Página 1 dos resultados de 1942 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Estudo histomorfométrico do baço de ratos Wistar sadios e diabéticos suplementados ou não pela vitamina C; Histomorfometric study of the spleen of healthy and diabetic Wistar rats supplemented or not with vitamin C

CORTEZ, Amanda C.; BENEDICTO, Hildebrando G.; AGRESTE, Fernanda R.; CLEBIS, Naianne K.; BOMBONATO, Pedro P.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
76.3%
O objetivo deste trabalho foi de analisar morfometricamente fragmentos histológicos do baço de animais normais e diabéticos, comparando os resultados encontrados e relacionando-os ao sexo e a suplementação da vitamina C. Foram utilizados 32 ratos Wistar, os quais foram analisados número de vasos, o número de folículos germinativos (polpa branca) e o diâmetro dos vasos de cada animal. As análises histológicas e morfometricas foram feitas em amostras de 5µm de espessura demonstrando que: na quantidade de folículos germinativos, observamos resultados comparando, independente do sexo, animais controles suplementados com vitamina C e controles não suplementados (p≤0,05; F=0,1452); na quantidade de vasos, observamos resultados comparando, fêmeas diabéticas suplementadas pela vitamina C e fêmeas diabéticas não suplementadas (pd"0,05; F=6.8893); e no diâmetro dos vasos, observamos resultados comparando fêmeas, tanto no grupo controle quanto ao grupo diabético, suplementadas pela vitamina C quando comparadas às fêmeas não suplementadas pela vitamina C (p<0,05; U=121.50; Z(U)=2.1234) e (p<0,05; F=4.8134). De um modo geral, a indução de diabetess modifica o diâmetro vascular nas fêmeas e que a administração de vitamina C interfere nos dados métricos relativos ao diâmetro vascular somente nas fêmeas.; The objective of this study was to analyze morphometric histological shatters of the spleen of normal and diabetic animals...

Suplementação dietética de vitamina C, desenvolvimento e sanidade do pacu (Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887).; Dietary vitamin c supplementation, growth and health of pacu (Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887).

Almeida, Geraldo Silva de Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.37%
O pacu, Piaractus mesopotamicus Holmberg, 1887 (Characiformes, Characidae), é uma das principais espécies da fauna aquática brasileira, com grande potencial para aqüicultura interior. Estudos sobre nutrição e determinação de exigências nutricionais são ferramentas para embasar a formulação de dietas completas e consolidar a piscicultura intensiva e viável da espécie. A suplementação dietética com vitamina C tem importância na eficiência alimentar, sanidade dos estoques e na economicidade das dietas e da criação. O objetivo deste projeto foi determinar as exigências nutricionais em vitamina C de alevinos de pacu. Os peixes (9,06 ± 1,40 g) foram alimentados com dietas contendo diferentes teores de vitamina C, ad libitum, duas vezes ao dia, durante 63 dias, e avaliados quanto ao desempenho, medido pelo ganho de peso (GDP), consumo de ração, conversão alimentar (CA), taxa de crescimento específico (TCE) e sanidade, considerando-se a incidência de sinais de deficiência em vitamina C e alterações hematológicas – contagem de eritrócitos (GV), hematócrito (HCT), hemoglobina (Hb), volume corpuscular médio (VCM) e leucócitos totais (GB). As rações semipurificadas foram suplementadas com dez níveis de inclusão: 0 (controle)...

Suplementação com vitamina C e E sobre o desenvolvimento e sobrevivência de girinos de rã-touro (Rana catesbeiana Shaw, 1802)

De Stéfani, Marta Verardino; Marcantonio, Adriana Sacioto; Martins, Maurício Laterça
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 869-871
Português
Relevância na Pesquisa
66.32%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação de vitamina C e E sobre o desenvolvimento e sobrevivência de girinos de rã-touro. Os animais receberam 50, 250 e 500mg de vitamina C ou E/kg de ração, distribuídos segundo delineamento inteiramente casualizado com 3 repetições cada. Na dieta controle, não foram adicionadas vitaminas. Os girinos suplementados com vitamina C ou E não apresentaram diferença significativa no crescimento, comparados ao controle. Não obstante, os suplementados com 500mg de vitamina C apresentaram melhor sobrevivência (62,83%) do que os animais controle (40,48%; p<0,05), nos demais níveis desta vitamina e a adição de vitamina E não alteraram a sobrevivência. O presente trabalho sugere que 500mg de vitamina C/kg de ração constitui uma opção para melhorar a sobrevivência de girinos de rã-touro.; The effects of vitamin C and E supplementation on the development and survival of bullfrog tadpoles were evaluated. The animals received 50, 250 and 500mg vitamin C or E/kg dry ration. In the control diet, vitamins were not added. A fully randomized experimental design was utilized, with 3 replicates of each treatment. Vitamin supplemented tadpoles did not show significant difference on growth compared to the control. Furthermore...

Lipídeo e vitamina C em dietas práticas para a Tilápia no Nilo (Oreochromis niloticus)

Falcon, Dario Rocha
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 149 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
66.34%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Visando o preparo da tilápia do Nilo, Oreochromis niloticus, para o período de inverno, foram avaliados durante 112 dias diferentes níveis de suplementação de lipídeo e vitamina C, no desempenho produtivo e parâmetros fisiológicos. Foi utilizado um lote de 192 alevinos, com peso médio de 5,57 0,50 g distribuídos aleatoriamente em 32 tanques-rede de 200 L cada, dispostos em oito aquários de 1000 L, dotados de sistema de aquecimento e de recirculação de água com filtragem mecânica e biológica. O experimento foi conduzido num esquema fatorial 2 x 3, com dois níveis de lipídeo (8,0 e 12,0%) e três níveis de vitamina C (300,0; 600,0 e 1200,0 mg de vitamina C/kg da dieta), com quatro repetições, mais dois tratamentos, um ausente de suplementação dos nutrientes testes e outro acrescido de 6,0% de lipídeo e 125,0 mg de vitamina C/kg da dieta. Foram confeccionadas oito rações práticas, isoprotéicas com 32,0% de proteína digestível. O suplemento vitamínico e mineral utilizado foi isento de vitamina C, sendo considerada como fonte somente o adicionado à dieta. A vitamina C utilizada foi a polifosfatada com 35...

β-glucano e vitamina C no desempenho produtivo e parâmetros fisiopatológicos em juvenil de tilápia do Nilo: nível de suplementação e tempo de administração

Falcon, Dario Rocha
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 146 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.32%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; O presente projeto constou de dois estudos com o objetivo de avaliar a inter-relação entre o imunoestimulante β-glucano e a vitamina C em dietas práticas para a tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus). No Estudo – I foi avaliado, após 60 dias experimentais (primeira fase), o melhor nível de suplementação do β-glucano (0,1; 0,2; 0,4 e 0,8 % na dieta) e vitamina C (400 e 600 mg/kg da dieta) para desempenho produtivo, parâmetros hematológicos e imunológicos (determinação dos intermediários reativos do oxigênio e do nitrogênio), num delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 4 x 2, mais um tratamento controle sem suplementação do β-glucano e 125 mg de vitamina C/kg de dieta, totalizando nove tratamentos e quatro repetições. Após essa primeira fase, os peixes foram divididos em dois grupos. Um grupo foi submetido ao estímulo pelo frio e o outro ao desafio com Aeromonas hydrophila, avaliando-se os mesmos parâmetros da primeira fase, além da porcentagem de sobrevivência. No Estudo – II objetivou-se determinar o melhor tempo de administração de β-glucano e da vitamina C (45, 30, 15 e sete dias antecedendo os desafios) utilizando-se o melhor nível de inclusão do β-glucano e da vitamina C...

Efeito da vitamina C e triptofano no desempenho, comportamento e parâmetros de estresse de frangos de corte

Aoyagi, Mônica Megumi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: viii, 88 f. : il., grafs. tabs
Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 13/04524-4; Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; The study aimed to evaluate the effect of vitamin C and tryptophan supplementation on growth performance and stress parameters of broiler chickens raised in high stocking densities. An experiment was realized in a completely randomized design in a factorial arrangement 2 x 5 + 1 (vitamin C: 0 and 250 mg/kg of the diet; tryptophan: 100%; 125%; 150%; 175% and 200% of the recommendations associated to high stocking densities (17 birds/m²) and the negative control, diet without vitamin C + tryptophan according to the requirements, associated to low stocking density (12 birds/m²), with six replicates each. Growth performance variables analyzed were: body weight, weight gain, feed intake, feed conversion ratio, viability and productive efficiency index. Stress parameters measured were: serum glucose, heterophil: lymphocyte ratio, cholesterol, triglycerides, uric acid, VLDL, urofaecal corticosterone metabolites and antibody titers against NewCastle disease (P> 0,05). Growth performance is affected negatively by high stocking density. The feed conversion ratio of the broilers that received VC in the diet where improved (P< 0...

Desenvolvimento e validação de metodologia analitica, utilizando a CLAE, para determinação de vitamina C em frutas e seus principais produtos; Development and validation of analytical methodology, using the HPLC for determination of vitamin C in fruits and its main products

Mauro Luiz Aldrigue
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.32%
Atualmente, a vitamina C é a mais importante dentre as vitaminas comercializadas. Destaca-se por sua eficiente ação antioxidante, empregada em alimentos e seu largo uso como fármaco. Entre os compostos que apresentam esta atividade vitamínica, o ácido L-ascórbico (AA) é a forma mais difundida e comercializada, embora o produto de sua oxidação, o ácido desidroascórbico (DHAA) possua a mesma atividade vitamínica. Já, com cerca de 5% desta atividade, o ácido isoascórbico (IAA) é adicionado a vários alimentos, o, que leva a necessidade de métodos eficientes também para o seu controle. Para melhor avaliar o potencial vitamínico de fontes naturais de vitamina C, que são as frutas, os legumes e seus produtos, busca-se desenvolver métodos que determinem simultaneamente estas formas ativas, o que constitue em um dos grandes desafios metodológicos na atualidade. Assim, a metodologia para análise das formas ativas de vitamina C (AA, DHAA e lAA) foi estabelecida com a técnica de Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), utilizando coluna Spherisorb ODS-2, 5Jµm,150x4,6mm, fase móvel aquosa com 2,5mmol/L de cetrimida e 25mmol/L de acetato de amônia, pH 5,60 ajustado com ácido acético e vazão de 0,80mL/min...

Efeito da suplementação com acerola nos níveis sangüíneos de vitamina C e de hemoglobina em crianças pré-escolares; Supplementation with west indian cherry and its effects on the blood levels of vitamin C and hemoglobin in preschool children

Costa, Maria José de Carvalho; Terto, Aline Lacerda de Queiroga; Santos, Leonor Maria Pacheco; Rivera, Maria Amélia Amado; Ascciuti, Luiza Sônia
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
O estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da deficiência de vitamina C em 104 crianças de 2 a 6 anos de idade de creches municipais de João Pessoa, PB, bem como analisar a eficácia da suplementação com acerola. Foram realizadas dosagens de vitamina C sérica e de hemoglobina antes e depois da intervenção. Os resultados iniciais mostraram prevalência de 69,2% de carência de vitamina C (< 0,80 mg/dL) e 35,7% de crianças com níveis de hemoglobina indicativos de anemia (Hb < 11,0 mg/dL); encontrou-se associação entre os níveis de vitamina C e de hemoglobina (p<0,01). Para as 72 crianças com níveis baixos de vitamina C foi oferecido durante 35 dias, 150 mL de suco de acerola (teor médio 565 mg de ácido ascórbico/100 mL). A comparação de níveis séricos médios de vitamina C antes e após a suplementação (0,52 + 0,20 mg/dL e 1,43 + 0,43 mg/dL, respectivamente) mostrou diferença significativa (p<0,001). Também ocorreu aumento significativo na concentração média de hemoglobina, que de 11,17+ 1,46 g/dL passou a 12,22 + 1,52 g/dL (p<0,001). Considerando-se os resultados obtidos, a disponibilidade e o baixo custo deste fruto regionalmente, justifica-se a proposta de inclusão do mesmo em programas de alimentação para populações de alto risco para a anemia. __________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The objective of this study was to evaluate the prevalence of vitamin C deficiency among 104 preschool children...

Vitamina C, cancro e citotoxicidade selectiva : estudos biológicos

Mamede, Ana Catarina Manjolinha
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.36%
A vitamina C é um nutriente essencial ao metabolismo das células vivas que existe sob duas formas: a forma reduzida (ácido ascórbico - AA) e a forma oxidada (ácido dehidroascórbico – DHA). A vitamina C é um nutriente cujos benefícios são desde há muito tempo conhecidos e amplamente divulgados, sendo que a sua maioria se devem à acção antioxidante desta vitamina. Como antioxidante, o principal papel da vitamina C é neutralizar os radicais livres doando-lhes os seus electrões, reflectindo a sua capacidade redutora e a habilidade para diminuir o stresse oxidativo. No entanto, alguns estudos controversos sugerem que este nutriente possa ter um papel preventivo e terapêutico na doença oncológica devido à sua eventual actividade pró-oxidante, promovendo a formação de espécies reactivas de oxigénio que podem induzir a morte celular nas células cancerígenas. Este factor, aliado à diminuição das enzimas antioxidantes e ao aumento de metais de transição descompartimentalizados nas células tumorais poderá resultar na citotoxicidade selectiva da vitamina C e na consequente revelação do seu potencial terapêutico. O objectivo deste trabalho é estudar o metabolismo e os mecanismos de acção da forma reduzida da vitamina C e mostrar o seu efeito citotóxico em duas linhas celulares tumorais: adenocarcinoma colorectal (WiDr) e melanoma melanocítico (A-375). Para tal...

Estudo histomorfométrico do baço de ratos Wistar sadios e diabéticos suplementados ou não pela vitamina C

Cortez,Amanda C.; Benedicto,Hildebrando G.; Agreste,Fernanda R.; Clebis,Naianne K.; Bombonato,Pedro P.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.29%
O objetivo deste trabalho foi de analisar morfometricamente fragmentos histológicos do baço de animais normais e diabéticos, comparando os resultados encontrados e relacionando-os ao sexo e a suplementação da vitamina C. Foram utilizados 32 ratos Wistar, os quais foram analisados número de vasos, o número de folículos germinativos (polpa branca) e o diâmetro dos vasos de cada animal. As análises histológicas e morfometricas foram feitas em amostras de 5µm de espessura demonstrando que: na quantidade de folículos germinativos, observamos resultados comparando, independente do sexo, animais controles suplementados com vitamina C e controles não suplementados (p£"0,05; F=0,1452); na quantidade de vasos, observamos resultados comparando, fêmeas diabéticas suplementadas pela vitamina C e fêmeas diabéticas não suplementadas (pd"0,05; F=6.8893); e no diâmetro dos vasos, observamos resultados comparando fêmeas, tanto no grupo controle quanto ao grupo diabético, suplementadas pela vitamina C quando comparadas às fêmeas não suplementadas pela vitamina C (p<0,05; U=121.50; Z(U)=2.1234) e (p<0,05; F=4.8134). De um modo geral, a indução de diabetess modifica o diâmetro vascular nas fêmeas e que a administração de vitamina C interfere nos dados métricos relativos ao diâmetro vascular somente nas fêmeas.

Suplementação com vitamina C e E sobre o desenvolvimento e sobrevivência de girinos de rã-touro (Rana catesbeiana Shaw, 1802)

De Stéfani,Marta Verardino; Marcantonio,Adriana Sacioto; Martins,Maurício Laterça
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 Português
Relevância na Pesquisa
66.31%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da suplementação de vitamina C e E sobre o desenvolvimento e sobrevivência de girinos de rã-touro. Os animais receberam 50, 250 e 500mg de vitamina C ou E/kg de ração, distribuídos segundo delineamento inteiramente casualizado com 3 repetições cada. Na dieta controle, não foram adicionadas vitaminas. Os girinos suplementados com vitamina C ou E não apresentaram diferença significativa no crescimento, comparados ao controle. Não obstante, os suplementados com 500mg de vitamina C apresentaram melhor sobrevivência (62,83%) do que os animais controle (40,48%; p<0,05), nos demais níveis desta vitamina e a adição de vitamina E não alteraram a sobrevivência. O presente trabalho sugere que 500mg de vitamina C/kg de ração constitui uma opção para melhorar a sobrevivência de girinos de rã-touro.

Suplementação de vitamina C na estruturação do tecido conjuntivo de melanotênia-maçã.

MUZITANO, I. S.; NEVES, C. A.; RADAEL, M. C.; REZENDE, F. P.; MENDONÇA, P. P.; SANTOS, M. V. B. dos; ANDRADE, D. R. de; VIDAL JUNIOR, M. V.
Fonte: Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 34, n. 8, p. 780-784, ago. 2014. Publicador: Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 34, n. 8, p. 780-784, ago. 2014.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
86.21%
Peixes cultivados mostram-se altamente sensíveis a dietas deficientes em ácido ascórbico com sinais clínicos que afetam o desempenho e a comercialização por provocar deformidades. Com objetivo de conhecer os níveis mínimos para a melanotênia-maçã, foram testadas seis rações isoaminoacídicas e isocalóricas com níveis variados de vitamina C ativa. Ao final dos 42 dias experimentais, 36 peixes foram analisados histologicamente quanto à porcentagem de tecido conjuntivo e fibras musculares a fim de determinar a influência da porcentagem de Vitamina C nesses índices. Apesar de as médias serem estatisticamente iguais do ponto de vista quantitativo, qualitativamente os níveis mais altos de vitamina C possibilitaram melhor estrutura tecidual. A desestruturação do tecido muscular é um indicativo da deficiência alimentar com ácido ascórbico.; 2014

Analise dos efeitos de diferentes parametros na estabilidade de vitamina C em vegetais processados

Marta de Toledo Benassi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/1990 Português
Relevância na Pesquisa
66.33%
O trabalho foi conduzido no sentido de se estudar a estabilidade e verificar a cinética de perda de vitamina C em diferentes processos, utilizando-se como, matéria prima, vegetais selecionados: couve, couve-flor e pimentão. Foram feitos diferentes tipos de cozimento (água, vapor e microondas) e estocagem (temperatura ambiente, refrigerada e congelada), variando-se os tempos e condições de processamento. Foi constatado que as perdas de vitamina C nos produtos, durante o cozimento em água, foram, quase que exclusivamente, devidas à solubilização, havendo, em alguns casos, pequena perda por degradação. No caso de couve, após um período determinado durante o qual ocorreram perdas (10 minutos), o teor de vitamina C no produto se estabilizou. O aumento na proporção de água: vegetal também provocou uma elevação nas perdas. Foi observada uma menor retenção de vitamina, quando os cozimentos foram realizados em recipientes de alumínio e aço inox em comparação com material inerte (pirex). Não foi observado aumento nas perdas pela utilização de água de torneira ao invés de água destilada. Para cozimento em vapor foram encontradas menores perdas do que as constatadas no cozimento em água, não sendo, nesse caso...

Avaliação do efeito inibidor da vitamina C na carcinogenese esofagica experimental induzida pela dietilnitrosamina

Almino Cardoso Ramos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/1998 Português
Relevância na Pesquisa
66.34%
O câncer é atualmente a segunda causa de morte nos países desenvolvidos. Embora tenham sido obtidos alguns avanços no seu tratamento, o prognóstico da doença ainda está longe de ser satisfatório. Apesar do câncer de esôfago não estar entre os mais freqüentes, sendo a quarta neoplasia que mais acomete o aparelho digestivo do homem, seu estudo é muito importante, principalmente por duas razões: atinge as pessoas numa das funções mais importantes para a manutenção da vida, a nutrição; e as taxas de incidência são muito similares às de mortalidade, demonstrando a ineficiência do tratamento. A melhora desta realidade pode ser conseguida de duas maneiras: diagnóstico e tratamento precoce e prevenção. Assim, a procura de substâncias que possam interferir na carcinogênese, impedindo o aparecimento de tumores, parece ser uma idéia atrativa. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da vitamina C na inibição da carcinogênese esofágica experimental induzida pela dietilnitrosamina (DEN). Foram estudados 240 ratos da raça Wistar todos machos, com peso médio de 155g e três meses de idade. Os animais foram acondicionados em gaiolas com cinco ratos cada, recebendo água e alimentação ad libitum. As drogas eram colocadas na água...

Vitamina C, cancro e citotoxicidade selectiva : estudos biológicos; Vitamin C, cancer and selective citotoxicity

Mamede, Ana Catarina Manjolinha
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.36%
A vitamina C é um nutriente essencial ao metabolismo das células vivas que existe sob duas formas: a forma reduzida (ácido ascórbico - AA) e a forma oxidada (ácido dehidroascórbico – DHA). A vitamina C é um nutriente cujos benefícios são desde há muito tempo conhecidos e amplamente divulgados, sendo que a sua maioria se devem à acção antioxidante desta vitamina. Como antioxidante, o principal papel da vitamina C é neutralizar os radicais livres doando-lhes os seus electrões, reflectindo a sua capacidade redutora e a habilidade para diminuir o stresse oxidativo. No entanto, alguns estudos controversos sugerem que este nutriente possa ter um papel preventivo e terapêutico na doença oncológica devido à sua eventual actividade pró-oxidante, promovendo a formação de espécies reactivas de oxigénio que podem induzir a morte celular nas células cancerígenas. Este factor, aliado à diminuição das enzimas antioxidantes e ao aumento de metais de transição descompartimentalizados nas células tumorais poderá resultar na citotoxicidade selectiva da vitamina C e na consequente revelação do seu potencial terapêutico. O objectivo deste trabalho é estudar o metabolismo e os mecanismos de acção da forma reduzida da vitamina C e mostrar o seu efeito citotóxico em duas linhas celulares tumorais: adenocarcinoma colorectal (WiDr) e melanoma melanocítico (A-375). Para tal...

Perdas de vitamina C em hortaliças durante o armazenamento, preparo e distribuição em restaurantes

Moraes,Flávia Aparecida; Cota,Alessandra Miranda; Campos,Flávia Milagres; Pinheiro-Sant'Ana,Helena Maria
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
O objetivo deste estudo foi avaliar perdas de vitamina C após etapas de manipulação de hortaliças, recepção, armazenamento, preparo e distribuição, em restaurante institucional e comercial. Utilizou-se sete hortaliças: alface, cenoura, chicória, couve, couve-flor, repolho e tomate. A análise da vitamina C foi realizada por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). As perdas cumulativas de vitamina C foram elevadas nas hortaliças preparadas nos restaurantes institucional e comercial, correspondendo a 44,38% a 67,03% e 32,90% a 71,32%, respectivamente. Nos dois restaurantes, o armazenamento foi responsável pela perda mais expressiva de vitamina C na maioria das hortaliças. Sugere-se adoção de medidas para controlar as perdas de vitamina C nas hortaliças, como compra e recepção de acordo com a demanda; armazenamento em temperatura de refrigeração; monitoramento do tempo de higienização e sanitização; fatiamento próximo ao horário de servir; cozimento preferencialmente a vapor, por pressão ou refogado; monitoramento do tempo e temperatura de cocção; controle do tempo de exposição entre as etapas de preparo e distribuição. Os resultados obtidos para o conteúdo de vitamina C contribuem para caracterização nutricional das hortaliças...

Uso de vitamina C en la solución tumescente de liposucción como inductor de lipolisis y fibrosis: Trabajo experimental

Antoniadis Petrakis,N.; González Romero,T.C.
Fonte: Cirugía Plástica Ibero-Latinoamericana Publicador: Cirugía Plástica Ibero-Latinoamericana
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
76.26%
La Liposucción no permite siempre extraer todo el tejido adiposo causante de la lipodistrofia, por lo cual se plantea la necesidad de perfeccionar esta técnica. Nuestro objetivo es el demostrar que el uso de la vitamina C en la solución tumescente induce lipólisis y aumenta la fibrosis. El presente es un estudio descriptivo, prospectivo, experimental y comparativo de una muestra de 30 ratas Sprague-Dawley de ambos sexos, a las cuales se les infiltró solución tumescente en el tejido subdérmico de la región inguinal, con vitamina C al grupo experimental y con solución tumescente sin vitamina C al grupo control, para su posterior estudio histológico macroscópico y microscópico. El 100% de las muestras con vitamina C evidenciaron cambios a nivel del tejido adiposo sugerentes de lipólisis y en el 82% se evidenciaron cambios en el tejido conectivo sugerentes de formación de colágeno joven. Concluimos que la vitamina C favorece la lipolisis y promueve la síntesis de colágeno cuando se utiliza como parte de la solución tumescente en animales de experimentación

Bases para estimar las necesidades de vitamina C en la gestación

Casanueva,Esther; Angulo,María Eugenia; Goidberg,Sharon; Pfeffer,Frania; Meza-Camacho,Carlos; Vadillo-Ortega,Felipe; Rothenberg,Stephen J.
Fonte: Academia Nacional de Medicina de México, A.C. Publicador: Academia Nacional de Medicina de México, A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
76.29%
Objetivo: Establecer la dosis de vitamina C para mantener una concentración leucocitaria >18 µg/10(8) células en mujeres embarazadas entre las semanas 28 y 32 de la gestación, con la finalidad de establecerla como base para la estimación de la ingestión diaria recomendada (IDR). Metodología: Etapa 1: estudio agudo de suplementación. Se suplementó a 10 gestantes al inicio del segundo trimestre con dosis que fueron de 0 a 200 mg/día de vitamina C (sin contar con el aporte dietético), cada dosis se administró durante una semana. Etapa 2: estudio doble ciego aleatorizado (100 mg/día de vitamina C vs. Placebo) entre la semana 20 y el término de la gestación con 52 mujeres. Resultados: Etapa 1. Con 100 mg/día de vitamina C se alcanzó la saturación leucocitaria sin incrementar significativamente la excreción urinaria. Etapa 2. Las mujeres que recibieron placebo disminuyeron significativamente su concentración leucocitaria de vitamina C a lo largo de la gestación mientras que las gestantes que recibieron el suplemento la incrementaron en forma significativa manteniéndola por arriba de >18 µg/10(8) células. Conclusión: Una dosis diaria de 100 mg de vitamina C durante la segunda mitad del embarazo ocasiona una reserva leucocitaria adecuada y puede ser considerada como referencia para establecer la IDR.

Niveles Séricos de Vitamina C en Adultos Jóvenes Consumidores Crónicos de Drogas de Abuso

Márquez,Mercedes; Rincón,Manuel; N,Rosalía Sútil de; de Yépez,Carmen R; y Sol Ponte,Rowland Saer
Fonte: Universidad del Zulia Publicador: Universidad del Zulia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2001 Português
Relevância na Pesquisa
66.3%
Pocos estudios han sido realizados sobre la relación entre el consumo de drogas de abuso y los niveles plasmáticos de algunos nutrientes como la vitamina C. Dada la importancia que tiene la vitamina C en el organismo por su función en la prevención de enfermedades agudas y crónicas, fue desarrollado este estudio con el objetivo de evaluar la influencia del consumo de drogas de abuso sobre los niveles plasmáticos de vitamina C (Ácido ascórbico). Fueron estudiados 56 individuos del sexo masculino, con edades entre 16 y 40 años, consumidores crónicos de drogas de abuso y próximos a ingresar a un centro de reeducación de adictos. Se realizó una encuesta para determinar tipo, frecuencia y cantidad de droga consumida. Se determinó la concentración plasmática de ácido ascórbico en condición de ayuno, por el método de Roe y Kuether. Los resultados indicaron que 89% consumió drogas por primera vez antes de los 18 años y un 78,4% se inició con marihuana. El 60,7% fueron consumidores mixtos o combinados. El promedio de ácido ascórbico plasmático fue de 0,89 ± 0,06 mg/dL, sin embargo al discriminar de acuerdo a categoría nutricional (Nutrition Canada) se obtuvo que el 76,7% presentó valores mayores de 0,4 mg/dL y un 23...

Determinación del contenido de vitamina C en miel de abejas venezolanas por volumetría de óxido-reducción

Zago G,Karina I; García F,María Y; Di Bernardo,María L; Vit,Patricia; Luna,José R; Gualtieri,María
Fonte: Instituto Nacional de Higiene Rafael Rangel Publicador: Instituto Nacional de Higiene Rafael Rangel
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.31%
En este trabajo se ha determinado el contenido de Vita mina C en mieles de abeja de la región andina venezolana. La Vitamina C pertenece junto con la Vitamina B al grupo de las hidrosolubles. Ayuda en el desarrollo de huesos, cartílagos, a la absorción del hierro, a la producción de colágeno (actuando como cofactor en la hidroxilación de los aminoácidos lisina y prolina). La propiedad química antioxidante es la más importante de la vitamina C; esto ayuda a prevenir la oxidación de las vitaminas A y E, y de algunas vitaminas del grupo B, tales como la riboflavina, tiamina, ácido fólico, y ácido pantoténico. Desarrolla acciones anti-infecciosas y actúa como un desintoxicante ya que puede reducir la toxicidad de metales pesados como el plomo, mercurio y arsénico. La Vitamina C no es sintetizada por el hombre, por esta razón debe ser ingerida en la dieta, los alimentos más ricos en Vitamina C son vegetales verdes, frutas cítricas y papas, entre otros. La Vitamina C esta presente en la miel en bajas concentraciones, el HPLC es la técnica más apropiada para su cuantificación, pero es una técnica costosa y de difícil acceso. Se propone una metodología más sencilla basada en volumetría de óxido-reducción, ya que la Vitamina C se oxida a ácido dehidroascórbico...