Página 1 dos resultados de 938 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Estudo preliminar de RPE em banda K de esmalte dental e hidroxiapatita sintética irradiados; Preliminary Study of EPR in K-Band of Dental Enamel and Hydroxyapatite Synthetic Irradiated.

Santos, Adevailton Bernardo dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.85%
A hidroxiapatita e o esmalte dental são, na atualidade, alguns dos materiais mais pesquisados pela técnica de espectroscopia por Ressonância Paramagnética Eletrônica ? RPE. O esmalte dental, que possui cerca de 97% de sua massa constituída por cristais de hidroxiapatita, se apresenta como o tecido humano preferencial para dosimetria de radiação com o uso desta técnica, principalmente no caso de exposições acidentais da população em geral. A análise de hidroxiapatitas sintéticas tem por finalidade auxiliar o entendimento do espectro do esmalte dental bem como desenvolver um dosímetro de radiação com boa eficiência e eficácia. O espectrômetro em banda-K utiliza uma freqüência intermediária aos espectrômetros em banda-X e em banda-Q, possuindo uma melhor resolução que banda-X sem as dificuldades, devido à alta sensibilidade, do banda-Q. O presente trabalho tem como objetivo analisar espectros em banda-K de um bloco de esmalte irradiado e de hidroxiapatitas sintéticas, comparando com espectros de banda-Q e banda-X presentes na literatura, e ainda verificar a possibilidade de se fazer dosimetria de radiação com o uso deste aparelho.; Hydroxyapatite and tooth enamel are, nowadays, some of materials mostly investigated by the spectroscopic technique of Electron Paramagnetic Resonance ? EPR. Tooth enamel...

Hidroxiapatita sintética nanoestruturada e esmalte dental aquecidos e irradiados por laser de Er, Cr: YSGG: caracterização por FTIR e por DRX; NANOSTRUCTURED SYNTHETIC HYDROXYAPATITE AND DENTAL ENAMEL HEATED E IRRADIATED BY ER,CR:YSGG. CHARACTERIZED BY FTIR AND XRD.

Rabelo Neto, José da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.97%
Este estudo procurou avaliar as mudanças físicas e/ou químicas que ocorrem na hidroxiapatita (HAP) sintética e na presente no esmalte dental sob ação de aquecimento térmico em forno ou irradiação com o laser de Er,Cr:YSGG (2,79 m). Busca-se obter variações em sua estrutura a fim de torná-los mais resistentes à desmineralização, visando e prevenir a formação da cárie dental. A HAP sintética foi produzida pela reação das soluções de Ca(NO3) e (NH4)2HPO4 com controle de temperatura e pH. O esmalte foi coletado do dentes bovinos e triturados. As amostras em pó de HAP sintética e esmalte foram submetidas a aquecimento térmico em forno nas temperaturas de 200 °C, 400 °C, 600 °C, 800 °C e 1000 °C. Foram feitas irradiações laser com 5,79 J/cm2, 7,65 J/cm2, 10,55 e 13,84 J/cm2 para a HAP sintética e de 7,53 J/cm2, 10,95 J/cm2 e 13,74 J/cm2 para o esmalte. As amostras foram avaliadas por difração de raios-X(DRX) para análise das fases cristalográficas presentes e análise pelo método de Rietveld para comprovação destas fases cristalográficas e determinação de respectivas proporções no material. Foram obtidos também as variações de parâmetros de rede da cela unitária (eixo-a, eixo-c e volume)...

Desmineralização do esmalte dental adjacente a restaurações. Efeito dos parâmetros do laser de Er:YAG empregado para o preparo cavitário; Enamel demineralization around dental restoration. Effect of Er:YAG laser parameters employed to cavity preparation

Colucci, Vivian
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.76%
O presente estudo, composto por dois experimentos, teve como objetivo avaliar in vitro o efeito de parâmetros do laser de Er:YAG na desmineralização do esmalte dental humano e bovino após desafio cariogênico e avaliar, através de um modelo in situ, o efeito de diferentes parâmetros do laser de Er:YAG no desenvolvimento de lesões de cárie adjacente a restaurações. No estudo in vitro, terceiros molares inclusos humanos hígidos e incisivos bovinos foram seccionados para a seleção de 50 fragmentos de cada um dos substratos, que foram aleatoriamente divididos em 10 grupos, sendo 9 experimentais preparados com laser de Er:YAG com 300mJ de energia (frequência de 2Hz, 4Hz ou 6Hz, fluxo de água de 2,0mL/min, 5,0mL/min ou 8,0mL/min) e 1 controle (turbina de alta rotação). Após o preparo das cavidades, os espécimes foram restaurados com resina composta e submetidos ao desafio cariogênico. Subseqüentemente, foram seccionados para a análise da microdureza e realização de microscopia de luz polarizada qualitativa. No estudo in situ, 150 fragmentos de esmalte bovino foram distribuídos aleatoriamente entre 15 voluntários. Tais fragmentos foram subdivididos em 10 grupos conforme descrito para o estudo in vitro. Os 9 grupos experimentais foram preparados com laser de Er:YAG empregando-se diferentes combinações de parâmetros...

Monitoramento do processo de desmineralização e remineralização do esmalte dental humano durante e após o clareamento dental; Monitoring de-remineralizaton process on human enamel during and after dental bleaching

Andrade, Alessandra Pereira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
57%
Este estudo in situ tem como proposta geral monitorar os processos de desmineralização e remineralização do esmalte dental humano durante e após o clareamento dental e como objetivos específicos: avaliar se o processo de desmineralização e remineralização do esmalte dental é influenciado pela utilização de agentes clareadores com diferentes composições e estimar o período necessário para que o esmalte dental clareado atinja os níveis de mineralização evidenciados anteriormente ao início do tratamento clareador. Dez voluntários participaram deste estudo utilizando dispositivos intra-orais contendo quatro fragmentos de esmalte dental humano cada que foram submetidos aos seguintes tratamentos: G1 - peróxido de hidrogênio 35% (Pola Office, SDI); G2 - peróxido de hidrogênio 7,5% (Pola Day, SDI); G3 - peróxido de hidrogênio 7,5% (Day White ACP, Discus Dental); G4 - ácido fosfórico 35% (Condicionador de ácido fosfórico 3M ESPE Scotchbond 3M ESPE). O período do estudo compreendeu 21 dias entre tratamento e monitoramento que foi realizado pelo método de fluorescência do tecido dental com o auxílio do equipamento QLF System. A análise estatística realizada pelo teste estatístico de ANOVA 2 fatores para mensurações repetidas e o teste de Tukey revelou haver diferenças estatísticas entre os tratamentos realizados e entre os tempos de mensuração. Após a realização do monitoramento do conteúdo mineral do esmalte dental durante e posteriormente ao término do tratamento clareador pode-se constatar que os agentes clareadores que apresentam composições químicas distintas ocasionaram diferentes níveis de desmineralização no esmalte dental humano...

Efeito de bebidas no esmalte dental submetido a desafio erosivo com ácido clorídrico; Effect of beverages on dental enamel submitted to erosive challenge with hidrochloric acid

Amoras, Dinah Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.96%
A erosão dental de origem endógena apresenta alta prevalência e o efeito da ingestão frequente de determinadas bebidas poderia intensificar ou atenuar a lesão no esmalte. A análise do potencial erosivo das bebidas é uma estratégia importante para prevenir seu efeito na estrutura dental. Neste contexto, este estudo avaliou através de um modelo in vitro o efeito de bebidas no esmalte dental previamente submetido a desafio erosivo com ácido clorídrico. O fator em estudo foi o tipo de bebida, em cinco níveis: refrigerante de limão de baixa caloria (Sprite Zero Coca-Cola® Brasil), leite Ultra Higt Temperature integral (Parmalat®), extrato de soja integral (Ades® Original), chá preto pronto para beber de baixa caloria sabor pêssego (Leão Ice Tea Zero Coca-Cola® Brasil) e água mineral natural (Prata®). 75 espécimes de esmalte bovino foram distribuídos entre os 5 tipos de bebida (n=15), de acordo com delineamento em blocos completos e casualizados. Para a formação das lesões de desgaste erosivo, os espécimes foram imersos por 2 minutos em 10 ml de solução aquosa de ácido clorídrico 0,01 M. Posteriormente foram lavados com água deionizada, imersos em saliva artificial a 37ºC por 2 horas. Foram feitas imersões em 20 ml das bebidas por 1 minuto...

Avaliação do efeito da associação da irradiação laser Er:YAG com flúor no esmalte dental submetido à erosão; Evaluation of the association effect of the Er:YAG laser irradiation with fluoride on enamel submitted to the erosion

Derceli, Juliana dos Reis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.98%
A erosão dental é uma lesão causada pela dissolução mineral do esmalte, através da ação de ácidos oriundos do suco gástrico ou da alimentação. O objetivo deste estudo foi avaliar a eficácia do laser Er:YAG na prevenção da erosão do esmalte associado ou não ao flúor e avaliar alterações químicas e morfológicas do esmalte após os tratamentos preventivos. Para tanto, foram obtidos 95 espécimes a partir de esmalte bovino (4x4mm), os quais foram planificados, polidos e divididos aleatoriamente em 5 grupos de acordo com os tratamentos preventivos realizados (G1- laser Er:YAG; G2- laser + flúor; G3- flúor + laser; G4- laser simultaneamente flúor; G5- flúor). A metade da superfície do esmalte de cada espécime foi isolada com esmalte cosmético e cera utilidade (área controle) e a outra metade exposta ao tratamento superficial. O laser foi irradiado por 10 segundos, sem refrigeração, modo focado, não contato, 4 mm de distância focal e 60 mJ/cm2 e 2Hz, o gel fluoretado foi aplicado por 4 minutos. O desafio erosivo ocorreu em Coca-Cola à temperatura ambiente, 4x/dia, por 1 minuto, durante 5 dias. O grau de desmineralização do esmalte foi avaliado por meio da microscopia óptica, do desgaste e da microdureza...

Avaliação in vitro da resistência ácida e da permeabilidade do esmalte dental decíduo irradiado com laser Nd:Yag associado ou não ao flúor; Analysis in vitro of acid resistance and permeability of primary tooth enamel after Nd:YAG laser irradiation, associated or not with fluoride

Azevedo, Danielle Torres
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.87%
A eficiência dos lasers associado ou não a fluoretos no aumento da resistência ácida e na redução da solubilidade do esmalte dentário tem sido confirmada em diversos estudos. Diversos comprimentos de onda têm sido utilizados com esta finalidade, apresentando bons resultados e representando uma abordagem preventiva simples e não invasiva. Apesar do emprego do laser Nd:YAG ter sua ação preventiva bem conhecida, são escassos os estudos em dentes decíduos, principalmente estudos que estabeleçam parâmetros seguros e eficientes, seja associado ao flúor ou isoladamente. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi avaliar a resistência ácida e a permeabilidade do esmalte decíduo. Para tanto, foram selecionados 69 molares decíduos humanos, resultando em 132 corpos-de-prova. As variáveis de resposta quantitativa foram a microdureza longitudinal, profundidade da desmineralização e permeabilidade do esmalte, e as variáveis de resposta qualitativa foram morfologia da superfície, presença de íons flúor e análise dos componentes químicos do esmalte. Foram utilizados 60 fragmentos vestibular/lingual para a análise de resistência ácida e midrodureza (n=10), e após preparados e tratados, estes espécimes foram submetidos ao ciclo de desremineralização para formação de lesão de cárie artificial. Para análise da permeabilidade (48 fragmentos n=8)...

Doença celíaca: repercussões bucais e estudo do esmalte dental como marcador da doença; Celiac disease: oral impact and study of dental enamel as a marker of the disease

Carvalho, Fabricio Kitazono de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.95%
A doença celíaca é uma desordem autoimune caracterizada pela intolerância ao glúten, provavelmente subdiagnosticada devido ao amplo espectro de apresentação clínica, e que se não tratada pode ocasionar graves complicações. Considerando o fato de que certas manifestações bucais podem ser indicativas da doença celíaca, os cirurgiões-dentistas podem desempenhar um importante papel na diagnose desta condição. Neste estudo, 52 celíacos entre 2 e 23 anos, além de um grupo controle composto por 52 indivíduos pareados por sexo e idade, foram sistematicamente avaliados quanto à presença de estomatite aftosa recorrente, defeitos do esmalte dental e ocorrência de cárie dental tanto na dentição decídua quanto na permanente, tendo também sido submetidos a análise salivar (pH, fluxo e capacidade tampão). Paralelamente, 10 molares decíduos de pacientes celíacos e 10 provenientes de um grupo controle sem a doença tiveram a composição química de seu esmalte analisada através da Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier e Espectroscopia por Energia Dispersiva de Raios-X. E, finalmente, 27 crianças com defeitos de formação no esmalte dental foram submetidas ao diagnóstico sorológico da doença celíaca. Foi observado que os defeitos específicos do esmalte dental são mais comuns entre os celíacos que em controles (57...

Incorporação de chumbo pós-eruptiva em esmalte de dentes decíduos e correlação com saliva e plasma - Estudo longitudinal; Post eruptive lead incorporation into the enamel of primary teeth and its correlation with saliva and plasma - a longitudinal study

Gonçalves, Soraya Cheier Dib
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.96%
A exposição ambiental ao chumbo é uma das questões mais sérias de contaminação de populações do ponto de vista de saúde pública. Mesmo em pequenas quantidades, o chumbo causa mudanças bioquímicas e neurológicas, convulsões e hiperatividade. No Brasil, não existe programa nacional para detecção de crianças contaminadas por este metal, as quais são mais sensíveis aos efeitos deletérios resultantes da exposição crônica a baixas concentrações de chumbo. A maioria dos trabalhos que comprovaram a associação entre exposição ambiental a chumbo no passado e problemas no desenvolvimento neurológico utilizou dentina de dentes decíduos como tecido marcador de exposição. Trabalhos do nosso grupo indicam que o esmalte superficial de dentes decíduos seria um bom marcador cumulativo da exposição passada ao chumbo, sendo que esse tecido apresenta consideráveis vantagens do ponto de vista de acesso e desenvolvimento de testes para monitoramento ambiental. Uma questão importante é verificar se as concentrações de chumbo encontradas no esmalte superficial decíduo variam ao longo do tempo em crianças de baixa exposição. Outra questão importante é verificar se há correlações entre as concentrações de chumbo no esmalte superficial e aquelas dos principais fluidos corporais a partir dos quais o chumbo seria acumulado no esmalte...

Avaliação in vitro do potencial do laser de CO2, associado ou não a produtos fluoretados, em inibir erosão em esmalte dental humano; In vitro evaluation of the potential of CO2 laser associated or not to fluorides in inhibiting human enamel erosion

Ramos-Oliveira, Thayanne Monteiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.83%
Considerando a eficácia limitada do flúor na proteção dos tecidos duros dentais contra a erosão, o objetivo do presente estudo foi investigar o potencial do laser de gás carbônico (CO2) (10,6 m), associado ou não a produtos fluoretados, na inibição da erosão de esmalte dental. Amostras de esmalte dental humano foram obtidas e divididas aleatoriamente em 8 grupos (n = 11): G1: controle (sem tratamento), G2: gel de Flúor Fosfato Acidulado (FFA), G3: gel de fluoreto de sódio (AmF/NaF), G4: solução de fluoreto estanhoso (AmF/SnF2), G5: laser de CO2 (0,3 J/cm2, 15 s, 226 Hz), G6: laser de CO2 + gel de FFA, G7: laser de CO2 + gel de AmF/NaF e G8: laser de CO2 + solução de AmF/SnF2. Após os tratamentos de superfície, as amostras foram imersas em ácido cítrico a 1% (pH 4,0, 3 minutos). Antes dos tratamentos de superfície e após o desafio ácido, a microdureza de superfície foi mensurada (0,49 N, 20 segundos) e os dados foram analisados estatisticamente através do teste ANOVA com subseqüentes comparações entre pares (p < 0,05). Os resultados mostraram que o grupo G3 (403,5 ± 25,0) apresentou a maior média de microdureza Knoop após o desafio ácido, seguido pelos grupos G2 (396,6 ± 45,0) e G6 (392,8 ± 24,9), sem diferença estatística entre eles. Dentre os grupos tratados com produtos fluoretados...

Estudo in situ da resistência à desmineralização do esmalte dental submetido à irradiação com laser Er,Cr:YSGG associada ao uso de produtos fluoretados; In situ study of dental enamel demineralization resistance when irradiated with Er,Cr:YSGG laser associated to fluoridated products

Zamataro, Claudia Bianchi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.91%
A irradiação com o laser de Er,Cr:YSGG promove aumento da área de superfície do esmalte dental irradiado, o que pode resultar em uma maior retenção e um efeito prolongado do fluoreto (F-) presente em produtos fluoretados de diferentes concentrações. O produto formado na superfície de esmalte originado de uma única aplicação de flúor fosfato acidulado (FFA 12.300 μg F-/g) ou da frequente aplicação tópica de dentifrício contendo 1.100 μg F-/g poderia ter seu efeito cariostático prolongado, pelo aumento de sua retenção na superfície do esmalte dental irradiado. Uma vez que o esmalte dentário livre de biofilme não sofre desmineralização na cavidade bucal, sugerimos um estudo in situ onde se possa avaliar o prolongamento do efeito do destas associações, também na presença de placa. As condições de irradiação do estudo in situ, foram determinadas, in vitro, com laser Er,Cr:YSGG no esmalte de maneira isolada ou combinada com as aplicações tópicas de: 1- dentifrício de concentração 1.100 μg F-/g ou 2- FFA, para posteriores análises da formação e retenção de CaF2. Foram realizadas análises morfológicas por microscopia eletrônica de varredura, determinação da concentração do flúor solúvel em álcali por meio do eletrodo íon específico e análise da microdureza em corte longitudinal. Os resultados por microscopia eletrônica de varredura verificaram qualitativamente a formação de produtos na superfície de esmalte na forma de CaF2. A análise bioquímica para determinação quantitativa do F- solúvel em álcali determinou como sendo estatisticamente diferentes (p≤0...

Efeito dos agentes clareadores sobre o esmalte dental, a resina composta e a interface dente/restauração; Effect of bleaching agents on the dental enamel, the composite resin and the tooth/restoration interface

Abe, Andréa Tami
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.97%
Este estudo in vitro teve como objetivo avaliar a dureza do esmalte dental, da resina composta, do adesivo e da camada híbrida em esmalte expostos a agentes clareadores à base de peróxido de hidrogênio a 35%, e analisar a interface dente/restauração com microscopia eletrônica de varredura (MEV). Foram utilizadas 40 coroas dentais de incisivos bovinos, que foram incluídas em resina epóxi. Uma cavidade de 2x2x2mm foi confeccionada no terço médio da face vestibular planificada de cada dente. As cavidades foram restauradas com o adesivo Adper Single Bond 2 e a resina nanoparticulada Filtek Z350 XT, e o polimento foi realizado após uma semana da confecção das restaurações. Os corpos de prova foram divididos em quatro grupos (n=10), correspondente a cada agente clareador à base de peróxido de hidrogênio a 35% utilizado (TB: Total Blanc Office; HPB: Whiteness HP Blue; HP: Whiteness HP; PO: Pola Office). A aplicação dos clareadores foi realizada 24 horas após o polimento, de acordo com as recomendações dos respectivos fabricantes. O valor do pH dos agentes clareadores foi medido no início e no final do procedimento clareador. A dureza dos substratos foi mensurada antes (inicial), imediatamente após o clareamento e após 7 dias de armazenamento em saliva artificial com o equipamento ultramicrodurômetro DUH-211S (Shimadzu). As cargas utilizadas foram de 100mN para o esmalte dental e para a resina composta...

Efeito da microabrasão e do clareamento dental na rugosidade superficial e microdureza do esmalte dental: estudo longitudinal ‘in situ’

Franco, Laura Molinar
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 90 f : il. + 1 CD-ROM
Português
Relevância na Pesquisa
57.03%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 12/06271-3; Pós-graduação em Odontologia - FOA; O objetivo deste trabalho in situ foi avaliar se a associação da microabrasão do esmalte com o clareamento dental causaria danos às propriedades do esmalte dental microabrasionado, através dos testes de rugosidade superficial, de microdureza do esmalte dental e de microscopia eletrônica por varredura. Os fatores em estudo foram: técnicas em 5 níveis: controle, microabrasão (Opalustre – Ultradent Products Inc. Utah, USA), clareamento dental (Opalescence Boost PF 38 % - Ultradent Prodcuts Inc. Utah, USA) e a associação dos dois procedimentos (imediata e tardia); assim como o tempo de manutenção dos espécimes in situ: 0, 1, 3, 7 dias. As variáveis de resposta foram microdureza e a rugosidade superficial. Foram utilizados 50 dentes bovinos hígidos, seccionados em discos de esmalte/dentina com 5,7mm de diâmetro. Os espécimes selecionados foram aleatoriamente divididos em 5 grupos de estudo (n=10): Grupo Controle + 0, 1, 3, 7 dias in situ; GI Clareamento + 0, 1, 3, 7 dias in situ; GII Microabrasão + 0, 1, 3, 7 dias in situ; GIII Microabrasão + Clareamento + 0, 1, 3, 7 dias in situ e GIV Microabrasão + 0...

Efeito da escovação com dentifricio abrasivo fluoretado e não fluoretado sobre a superficie do esmalte dental clareado atraves de peroxido de carbamida a 10% e 35 % : avaliação da rugosidade e dureza superficiais

Claudia Cia Worschech
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
57.01%
O propósito deste trabalho in vitro foi avaliar a rugosidade e a dureza do esmalte dental humano exposto a 10% e 35% de peróxido de carbamida, em diferentes tempos e, submetido a diferentes tratamentos de limpeza superficial: G1- Não escovado; G2- Escovado com dentifrício abrasivo fluoretado; G3- Escovado com dentifrício abrasivo não fluoretado; G4- Escovado sem dentifrício. Cento e vinte fragmentos de esmalte de terceiros molares foram obtidos, usando um disco de diamante. Os fragmentos foram embutidos em resina de poliestireno e a superfície de esmalte de cada espécime foi polida através de discos e pastas abrasivas, em diferentes granulações, possibilitando a obtenção de superfícies planas e lisas. O clareamento foi feito na superfície do esmalte, durante 1 hora, uma vez por semana, nos grupos em que o Peróxido de Carbamida a 35% foi aplicado e, durante 6 horas, diariamente, nos grupos em que o Peróxido de Carbamida a 10 % foi utilizado e, esses tratamentos clareadores foram feitos durante 4 semanas, associados aos procedimentos de escovação, os quais eram executados, diariamente, durante 3 minutos. Um perfilômetro foi utilizado para medir os valores de rugosidade (Ra) e um microdurômetro foi utilizado para testar a dureza das amostras (Knoop) antes e após cada intervalo de 7 dias...

Efeito da amoxicilina e do fluoreto no desenvolvimento do esmalte dental de camundongos; The effect of amoxicilin and fluoride on the development of mouse dental enamel

Rosana Helena Schlittler Hoffmann
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
57%
Dados da literatura têm sugerido que o uso da amoxicilina poderia estar associado com defeitos no esmalte, porém existem poucos estudos sobre esta possível relação. Desta forma, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da amoxicilina e do íon flúor na estrutura do esmalte dental em camundongos. Este estudo foi aprovado pela Comissão de Ética na Experimentação Animal (CEEA) da Universidade Estadual de Campinas (nº 1370-1/2007). Camundongos de linhagem isogênica C57BL/UNI foram distribuídos em 9 grupos (n= 9) recebendo os seguintes tratamentos: G1- control group (0 ppm F and 0 mg/Kg amoxicillin) ; G2- 0 ppm F and 25 mg/kg amoxicillin; G3- 0 ppm F and 75 mg/kg amoxicillin; G4- 50 ppm F and 0 mg/kg amoxicillin; G5- 100 ppm Fand 0 mg/kg amoxicillin; G6- 25 mg/kg amoxicillin + 50 ppm F; G7- 25 mg/kg amoxicillin + 100 ppm F; G8- 75 mg/kg amoxicillin + 50 ppm F e G9 – 75 mg/kg amoxicillin + 100 ppm F. Após tratamento por um período de 60 dias, os camundongos tiveram seus dentes incisivos inferiores extraídos e analisados através de um microdurômetro (acoplado software FM-ARS) que mediu a variação da espessura do esmalte dental, e também usou-se um sistema de fluorescência quantitativa modificado (FQ) para avaliar possível mudança na estrutura do esmalte. Ambos os tratamentos (amoxicilina e fluoreto) quando usados separadamente...

Association of dental enamel lead levels with risk factors for environmental exposure; Associação de níveis de chumbo no esmalte dentário com fatores de risco para exposição ambiental; Asociación de niveles de plomo en el esmalte dental con factores de riesgo a la exposición ambiental

OLYMPIO, Kelly Polido Kaneshiro; NAOZUKA, Juliana; OLIVEIRA, Pedro Vitoriano; CARDOSO, Maria Regina Alves; BECHARA, Etelvino José Henriques; GÜNTHER, Wanda Maria Risso
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.06%
OBJECTIVE: To analyze household risk factors associated with high lead levels in surface dental enamel. METHODS: A cross-sectional study was conducted with 160 Brazilian adolescents aged 14-18 years living in poor neighborhoods in the city of Bauru, southeastern Brazil, from August to December 2008. Body lead concentrations were assessed in surface dental enamel acid-etch microbiopsies. Dental enamel lead levels were measured by graphite furnace atomic absorption spectrometry and phosphorus levels were measured by inductively coupled plasma optical emission spectrometry. The parents answered a questionnaire about their children's potential early (05 years old) exposure to well-known lead sources. Logistic regression was used to identify associations between dental enamel lead levels and each environmental risk factor studied. Social and familial covariables were included in the models. RESULTS: The results suggest that the adolescents studied were exposed to lead sources during their first years of life. Risk factors associated with high dental enamel lead levels were living in or close to a contaminated area (OR = 4.49; 95% CI: 1.69;11.97); and member of the household worked in the manufacturing of paints, paint pigments, ceramics or batteries (OR = 3.43; 95% CI: 1.31;9.00). Home-based use of lead-glazed ceramics...

Comportamiento mecánico del esmalte dental

Rivera Velásquez, Camilo Alberto
Fonte: Universidad EAFIT; Maestría en Ingeniería; Escuela de Ingeniería Publicador: Universidad EAFIT; Maestría en Ingeniería; Escuela de Ingeniería
Tipo: masterThesis; Tesis de Maestría; acceptedVersion
Português
Relevância na Pesquisa
66.96%
Este trabajo presenta un análisis de las propiedades mecánicas del esmalte dental con el fin de caracterizar su comportamiento y comparar los resultados obtenidos con los reportados por estudios previos de investigaciones realizadas en los Estados Unidos. Se realizaron pruebas para pacientes Colombianos en busca de identificar las propiedades mecánicas del esmalte y su respuesta a diferentes estímulos mecánicos. Mediante ensayos estandarizados de microdureza se pudo establecer el comportamiento de propiedades como la dureza, tenacidad a la fractura y fragilidad, siguiendo parámetros muy semejantes a los establecidos para el mismo estudio por otros investigadores en el esmalte dental humano en pacientes jóvenes (18-28 años), obteniendo resultados particulares teniendo en cuenta aspectos como el arreglo estructural y la composición química del material, propiedades que mejoran el comportamiento del esmalte a esfuerzos mecánicos.; 107 p.; Contenido parcial: Propiedades mecánicas – Dureza -- Tenacidad a la Fractura – Fragilidad -- Estructura jerárquica de los materiales naturales -- El diente como tejido natural -- Investigaciones previas acerca del comportamiento mecánico del esmalte dental -- Características autorreparativas del esmalte dental.

Quantitative analysis of dental enamel removal during a microabrasion technique; Análise quantitativa da remoção de esmalte dental durante a técnica de microabrasão

Ramalho, Karen Muller; Aranha, Ana Ceclilia Correa; Eduardo, Carlos de Paula; Rocha, Rodney Garcia; Bello-Silva, Marina Stella; Lampert, Friedrich; Esteves-Oliveira, Marcella
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Odontologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer reviewed; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.96%
Objective: To quantify, by means of profi lometry, the removal of dental enamel during the use of a microabrasion technique involving the use of hydrochloric acid and manual abrasion with a plastic spatula. Method: Thirty six specimens obtained from human third molars were polished to obtain fl at surfaces and divided into 3 groups (n = 12) according to the different treatments received: A placebo treatment with deionized water as a negative control (CG); microabrasion with 6.6% hydrochloric acid, OpalustreTM (G1); and microabrasion with 6% hydrochloric acid, Whiteness RMTM (G2). The microabrasion was performed in a standardized manner by submitting the specimens to 4 cycles of 10 seconds each and manual abrasion using a plastic spatula (200 g load). The loss of enamel surface was measured after each cycle of treatment by contact profi lometry. Results: Enamel loss was already observed after the fi rst 10 seconds of abrasion with hydrochloric acid in both treated groups (G1 and G2). After 4 abrasions of 10 seconds each, the average fi nal enamel losses in the treated groups were 46.04 μm (G1) and 54.65 μm (G2). In the G1 and G2 groups, a signifi cant increase in enamel wear was detected in each cycle in comparison to the control group (p ≤ 0.05). A signifi cant difference in enamel loss between G1 and G2 was found after 30 and 40 seconds of microabrasion. Relevance: The results of this study provide objective data for safely performing the microabrasion technique on dental enamel using hydrochloric acid and manual abrasion using a plastic spatula.; Objetivo: Quantificar...

Associação de níveis de chumbo no esmalte dentário com fatores de risco para exposição ambiental; Asociación de niveles de plomo en el esmalte dental con factores de riesgo a la exposición ambiental; Association of dental enamel lead levels with risk factors for environmental exposure

Olympio, Kelly Polido Kaneshiro; Naozuka, Juliana; Oliveira, Pedro Vitoriano; Cardoso, Maria Regina Alves; Bechara, Etelvino José Henriques; Günther, Wanda Maria Risso
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.06%
OBJETIVO: Analisar fatores de risco no ambiente domiciliar associados com altos níveis de chumbo no esmalte dentário superficial. MÉTODOS: Estudo transversal conduzido com 160 adolescentes brasileiros (14 a 18 anos), residentes em bairros pobres do município de Bauru, SP, de agosto a dezembro de 2008. A concentração de chumbo no esmalte dentário foi avaliada por microbiópsias ácidas do esmalte dentário superficial, quantificada por espectrometria de absorção atômica com forno de grafite e a concentração de fósforo foi medida por espectrometria de absorção óptica com plasma indutivamente acoplado. Os pais dos adolescentes responderam a questionário sobre possível exposição prévia (cinco primeiros anos de vida do adolescente) a chumbo decorrente de fontes de contaminação bem conhecidas. Usou-se regressão logística para identificar associações entre concentração de chumbo no esmalte e fatores de risco ambientais. Covariáveis familiares e sociais foram incluídas nos modelos. RESULTADOS: Os resultados sugerem que os jovens avaliados foram expostos a fontes de chumbo durante seus primeiros anos de vida. Os fatores de risco associados com o desfecho foram residir em área contaminada por chumbo ou nas suas proximidades (OR = 4...

Efecto in vitro sobre el esmalte dental de cinco tipos de bebidas carbonatadas y jugos disponibles comercialmente en el Paraguay

Balladares,A; Becker,M
Fonte: Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Salud Publicador: Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.93%
La erosión dental es la pérdida de tejidos mineralizados dentarios por procesos químicos debido a ácidos provenientes de fuentes intrínsecas o extrínsecas, y cuya frecuencia va en aumento. Este estudio in vitro de corte longitudinal fue realizado en 50 premolares humanos ex vivo, para determinar el efecto de cinco bebidas carbonatadas y jugos comerciales sobre el esmalte dental por exposición controlada por cuatro semanas. Las mediciones se realizaron con un estereoscopio Nikon modelo 1641072. El 100% de las bebidas estudiadas, Coca Cola®, Niko Naranja®, Pulp Pomelo®, Frugos Naranja® y Puro Sol Naranja® tuvo efecto erosivo sobre el esmalte dental, iniciándose las lesiones desde la segunda semana. Se evidenció que en la primera semana, el esmalte de todas las fases dentarias sometidas a las cinco bebidas, se situaba en el score 0 (cero), es decir el esmalte se mantenía liso y brillante. En la segunda semana ya se observó un esmalte rugoso y opaco (score 2) en todos los grupos. En la tercera semana aparecieron fases dentarias con score 3 (rugoso, opaco y con pérdida de sustancia); y en la cuarta semana, predominaron las fases dentarias con score 3. Coca Cola® y Niko Naranja® fueron las bebidas que produjeron con mayor frecuencia lesiones más severas como socavados (score 3). Se concluye que el tipo de bebida y la frecuencia de consumo tienen efecto sobre el esmalte dental...