Página 1 dos resultados de 516 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Assessing the evolution of sustainability reporting in the mining sector

Perez, Fabiana; Sanchez, Luis Enrique
Fonte: SPRINGER Publicador: SPRINGER
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.24%
Since the 1990s several large companies have been publishing nonfinancial performance reports. Focusing initially on the physical environment, these reports evolved to consider social relations, as well as data on the firm`s economic performance. A few mining companies pioneered this trend, and in the last years some of them incorporated the three dimensions of sustainable development, publishing so-called sustainability reports. This article reviews 31 reports published between 2001 and 2006 by four major mining companies. A set of 62 assessment items organized in six categories (namely context and commitment, management, environmental, social and economic performance, and accessibility and assurance) were selected to guide the review. The items were derived from international literature and recommended best practices, including the Global Reporting Initiative G3 framework. A content analysis was performed using the report as a sampling unit, and using phrases, graphics, or tables containing certain information as data collection units. A basic rating scale (0 or 1) was used for noting the presence or absence of information and a final percentage score was obtained for each report. Results show that there is a clear evolution in report`s comprehensiveness and depth. Categories ""accessibility and assurance"" and ""economic performance"" featured the lowest scores and do not present a clear evolution trend in the period...

A evolução dos relatórios de sustentabilidade no setor de mineração.; Assessing the evolution of sustainability reporting in the mining sector.

Perez, Fabiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.48%
Nos últimos anos nota-se uma preocupação crescente das empresas com responsabilidade empresarial e desenvolvimento sustentável. A divulgação dos resultados por meio da publicação de relatórios de desempenho ambiental, de sustentabilidade e/ou balanços sociais pode demonstrar eficiência e melhorar as relações com as diversas partes interessadas. A publicação de estudos sobre a utilização de relatórios de sustentabilidade no setor de mineração contribui indiretamente para fomentar a evolução dessa prática nas empresas e contribuir para a melhora da imagem da mineração. O objetivo desta pesquisa é investigar de que modo tem-se dado a evolução dos relatórios de sustentabilidade publicados pelas empresas do setor de mineração. Foi desenvolvido um roteiro de avaliação dos relatórios, baseado em referências internacionais de boas práticas e na literatura sobre o tema. A avaliação foi feita somente em termos de atendimento ou não a 62 requisitos ou tópicos que deveriam idealmente constar de relatórios de sustentabilidade de empresas desse setor. Os requisitos foram agrupados nas seguintes categorias: Contexto e compromissos, Gestão, Desempenho econômico, Desempenho social, Desempenho ambiental e Acessibilidade e garantia. O roteiro foi aplicado a 35 relatórios preparados entre 1997 e 2006 por cinco grandes empresas multinacionais do setor de mineração. A hipótese de evolução na qualidade e na abrangência dos relatórios foi confirmada com uma tendência positiva. A alta média das pontuações totais dos relatórios analisados e a alta porcentagem de apresentação de informações recomendadas para o setor mostram o esforço dessas empresas na identificação de riscos e resposta às partes interessadas. As seis categorias de informação analisadas mostraram resultados diversos...

Desenvolvimento de método de avaliação de desempenho de processos de manufatura considerando parâmetros de sustentabilidade; Development of a method for manufacturing processes assessment considering sustainability parameters

Araujo, Juliano Bezerra de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
As empresas não mais podem pensar em desenvolvimento econômico sem a paralela preservação do meio-ambiente e do benefício mútuo da sociedade. É importante que as condições econômicas e sociais sejam melhoradas ao longo do tempo, sem exceder a capacidade de suporte do planeta. As indústrias podem contribuir para melhorar esse cenário aplicando uma gestão sustentável de manufatura, uma vez que estes são um dos principais agentes causadores de impactos. No entanto, para que consigam aprimorar a sustentabilidade de seus processos, é indispensável, antes de tudo, conhecer o seu real desempenho. O presente trabalho tem como objetivo principal desenvolver um método estruturado e simples para a avaliação de desempenho em sustentabilidade de processos de manufatura, permitindo a construção de relatórios de sustentabilidade mais precisos, periódicos e que venham a apoiar o processo de tomada de decisão gerencial. Embora modelos para a avaliação de desempenho em sustentabilidade tenham sido apresentados nos últimos anos, como o guia GRI, estes ainda carecem de critérios e regras para realizar análises mais precisas e integradas. O método proposto pode ser aplicado em dois processos de manufatura distintos, comprovando a sua eficácia e robustez. Ele é usado para analisar e comparar o desempenho em sustentabilidade de dois processos de usinagem...

A integração da sustentabilidade às práticas de controle gerencial das empresas no Brasil; The integration of sustainability into management control practices in Brazil

Cintra, Yara Consuelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
O estudo objetiva mapear e analisar a integração da sustentabilidade às práticas de controle gerencial (CG) das empresas no Brasil. A sustentabilidade foi considerada sob as dimensões econômica, ambiental e social da abordagem triple bottom line - TBL (ELKINGTON, 1997). A abordagem de controle gerencial, por sua vez, usou o modelo de alavancas de controle (SIMONS, 1995), acrescido de controles especializados, apropriados ao controle da sustentabilidade nas dimensões do TBL. A amostra deste estudo foi formada por 59 empresas que divulgaram os chamados relatórios de sustentabilidade no Brasil, ao menos uma vez entre os anos 2007 e 2009. Estas companhias foram submetidas a um levantamento do tipo survey, de forma a obter dados sobre a possível integração da sustentabilidade às suas práticas de controle gerencial, ou seja, testar a presença de tópicos sociais e ambientais e foco mais amplo em stakeholders em seus instrumentos de CG. Os dados foram submetidos a técnicas de estatística univariada descritiva e multivariada de modelagem de equações estruturais. Uma escala para classificar o estágio de divulgação dos relatórios de sustentabilidade foi proposta e os relatórios das empresas classificados de acordo com a mesma. As hipóteses foram construídas sob as suposições de que a divulgação dos relatórios de sustentabilidade se dá como resposta estratégica às demandas da sociedade...

Análise do relatório GRI enquanto ferramenta para a mensuração da sustentabilidade empresarial; Analysis of GRI Reporting as a tool for measuring corporate sustainability

Rocha, Tatiana Aparecida Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.45%
O aumento significativo da deterioração das condições ambientais e sociais em muitas partes do mundo indicam que a sustentabilidade como um todo pode estar ameaçada. Assim a sustentabilidade empresarial tornou-se um objetivo bastante almejado e de fundamental importância não só para as empresas que sofrem constantes pressões sociais, mas também para toda a humanidade. Por esses motivos, cada vez mais empresas estão adotando relatórios de sustentabilidade para demonstrar seu engajamento com a sustentabilidade empresarial. Para tanto, é preciso utilizar indicadores adequados para a mensuração de desempenho dessas organizações em relação à sustentabilidade. Assim, esta dissertação analisou relatórios de sustentabilidade e identificou que o relatório de sustentabilidade GRI vem sendo utilizado não apenas como um relatório de transparência mas como um certificador, portanto tem como objetivo avaliar se o GRI pode ser analisada como ferramenta adequada para a caracterização de empresas brasileiras enquanto sustentáveis, por meio de revisão bibliográfica, pesquisa em modelos de indicadores de sustentabilidade e análise dos relatórios das seis empresas brasileiras atestadas como A+. Como resultado desta pesquisa verificou-se que o GRI deve ser melhorado em vários e importantes aspectos para que possa ser usado como certificador da Sustentabilidade Empresarial.; The significant increase of deteriorating environmental and social conditions in many parts of the world indicate that sustainability as a whole may be threatened. Thus corporate sustainability has become a very desired objective and of fundamental importance not only for companies that suffer constant social pressures...

Gerenciamento de impressão em relatórios de sustentabilidade no Brasil: Uma análise do uso de gráficos; Impression management in sustainability reports in Brazil: An analysis of the use of graphics.

Penteado, Isabela Alves de Morais
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.35%
O crescente número de empresas brasileiras que preparam e divulgam voluntariamente relatórios de sustentabilidade, bem como as motivações propostas pela Teoria da Legitimidade para a adoção dessa prática, causam questionamentos a respeito da idoneidade da informação oferecida. Dessa maneira, o presente trabalho investigou se os gráficos apresentados nos relatórios de sustentabilidade publicados por cinquenta empresas brasileiras de capital aberto foram utilizados como ferramentas para o gerenciamento de impressões, sendo manipulados de forma a melhorar a apresentação do desempenho obtido por essas organizações e auxiliar em seus processos de legitimação. A amostra final compreendeu 3.422 informações gráficas e as análises realizadas abrangeram duas formas de gerenciamento de impressões por meio do uso de gráficos abordadas na literatura: a seletividade e a distorção de medidas. Os resultados encontrados, embora explicativos, não forneceram evidências seguras de que os gráficos identificados foram empregados como ferramentas para o gerenciamento de impressão. Apesar da predominância da utilização de gráficos para a representação de notícias positivas e das distorções de medidas físicas identificadas...

Aspectos positivos e negativos no modelo de reporte proposto pela GRI: a opinião das organizações que reportam; Positive and negative aspects in the reporting model proposed by GRI : the view of organizations that report

Quilice, Thiago Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
A prática de divulgar relatórios de sustentabilidade tem se tornando comum em organizações por todo o mundo; em especial no Brasil, há uma forte tendência de crescimento na adoção desta prática. O objetivo deste trabalho foi identificar porque as organizações reportam e os aspectos positivos e negativos no modelo de reporte de sustentabilidade proposto pela Global Reporting Initiative (GRI), na opinião dos funcionários apontados nos relatórios de sustentabilidade como responsáveis por eles; estas informações são importantes porque poucas pesquisas investigam os relatórios de sustentabilidade a partir deste ponto de vista e porque oferece à GRI pontos específicos a serem melhorados. A pesquisa foi realizada por meio da análise de conteúdo, sem a utilização de softwares específicos para o método, das respostas dos funcionários de 27 empresas às questões: Por que elaborar relatório de sustentabilidade? Quais aspectos positivos você identifica no modelo de reporte proposto pela GRI? e quais os negativos? Como resultado, foram obtidas sete categorias sobre por que as organizações emitem relatório de sustentabilidade: apoiar a gestão, acompanhar o mercado, prestar contas, contribuir com outras empresas...

Divulgação de informações ambientais e sociais através do balanço social e relatório de sustentabilidade; Dissemination of social and environmental information by social and sustainability report

Santos, Giovanna Nazareth Paiva dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.25%
O presente artigo descreve o conceito e a importância de um Relatório de Sustentabilidade, as grandes vantagens que ele oferece, o descaso e a falta de conscientização dos empresários brasileiros e dos governos com este e os modelos que atualmente são mais utilizados no Brasil. Para tal, utilizou-se o método de revisão bibliográfica. Este trabalho visa esclarecer os principais procedimentos para evidenciação contábil das informações de natureza social e ambiental. Para tanto, é necessário considerar as questões ambientais e sociais de forma estratégica, mudando concepções, passando a ver os custos ambientais como investimentos, aumentando, desta maneira, a competitividade da empresa no mercado e garantindo o bem-estar das gerações futuras, com responsabilidade social, moral e ética. Atualmente não existe um modelo padrão de apresentação destes relatórios, isto porque ainda não há uma legislação aprovada sobre o assunto que obrigue sua elaboração. Apesar disso, a responsabilidade social e ambiental está cada vez mais presente nas sociedades empresárias que vêm adotando estratégias de redução dos impactos negativos de suas atividades, a razão disto é que a sociedade está cada vez mais preocupada com a sustentabilidade e o meio ambiente. Contudo...

Análise do uso do modelo Global Reporting Initiative para elaboração do relatório de sustentabilidade das empresas de energia elétrica no Brasil; Analysis of the use of the Global Reporting Initiative model for sustainability reporting by electricity utilities in Brazil

Mariana Rocha Camargos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
Na tentativa de atender à preocupação crescente com os impactos provocados pelas atividades das organizações, diversas empresas começaram a publicar relatórios de sustentabilidade corporativos. O setor elétrico brasileiro, seguindo uma tendência mundial, tem a grande maioria de suas companhias utilizando a estrutura da Global Reporting Initiative (GRI) como um modelo para elaboração do relatório de sustentabilidade. Neste contexto, buscou-se avaliar como as empresas brasileiras de energia elétrica têm utilizado as diretrizes da GRI. Verificou-se se os princípios estabelecidos pela GRI foram obedecidos na elaboração do relatório, se as empresas utilizaram as diretrizes de maneira homogênea e se as exigências da agência reguladora - ANEEL - influenciaram no conteúdo do relatório GRI. Foram, ainda, entrevistados profissionais da área de Responsabilidade Social Corporativa de algumas das empresas avaliadas, na tentativa de entender a importância estratégica dos relatórios de sustentabilidade, bem como os motivadores para o uso do modelo GRI. Os resultados apontam para uma heterogeneidade entre os conceitos de sustentabilidade adotados, a escolha de indicadores e a qualidade da informação entre os relatórios de diferentes companhias. É também observada grande influência da ANEEL no conteúdo dos relatórios GRI. As entrevistas com os profissionais demonstram grande preocupação das empresas com a imagem que transmitem às partes interessadas e destacam o papel fundamental do relatório de sustentabilidade na criação de um canal de comunicação entre a empresa e o público.; In an effort to attend to the growing concern about the social and environmental impact of organizational activities...

Relatórios de sustentabilidade: que futuro? O papel dos auditores e da auditoria nesse futuro.

Teixeira, Carla João de Sousa
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.4%
A presente investigação desenvolve o tema da sustentabilidade, ou dito de outra forma, desenvolvimento sustentável. Isto interessa aos países, às organizações e aos cidadãos em geral. Neste pressuposto, este trabalho centra-se nos relatório de sustentabilidade, designação que, actualmente, vem substituir outros que se sucederam ao longo dos tempos, por exemplo: relatórios de responsabilidade social; relatórios ambientais; relatórios de ambiente, saúde e segurança. Porém, os relatórios de sustentabilidade, para serem totalmente compreendidos, devem ser inseridos nos sistemas de informação e comunicação das organizações, onde é verificável que cada vez mais se quer prestar contas, sobre as acções desenvolvidas na esfera da sustentabilidade, de forma credível. No processo de verificação e validação, a auditoria e os auditores têm um papel crucial, contudo, verifica-se que teóricos e práticos, nomeadamente, as empresas de referência mostram que a "sustentabilidade" não deve ser tratada "à parte" mas estar presente em tudo o que é realizado, e neste sentido, as três dimensões que a revelam: ecónomica, social e ambiental. Neste quadro, o objectivo desta dissertação anda em torno de se perceber qual será o futuro dos relatórios de sustentabilidade. O trabalho desenvolvido confirma a problemática que guiou o estudo. Tende-se e é recomendável que as organizações venham a elaborar relatórios únicos integrados...

Nova School of Business & Economics: Sustainability report

Santana, Paula Peste
Fonte: NSBE - UNL Publicador: NSBE - UNL
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.22%
A Work Project, presented as part of the requirements for the Award of a Masters Degree in Management from the NOVA – School of Business and Economics; This work project consists of a sustainability report proposal for NovaSBE, consolidating its strategic goals of preparing students for sustainable development challenges of today’s organizations and communication towards stakeholders. This proposal arouses from the partnership with the Consultancy firm for Sustainable Development Sair da Casca. The first assignment given by the company consisted of building a sustainability observatorium that included the top 25 Portuguese companies’ sustainability practices. However, during the process, the company realized such a benchmarking tool already existed so that it did not make sense to develop it. It was then that from the alignment of interests between the company and the Field Lab purpose emerged the idea of a sustainability report for the school. To conduct a Sustainability Report Proposal for NovaSBE, the previous experience of collecting data on the top 25 companies’ sustainability practices allowed for a deeper knowledge on sustainability reporting.The Global Reporting Initiative sustainability reporting standards were chosen to carry this project out considering that its wider acceptance applies for NovaSBE’s internationalization ambitions. Nonetheless...

La auditoría social y los informes de sostenibilidad

Bernal Montero, Mónica Lizette
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: PDF
Português
Relevância na Pesquisa
46.2%
El presente trabajo se aproxima al concepto de auditoría social desde su comprensión histórica. A partir de un análisis descriptivo del concepto se evidencian sus características y especificidades para comprender, no solo la importancia de la auditoría social, sino también las fallas coyunturales en las cuales se puede incurrir a la hora de hacer auditoría. El punto clave de esta investigaciónes mostrar el estado y la relevancia que tiene la auditoría social en los informes de sostenibilidad; es decir, el estudio muestra no solo la evolución del concepto sino lo que representa en las empresas cuando se trata de verificar las prácticas relacionadas con la esponsabilidad Social Empresarial (RSE) que son parte integral de los informes de sostenibilidad.; This work approaches the concept of social auditing from its historical comprehension. From a descriptive analysis of the concept, its characteristics and specificities are demonstrated to understand not only the importance of social auditing but also the juncture flaws that can happen during the audit. The key point of this work is focused on showing the state and relevance that social auditing has in the sustainability reports; meaning, the research shows not only the concept’s evolution but also the representation that attains in the enterprises when it verifies the practices related to Corporate Social Responsibility (CSR)that are an integral part of the sustainability reports.

La responsabilidad social corporativa como oportunidad para las empresas turísticas

Gomis Rodríguez, Alfonso; Álvarez Sousa, Antonio; Rego Veiga, Gustavo; Leira López, José (1951-); Caramés Balo, Rosa Elena; Andrade Suárez, María José
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.05%
[Resumo] En primeiro lugar realízase unha aproximación xeral ao concepto de responsabilidade social empresarial e coméntanse algunhas das características deste novo modelo de xestión. A seguir, repásanse algunhas das responsabilidades que cabe esperar que as empresas turísticas asuman, así como tamén algunhas iniciativas de dentro e fóra do sector do turismo para fomentar a RSC por parte de distintos organismos internacionais, e as iniciativas desenvolvidas polas propias empresas neste sentido. Nas últimas seccións estúdase unha iniciativa concreta, a norma SA8000 de auditoría social, e as memorias de sustentabilidade.; [Resumen] Primero se hace una aproximación general a la responsabilidad social empresarial y se comentan algunas características de este nuevo modelo de gestión. Después se hace un repaso de algunas de las responsabilidades que cabe esperar que desarrollen las empresas turísticas, así como algunas iniciativas, dentro y fuera del sector del turismo, para fomentar la responsabilidad por parte de distintos organismos internacionales, y las iniciativas desarrolla- das por las propias empresas. En los últimos apartados se estudia una iniciativa concreta, la norma SA8000 de auditoría social...

Measuring social, economic and environmental sustainability at the enterprise level: a case study of an Australian utility corporation's sustainability report

Davidson, K.; Wilson, L.
Fonte: QUT; www Publicador: QUT; www
Tipo: Conference paper
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
46.44%
The debate on a sustainable future for Australia has focused enterprises on developing triple bottom line or sustainability reports. Enterprises now commonly provide reports to their stakeholders on sustainability. However it is argued in this paper that shortcomings in current reporting practices are limiting the measurement of sustainability. The Global Reporting Initiative (GRI), the most commonly applied consistent framework for enterprises, recommends the application of indicators that consider the inter-relations between the economy, society and the environment. However, these recommendations are not generally being translated into practice by firms. The environmental aspects of enterprise sustainability reports tend to be privileged over the social and economic components. Indicators of the social and economic impact of an enterprise generally draw upon productivity and human relation measurements rather than measures directly relevant to the impact of enterprise actions on the community. To illustrate these arguments we offer a case study of the Australian Gas Light Company, (AGL), 2004 Sustainability Report, and a critique of the GRI. AGL is a large Australian energy company. We argue that inter-related indicators tend not to be considered within enterprise sustainability reports. It is argued that social and economic externalities of enterprises have an impact on surrounding communities and hence should be measured and reported in conjunction with environmental factors. Moreover...

A divulgação de relatórios de sustentabilidade na América Latina: um estudo comparativo; Informes de la divulgación de la sostenibilidad en América Latina: un estudio comparativo; The disclosure of sustainability reports in Latin America: a comparative study

Calixto, Laura
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.28%
Este trabajo tuvo como objetivo analizar comparativamente las informaciones socioambientales difundidas por las empresas de América Latina en sus informes. Se hizo un análisis de contenido de las informaciones socioambientales divulgadas por una muestra de 226 organizaciones, en el período 2004-2009, divididas por país, empresa, sector y año. Fueron utilizadas las directrices voluntarias del The Global Reporting Initiative (GRI) como parámetro para analizar el contenido de los informes anuales, informes de sustentabilidad y Formularios 20F, disponibles en sitios de las organizaciones, o en las bolsas de valores en que negocian sus acciones. Los resultados de la investigación revelaron que la mayoría de las empresas de capital abierto en la región no ofrece información socioambiental en sus informes anuales o en informes específicos sobre la tema, mientras tanto, las empresas establecidas en Brasil son las que más destacan el asunto. En cuanto a la evolución y a la forma de divulgación de informaciones socioambientales, se verificó que el informe anual es el principal canal utilizado por las empresas para destacar tales informaciones, seguida por el informe de sustentabilidad, divulgado como parte del informe anual, o como una publicación específica.; This work aims to comparatively analyze the social and environmental information disseminated by Latin American companies in their reports. A content analysis was made of the social and environmental information disclosed by a sample of 226 organizations...

Analysis of levels disclosure of sustainability reports of brazilian companies A + the Global Reporting Initiative GRI 2007

Leite Filho, Geraldo Alemandro; Prates, Lorene Alexandre; Guimarães, Thiago Neiva
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.19%
The new societal relations in contemporary world have caused great impacts on society. Consequently, governments and businesses have sought to practice their activities in a sustainable manner, balancing the responsibility to develop solutions that meet the needs of a population without compromising resources for future generations. Thus, this study aims to analyze the level of disclosure of information of social and environmental sustainability reports in 2007 of the companies concerned with application level A + by the Global Reporting Initiative (GRI) - Natura, Petrobras, Bunge, Real Bank, Bradesco and Itaú Bank. To get to the disclosure of information, techniques were used content analysis of qualitative and quantitative as well as non-parametric tests. The results showed that the selected companies did not respond promptly to the level of disclosure proposed by the GRI. The level of disclosure of information, we obtained the results from the application of a statistical test that measured the degree of disclosure of the sustainability report of the companies compared to an ideal level of disclosure. The results showed that none of the companies responded to the ideal level. It was concluded that quantitative levels of disclosure are statistically different between the sample.; As novas relações societais do mundo contemporâneo têm causado grandes impactos na sociedade. Consequentemente...

Análise do Discurso da Sustentabilidade em uma Empresa do Setor de Energia Elétrica; Sustainability Discourse Analysis in a Company of the Electric Energy Sector

Coelho, Ana Lúcia de Araújo Lima; Godoi, Christiane Kleinübing; Coelho, Christiano; Pascual, Araceli Serrano
Fonte: Universidade Federal do Espírito Santo Publicador: Universidade Federal do Espírito Santo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
DOI: http://dx.doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2012.1.1.4058.122-158The objective of this research is to analyze the construction of the discourse of sustainability in a multinational electricity sector from the speech of people directly related to the preparation of Sustainability Reports. Sociological Discourse Analysis (SDA), the methodological approach used and systematized in this study, is linked to the Spanish Tradition of Qualitative Social Research. As a method, revealed the discourse of sustainability in the company considering the social aspect and concrete communicative spaces that formed and elaborated the discourse of the actors as signifying practices. The analysis of discursive styles, discursive positions, settings and narrative spaces semantic search were performed in the construction of the discourse of sustainability. The company presents itself through a discourse aligned with economic goals, considering also other dimensions of sustainability - environmental, social and manifesting its environmental and social responsibility.; DOI: http://dx.doi.org/10.13071/regec.2317-5087.2012.1.1.4058.122-158O objetivo desta pesquisa consiste em analisar a construção do discurso da sustentabilidade em uma multinacional do setor de energia elétrica a partir das falas de pessoas diretamente relacionadas à elaboração dos Relatórios de Sustentabilidade. A Análise Sociológica do Discurso (ASD)...

Quality of social and environmental disclosure: a study on the accuracy of financial information in sustainability reports; Calidad de la divulgación socio ambiental: un estudio sobre la precisión de las informaciones contables en los informes de sostenibilidad; Qualidade da divulgação socioambiental: um estudo sobre a acurácia das informações contábeis nos relatórios de sustentabilidade

Garcia dos Reis, Solange; Universidade de São Paulo USP Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto FEA-RP; Cintra, Yara Consuelo; Universidade Federal do Rio de Janeiro; Ribeiro, Maisa de Souza; Universidade de São Paulo U
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.26%
Currently, a broader set of stakeholders justifies the growing importance of social andenvironmental disclosure for accountability purposes. However, the quality of information onSustainability Reports (SR) has been questioned. This study uses content analysis toinvestigate the accuracy of economic indicators (EC1 to EC9) of Global Reporting Initiative(GRI) standard in the SR in comparison with the information in the financial reports. Thesample consists of the Sustainability Reports of 23 companies in the Brazilian power sector,which were published in 2011. The results show that the degree of accuracy is medium or lowfor all companies, suggesting flaws in the preparation of economic data from the SR, forwhich companies would be supposedly well prepared, as the accounting systems of thecompanies contain most of the information necessary especially to meet the Value AddedStatement (VAS), the CPC 33 Employee Benefits and CPC 07 Government Subsidies andAssistance.; Actualmente, un conjunto más amplio de stakeholders justifica la creciente importancia de ladivulgación socio ambiental para efecto de accountability. Sin embargo, la calidad de lainformación en los Informes de Sostenibilidad (RS) ha sido cuestionada. Este estudio utilizael análisis de contenido para investigar la precisión de los indicadores económicos (de EC1 aEC9) del estándar Global Reporting Initiative (GRI) en los RS...

Conceitos Atribuídos à Sustentabilidade em Organizações de Diferentes Setores; Concepts Attributed to Sustainability in Organizations from Different Sectors

Silva, Sabrina Soares da; Universidade Federal de Lavras; Reis, Ricardo Pereira; Universidade Federal de Lavras; Amâncio, Robson; Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Teórico-empírica; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.17%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2014v16n40p90O termo sustentabilidade surgiu nas áreas de Biologia e Ecologia, porém, seu uso indiscriminado e acrítico tem feito com que sua adoção não se aproxime da sua definição original. Esse estudo teve como objetivo discutir os diferentes conceitos atribuídos à sustentabilidade nas organizações, descrevendo os significados a ela atribuídos. Foram adotados, como objeto de estudo, os relatórios de sustentabilidade e os conteúdos dos sítios eletrônicos de oito organizações. Foi observada grande discrepância entre os conceitos atribuídos à sustentabilidade, estando a maior parte das ideias associada à permanência da própria empresa. As preocupações com o ambiente se restringiram à redução do uso de recursos naturais ou do impacto ambiental. Já as preocupações sociais se resumiram a diferentes formas de investimentos, programas e ações sociais. A maior parte das organizações buscou se amparar no termo sustentabilidade para legitimar sua atuação, provocando um esvaziamento desse conceito ao reduzi-lo ao atendimento dos interesses da própria organização.; The term sustainability has emerged in  Biology and Ecology fields, however, the indiscriminate and uncritical use of it had made its adoption diverge from the original definition. This study aims to discuss the different concepts attributed to sustainability in organizations...

Prevalence of sustainability reporting practices of a sample of listed companies on established and emerging stock exchanges

Turk,Brendan K; Shackleton,Charlie M; Whittington-Jones,Kevin
Fonte: South African Journal of Economic and Management Sciences Publicador: South African Journal of Economic and Management Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.2%
The business sector has a substantial role in addressing current environmental issues and concerns. Consequently, there is a growing adoption of corporate sustainability principles and practices across all market sectors. This study examined four developed and four emerging stock markets and the sustainability reporting practices of the top 20 and bottom 20 companies in each. The results illustrate that the developed market sector was more advanced in its corporate sustainability reporting, both in the proportion of companies issuing a sustainability report (approximately 60 per cent) and the proportion of company webpages dedicated to sustainability reporting. This difference was largely due to the effect of the top 20 companies. There was little difference between developed and developing markets when only the bottom 20 companies were considered, of which less than one-third provided sustainability reports. These results show that sustainability reporting is prevalent in both developed and developing markets, especially among market leading companies, but that overall, most developing markets have some catching up to do.