Página 1 dos resultados de 3498 itens digitais encontrados em 0.048 segundos

Tecnologias Web 2.0 na formação inicial de professores

Patrício, Maria Raquel
Fonte: Universidade do Porto, Faculdade de Engenharia Publicador: Universidade do Porto, Faculdade de Engenharia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
95.93%
O advento e generalização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e a evolução da Internet provocaram transformações e novas oportunidades na sociedade actual. Com as alterações ocorridas na World Wide Web, o termo Web 2.0 começou a ser amplamente utilizado para descrever um conjunto de tecnologias, atitudes e conceitos. A presente investigação apresenta as ferramentas Web 2.0, como área de estudo no âmbito da tecnologia educativa, da educação no contexto da Sociedade da Informação e do Conhecimento e da formação inicial de professores, num tempo em que se exigem novos papéis e competências à sociedade, em geral, e à escola, em particular. O presente estudo visou, primeiramente, averiguar o nível de utilização das tecnologias Web 2.0 num curso de Educação Básica e, posteriormente, explorar diversas ferramentas Web 2.0 (blog, wiki, podcast, webquest, moodle e del.icio.us) como meio de produção individual e colectiva de informação para suportar os processos de ensino/aprendizagem. Este estudo foi implementado com uma turma de 1º ano da formação inicial de professores, no ano lectivo 2007/2008, no âmbito da unidade curricular de Tecnologias de Informação e Comunicação em Educação (TICE). Foi também aplicado um questionário aos docentes da instituição (IPB) para averiguar a utilização que fazem das ferramentas da Web 2.0 a dois níveis: uso pessoal e académico. Recorrendo a diversos instrumentos de recolha quantitativos e qualitativos - questionários...

Web 2.0: Formas de utilização e estilos de aprendizagem dos alunos do ensino secundário

Vaz, Susana Lopes Ala
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e de Gestão Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Tecnologia e de Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
95.92%
Este estudo centrou-se na Web 2.0 e nos Estilos de Aprendizagem dos alunos do ensino secundário. Dada a relevância deste assunto e a necessidade de desenvolver estratégias de aprendizagem adequadas aos alunos, foram colocadas as seguintes questões de investigação: quais as percepções dos alunos do ensino secundário acerca Web 2.0, que tipo de ferramentas utilizam, qual a frequência dessa utilização e quais os seus objectivos de utilização. Considerando que os alunos percepcionam, interagem e respondem ao ambiente de aprendizagem de modos diferentes, procurou-se investigar também se existe alguma relação entre o tipo de utilização de ferramentas da Web 2.0 e os estilos de aprendizagem dos alunos. Para realizar esta investigação, utilizou-se uma metodologia predominantemente quantitativa. Os instrumentos de recolha de dados foram dois questionários, um sobre a Web 2.0 e o questionário CHEA para identificar os estilos de aprendizagem dos alunos, e um diário onde os alunos registaram as ferramentas da Web 2.0 que usaram durante uma semana, o tempo dedicado e o tipo de tarefas que realizaram. Dos resultados obtidos, salienta-se o desconhecimento da Web 2.0 e as suas potencialidades. Apesar desse desconhecimento, os alunos revelaram grande interesse pelas ferramentas de Comunicação...

Da Web 2.0 ao E-learning 2.0 : aprender na rede

Mota, José Carlos
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Dissertação de Mestrado em Pedagogia do E-Learning apresentada à Universidade Aberta; A emergência da Web 2.0, ou Read/Write Web, é algo que vai muito para além do mero domínio tecnológico: ela é, mais do que uma revolução tecnológica, uma revolução social e cultural, estendendo-se a todas as áreas da sociedade. Em poucos anos, a Web 2.0 mudou radicalmente a forma como as pessoas utilizam a Internet e interagem com os outros, com a informação e com o conhecimento. De consumidores de conteúdos e informação, estes novos cidadãos digitais passaram também a ser produtores de informação, criando conteúdos que partilham e que passam a fazer parte do corpus de informação e de conhecimento disponíveis na Web, tomando para si o controlo de muitos processos e espaços tradicionalmente dominados por corporações e instituições. Do citizen journalism ou jornalismo participatório aos sistemas de recomendação dos próprios consumidores, é o embrião de uma democracia digital solidária, empenhada e voluntária que parece tomar forma. Quando vista na perspectiva do e-Learning, esta nova realidade provoca mudanças muito significativas, podendo falar-se na emergência do e-Learning 2.0. Os utilizadores trazem para as situações de aprendizagem uma série de necessidades e expectativas...

A Web 2.0 nas bibliotecas escolares

Silva, Zélia Maria Delgado da
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares apresentada à Universidade Aberta; Na sociedade actual, a informação constitui-se como elemento chave da vida eco-nómica, social, cultural e política e o seu acesso condiciona o percurso individual e co-lectivo dos cidadãos. A informação tornou-se um instrumento indispensável aos indiví-duos, que se querem activos, participantes, críticos e úteis nesta sociedade, cada vez mais exigente e competitiva. Este crescente reconhecimento da importância da informação no desenvolvimento dos indivíduos e das sociedades e as novas possibilidades que o advento da Web 2.0 trouxe exigem transformações profundas ao nível da educação a que as bibliotecas esco-lares não podem ficar alheadas. Partindo destas premissas, o presente trabalho teve como objectivos conhecer a aplicabilidade das ferramentas da Web 2.0 no contexto educacional, averiguar em que medida a sua utilização pode influenciar o cumprimento da missão das bibliotecas esco-lares e conhecer o nível de implementação deste tipo de ferramentas nas escolas com 3º ciclo e/ou secundário da área de influência da Direcção Regional de Educação do Alen-tejo. A documentação consultada e a análise de exemplos de aplicação permitiram-nos perceber que as ferramentas e serviços Web 2.0 têm...

Biblioteca escolar e Web 2.0 : questões em torno de algumas práticas em implementação e perceção do impacto no trabalho da biblioteca

Proença, João Paulo da Silva
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares; Se o advento da sociedade da informação e a generalização da Internet mudaram a forma como o aluno acede e produz informação, a partir de 2005, com o surgimento da “Web 2.0”, estas mudanças tiveram ainda um maior impacto para a sociedade e para a Escola. Neste novo contexto, as atividades escolares deixaram de estar ligadas apenas à sala de aula e puderam passar a ser realizadas no comboio, no carro, no café, na biblioteca, em casa, … e, sobretudo, podem ser realizadas em rede. As redes constituem-se no século XXI como sendo, de facto, uma nova forma de aprender e ensinar, valorizando a participação de cada um no sentido de contribuir para a construção da inteligência coletiva … A BE deverá adaptar-se a estes novos tempos, fornecendo, a par com os serviços tradicionais, novos e inovadores serviços e ainda novas experiências multimédia, centradas no utilizador, através de uma presença estratégica na Web 2.0 e em rede. A esta nova biblioteca chamamos Biblioteca 2.0. O estudo que aqui se apresenta procura dar a conhecer a dimensão do trabalho que algumas BE, integradas na RBE, já fazem no âmbito da Web 2.0 de acordo com o contexto em que se inserem...

Framework for the development of successful web 2.0 tools and application

Pífano, Sara Cristina Soares
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Tese de Doutoramento em Gestão na especialidade de Gestão de Informação apresentada à Universidade Aberta; A incerteza inicial associada à célere disseminação da Web 2.0 está a dissipar-se cada vez mais. A natureza social e colaborativa da Web 2.0 suscitou curiosidade na educação, na saúde, no mundo empresarial e em outras arenas centrais da sociedade. A passividade de uma Web de informação imóvel foi substituída por uma Web dinâmica, de conteúdo vívido gerado pelo utilizador. Esta evolução tem levado muitas instituições, de todos os setores, a implementar componentes da Web 2.0 nos seus websites como uma estratégia para melhorar a relação com o seu público-alvo. Apesar da pesquisa nesta área ser abundante, muitas entidades permanecem irresolutas quanto ao tipo de aplicações e ferramentas que devem selecionar para atingir os seus objetivos específicos. O presente estudo aborda este desafio, através do esboço de uma framework, que pode ser usada por qualquer pessoa ou entidade que pretenda criar e implementar aplicações Web 2.0 bem-sucedidas. A framework foi baseada na revisão da literatura, numa recolha documental e nos resultados obtidos mediante a aplicação de dois questionários online...

Conhecer e utilizar a Web 2.0 : um estudo com professores do 2º e 3º ciclos das escolas do concelho de Viana do Castelo

Domingues, Luísa
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
95.89%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa); A segunda geração da World Wide Web transformou a Web num verdadeiro espaço para a colaboração, meio de interacção, comunicação global e compartilhamento de informações, construindo aquilo que designamos por inteligência colectiva, indo, por isso, de encontro à visão original idealizada por Tim Berners-Lee. Conceito plural e polissémico, a Web 2.0 oferece ao utilizador uma multiplicidade de aplicativos gratuitos e versáteis potenciadores do desenvolvimento de múltiplas aprendizagens e de experiências colaborativas entre professores e alunos, já que cada um pode publicar, compartilhar e editar as suas experiências e conhecimentos. Por outro lado, o desenvolvimento do Plano Tecnológico da Educação possibilitou o reforço dos recursos tecnológicos existentes nas escolas portuguesas, bem como as condições de acesso a Internet de alta velocidade a todos os estabelecimentos do 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário. Tendo como pano de fundo esta realidade, teve o presente estudo como principal objectivo averiguar se os professores do 2º e 3º ciclos do ensino básico das escolas do concelho de Viana do Castelo...

Investigar o conhecimento pelos professores da Escola Básica de Rio Tinto nº 2 das ferramentas Web 2.0 e a sua utilização na prática letiva

Bragado, Luís Manuel Claro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Tecnologia Educativa); O avanço e a inovação tecnológica, com destaque para as tecnologias de informação e comunicação, transformaram a World Wide Web fruto dos estudos de Tim Berners-Lee, na sua essência original fornecedora de informação, numa plataforma global, de partilha de informação e de conhecimento, dinâmica e interativa. Esta segunda geração da Web caraterizada pela interação com o utilizador, denominada Web 2.0, oferece aos utilizadores uma multiplicidade de ferramentas e aplicativos online, permitindo a possibilidade de publicar, editar, colaborar e partilhar experiências, informações e conhecimentos de forma fácil e simples. A implementação do Plano Tecnológico da Educação permitiu reforçar, equipar e modernizar as escolas públicas portuguesas do 2º e 3º ciclos do ensino básico e do ensino secundário com meios tecnológicos e o acesso à Internet através de banda larga de alta velocidade. Estando as escolas equipadas com meios tecnológicos e infraestruturas que permitem o acesso rápido à Internet, a utilização de algumas ferramentas da Web 2.0 em contexto educativo são um potencial para o ensino aprendizagem. O presente estudo...

A construção de uma memória colectiva com recurso a Mashups web 2.0: o caso do Sport Lisboa e Benfica

Lopes, Celso Farias Duarte
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Este estudo procura investigar uma forma de auxiliar a construção de uma memória colectiva com recurso a Mashups Web 2.0, tendo como foco a memória existente relacionada com a instituição desportiva Sport Lisboa e Benfica, com uma clara preocupação com a conservação e salvaguarda do património material e imaterial da mesma. As Instituições de Memória têm regulado até agora a selecção, documentação, contextualização, preservação, indexação e valorização dos elementos da cultura da humanidade, narrativas históricas e memórias individuais e colectivas. Grande parte dessas memórias, que se consideram como património cultural, está dispersa pela memória colectiva viva que existe nos membros das comunidades. Como medida de apoio a actividades relacionadas com a preservação desta memória, exprimese uma necessidade de fomentar a criação de mecanismos eficazes que permitam identificar, proteger, conservar, valorizar e transmitir esse património cultural material e imaterial às gerações futuras. Com a Web 2.0 e todas as possibilidades que oferece, as instituições de memória têm à sua disposição ferramentas Web 2.0 que podem permitir o desenvolvimento de soluções propícias a serem utilizadas para a comunicação da memória...

Web 2.0 na biblioteca escolar: seu papel na aprendizagem

Alves, António José Coelho
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
95.91%
A explosão informacional associada ao advento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), especialmente as relacionadas com a Web 2.0, configura uma nova sociedade onde a informação, caminho para o conhecimento, ocupa um lugar cimeiro. A Web 2.0 veio tornar o ambiente online mais dinâmico, onde predomina uma nova filosofia de interação, colaboração e participação. Neste contexto, a Biblioteca Escolar, enquanto unidade responsável pela organização e disseminação da informação nos mais diferentes suportes, não poderia ficar imune a essas mudanças já que as diversas ferramentas da Web 2.0 podem ser utilizadas para permitir a troca de conteúdos, a disseminação de informação e fundamentalmente a interação colaborativa. Palchevich (2008) salienta que as ferramentas da Web 2.0 servem para optimizar os recursos existentes, aumentar o acervo, ampliar a comunidade de utilizadores e dar maior visibilidade à Biblioteca Escolar. Com este estudo pretendeu-se analisar de que forma as ferramentas Web 2.0 são utilizadas na Biblioteca Escolar, como ambiente de ensino e de aprendizagem por alunos, professores e pelo professor bibliotecário. Formulada a questão de investigação e respetivos objetivos, optou-se por uma metodologia essencialmente qualitativa...

Web 2.0 no desenvolvimento profissional docente do ensino não superior: o caso da interactic 2.0

Antunes, Paula Maria Barreto
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
95.89%
O surgimento da Web 2.0 imprimiu uma mudança na postura dos utilizadores da Web que passaram a poder não apenas ler e pesquisar, como também colaborar e produzir e publicar informação, adotando uma postura ativa. As redes sociais são uma poderosa ferramenta à qual recorrem movimentos sociais e políticos, o mundo da publicidade e do marketing, com evidentes efeitos nos indivíduos e na sociedade. Por seu lado, o desenvolvimento profissional de professores é um processo permanente, pelo que é reconhecida a importância da aprendizagem ao longo da vida em ambientes formais, não-formais e informais. Neste contexto, as redes sociais surgem como potenciais instrumentos de comunicação, interação, partilha e trabalho colaborativo, determinantes para o crescimento profissional dos docentes que almejam uma contínua aprendizagem. Este estudo de caso, que se centra na Interactic 2.0, uma rede social profissional essencialmente dirigida a educadores e criada numa aplicação Web 2.0 (Ning), teve como principal objetivo verificar em que medida esta rede social, ao possibilitar a formação e o desenvolvimento de uma comunidade de prática online, contribui para o desenvolvimento profissional dos docentes do ensino não superior. Os dados obtidos através da aplicação de inquéritos por questionário aos membros da Interactic 2.0...

Estratégias de utilização de ferramentas web 2.0 e a promoção do pensamento crítico

Eduardo, Feliciana
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
95.89%
O desenvolvimento das ferramentas Web 2.0 tem estado a impulsionar mudanças significativas no modo de interação entre os utilizadores da Internet. No âmbito educacional, estas ferramentas podem enriquecer as práticas pedagógicas e promover ações que envolvam a participação ativa, a colaboração, a cooperação e a partilha de saberes. Num contexto de ensino e aprendizagem em que se assume que, os estudantes de pós-graduação em Ciências de Educação apresentam deficiências ao nível do pensamento crítico, a utilização pedagógica das ferramentas Web 2.0 pode ser, deste modo, considerada como um fator promotor do pensamento crítico. Nesta linha de pensamento, o presente estudo surge com o objetivo principal de contribuir para uma compreensão mais profunda relativamente à utilização de tecnologias Web 2.0 como um fator potencial de promoção do desenvolvimento do pensamento crítico na Universidade Eduardo Mondlane (UEM) através da aplicação e análise de algumas estratégias pedagógicas baseadas em blogs e wikis. Em função do objetivo do estudo, a parte empírica foi conduzida na forma de uma investigação-ação e compreendeu dois ciclos. A seleção dos participantes foi feita por conveniência. O 1º ciclo de investigação incidiu sobre catorze participantes matriculados no ano académico de 2009/2010 para o módulo Desenvolvimento Profissional e Aprendizagem ao Longo da Vida...

Autoria na Web 2.0 no contexto da educação e a ética dos hackers.

SOUZA, M. I. F.; AMARAL, S. F. do; SILVA, L. C.; ARAÚJO, I. C.
Fonte: In: AMARAL, S. F. do; PRETTO, N. de L. (Org). Ética, Hacker e a Educação. 2. ed. Campinas: Faculdade de Educação/UNICAMP, 2012. Publicador: In: AMARAL, S. F. do; PRETTO, N. de L. (Org). Ética, Hacker e a Educação. 2. ed. Campinas: Faculdade de Educação/UNICAMP, 2012.
Tipo: Capítulo em livro técnico-científico (ALICE) Formato: p. 48-61.
Português
Relevância na Pesquisa
105.79%
Este artigo discute a importância do exercício da autoria em ambiente virtual da Web 2.0, considerando que se trata de fundamento essencial à aprendizagem, no professor e no aluno. Autoria na Web 2.0 é apresentada como estratégia pedagógica para ambientes de aprendizagem virtuais, que se utilizam principalmente de ferramentas como blog, wiki e redes sociais. Embora não sejam determinantes essas, tecnologias digitais são condicionantes para que a aprendizagem e a autoria ocorram. Autoria na Web 2.0, além do estabelecimento de novos aparatos tecnológicos, requer novos modos de produção, nos quais prevaleça a postura ética dos hackers, favorecendo a participação, a colaboração, a liberdade e o compartilhamento.; 2012; Artigo publicado na revista ETD - Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 12, n. esp., p. 154-173, mar. 2011.

Utilização das tecnologias da informação e comunicação, no contexto da web 2.0, na prática docente na educação superior; Use of information technology and communication in the context f web 2.0 in teaching practice in higher education

Calheiros, Dawson da Silva
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Educação brasileira; Programa de Pós-Graduação em Educação; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
95.92%
The use of Information and Communication Technologies constitutes pedagogical possibilities even more applied in the educational field. It shows a great expansion in the use of digital media and Web 2.0 services through collaborative tools that enable communication and collective formation of knowledge, recreating the traditional roles of professors and students. Based on this scenario, this research investigates the use of the Web 2.0 resources in the pedagogical practice of bachelor s degree professors from the possibilities offered by these tools of technology in the educational environment and through important factors in this process, such as the interaction and collaboration, it is also investigated whether the use of Web 2.0 helps develop cognitive skills in professors and students who use it. The locus of the research involved four schools in the Centro de Estudos Superiores de Maceió: School of Biological Sciences and Health, School of Applied Sciences and Technology, School of Education and Communication and School of Applied Social Sciences. The ones involved were the professors who teach in undergraduate courses at that institution, as well as students of these professors. The methodology used was the case study with a qualitative approach. Being the object of the study are the possibilities of collaboration tools for students and professors...

Web 2.0, organisations et archivistique

Dufour, Christine
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Le Web se caractérise de bien des façons, un de ses traits dominants étant son caractère hautement évolutif. Bien que relativement jeune, il en est déjà à sa deuxième génération – on parle du Web 2.0 – et certains entrevoient déjà le Web 3.0. Cette évolution n’est pas uniquement technologique mais aussi culturelle, modifiant le rapport des internautes à cet univers numérique et à l’information qui s’y trouve. Les technologies phares du Web 2.0 – blogues, fils RSS, sites Wikis, etc. – offrent aux utilisateurs du Web la possibilité de passer d’un rôle passif d’observateurs à un rôle actif de créateurs. Le Web que l’on côtoie actuellement en est ainsi un plus participatif, dynamique et collaboratif. Les organisations doivent ainsi sérieusement considérer non seulement le potentiel de ces nouveaux environnements pour les aider dans le cadre de leurs activités, mais aussi la nouvelle cyberculture qu’ils engendrent chez leurs employés, clients et partenaires. Les plateformes du Web 2.0 viennent renforcer le potentiel déjà perçu par les organisations des systèmes d’information Web (SIW) à plusieurs niveaux : comme le partage d’information, l’augmentation de la compétitivité ou l’amélioration des relations avec leurs clients. Les milieux documentaires peuvent...

Aspectos de seguridad en Web 2.0 y redes sociales

Caballero Velasco, María Ángeles
Fonte: Universidade Carlos III de Madrid Publicador: Universidade Carlos III de Madrid
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/masterThesis Formato: application/pdf; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
95.93%
Este proyecto final de carrera de universidad va enfocado a la seguridad en la Web 2.0 y las redes sociales. El documento se divide en dos partes. La primera parte define la visión principal del mundo 2.0, cómo nació y que implicaciones tiene hoy en día en la sociedad. Se definen las características de la Web 2.0 y su historia. Se analizan las diferencias entre la Web 2.0 y la Web 1.0, llegando hasta la Web 3.0. Se clasifican los tipos de Web 2.0 por uso y por aplicación y se analizan todas las redes sociales que tienen impacto hoy en día en el mundo. Finalmente se da una breve introducción a los lenguajes y tecnologías, entornos dónde se usan y aspectos de la seguridad que en la segunda parte se entrará más en profundidad en ellos. La segunda parte del proyecto se desarrolla más en profundidad la seguridad relacionada con la Web 2.0. Se explica el concepto de Web 2.0 desde el lado del servidor (hardware y software del servidor),desde el lado del cliente (hardware y software del cliente) y cómo se establece la comunicación entre estos y qué tecnologías y lenguajes se utilizan para comunicarse (lenguajes y tecnología de comunicación entre cliente y servidor). En cada una de estas tres partes se hace un desarrollo de las amenazas de la seguridad que se ven implícitas...

Web 2.0 and Higher Education; a psychological perspective

Cunha, Luís António Morão Pinto Simões da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.94%
Tese apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Doutor em Ciências da Informação, especialização em Sistemas e Tecnologias da Informação.; The emergence of tools like Blogs or Wikis made the creation of online contents much easier than before. The evolving concept of Web 2.0 emphasizes the fact that the user can now easily participate in the delivery of Web contents, taking advantage of existing tools. In this thesis, two empirical studies are described. The first study was conducted with the aim of understanding faculty’s perceived usefulness of Web 2.0 tools for their teaching practices. For this study, an online survey was used which allowed gathering the opinions of 681 teachers from 11 different Portuguese higher education institutions. The integrative models generated from this study revealed that attitudes and self-efficacy (i.e. perception of self-competence) were found positive predictors of faculty’s intentions to use, and actual using Web 2.0 (in general), and Facebook and Blogs (in particular). Social norms were found influential in faculty’s intention to use Web 2.0 (in general), and Facebook, for teaching purposes, but faculty members were only significantly influenced by their peers...

A Web 2.0 nas bibliotecas universitárias portuguesas: um estudo da implementação do paradigma da biblioteca 2.0

Coelho, Helena Sofia Felisberto
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.92%
Tese de mestrado, Ciências da Documentação e Informação, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2009; A discussão dos conceitos de Web 2.0 e Biblioteca 2.0 tem-se intensificado na comunidade biblioteconómica, pois a mudança de paradigma da Web 1.0 para a Web 2.0 configura uma evolução social e tecnológica que afecta várias profissões, reflectindo-se nas expectativas dos utilizadores das bibliotecas e, consequentemente, nos possíveis futuros destas. Assim sendo, afigura-se crucial que os profissionais destas organizações conheçam estes conceitos e as ferramentas associadas, incluindo blogues, wikis, redes sociais, ficheiros de streaming media, sistemas de bookmarking social, aplicações para troca de mensagens instantâneas e recursos de sindicação de conteúdos. Este trabalho teve como objectivos identificar o conceito de Biblioteca 2.0, bem como as ferramentas existentes para a sua implementação, e conhecer o nível de implementação do paradigma da Biblioteca 2.0 nas bibliotecas universitárias portuguesas. A partir da literatura consultada e de exemplos de boas práticas, foi elaborada uma escala para analisar a implementação do novo paradigma, com visitas aos sítios Web institucionais para averiguação da utilização de recursos associados ao conceito de Web 2.0. Foi verificado que 59...

Pro Web 2.0 Mashups: Remixing Data and Web Services

Yee, Raymond
Fonte: Berkeley, CA : Apress, Inc, 2008. Publicador: Berkeley, CA : Apress, Inc, 2008.
Tipo: Livro Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
95.92%
XXXIII, 603 p. ; 24 cm; Libro Electrónico; En cub.: Remix the Web to create cutting-edge web applications; How many times have you seen a web site and said, “This would be exactly what I wanted— if only . . .” If only you could combine the statistics here with data from your company’s earnings projections. If only you could take the addresses for those restaurants and plot them on one map. How often have you entered the date of a concert into your calendar with a single click instead of retyping? How often do you wish that you could make all the different parts of your digital world—your e-mail, your word processor documents, your photos, your search results, your maps, your presentations—work together more seamlessly? After all, it’s all digital and malleable information—shouldn’t it all just fit together? In fact, below the surface, all the data, web sites, and applications you use could fit together. This book teaches you how to forge those latent connections—to make the Web your own—by remixing information to create your own mashups. A mashup, in the words of the Wikipedia, is a web site or web application “that seamlessly combines content from more than one source into an integrated experience.”1 Learning how to draw content from the Web together into new integrated interfaces and applications...

Literature and web 2.0: perception of students post-graduation in information science; La literatura y la web 2.0: la percepción de los estudiantes de post-grado en Ciencias de la Información; Pesquisa bibliográfica e web 2.0: percepção de estudantes de pós-graduaçao em ciência da informaçao

Neubert, Patricia da Silva; Rodrigues, Rosângela Schwarz
Fonte: UFPB Publicador: UFPB
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
125.91%
The tools for social interaction and communication available on the web favoring informal communication and collaboration among members of the scientific community. This research examines the use of collaborative tools for students to graduate in Information Science. To meet the specific objectives: a) to identify the profile of the students, b) describe the use of collaborative tools and c) to verify the use of collaborative tools for building the theoretical framework of the research. Resorted to the questionnaire as a tool for data collection, whose analysis was done by descriptive statistics. The survey results showed that with the exception of Web 2.0 tools geared exclusively for scientific use, use of other Web 2.0 tools is irrelevant to getting bibliography. It is observed that 80% of respondents who use the portals of periodicals, nearly half use the platforms to the scientific community and e-mail to obtain references bibliographies. However, a wide range of respondents reported not using Web 2.0 tools - blogs, microblogs, social networks and social bookmarks - for organizing the contents of your academic interest.; Las herramientas para la interacción social y la comunicación disponibles en la web favorece la comunicación informal y la colaboración entre los miembros de la comunidad científica. Esta investigación examina el uso de herramientas de colaboración para que los estudiantes se gradúan en ciencias de la información. Para cumplir con los objetivos específicos: a) determinar el perfil de los estudiantes...