Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Avaliação de características de carcaça e qualidade de carne e predição da composição corporal de grupos genéticos de bovinos selecionados para peso pós-desmame; Carcass characteristics and meat quality evaluation and body composition prediction of beef cattle genetic groups selected for post weaning weight

Bonilha, Sarah Figueiredo Martins
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.44%
A produção animal com foco nas características qualitativas da carcaça e na composição do corpo vazio de bovinos nortearam as discussões do capítulo 1o desta tese. No segundo capítulo, dados de nove estudos foram compilados para avaliar os efeitos da seleção para peso pós-desmame nas características de carcaça e qualidade de carne em rebanhos experimentais Nelore Controle (NeC), Nelore Seleção (NeS), Caracu (CaS), Guzerá (GuS) e Gir (GiS). Estes estudos foram conduzidos com animais do programa de melhoramento genético da Estação Experimental de Sertãozinho. Após a prova de ganho de peso, machos (n=490) de progênies nascidas entre 1992 e 2000 foram abatidos para avaliação das características de carcaça e de qualidade de carne. Foi conduzida uma meta-análise com modelo de coeficientes aleatórios; neste rebanho foi considerado efeito fixo e tratamentos dentro de ano e ano (progênie) efeitos aleatórios. Tanto o grau de maturidade calculado como o peso vivo inicial foram usados como covariáveis. As carcaças de CaS e NeS foram mais pesadas que as carcaças de NeC e GiS; as carcaças de GuS apresentaram pesos intermediários. Animais CaS apresentaram o menor valor de força de cisalhamento, comparados aos NeS...

Estimativa do rendimento da porção comestível em bovinos Nelore utilizando medidas obtidas por análise de imagem na região da quinta costela; Prediction of retail cuts yield using measurements obtained by image analysis

Souza, José Luiz Fonseca
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a utilização de características de carcaça avaliadas por análise de imagem, na região da 5ª e da 12ª costelas, para a estimativa do peso (PESPC) e percentagem (PERPC) da porção comestível em bovinos Nelore castrados e não castrados. Durante três anos consecutivos foram avaliadas carcaças de 206 animais da raça Nelore, sendo metade de animais castrados e metade não castrados (103 machos castrados e 103 machos não castrados) confinados por 56, 84, 112 ou 140 dias. Após o abate e resfriamento das carcaças, foram obtidas imagens digitais na região entre a 5ª e a 6ª costelas para avaliação da área do músculo Longissimus (AOL5), espessura de gordura subcutânea da 5ª costela (EGS5), espessura da gordura intermuscular (EGI5), espessura de costela (ESPCOST). Também foi obtida uma imagem digital na região entre a 12ª e a 13ª costelas para determinação da área de olho de lombo (AOL12) e espessura de gordura subcutânea (EGS12). Adicionalmente foram obtidos os pesos de carcaça fria (PCF), peso da gordura renal pélvica e inguinal (GRPI). O PESPC e a PERPC foram determinados através da desossa completa da meia carcaça de cada animal. O PCF aliado às características avaliadas na região da 5ª costela explicaram entre 96 e 97% do PESPC e entre 24 a 50%da PERPC. As características avaliadas na região da 12ª costela...

Hematopoese em serpentes Oxyrhopus guibei (Hoge & Romano, 1978) (Ophidia: Dipsadidae): caracterização morfológica, citoquímica e ultraestrutural; Hematopoiesis in Oxyrhopus guibei (Hoge & Romano, 1978) (Ophidia: Dipsadidae) snakes: morphological, cytochemical and ultrastructural characterization

Ozzetti, Priscila Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.19%
A hematopoese nas serpentes inicia-se durante a embriogênese e através dos processos de alterações da vida fetal. A primeira atividade eritropoética é extraembrionária, a partir de células mesodérmicas do saco vitelínico e durante o desenvolvimento embrionário torna-se intraembrionário. Em serpentes recém-nascidas e adultas, o principal foco hematopoético ocorre na medula óssea. O objetivo deste estudo foi caracterizar os diferentes estágios de maturação das células sanguíneas da serpente O. guibei, com base em estudos de microscopia, reações citoquímicas e aspectos ultraestruturais. Fragmentos de vértebras de serpentes recém-nascidas e adultas (n=11) foram coletados para obtenção da medula óssea que foi fixada em formol cálcio ou Bouin e processadas para histologia de rotina. Cortes histológicos, imprint de medula óssea e esfregaços sanguíneos foram corados com Rosenfeld, hematoxilina e eosina ou azul de metileno. As reações citoquímicas realizadas foram ácido periódico de Schiff (PAS), azul de toluidina (AT), Sudan Black B (SBB), benzidina peroxidase (PA) e fosfatase ácida (FA). Para a microscopia electrónica de transmissão (TEM), a medula óssea foi fixada em paraformaldeído a 4% + glutaraldeído 2%...

Medidas objetivas e composição tecidual da carcaça de cordeiros alimentados com diferentes níveis de energia em creep feeding

Garcia, Cledson Augusto; Monteiro, Alda Lúcia Gomes; Costa, Ciniro; Neres, Marcela Abbado; Rosa, Guilherme Jordão Magalhães
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1380-1390
Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
O trabalho foi desenvolvido no Setor de Ovinocultura da Universidade de Marília, SP, objetivando avaliar o efeito dos três níveis de energia (2,6; 2,8 e 3,0 Mcal EM/kg MS) sobre as medidas objetivas das carcaças e do lombo, pesos e rendimentos dos cortes, além da composição tecidual e musculosidade da carcaça de cordeiros alimentados em creep feeding. As rações foram isoprotéicas (18,50% PB), fornecidas ad libitum, duas vezes ao dia. Os cordeiros permaneceram com as ovelhas até o abate, quando atingiam o peso preestabelecido de 31 kg. Posteriormente, os animais foram submetidos a jejum alimentar, registrando-se o peso vivo ao abate. Durante o resfriamento na câmara de refrigeração a 5ºC, por 24 horas, as carcaças foram penduradas pelas articulações tarso metartasiana, distanciadas em 17 cm; sendo em seguida mensuradas. As carcaças foram seccionadas ao meio e a metade esquerda dividida em sete regiões anatômicas (paleta, perna, lombo, costelas falsas, costelas verdadeiras, baixo e pescoço), possibilitando o cálculo dos pesos e rendimentos dos cortes. Posteriormente, efetuou-se as mensurações no músculo Longissimus dorsi e a perna esquerda foi dissecada e determinados os pesos dos músculos, da gordura e dos ossos...

Rendimentos dos cortes e não-componentes das carcaças de cordeiros terminados com dietas contendo diferentes fontes de óleo vegetal

Yamamoto, Sandra Mari; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; Mexia, Alexandre Agostinho; Zundt, Marilice; Sakaguti, Eduardo Shiguero; Rocha, Guilherme Bareia Liberato; Regaçoni, Kelly Cristina Telles; Macedo, Rosa Maria Gomes de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1909-1913
Português
Relevância na Pesquisa
36.36%
Objetivou-se avaliar os rendimentos dos cortes e dos não-componentes das carcaças de cordeiros Santa Inês puros e ½ Dorset ½ Santa Inês, alimentados com dietas contendo diferentes fontes de óleo vegetal (óleo de soja, óleo de canola e óleo de linhaça) e uma dieta controle (sem adição de óleo vegetal). Após o abate, foram coletados sangue, pele, aparelho gastrintestinal cheio (esôfago + estômagos + intestinos delgado e grosso com seus conteúdos), aparelho gastrintestinal vazio (esôfago + estômagos + intestinos delgado e grosso, previamente esvaziados e limpos), aparelho reprodutor + bexiga, baço, fígado, coração, aparelho respiratório, rins com gordura perirrenal, cabeça, patas e cauda, que foram pesados para determinação do rendimento em relação ao peso vivo ao abate. Após resfriamento por 24 horas em câmara fria, pesou-se a carcaça e, posteriormente, dividiu-se longitudinalmente, sendo a metade esquerda seccionada em sete regiões anatômicas: perna, lombo, paleta, costelas flutuantes, costelas verdadeiras, baixos e pescoço. O estudo dos não-componentes da carcaça destacou a representabilidade dos pesos da pele (8,74%) e do conteúdo gastrintestinal (10,65%) na determinação do rendimento. As porcentagens dos cortes não apresentaram diferenças (p>0...

Características da carcaça e alometria dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen

Pereira Filho, José Morais; Resende, Kleber Tomás de; Teixeira, Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida; Silva Sobrinho, Américo Garcia da; Yáñez, Enrique Alejandro; Ferreira, Ângela Cristina Dias
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 905-912
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
Com o objetivo de avaliar as características de carcaça e a alometria dos cortes comerciais e dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen, 35 animais foram abatidos ao atingirem 5, 10, 15, 20 e 25 kg de peso vivo (PV). A dieta dos animais foi composta de leite de vaca nos primeiros 49 dias e ração à vontade do sétimo dia até o abate. Os cortes foram obtidos após o resfriamento da carcaça e a perna foi dissecada em músculo, osso e gordura. O PV teve efeito linear decrescente no rendimento de carcaça fria e na área de olho-de-lombo por kg de carcaça. Os pesos de perna, paleta e pescoço em relação à carcaça fria decresceram linearmente, mas houve efeito quadrático sobre o rendimento de costelas e lombo. O crescimento de paleta, pescoço e perna foi isométrico (b=1) ao do corpo, enquanto o das costelas e do lombo foi mais lento (b¹ 1). Os músculos da perna cresceram igualmente, a gordura mais lenta e os ossos mais rapidamente que a perna, enquanto o desenvolvimento da gordura subcutânea foi mais tardio que o da intermuscular. Para obtenção de carcaça de 8 a 11 kg com rendimento superior a 44%, boa proporção de músculo e gordura com menor perda durante o resfriamento, recomenda-se abater os animais com PV entre 20 e 25 kg...

Crescimento relativo dos cortes e tecidos da carcaça de caprinos de cinco grupos raciais terminados em pasto ou confinamento

Lourençon, Raquel Vasconcelos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
26.03%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o crescimento relativo dos cortes comerciais e dos tecidos da carcaça de caprinos. Foram utilizados 78 cabritos, machos e fêmeas, de cinco grupos raciais: Alpino; 1/2 Boer + 1/2 Alpino (1/2 BA); 1/2 Anglo Nubiano + 1/2 Alpino (1/2 ANA); 3/4 Boer + 1/4 Alpino (3/4 BA); e ½ Anglo Nubiano + ¼ Boer + ¼ Alpino (TC). Os grupos foram distribuídos em dois sistemas de terminação, pasto (ST1) e confinamento (ST2). Os cabritos foram abatidos em média aos 22,07 kg de peso vivo e 128,4 ± 7,9 dias. O peso médio das meias carcaças foi de 5,09 kg. Para determinação do crescimento alométrico foi utilizada a equação exponencial Y = aXb. O cruzamento com a raça Anglo Nubiana proporcionou o crescimento precoce da perna em relação ao peso da meia carcaça (PMC). O lombo cresceu tardiamente nos animais Alpinos e ½ ANA. Nos animais do grupo TC as costelas apresentaram crescimento tardio. Os cruzamentos não influenciaram no desenvolvimento do pescoço. A paleta foi considerada precoce nos animais ½ BA e TC. O tecido muscular, em relação ao PMC, apresentou crescimento precoce no grupo ½ BA. No ST1...

Mapeamento de locos de características quantitativas associados à composição de carcaça, no cromossomo seis de suíno

Pires,A.V.; Lopes,P.S.; Guimarães,S.E.F.; Guimarães,C.T.; Peixoto,J.O.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
25.92%
Uma população de suínos, composta de 550 animais F2, foi produzida a partir do intercruzamento da geração F1, obtida pelo cruzamento divergente de dois machos da raça nativa brasileira Piau com 18 fêmeas comerciais. O objetivo do trabalho foi mapear locos de características quantitativas (QTL) associados a cortes de carcaça. Os animais foram genotipados para 13 marcadores microssatélites, distribuídos no cromossomo 6 de suínos. As características avaliadas foram: peso total do pernil, peso do pernil sem pele e sem capa de gordura, peso total da copa, peso da copa sem pele e sem capa de gordura, peso total da paleta, peso da paleta sem pele e sem capa de gordura, peso total do carré, peso do lombo, peso total do bacon, peso das costelas, peso total da papada, peso do filezinho e peso da banha rama. Utilizou-se o método de regressão por intervalo de mapeamento por meio do programa QTL Express. Foram encontrados indicativos de QTL para peso de pernil limpo, peso de paleta, peso de lombo e peso de filezinho. A região genômica deve ser saturada com marcadores adicionais para confirmar a presença de QTL reais.

Rendimentos dos cortes e não-componentes das carcaças de cordeiros terminados com dietas contendo diferentes fontes de óleo vegetal

Yamamoto,Sandra Mari; Macedo,Francisco de Assis Fonseca de; Mexia,Alexandre Agostinho; Zundt,Marilice; Sakaguti,Eduardo Shiguero; Rocha,Guilherme Bareia Liberato; Regaçoni,Kelly Cristina Telles; Macedo,Rosa Maria Gomes de
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.36%
Objetivou-se avaliar os rendimentos dos cortes e dos não-componentes das carcaças de cordeiros Santa Inês puros e ½ Dorset ½ Santa Inês, alimentados com dietas contendo diferentes fontes de óleo vegetal (óleo de soja, óleo de canola e óleo de linhaça) e uma dieta controle (sem adição de óleo vegetal). Após o abate, foram coletados sangue, pele, aparelho gastrintestinal cheio (esôfago + estômagos + intestinos delgado e grosso com seus conteúdos), aparelho gastrintestinal vazio (esôfago + estômagos + intestinos delgado e grosso, previamente esvaziados e limpos), aparelho reprodutor + bexiga, baço, fígado, coração, aparelho respiratório, rins com gordura perirrenal, cabeça, patas e cauda, que foram pesados para determinação do rendimento em relação ao peso vivo ao abate. Após resfriamento por 24 horas em câmara fria, pesou-se a carcaça e, posteriormente, dividiu-se longitudinalmente, sendo a metade esquerda seccionada em sete regiões anatômicas: perna, lombo, paleta, costelas flutuantes, costelas verdadeiras, baixos e pescoço. O estudo dos não-componentes da carcaça destacou a representabilidade dos pesos da pele (8,74%) e do conteúdo gastrintestinal (10,65%) na determinação do rendimento. As porcentagens dos cortes não apresentaram diferenças (p>0...

Medidas objetivas e composição tecidual da carcaça de cordeiros alimentados com diferentes níveis de energia em creep feeding

Garcia,Cledson Augusto; Monteiro,Alda Lúcia Gomes; Costa,Ciniro; Neres,Marcela Abbado; Rosa,Guilherme Jordão Magalhães
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
O trabalho foi desenvolvido no Setor de Ovinocultura da Universidade de Marília, SP, objetivando avaliar o efeito dos três níveis de energia (2,6; 2,8 e 3,0 Mcal EM/kg MS) sobre as medidas objetivas das carcaças e do lombo, pesos e rendimentos dos cortes, além da composição tecidual e musculosidade da carcaça de cordeiros alimentados em creep feeding. As rações foram isoprotéicas (18,50% PB), fornecidas ad libitum, duas vezes ao dia. Os cordeiros permaneceram com as ovelhas até o abate, quando atingiam o peso preestabelecido de 31 kg. Posteriormente, os animais foram submetidos a jejum alimentar, registrando-se o peso vivo ao abate. Durante o resfriamento na câmara de refrigeração a 5ºC, por 24 horas, as carcaças foram penduradas pelas articulações tarso metartasiana, distanciadas em 17 cm; sendo em seguida mensuradas. As carcaças foram seccionadas ao meio e a metade esquerda dividida em sete regiões anatômicas (paleta, perna, lombo, costelas falsas, costelas verdadeiras, baixo e pescoço), possibilitando o cálculo dos pesos e rendimentos dos cortes. Posteriormente, efetuou-se as mensurações no músculo Longissimus dorsi e a perna esquerda foi dissecada e determinados os pesos dos músculos, da gordura e dos ossos...

Avaliação das proporções dos cortes da carcaça, características da carne e avaliação dos componentes do peso vivo de cordeiros

Frescura,Rafael Batista Medeiros; Pires,Cleber Cassol; Silva,José Henrique Souza da; Müller,Liziany; Cardoso,Adriano; Kippert,Carlos Júnior; Neto,Diego Peres; Silveira,Cláudia Dutra da; Alebrante,Leandro; Thomas,Leonardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
25.92%
Objetivou-se, neste trabalho, avaliar a composição física da carcaça, as características da carne e a proporção dos não-componentes da carcaça do peso vivo de cordeiros abatidos aos 28 kg submetidos a diferentes sistemas alimentares. Dezoito cordeiros (Ile de France x Texel ) foram distribuídos aleatoriamente, com as respectivas mães, em três tratamentos: PCA - pastagem cultivada de azevém (Lolium multiflorum Lam.), CON - confinamento sem alimentação privativa e CCF - confinamento com alimentação privativa para os cordeiros. A alimentação privativa foi oferecida aos cordeiros pelo sistema de creep feeding. Não houve diferença para o percentual do pescoço entre PCA, CON e CCF, com valores de 9,27; 9,17 e 8,72%, respectivamente. Para o percentual de perna, os animais da CON (34,02%) e CCF (34,17%) apresentaram valores semelhantes entre si e superiores aos da PCA (31,73%). A maciez medida na porção do Longissimus dorsi entre a 9ª e 12ª costelas foi semelhante entre os animais dos três tratamentos, de 2,33; 3,03 e 3,08 para PCA, CON e CCF, respectivamente. Não houve efeito dos tratamentos sobre a palatabilidade e suculência da carne. O percentual de pele dos animais da PCA (11,05%) e do CON (10,50%) foram semelhantes entre si...

Efeitos da seleção para peso pós-desmame sobre características de carcaça e rendimento de cortes cárneos comerciais de bovinos

Bonilha,Sarah Figueiredo Martins; Packer,Irineu Umberto; Figueiredo,Leopoldo Andrade de; Alleoni,Guilherme Fernando; Resende,Flávio Dutra de; Razook,Alexander George
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.09%
Foram avaliados os efeitos da seleção para peso pós-desmame sobre características de carcaça e rendimento de cortes cárneos comerciais de 44 bovinos machos não-castrados selecionados ou não para peso aos 378 dias, nascidos em 1999, Foram utilizados animais dos grupos genéticos Nelore Seleção (NeS), Nelore Controle (NeC) e Caracu Seleção (Ca). Os animais foram distribuídos aleatoriamente em duas categorias experimentais: grupo de alimentação restrita (AR) e grupo de alimentação ad libitum (AL). Em ambas as categorias, foram alocados oito animais dos grupos genéticos NeS e Ca e seis animais do grupo NeC. O período experimental foi determinado pelo tempo de acabamento dos animais, ou seja, quando atingiram, no mínimo, 4 mm de espessura de gordura subcutânea, avaliada por ultra-som, sobre o músculo Longissimus dorsi, na posição entre a 12ª e 13ª costelas. Em cada grupo genético, à medida que o acabamento preconizado para cada animal da categoria AL foi atingido, o animal da categoria AR mais semelhante quanto ao peso e à condição corporal no início do experimento foi também abatido. O efeito do grupo genético foi significativo para a maioria das características estudadas, porém, não houve interação significativa entre grupos genéticos e regimes alimentares. Os animais Ca e NeS tiveram maiores pesos de abate...

Características da carcaça e alometria dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen

Pereira Filho,José Morais; Resende,Kleber Tomás de; Teixeira,Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida; Silva Sobrinho,Américo Garcia da; Yáñez,Enrique Alejandro; Ferreira,Ângela Cristina Dias
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
Com o objetivo de avaliar as características de carcaça e a alometria dos cortes comerciais e dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen, 35 animais foram abatidos ao atingirem 5, 10, 15, 20 e 25 kg de peso vivo (PV). A dieta dos animais foi composta de leite de vaca nos primeiros 49 dias e ração à vontade do sétimo dia até o abate. Os cortes foram obtidos após o resfriamento da carcaça e a perna foi dissecada em músculo, osso e gordura. O PV teve efeito linear decrescente no rendimento de carcaça fria e na área de olho-de-lombo por kg de carcaça. Os pesos de perna, paleta e pescoço em relação à carcaça fria decresceram linearmente, mas houve efeito quadrático sobre o rendimento de costelas e lombo. O crescimento de paleta, pescoço e perna foi isométrico (b=1) ao do corpo, enquanto o das costelas e do lombo foi mais lento (b¹ 1). Os músculos da perna cresceram igualmente, a gordura mais lenta e os ossos mais rapidamente que a perna, enquanto o desenvolvimento da gordura subcutânea foi mais tardio que o da intermuscular. Para obtenção de carcaça de 8 a 11 kg com rendimento superior a 44%, boa proporção de músculo e gordura com menor perda durante o resfriamento, recomenda-se abater os animais com PV entre 20 e 25 kg...

Níveis de energia na alimentação de cordeiros em confinamento e composição regional e tecidual das carcaças

Piola Junior,Walter; Ribeiro,Edson Luis de Azambuja; Mizubuti,Ivone Yurika; Silva,Leandro das Dores Ferreira da; Sousa,Cícero Leandro de; Paiva,Fernando Henrique Pereira de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.41%
Avaliaram-se as características quantitativas e a composição regional e tecidual de carcaças de cordeiros submetidos a três níveis de energia (2,23; 2,54 ou 2,85 Mcal de energia metabolizável/kg MS) na alimentação e abatidos aos 32,2 ± 3,8 kg de peso corporal e 145,6 ± 20,1 dias de idade. As rações eram isoproteicas (16,70% PB) e foram fornecidas a 18 cordeiros não-castrados, mestiços Texel, confinados em baias individuais em aprisco com piso elevado do solo e ripado. As meias-carcaças esquerdas foram separadas em paleta, perna, lombo, costelas e pescoço e, em cada um desses cortes, foi avaliada a composição tecidual (osso, músculo e gordura). Com exceção da porcentagem de lombo, os níveis de energia apresentaram efeito quadrático sobre os demais cortes. Com o nível intermediário de energia, foram obtidas as maiores porcentagens de paleta e pescoço e os menores valores de perna e costelas. O nível energético da dieta influenciou a distribuição dos cortes na carcaça, mas não afetou sua composição tecidual média. A paleta foi o corte com a maior variação tecidual decorrente dos níveis de energia. Os cortes analisados podem ser usados para estimar a composição tecidual média das carcaças, no entanto...

Mapeamento de locos de características quantitativas associados à composição de carcaça, no cromossomo seis de suíno

PIRES, A. V.; LOPES, P. S.; GUIMARAES, S. E. F.; GUIMARAES, C. T.; PEIXOTO, J. O.
Fonte: Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 60, n. 3, p. 725-732, 2008. Publicador: Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 60, n. 3, p. 725-732, 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
25.92%
Uma população de suínos, composta de 550 animais F2, foi produzida a partir do intercruzamento da geração FI, obtida pelo cruzamento divergente de dois machos da raça nativa brasileira Piau com 18 fêmeas comerciais. O objetivo do trabalho foi mapear locos de características quantitativas (QTL) associados a cortes de carcaça. Os animais foram genotipados para I3 marcadores microssatélites, distribuídos no cromossomo 6 de suínos. As características avaliadas foram: peso total do pernil, peso do pernil sem pele e sem capa de gordura, peso total da copa, peso da copa sem pele e sem capa de gordura, peso total da paleta, peso da paleta sem pele e sem capa de gordura, peso total do carré, peso do lombo, peso total do bacon, peso das costelas, peso total da papada, peso do filezinho e peso da banha rama. Utilizou-se o método de regressão por intervalo de mapeamento por meio do programa QTL Express. Foram encontrados indicativos de QTL para peso de pernil limpo, peso de paleta, peso de lombo e peso de filezinho. A região genõmica deve ser saturada com marcadores adicionais para confirmar a presença de QTL reais.; 2008

Modelos de predição para peso e rendimento de cortes cárneos através de medidas no animal vivo.

CARDOSO, L. L.; TAROUCO, J. U.; COBUCI, J.; CARDOSO, F. F.; DAMBROS, M. C.; DEVINCENZI, T.
Fonte: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 48., 2011, Belém, PA. O desenvolvimento da produção animal e a responsabilidade frente a novos desafios: anais. Belém, PA: SBZ, 2011. Publicador: In: REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ZOOTECNIA, 48., 2011, Belém, PA. O desenvolvimento da produção animal e a responsabilidade frente a novos desafios: anais. Belém, PA: SBZ, 2011.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
26.16%
Os objetivos deste trabalho foram desenvolver equações de predição com a finalidade de estimar o peso e o rendimento de cortes do traseiro de novilhos Braford através de medidas por ultrassom ?in vivo? e avaliar a inclusão das medidas de espessura de gordura na garupa e de profundidade do músculo gluteus medius e as suas relações com a acurácia dos modelos de regressão. Foram utilizados 100 novilhos com peso vivo médio de 472 Kg e 24 meses de idade. Nas 48 horas pré abate foram coletadas medidas de ultrassom da área do músculo longissimus (AOLUS); espessura de gordura subcutânea (EGSUS) no sítio anatômico entre a 12ª e 13ª costelas; espessura de gordura na garupa (EGP8US) e a profundidade do músculo Gluteus medius (PP8US). As equações para peso de cortes do traseiro (PCT) e para rendimento de cortes do traseiro (RCT) foram desenvolvidas através do procedimento estatístico de seleção de variáveis Stepwise. As características AOLUS, EGSUS, EGP8US e PP8US apresentaram médias de 67,13 cm2; 3,43 mm; 6,14 mm e 86,91 mm respectivamente. Os coeficientes de correlação de Pearson entre as medidas obtidas por ultrassom e na carcaça para AUOLUS e AOLC foram de 0,89, para EGSU e EGSC de 0,92. O R2 para PCT foi de 0...

Composi????o regional e tecidual da carca??a de cabritos naturalizados do Alto Camaqu?? de diferentes idades.; Carcass tissue and regional composition of naturalized goats from the Alto Camaqu?? region at different ages.

MARTINS, Luciane da Silva
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Zootecnia; Programa de P??s-Gradua????o em Zootecnia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Zootecnia; Programa de P??s-Gradua????o em Zootecnia; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.39%
Thirty eight (38) castrated male goats were used to evaluate carcass tissue and regional composition. Animals were raised under extensive range conditions, in two family units, in the 2nd sub-district of Palmas, Bag??, State of RS, Brazil, localized within the area known as Alto Camaqu?? Territory. Twenty (23) animals born during June/July 2008, and were slaughtered in June 2009, with approximately 11-12 months of age. Fifteen (15) animals born in March/April 2009 were slaughtered in December 2009, with approximately 8-9 months of age. Carcasses were separated longitudinally in two halves. Afterwards six cuts were obtained: foreleg, hind-leg fluctuating ribs, fixed ribs, neck and breast, each one being weighed, to calculate the proportion in relation to the corrected cold carcass weight. Different cuts obtained were frozen for later tissue evaluation. Foreleg and hind-leg were defrosted and dissect to determine muscle tissue composition, bone, subcutaneous fat, inter-muscular fat and other tissues. Each resulting tissue was weighed and its proportion calculated in relation to the corrected weight. Data were submitted to variance analysis (proc. GLM). Results demonstrated significant differences (P<0.05) between the age of slaughter in carcass regional components...

Características da carcaça e alometria dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen

Pereira Filho, José Morais; Resende, Kleber Tomás de; Teixeira, Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida; Silva Sobrinho, Américo Garcia da; Yáñez, Enrique Alejandro; Ferreira, Ângela Cristina Dias
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 905-912
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
Com o objetivo de avaliar as características de carcaça e a alometria dos cortes comerciais e dos tecidos de cabritos F1 Boer × Saanen, 35 animais foram abatidos ao atingirem 5, 10, 15, 20 e 25 kg de peso vivo (PV). A dieta dos animais foi composta de leite de vaca nos primeiros 49 dias e ração à vontade do sétimo dia até o abate. Os cortes foram obtidos após o resfriamento da carcaça e a perna foi dissecada em músculo, osso e gordura. O PV teve efeito linear decrescente no rendimento de carcaça fria e na área de olho-de-lombo por kg de carcaça. Os pesos de perna, paleta e pescoço em relação à carcaça fria decresceram linearmente, mas houve efeito quadrático sobre o rendimento de costelas e lombo. O crescimento de paleta, pescoço e perna foi isométrico (b=1) ao do corpo, enquanto o das costelas e do lombo foi mais lento (b¹ 1). Os músculos da perna cresceram igualmente, a gordura mais lenta e os ossos mais rapidamente que a perna, enquanto o desenvolvimento da gordura subcutânea foi mais tardio que o da intermuscular. Para obtenção de carcaça de 8 a 11 kg com rendimento superior a 44%, boa proporção de músculo e gordura com menor perda durante o resfriamento, recomenda-se abater os animais com PV entre 20 e 25 kg...

Estimativa da composição corporal de tourinhos Nelore através da composição de cortes de costela; Estimation of carcass and empty body composition of zebu bulls using the composition of rib cuts

Lanna, D.P.D.; Boin, C.; Alleoni, G.F.; Leme, P.R.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/1995 Português
Relevância na Pesquisa
66.49%
A determinação da composição corporal é fundamental em estudos nutricionais e da regulação do crescimento. Entretanto, a determinação direta é impraticável como rotina experimental. O objetivo deste estudo foi testar metodologias para estimar a composição química corporal. A composição da secções da 9-10-11ª e da 10ª costelas foram empregadas para estimar a composição corporal de 31 tourinhos Nelore com média de 333,5 kg de peso (variação de 180,5-496,0) e 16,1% de lípideo no corpo vazio (variação de 10,6-22,1). A composição dos costelas, carcaça e corpo vazio foram obtidas através de moagem quantitativa de todos os tecidos. A composição da 9-10-11ª costelas foi um bom estimador da composição com r² de 0,99; 0,98; 0,98 e 0,91 para as estimativas de kg de água, lipídeo, proteína e cinzas com baixo desvio padrão da estimativa. Os resultados com a secção da 10ª costela foi similar (r² de 0,98, 0,98, 0,97 e 0,88 para as mesmas regressões). Dados são consistentes com resultados da literatura, entretanto os coeficientes lineares das regressões foram estatisticamente diferentes daqueles publicados para Bos taurus. A composição de secções das costelas é um bom parâmetro para estimar a composição corporal...

RENDIMENTO DE CARCAÇA E DE CORTES COMERCIAIS DE QUEIXADAS CRIADOS EM CATIVEIRO

RAMOS, EDUARDO MENDES; Universidade Federal de Lavras - MG; PEREIRA DA SILVA, ANTÔNIO MÁRCIO; Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BH; CAMPOS, FLEMING SENA; Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - BH; MATOS, ROSALI AMARAL; Universidade Esta
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o rendimento de carcaça e o rendimento de cortes comerciais de queixadas (Tayassu pecari) criados em cativeiro. Quatro queixadas (três machos e uma fêmea), com peso vivo médio de 29,47 ± 3,45 kg foram abatidos, sem jejum prévio, e avaliados em relação aos rendimentos de carcaça quente e de cortes comerciais. Os cortes comerciais foram realizados de acordo com o preconizado para ovinos, após o resfriamento das carcaças em câmaras frias a ± 2ºC por 24 horas. Em relação ao peso vivo, o rendimento de carcaça quente foi de 53,80%, enquanto a cabeça representou 7,13%, a pele 12,55% e os pés 1,59%. A quebra de peso das carcaças após refrigeração foi de 3,22%. Os rendimento dos cortes comerciais em relação à carcaça, em ordem decrescente, foram: pernil (29,15%), paleta (20,85%), costelas (12,31%), carré (11,97%), pescoço (10,20%), lombo (7,78%) e barrigada/fralda (7,56%). Os rendimentos de carcaça quente, pele e dos cortes comerciais avaliados assemelharam-se aos observados em animais convencionais de açougue e alguns animais silvestres...