Página 1 dos resultados de 362 itens digitais encontrados em 0.065 segundos

Construção de curvas de normalidade dos índices dopplervelocimétricos das circulações uteroplacentária, fetoplacentária e fetal; Reference ranges for Doppler flow velocity indices of the uteroplacental, fetoplacental and fetal circulation in normal pregnancies

Sakamoto, Kathia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
85.93%
INTRODUÇÃO: A dopplervelocimetria foi incorporada à propedêutica obstétrica por ser um método rotineiro e não-invasivo, que possibilita a avaliação da função placentária e da resposta fetal à hipoxia em gestações de alto risco. Várias curvas de valores de referência dos índices dopplervelocimétricos dos vasos de interesse na especialidade já foram publicados, porém os mais antigos utilizaram tecnologia ultra-sonográfica inferior à disponível atualmente; outros apresentaram falhas na execução do estudo (por ex. tamanho e seleção da amostra, número de exames; método estatística na análise dos dados). OBJETIVO: Este estudo tem como finalidade a confecção de curvas de normalidade dos índices dopplervelocimétricos das circulações uteroplacentária (artérias uterinas direita e esquerda maternas - AUT), fetoplacentária (artérias umbilicais - AU) e fetal (artéria cerebral média - ACM, aorta torácica descendente - ATD e ducto venoso - DV), da 14ª à 42ª semana de gestação, confeccionadas a partir de dados obtidos prospectivamente e longitudinalmente, de gestações normais cujos resultados de parto e neonatal não foram adversos. MÉTODOS: As gestantes foram recrutadas e avaliadas nas unidades de atendimento pré-natal de baixo risco da Clínica Obstétrica no Setor de Avaliação da Vitalidade Fetal do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo...

Intervalos de referência condicionais de parâmetros dopplervelocimétricos maternofetais = : Conditional reference intervals of materno-fetal Doppler parameters; Conditional reference intervals of materno-fetal Doppler parameters

Nelsilene Mota Carvalho Tavares
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.82%
Objetivos: Determinar intervalos de referência condicionais (longitudinais) para os valores de índices de pulsatilidade (IP) nos fluxos da artéria umbilical (AU), cerebral média (ACM), ducto venoso (DV) e IP médio das artérias uterinas (AUT), por meio da avaliação de gestantes de baixo risco de uma amostra da população brasileira. Métodos: Estudo observacional descritivo longitudinal realizado de fevereiro de 2010 a maio de 2012, no Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti, Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Universidade Estadual de Campinas (CAISM-UNICAMP). Exames ultrassonográficos quinzenais foram realizados para obtenção dos IP das AU, AUT, ACM e IP venoso do DV em gestantes de baixo risco da 18ª a 40ª semana de gravidez. Análise estatística: Modelos lineares mistos foram usados para elaboração de intervalos de referência longitudinais (percentis 5, 50 e 95) dos IP dos vasos mencionados. Variáveis maternas e perinatais foram descritas com o uso de medianas e limites (variáveis contínuas), frequências absolutas e relativas (variáveis categóricas). Os IP das porções placentária e abdominal do cordão umbilical foram comparados por meio do teste T para amostras independentes. Valores de p menores do que 0...

Contribuição para aprevenção da osteoporose: avaliação de factores genéticos, antropométricos, ambientais laboratoriais e de dados densitométricos e de ultrasons em portugueses de ambos os sexos

Canhão, Helena Cristina de Matos, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
85.95%
Tese de doutoramento em Medicina (Reumatologia), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Medicina, 2008; Ao contrário do que se verifica para os factores de risco da osteoporose (OP), não é possível enumerar de forma simples uma lista de factores protectores. A identificação de variáveis que se associam a melhor qualidade óssea, entendida como a optimização do balanço entre estrutura, geometria, microarquitectura, massa, composição e função, é fundamental porque os conhecimentos sobre esses parâmetros poderão ajudar-nos a obter e manter um osso de melhor qualidade, com uma massa óssea que permaneça acima do limiar fracturário. Por outro lado, a compreensão dos factores que determinam uma massa óssea mais elevada e uma melhor qualidade do osso, poderá contribuir para o desenvolvimento de terapêuticas capazes de restabelecer o equilíbrio da remodelação óssea. Objectivos: 1- Identificar e avaliar a importância relativa dos factores de risco e protectores de OP em ambos os sexos; 2- Estabelecer associações entre parâmetros laboratoriais como o balanço fosfo-cálcico, marcadores de remodelação óssea, hormonas sexuais, hormonas relacionadas com o crescimento e a massa corporal, citocinas envolvidas na inflamação e na remodelação óssea e a massa óssea; 3- Estudar a associação de polimorfismos na posição 308 do promotor do gene do factor de necrose tumoral (TNF) alfa e a massa óssea. Métodos: Os trabalhos de investigação foram desenvolvidos no Serviço de Reumatologia do Hospital de Santa Maria (Director: Prof. Doutor M. Viana Queiroz)...

Estudo dos níveis de L-lactato em plasma de coelho (Oryctolagus cuniculus) : determinação de valores de referência e seu valor prognóstico

Dias, Sara Raquel Correia
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em 08/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
115.98%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Em medicina humana, diversos estudos demonstraram que a medição do lactato sérico é um instrumento útil no diagnóstico, monitorização e prognóstico de uma larga variedade de síndromes clínicas. Em medicina veterinária, muito pouco foi relatado sobre índices prognósticos do lactato. A hiperlactatémia e a acidose láctica ocorrem frequentemente em medicina veterinária, em animais em estado crítico que apresentam alterações clínicas únicas ou múltiplas, tais como choque, insuficiência hepática, septicémia, neoplasias, envenenamento, entre outras. As situações de hipoperfusão e consequente hipoxigenação conduzem a um aumento do metabolismo anaeróbio e como resultado, à hiperlactatémia. Com a elaboração deste trabalho pretendeu-se, determinar os valores de referência de Llactato plasmático em coelhos (Oryctolagus cuniculus), bem como avaliar e interpretar diferenças nos níveis de lactato entre coelhos doentes e não doentes e também entre animais sobreviventes e não sobreviventes, que ingressaram no Centro Veterinario Los Sauces, para consulta ou que permaneceram internados na UCI. Ao mesmo tempo, pretendeu-se detectar diferenças nos níveis de lactato consoante a patologia presente e efectuar a comparação com a respectiva evolução em termos de sobrevivência. De acordo com o estudo...

Comparação de alguns parâmetros ecocardiográficos medidos a partir de cortes transversais e longitudinais em cães

Cardoso, Liliana de Jesus Casaca
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
85.94%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Contexto: Apesar da existência de técnicas mais avançadas, em Portugal, a ecocardiografia trans-torácica é hoje em dia a principal ferramenta dos médicos veterinários no diagnóstico e avaliação da evolução da doença cardíaca em cães e gatos. Uma ecocardiografia completa engloba, além de outras fases, a medição de três parâmetros, o EPSS (E point to septal separation), o rácio átrio esquerdo/aorta (AE/Ao) e a fração de encurtamento sistólica (FS), os quais em conjunto com a restante informação colhida permitem avaliar a função cardíaca e as lesões cardíacas, quando presentes, bem como as suas causas e consequências fisiopatológicas. Devido a dificuldades técnicas na realização dos cortes padrão surge muitas vezes a necessidade de optar por cortes ecocardiográficos alternativos. Objetivos: Este trabalho procura esclarecer o grau de equivalência da medição do EPSS, rácio AE/Ao e FS a partir de cortes transversais em comparação com cortes longitudinais do coração em cães Amostra Populacional: 121 cães, de ambos os sexos (56 fêmeas e 65 machos) e de idades compreendidas entre os 4 meses e os 18 anos de idade, sendo 65 deles de raça pura. Em termos clínicos...

Avaliação Doppler da hemodinâmica na veia porta e veia cava caudal em Mustela putorius furo : estudo preliminar para definição de valores de referência

Cunha, Marilisa de Sousa
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
95.94%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; A ultrassonografia duplex é actualmente o exame diagnóstico de eleição na avaliação da anatomia vascular e dinâmica de perfusão sanguínea. Em medicina veterinária a sua aplicação assume cada vez maior expressão, sobretudo nas espécies canina e felina. A progressiva popularidade do furão (Mustela putorius furo) como animal de companhia e a procura de cuidados médicos especializados potenciou a evolução da medicina. Até à data não existem registos da aplicação desta técnica no estudo de vasos sanguíneos nesta espécie. A inexistência de valores de referência limita o potencial diagnóstico. O principal objectivo deste estudo foi definir valores de referência para parâmetros hemodinâmicos na veia porta e cava caudal do furão, através do exame Doppler espectral sob anestesia com isoflurano. Pretendeu-se também avaliar qualitativamente o fluxo sanguíneo nestes vasos. O exame foi realizado na porta hepatis e a análise quantitativa envolveu o diâmetro (D), velocidade média (VF), fluxo sanguíneo médio (FS), índice de pulsatilidade (IP) e índice de congestão (IC). No total observaram-se 32 animais (16 fêmeas e 16 machos); um furão foi excluído devido a marcada replecção gástrica. O grupo A (n=17) incluiu animais clinicamente saudáveis e constituiu o grupo controlo. O grupo B (n=14) reuniu animais com patologia clinicamente comprovada. Devido a critérios de inclusão...

Valores de referência do leucograma de bovinos da raça Jersey criados no Estado de São Paulo

BIRGEL JUNIOR,Eduardo Harry; D´ANGELINO,José Luiz; BENESI,Fernando José; BIRGEL,Eduardo Harry
Fonte: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 Português
Relevância na Pesquisa
105.82%
Estabeleceram-se os valores de referência do leucograma de bovinos da raça Jersey, criados no Estado de São Paulo, avaliando-se a influência exercida pelos fatores etários em amostras de sangue colhidas de 253 fêmeas clinicamente sadias e não-reagentes ao antígeno do Vírus da Leucose dos Bovinos. Nas amostras de sangue, que continham EDTA como anticoagulante, foi realizada a contagem do número total de leucócitos, em câmara de Neubauer modificada, utilizando-se o líquido de Thoma como diluidor e a contagem diferencial de leucócitos, efetuada em esfregaços sangüíneos, corados pelo método de Rosenfeld. Demonstrou-se que o leucograma desses bovinos sofria influência dos fatores etários. O número total de leucócitos e linfócitos aumentou até 12 meses de idade, estabilizando-se entre 12 e 24 meses, para, a seguir, diminuir, progressivamente, com o desenvolvimento etário, sendo o quadro leucocitário predominantemente linfocitário. Essas variações foram atribuídas, principalmente, ao comportamento do número absoluto de linfócitos. O número absoluto do total de neutrófilos não demonstrou variações significativas que pudessem ser atribuídas à influência dos fatores etários, mas o número absoluto de neutrófilos com núcleo em bastonete foi maior nos bezerros com até 6 meses de idade. O número absoluto de eosinófilos aumentou gradativamente com o desenvolvimento etário...

Estudo piloto de valores de referência de pletismografia para crianças de 06 a 12 anos de idade

Pereira, Letícia Mastella
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
105.95%
Introdução: Os testes de função pulmonar são ferramentas importantes no diagnóstico e manejo de doenças respiratórias em adultos e crianças. A pletismografia corporal é um método rápido e acurado para mensurar volumes pulmonares e resistência de vias aéreas. Publicações recentes apresentam valores de referência de pletismografia para crianças em populações de diversas raças e faixas etárias distintas. Surgindo, assim o interesse em gerar valores de crianças saudáveis para a população local.Objetivo: Avaliar a viabilidade de gerar valores de referência para as variáveis de pletismografia em crianças de 06 anos a 12 anos de idade.Métodos: Estudo transversal realizado no período entre março e dezembro de 2011, onde 32 crianças saudáveis com idades entre 06 e 12 anos foram selecionadas em duas escolas de ensino fundamental de Porto Alegre – RS. Foram mensurados volumes pulmonares absolutos de FRC, RV e TLC bem como a resistência de vias aéreas (sRaw). O sucesso foi definido quando a criança produziu pelo menos duas curvas aceitáveis e reprodutíveis.Resultados: 19 crianças tiveram seus exames validados. Após comparação dos parâmetros obtidos com os valores preditos de referência e com resultados encontrados por estudo chileno...

Valores de referência para o teste da caminhada dos seis minutos em crianças e adolescentes saudáveis com idade entre 6 e 12 anos

Priesnitz, Camila Varella
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
105.86%
OBJETIVO: Estabelecer valores de referência para o teste da caminhada dos seis minutos em crianças e adolescentes saudáveis de seis a 12 anos de idade. MÉTODOS: Este estudo transversal e prospectivo selecionou crianças e adolescentes saudáveis com idade entre seis e 12 anos, em três escolas de ensino fundamental de Porto Alegre. Todos os indivíduos tiveram os seus dados antropométricos avaliados e realizaram dois testes da caminhada dos seis minutos. A partir disso, foi gerada uma equação de referência e avaliada a reprodutibilidade do teste. RESULTADOS: 188 crianças (92 meninos) realizaram o teste. A correlação de Pearson demonstrou que idade (r=0,51), altura (r=0,49), diferença na frequência cardíaca antes e após o teste (dif. FC) (r=0,30) e peso (r=0,29) se correlacionam de forma significativa com a distância percorrida. O melhor modelo de regressão múltipla incluiu estas quatro variáveis resultando na seguinte equação de predição: 145,343 + [11,78×idade(anos)] + [292,22×altura(m)] + [0,611×dif. FC(bpm)] – [2,684×peso corporal(kg)]. O coeficiente de correlação intraclasse comprovou a reprodutibilidade entre os testes. CONCLUSÃO: A equação referencial para o teste da caminhada dos seis minutos foi gerada e a distância percorrida é influenciada pela idade...

Parâmetros bioquímicos e hematológicos na saliva e sangue de indivíduos fisicamente ativos; Biochemical and hematological parameters in saliva and blood from physically active subjects

Lázaro Alessandro Soares Nunes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
A análise individual de parâmetros bioquímicos e hematológicos comparados com valores de referência populacionais pode ser uma ferramenta útil para monitorar os efeitos de treinos e competições, uma vez que a detecção de sujeitos com valores aumentados ou diminuídos em relação ao grupo de referência possibilita a individualização do programa de treinamento ou intervenção médica/nutricional quando necessária. No entanto, para que as informações obtidas sejam aplicáveis no dimensionamento das cargas de treino é necessário o estabelecimento de intervalos de referência (limites superiores e inferiores) para os analitos de interesse, de amostras de sangue obtidas de uma população fisicamente ativa e/ou atletas. Os valores utilizados normalmente na clínica são obtidos de sujeitos saudáveis, mas não praticantes de atividade física, embora seja consenso que o treinamento físico influencia a concentração de alguns analitos. Outro fato importante a considerar para o monitoramento do treino de atletas através de biomarcadores é a necessidade de comparação de resultados provenientes de análises consecutivas de um mesmo sujeito, que demanda considerar a variação analítica e biológica inerente aos testes...

Sistema de oscilometria de impulso em pediatria: revisão de literatura; Impulse Oscillometry System in pediatrics: review

Assumpção, Maíra S. de; Gonçalves, Renata M.; Ferreira, Letícia G.; Schivinski, Camila I.S.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
95.78%
Introdução: a oscilometria de impulso (IOS) é considerado um método de avaliação da mecânica respiratória, e por ser não invasivo, vem sendo crescentemente indicado na assistência e investigação do paciente pediátrico. Estudos tem tido como interesse a determinação de valores de referência e a verificação da relação do IOS com outros métodos de avaliação respiratória. Objetivo: Apresentar uma atualização da literatura quanto ao sistema, critérios técnicos e interpretação de dados, bem como, a relação do sistema com outros métodos de avaliação respiratória e sua aplicabilidade clínica.Método: revisão bibliográfica com consulta nas bases de dados MEDLINE/PubMed e Ebsco, utilizando as palavras-chaves: “impulse oscillometry”, “reference values” e “child”. Considerou-se todo material com informações sobre o equipamento, suas indicações e aplicação como instrumento de avaliação em diferentes situações clínicas.Resultados: foram identificados 45 documentos, sendo 41 ensaios clínicos e 4 revisões, complementados com 20 trabalhos: 1 guideline, 1 manual sobre o equipamento e 18 artigos referentes ao tema. Esse material foi caracterizado por abordar o equipamento, seus parâmetros de avaliação...

Normal values of plasma fibrinogen in Cebus apella monkeys iunder ketamine anesthesia; Valores de referência de fibrinogênio plasmático eni macaco prego (Cebus ape I la), anestesiado com Quetamina

Molina, Silvio Ricardo; Larsson Junior, Carlos Eduardo; Mirandola, Regina Mieko Sakata; Larsson, Maria Helena Matiko Akao; Fedullo, José Daniel Luzes; Birgel, Eduardo Harry
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1997 Português
Relevância na Pesquisa
105.77%
Normal values of plasma fibrinogen were determined in 108 Cebus apella monkeys. This parameter was studied in 53 males (12 young and 45 adults) and 55 females (20 young and 35 adults). Blood was collected through venipuncture of right and/or left femoral vein from animals under ketamine sedation (10 mg/kg, intramusculary administred). Determination of fibrinogenemia was done according to the technique described by Schalm et al.  (1975). Results are expressed in mg/dl.; Determinaram-se os valores de referência de fibrinogênio plasmático em macaco prego (Cebus apella). Para tanto, utilizaram-se 108 animais sadios, dos quais 53 machos (12 jovens e 41 adultos) e 55 fêmeas (20 jovens e 35 adultas), submetidos, previamente, a exame clínico. A coleta do material (sangue) foi realizada por punção da veia femoral direita e/ou esquerda com os animais anestesiados com quetamina, por via intramuscular, na dose de 10 mg/kg. A determinação da fibrinogenemia foi realizada no soro, obtido após a centrifugação do sangue, segundo técnica descrita por Schalm et al.'s (1975). Obtiveram-se os seguintes resultados expressos em mg/dl

Valores de referência do lipidograma de bovinos da raça holandesa, criados no Estado de São Paulo; Reference values of the lipid profile of Holstein cattle bred in state of São Paulo

Pogliani, Fabio Celidonio; Birgel Junior, Eduardo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
105.88%
Com o intuito de estabelecer os valores de referência do lipidograma de bovinos, da raça Holandesa, criados no Estado de São Paulo foram examinadas amostras de soro e plasma sangüíneo de 413 bovinos clinicamente sadios. Baseado nos intervalos de confiança, recomenda-se a adoção dos valores de referência: colesterol - entre 86,5 e 120,8 mg/dL para bezerros com até 3 meses; entre 46,3 e 79,7 mg/dL para bezerros com 3 a 12 meses; entre 86,4 e 105,0 mg/dL para novilhas com 12 a 24 meses e entre 116,0 e 147,9 mg/dL para vacas com mais de 24 meses de idade; triglicérides - entre 16,3 e 34,8 mg/dL para vacas com até 48 meses e entre 14,9 e 24,0 mg/dL para vacas com mais de 48 meses de idade; AGNE - entre 91,3 e 294,0 µM/L independente da idade; ß-HBO - entre 1,1 e 2,1 mg/dL para bezerros com até 3 meses e entre 3,37 e 6,2 mg/dL para animais com mais de 3 meses de idade; glicose - entre 75,1 e 88,3 mg/dL para bezerros com até 3 meses; entre 64,0 e 76,1 mg/dL para animais com 3 a 24 meses; entre: 60,6 e 67,2 mg/dL para vacas com mais de 24 meses. Para machos adultos recomenda-se a adoção de valores de referência diferenciados para: colesterol - entre 73,9 e 90,2 mg/dL; ß-HBO - entre 3,1 e 3,6 mg/dL e glicose - entre 71,9 e 76...

Valores de referência do leucograma de bovinos da raça Jersey criados no Estado de São Paulo; Reference values of the leucogram of the Jersey cattle, raised in São Paulo State

Birgel Junior, Eduardo Harry; D'Angelino, José Luiz; Benesi, Fernando José; Birgel, Eduardo Harry
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 Português
Relevância na Pesquisa
105.82%
Estabeleceram-se os valores de referência do leucograma de bovinos da raça Jersey, criados no Estado de São Paulo, avaliando-se a influência exercida pelos fatores etários em amostras de sangue colhidas de 253 fêmeas clinicamente sadias e não-reagentes ao antígeno do Vírus da Leucose dos Bovinos. Nas amostras de sangue, que continham EDTA como anticoagulante, foi realizada a contagem do número total de leucócitos, em câmara de Neubauer modificada, utilizando-se o líquido de Thoma como diluidor e a contagem diferencial de leucócitos, efetuada em esfregaços sangüíneos, corados pelo método de Rosenfeld. Demonstrou-se que o leucograma desses bovinos sofria influência dos fatores etários. O número total de leucócitos e linfócitos aumentou até 12 meses de idade, estabilizando-se entre 12 e 24 meses, para, a seguir, diminuir, progressivamente, com o desenvolvimento etário, sendo o quadro leucocitário predominantemente linfocitário. Essas variações foram atribuídas, principalmente, ao comportamento do número absoluto de linfócitos. O número absoluto do total de neutrófilos não demonstrou variações significativas que pudessem ser atribuídas à influência dos fatores etários, mas o número absoluto de neutrófilos com núcleo em bastonete foi maior nos bezerros com até 6 meses de idade. O número absoluto de eosinófilos aumentou gradativamente com o desenvolvimento etário...

Comparación de las pruebas de función pulmonar en población adulta sana de la Provincia de Mendoza, Argentina, con valores de referencia internacionales

Lisanti,Raúl; Gatica,David; Abal,Javier; Delaballe,Elena; Grañana,Mónica; Miatello,Roberto; Flores,Lidia; Zárate,Graciela
Fonte: Revista americana de medicina respiratoria Publicador: Revista americana de medicina respiratoria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
105.89%
Las pruebas de función pulmonar (PFP) son herramientas de gran utilidad clínica, que presentan diferencias regionales, étnicas y antropométricas. El objetivo es realizar PFP a adultos sanos de la Provincia de Mendoza, Argentina, para comparar los valores obtenidos en dicha población con los valores de referencia internacionales y determinar si existe adecuada correlación. Se realizó un estudio prospectivo, transversal, observacional y descriptivo, desde noviembre 2011 a junio 2013 que incluyó a 103 personas. Se realizaron las siguientes PFP: espirometría, test de marcha de 6 minutos (T6m), presiones bucales máximas y flujo pico espiratorio (FPE). Se compararon con valores de referencia, para espirometría con NHANES III y para T6m con Enright, utilizando el modelo de regresión lineal; en el caso de FPE por comparar dos instrumentos de medición se utilizó además el método de Bland-Altman. Se observó una adecuada correlación entre los valores obtenidos en la población de Mendoza y los valores de referencia propuestos por NHANES III especialmente en el VEF1. En el caso de VEF1/CVF el uso de límite inferior de la normalidad resultó más adecuado para definir normalidad. El T6m mostró una menor distancia recorrida en la muestra estudiada. Se observó una inadecuada correlación de presiones bucales máximas entre la muestra y los valores de referencia. Se observó buena correlación entre la medición de FPE automatizado y portátil. Este es el primer estudio epidemiológico de valores normales en pruebas de función respiratoria en la población de Mendoza por lo que presenta una contribución en el conocimiento de nuestra región.

Perfil bioquímico y valores de referencia en sangre del cordón umbilical

Bequer Mendoza,Leticia; Gómez Hernández,Tahiry; Pérez de Alejo,Lutgarda; Mollineda Trujillo,Angel; Salazar Torres,Lay; Hernández Moreno,Vicente
Fonte: Acta bioquímica clínica latinoamericana Publicador: Acta bioquímica clínica latinoamericana
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
95.82%
Cumpliendo con el propósito fundamental de la medicina de laboratorio que es aportar al especialista información que le sea de utilidad en el proceso de decisión médica, el objetivo del trabajo fue establecer el perfil bioquímico de recién nacidos sanos de Villa Clara a través de la cuantificación de indicadores en sangre del cordón umbilical y estimar, preliminarmente, en dichos analitos sus valores de referencia para esta población. Se utilizó como muestra el suero obtenido de la sangre del cordón umbilical de 80 recién nacidos sanos (40 de sexo femenino y 40 de sexo masculino) que cumplieron los criterios de inclusión establecidos para este estudio. Se cuantificaron parámetros de química clínica (urea, creatinina, alaninamino transferasa, aspartatoamino transferasa, bilirrubina total, fosfatasa alcalina, gamma-glutamiltransferasa, colesterol, triglicéridos y VLDL), inmunológicos (inmunoglobulinas IgM, IgG e IgA, y las proteínas C3 y C4 del sistema del complemento) y de minerales (hierro, cobre, cinc sodio, potasio, magnesio y calcio). Finalmente se establecieron los valores de referencia para cada parámetro, tomando el intervalo interpercentil correspondiente al intervalo central (95%) delimitado por los percentiles 2...

Valores de referencia para la determinación de riboflavina sérica

Pérez Gastell,Pedro Luis; Hernández Royero,Ricardo; Amador Armenteros,Armando
Fonte: Revista Cubana de Medicina Militar Publicador: Revista Cubana de Medicina Militar
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2000 Português
Relevância na Pesquisa
105.89%
Los valores de referencia para la cuantificación de riboflavina (vitamina B2) sérica fueron establecidos en el presente trabajo a partir de una muestra del personal que recibe asistencia en los servicios del Instituto Superior de Medicina Militar "Dr. Luis Díaz Soto". Se estudiaron 88 sujetos de uno y otro sexos, con edades entre 17 y 50 a. Todos cumplían la condición de supuestamente sanos según criterios aplicados. La vitamina B2 fue cuantificada por un proceder analítico de tipo fluorimétrico desarrollado por Natelson y otros. Mediante el control de calidad de esta técnica se pudieron obtener resultados aceptables en la precisión con coeficientes de variación de 5,27 y 3,74 % para la reproducibilidad y repetibilidad respectivamente, y en la exactitud con coeficiente de correlación de 0,99 y un índice de recuperación de 96,96 %. Según el análisis estadístico de los datos de la muestra se estableció que la variable vitamina B2 tenía una distribución logarítmica normal. No se encontraron diferencias significativas según el sexo. El recorrido de valores de referencia cuantificados se enmarcó en un límite mínimo de 5,01 µg/100 mL y máximo de 9,57 µg/100 mL, con una media de 7,29 m g/100 mL, expresado como X ? 2DE. Estos valores se insertan razonablemente en el entorno de los recorridos informados por otros autores...

Pruebas angulares de estimación de la flexibilidad isquiosural: descripción de los procedimientos exploratorios y valores de referencia

Ayala,F.; Sainz de Baranda,P.; Cejudo,A.; Santonja,F.
Fonte: Revista Andaluza de Medicina del Deporte Publicador: Revista Andaluza de Medicina del Deporte
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
95.71%
Las pruebas de valoración basadas en medidas angulares son empleadas frecuentemente en el ámbito clínico y científico para estimar y monitorizar la flexibilidad de la musculatura isquiosural. Son varias las pruebas angulares descritas en la literatura científica, entre las que se destacan: a) la prueba de elevación de la pierna recta; b) la prueba del ángulo poplíteo; y c) las pruebas que estudian la disposición de la pelvis y la porción caudal del raquis lumbar en posición de máxima flexión de tronco, diferenciando entre "pruebas lumbo-vertical en flexión" y "pruebas lumbo-horizontal en flexión". Se han descrito limitaciones e inconvenientes para todos los protocolos, fundamentalmente en cuanto a la posible participación de pelvis y raquis, posición de la articulación del tobillo (en flexión dorsal o posición neutra), diferentes límites de normalidad en las exploraciones, aplicación de distinta velocidad y fuerza en la realización de los tests, existencia o no de calentamiento previo y variabilidad de los instrumentos empleados. Esta especificidad metodológica puede repercutir en la decisión final de elección de una u otra prueba por parte de científicos, clínicos y demás profesionales del ámbito de las Ciencias del Deporte. Por ello...

Aproximación a valores de referencia de estudios electrofisiológicos para el diagnóstico de Síndrome de Túnel del Carpo

Ortiz-Corredor,Fernando; López-Monsalve,Ángela
Fonte: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia Publicador: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.8%
Objetivo Establecer valores normales de referencia de latencias distales motoras y sensitivas de los nervios mediano y ulnar para el diagnóstico electrofisiológico de síndrome de túnel del carpo (STC) teniendo en cuenta las características demográficas de nuestro medio. Métodos Se realizaron estudios de neuroconducción sensitiva y motora de los nervios mediano y ulnar en 184 individuos asintomáticos (rango de edad 18 a 75 años). Con los resultados se construyeron tablas de referencia con promedios, desviaciones estándar y percentiles y se compararon con edad, género, talla y peso. Resultados Para el nervio mediano se encontró una latencia motora distal y sensitiva al pico promedio de 3.4 ms (DE=0.4) y 3.1 ms (DE=0.3), respectivamente (prueba convencional). La diferencia de la latencia motora mediano-ulnar fue de 0.8 ms (DE=0.3); la diferencia de la latencia sensitiva mediano-ulnar al pico fue de 0.08 ms (DE=0.2) (prueba convencional). La latencia motora y sensitiva del nervio mediano mostró una correlación positiva con la edad y la talla. Conclusiones Aunque los resultados de este estudio tienen un alcance limitado y preliminar por el tipo y tamaño de muestra utilizado, éstos muestran algunas diferencias con los datos obtenidos en investigaciones de otros países y sirven como una primera guía para el diagnóstico de STC en un laboratorio de electrofisiología en nuestro medio.

Valores de referencia de los estudios de Neuroconducción de miembros inferiores en adultos jóvenes

Barrera-Castro,Sandra M.; Ortiz-Corredor,Fernando
Fonte: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia Publicador: Instituto de Salud Publica, Faculdad de Medicina -Universidad Nacional de Colombia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
105.85%
Objetivo Establecer valores de referencia de los estudios de neuroconducción de los nervios peroneo, tibial y sural en un grupo de adultos jóvenes. Materiales y Métodos Se realizaron neuroconducciones en 155 sujetos asintomáticos, de los nervios tibial, peroneo y sural, usando técnicas convencionales actuales y previo consentimiento informado. Se obtuvieron valores de referencia presentados con promedios, desviaciones estándar, percentiles y su correlación con parámetros como edad, peso y estatura a través de un análisis bivariado de correlación lineal utilizando la prueba de Spearman. Resultados Para el nervio peroneo el promedio de la latencia distal fue de 3,6ms (DE 0,4), la amplitud fue de 6,1mV (DE 2,0) y la velocidad de conducción 54,8m/s (DE 4,2). Para el nervio tibial el promedio de la latencia distal fue de 3,5ms (DE 0,4), la amplitud fue de 16,7mV (DE 4,7) y la velocidad de conducción 53m/s (DE 3,8). Para el nervio sural el promedio de la latencia al pico fue de 3,4ms (DE 0,3), la amplitud fue de 21,3mV (DE 5,0). El límite superior de la variación normal de la latencia lado a lado para el nervio peroneo y tibial fue de 0,8ms (promedio + 2DE) y para el nervio sural fue de 0,4ms (promedio + 2DE). Se encontró relación estadísticamente significativa con variables como peso...