automática de eventos em sinais Doppler de fluxo sanguíneo

Mestre, Gonçalo Caetano
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
Os sinais de fluxo sanguíneo são sinais aleatórios que, além de variarem de individuo para individuo, variam também consoante o ciclo cardíaco em análise. Sendo o diagnóstico de patologias cardiovasculares fortemente baseado em sinais de ultrassom Doppler representados em forma de espectrograma, e tendo em consideração que o ruído do tipo speckle é parte integrante dos sinais ultrassónicos, torna-se vital a pesquisa de métodos de eliminação desse tipo de ruído e de caracterização precisa dos parâmetros desses sinais biomédicos por forma a melhorar a qualidade do diagnóstico clínico. Com esta tese pretende-se desenvolver uma ferramenta computacional que possibilite a extração automática dos parâmetros pico sistólico, fim de diástole e de outros eventos clinicamente relevantes de sinais Doppler de fluxo sanguíneo, com especial atenção ao sinal proveniente da artéria carótida. Esta investigação vem na continuidade de um projeto realizado anteriormente no Grupo de Processamento de Sinal Biomédico da Universidade do Algarve, no qual foi desenvolvido um sistema de redução de ruído de espectrogramas Doppler. Este sistema de remoção de ruído será aqui aplicado e melhorado. Para a deteção e extração automática de parâmetros clínicos...

Uma ou duas? Eis a questão! : um estudo do parâmetro número de mãos na produção de sinais da língua brasileira de sinais (Libras); One or two? That's the question! : a study of the parameter number of hands in the production of Brazilian sign language (Libras) signs

André Nogueira Xavier
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.88%
Os itens lexicais das línguas sinalizadas, tradicionalmente chamados de sinais, se caracterizam como sendo feitos com uma ou duas mãos. Por essa diferença articulatória ser usada contrastivamente nessas línguas, Klima e Bellugi (1979) propuseram a inclusão do número de mãos no conjunto de parâmetros sublexicais empregados na análise fonológica dos sinais. Neste trabalho, realiza-se um estudo desse parâmetro na produção de sinais da língua brasileira de sinais (libras) com foco tanto em casos nos quais sinais tipicamente articulados com uma mão são produzidos com duas (duplicação), quanto em casos em que sinais normalmente realizados com duas mãos são feitos com apenas uma (unificação) (JOHNSTON; SCHEMBRI, 1999). Além disso, analisam-se casos em que a mudança no número de mãos (de uma para duas) tem efeito sobre o significado do sinal ¿ não se caracterizando, portanto, como variação ¿, bem como casos em que a realização com uma ou duas mãos de certos sinais não altera o seu significado, constituindo, assim, variantes destes. Um dos achados deste estudo diz respeito à não-identificação de pares mínimos em que o único elemento de contraste lexical é o número de mãos. Em todos os casos levantados...

Compostos na língua de sinais brasileira; Compounds in Brazilian sign language

Takahira, Aline Garcia Rodero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
Composição é um fenômeno muito produtivo nas línguas de sinais. Estudos pioneiros na ASL (língua de sinais americana) identificaram compostos formados sequencialmente que se caracterizam por regras de redução fonológica e assimilação nos constituintes dos compostos (KLIMA; BELLUGI, 1979; LIDDELL; JOHNSON, 1986). Um estudo sobre compostos na BSL (língua de sinais britânica) mostra a possibilidade de realização simultânea de dois sinais, que são dois classificadores (CLs), em um composto (BRENNAN, 1990). Na libras (língua brasileira de sinais), há estudos que tratam de compostos realizados sequencialmente com dois ou três sinais (QUADROS; KARNOPP, 2004; FELIPE, 2006; FIGUEIREDO SILVA; SELL, 2009). No entanto, nenhum deles trata da possibilidade da ocorrência de CLs em compostos, tampouco da possibilidade da realização de compostos simultâneos. Se as línguas de sinais apresentam dois articuladores primários, as mãos, é natural pensarmos na possibilidade da ocorrência de sinais simultâneos. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é descrever os tipos de compostos que ocorrem na libras e investigar a possibilidade de ocorrência de CLs e marcadores não-manuais em compostos, formando compostos simultâneos. Através do conjunto de dados levantado em dicionários...