Página 1 dos resultados de 71 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Extraction of bixin from annatto seeds using supercritical carbon dioxide

SILVA, G. F.; GAMARRA, Felix M. C.; OLIVEIRA, A. L.; CABRAL, F. A.
Fonte: Brazilian Society of Chemical Engineering Publicador: Brazilian Society of Chemical Engineering
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.23%
The solubility of 93% pure bixin in supercritical carbon dioxide (SC-CO2) and of the bixin present in annatto seeds (Bixa orellana L.) was measured. For the seeds, the measurements were made in a temperature range from 30 to 50ºC and pressure between 10 and 35 MPa and for the pure bixin, at 40ºC from 10 to 35 MPa. The main pigments of annatto seeds are bixin and norbixin, but the extracts only showed the presence of cis and trans-bixin, indicating that norbixin is not soluble in SC-CO2. The annatto seeds used in the experiments contained about 2.7% bixin and 3.1% oil. In the seeds, the crossover point of solubility was at about 28 MPa and values for solubility were about ten times higher than those of the pure bixin, giving evidence that the oil acted as a co-solvent with the CO2.; FAPESP

Protective effect of bixin on cisplatin-induced genotoxicity in PC12 cells

dos Santos, Graciela Cristina; Mendonca, Leonardo Meneghin; Antonucci, Gilmara Ausech; dos Santos, Antonio Cardozo; Greggi Antunes, Lusania Maria; Pires Bianchi, Maria de Lourdes
Fonte: PERGAMON-ELSEVIER SCIENCE LTD; OXFORD Publicador: PERGAMON-ELSEVIER SCIENCE LTD; OXFORD
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.26%
Bixin is the main carotenoid found in annatto seeds (Bixa orellana L.) and is responsible for their reddish-orange color. The antioxidant properties of this compound are associated with its ability to scavenge free radicals, which may reduce damage and protect tissues against toxicity caused by anticancer drugs such as cisplatin. In this study, the genotoxicity and antigenotoxicity of bixin on cisplatin-induced toxicity in PC12 cells was assessed. Cytotoxicity was evaluated using the mu assay, mutagenicity, genotoxicity, and protective effect of bixin were evaluated using the micronucleus test and comet assay. PC12 cells were treated with bixin (0.05, 0.08, and 0.10 mu g/mL), cisplatin (0.1 mu g/mL) or a combination of both bixin and cisplatin. Bixin was neither cytotoxic nor genotoxic compared to the controls. In the combined treatment bixin significantly reduced the percentage of DNA in tail and the frequency of micronuclei induced by cisplatin. This result suggests that bixin can function as a protective agent, reducing cisplatin-induced DNA damage in PC12 cells, and it is possible that this protection could also extend to neuronal cells. Further studies are being conducted to better understand the mechanisms involved in the activity of this protective agent prior to using it therapeutically. (C) 2011 Elsevier Ltd. All rights reserved.; CNPq [470214/2008-2]; CNPq

Bixin and norbixin protect against DNA-damage and alterations of redox status induced by methylmercury exposure in vivo

Mazzaron Barcelos, Gustavo Rafael; Grotto, Denise; Serpeloni, Juliana Mara; Aissa, Alexandre Ferro; Greggi Antunes, Lusania Maria; Knasmueller, Siegfried; Barbosa, Fernando, Jr.
Fonte: WILEY-BLACKWELL; HOBOKEN Publicador: WILEY-BLACKWELL; HOBOKEN
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.61%
Populations in the Amazon are exposed to organic mercury via consumption of contaminated foods. These ethnic groups consume a specific plant seed annatto which contains certain carotenoids. The aim of this study was to find out if these compounds (bixin, BIX and norbixin, NOR), protect against DNA-damage caused by the metal. Therefore, rats were treated orally with methylmercury (MeHg) and with the carotenoids under conditions that are relevant to humans. The animals were treated either with MeHg (30 mu g/kg/bw/day), BIX (0.110 mg/kg/bw/day), NOR (0.011.0 mg/kg/bw/day) or combinations of the metal compound and the carotenoids consecutively for 45 days. Subsequently, the glutathione levels (GSH) and the activity of catalase were determined, and DNA-damage was measured in hepatocytes and leukocytes using single cell gel electrophoresis assays. Treatment with the metal alone caused a decrease in the GSH levels (35%) and induced DNA damage, which resulted in increased DNA migration after electrophoresis in liver and blood cells, whereas no effects were seen with the carotenoids alone. When BIX or NOR were given in combination with organic mercury, the intermediate and the highest concentrations of the carotenoids (1.0 and 10.0 mg/kg/bw/day BIX and 0.1 and 1.0 mg/kg/bw/day NOR) protected against DNA-damage. Furthermore...

Avaliação das propriedades antigenotóxicas e antioxidantes do flavonóide quercetina e dos carotenóides bixina e norbixina contra os danos no material genético e distúrbios do estado redox causados pelo cloreto de mercúrio e metilmercúrio, in vitro e in vivo; Evaluation of antigenotoxic and antioxidant properties of the flavonoid quercetin and of the carotenoid bixin and norbixin against DNA-damage and alterations of redox status induced by mercury chloride and methylmercury, in vitro and in vivo

Barcelos, Gustavo Rafael Mazzaron
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.61%
O mercúrio (Hg) é um dos metais mais tóxicos presente no meio ambiente e o principal mecanismo relacionado à sua toxicidade é a indução do estresse oxidativo; sua forma orgânica, metilmercúrio (MeHg) é a que apresenta maior toxicidade. A exposição ao Hg ocorre principalmente através da inalação por trabalhadores ocupacionalmente expostos em diversas indústrias e/ou através do consumo de peixes e outros alimentos aquáticos contendo este metal, como por exemplo, populações amazônicas que estão expostas ao MeHg, via dieta, através do consumo de peixes contaminados. Por outro lado, é pressuposto que alimentos ricos em antioxidantes possam prevenir os efeitos adversos à saúde causados pela exposição ao Hg. O flavonóide quercetina (QC) é o principal polifenol da dieta humana, encontrado principalmente em cebola e frutas cítricas e os carotenóides bixina (BIX) e norbixina (NOR) estão presentes em grandes quantidades no urucum, o qual é amplamente utilizado como condimento no Brasil. Assim sendo, o presente trabalho teve por objetivo avaliar os possíveis efeitos protetores do flavonóide QC e dos carotenóides BIX e NOR contra os diversos efeitos adversos causados pelo cloreto de mercúrio (HgCl2) e MeHg...

Indução do sistema citocromo P450 em linhagens de hepatoma humano para utilização como modelo in vitro no desenvolvimento de fármacos; Induction of cytochrome P450 system in human hepatoma cell lines for using as in vitro model in drug development

Matuo, Míriam Cristina Sakuragui
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
28.12%
Na etapa inicial do desenvolvimento de novos fármacos, a avaliação do metabolismo e da toxicidade é fundamental para definir seu potencial emprego como candidato a fármaco. Nestes estudos, diversos modelos in vitro são empregados, dentre eles linhagens de hepatoma humano. Entretanto, uma grande limitação ao uso deste modelo in vitro é a baixa expressão das enzimas do sistema citocromo P450. O carotenóide bixina, componente majoritário do anato (urucum), apresentou em estudos in vivo, a capacidade de induzir algumas isoformas do sistema citocromo P450, com a vantagem de apresentar baixa toxicidade. Neste trabalho, a fração lipossolúvel do anato (bixina) e hidrossolúvel (norbixina) foram avaliadas como indutores do sistema citocromo P450 em linhagens de hepatoma humano. Ensaios de MTT, empregando as linhagens HepG2, C3A e SK-HEP-1 indicaram que bixina e norbixina em concentrações abaixo de 0,22 mM são seguras quanto à citotoxicidade. A expressão dos genes CYP 1A1, 1A2, 2C9, 2B6, 2E1 e 3A4 foi avaliada, através de ensaios de RT-PCR em tempo real, em linhagens de hepatoma humano submetidas a tratamento com os compostos bixina e norbixina. Os resultados mostraram que células HepG2 e C3A tratadas com bixina nas concentrações de 0...

Atividade antibacteriana in vitro de diferentes acessos de Bixa orellana L. (urucum) e sua relação com o teor de bixina presente nas sementes.; Antibacterial activity in vitro of different accessions of Bixa orellana L. (annatto) and its relationship with the content of bixin present in seeds

Majolo, Cláudia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.81%
Através de Testes de Diluição em Sistema de Tubos Múltiplos determinou-se a Intensidade de Atividade de Inibição Bacteriana (IINIB/bacteriostasia) e a Intensidade de Atividade de Inativação Bacteriana (IINAB/bactericidia) de soluções contendo extratos hidroetanólicos e hídricos (decocto e infuso) de três acessos de Bixa orellana L. (urucum) a saber: Arroio do Meio/RS, Eldorado do Sul/RS e Maringá/PR, sobre inóculos padronizados de Salmonella Enteritidis (ATCC 11076), Escherichia coli (ATCC 11229), Staphylococcus aureus (ATCC 25923), Enterococcus faecalis (ATCC 19433) e Listeria monocytogenes (ATCC 19114). Determinou-se, paralelamente, o teor de bixina presente nas sementes. Os extratos hídricos apresentaram baixa atividade de inibição e/ou inativação sobre os inóculos bacterianos, enquanto que a forma de extração hidroetanólica apresentou atividade antibacteriana seletiva e significativamente mais intensa (inibição/inativação) entre as cinco bactérias testadas. Independente da forma de extração, as bactérias Enterococcus faecalis e Listeria monocytogenes foram as mais sensíveis à atividade antibacteriana, enquanto que Escherichia coli apresentou a menor sensibilidade. Houve diferença significativa entre os teores de bixina dos três acessos...

Protective effect of bixin on cisplatin-induced genotoxicity in PC12 cells

dos Santos, Graciela Cristina; Mendonca, Leonardo Meneghin; Antonucci, Gilmara Ausech; dos Santos, Antonio Cardozo; Greggi Antunes, Lusania Maria; Pires Bianchi, Maria de Lourdes
Fonte: Pergamon-Elsevier B.V. Ltd Publicador: Pergamon-Elsevier B.V. Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 335-340
Português
Relevância na Pesquisa
28.23%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Bixin is the main carotenoid found in annatto seeds (Bixa orellana L.) and is responsible for their reddish-orange color. The antioxidant properties of this compound are associated with its ability to scavenge free radicals, which may reduce damage and protect tissues against toxicity caused by anticancer drugs such as cisplatin. In this study, the genotoxicity and antigenotoxicity of bixin on cisplatin-induced toxicity in PC12 cells was assessed. Cytotoxicity was evaluated using the mu assay, mutagenicity, genotoxicity, and protective effect of bixin were evaluated using the micronucleus test and comet assay. PC12 cells were treated with bixin (0.05, 0.08, and 0.10 mu g/mL), cisplatin (0.1 mu g/mL) or a combination of both bixin and cisplatin. Bixin was neither cytotoxic nor genotoxic compared to the controls. In the combined treatment bixin significantly reduced the percentage of DNA in tail and the frequency of micronuclei induced by cisplatin. This result suggests that bixin can function as a protective agent, reducing cisplatin-induced DNA damage in PC12 cells, and it is possible that this protection could also extend to neuronal cells. Further studies are being conducted to better understand the mechanisms involved in the activity of this protective agent prior to using it therapeutically. (C) 2011 Elsevier Ltd. All rights reserved.

Avaliação do efeito protetor do urucum e da bixina sobre a genotoxicidade induzida pelo antitumoral cisplatina em células da linhagem PC12

Santos, Graciela Cristina dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: vii, 105 f.
Português
Relevância na Pesquisa
28.18%
Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; A neuropatia induzida por drogas quimioterápicas é uma complicação no tratamento do câncer e outras doenças por ser freqüentemente dolorosa e requerer a interrupção da terapia. O antitumoral cisplatina é comumente usado contra muitas formas de câncer há aproximadamente 40 anos. Entretanto, sua aplicação é associada a muitos efeitos tóxicos, como neurotoxicidade, nefrotoxicidade, perda da audição e vômitos. Estes efeitos adversos têm levado ao desenvolvimento de agentes específicos para amenizar a toxicidade do fármaco. Alguns estudos sugerem que a administração de antioxidantes é capaz de reduzir os danos e proteger os tecidos. Dessa forma, os carotenóides são mais uma opção a ser avaliada, pois são considerados eficazes agentes antioxidantes. O urucum é uma fonte natural de corantes vermelhos e além da bixina (fração lipossolúvel do extrato), estão presentes nas suas sementes, outros carotenóides, como a norbixina, o bcaroteno, a criptoxantina, a luteína e a zeaxantina. Neste estudo, foi avaliada a genotoxicidade e a antigenotoxicidade do urucum e da bixina sobre a toxicidade induzida pelo antitumoral cisplatina em culturas de células PC12. A citotoxicidade foi determinada pelo método do MTT...

Inclusão de bixina, curcumina e betanina em ciclodextrina para aplicação na industria de alimentos; Inclusion of bixin, curcumin and betanin in cyclodextrin for application in food industry

Vanessa Aparecida Marcolino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
38.12%
A indústria de alimentos está crescendo muito nos últimos anos, e durante a observação de um alimento qualquer fica claro que o impacto visual causado pela cor sobrepõe-se aos demais. Este atributo é um dos mais importantes na comercialização dos alimentos e constitui critério de aceitação ou não do produto. A rejeição aos corantes sintéticos por motivos de saúde faz crescer a busca por corantes naturais que possam substituí-los adequadamente. Desta maneira o presente trabalho objetivou a formação de complexos entre corante e ciclodextrinas (CD) com o intuito de melhorar a solubilidade e a estabilidade de três corantes de interesse, a saber, curcumina, bixina e betanina, responsáveis por fornecer as colorações mais empregadas na indústria. Durante as análises ficou evidente que o método de co-precipitação, dentre os realizados, apresentou maiores indícios de formação de complexo, para os corantes curcumina e bixina sendo inviável para a betanina. Desta maneira estabeleceu-se um índice estequiométrico corante-ß-CD de 1:2 no caso da curcumina e de 1:1 para a bixina . A constante de formação aparente foi calculada e forneceu valores de 4x104 mol2.L2 para curcumina e de 3,34x102 mol2.L2 para bixina com valores de R2 iguais a 0...

Microcapsulas de bixina : obtenção, aplicação e estudos de fotodegradação em sistemas-modelo; Microcapsules of bixin : application and photodegradation studies in model-systems

Maria Ivone Martins Jacintho Barbosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.5%
A bixina foi extraída de sementes de urucum e purificada através de sucessivas cristalizações. A seguir a bixina foi encapsulada por atomização, utilizando-se como materiais de parede diferentes misturas com goma arábica (GA), maltodextrina 20 dextrose equivalente (MD) e sacarose (Sac), com ou sem o emulsificante Tween 80. Todas as soluções de materiais de parede foram preparadas com 40% de sólidos totais em ¿spraydryer¿ operando a 180º C e diâmetro de bico injetor de 0,07 mm. As características de todas as microcápsulas foram avaliadas e a estabilidade das microcápsulas de bixina foi estudada em sistemas aquoso, gel e sólido (maria-mole), expostos a diferentes intensidades de luz. Na primeira etapa deste trabalho foram testados os seguintes materiais de parede: 95% GA+ 5% Sac, 100% maltodextrina, 99,8% maltodextrina + 0,2% Tween 80, e 80% maltodextrina+ 20% Sac para a microencapsulação de bixina. Foram determinados os seguintes parâmetros: eficiência da microencapsulação, morfologia, solubilidade das microcápsulas de bixina, além da estabilidade em sistema-modelo aquoso sob luz (700 lux) e no escuro, a 21º C na presença de ar. As microcápsulas elaboradas com 95% GA + 5% Sac ou 99,8 % maltodextrina + 0...

Obtenção de extratos com bixina a partir de sementes de Urucum desengorduradas : estudo dos parâmetros de processo; Obtaining extracts with bixin from defatted Annatto seeds : study of process parameters

Liara Macedo Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
38.18%
O consumo de produtos naturais e a demanda por tecnologias verdes estão crescendo a cada dia, então é imprescindível alcançar um processo viável de fabricação na indústria alimentícia para a produção de aditivos, tais como corantes naturais. O urucuzeiro (Bixa orellana L.) é uma planta nativa da América tropical, cujas sementes são cobertas por uma resina vermelha que contém como pigmento principal o carotenoide bixina. O objetivo deste trabalho foi obter de extratos contendo bixina a partir de sementes de Urucum desengorduradas com CO2 supercrítico. Com esse intuito foram feitas extrações com líquido pressurizado (PLE - Pressurized Liquid Extraction) usando etanol como solvente, variando as condições de temperatura, pressão e proporção solvente/matéria prima (S/F). Extrações com líquido a baixa pressão (LPSE ¿ Low Pressure Solvent Extraction) foram realizadas com etanol e água, variando as condições de temperatura e proporção solvente/matéria prima (S/F), usando ou não o ultrassom (banho ultrassônico de frequência 40 kHz). A composição química dos extratos foi analisada quanto ao teor de bixina, por método espectrofotométrico. PLE apresentou maior rendimento em 60°C e 10 MPa, com valores de 7...

Purificação de partículas de bixina por precipitação com CO2 supercrítico como antissolvente a partir de solução de ativos obtida da extração de sementes semi desengorduradas de urucum (Bixa orellana L.) assistida por ultrassom; Bixin particles purification by precipitation with supercritical CO2 as anti-solvent from active solution obtained from the extraction of semi-defatted seeds of annatto (Bixa orellana L.) assisted by ultrasound

Ricardo Abel Del Castillo Torres
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.32%
Este trabalho apresenta um estudo da aplicação do CO2 supercrítico como antissolvente em contato com a solução de ativos (SA) obtida a partir da extração de compostos de sementes de urucum (Bixa orellana L.) semi desengorduradas a fim de se obter partículas ricas em bixina. Para isso, duas etapas foram desenvolvidas. Na primeira etapa foi aperfeiçoada a técnica de obtenção da SA a partir da extração dos compostos das sementes com etanol, combinando dois equipamentos: Ultra turrax (UTurrax), que produz suspensão operado por recirculação do líquido, e o Ultrassom (USom), que produz cavitação acústica no líquido. Esta é a primeira vez que o UTurrax foi usado para obter compostos ativos das sementes semi desengorduradas de urucum. A mistura etanol e ativos formou a suspensão, denominada de SA. O objetivo nesta etapa foi obter uma SA rica em bixina e pobre em gorduras. Com esse intuito foram feitas extrações variando-se as condições de uso ou não de USom e a razão massa de solvente por massa de matéria-prima (S/F). A composição química dos extratos foi analisada em relação ao teor de bixina e fenólicos por método espectrofotométrico, enquanto que o teor de óleo foi determinado nas sementes pelo método de extração Soxhlet. O uso de USom (800 W) e S/F de 1...

Extraction of bixin from annatto seeds using supercritical carbon dioxide

SILVA, G. F.; GAMARRA, Felix M. C.; OLIVEIRA, A. L.; CABRAL, F. A.
Fonte: BRAZILIAN SOC CHEMICAL ENG Publicador: BRAZILIAN SOC CHEMICAL ENG
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.23%
The solubility of 93% Pure bixin in supercritical carbon dioxide (SC-CO2) and of the bixin present ill annatto seeds (Bixa orellana L.) was measured. For the seeds, the measurements were made in a temperature range from 30 to 50 degrees C and pressure between 10 and 35 MPa and for the pure bixin, at 40 degrees C from 10 to 35 MPa. The main pigments of annatto seeds are bixin and norbixin, but the extracts only showed the presence of cis and trans-bixin, indicating that norbixin is not soluble in SC-CO2. The annatto seeds used ill the experiments contained about 2.7% bixin and 3.1 % oil. In the seeds, the crossover point of solubility was at about 28 MPa and values for solubility were about tell times higher than those of the pure bixin, giving evidence that the oil acted as a co-solvent with the CO2.

Extraction of bixin from annatto seeds using supercritical carbon dioxide

Silva,G. F.; Gamarra,Felix M. C.; Oliveira,A. L.; Cabral,F. A.
Fonte: Brazilian Society of Chemical Engineering Publicador: Brazilian Society of Chemical Engineering
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
38.23%
The solubility of 93% pure bixin in supercritical carbon dioxide (SC-CO2) and of the bixin present in annatto seeds (Bixa orellana L.) was measured. For the seeds, the measurements were made in a temperature range from 30 to 50ºC and pressure between 10 and 35 MPa and for the pure bixin, at 40ºC from 10 to 35 MPa. The main pigments of annatto seeds are bixin and norbixin, but the extracts only showed the presence of cis and trans-bixin, indicating that norbixin is not soluble in SC-CO2. The annatto seeds used in the experiments contained about 2.7% bixin and 3.1% oil. In the seeds, the crossover point of solubility was at about 28 MPa and values for solubility were about ten times higher than those of the pure bixin, giving evidence that the oil acted as a co-solvent with the CO2.

Annatto Constituent Cis-Bixin Has Selective Antimyeloma Effects Mediated by Oxidative Stress and Associated with Inhibition of Thioredoxin and Thioredoxin Reductase

Tibodeau, Jennifer D.; Isham, Crescent R.; Bible, Keith C.
Fonte: Mary Ann Liebert, Inc. Publicador: Mary Ann Liebert, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
28.18%
In pursuit of the anticancer effects of seeds of the rain forest plant Bixa orellana (annatto), we found that its constituent cis-bixin induced cytotoxicity in a wide variety of tumor cell lines (IC50 values from 10 to 50 μM, 24-h exposures) and, importantly, also selectively killed freshly collected patient multiple myeloma cells and highly drug-resistant multiple myeloma cell lines. Mechanistic studies indicated that cis-bixin–induced cytotoxicity was greatly attenuated by co-treatment with glutathione or N-acetylcysteine (NAC); whereas fluorescence-activated cell sorting (FACS) assays using the cell-permeable dyes 5-(and-6) chloromethyl-2′,7′-dichlorodihydrofluorescein diacetate, acetyl ester (CM-H2DCFDA), or dihydroethidium demonstrated that cis-bixin rapidly induced cellular reactive oxygen species (ROS) in dose- and time-dependent fashions, collectively implicating ROS as contributory to cis-bixin–induced cytotoxicity. In pursuit of potential contributors to ROS imposition by cis-bixin, we found that cis-bixin inhibited both thioredoxin (Trx) and thioredoxin reductase (TrxR1) activities at concentrations comparable to those required for cytotoxicity, implicating the inhibition of these redox enzymes as potentially contributing to its ability to impose cellular ROS and to kill cancer cells. Collectively...

Efeitos da naringenina e da bixina sobre o metabolismo lip?dico de coelhos

Rodrigues, Fabiana Carvalho; Oliveira, T?nia Toledo de; Nagem, Tanus Jorge; Stringheta, Paulo C?sar; Ferreira J?nior, Davilson Bragine
Fonte: Universidade Federal de Ouro Preto Publicador: Universidade Federal de Ouro Preto
Tipo: Artigo publicado em periodico
Português
Relevância na Pesquisa
27.95%
Com o objetivo de avaliar o efeito do flavon?ide naringenina e do caroten?ide bixina sobre o metabolismo lip?dico de coelhos, foi realizado um experimento com coelhos da ra?a Nova Zel?ndia por um per?odo de 31 dias. A hipercolesterolemia foi induzida utilizando-se 0,5% de colesterol e as subst?ncias testadas e os leites foram misturados na ra??o. A naringenina e a bixina foram fornecidas nas doses de 30 e 125 mg/kg de peso corporal, respectivamente. As amostras de sangue foram coletadas pelo plexo venoso retro-orbital utilizando-se capilar e centrifugadas a 7.100 x g. O soro obtido foi utilizado para a determina??o de colesterol total, colesterol-HDL e triacilglicer?is utilizando-se kits da marca BioM?rieux. Quando comparado com o grupo hiperlipid?mico, o grupo tratado com bixina apresentou uma porcentagem de redu??o nas concentra??es de colesterol total de 24,52% e 22,53% com 16 e 31 dias, respectivamente. Em rela??o ?s concentra??es de triacilglicer?is, bons resultados foram obtidos com ambos os grupos aos 31 dias onde houve uma redu??o de 10,63% no grupo da naringenina e 26,98% no grupo da bixina. Para o colesterol-HDL, os grupos tratados com naringenina apresentaram bons resultados, tendo um aumento de 4,36% aos 16 dias e 1...

Estudo da extração mecânica de bixina das sementes de urucum em leito de jorro

Cunha, Fabiano Guimarães e
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
28.12%
O interesse e o consumo dos corantes naturais têm aumentado muito nos últimos anos. As sementes do urucum possuem um corante situado nas partes externas denominado bixina. O leito de jorro por se tratar de um equipamento barato e de operação simples, pode ser uma excelente alternativa para extração mecânica da bixina da superfície das sementes de urucum, em pequenas e médias propriedades rurais. Entretanto, apesar de apresentar algumas características fluidodinâmicas interessantes para a referida aplicação, tais como um intenso movimento das partículas e um efetivo contato gás-sólido, o leito de jorro apresenta algumas restrições, que tem limitado a sua utilização. Este trabalho teve como objetivo estudar os efeitos das variáveis: uso do tubo draft, a carga de sementes e a velocidade do ar no processo na extração mecânica da bixina em leito de jorro. A técnica da fluidodinâmica computacional (CFD) foi utilizada para descrever numericamente a fluidodinâmica do escoamento das sementes de urucum e do ar no leito de jorro. Por meio dos resultados obtidos foi possível obter as condições operacionais que maximizam a eficiência de remoção e permitem a obtenção de um produto com a qualidade adequada. A partir do planejamento experimental realizado para estudar o efeito da carga de sementes...

Ação antioxidante de compostos bioativos do urucum - bixina

Souza, Lucéia Fátima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
28.18%
O urucum (Bixa Orellana L.), planta arbustiva da família Bixaceae, é uma cultura que vem conquistando cada vez mais importância econômica, uma vez que do pericarpo da semente se extrai um corante natural, constituído por carotenóides, com predominância da bixina. A presença na dieta de compostos como os carotenóides podem contribuir para minimizar os efeitos dos radicais livres produzidos no organismo. Alguns quimioterápicos como a cisplatina, produzem efeitos colaterais indesejáveis aos pacientes em tratamento, proporcionando queda nos níveis de antioxidantes séricos e aumento na atividade dos radicais livres que podem refletir na falência renal e hepática. A presença na dieta de compostos como os carotenóides podem contribuir para minimizar tais efeitos. Neste sentido, torna-se de grande importância à investigação dos efeitos benéficos de tais pigmentos frente ao estresse oxidativo, sendo o estudo com animais de laboratório uma opção viável. O presente trabalho avaliou a composição centesimal, a quantidade de bixina presente e ação terapêutica da semente de urucum e dos cristais de bixina na redução da toxidade da cisplatina sobre as desordens renais e hepáticas em ratos adultos, da linhagem wistar...

Induction of liver monooxygenases by annatto and bixin in female rats

De-Oliveira,A.C.A.X.; Silva,I.B.; Manhães-Rocha,D.A.; Paumgartten,F.J.R.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
28.26%
Annatto or urucum is an orange-yellow dye obtained from Bixa orellana seeds. It has been used as a natural dye in a variety of food products, drugs and cosmetics, and also in Brazilian cuisine as a condiment ('colorau'). Bixin, a carotenoid devoid of provitamin A activity, is the main pigment found in annatto. Some carotenoids (canthaxanthin, astaxanthin and ß-Apo-8'-carotenal) are known to be potent inducers of CYP1A1, a property not shared by others (ß-carotene, lycopene and lutein). Little is known, however, about the CYP1A1-inducing properties of bixin and annatto. The present study was performed to determine the effects of an annatto extract (28% bixin) and bixin (95% pure) on rat liver monooxygenases. Adult female Wistar rats were treated by gavage with daily doses of annatto (250 mg/kg body weight, which contains approximately 70 mg bixin/kg body weight), bixin (250 mg/kg body weight) or the vehicle only (corn oil, 3.75 g/kg body weight) for 5 consecutive days, or were not treated (untreated control). The activities of aniline-4-hydroxylase (A4H), ethoxycoumarin-O-deethylase (ECOD), ethoxy- (EROD), methoxy- (MROD), pentoxy- (PROD) and benzyloxy- (BROD) resorufin-O-dealkylases were measured in liver microsomes. Annatto (250 mg/kg containing 70 mg bixin/kg) induced EROD (3.8x)...

Bixina, Norbixina e Quercetina e seus efeitos no metabolismo lipídico de coelhos; Bixin, Norbixin and Quercetin and lipid metabolism effects in rabbits

Lima, Leonardo Ramos Paes; Oliveira, Tânia Toledo de; Nagem, Tanus Jorge; Pinto, Aloisio da Silva; Stringheta, Paulo César; Tinoco, Adelson Luiz Araújo; Silva, José Francisco da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2001 Português
Relevância na Pesquisa
28.05%
Os flavonóides apresentam diversas atividades biológicas (antioxidantes, antiinflamatórios, anticancerígenos, dentre outras) e estreitas correlações entre o consumo de alimentos ricos em flavonóides e doenças cardíacas. Pesquisas mostram que os flavonóides 7-glicosil-apigenina, 7-bissulfato-apigenina, 7-glicosil-luteolina, 7-bissulfato-luteolina e os corantes bixina e norbixina foram isolados e identificadas suas estruturas de sementes de urucum. O objetivo deste estudo foi testar, isoladamente bixina, norbixina e a quercetina, presentes no urucum e a associação da bixina com a quercetina, para verificar seus efeitos hipolipidêmicos em coelhos. A hiperlipidemia foi induzida misturando à ração colesterol 1% + ácido cólico 0,1%, durante 28 dias. As substâncias testadas foram fornecidas na dose de 0,01 mol/kg de peso corporal, por via oral, em cápsulas. Após 28 dias, as dosagens sorológicas foram efetuadas e os resultados expressos em mg/dL de colesterol, colesterol-HDL e triacilgliceróis. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que a bixina apresentou o maior valor na redução do colesterol total embora não tenha sido significativo na manutenção dos níveis elevados de colesterol-HDL e a quercetina na redução dos triacilgliceróis. A bixina apresentou melhor eficácia em relação ao colesterol-HDL uma vez que a redução deste parâmetro foi menor (-11...