Página 1 dos resultados de 3520 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Da irrelevância do mercado relevante : economistas, teoria econômica e política antitruste no Brasil

Onto, Gustavo Gomes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.57%
O objetivo desta dissertação é analisar a construção social da política antitruste no Brasil, focando no papel dos economistas e de suas teorias na prática organizacional do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Com base na sociologia econômica contemporânea, a pesquisa traça um histórico institucional da política e do órgão antitruste argumentando que o conhecimento econômico, ao ser utilizado e institucionalizado na prática organizacional da agência, tornou as decisões jurídicas uma questão econômica e acabou construindo uma poderosa ferramenta de performatividade da teoria econômica. A dissertação busca realçar o processo político performativo de economicização implícito na construção isomórfica de políticas econômicas.

Controle e organização do setor petróleo no Brasil : eficiência econômica de algumas alternativas

Sá Júnior, Euridson de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
55.51%
São apresentadas algumas características do setor relativas ao sistema de produção de petróleo e de derivados e ao sistema atual de fixação de preços dos combustíveis. Esta parte visa dar uma pequena ilustração do setor, tanto em relação à aspectos de produção, quanto em relação à formação de preços dos derivados de petróleo. Em seguida traz uma aplicação da teoria econômica ao setor petróleo no Brasil. Nele serão apresentadas algumas hipóteses de eficiência.

Putnam, Sen e Smith: uma reflexão crítica sobre a teoria econômica neoclássica

Lima, Luiz Antônio De Oliveira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
65.63%
A proposta deste trabalho é de, a partir de uma crítica da dicotomia juízos de valor/juízos de fato, realizar uma reflexão crítica sobre a “Teoria Econômica” convencional ou neoclássica e propor uma análise econômica baseada na superação daquela dicotomia. De acordo com Amartya Sem (1999-2007), a análise econômica tem duas raízes: a primeira relacionada à ética e à concepção política, a qual apesar de levantar questões irredutíveis de análise econômica, tem sido desqualificada pela análise econômica moderna, por ser considerada “não científica” e a outra concepção, a abordagem de engenharia, desenvolvida a partir da análise de estados do sistema econômico, e que procurou basear-se grandemente na “análise estática” da Física. Este é o veio principal da Teoria econômica convencional e que por causa de sua analogia com os sistemas físicos é considerada “científica”.

Ensaios em teoria microeconômica : livre arbítrio, autocontrole e responsabilidade moral

Vargas, Márcio Souza de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.51%
Esta dissertação constitui-se de três ensaios. O primeiro trata da impossibilidade de existência do livre arbítrio dentro e fora da Teoria Econômica Utilitarista. O segundo aborda a questão da inconsistência temporal (i.e. quando a ação empreendida presentemente pelo agente não é coerente com a decisão tomada anteriormente por ele) sem que para tanto se recorra às noções de autocontrole e força de vontade. O terceiro trata da possibilidade de responsabilidade moral na ausência de livre arbítrio e autocontrole/ força de vontade.; This dissertation contains three essays. The first one regards the impossibility of free will in and out of Economic Theory. The second one discusses the question of temporal inconsistency (i.e. when the agent’s present action isn’t coherent with his prior decision) without recur to the notions of self-control and willpower. The third one is concerned with the possibility of moral responsibility in absence of freewill and self-control/ willpower.

A teoria econômica do casamento e do divórcio; The economic theory of marriage and divorce

Balbinotto Neto, Giacomo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.51%
O objetivo deste artigo é fazer uma breve resenha sobre a teoria econômica do casamento e do divórcio, apresentando seus principais pressupostos e conclusões, bem como as críticas a ela dirigida.; The objetive of this article is to do a brief survey about the economic theory of marriage and divorce, showing their main assumptions, conclusions and critics.

A escola formalista na matemática e seu impacto sobre a ciência econômica

Bussmann, Tanise Brandão
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.65%
Este trabalho tratará de analisar a teoria formalista na matemática e suas implicações na teoria econômica. Buscando contextualizar a escola, será feita uma exposição da Crise dos Fundamentos, assim como as demais escolas que, junto com a escola formalista, buscaram resolver esta crise. A tentativa formalista de resolver a Crise dos Fundamentos é frustrada pelo Teorema da Incompletude de Gödel, mas a utilização do modus operandi formalista seguiu de forma importante na teoria econômica. Será realizada uma descrição dos principais teóricos formalistas – David Hilbert, John von Neumann e Nicolas Bourbaki –, caracterizando os avanços realizados por eles. Mostraremos os desenvolvimentos de von Neumann e de Debreu aplicando o método formalista à teoria econômica. Será exposta a forma como a teoria formalista influenciou a teoria econômica, afastando-a da empiria e utilizando mais abstrações, como as modelagens. As críticas que surgiram pela aplicação destes métodos também serão objeto de análise.; This work seeks to analyze the mathematic formalist theory and its implications in economic theory. Seeking to contextualize this school, it will be done an exposition of the Mathematics Foundations Crisis, as the other schools that...

Uma visão política acerca do processo de integração econômica no Mercosul : o liberalismo das instituições

Neduziak, Luiz Carlos Ribeiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.63%
Esta dissertação tem por objetivo analisar o processo de integração e cooperação econômica no Mercado Comum do Sul (MERCOSUL). Constatando-se não haver no horizonte próximo uma perspectiva de reforma da arquitetura financeira internacional, será analisado o papel que as instituições internacionais podem desempenhar em empresas dessa estirpe. Para tanto, do ponto de vista da Teoria Econômica, será utilizada a Teoria das Áreas Monetárias Ótimas (TAMO) e seus corolários desenvolvidos posteriormente nos trabalhos seminais de Mundell (1961), McKinnon (1963) e Kennen (1969), bem como a literatura relativa às instituições monetárias e financeiras em países em desenvolvimento. Do ponto de vista da Teoria das Relações Internacionais, o liberalismo das instituições irá ilustrar a importância destas, se o objetivo em mira pelos Estados Nacionais for o aprofundamento da integração econômica. Nesse sentido, introduzir-se-á, na análise econômica, o conceito da anarquia internacional e suas implicações nas relações entre Estados. A cooperação é tornada possível se os atores internacionais valeremse da estratégia TIT FOR TAT, baseada na reciprocidade.; This study aims to analyze the process of economic integration and cooperation. Due to the assumption that...

O mercado no fórum: uma teoria econômica da demagogia

Haddad,Fernando
Fonte: CEDEC Publicador: CEDEC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 Português
Relevância na Pesquisa
65.55%
A partir de uma análise crítica da teoria econômica da democracia de Downs, examinam-se, em termos do problema da "seleção adversa" de Ackerlof, os efeitos da assimetria de informação entre candidatos (com taxas diferentes de demagogia) e eleitores (com níveis diferentes de conhecimento), contra o pano de fundo da relação entre divisão de trabalho e democracia.

La moderna teoría de control óptimo: una aplicación al monopolio español de tabacos

Toledo Muñoz, María Isabel
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
65.53%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid, Facultad de Ciencias Económicas y Empresariales, Departamento de Teoría Económica, 1981

Una aplicación de la dualidad a la teoria de la producción: la funcion de distancia

Vera Grijalba, Joaquín
Fonte: Universidade Autônoma de Madrid Publicador: Universidade Autônoma de Madrid
Português
Relevância na Pesquisa
65.53%
Tesis doctoral inédita. Universidad Autónoma de Madrid. Facultad de Ciencias Económicas y Empresariales. Departamento de Teoría Económica. 1981; Bibliogr. : p.261-279

Expansión monetaria y ciclo económico en España: 1998-2012

Cendejas, José L.; Muñoz Pérez, Felix Fernando; Catañeda, Juan E.
Fonte: Universidad Autónoma de Madrid, Departamento de Análisis Económico, Teoría Económica e Historia Económica Publicador: Universidad Autónoma de Madrid, Departamento de Análisis Económico, Teoría Económica e Historia Económica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.6%
La grave crisis económica y financiera que atraviesa España tiene, obviamente, numerosas causas. Una de ellas ha sido el brutal impacto que ha tenido la expansión de la masa monetaria tras la entrada de España en el euro sobre los precios de los activos y la estructura económica del país. Este artículo examina precisamente el origen, mecanismo de transmisión e impacto de esta expansión monetaria sobre la economía española. La principal conclusión que alcanzamos es que el “olvido del dinero” en la teoría macroeconómica y en el diseño e implementación de las llamadas reglas monetarias óptimas por parte de los bancos centrales durante la última expansión económica está en la base de la actual crisis.; Spain is afflicted by a severe financial crisis caused by multiple factors. One of them has been the massive and continued expansion of money growth since Spain’s adhesion to the euro zone, and its non-negligible effects on asset prices as well as on the structure of the economy. In this article we analyse the origin, transmission mechanisms and final impact of this monetary expansion on the Spanish economy. The main claim is that the overall ‘neglect of money’ in macroeconomic theory and the adoption by most central banks of the so-called optimal monetary rules during the last economic expansion are at the core of the current crisis.

Teoría de las Áreas Monetarias Óptimas: Una revisión de la literatura desde una perspectiva europea

Martínez Romera, José Pablo
Fonte: Universidad Autónoma de Madrid, Departamento de Análisis Económico, Teoría Económica e Historia Económica Publicador: Universidad Autónoma de Madrid, Departamento de Análisis Económico, Teoría Económica e Historia Económica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
65.61%
El objeto de este artículo es sintetizar la larga historia de la Teoría de las Áreas Monetarias Óptimas, desde las ideas primigenias de mediados del siglo XX hasta los últimos debates surgidos en los albores del siglo XXI, haciendo especial hincapié en las aportaciones del considerado padre de dicha teoría, Robert Mundell. A lo largo de este recorrido cronológico se mantendrá como principal referente geográfico el continente europeo, ya que generalmente se ha considerado el territorio más propicio para unificaciones monetarias, y de hecho en los últimos 15 años ha protagonizando la más ambiciosa de todas: el euro. Asimismo en la Teoría de las Áreas Monetarias Óptimas también pueden encontrarse ciertas claves para entender la crisis en la que la UEM lleva inmersa en los últimos años.

Celso Furtado, entre a história e a teoria econômica (1948-1959): uma interpretação historiográfica; Celso Furtado, between history and economic theory (1948-1959): an historiographical interpretation

Silva, Roberto Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
55.65%
Este trabalho analisa a obra de Celso Furtado entre 1948 e 1959. Seu objetivo é investigar como o autor trata a relação entre história e teoria econômica, enquanto um dos principais elementos de sua formulação da teoria do desenvolvimento econômico. Procura-se delinear como essa problemática foi sendo reelaborada ao longo do tempo, entendendo que estas reformulações decorrem dos problemas específicos da economia brasileira, dos diagnósticos que produz sobre esta e dos debates na história do pensamento econômico brasileiro. Metodologicamente, o trabalho está ancorado na historiografia em sua acepção crítica: compreendida como uma reflexão sobre a produção escrita, entrelaçando autor, obra e meio. Nessa perspectiva, procura-se evidenciar como os influxos do presente, a retomada do passado brasileiro e as perspectivas de futuro foram elaboradas e organizadas por Celso Furtado, num arranjo de dialógica transtemporal. Para isso nos centramos em cada conjuntura de elaboração dos escritos de Celso Furtado. Investigamos a participação de Celso Furtado na Comissão Econômica para América Latina (CEPAL), o debate sobre planejamento econômico que envolveu, também, Raúl Prebisch, Eugenio Gudin e Octávio Gouveia de Bulhões a publicação de A economia brasileira (1954) e a tentativa de responder tanto aos problemas conjunturais da economia brasileira quanto apresentar uma primeira tentativa de conciliar história e teoria econômica. As resenhas e comentários publicados na revista Econômica Brasileira e o livro Perspectivas da economia brasileira (1958) explicitam o posicionamento de Celso Furtado frente ao Plano de Metas e apresenta alterações importantes em seu diagnóstico da economia brasileira. ] Finalmente...

Teoría económica clásica acercada a la actualidad; Classic economic theory approached the present time

Arias Montoya, Leonel; Portilla de Arias, Liliana Margarita
Fonte: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Ciencias Básicas Publicador: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Ciencias Básicas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: PDF
Português
Relevância na Pesquisa
65.57%
Mediante éste artículo se pretende esquematizar brevemente algunas características fundamentales de la Teoría Económica Clásica. El objetivo es difundir importantes temas vinculados con los planteamientos iníciales de dicha teoría y mostrar como siguen creando controversia en la actualidad, teniendo en cuenta que estas hipótesis siendo aplicadas para otra época, siguen siendo vigentes, y como las modificaciones que se hacen en la actualidad son mínimas, o más bien se podría decir que se complementan entre sí.

Contending economic theories: neoclassical, Keynesian and Marxian de Richard Wolff y Stephen Resnick

Brondino, Gabriel
Fonte: Universidad de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Económicas. Centro de Investigación en Epistemología de las Ciencias Económica. Buenos Aires Publicador: Universidad de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Económicas. Centro de Investigación en Epistemología de las Ciencias Económica. Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em /12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.53%
Contending Economic Theories ofrecer una exposición sintética de las tres escuelas de pensamiento económico brindando a los lectores un herramental para compararlas, escrutarlas y, eventualmente, tomar partido por alguna de ellas. Esto es crucial ya que la tesis fundamental del libro es que cada teoría económica sugiere una forma diferente de comprensión de cómo funcionan las economías contemporáneas y, consecuentemente, distintas guías para la acción de política económica.; Fil: Brondino, Gabriel. .

Como se equilibra o orçamento do governo no Brasil : aumento de receitas ou corte de gastos?

Issler, João Victor; Lima, Luiz Renato
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Pesquisa e Planejamento Econômico (PPE) - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
55.56%
Em teoria econômica costuma-se analisar o comportamento de longo prazo de um agente supondo-o sujeito a um determinado tipo de restrição intertemporal. A restrição orçamentária intertemporal do governo revela que um aumento nos gastos públicos, não acompanhado de igual aumento nos impostos, deve futuramente ser reduzido ou seguido por um crescimento de impostos. Além disso, este último, somado às reduções futuras nos gastos do governo, deve ser igual ao choque inicial em valor presente. Usando a restrição intertemporal de recursos do governo e técnicas da literatura de raiz unitárias e co-integração, testa-se o equilíbrio de longo prazo das finanças públicas no brasil de 1947 a 1992 e estima-se qual o mecanismo mais frequente usado pelo governo brasileiro para restaurá-lo, dado um choque de receita ou de gasto. A principal conclusão do estudo é que a maior parcela dos déficits públicos no Brasil é eliminada, independentemente da sua fonte geradora, por aumentos futuros nos impostos. Ademais, mostra-se que a senhoriagem vem sendo usada sistematicamente para garantir o equilíbrio orçamentário de longo prazo, o que explica a alta taxa de inflação que vigorou nesse período no Brasil.; p. 519-540 : il.

Max Weber como profesor de teoría económica

Leal-Carretero, Fernando
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.62%
Estamos acostumbrados a pensar en Max Weber como un jurista convertido en sociólogo histórico que toda su vida estudió cuestiones económicas. Podría sorprender entonces que durante algunos años de su carrera académica, de 1894 a 1898, haya sido nombrado profesor de economía teórica y que en efecto haya programado y dictado cátedra con el contenido nominal de la teoría económica. Es bien sabido que en el Methodenstreit, el cual había estallado una década antes de esta actividad docente, Weber se había declarado a favor de los teóricos y contra los historicistas. La reciente publicación de todos los materiales existentes de sus cátedras nos permite examinar la medida real de su compromiso con la teoría económica. El resultado de ese examen confirma tanto lo que salta a la vista en sus obras publicadas como el juicio de aquellos teóricos de la economía que lo habían conocido personalmente, a saber que Weber nunca entendió de qué trata la teoría económica o cómo usarla.; We are used to think of Max Weber as a lawyer-turned-historical-sociologist who dedicated his life to study economic questions. It can come as a surprise that during a few years of his academic career, from 1894 to 1898, he was nominated professor of theoretical economics and actually planned and delivered ex cathedra series of lectures that were nominally about economic theory. It is well known that in the Methodenstreit...

Corrupção e teoria econômica

Dias, Joilson; UEM; Bento, Felipe; UEM
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.53%
O objetivo deste artigo é apresentar uma explicação teórica econômica para a existência da corrupção. Este artigo apresenta uma síntese sobre duas teorias que explicam a corrupção nos países. A primeira tese a ser apresentada do ponto de vista histórico tem por base a teoria do “Estamento Burocrático”, de Raymundo Faoro. Esta teoria prevê que o inchaço da máquina pública através de concessões de cargos e criação de órgãos para acomodar o apoio político gera um estamento que utiliza, em segunda instância, estes mesmos cargos públicos em proveito privado. Este proveito privado é feito através de criação de barreiras institucionais que permitem ganhos econômicos a grupos seletos, conforme Bain (1956). Portanto, estas teses explicam a corrupção como sendo uma atividade econômica que precisa ser combatida também do ponto de vista econômico.

La globalización y los retos de la teoría económica (primera parte)

Del Búfalo,Enzo
Fonte: Universidad Central de Venezuela, Caracas Publicador: Universidad Central de Venezuela, Caracas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2005 Português
Relevância na Pesquisa
65.63%
Este artículo, que se publica en dos partes, se propone mostrar cómo los diferentes enfoques de la teoría económica han estado condicionados por la evolución del sistema económico moderno hasta el presente, cuando la globalización ha condicionado la reestructuración neoliberal de las últimas décadas. Para comprender mejor esta vinculación, es indispensable entender la naturaleza económica de la globalización, lo cual no es posible si no se tiene una idea clara de cuál es la vinculación entre Estado nacional y economía moderna. Tanto la naturaleza del Estado nacional, como territorio donde el mercado se articula a la producción, como las características fundamentales de la teoría económica, como saber asociado a esa articulación, son el tema de esta primera parte que será seguida por una segunda donde se trata directamente la globalización y los problemas que pone a la teoría económica.

La globalización y los retos de la teoría económica (segunda parte)

Del Bufalo,Enzo
Fonte: Universidad Central de Venezuela, Caracas Publicador: Universidad Central de Venezuela, Caracas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 Português
Relevância na Pesquisa
65.62%
Esta es la segunda parte de un artículo cuya primera parte se publicó en el número anterior de la revista. El objetivo general del autor es mostrar cómo los diferentes enfoques de la teoría económica han estado condicionados por la evolución del sistema económico moderno hasta el presente, cuando la globalización condiciona la reestructuración neoliberal de las últimas décadas. Después de haber discutido la vinculación entre el Estado nacional y la economía moderna, el Estado como territorio donde el mercado se articula a la producción, y la teoría económica como saber asociado a esa articulación, esta segunda parte se dedica a discutir directamente la globalización y los problemas que pone a la teoría económica.