Página 1 dos resultados de 548 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O relato da sustentabilidade empresarial : prácticas em Portugal

Dias, António Carlos Gomes
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
Dissertação de Mestrado em Contabilidade e Auditoria apresentada à Universidade Aberta; A Sustentabilidade Empresarial é já uma realidade assumida pelos diversos intervenientes na gestão e análise empresarial, sendo considerada como de extrema relevância para a sobrevivência e competitividade das empresas a longo prazo. No campo académico constitui uma linha de investigação actual e em crescente desenvolvimento. Este trabalho, de carácter exploratório, pretende obter evidência empírica sobre as práticas e grau de divulgação deste tipo de matérias por parte das empresas cotadas em Portugal, e identificar os indicadores económicos, ambientais e sociais mais relevantes para cada sector de actividade. Aplicando a metodologia conhecida como análise de conteúdo, em que a base do sistema de classificação foi o modelo de relato da sustentabilidade empresarial proposto pela Global Reporting Initiative em 2002, verificamos a quantidade e qualidade das informações empresariais divulgadas por uma amostra de 49 empresas cotadas no Mercado de Cotações Oficiais da Euronext Lisboa no exercício de 2005. Os resultados obtidos, uma vez que apenas 45% das empresas relatam temas relacionados com a sua sustentabilidade...

Análise do Índice Brasileiro de Sustentabilidade Empresarial em uma perspectiva de retorno e risco: estudo de eventos da divulgação das carteiras teóricas no período de 2005 a 2010; Analysis of Brazilian Corporate Sustainability Index in a risk and return perspective: event study of theoretical portfolios release from 2005 to 2010

Figlioli, Bruno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
Este trabalho investigou o comportamento dos retornos e risco das ações quando da divulgação das carteiras teóricas do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Este índice foi implementado em 2005 pela Bolsa de Valores São Paulo e é considerado referência de boas práticas de sustentabilidade e responsabilidade corporativa no Brasil. No entanto, a inclusão de uma empresa em indicadores de sustentabilidade não garante, necessariamente, um melhor desempenho de suas ações. Neste contexto foram utilizadas as metodologias de estudo de eventos, análise de repetições, backtesting, regressão logit e análise envoltória de dados para analisar a reação dos retornos das ações do ISE e verificar se fatores ligados ao desempenho econômico, impacto ambiental e níveis de governança corporativa são fatores que influenciam esses retornos. Foram analisadas as ações pertencentes à carteira teórica do ISE no período de 2005 a 2010. Os resultados sugerem que os retornos das ações que integram o ISE foram influenciados pela divulgação das carteiras teóricas do ISE, uma vez que foi constatado: i) retornos anormais ao mercado; ii) não aleatoriedade dos retornos anormais ao mercado; iii) concentração dos retornos anormais ao mercado após a divulgação das carteiras teóricas e; iv) retornos anormais ao Value at RisK (VaR). Os resultados constataram que...

Análise do relatório GRI enquanto ferramenta para a mensuração da sustentabilidade empresarial; Analysis of GRI Reporting as a tool for measuring corporate sustainability

Rocha, Tatiana Aparecida Coêlho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.73%
O aumento significativo da deterioração das condições ambientais e sociais em muitas partes do mundo indicam que a sustentabilidade como um todo pode estar ameaçada. Assim a sustentabilidade empresarial tornou-se um objetivo bastante almejado e de fundamental importância não só para as empresas que sofrem constantes pressões sociais, mas também para toda a humanidade. Por esses motivos, cada vez mais empresas estão adotando relatórios de sustentabilidade para demonstrar seu engajamento com a sustentabilidade empresarial. Para tanto, é preciso utilizar indicadores adequados para a mensuração de desempenho dessas organizações em relação à sustentabilidade. Assim, esta dissertação analisou relatórios de sustentabilidade e identificou que o relatório de sustentabilidade GRI vem sendo utilizado não apenas como um relatório de transparência mas como um certificador, portanto tem como objetivo avaliar se o GRI pode ser analisada como ferramenta adequada para a caracterização de empresas brasileiras enquanto sustentáveis, por meio de revisão bibliográfica, pesquisa em modelos de indicadores de sustentabilidade e análise dos relatórios das seis empresas brasileiras atestadas como A+. Como resultado desta pesquisa verificou-se que o GRI deve ser melhorado em vários e importantes aspectos para que possa ser usado como certificador da Sustentabilidade Empresarial.; The significant increase of deteriorating environmental and social conditions in many parts of the world indicate that sustainability as a whole may be threatened. Thus corporate sustainability has become a very desired objective and of fundamental importance not only for companies that suffer constant social pressures...

Análise do índice de sustentabilidade empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo sob os aspectos de risco e retorno

Waldow, Meinel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.53%
Acredita-se que empresas listadas em índices de sustentabilidade empresarial tenham melhor desempenho que as listadas em índices de mercado tradicional. Este trabalho teve como objetivo analisar a evolução do índice de sustentabilidade empresarial de janeiro de 2006 a dezembro de 2011. Para tanto foi analisado o seu comportamento no período em relação aos índices Ibovespa e de Governança Corporativa Diferenciada. Foram utilizados indicadores de retorno, risco, performance, além de análises das suas médias móveis de 63, 126 e 252 dias para a verificação do desempenho dos índices estudados. Os resultados encontrados indicam um desempenho menos interessante nas médias móveis do ISE quando comparado ao Ibovespa, mas mais interessante quando comparado ao IGC.; It is believed that the listed companies in corporate sustainability indexes have better performance than those listed in the traditional market indexes. This work had as objective to analyze the evolution of the corporate sustainability index (ISE) from January 2006 to December 2011. For this purpose, its behavior was examined in relation to that period of Ibovespa and Differentiated Corporate Management (IGC) indexes. It were used indicators of return, risk, performance and analysis of its moving averages of 63...

Responsabilidade Social nas empresas que compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial da BOVESPA – ISE

Machado, Willian Maiate
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: f.; 90 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Ciências Contábeis; Este trabalho tem como objetivo central examinar a relação entre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) e os indicadores ambientais e sociais (internos e externos) constantes no Balanço Social das empresas que compõem este índice, no ano de 2005. Inicia-se com a apresentação do tema e problema de pesquisa, dos objetivos geral e específicos, da justificativa de estudo, da metodologia, das limitações e organização da pesquisa. Inicialmente busca-se através de conceitos, teorias e práticas sobre Índice de Sustentabilidade Empresarial, Responsabilidade Social nas Organizações, Balanço Social, Demonstração do Valor Adicionado (DVA), Governança Corporativa e o Novo Mercado (BOVESPA), Gestão Ambiental e Sistema Contábil Gerencial Ambiental (SICOGEA) suporte para conclusão da pesquisa. Na seqüência tem-se o estudo de campo, que juntamente com a fundamentação teórica são essenciais para se alcançar os objetivos propostos, os quais são atingidos plenamente. Posteriormente conclui-se que o Índice de Sustentabilidade Empresarial da BOVESPA...

Empreendedorismo, Responsabilidade Social e Sustentabilidade Empresarial O Caso do Museu do Marceneiro

Silva, Maria Luísa; Jorge, Fátima
Fonte: Ed. Vespa Publicador: Ed. Vespa
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
A partir da análise teórica do conceito de empreendedorismo, responsabilidade social (RS) e sustentabilidade empresarial é destacada a relação entre práticas de responsabilidade social e a sua ligação à sustentabilidade empresarial e que resultem de atitudes empreendedoras. Analisámos também de que modo é que as práticas de RS e o empreendedorismo podem ir ao encontro da sustentabilidade empresarial, acreditando ser essencial uma atitude de cooperação interinstitucional entre Estado, empresas e organizações da sociedade civil, para uma efectiva promoção da RS das Empresas e do Empreendedorismo. Procurámos conhecer o tipo de estratégia de RS daquela empresa, utilizando o modelo conceptual desenhado pelos autores do estudo RS nas PME – Casos em Portugal (Santos et al., 2006).

Responsabilidade Social e Sustentabilidade Empresarial Para o Desenvolvimento Regional – O Caso da Edia, S.A.

Silva, Maria Luísa; Jorge, Fátima
Fonte: Ed. Vespa Publicador: Ed. Vespa
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
A partir da análise teórica dos conceitos de desenvolvimento sustentável, responsabilidade social e sustentabilidade empresarial, é destacada a relação entre desenvolvimento regional e estratégias de sustentabilidade empresarial que integrem práticas de responsabilidade social. Abordadas à luz da estratégia de desenvolvimento regional Alentejo 2015 reflectimos sobre as práticas de responsabilidade social adoptadas pela EDIA, S.A., uma sociedade anónima de capitais exclusivamente públicos. Procurámos identificar o tipo de estratégia de Responsabilidade Social desta organização e concluímos que, alinhada com a estratégia, a Responsabilidade Social pode constituir um forte motor de crescimento que conduz à sustentabilidade empresarial e desenvolvimento sustentável.

Do desenvolvimento sustentável à sustentabilidade empresarial: um estudo regional multi-casos

Silva, Maria Luísa Fernandes de Carvalho e
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
66.53%
A partir da análise teórica dos conceitos de desenvolvimento sustentável, responsabilidade social e sustentabilidade empresarial, é destacada a relação entre desenvolvimento regional e estratégias de sustentabilidade empresarial que integrem práticas de responsabilidade social. Abordadas também à luz da estratégia de desenvolvimento regional – Alentejo 2015, para evidenciar tal relação reflectimos, nesta dissertação de mestrado, sobre as práticas de responsabilidade social adoptadas por quatro organizações escolhidas: a EDIA, S.A., uma sociedade anónima de capitais exclusivamente públicos; a Sociedade Agrícola Freixo do Meio, S.A., uma pequena empresa privada pertencente à sociedade que estrutura o grupo Sousa Cunhal – Investimento, SGPS S.A., a Delta Cafés SGPS, S.A., uma sociedade holding portuguesa de capitais inteiramente privados e o grupo de empresas Esporão, S.A.. Embora com características diferenciadas, estas organizações apresentam alguns aspectos comuns nas práticas de responsabilidade social adoptadas, até ao nível dos factores que influenciam a sua implementação; ABSTRACT: From the theoretical analysis of the concepts of sustainable development, social responsibility and corporate sustainability...

A produção mais limpa como ferramenta da sustentabilidade empresarial: um estudo no estado do Rio Grande do Norte

Pimenta,Handson Claudio Dias; Gouvinhas,Reidson Pereira
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.57%
O presente estudo teve como objetivo avaliar a produção mais limpa - PmL como ferramenta da sustentabilidade empresarial através de uma série de estudos de múltiplos casos em empresas do estado do Rio Grande do Norte. Para tanto, foi aplicada a metodologia de PmL modelo SEBRAE (2005) em três empresas: uma indústria de alimentos (empresa 1), uma indústria de confecções (empresa 2) e uma concessionária de veículos (empresa 3). Pelos resultados, destacam-se, na empresa 1, ações de substituição de matéria-prima, otimização do uso de água e energia. Na empresa 2, otimização do uso de tecido e modificação tecnológica. Por fim, na empresa 3, as medidas de segregação na fonte e reciclagem externa de resíduos. Contudo, foram evidenciadas melhorias nas vertentes ambiental, social e econômica, preconizadas pela sustentabilidade empresarial. Entretanto, faz-se necessário mais transparência da alta administração no comprometimento com a continuidade das ações para, diante disto, melhor enquadrar a PmL como uma ferramenta da sustentabilidade.

O índice de sustentabilidade empresarial (ISE) e os impactos no endividamento e na percepção de risco

Teixeira,Evimael Alves; Nossa,Valcemiro; Funchal,Bruno
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Contabilidade e Atuária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
Este estudo investigou se a forma de financiamento das empresas é afetada pela participação das firmas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE). Como objetivo complementar, foi analisada a relação entre o ISE e o risco. A fundamentação partiu da teoria da sinalização que apresenta possíveis soluções para mitigar problemas de adverse selection causados pela assimetria de informações e usada no caso de haver necessidade de tomada de decisões sobre investimentos em ambientes de incerteza. Foi utilizado um Experimento Natural, a partir de uma amostra de 378 empresas, divididas em dois grupos: um de tratamento e outro de controle, com dados em painel e duplo efeito fixo. Os resultados encontrados indicam, estatisticamente, que empresas que sinalizaram Responsabilidade Social Corporativa (RSC) tiveram uma relação negativa com o endividamento e o risco, quando comparadas com aquelas que não sinalizam. Esses resultados ajudam a entender a relevância dos índices de sustentabilidade como um canal de informação crível do comprometimento da empresa com a RSC.

A Produção mais Limpa como ferramenta em busca da sustentabilidade empresarial: um estudo de múltiplos casos em empresas do Estado do Rio Grande do Norte; Cleaner production as corporate sustainable tool: a multiple case studies within companies from Rio Grande do Norte state

Pimenta, Handson Cláudio Dias
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Estratégia; Qualidade; Gestão Ambiental; Gestão da Produção e Operações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
This study aimed to assess the Cleaner Production CP as corporate sustainable tool, through the multiple case studies within companies from Rio Grande do Norte State. In order to achieve this goal a research methodology approach was set. The initial stage of the research methodology was based on a literature review on which it was observed that the CP can be linked with corporate sustainable once it prevents pollution and reduces the operational risks among employees, community and environment. In addition, CP can useful for companies position within competitive position as well as being applied to process, products and services. In order to observe these factors, CP was used within food industry (Company 1), textile industry (Company 2) and in a car dealer (Company 3). Regarding the results, Company 1 changed its raw material as well as implementing housekeeping (control use of water, energy and condensed milk). In Company 2, it was observed the three levels of CP. In other words, housekeeping (e.g. cutting process and manipulation of chemical products), changing technology (high pressure washing machine) and internal and external recycling. In addition, Company 3 considered only level 3 external recycling. As consequence...

Análise da relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial; Analysis of the relation between management system standards (ISO 9001, ISO 14001, NBR 16001 and OHSAS 18001) and corporate sustainability

Ferreira, Camila dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.82%
A sustentabilidade está sendo inserida no contexto empresarial como uma forma de minimizar os impactos causados pelos processos produtivos. Empresas estão deixando de considerar somente questões econômicas e passaram a atentarem-se as questões socioambientais. Diante desse contexto, as organizações utilizam ferramentas como normas de sistemas de gestão para auxiliar a satisfazer os anseios das partes interessadas e introduzir a sustentabilidade em seus contextos. No cenário científico não identificou-se estudos que abordassem a relação existente entre normas de sistemas de gestão e a sustentabilidade empresarial. Sendo assim, esse estudo teve como objetivo analisar a relação entre normas de sistemas de gestão (ISO 14001, ISO 9001, OHSAS 18001 e NBR 16001) e a sustentabilidade empresarial. Para isso realizou-se uma revisão bibliográfica com o intuito de identificar os requisitos da sustentabilidade empresarial. Esses foram extraídos do Índice de Sustentabilidade Empresarial, Indicadores Ethos e Global Reporting Initiative, pois agrupam os principais elementos da sustentabilidade empresarial. Posteriormente foi construída matriz de relação contendo os requisitos da sustentabilidade empresarial e os requisitos de cada norma de sistema de gestão estudada. Essa matriz foi preenchida pela pesquisadora e por 6 especialistas que utilizam essas normas diariamente. Posteriormente as respostas foram consolidadas gerando a Matriz de Relação Consolidada (MRC) que foi analisada e interpretada. As relações foram classificadas como forte...

A compensação dos gestores, a sustentabilidade empresarial e os impactos no desempenho, valor e risco das empresas brasileiras

Guimarães, Thayse Machado
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.68%
Em um ambiente de negócios competitivo, como o atual, os temas governança corporativa e sustentabilidade empresarial surgem como forma de melhorar a imagem e aumentar a credibilidade das empresas. Entende-se que o estudo da compensação dos gestores e da sustentabilidade empresarial proporciona reflexões sobre os problemas decorrentes da teoria de agência, bem como permite visualizar a teoria dos stakeholders e a busca pelo valor no longo prazo. Nesse sentido, esta pesquisa analisa a influência da sustentabilidade empresarial na compensação dos gestores e destas variáveis nos indicadores de desempenho, valor e risco das empresas brasileiras listadas na BM&FBovespa. A investigação envolveu o período de 2009 a 2013, pois com a instrução da CVM 480 de 2009, as empresas de capital aberto foram obrigadas a apresentar informações detalhadas sobre a remuneração dos administradores. Supõe-se, dessa forma, que as empresas que estão listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da BM&FBovespa, preocupam-se com o bem estar não só dos acionistas, mas também dos funcionários, fornecedores e demais parceiros. Desse modo, espera-se que estas empresas também concedam melhor compensação a seus administradores. Em relação à esse último aspecto...

Impacto na evidenciação dos custos ambientais das empresas em função da saída do índice de sustentabilidade empresarial

Santana Sobrinho, Henrique Pereira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; brasil; UFG; Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (RG); Ciências Contábeis (RG)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Português
Relevância na Pesquisa
66.53%
É notória a preocupação com questões ambientais em todas as esferas da sociedade, seja por parte do cidadão, do governo e até das empresas frente ao agravamento dos problemas ambientais. Por esse motivo nota-se nas empresas o aumento dos gastos com recuperação, preservação e manutenção do meio ambiente haja visto que são as empresas os maiores causadores dos problemas ambientais. Criado em 2005 o Índice de Sustentabilidade Empresarial mantêm em sua carteira empresas preocupadas com questões socioambientais, espera-se dessas empresas maior divulgação dos custos ambientais. Esta pesquisa teve por objetivo identificar se existe algum impacto na evidenciação dos custos referentes ao meio ambiente das empresas que deixam de fazer parte do Índice de Sustentabilidade Empresarial de acordo com a categorização de Rover, Borba e Borgert (2008) adaptada por Silva et.al (2011). A pesquisa se caracteriza como descritiva, com abordagem quantitativa dos dados, feita através de pesquisa documental, aplicando análise de conteúdo. Fizeram parte da amostra 17 empresas que foram excluídas do ISE entre 2006 e 2014. Os resultados apontam que existe pouca evidenciação dos custos com meio ambiente foram identificadas apenas 28 observações enquanto faziam parte do ISE e 27 observações após saída...

Sustentabilidade empresarial : um estudo exploratório nas empresas hoteleiras da região metropolitana de Natal/RN

Andrade, Josélia Maria Rodrigues de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
66.69%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis. 2012.; No atual ambiente competitivo, existe uma preocupação com os efeitos que o consumo desenfreado dos recursos naturais podem causar ao meio ambiente. Tal visão é uma realidade do setor de hotelaria, setor de grande relevância financeira e econômica para a região metropolitana de Natal o estado do Rio Grande do Norte, com larga perspectiva de crescimento, gerando desta forma inquietação aos seus gestores, na busca do desenvolvimento sustentável. Nesse sentido, o objetivo deste estudo é avaliar a Sustentabilidade Empresarial das empresas hoteleiras da região metropolitana de Natal na percepção dos seus gestores, utilizando o modelo proposto por Callado (2010). A fim de atender esse objetivo, foi utilizada a seguinte estratégia: mensuração da sustentabilidade dos hotéis, a partir de uma perspectiva empresarial por meio das três dimensões de sustentabilidade do Grid de Sustentabilidade Empresarial (GSE). A pesquisa caracteriza-se...

Sustentabilidade empresarial

Pimenta, Handson Cláudio Dias
Fonte: Natal - Central Publicador: Natal - Central
Tipo: Livro
Português
Relevância na Pesquisa
66.57%
Com mais uma publicação de Ferramentas de Gestão Ambiental, desta vez com enfoque em práticas de sustentabilidade em cadeias produtivas o Workshop promovido pelo Núcleo de Estudos de Sustentabilidade Empresarial do IFRN, vem se consolidando como espaço de referencia não somente para o seguimento empresarial, mas para o conjunto da sociedade brasileira, haja vista a imperiosa necessidade de se buscar a compatibilização entre o capital ambiental e o empresarial para que se possa fortalecer não somente o indivíduo na sua ânsia por lucros, mas, o capital social.

Comparativo de desempenho do índice de sustentabilidade empresarial versus o índice do setor industrial

Alves, Vitor Milak
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Português
Relevância na Pesquisa
66.54%
Artigo submetido para obtenção do grau de Bacharel no Curso de Administração com Linha Específica em Comércio Exterior da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Com o expressivo aumento do interesse no desenvolvimento sustentável por parte de pessoas e empresas, criou-se um índice na bolsa de valores que pudesse servir como um referencial nesta área. O estudo teve por objetivo comparar o desempenho das ações, no período de janeiro de 2006 a dezembro de 2012, de empresas listadas no Índice de Sustentabilidade Empresarial frente às listadas no Índice do Setor Industrial, a fim de verificar se o fator sustentabilidade já desperta interesse no investidor e se está trazendo retorno financeiro ao mesmo. Com este comparativo, pode-se perceber qual índice valorizou-se mais que o outro, nos períodos semestrais e no período geral. A metodologia utilizada para os fins de investigação foi a exploratória e a descritiva, e o meio de investigação foi o documental. Já a técnica de análise dos dados foi de caráter quantitativo. Percebe-se que os resultados obtidos apresentam que o fator sustentabilidade, representado pelo ISE, já se configura um novo valor quando comparado ao INDX. Também se verificou que o investidor terá praticamente o mesmo retorno financeiro em ambos os índices...

Indicadores de sustentabilidade empresarial no Brasil : uma avaliação do Relatório do CEBDS

Vieira de Azevedo, Ana Luísa
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.7%
Este artigo se baseia na dissertação de Mestrado da autora em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais, realizada na Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE), vinculada ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo teve como objetivo avaliar o Relatório de Sustentabilidade Empresarial (RSE) produzido pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), divulgado no ano de 2002. A escolha do Relatório de Sustentabilidade Empresarial do CEBDS, como objeto de pesquisa, foi em função deste relatório representar uma iniciativa de um grupo de empresas organizado para a disseminação do conceito de desenvolvimento sustentável no Brasil. Desta forma, foi realizado um levantamento de quais indicadores as empresas disponibilizaram neste relatório, observando a freqüência com que os mesmos foram usados, considerando também se estas empresas disponibilizaram dados quantitativos e qualitativos e quais destes tipos de informações foram mais divulgadas. Assim, foram consideradas na análise as dimensões econômicas, sociais e ambientais, a fim de se observar como as empresas participantes do relatório expressam suas práticas em prol do desenvolvimento sustentável. Considera-se que a divulgação de bons indicadores de sustentabilidade demonstra de forma eficaz o comprometimento das empresas em relação à questão.; This paper is based on the author’s master dissertation on Population Studies and Social Research developed at the “Escola Nacional de Ciências Estatísticas – National School for Statistical Sciences (ENCE)”...

CORPORATE SUSTAINABILITY INDEX (ISE) AND FINANCIAL PERFORMANCE OF COMPANIES PULP AND PAPER COMPANIES; ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE) E DESEMPENHO FINANCEIRO DAS EMPRESAS DO SETOR DE PAPEL E CELULOSE

Melo, Emanuelle Cristine de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Almeida, Fernanda Maria de; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Santana, Gislaine Aparecida da Silva; Universidade Federal de Viçosa - UFV
Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ - ACCOUNTING DEPARTMENT
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
Due to the increasing demand of the government, society and other stakeholders, by socio-political and environmental sustainability, the adoption of these policies within companies became an unquestionable important issue of the adoption of these policies within companies. In this aspect, came the Corporate Sustainability Index (ISE), which is an indicator that measures the return on a portfolio composed of stocks of companies classified as socially responsible and broad corporate sustainability. The companies included in this index are recognized for their commitment to sustainable development and practices in social projects, and also considered the inclusion of the topic in their organizational strategies. Owing to the importance of the forest sector in the Brazilian economy, the present study aimed to analyze the effects of the financial performance of companies in this sector (pulp and paper industries) about the probability that they are part of the ISE. For this, we used a regression model that includes logistics, as explanatory variables, different financial indicators 20 branch companies forest in 2010. The results indicate that financial performance indicators as the Current Ratio and EBITDA positively influence the likelihood of a company that produces pulp and paper part of the ISE. Thus...

Sustentabilidade Empresarial: um estudo de caso no Hospital Mãe de Deus

Froehlich, Cristiane; Universidade Feevale; Bitencourt, Claudia Cristina; Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.53%
O presente estudo tem como objetivo analisar como o conceito de sustentabilidade empresarial é operacionalizado no Hospital Mãe de Deus, situado em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Essa pesquisa classifica-se como bibliográfica, qualitativa-descritiva, baseada no desenvolvimento de um estudo de caso. Os dados foram coletados através de 09 entrevistas semiestruturadas com gestores da empresa e analisados por meio da análise de conteúdo qualitativa, com apoio do software N-Vivo. Os principais resultados mostram que o conceito de sustentabilidade empresarial está inserido no modelo de gestão de negócio que considera o pilar econômico e o social na tomada de decisão desde 2000. O econômico devido à necessidade de autossustentabilidade da rede do hospital e o social devido à natureza do negócio e a missão da congregação mantenedora.