Página 1 dos resultados de 843 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Alcohol dehydrogenase activities and ethanol tolerance in Anastrepha (Diptera, Tephritidae) fruit-fly species and their hybrids

CARVALHO, Eneas; SOLFERINI, Vera Nisaka; MATIOLI, Sergio Russo
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
The ADH (alcohol dehydrogenase) system is one of the earliest known models of molecular evolution, and is still the most studied in Drosophila. Herein, we studied this model in the genus Anastrepha (Diptera, Tephritidae). Due to the remarkable advantages it presents, it is possible to cross species with different Adh genotypes and with different phenotype traits related to ethanol tolerance. The two species studied here each have a different number of Adh gene copies, whereby crosses generate polymorphisms in gene number and in composition of the genetic background. We measured certain traits related to ethanol metabolism and tolerance. ADH specific enzyme activity presented gene by environment interactions, and the larval protein content showed an additive pattern of inheritance, whilst ADH enzyme activity per larva presented a complex behavior that may be explained by epistatic effects. Regression models suggest that there are heritable factors acting on ethanol tolerance, which may be related to enzymatic activity of the ADHs and to larval mass, although a pronounced environmental effect on ethanol tolerance was also observed. By using these data, we speculated on the mechanisms of ethanol tolerance and its inheritance as well as of associated traits.; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Análise do ITS1 do DNA ribossômico em espécies do complexo Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae); Analysis of ITS1 of ribosomal DNA in Species of the Anastrepha fraterculus complex (Diptera: Tephritidae).

Prezotto, Leandro Fontes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
As espécies de moscas-das-frutas da família Tephritidae são consideradas importantes pragas da fruticultura mundial por utilizarem vários frutos de valor comercial como substrato para desenvolvimento do seu estágio de larva. O gênero Anastrepha é endêmico do Continente Americano e compreende cerca de 200 espécies descritas, das quais 99 ocorrem no Brasil. Dentre essas espécies, destaca-se a espécie nominal Anastrepha fraterculus (sensu lato), que compreende um complexo de espécies crípticas, quatro das quais foram reconhecidas, até o momento, A. sp.1, A. sp.2 e A. sp.3 (Brasil) e A. sp.4 encontrada no Equador. O presente trabalho buscou a caracterização da variabilidade do espaçador ITS1 do DNA ribossômico de A. sp.1, A. sp.2 e A. sp.3 em amostras populacionais de diversas localidades do Brasil e a análise desse espaçador em amostras de outras regiões das Américas do Sul, Central e México. O ITS1 mostrou ser um marcador bastante útil para análises filogenéticas entre espécies próximas. Os fragmentos amplificados com os iniciadores 18SF e 5.8SR, construídos neste trabalho, continham cerca de 900 pb, não havendo diferenças significativas entre as amostras. Os fragmentos continham uma seqüência parcial do gene 18S...

Influência da recópula de fêmeas selvagens de Ceratitis capitata (Wied., 1824) (Diptera: Tephritidae) na eficiência da técnica do inseto estéril; Influence of wild Ceratitis capitata (Wied., 1824) (Diptera: Tephritidae) females remating on the efficiency of the sterile insect technique

Andrade, Renata Morelli de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
A técnica do inseto estéril visa a indução de esterilidade em fêmeas selvagens por meio do acasalamento com machos estéreis liberados em grandes quantidades no ambiente. Os insetos liberados devem ser capazes de competir com os selvagens pela cópula com as fêmeas, fertilizar seus ovos e evitar que ela copule novamente. A recópula com machos selvagens pode interferir na eficiência da técnica por resultar em ovos férteis. Não é conhecido como a sequência de cópula-recópula com machos estéreis e/ou selvagens determina a fertilidade dos ovos na mosca-da-fruta, Ceratitis capitata (Wied., 1824) (Diptera: Tephritidae), nem as conseqüências deste comportamento, o que justificou o presente trabalho. Os experimentos foram realizados em laboratório, na Embrapa Semi-Árido, Petrolina-PE, sob condições ambientes de temperatura e umidade relativa, para determinar a influência do tipo e ordem das cópulas na indução de esterilidade, além de parâmetros do comportamento de recópula, como frequência recópula entre as fêmeas, número de cópulas for fêmea, tempo de cópula e recópula, período refratário e competitividade sexual dos machos. Foi também avaliada a interferência do tratamento aromático dos machos estéreis com óleo de gengibre sobre a recópula das fêmeas. A Biofábrica Moscamed Brasil...

Esterilização de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) com raios-X para Programas de Técnica do Inseto Estéril; Sterilization of fruit flies (Diptera: Tephritidae) with X-rays for Sterile Insect Technique Programs

Mastrangelo, Thiago de Araujo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
O recente medo de atos terroristas provocou um aumento do número de atrasos e cancelamentos do transporte de radioisótopos. Isto representa uma verdadeira ameaça aos projetos de produção de insetos estéreis ao redor do mundo. Visando validar o uso de um novo tipo de irradiador de raios-X de baixa energia, foram conduzidos uma série de estudos de radiobiologia para moscamed, Ceratitis capitata (linhagem tsl-VIENNA 8) (Wied., 1824) (Diptera: Tephritidae), e uma linhagem argentina de Anastrepha fraterculus (Wied., 1830) (Diptera: Tephritidae), também calculando-se a eficiência biológica relativa (RBE) entre raios-X e a tradicional radiação de 60Co. Pupas 48-24 h antes da emergência do adulto de machos de moscamed e de ambos os sexos de A. fraterculus foram irradiadas com doses variando de 15 a 120 Gy e 10 a 70 Gy respectivamente. As doses que induzem 50, 90 e 99% de esterilidade foram estimadas e a hipótese de paralelismo para as equações de Probit foram testadas. Doses de 82,7 Gy de raios-X e 128,2 Gy de raios (portanto, uma RBE=1,5) induziram 99% de esterilidade em machos de moscamed. A fertilidade de fêmeas férteis de A. fraterculus cruzadas com machos irradiados com 41 Gy de raios-X e 62,7 Gy de raios foi reduzida em 99% comparando-se com a testemunha (RBE=1...

Análise de espécies crípticas do complexo Anastrepha fraterculus (Díptera: Tephritidae) no Brasil através de sequências do gene mitocondrial cytochrome oxidase I; Analyses of the Anastrepha fraterculus complex (Diptera: Tephritidae) in Brazil based on mitochondrial cytochrome oxidase I sequences

Araujo, Natália de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
A família Tephritidae congrega várias espécies de moscas-das-frutas que utilizam frutos como substrato alimentar no estágio larval, adquirindo o status de inseto-praga quando esses frutos são de valor comercial. O gênero Anastrepha é endêmico do Continente Americano e compreende cerca de 212 espécies descritas, das quais 109 ocorrem no Brasil. A espécie nominal Anastrepha fraterculus representa um complexo de espécies crípticas e se encontra distribuída pela Região Neotropical e sul dos Estados Unidos. No Brasil, através do estudo de diversas características biológicas e do marcador molecular ITS-1 (espaçador ribossômico nuclear), identificou-se a existência de três espécies crípticas no complexo fraterculus, a Anastrepha sp.1 affinis fraterculus, A. sp.2 aff. fraterculus e A. sp.3 aff. fraterculus. Marcadores gênicos presentes no DNA mitocondrial, como o gene cytochrome oxidase I (COI), são ferramentas amplamente utilizadas em análises filogenéticas, pois esta molécula apresenta características distintas do DNA nuclear, como o fato de possuir herança predominantemente materna, apresentar ausência ou baixíssima taxa de recombinação na maioria dos táxons, além de altas taxas mutacionais. Estas características possibilitam a obtenção de dados importantes na interpretação das relações entre as espécies. Amostras do complexo fraterculus (A. sp.1...

Tipificação de linhagens de Wolbachia do complexo Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) da região neotropical por análise de locos múltiplos; Typification of Wolbachia's strains in the complex Anastrepha fraterculus (Diptera: Tephritidae) from the Neotropical Region by analysis of multiple loci

Prezotto, Leandro Fontes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
Wolbachia é uma bactéria intracelular encontrada tanto nos tecidos somáticos quanto nos reprodutivos de diversas espécies de artrópodes e nematódeos. Estudos filogenéticos baseados nos genes 16S e ftsZ indicaram que o gênero Wolbachia congrega seis supergrupos taxonômicos ("A" a "F"). Infecções por Wolbachia têm sido associadas a diversas alterações na reprodução de seus hospedeiros, p. exemplo, a incompatibilidade citoplasmática (IC), partenogênese, feminização de machos genéticos e morte dos machos. A identificação das diferentes cepas da bactéria é mais precisa quando a análise por locos múltiplos (MLST) é aplicada. Infecção por Wolbachia foi descrita em diversas espécies de moscas-das-frutas da familia Tephritidae, Bactrocera ascita, Rhagoletis cerasi, Ceratitis capitata, nas quais a bactéria induz a incompatibilidade citoplasmática. No gênero Anastrepha, endêmico do Continente Americano, infecção por Wolbachia foi descrita em várias espécies pela análise do gene wsp, existindo também a indicação de que IC mediada por Wolbachia ocorra em duas espécies do grupo fraterculus. A ocorrência de IC aliada à sugestão do emprego da Wolbachia em programas de controle populacional das moscas-das-frutas...

Microbiota intestinal de larvas e adultos de Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae): diversidade e efeito do alimento; Larva and adult gut microbiota of Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae): diversity and effects of the host fruit

Müller, Fernanda Appel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
Os microrganismos presentes no intestino de insetos podem desempenhar importantes funções na biologia de seus hospedeiros, como na nutrição, detoxificação de compostos de defesas das plantas, prevenção da infecção por patógenos e produção de semioquímicos importantes nas interações de insetos. O primeiro passo para entender as funções da microbiota do intestino na biologia de insetos consiste na identificação dessas comunidades. Neste trabalho, a diversidade de bactérias do intestino de larvas e adultos da mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) (Diptera: Tephritidae), foi determinada por métodos baseados ou não no cultivo. O método baseado no cultivo foi utilizado no estudo da diversidade da microbiota de população de laboratório mantida em frutos de mamão, avaliando-se a diversidade presente no intestino de larvas e em duas regiões distintas do intestino de adultos, o papo e o intestino médio+posterior. A análise metagenômica pela avaliação de bibliotecas de 16S rDNA foi aplicada ao estudo da diversidade da microbiota associada a moscas oriundas de diferentes frutos hospedeiros (guabiroba, nêspera, maçã, mamão e pitanga). As análises por cultivo permitiram a identificação de 25 filotipos associados ao intestino de larvas e adultos...

Effect of αlpha-difluormethylornithine on Anastrepha fraterculus (Diptera, Tephritidae) ovary size; Efeito da alfa-difluorometilornitina nas dimensões dos ovários em Anastrepha fraterculus (Diptera, Tephritidae)

Casali, Valesca Veiga Cardoso; Moreira, Jose Claudio Fonseca; Oliveira, Alice Kalisz de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
As dimensões dos ovários (comprimento e largura) foram mensuradas em fêmeas jovens da Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera, Tephritidae) submetidas ou não ao inibidor α-difluormetilornitina (α-DFMO). A concentração mais efetiva de α-DMFO utilizada foi 50 mM e as medidas (comprimento e largura) das fêmeas tratadas com o inibidor foram menores que as fêmeas não tratadas com inibidor α-DMFO. Estes dados podem sugerir uma relação entre ornitina descarboxilase (ODC) e maturação sexual em A. fraterculus.; Ovarian sizes (length and width) were measured in young females of Anastrepha fraterculus (Wiedemann) (Diptera, Tephritidae) subjected or not to the inhibitor α-difluormethylornithine (α-DFMO). The most effective concentration of α-DMFO used was 50 mM and the ovarian measurements (length and width) of the treated females were smaller than those of females not treated with α-DMFO. These data may suggest some relationship between ornithine decarboxylase (ODC) and sexual maturation in A. fraterculus.

Monitoramento de Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae) : flutuação populacional, avaliação de atrativos e caracterização ovariana; Monitoring Anastrepha fraterculus (Wied. 1830) (Diptera: Tephritidae): population fluctuation, attractant assessment and ovarian characterization

Reyes, Caroline Pinheiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
A mosca-das-frutas sul-americana, Anastrepha fraterculus (Wiedmann, 1830) (Diptera:Tephritidae), é a principal praga das frutíferas no Sul do Brasil. Este trabalho buscou caracterizar as populações de moscas-das-frutas capturadas em armadilhas, avaliando o número, a razão sexual e o estágio de maturação dos órgãos reprodutivos de fêmeas. Realizou-se o monitoramento em dois pomares, um de pessegueiro, com manejo convencional e um de goiabeira, sem manejo, durante uma safra, com dois diferentes atrativos alimentares, em diferentes fases das culturas. Foram utilizadas armadilhas do tipo McPhail com suco de uva a 25% e proteína hidrolisada a 5%. As armadilhas foram dispostas em diferentes faces do pomar. As fêmeas coletadas foram dissecadas, seus ovários medidos em largura e comprimento e foi determinado o grau de maturação sexual. Fêmeas mantidas em laboratório, com a idade controlada foram igualmente dissecadas para servirem de comparativo com as de campo. A espécie Anastrepha fraterculus foi a mais abundante em ambos os pomares. Foram capturadas no total, 1.753 moscas-das-frutas, sendo 1.519 no pomar de goiabeiras e 234 no de pessegueiros. A média total de captura de moscas nas armadilhas com suco foi significativamente maior do que nas com proteína hidrolisada (U = 24; gl = 1; P < 0...

Diversity of flies (Diptera: Tephritidae and Lonchaeidae) in organic citrus orchards in the Vale do Rio Caí, Rio Grande do Sul, southern Brazil; Diversidade de Moscas (Diptera: Tephritidae e Lonchaeidae) em Pomares Orgânicos de Citros no Vale do Rio Caí, RS

Silva, Fernando Felisberto da; Meirelles, Rafael Narciso; Redaelli, Luiza Rodrigues; Dal Soglio, Fabio Kessler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.4%
Este estudo foi conduzido nos municípios de Montenegro e Pareci Novo, localizados na região do Vale do Rio Caí, principal área de produção de citros do estado do Rio Grande do Sul, com o objetivo de determinar as espécies de Tephritidae e Lonchaeidae que ocorrem em pomares orgânicos de laranjeira doce [Citrus sinensis (L.) Osb.] cultivar Céu e de tangoreiro Murcott (Citrus reticulata Blanco x C. sinensis), durante as respectivas fases de maturação dos frutos em 2003 e 2004. Foram instaladas armadilhas McPhail contendo suco de uva integral diluído a 25% em quatro pomares, duas em cada espécie de citros. As armadilhas foram vistoriadas semanalmente, nesta ocasião efetuouse a troca do atrativo alimentar e as moscas capturadas foram separadas e preservadas em álcool etílico 70%. Também foram coletados frutos, os quais foram acondicionados em potes telados contendo areia umedecida. Os tefritídeos representaram 86,2% de todas as moscas capturadas nos quatro pomares nos dois anos de coleta. Foram capturadas cinco espécies de Tephritidae nas armadilhas: Anastrepha fraterculus (Wiedemann), Anastrepha grandis (Macquart), Anastrepha pseudoparallela (Loew), Anastrepha dissimilis Stone e Ceratitis capitata (Wiedemann). As espécies de Lonchaeidae capturadas foram: Neosilba zadolicha McAlpine & Steyskal...

Alcohol dehydrogenase activities and ethanol tolerance in Anastrepha (Diptera, Tephritidae) fruit-fly species and their hybrids

CARVALHO, Eneas; SOLFERINI, Vera Nisaka; MATIOLI, Sergio Russo
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
The ADH (alcohol dehydrogenase) system is one of the earliest known models of molecular evolution, and is still the most studied in Drosophila. Herein, we studied this model in the genus Anastrepha (Diptera, Tephritidae). Due to the remarkable advantages it presents, it is possible to cross species with different Adh genotypes and with different phenotype traits related to ethanol tolerance. The two species studied here each have a different number of Adh gene copies, whereby crosses generate polymorphisms in gene number and in composition of the genetic background. We measured certain traits related to ethanol metabolism and tolerance. ADH specific enzyme activity presented gene by environment interactions, and the larval protein content showed an additive pattern of inheritance, whilst ADH enzyme activity per larva presented a complex behavior that may be explained by epistatic effects. Regression models suggest that there are heritable factors acting on ethanol tolerance, which may be related to enzymatic activity of the ADHs and to larval mass, although a pronounced environmental effect on ethanol tolerance was also observed. By using these data, we speculated on the mechanisms of ethanol tolerance and its inheritance as well as of associated traits.; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Bactrocera oleae (Diptera:Tephritidae) organophosphate resistance alleles in Iberia: Recent expansion and variable frequencies.

Pereira-Castro, Isabel; Asch, Barbara; Rei, Fernando; Costa, Luís
Fonte: Institute of Entomology of the Biology Centre, Academy of Sciences of the Czech Republic Publicador: Institute of Entomology of the Biology Centre, Academy of Sciences of the Czech Republic
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
The olive fly, Bactrocera oleae (Rossi, 1790) (Diptera: Tephritidae), is the most important pest of olive trees globally, causing losses that, in the absence of control measures, can exceed 90% of the crop. In the Mediterranean basin, where the overwhelming majority of production is concentrated (~ 98%), organophosphate insecticides (OPs) have been the main tool for B. oleae control for the last four decades, leading to the development of resistance to these compounds. Mutations of the Ace gene, which codes for acetylcholinesterase, the target enzyme of OPs and other insecticides, have been identified as the underlying cause, with studies reporting mid to very high frequencies of resistance alleles in several countries. Interestingly, no resistance alleles were detected in Portugal, at the Western end of the Mediterranean basin. As the original study was done almost a decade ago and did not include many samples, we decided to re-evaluate the situation, by analysing a larger number of individuals from multiple locations in Western and Southern Iberia (Portugal and Spain). In our present study, resistance-associated Ace alleles were found to have become widespread in both regions, but with highly varying frequencies. Together with the observed haplotype distributions...

Interaction between Tephritidae (Insecta, Diptera) and plants of the family Asteraceae: new host and distribution records for the state of Rio Grande do Sul, Brazil

Savaris,Marcoandre; Lampert,Silvana; Lorini,Lisete M.; Pereira,Paulo R.V.S.; Marinoni,Luciane
Fonte: Sociedade Brasileira De Entomologia Publicador: Sociedade Brasileira De Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
Twenty species of Tephritidae (Diptera) are recorded in association with capitula of plants in the family Asteraceae. The Tephritidae genus Tetreuaresta is registered for Rio Grande do Sul for the first time. Five species of Tephritidae are newly recorded for Rio Grande do Sul, and new hosts are recorded for the following fly species: Dioxyna chilensis (Macquart), Plaumannimyia dolores (Hering), Plaumannimyia imitatrix (Hering), Plaumannimyia miseta (Hering), Plaumannimyia pallens Hering, Tomoplagia incompleta (Williston), Tomoplagia matzenbacheri Prado, Norrbom & Lewinsohn, Tomoplagia reimoseri Hendel, Xanthaciura biocellata (Thomson) and Xanthaciura chrysura (Thomson).

Nutritive value of diets with different carbohydrates for adult Anastrepha obliqua (Macquart) (Diptera, Tephritidae)

Fontellas,Tânia Mara de Lima; Zucoloto,Fernando Sérgio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
Adult Tephritidae, especially of the genus Anastrepha (Schiner, 1868), have been observed to feed on a wide variety of natural diets. The fruit on which they feed, in general, are rich in sugar content, chiefly glucose, frutose and sucrose, which are also the sugars that those insects utilise better. Neither the behavioural mechanisms, nor the physiological ones, that control food selection by insects, are well known. Because some of those aspects are not known for the species Anastrepha obliqua (Macquart, 1835) either, and in order to understand their biology better, three experiments were conducted. In the first experiment, it was checked whether there was a difference in metabolic profit by those insects, when fed the carbohydrates more frequently found in nature, as resulting in a bigger egg production and higher survival rate at the end of the experiment. In the second, it was checked whether A. obliqua can regulate diet ingestion according to carbohydrate content in dry as well as wet diets. In the third experiment, measurements were made to establish the lowest carbohydrate concentration flies are able to recognise in the diet. Analysis of the data showed that ingestion of carbohydrates which are commonly found in nature, in association with a protein source...

Diversidade de moscas-das-frutas em pomares de citros no município de Araruama, RJ

Souza,Jorge Ferreira de; Souza,Silvana Aparecida da Silva; Aguiar - Menezes,Elen de Lima; Ferrara,Fernando Antônio Abrantes; Nascimento,Stenilson Araújo; Rodrigues,William Costa; Cassino,Paulo César Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
O objetivo deste estudo foi determinar as espécies de Tephritidae e Lonchaeidae (Diptera: Tephritoidea) de ocorrência em pomares de laranja doce (Citrus sinensis Osbeck) e tangerina (Citrus reticulata Blanco), no município de Araruama, RJ, durante o período de dezembro de 2002 a novembro de 2003. Os espécimes foram coletados em armadilhas McPhail contendo solução aquosa de proteína hidrolisada a 5% e em amostras de frutos de seis variedades de citros. Nas armadilhas, o total de 2.543 adultos de Tephritoidea (1.430 fêmeas e 1.023 machos) foi capturado, sendo dez espécies de Tephritidae, quatro espécies e dois morfotipos de Lonchaeidae. Dos Tephritidae e capturados nas McPhail, quatro espécies (Anastrepha fraterculus, A. obliqua, A. sororcula e Ceratitis capitata) infestaram frutos cítricos, enquanto que, dos Lonchaeidae, somente os morfotipos não infestaram as amostras de citros. Os resultados demonstram que a densidade populacional das moscas-das-frutas pode ser superestimada, quando baseada no número de moscas por armadilha, devido à captura de espécies que não infestam os frutos de interesse comercial.

Alcohol dehydrogenase activities and ethanol tolerance in Anastrepha (Diptera, Tephritidae) fruit-fly species and their hybrids

Carvalho,Eneas; Solferini,Vera Nisaka; Matioli,Sergio Russo
Fonte: Sociedade Brasileira de Genética Publicador: Sociedade Brasileira de Genética
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
The ADH (alcohol dehydrogenase) system is one of the earliest known models of molecular evolution, and is still the most studied in Drosophila. Herein, we studied this model in the genus Anastrepha (Diptera, Tephritidae). Due to the remarkable advantages it presents, it is possible to cross species with different Adh genotypes and with different phenotype traits related to ethanol tolerance. The two species studied here each have a different number of Adh gene copies, whereby crosses generate polymorphisms in gene number and in composition of the genetic background. We measured certain traits related to ethanol metabolism and tolerance. ADH specific enzyme activity presented gene by environment interactions, and the larval protein content showed an additive pattern of inheritance, whilst ADH enzyme activity per larva presented a complex behavior that may be explained by epistatic effects. Regression models suggest that there are heritable factors acting on ethanol tolerance, which may be related to enzymatic activity of the ADHs and to larval mass, although a pronounced environmental effect on ethanol tolerance was also observed. By using these data, we speculated on the mechanisms of ethanol tolerance and its inheritance as well as of associated traits.

Espécies de Anastrepha Schiner (Diptera: Tephritidae), seus hospedeiros e parasitóides nos Estados do Acre e Rondônia, Brasil

Pereira,Júlia Daniela Braga; Buriti,Dayse Paes; Lemos,Walkymário de Paulo; Silva,Wilson Rodrigues da; Silva,Ricardo Adaime da
Fonte: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP Publicador: Instituto Virtual da Biodiversidade | BIOTA - FAPESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.21%
Durante o mês de março de 2009 foram realizadas amostragens de frutos carnosos nos Estados do Acre (municípios de Brasiléia, Bujari, Capixaba, Epitaciolândia, Rio Branco, Sena Madureira, Senador Guiomard e Xapuri) e Rondônia (Ariquemes, Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste, Ouro Preto do Oeste e Porto Velho) visando ampliar o conhecimento sobre a diversidade de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae), seus hospedeiros e parasitóides. Este trabalho constitui o primeiro registro de Anastrepha coronilli Carrejo & González (Tephritidae) para o Estado do Acre, e das espécies A. coronilli, A. distincta Greene (Tephritidae), e dos himenópteros Doryctobracon areolatus (Szépligeti) e Opius bellus Gahan (Braconidae) para Rondônia.

Moscas frugívoras (Diptera: Tephritidae) e parasitóides associados a mirtáceas e laranjeira 'céu' em Motenegro e Harmonia, RS; Frugivorous flies (DIPTERA: TEPHRITOIDEA) and associated parasitoids in myrtaceans and ‘CÉU’ orange trees in montenegro and harmonia, RS

Gattelli, Tacimara
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.32%
Estudos referentes aos dípteros frugívoros e seus parasitóides são importantes por fornecerem informações que podem ser utilizadas para o seu manejo. Este estudo teve o objetivo de reconhecer as espécies de moscas, seus parasitóides e os índices de parasitismo em mirtáceas: pitangueira (Eugenia uniflora L.), guabirobeira (Campomanesia xanthocarpa Berg.), araçazeiro (Psidium cattleianum Sabine), goiabeira (Psidium guajava L.) e goiabeira serrana (Feijoa sellowiana Berg.) bem como em laranjeira ‘Céu’ [Citrus sinensis (L.) Osbeck] (Rutaceae), na região do Vale do Caí, RS. Os frutos foram coletados no período de maturação de cada espécie frutífera entre outubro de 2004 e julho de 2005, levados ao laboratório e acondicionados em potes com areia mantidos a 25 ± 1ºC; 80 ± 10% UR e fotofase de 12 horas. Os pupários obtidos foram individualizados e suas características foram registradas. De Tephritidae foi registrada apenas Anastrepha fraterculus (Wied.), e de Lonchaeidae, Neosilba n. sp. 3, Neosilba zadolicha McAlpine & Steyskal e Neosilba certa (Walker) (as duas últimas são novos registros para o Rio Grande do Sul). Apenas em araçá, todas as espécies de moscas foram registradas. Quanto aos parasitóides...

Influência da composição da dieta larval e da radiação x na qualidade de Ceratitis capitata Wiedemann, 1824 (Diptera: tephritidae) produzida em criação massal

Damasceno, Ítala Cruz
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Português
Relevância na Pesquisa
37.05%
Para o sucesso da Técnica do Inseto Estéril (TIE) em programas de erradicação e/ou supressão populacional utilizados no controle da mosca-da-fruta Ceratitis capitata, Wiedemann (Diptera: Tephritidae), é necessário a utilização de machos estéreis de boa qualidade. As fontes de alimentação dos insetos criados massivamente, assim como o método de esterilização no processo final de criação podem afetar significativamente sua qualidade. O presente estudo teve por objetivo avaliar quatro formulações de dieta larval para utilização na cria massiva de C. capitata, linhagem mutante Vienna 8 – tsl, assim como, testar diferentes doses de raio X [0 (controle), 80; 95; 115 e 125 Gy] para tratar as pupas afim obter machos estéreis desta linhagem na Biofábrica Moscamed Brasil (BMB). Os parâmetros avaliados foram o rendimento ovo-pupa, peso da pupa, proporção de pupas brancas e marrons, emergência e voadores, fecundidade e fertilidade de fêmeas, esterilidade e sobrevivência sob estresse. As quantidades e as diferentes fontes protéicas oferecidas nas diferentes dietas, durante a fase larval, não influenciaram nos parâmetros de qualidade avaliados. Exceto o rendimento ovo-pupa e a proporção de pupas brancas foram maiores nas dietas a base de proteína de soja ou apenas com levedura de cerveja (dietas 4 e 3). Os machos irradiados com 115 Gy (raios-X) induziram um alto nível de esterilidade em fêmeas de C. capitata e não afetaram a qualidade dos insetos. Os resultados observados mostram que ambas as dietas (4 e 3)...

Biodiversidade de moscas-das-frutas (Diptera, Tephritidae) em Moçambique; Biodiversity of fruit flies (Diptera, Tephritidae) in Mozambique; Biodiversité des mouches des fruites (Diptera, Tephritidae) au Mozambique

Garcia, Flávio Roberto Mello; Bandeira, Romana Rombe
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.54%
Os levantamentos das espécies de moscas-das-frutas, especialmente as da família Tephritidae, suas plantas hospedeiras e parasitóides são fundamentais para uma melhor compreensão da bioecologia desses grupos de insetos, dada sua importância econômica para a fruticultura mundial. Existe uma tendência de que esses estudos se tornem ainda mais importantes, uma vez que é necessário saber rotineiramente se determinada espécie ocorre em um dado país e em quais hospedeiros. O projeto teve como objetivo geral conhecer a ecologia das moscas-das-frutas no sentido de compreender a dinâmica da sua população em Moçambique com vista ao desenvolvimento de estratégias de manejo integrado e reduzir perdas económicas na produção de frutas. São listadas 59 espécies de moscas-das-frutas pertencentes a 27 gêneros incluídas em quatro subfamílias para Moçambique. A subfamília Dacinae foi a que apresentou o maior número de espécies (61,0%). O gênero com maior número de espécies no país é Dacus correspondendo a 32,2% (19 espécies) do total, seguido por Ceratitis (9 espécies) com 15,2%, os demais gêneros apresentam poucas espécies. Seis espécies correspondem a novos registros para Moçambique: Ceratitis punctata, Ceratitis quinaria...