Página 1 dos resultados de 331 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

A influência da obstrução das vias aéreas superiores na determinação do tipo facial; The influence of the obstruction of the superior airway in the determination of the facial type

Freire-Maia, Belini Augusto Villalba
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
O objetivo neste trabalho foi de analisar a geometria nasal, a nasofaringe e a orofaringe, em crianças respiradoras orais com indicação de cirurgia desobstrutiva das vias aéreas superiores, e verificar a existência de uma possível influência direta da respiração na determinação do tipo facial. Foram avaliadas 657 crianças e, dentre elas, foram selecionadas 75, que se submeteram a avaliação otorrinolaringológica por meio de exames clínico, de radiografia cavum e/ou nasofibroscopia, e com as quais ficaram evidenciadas as obstruções das vias aéreas superiores com indicação cirúrgica. Ao final 41 crianças (21 do gênero masculino e 20 do feminino), entre 6,16 e 14,66 anos de idade, brasileiras, leucodermas, sem história de tratamento ortodôntico ou otorrinolaringológico cirúrgico (remoção de tonsilas faringeanas, palatinas, ou estruturas internas da cavidade nasal), aceitaram participar do estudo. Foram obtidas telerradiografias em norma lateral para a determinação do tipo facial e realizado o exame de rinometria acústica para a obtenção da área transversal mínima da cavidade nasal. A análise estatística dos dados (ANOVA, Razão de Verossimilhanças, análises de variâncias com medidas repetidas com dois fatores...

Avaliação por meio da tomografia computadorizada por feixe cônico de vias aéreas superiores de pacientes com atresia de palato, que possuem mordida cruzada posterior; Evaluation by means of cone beam computed tomography of the upper airways of patients with atresia of the palate, which have posterior crossbite

Hernandez-Zanet, Angelica Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.75%
A atresia do palato ou deficiência maxilar transversa tem comprovado a sua influência na relação craniofacial e respiratória, por isso, diversos métodos de expansão palatina têm sido estudados para que haja uma melhora significativa, principalmente dos fatores respiratórios destes pacientes. O uso da tomografia por feixe cônico iniciou um novo conceito de estudo cefalométrico em terceira dimensão, no qual se consegue avaliar o paciente em todos os planos, sem que haja sobreposições de estruturas, podendo avaliar com precisão as relações craniofaciais, as vias aéreas e a relação destas estruturas. Portanto, o uso da tomografia computadorizada com ênfase na área ortodôntica, nos permite realizar um diagnóstico completo pré-tratamento ortodôntico, no qual objetivamos avaliar a correlação entre mordida cruzada posterior e a obstrução das vias aéreas superiores por meio de tomografia computadorizada por feixe cônico (TCFC). Foram utilizadas TCFC de arquivo de 32 pacientes com idade entre 6 e 14 anos, divididos em dois grupos: um grupo de 16 crianças com mordida cruzada posterior e o grupo controle . O critério de exclusão da amostra foi a realização de tratamento ortodôntico prévio, ter realizado cirurgia no complexo maxilo mandibular ou ser portador de alterações patológicas na região. Foi realizada a comparação das medidas da largura e da altura do palato em relação às medidas lineares e ao volume segmentado e total das vias aéreas superiores dos pacientes com e sem mordida cruzada posterior. No grupo com mordida cruzada...

Condutas terapêuticas para tratamento da Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e da Síndrome da Resistência das Vias Aéreas Superiores (SRVAS) com enfoque no Aparelho Anti-Ronco (AAR-ITO)

Ito, Fausto Alves; Ito, Roberto Takashi; Moraes, Nádia Magalhães; Sakima, Tatsuko; Bezerra, Márcio Luciano de Souza; Meirelles, Roberto Campos
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 143-156
Português
Relevância na Pesquisa
96.5%
Os autores apresentam uma revisão da literatura referente às alternativas de tratamento cirúrgicas e não-cirúrgicas para a Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e para a Síndrome da Resistência das Vias Aéreas superiores (SRVAS) com enfoque no princípio de ação e evolução dos aparelhos de avanço mandibular e, em particular, no mecanismo dinâmico de ação do Aparelho Anti-Ronco® (AAR-ITO).; The authors present a literature review of the surgical and non-surgical treatment alternatives to the Obstructive Sleep Apnea and Hypopnea Syndrome (OSAHS) and snoring with focus in the mechanism of action and progress of mandibular advancement devices mainly in the dynamic action mechanism of the Mandibular Advancement Device® (MAD-ITO).

Avaliação cefalométrica e tridimensional das vias aéreas superiores posteriores após avanço maxilo-mandibular

Carvalho, Abrahão Cavalcante Gomes de Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 89 f. : il. + 1 CD-ROM
Português
Relevância na Pesquisa
66.71%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia - FOA; Objetivo: O objetivo deste estudo é avaliar comparativamente as alterações cefalométricas e tridimensionais das vias aéreas de pacientes submetidos à cirurgia ortognática de avanço maxilo-mandibular. Material e Métodos: Foram selecionados 20 pacientes com deformidade dento-facial de classe II, com deficiência maxilomandibular que foram submetidos à cirurgia de avanço maxilo-mandibular. Os pacientes tiveram um período pós-operatório de no mínimo 6 meses. Foram realizadas tomografias computadorizadas de feixe cônico nos períodos pré-operatório (T1), pósoperatório imediato, até quinze dias após a cirurgia (T2) e pós-operatório tardio, pelo menos 6 meses após a cirurgia (T3). Foi realizada a quantificação linear, de área e de volume das vias aéreas superiores posteriores, e comparado com o movimento real alcançado com a técnica cirúrgica dos dois tempos pós-operatórios. Resultados: Nos resultados, o movimento de avanço maxilo-mandibular proporcionou um ganho de vias aéreas em todas as análises, com diferença estatisticamente significativa entre os períodos T2 e T1, e T3 e T1, com um valor de p<0...

Influência da morfologia craniofacial na análise tridimensional das vias aéreas superiores = : Influence of craniofacial morphology in the three dimensional analysis of the upper airway; Influence of craniofacial morphology in the three dimensional analysis of the upper airway

Danieli Moura Brasil
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
66.7%
O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da morfologia craniofacial em volumes e áreas transversais das vias aéreas superiores. Para isso, foram utilizadas 74 imagens por Tomografia Computadorizada de Feixe Cônico (TCFC) e 74 fotografias faciais em perfil lateral, que pertenciam aos mesmos pacientes, sendo 38 do sexo masculino e 36 do sexo feminino, com idades entre 18 e 56 anos (32,8 ± 1,8). As imagens foram selecionadas a partir de um arquivo de exames de pacientes atendidos em uma Clínica de Radiologia. Um radiologista experiente classificou a amostra em tipos esqueléticos ântero-posteriores (classe II e classe III) empregando a análise cefalométrica de Steiner e a medida AO-BO de Jacobson; e em padrões verticais (braquifacial, mesofacial e dolicofacial) utilizando a análise cefalométrica de Ricketts. A análise facial de perfil foi realizada para cada paciente. Medidas de volume total, de nasofaringe e de orofaringe e ainda de cinco áreas transversais ao longo das vias aéreas superiores foram realizadas, utilizando o software Insight ITK-SNAP 2.4.0®. Os resultados foram submetidos à análise estatística, em que o teste Mann-Whitney foi utilizado para analisar a influência do sexo e dos tipos esqueléticos ântero-posteriores nas variáveis do estudo...

Infecções agudas das vias aéreas superiores: diagnóstico e tratamento ambulatorial

Pitrez,Paulo M.C.; Pitrez,José L.B.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
96.5%
OBJETIVO: apresentar uma revisão atualizada sobre as infecções das vias aéreas superiores (IVAS) mais comuns na prática diária de consultório do pediatra, visando a uma adequada orientação de condutas diagnósticas e terapêuticas. FONTES DOS DADOS: foram revisadas referências obtidas na base de dados Medline. Foram selecionados os artigos mais relevantes sobre o tema. SÍNTESE DOS DADOS: rinofaringite aguda, sinusite aguda, faringoamigdalite aguda estreptocócica e laringite viral aguda são apresentadas de forma crítica e sucinta. As dificuldades observadas na prática clínica, em relação ao diagnóstico diferencial de determinadas IVAS, limitações na busca do agente etiológico e o uso, muitas vezes abusivo, de antimicrobianos são analisados e discutidos. CONCLUSÕES: as IVAS são um dos motivos mais comuns de visita ao consultório do pediatra. Por isso, conceitos e informações atualizados são essenciais para que o manejo dessa doença seja otimizado, reduzindo a indicação de exames diagnósticos dispensáveis, ou a implementação de tratamentos desnecessários ou prejudiciais ao paciente.

Obstrução de vias aéreas superiores após drenagem de abscesso periamigdaliano: relato de caso

Tonelli,Deoclécio; Carvalho,Fernando Wilhelm de; Sacco,Paula de Camargo Neves; Heinke,Vanessa; Souza,Raquel Vasconcelos de
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 Português
Relevância na Pesquisa
86.53%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O abscesso periamigdaliano é uma complicação incomum, porém predispõe a comprometimento grave das vias aéreas superiores. O objetivo deste relato é apresentar um caso de obstrução de vias aéreas após drenagem cirúrgica de abscesso periamigdaliano numa paciente jovem sem outras doenças de base. RELATO DO CASO: Trata-se de uma paciente de 26 anos com grave abscesso periamigdaliano que submeteu-se à anestesia geral para drenagem e após a extubação apresentou grave insuficiência respiratória, necessitando de reintubação traqueal e ventilação controlada mecânica por 24 horas. CONCLUSÕES: O planejamento anestésico e a adequada indicação cirúrgica são fundamentais para a prevenção de complicações em cirurgia otorrinolaringológica.

O paciente com infecção de vias aéreas superiores. Quando anestesiar?

Ganem,Eliana Marisa; Módolo,Norma Sueli Pinheiro; Castiglia,Yara Marcondes Machado
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 Português
Relevância na Pesquisa
96.5%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Anestesiar, com segurança, a criança com infecção de vias aéreas superiores (IVAS) constitui um dos grandes desafios do anestesiologista. A finalidade deste artigo é discutir a validade de anestesiar e quando anestesiar a criança com IVAS. CONTEÚDO: Estão ressaltados a importância da história clínica na investigação pré-operatória, os fatores que contribuem para o aparecimento de complicações no per e no pós-operatório, assim como o tipo de cirurgia e a técnica anestésica que favorecem estas complicações. CONCLUSÕES: O conhecimento das alterações no trato respiratório que acontecem após IVAS, da importância da avaliação correta da gravidade dos sintomas, dos fatores que podem contribuir para o aparecimento de complicações e da melhor técnica anestésica possibilita a seleção de pacientes com menor risco de desenvolver complicações no período per-operatório.

Edema agudo pulmonar associado à obstrução das vias aéreas: relato de caso

Bisinotto,Flora Margarida Barra; Cardoso,Ricardo de Paula; Abud,Tânia Mara Vilela
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.53%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: O edema pulmonar por pressão negativa tem sido definido como edema não-cardiogênico, com transudação de líquido para o interstício pulmonar, por aumento na pressão negativa intratorácica, ocasionado pela obstrução das vias aéreas superiores. Descreveu-se o caso de paciente hígida, submetida à anestesia geral, que apresentou edema agudo pulmonar após a extubação traqueal. RELATO DO CASO: Paciente de 23 anos, sexo feminino, estado físico ASA II, submetida à anestesia geral para videolaparoscopia ginecológica. O procedimento durou 3 horas, sem intercorrências. Após a extubação, a paciente apresentou laringoespasmo e diminuição da saturação de oxigênio. Houve melhora após colocação de cânula oral e administração de oxigênio, sob pressão positiva, com máscara facial. Estabilizado o quadro, foi encaminhada à sala de recuperação pós-anestésica, onde, logo após a admissão, apresentou edema agudo de pulmão com eliminação de secreção serossanguinolenta. O tratamento constou de elevação do dorso, oxigênio sob máscara, furosemida e restrição hídrica. A radiografia torácica mostrou imagem compatível com edema agudo pulmonar e área cardíaca normal. O eletrocardiograma (ECG)...

Laringocele: uma causa de obstrução de vias aéreas superiores

Felix,Jose Antonio de Paula; Felix,Felippe; Mello,Luiz Fernando Pires de
Fonte: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial Publicador: ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
96.67%
Laringoceles são dilatações anormais do sáculo do ventrículo de Morgani da laringe, localizando-se entre a falsa prega vocal e a face interna da cartilagem tireóide. Relevância clínica é rara, sendo o achado de laringoceles assintomáticas em necropsia muito alto. Algumas vezes, pode se apresentar já como uma grande massa cervical, levando à obstrução de vias aéreas e necessitando de intervenção de urgência. Neste trabalho, os autores relatam um caso de laringocele levando à obstrução de vias aéreas superiores, necessitando de traqueostomia de urgência e fazem uma revisão da literatura sobre o tema. Complicações de laringocele incluem infecção (formação de piocele), aspiração de patógenos e subseqüente bronquite e pneumonia, infecção do espaço lateral da faringe (depois de ruptura) e obstrução de vias aéreas superiores, como no caso apresentado. A laringocele, apesar de ser uma doença benigna, é uma causa potencial de obstrução respiratória que pode ameaçar a vida do paciente. O correto diagnóstico e manejo adequado precoce podem evitar que situações de emergência, como a do paciente do caso relatado, levem à morte.

Glomerulonefrite aguda após infecção de vias aéreas superiores ou pele: análise descritiva de 82 pacientes entre 14 e 64 anos de idade

Marques,Vilmar de Paiva; Neves,Precil Diego Miranda de Menezes; Mendonça,Helena Moisés; Fugikaha,Itsuzi; Fernandes,Edson Luiz
Fonte: Sociedade Brasileira de Nefrologia Publicador: Sociedade Brasileira de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.62%
INTRODUÇÃO: A glomerulonefrite aguda (GNA) após infecção de vias aéreas superiores ou pele é uma doença renal causada geralmente por cepas estreptocócicas nefritogênicas, podendo cursar com quadro súbito de hematúria macroscópica, hipertensão arterial, edema e, ocasionalmente, insuficiência renal aguda, sendo comum na infância e pouco incidente em adultos e indivíduos mais jovens. OBJETIVO: Analisar, de forma descritiva, os dados da apresentação inicial da GNA após infecção de vias aéreas superiores ou pele em pacientes com mais de 14 anos de idade, com ênfase em seus aspectos epidemiológicos e clínicos. PACIENTES E MÉTODOS: Foram analisados os dados clínicos de 82 pacientes, atendidos em nosso Serviço no período de 1972 a 2001, distribuídos em três grupos etários: grupo 1, com indivíduos entre 14 e 20 anos (n = 52); grupo 2, entre 21 e 30 anos (n = 19); e grupo 3, com idade > 31 anos (n = 11). RESULTADOS: Houve um predomínio do quadro entre pacientes mais jovens (grupo 1), do sexo masculino e da cor branca, precedido, principalmente, por infecção de pele, manifestando-se mais comumente por edema de membros inferiores e/ou face. Em alguns casos, até com síndrome nefrótica, e hipertensão arterial...

Perfil de prescritores e prescrição de antimicrobianos nas infecções das vias aéreas superiores em Pediatria

Rocha,Maria Carolina P. da; Del Fiol,Fernando de Sá; Junqueira,Fábio Miranda; Rocha,José Inácio P. da; Barberato-Filho,Silvio; Barreiros,Rodrigo Crespo
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.7%
OBJETIVO: Traçar um perfil dos médicos que atendem crianças nos sistemas público (Sistema Único de Saúde) e privado de saúde e verificar como são prescritos antimicrobianos nas infecções das vias aéreas superiores. MÉTODOS: Médicos de algumas cidades do interior do Estado de São Paulo receberam via correio ou nas Unidades Básicas de Saúde uma carta explicativa sobre a pesquisa e o questionário, com perguntas sobre: tempo de graduação, residência médica, carga horária e local de trabalho, forma de atualização, fatores que consideram ao prescrever antimicrobianos e casos clínicos sobre as infecções das vias aéreas superiores. Os dados pessoais dos médicos foram relacionados com as respostas aos casos clínicos. Para análise estatística, foram aplicados os testes Z e de Tukey-Kramer, sendo p<0,05 significante. RESULTADOS: A amostra foi composta por 170 prescritores: 86,5% possuíam residência em Pediatria, 75% trabalhavam no Sistema Único de Saúde e 71% tinham carga horária superior a 40 horas semanais. Os formados há menos de dez anos valorizaram mais os laboratórios farmacêuticos como forma de atualização do que os graduados há mais de 30 anos; 33% dos médicos do Sistema Único de Saúde atendem mais de cinco pacientes por hora. A média de acerto nos casos clínicos foi de 87%. O uso das entidades médicas como forma de atualização foi associado a respostas corretas...

Condutas terapêuticas para tratamento da Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e da Síndrome da Resistência das Vias Aéreas Superiores (SRVAS) com enfoque no Aparelho Anti-Ronco (AAR-ITO)

Ito,Fausto Alves; Ito,Roberto Takashi; Moraes,Nádia Magalhães; Sakima,Tatsuko; Bezerra,Márcio Luciano de Souza; Meirelles,Roberto Campos
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
96.5%
Os autores apresentam uma revisão da literatura referente às alternativas de tratamento cirúrgicas e não-cirúrgicas para a Síndrome da Apnéia e Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHOS) e para a Síndrome da Resistência das Vias Aéreas superiores (SRVAS) com enfoque no princípio de ação e evolução dos aparelhos de avanço mandibular e, em particular, no mecanismo dinâmico de ação do Aparelho Anti-Ronco® (AAR-ITO).

Efeitos da pressão positiva contínua em vias aéreas sobre os sintomas nasofaríngeos em pacientes com a síndrome da apnéia obstrutiva do sono

Figueiredo,Adelaide Cristina de; Lorenzi,Maria Cecília; Prezzoti,Simone; Cabral,Marília Montenegro; Sennes,Luiz Ubirajara; Lorenzi-Filho,Geraldo
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
76.34%
INTRODUÇÃO: Sintomas nasofaríngeos são comuns em pacientes com a síndrome da apnéia obstrutiva do sono (SAOS) em tratamento com pressão positiva contínua em vias aéreas (CPAP). No entanto, sintomas nasofaríngeos são também comuns em pacientes com SAOS antes do início do tratamento. OBJETIVO: Determinar o impacto do tratamento com CPAP nasal sobre os sintomas nasofaríngeos em pacientes com SAOS. MÉTODO: Foram avaliados 35 pacientes (28 homens), com idade de 54 ±10 anos portadores de SAOS moderada a grave diagnosticada através de polissonografia. Os sintomas nasofaríngeos (espirros, coriza, prurido, obstrução, sangramento e ressecamento nasal e de garganta) foram quantificados através de questionário aplicado antes e depois de pelo menos 3 meses de tratamento com CPAP nasal. RESULTADOS: O índice de apnéia + hipopnéia foi de 50±25 eventos por hora. Ao menos um sintoma nasofaríngeo estava presente em 26 pacientes (74%) antes do tratamento. A obstrução nasal foi o sintoma mais comum, presente em 18 pacientes (51%). Dentre os pacientes inicialmente assintomáticos (n = 9), 78% apresentaram alguma reação nasofaríngea adversa com o tratamento. Em contraste, nos pacientes inicialmente sintomáticos, houve redução significativa da intensidade da obstrução...

Edema e hemorragia pulmonar por pressão negativa associados à obstrução das vias aéreas superiores

Mussi,Ricardo Kalaf; Toro,Ivan Felizardo Contrera
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.64%
O edema pulmonar por pressão negativa associado à hemorragia como manifestação de obstrução das vias aéreas superiores é um problema incomum com potencial risco de morte. O principal mecanismo fisiopatológico envolvido é a geração de uma acentuada pressão negativa intratorácica que eleva tanto o volume vascular como a pressão transmural capilar pulmonar, causando risco de ruptura da membrana alvéolo-capilar. Relatamos o caso de um paciente do sexo masculino com hemorragia alveolar difusa após obstrução aguda das vias aéreas superiores causada pela formação de um abscesso cervical e mediastinal decorrente do implante de uma órtese traqueal metálica. O paciente foi tratado com drenagem do abscesso, antibioticoterapia e ventilação mecânica com pressão positiva. Este artigo enfatiza a importância de incluir essa entidade no diagnóstico diferencial da lesão pulmonar aguda após procedimentos que envolvam a manipulação das vias aéreas superiores.

Valor diagnóstico de la Curva inspiratoria Espirométrica para las Afecciones de las vías aéreas superiores en Niños mayores de 6 Años. Ciudad Hospitalaria “Dr. Enrique Tejera”. Valencia. estado Carabobo Enero – junio 2013.

Mejías A, Rosalía P
Fonte: Universidade de Carabobo Publicador: Universidade de Carabobo
Tipo: specialtyThesis
Português
Relevância na Pesquisa
86.45%
INTRODUCCION Las alteraciones de la curva inspiratoria dan cuenta de patologías de vía aérea extratorácica (VAE), que va desde las fosas nasales hasta el tercio medio de la tráquea. Esta curva suele ser subvalorada, aun cuando pueden obtenerse datos valiosos para la detección de patología respiratoria alta. METODOS: Estudio transversal y descriptivo de 60 pacientes en el servicio de Neumonología Pediátrica – CHET, a los cuales se les realizó espirometría tomando la morfología de la curva inspiratoria y los valores de las relaciones FEF/FIF tanto al 50% como 25-75% de la CVF y se compararon con hallazgos de la fibronasolaringoscopia para patología de vía aérea extratorácica. RESULTADOS: Se evidenció un predominio de varones en edad escolar con curvas anormales en un 43,33% siendo la forma aplanada la más frecuente. En la fibronasolaringoscopia se encontró que la mayoría de los pacientes presentaban algún tipo de alteración (71,43%) siendo los signos indirectos de reflujo gastroesofágico la más frecuente y éstos se presentaron de manera casi uniforme en los que tenían curva inspiratoria normal y alterada. Se evidenció para la morfología de la curva inspiratoria espirométrica una baja sensibilidad, intermedia especificidad...

Análise cefalométrica das vias aéreas superiores de pacientes Classe III submetidos a tratamento ortocirúrgico

Gornic,Camila; Nascimento,Paula Paiva do; Melgaço,Camilo Aquino; Ruellas,Antonio Carlos de O.; Medeiros,Paulo José D'Albuquerque; Sant'Anna,Eduardo Franzotti
Fonte: Dental Press International Publicador: Dental Press International
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
86.45%
OBJETIVO: o objetivo deste estudo foi avaliar as alterações causadas por cirurgia ortognática de recuo mandibular associada ou não à cirurgia maxilar combinada nas vias aéreas superiores (VAS). MÉTODOS: foram avaliadas radiografias cefalométricas de perfil pré-cirúrgicas e pós-cirúrgicas imediatas de 17 pacientes com Classe III. Foram realizadas medições do diâmetro do espaço aéreo (EA) no plano sagital, nas regiões correspondentes à hipofaringe e à orofaringe; também foram registradas as alterações na posição do osso hioide. Utilizou-se o teste t pareado e o coeficiente Pearson, buscando possíveis associações entre as alterações esqueléticas e as ocorridas no EA. RESULTADOS: observou-se redução significativa do EA na região da hipofaringe (média de 3,10mm, p=0,024). O osso hioide sofreu deslocamento inferior e posterior, além de diminuição da distância entre o mesmo e a região anterior da mandíbula. Não foi possível correlacionar, quantitativamente, a redução anteroposterior do EA com o recuo mandibular. Entretanto, observou-se correlação forte entre o diâmetro inicial do EA e a quantidade de redução observada ao nível da hipofaringe, e moderada em relação à orofaringe. CONCLUSÕES: o recuo mandibular pode causar estreitamento significativo das VAS...

Aspiração do tubo orotraqueal e de vias aéreas superiores: alterações nos parâmetros fisiológicos em recém-nascidos; Aspiración del tubo endotraqueal y de las vías aéreas superiores: alteraciones en los parámetros fisiológicos en recién nacidos; Endotracheal and upper airways suctioning: changes in newborns’ physiological parameters

Barbosa, Andréa Lopes; Cardoso, Maria Vera Lúcia Moreira Leitão; Brasil, Thays Bezerra; Scochi, Carmen Gracinda Silvan
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.75%
Objetivou-se investigar quais são os parâmetros fisiológicos que se alteram na execução da aspiração do tubo orotraqueal (TOT) e das vias aéreas superiores (VAS), comparando-os imediatamente antes, imediatamente depois e cinco minutos após a realização do referido procedimento. Trata-se de estudo quantitativo, longitudinal, do tipo antes e depois, realizado em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (Utin) de uma instituição pública em Fortaleza, CE, Brasil. A amostra constou de 104 recém-nascidos em uso de oxigenoterapia, e que necessitaram de aspiração do tubo orotraqueal e das vias aéreas superiores. Os resultados mostraram alterações significativas (p; Se objetivó investigar cuales son los parámetros fisiológicos que se alteran en la ejecución de la aspiración del tubo endotraqueal (TOT) y de las vías aéreas superiores (VAS), comparándolos inmediatamente antes, inmediatamente después y cinco minutos después de la realización del referido procedimiento. Se trata de un estudio cuantitativo, longitudinal, del tipo antes y después, realizado en una Unidad de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) de una institución pública en Fortaleza, CE, Brasil. La muestra constó de 104 recién nacidos que usaban oxigenoterapia...

Estudo sobre o impacto do uso de aparelho de emissão de pressão positiva contínua nas vias aéreas superiores na hipersonia diurna em portadores da síndroma de apneia do sono

Franco,Clélia Maria Ribeiro; Bonanni,Juliana Cestaro; Jaguaribe,Anna Myrna; Ataíde Jr,Luiz
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pneumologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.42%
Introdução: A síndroma da apneia -hipopneia obstrutiva do sono (SAHOS) é um distúrbio respiratório de elevada morbimortalidade. A terapia com pressão positiva contínua das vias aéreas (CPAP) representa o tratamento conservador mais prescrito para a SAHOS e tem o intuito de restabelecer a patência das vias aéreas, normalizando o índice de eventos respiratórios obstrutivos, corrigindo os sintomas. Objectivo: Avaliar o impacto do uso do CPAP nasal sobre a hipersonia diurna em portadores de SAHOS. Método: Amostra de vinte doentes portadores de SAHOS diagnosticados por estudo de polissonografia de noite inteira, usuários ou não de CPAP nasal, todos avaliados quanto à hipersonia diurna através da escala de sonolência de Epworth. Resultados: O decréscimo do nível de sonolência diurna dos usuários de CPAP nasal foi significante (p=0,017), enquanto para não usuários de CPAP nasal a média do mesmo diminuiu sem significância estatística (p=0,162). Quanto à adesão à terapia com CPAP, 100% dos usuários relataram benefícios e, destes, 50% referiram desconfortos durante o uso. Conclusões: Portadores de SAHOS usuários do CPAP nasal têm o seu nível de hipersonia diurna diminuído em relação àqueles que não o utilizam.

Perfil de prescrição antibiótica no tratamento das Infecções das Vias Aéreas Superiores

Monteiro,Ana Bessa; Castanheira,Ana Dulce; Castro,Miriam; Capela,Nuno
Fonte: Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral Publicador: Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
86.43%
Objectivos: Determinar a proporção de infecções das vias aéreas superiores (IVAS) tratadas com antibiótico numa Unidade de Saúde Familiar (USF); verificar quais os antibióticos mais prescritos nas IVAS; avaliar se existe relação entre a prescrição de antibióticos e a idade e o sexo do doente; avaliar se existe relação entre o antibiótico prescrito e a idade do doente. Tipo de estudo: observacional, analítico e transversal. Local: Unidade de Saúde Familiar (USF) Serpa Pinto, no Porto. População: Utentes inscritos na USF com pelo menos um contacto médico codificado como IVAS. Métodos: Recolheu-se a informação a partir dos sistemas MedicineOne® e SAM® e incluíram-se as consultas classificadas, segundo a International Classification of Primary Care-2, como: R21; R72; R74; R75; R76. Resultados: Das 299 consultas estudadas, 61,2% foram realizadas a mulheres. A média de idades foi de 26,4 anos (± 22,3). Os diagnósticos mais frequentes foram R76 (48,1%) e R74 (38,7%). Foi prescrito antibiótico em 68,2% das consultas, sendo a classe das penicilinas a mais prescrita (90,6%). Não existiu relação entre a prescrição de antibióticos e o sexo ou a idade do doente. Verificou-se uma diferença estatisticamente significativa entre a idade e a classe de antibiótico prescrita: penicilinas (25...