Página 1 dos resultados de 3420 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Influência da suplementação de vitamina E nos períodos pré e pós-parto na ocorrência de mastite.; The influence of vitamin E supplementation during the pre and post-parturition period on the occurrence of bovine mastitis.

Valle, Claudia Ribeiro do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
Setenta e sete vacas distribuídas em três propriedades foram divididas em três grupos: G1 (sem suplementação vitamínica), G2 (suplementação com 1000 UI de vitamina E durante 30 dias antes do parto previsto e 30 dias após o parto), G3 (suplementação com 1000 UI de vitamina E de 30 a 15 dias antes do parto previsto e 3000 UI de 15 dias antes do parto a 30 dias após o parto). Todas as propriedades continham os três grupos, sendo que as vacas foram sorteadas para cada grupo de acordo com a ordem de parição e a data prevista para o parto, para que ficassem homogeneamente distribuídas. Na interrupção da lactação que antecedeu o experimento, os quartos mamários foram tratados com antibióticos específicos para o tratamento de vacas secas. Os animais foram alimentados com silagem de milho e concentrado, permanecendo confinados com acesso a piquetes de descanso. Foram efetuados os exames: tamis, CMT e microbiológico do leite de cada quarto mamário, logo após a fase colostral e uma vez por mês durante a lactação, para o diagnóstico de mastite. Foram colhidas amostras de soro de 20% dos animais e dos alimentos fornecidos para a análise de selênio. Os resultados obtidos mostraram que a ocorrência de mastite clínica foi maior (p<0...

Estudo da influência da suplementação de vitamina E nas atividades funcionais dos neutrófilos do leite de bovinos; Study of influence vitamin E supplementation on milk neutrophil function in dairy cows

Valle, Claudia Ribeiro do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
No início da lactação as vacas podem apresentar várias doenças metabólicas e infecciosas, como a mastite, devido às abruptas mudanças fisiológicas, entre elas a supressão da reposta imune, concomitante com a queda da ingestão de matéria seca e da concentração sérica de vitamina E. Com o objetivo de estudar a influência da suplementação de vitamina E nas atividades funcionais dos neutrófilos do leite de bovinos, catorze novilhas da raça holandesa foram divididas aletoriamente em dois grupos, sendo um com sete animais não suplementados (controle) e outro com sete animais suplementados com 1000 UI/dia de vitamina E durante 30 dias antes do parto previsto e 10 dias após o mesmo. Na primeira semana após o parto foi colhido o leite dos quartos mamários CMT negativo, após estimulação da leucocitose com a infusão intramamária de solução de glicogênio de ostra a 0,1% e 0,5%, 36 e 12 horas respectivamente, antes da colheita do leite. As células foram isoladas, contadas e estimou-se a viabilidade das mesmas. Em seguida foram realizados os testes de fagocitose incubando-se zimosan opsonizado (2x108/ml) com neutrófilos (2x107/ml), contados no microscópio óptico. Suspensões na concentração de 2x108/ml de cepas de Staphylococcus aureus...

Efeito do estresse e da suplementação com vitamina E sobre parâmetros seminais, peroxidação lipídica de componentes seminais e atividade das enzimas antioxidantes presentes no plasma seminal de cães; Effect of stress and oral supplementation with vitamin E on seminal parameteres, lipidic oxidation of seminal components and antioxidants enzymes activies in the seminal plasm in dogs

Hatamoto, Luciana Keiko
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2004 Português
Relevância na Pesquisa
76.22%
O presente trabalho visou avaliar se, em cães, o estresse provoca efeitos deletérios sobre os parâmetros seminais e a composição do plasma seminal. Além disso, avaliou-se os efeitos da suplementação oral com vitamina E em animais estressados. Utilizaram-se 18 cães machos da raça rotweiller, com idade média de 4 anos. O tratamento foi inteiramente casualizado com esquema fatorial 2x2 (com e sem estresse X com e sem vitamina E). Os animais dos grupos suplementados com vitamina E receberam 500 mg de -tocoferol/animal/dia. O estresse foi induzido, sete dias após o início da suplementação com vitamina E através da aplicação intramuscular de 0,01mg/kg de dexametasona, durante 7 dias consecutivos. O estresse foi caracterizado através do cortisol sérico, consumo alimentar, escore corporal e peso vivo. Foram feitas duas colheitas semanais de sêmen através de manipulação digital e uma coleta semanal se sangue. Os parâmetros utilizados para avaliar os efeitos do tratamento foram: volume, densidade e pH do ejaculado, motilidade, vigor, concentração e morfologia espermáticos, integridade da membrana espermática (teste de expansão hipo-osmótico, coloração fluorescente IP/DCF, coloração tripla, coloração acrossomal simples e viabilidade espermática)...

Efeitos da suplementação parenteral com selênio e vitamina E nos valores hemáticos e séricos de cavalos de enduro; Effects of parenteral supplementation with vitamin E and selenium in hematic and seric values of endurance horses

Etchichury, Mariano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação parenteral com vitamina E e selênio em determinados parâmetros hemáticos e séricos usados comumente na clínica diária em cavalos de enduro. Foram utilizados seis cavalos em treinamento das raças Árabes e Anglo-árabes em um delineamento em Cross Over de dois períodos de 84 dias cada, divididos em grupos Tratamento e Controle. Não foi observado efeito de tratamento para as variáveis peso, hematócrito, contagem eritrocitária, hemoglobina, leucócitos, freqüência cardíaca, concentração de hemoglobina corpuscular média, uréia, glutationa peroxidase, creatinina lactatodesidrogenase, creatiniquinase, gammaglutamiltransferase e glutationa peroxidase. Os valores de enzimas lactatodesidrogenase e creatiniquinase em repouso ficaram muito por cima dos níveis de referência em ambos grupos. No dia 70 foi observada diferença significativa (p < 0,05) para volume corpuscular médio e hemoglobina corpuscular média, correspondendo o valor menor ao grupo tratamento. As conclusões extraídas deste estudo são: 1. A suplementação parenteral de selênio e vitamina E não influi nos parâmetros analisados em cavalos que treinam e competem em provas de até 60 km. 2. Apesar de inconstantes...

Influência de níveis de zinco e vitamina E, isolados e associados, sobre o desempenho e a resposta imunológica humoral em frangos de corte; Influence of zinc levels and vitamin E, isolated and associated, on the performance and the humoral immune response in broilers

Cardoso, Ana Lucia Sicchiroli Paschoal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
76.02%
O objetivo deste experimento foi verificar a influência de diferentes níveis de inclusão nas rações de frangos de corte de vitamina E (Vit E) (0, 12 e 120mg/kg) e do zinco (Zn) (0, 40 e 400mg/kg), isolados e associados, sobre resposta imunológica humoral das aves e sua influência sobre o desempenho e rendimento de carcaça. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 3 X 3, com 9 tratamentos e 4 repetições. Para tanto, utilizaram-se 1440 pintos de um dia de idade, metade de cada sexo, distribuídos em 36 parcelas experimentais com 40 aves cada. Os frangos foram criados de 1 a 42 dias de idade, vacinados contra a doença de Newcastle, cepa LaSota, no 14º dia de vida e foram abatidos aos 43 dias de idade. A resposta imunológica humoral dos frangos foi avaliada mediante os testes ELISA e HI no período pré-vacinal aos 14 dias de idade, e pós-vacinal aos 28, 35 e 41 dias de idade das aves. Os dados de desempenho e rendimento de carcaça foram submetidos à análise de variância realizada pelo PROC GLM do SAS. Os dados referentes à resposta imunológica humoral foram analisados através do PROC MIXED do SAS. O aumento da suplementação de zinco na dieta dos frangos de corte resultou em melhoria significativa (p<0...

Ácido linoleico conjugado e vitamina E para frangos de corte; Conjugated linoleic acid and vitamin E for broilers

Almeida, Erika Georgia de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.25%
Foi realizado um experimento com objetivo de avaliar a adição de diferentes níveis de ácido linoleico conjugado (CLA) e vitamina E na dieta de frangos de corte. Foram utilizadas 900 aves, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3x3, sendo 3 níveis de CLA (0,0%, 2,0% e 4,0%) e 3 níveis de vitamina E (0 mg, 250mg e 500 mg), totalizando 9 tratamentos com 4 repetições por tratamento e 25 aves por repetição. Avaliaram-se os parâmetros de desempenho, rendimento de carcaça, densitometria e resistência óssea das tíbias, valores de TBARS, perfil lipídico e colesterol, análise sensorial e maciez objetiva da carne de peito dos animais, abatidos aos 49 dias de idade. O programa de alimentação utilizado foi dividido em 3 fases de criação: inicial (1 - 21 dias), crescimento (22 - 42 dias) e abate (43 - 49 dias), sendo as dietas formuladas a base de milho e farelo de soja. Os resultados foram analisados com o auxílio do procedimento GLM do software estatístico SAS (2003). As médias para análise sensorial e resistência óssea foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Os demais parâmetros foram analisados com o procedimento MIXED, e obtidas as respectivas equações de regressão. Em todo o período de criação...

O efeito da vitamina E e do selênio na prevenção da mucosite em pacientes com tumores malignos nas vias aerodigestivas superiores submetidos a radioterapia, concomitantemente ou não com quimioterapia; The effect of the vitamin E and selenium in the mucositis prevention in patients with upper aero-digestive ducts' malign tumors submitted to radiotherapy concomitant or not with chemotherapy

Santos, Simone Brasil
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.18%
A utilização da radioterapia e da quimioterapia em maior escala no tratamento do câncer de cabeça e pescoço tem elevado a incidência de efeitos colaterais, em especial da mucosite bucal. O presente estudo estabeleceu como objetivo a avaliação do efeito da suplementação da vitamina E e do selênio na prevenção da mucosite causada pela radioterapia e/ou quimioterapia em pacientes com neoplasias malignas das vias aerodigestivas superiores. Como metodologia, decidiu-se por um ensaio clínico III, randomizado, duplo cego, realizado no Serviço de Oncologia da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais. A amostra foi constituída por 95 pacientes portadores de câncer nas vias aerodigestivas superiores, com indicação de radioterapia, sendo 78 (82,1%) do gênero masculino e 17 (17,9%) do gênero feminino, com média de idade de 54 ± 13,4 anos, variando entre 20 e 85 anos. O mineral selênio e a vitamina E foram classificados como grupo A e grupo B, respectivamente. Do primeiro dia da sessão de radioterapia até uma semana após o término da radioterapia, os pacientes tomaram uma cápsula por dia do suplemento. A mucosite foi avaliada semanalmente pelos cirurgiões dentistas do próprio serviço. Foram coletados dados de 115 pacientes. Como 20 deles foram excluídos...

Expressão gênica de marcadores inflamatórios de pancreatite alcoólica crônica em ratos suplementados com vitamina E; Gene expression of inflammatory markers in alcoholic chronic pancreatitis in rats vitamin E supplemented.

Monteiro, Thaís Helena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.18%
O infiltrado inflamatório, a perda maciça de células acinares e a fibrose se destacam como alterações da pancreatite alcoólica crônica, o que é reflexo da expressão gênica. O -tocoferol regula a expressão de vários genes, entre eles moduladores de proteínas extracelulares e de inflamação. O presente trabalho teve como intuito avaliar o efeito da suplementação com vitamina E sobre a expressão gênica pancreática de marcadores inflamatórios, em ratos com pancreatite alcoólica crônica induzida por dieta líquida contendo etanol (com ou sem suplementação de -tocoferol), ciclosporina A e ceruleína, por meio da técnica quantitativa de PCR em tempo real. Além disso, foram realizadas determinações de -tocoferol plasmático e hepático, lipídeos totais hepáticos, e análise histopatológica do pâncreas e fígado dos animais submetidos aos diferentes tratamentos (Grupo 1: Controle; Grupo 2: Pancreatite alcoólica crônica; Grupo 3: Pancreatite alcoólica crônica e suplementação com vitamina E). Os animais que receberam suplementação com vitamina E apresentaram maiores valores de -tocoferol plasmático e hepático [(G1: 14,27 ± 1,5 umols/L plasma; 125,47 ± 18,5 nmols/g fígado; 5,1 ± 0,8 nmols/mg lipídeo hepático); (G2: 21...

Biossíntese de vitamina E nos estágios intraeritrocitários de P. falciparum.; Vitamin E biosynthesis in intraerythrocytic stages of Plasmodium falciparum.

Sussmann, Rodrigo Antonio Ceschini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.16%
O estudo da biossíntese de isoprenóides em P. falciparum por meio da via 2C-metil-D-eritritol-4-fosfato (MEP) é apontado como possível alvo terapêutico, visto a via ser ausente em humanos. Foi descrito que nos estágios intraeritrocitários de P. falciparum a via essencial de biossíntese de isoprenóides é a via MEP. As vias do Chiquimato e MEP são precursoras da biossíntese de vitamina E e ambas já foram descritas em P. falciparum. É sugerido que a biossíntese de vitamina E possa ocorrer no parasita, representando um possível alvo para o desenvolvimento de novas drogas antimaláricas. Empregando marcações metabólicas com precursores radioativos, três diferentes métodos de RP-HPLC e análises por espectrometria de massas confirmamos a biossíntese de vitamina E nos três estágios intraeritrocíticos do parasita. O tratamento com ácido úsnico, mostrou inibição dessa biossíntese no estágio esquizonte e do crescimento do parasita. Demonstramos por meio de uma sonda fluorescente, ácido Parinárico, que a vitamina E atua como antioxidante lipofílico, protegendo a lipoperoxidação. Esses resultados não só contribuem para a compreensão da biologia de P. falciparum, mas também elucidam partes das vias MEP e do Chiquimato que podem servir como alvos terapêuticos.; The study of isoprenoid biosynthesis in Plasmodium falciparum by 2C-methyl-D-erythritol-4-phosphate pathway (MEP) it is presented as a therapeutic target once that it is absent in humans. It was found in intraerythrocytic stages of P. falciparum the biosynthesis of isoprenoids by the MEP pathway. The shikimate and MEP pathways are the precursors of biosynthesis of vitamin E and both pathways have already been described in P. falciparum. It is suggested that the biosynthesis of vitamin E might occur in the parasite...

Desenvolvimento e caracterização de sistemas de liberação tópica a base de cristais líquidos com vitamina E TPGS para veiculação de siRNA na terapia gênica; Development and characterization of topical delivery systems based on liquid crystals with vitamin E TPGS for siRNA in gene

Mano, Danielle de Macedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
Apesar da aparente acessibilidade, a pele é bem protegida contra a absorção de materiais estranhos. Esta função barreira é exercida principalmente pelo estrato córneo. Dessa forma, a administração cutânea de fármacos precisa transpor esta barreira para atingir uma concentração efetiva. Uma maneira de tornar o tratamento eficaz é o uso de injeções, forma de administração muito invasiva e desconfortável para o paciente. A administração tópica é uma forma simples e confortável para a administração cutânea de fármacos. As doenças cutâneas, em geral, são doenças estigmatizadas. Assim, o desenvolvimento de uma formulação capaz de transpor as barreiras impostas a esta via de administração e um novo tratamento para estas doenças complexas, com componentes genéticos, devem ser estudados. O siRNA veiculado com nanocarreadores foi aplicado a esta via de administração. O nanocarreador possibilita um maior tempo de permanência na superfície da pele devido às propriedades adesivas, além de proteger o siRNA contra a degradação. O siRNA visa o bloqueio específico da expressão de genes, por isso é capaz de agir em diferentes caminhos de uma doença. A maior limitação para o uso de siRNA é a incapacidade de difundir-se através das membranas celulares devido a carga negativa...

Metionina hidróxi-análoga, arginina e vitamina E: estratégias nutricionais para melhorar o desempenho de frangos de corte submetidos a estresse por calor; Methionine hydroxy-analogue, arginine and vitamin E: nutrition strategies to improve the performance of broilers subjected to heat stress

Tonetti, Patrícia de Araújo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
Durante a fase de crescimento e terminação, 1890 frangos de corte machos da linhagem Cobb®500 foram submetidos a altas temperaturas e alimentados com dietas experimentais contendo três fontes de metionina (DL-Met, DL-HMTBA e DL-Met/ DL-HMTBA), três níveis de vitamina E (15 UI, 45 UI e 100 UI) e duas relações Arg:Lis (0,9 e 1,5), cujo delineamento fatorial 3 x 3 x 2 totalizou 18 tratamentos, com sete repetições de 15 aves cada. Ao final do período experimental, os parâmetros de desempenho zootécnico como consumo de ração, peso corporal, conversão alimentar e rendimento de carcaça, peito e pernas foram avaliados e, após análise estatística, comprovou-se que não houve interação entre os fatores. Dessa maneira, os efeitos individuais dos elementos testados foram analisados e observou-se que a utilização de diferentes fontes de metionina e a inclusão de vitamina E nas quantidades testadas não apresentaram diferenças significativas. Porém, a maior inclusão de arginina na dieta proporcionou melhora nos resultados de ganho de peso, peso corporal e conversão alimentar, mas não resultou em diferenças significativas nos parâmetros de carcaça avaliados.; During the growing and the finishing, 1890 male broiler chickens of Cobb 500 ® were subjected to high temperatures and fed with experimental diets containing three sources of methionine (DL -Met ...

Influência da suplementação de vitamina E na profilaxia e tratamento da broncopneumonia moderada e grave em bezerros

Gonçalves, Roberto C.; Rocha, Ana E. A.; Silva, Andreza A. da; Takahira, Regina K.; Chiacchio, Simone B.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 127-135
Português
Relevância na Pesquisa
76.13%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Estudou-se a broncopneumonia de ocorrência natural em bezerros e a influência da administração de acetato de DL-α-tocoferol na profilaxia e tratamento desta enfermidade. Foram avaliados 60 bezerros machos, com idade máxima de 10 dias, divididos em dois grupos experimentais: GSV (grupo sem vitamina) e GCV (grupo com vitamina). A suplementação com dose única de 4.500 UI de acetato de DL-α-tocoferol por via intramuscular (IM) foi precedida por exame físico, perfil hematológico, determinação de proteínas séricas, globulinas, gamaglutamiltransferase e citologia do lavado traqueobrônquico (D0) para verificar a sanidade e homogeinização dos grupos. Os bezerros foram mantidos em bezerreiro e distribuídos aleatoriamente, 2 a 2 em baias individuais de 2,40m², onde permaneceram até o 21º dia (D0 ao D21). Foram avaliados por exame físico diário e, na presença de sinais clínicos indicativos de broncopneumonia (DX), retirados do bezerreiro, avaliados por hemograma e citologia do lavado traqueobrônquico, e tratados com enrofloxacina (5mg/kg, IM). Durante o tratamento, o exame físico foi realizado diariamente, e o hemograma e a citologia do lavado traqueobrônquico repetidos uma semana após seu término (DY). Nos bezerros sadios foram repetidos hemograma e citologia do lavado traqueobrônquico...

Efeito do consumo de óleo de linhaça e de vitamina E no desempenho e nas características de carcaças de frangos de corte

Almeida, A. P. S.; Pinto, M. F.; Poloni, L. B.; Ponsano, E. H. G.; Garcia Neto, M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 698-705
Português
Relevância na Pesquisa
76.01%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Foi avaliado o efeito da utilização de óleo de linhaça na ração, em substituição ao óleo de soja em diferentes proporções, e de vitamina E, até o nível de 400mg/kg de ração, sobre o desempenho e a composição de carcaça de frangos de corte. O desempenho produtivo foi avaliado com base em pesagens das aves e da ração aos 21 e 49 dias de idade. No 49º dia, as aves foram abatidas, e os rendimentos de carcaça e dos principais cortes comerciais e a porcentagem de vísceras e de gordura abdominal foram avaliados. A composição da fração oleosa da ração, de forma geral, não interferiu nos parâmetros de desempenho avaliados (P>0,05). Os machos consumiram mais ração e ganharam mais peso que as fêmeas (P<0,01). As fêmeas apresentaram, em geral, pior conversão alimentar, associada à maior deposição de gordura abdominal. Os machos apresentaram maior porcentagem de coxa com sobrecoxa em relação ao peso da carcaça eviscerada, e as fêmeas apresentaram maior porcentagem de peito. A porcentagem de asas e vísceras não diferiu entre os sexos.; The effect of the utilization of linseed oil at different concentrations in poultry feed instead of soy oil and the effect of vitamin E administration up to 400mg/kg feed on performance and carcass traits of broilers was investigated. Productive parameters were determined by weighting birds and rations at 21 and 49 days of experiment. Broilers were slaughtered on the 49th day of the experiment for the evaluation of yields of carcass and main cuts...

Estudo morfológico do efeito radioprotetor da vitamina E (dl-alfa-tocoferil) na reparação tecidual em ratos

Manzi,Flávio Ricardo; Bóscolo,Frab Norberto; Almeida,Solange Maria de; Tuji,Fabricio Mesquita
Fonte: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem Publicador: Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
76.17%
Esta pesquisa teve por finalidade avaliar a ação da vitamina E como radioprotetora no processo de reparação tecidual em ratos, após sofrerem um procedimento cirúrgico, que consistiu da produção de uma ferida na região dorsal anterior. Os animais foram divididos em cinco grupos: grupo CO (controle) - constituído de animais em que foi produzida somente a ferida; grupo VE - pré-tratamento com vitamina E (90 UI); grupo IR - irradiação três dias após a cirurgia; grupo VEIR - pré-tratamento com 90 UI de vitamina E e irradiação de suas bordas três dias após a cirurgia; grupo OIR - pré-tratamento com óleo de oliva e irradiação de suas bordas três dias após a cirurgia. A ação radioprotetora da vitamina E foi avaliada pela coloração por hematoxilina-eosina para análise morfológica do tecido de granulação, aos 4, 7, 14 e 21 dias após a cirurgia. A análise dos resultados mostrou que o retardo no processo de reparação tecidual causado por 6 Gy de radiação de elétrons com feixe de 6 MeV não ocorreu no grupo de animais que recebeu vitamina E, mostrando-se esta substância efetiva como radioprotetora.

Peroxidação lipídica e vitamina E no soro e no fluido folicular de mulheres inférteis com endometriose submetidas à estimulação ovariana controlada

Petean,Carla Campos; Gomes,Fernando Marcos; Silva,Júlio César Rosa e; Ferriani,Rui Alberto; Moura,Marcos Dias de; Reis,Rosana Maria dos; Navarro,Paula Andrea de Albuquerque Salles
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
86.23%
OBJETIVO: avaliar o nível de peroxidação lipídica e vitamina E no fluido folicular e soro de pacientes inférteis, com ou sem endometriose, submetidas à indução da ovulação para procedimentos de reprodução assistida. MÉTODOS: estudo prospectivo envolvendo, consecutivamente, 36 pacientes inférteis com idade entre 20 e 38 anos, divididas em dois grupos: Endometriose (n=17) e Controle (n=19, laqueadura tubária prévia ou fator masculino). Amostras sanguíneas foram coletadas em: D1 (imediatamente antes do início do uso de gonadotrofinas), D2 (dia da aplicação da gonadotrofina coriônica humana) e D3 (dia da aspiração folicular). Em D3, amostras de fluido folicular livres de contaminação sanguínea foram coletadas e armazenadas. O nível de eroxidação lipídica foi mensurado pela quantificação de malondialdeído (MDA) por espectrofotometria, e o status antioxidante por meio da medida da vitamina E por cromatografia líquida de alta pressão. RESULTADOS: em D1, nenhuma diferença significante foi observada entre os Grupos Endometriose (2,4 nmol/mL) e Controle (1,9 nmol/mL) no nível de MDA. Contudo, os níveis de vitamina E foram significativamente mais elevados no Grupo Controle (24 mimol/L). Em D2, os níveis de MDA foram significantemente maiores no Grupo Endometriose (2...

Influência da suplementação de vitamina E na profilaxia e tratamento da broncopneumonia moderada e grave em bezerros

Gonçalves,Roberto C.; Rocha,Ana E.A.; Silva,Andreza A. da; Takahira,Regina K.; Chiacchio,Simone B.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.13%
Estudou-se a broncopneumonia de ocorrência natural em bezerros e a influência da administração de acetato de DL-α-tocoferol na profilaxia e tratamento desta enfermidade. Foram avaliados 60 bezerros machos, com idade máxima de 10 dias, divididos em dois grupos experimentais: GSV (grupo sem vitamina) e GCV (grupo com vitamina). A suplementação com dose única de 4.500 UI de acetato de DL-α-tocoferol por via intramuscular (IM) foi precedida por exame físico, perfil hematológico, determinação de proteínas séricas, globulinas, gamaglutamiltransferase e citologia do lavado traqueobrônquico (D0) para verificar a sanidade e homogeinização dos grupos. Os bezerros foram mantidos em bezerreiro e distribuídos aleatoriamente, 2 a 2 em baias individuais de 2,40m², onde permaneceram até o 21º dia (D0 ao D21). Foram avaliados por exame físico diário e, na presença de sinais clínicos indicativos de broncopneumonia (DX), retirados do bezerreiro, avaliados por hemograma e citologia do lavado traqueobrônquico, e tratados com enrofloxacina (5mg/kg, IM). Durante o tratamento, o exame físico foi realizado diariamente, e o hemograma e a citologia do lavado traqueobrônquico repetidos uma semana após seu término (DY). Nos bezerros sadios foram repetidos hemograma e citologia do lavado traqueobrônquico...

Efeito do consumo de óleo de linhaça e de vitamina E no desempenho e nas características de carcaças de frangos de corte

Almeida,A.P.S.; Pinto,M.F.; Poloni,L.B.; Ponsano,E.H.G.; Garcia Neto,M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.01%
Foi avaliado o efeito da utilização de óleo de linhaça na ração, em substituição ao óleo de soja em diferentes proporções, e de vitamina E, até o nível de 400mg/kg de ração, sobre o desempenho e a composição de carcaça de frangos de corte. O desempenho produtivo foi avaliado com base em pesagens das aves e da ração aos 21 e 49 dias de idade. No 49º dia, as aves foram abatidas, e os rendimentos de carcaça e dos principais cortes comerciais e a porcentagem de vísceras e de gordura abdominal foram avaliados. A composição da fração oleosa da ração, de forma geral, não interferiu nos parâmetros de desempenho avaliados (P>0,05). Os machos consumiram mais ração e ganharam mais peso que as fêmeas (P<0,01). As fêmeas apresentaram, em geral, pior conversão alimentar, associada à maior deposição de gordura abdominal. Os machos apresentaram maior porcentagem de coxa com sobrecoxa em relação ao peso da carcaça eviscerada, e as fêmeas apresentaram maior porcentagem de peito. A porcentagem de asas e vísceras não diferiu entre os sexos.

Efeito da suplementação de linhaça, óleo de canola e vitamina e na dieta sobre a oxidação dos ácidos graxos na gema dos ovos de galinhas poedeiras; Effect of supplementation of flaxseed, canola oil and vitamin e on diet in fatty acids oxidation of egg yolk laying hens

Pita, Maria Carolina Gonçalves; Piber Neto, Eduardo; Mendonça Junior, Cássio Xavier
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
A presente pesquisa teve como objetivo estudar o efeito de fontes de ácidos graxos poliinsaturados- óleo de canola e/ou semente de linhaça- com diferentes concentrações de vitamina E suplementar sobre o teor de produtos de oxidação de ácidos graxos na gema de ovos de galinhas. Utilizou-se 288 galinhas da linhagem Babcock que receberam dietas com 6% de óleo de canola, 20% de semente de linhaça moída ou 3% de óleo de canola e 10% de semente de linhaça moída com teores de 0, 100 e 200 UI/kg de a-tocoferol, para análise estatística dos resultados empregou-se arranjo fatorial 3X3 em blocos casualizados. Os grupos que receberam óleo de canola tiveram menores concentrações de malonaldeído (menor oxidação) na gema dos ovos que aqueles alimentados com linhaça, em ovos crus sem armazenamento e nos cozidos após armazenamento. Os ovos crus tiveram as menores concentrações de produtos de oxidação dos ácidos graxos. Os grupos de ovos cozidos, que receberam 100 e 200UI/kg de vitamina E na dieta, tiveram menores teores de malonaldeído na gema dos ovos que os grupos não suplementados; To investigate the effect of dietary sources of polyunsaturated fatty acids - canola oil and flaxseed - with different vitamin E supplementation upon the fatty acids oxidation produtcts deposition into the eggs. 288 Babcock laying hens were used. Birds were fed diets containing 6% of canola oil...

Estudo da função de vitamina E e da biossíntese de vitamina K1 em Plasmodium falciparum.; Estudy of vitamin E function and of vitamin K1 biosynthesis in Plasmodium falciparum.

Sussmann, Rodrigo Antonio Ceschini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
76.2%
A malária apresenta um alto índice de mortalidade com mais de 500 mil mortes registradas em 2013. Para agravar a situação de saúde pública, foi descrito o surgimento de resistência às drogas usadas na terapêutica da doença. Torna-se necessário a identificação e o estudo de novos alvos antimaláricos. A via MEP se mostra como um potencial alvo para o desenvolvimento de drogas contra P. falciparum uma vez que está ausente em humanos. Nossos objetivos foram avaliar a função da vitamina E biossintetizada pelo parasita, caracterizar a biossíntese de vitamina K1 e o metabolismo de fitol. Esse estudo determinou que a vitamina E biossintetizada pelo parasita atua no sistema redox do parasita. Por outro lado, mostramos que a biossíntese de vitamina K1 é ativa no parasita e detectamos sua forma reduzida. Por fim, observamos que existe uma via de reaproveitamento de fitol em P. falciparum assim como em plantas. O estudo abre oportunidades para um desenvolvimento racional de novos antimaláricos e aprofunda o conhecimento na biologia do parasita.; Malaria has the highest mortality rate with more than 500 000 deaths in 2013. The public health situation gets worse because it has been described the emergence of resistance to common drugs used in the treatment of disease. It is necessary to identify and study of new antimalarial targets. The MEP pathway is a potential target for drug development against Plasmodium falciparum once it is absent in humans. Our objectives were to evaluate the function of vitamin E biosynthesized by the parasite and characterize the biosynthesis of vitamin K1 and the phytol metabolism. This study determined that vitamin E biosynthesized by the parasite operates in the redox system of the parasite. We show the biosynthesis of vitamin K1 is active on parasite and we detected its reduced form. Finally...

Funciones de la vitamina E: Actualización

Febles Fernández,Carmen; Soto Febles,Carmen; Saldaña Bernabeu,Alberto; García Triana,Bárbara E
Fonte: Revista Cubana de Estomatología Publicador: Revista Cubana de Estomatología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
76.14%
La vitamina E agrupa diferentes compuestos, dentro de los cuales se incluyen los tocoferoles y los tocotrienoles. El más importante en la especie humana es el RRR-alfa-tocoferol. Una de las funciones más importantes atribuidas a la vitamina E es su acción antioxidante. No obstante, se han observado otras no relacionadas con esta acción. Entre estas se encuentran sus efectos sobre la proliferación celular y la acción fagocítica en el sistema inmune, que a su vez se relacionan con el efecto de esta vitamina como mensajero del estado oxidativo celular. Paralelamente, existen evidencias de su relación con la apoptosis. En este trabajo pretendemos profundizar en estas funciones de la vitamina E por sus enormes potencialidades de utilización en la terapia de enfermedades médicas y estomatológicas.