Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Estrutura e desempenho das cooperativas agropecuarias de cafe do estado de São Paulo

Jader Bianco
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2000 Português
Relevância na Pesquisa
25.96%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a gestão e o desempenho econômico-financeiro das cooperativas agropecuárias de café do Estado de São Paulo, face as mudanças nos ambientes econômicos brasileiro e mundial. Especificamente foram analisados os principais indicadores de desempenho, as estratégias e as formas de gestão das cooperativas agropecuárias, para os anos de 1992 e 1997, através dos dados obtidos nos projetos elaborados para enquadramento no Programa de Revitalização de Cooperativas de Produção Agropecuária-Recoop e nos Relatórios das Diretorias e Balanços Anuais das cooperativas em estudo, utilizando-se das técnicas de análise fatorial em cOmponentes principais, complementada pela análise hierárquica. Os dados da análise não permitiram identificar um modelo único e estruturado de gestão cooperativa, evidenciando que a necessidade de participar de um mercado competitivo, em condições de igualdade com outras empresas comerciais, gera conflitos na gestão cooperativa. O leque de atividades, comerciais e de prestação de serviços, das cooperativas agropecuárias, ampliou-se de tal maneira que dificultou a adnúnistração, tornando-as, em muitos casos, dispersivas e pouco efetivas, com carência de sistemas de controle e avaliação de desempenho. Observou-se que algumas das atividades comerciais alternativas fora do foco principal de algumas cooperativas...

Orientação produtiva na agropecuaria brasileira : uma analise comparativa entre 1970 e 1985, com base nas mesorregiões homogeneas

Luis Carlos Ferreira de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/1995 Português
Relevância na Pesquisa
16.05%
o presente trabalho tem o objetivo principal de analisar a orientação produtiva da atividade agropecuária. tomando-se como base as Mesorregiões Geográficas do Brasil. De modo específico. busca-se estudar as possiveis mudanças ocoródas na agropecuáóa de 1970 para 1985. utilizando-se inclusive a formação de grupos de mesorregiões relativamente homogêneos. Os dados são provenientes dos Censos Agropecuáóos de 1970 e 1985 (da FIBGE) e se referem a 88 mesorregiões geográficas. Foram elaboradas 24 vaóáveis relacionadas a: estrutura fundiáóa. estrutura da produção. nivel tecnol6gico e indicadores s6cio-econômicos (com dados sobre pessoal ocupado). Além de análises descritivas foram utilizados os métodos de análise fatorial em componentes principais e a classificação automática hierárquica. Foram então constituidos 6 grupos de mesorregiões para 1970 e 5 grupos para 1985. Através da comparação dos dados dos Censos Agropecuáóos de 1970, 1975, 1980 e 1985 foi possivel constatar que houve reversão do dinamismo da agropecuáóa no periodo 1980/85. Várias atividades que vinham apresentando crescimento acentuado desde 1970 até 1980 mudam as tendências em 1980/85, chegando em alguns casos a voltar aos mesmos patamares de 1970. Os métodos empregados deixam claro a ocorrência de diversas particulaódades importantes...

Avaliação hospitalar

Silva, Luis Antonio
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 132 f.| tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
16.05%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública; Este trabalho analisa o instrumento de avaliação hospitalar do Programa Nacional de Avaliação dos Serviços Hospitalares - PNASH - proposto pelo Ministério da Saúde, em seu componente de avaliação técnica. Tal instrumento visa pesquisar de maneira sistematizada os serviços, os gestores e manter um canal permanente com o usuário para aferir a sua satisfação, bem como a obtenção de indicadores precisos e padrões adequados de qualidade de assistência. Tendo como base o banco de dados da Secretaria de Estado da Saúde do Mato Grosso, compilado através da aplicação do instrumento em 119 hospitais vinculados ao Sistema Único de Saúde no ano de 1998, foram utilizadas técnicas estatísticas de análise não-paramétrica (teste de Kruskal-Wallis) e análise de agrupamento (análise fatorial de correspondência múltipla, classificação hierárquica e por partição), além de uma avaliação conceitual do instrumento e de seus atributos e modos de pontuação, com o objetivo de analisar se o PNASH apresenta características adequadas para avaliação de sistemas de rede hospitalar e como método de avaliação para todo e qualquer tipo de hospital. O teste de Kruskall-Wallis permitiu uma classificação dos hospitais por ordem de qualidade...

Análise espacial: conceito, método e aplicabilidade

Giavoni,Adriana; Tamayo,Álvaro
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
26.12%
A proposta deste artigo foi introduzir um novo tipo de análise - a análise espacial. Baseada em conceitos matemáticos inseridos na análise fatorial, esta análise permite avaliar espacialmente o objeto de estudo. Utilizando os conceitos de dimensão e base vetorial, pôde-se representar e avaliar espacialmente o esquema masculino que compõem o Inventário dos Esquemas de Gênero do Autoconceito (IEGA). Por ser uma estrutura tridimensional, este esquema foi representado graficamente. Análises algébricas podem ser realizadas para estruturas espaciais superiores a três dimensões. A análise espacial permite integrar as dimensões que constituem o objeto de estudo, formando uma estrutura unitária; avaliar o objeto de estudo a partir de novas variáveis - as variáveis espaciais e avaliar uma estrutura hierárquica. Para uma avaliação mais completa do objeto, a análise espacial deve ser realizada conjuntamente com as análises parcial e total.

Percepção de apoio social na adolescência: análise fatorial confirmatória da escala Social Support Appraisals

Antunes,Cristina; Fontaine,Anne Marie
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.13%
Durante a adolescência, a percepção de apoio social parece estar relacionada com o ajustamento psicossocial do adolescente e com o processo de desenvolvimento da sua auto-estima e da sua identidade. Este estudo aprecia algumas das qualidades psicométricas de um instrumento construído por Vaux para avaliar a percepção dos adolescentes do apoio emocional recebido da família, dos amigos e dos professores, o Social Support Appraisal (SSA). A sua consistência interna em estudantes portugueses do 7º ao 12º ano de escolaridade é satisfatória e melhora com a progressão na escolaridade. A sua estrutura, evidenciada graças ao recurso à técnica de modelação de estruturas covariantes (análise fatorial confirmatória, com o programa EQS, Bentler) revelou-se multidimensional e hierárquica, formada por um fator de segunda ordem e por três fatores de primeira ordem, que diferenciam a percepção de apoio social dos amigos, dos professores e da família.

Validação cruzada de uma escala de clima organizacional

Laros,Jacob A.; Puente-Palacios,Katia E.
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
66.6%
A estabilidade da estrutura fatorial de uma escala de clima organizacional com 66 itens foi investigada. A amostra de 61.349 respondentes foi dividida aleatoriamente em duas partes, a primeira para identificação da estrutura fatorial, a segunda para verificação da sua replicabilidade. O critério adotado para identificar o número de fatores resultou na extração de sete fatores. Para obter uma estrutura fatorial satisfatória 23 itens foram eliminados. Uma segunda análise fatorial dos 43 itens restantes indicou sete fatores explicando 63,4% da variância. Uma análise fatorial de segunda ordem revelou um fator geral explicando 55,5% da variância. Para verificar a estabilidade da estrutura fatorial, os mesmos procedimentos e critérios foram empregados na segunda amostra. Os resultados indicam uma grande estabilidade da estrutura fatorial hierárquica da escala de clima organizacional, com sete fatores de primeira ordem e um fator geral de segunda ordem.

O ensino da leitura e da escrita no 1º ano de escolaridade: os resultados dos alunos em leitura

Gaitas, Sérgio Miguel Protásio
Fonte: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: ISPA - Instituto Universitário das Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
25.96%
Tese de Doutoramento em Psicologia Aplicada, Área de especialidade Psicologia Educacional; O presente estudo teve como objetivo caracterizar as práticas de ensino da linguagem escrita em Portugal e perceber o seu impacto na aquisição da leitura no final do 1º ano de escolaridade. A primeira etapa deste estudo correspondeu a um estudo descritivo e comparativo com o realizado por Fijalkow (2003) em França. A partir da resposta a um questionário de 883 professores foi possível verificar que os professores dos dois países se aproximam no que diz respeito aos aspetos metodológicos do ensino da leitura e à avaliação da leitura e da escrita dos alunos. Contudo, os professores portugueses dizem utilizar com maior frequência do que os professores franceses, atividades a partir de livros infantis, outros materiais para além do manual e diferentes propostas de escrita. Na segunda etapa deste estudo, o questionário utilizado foi validado através da sua estrutura fatorial e foram utilizados os fatores revelados para a realização de uma análise hierárquica de clusters. Esta análise revelou três grupos de professores: a) um grupo de professores que centra as suas práticas no ensino do código da linguagem escrita (unidades curtas); b) um grupo que realça a construção de significado na interação com o material escrito (unidades longas); c) e um grupo de professores que reúne nas suas práticas características de ambos os grupos referidos anteriormente (unidades diversificadas). A terceira etapa realizada diz respeito à validação das respostas do questionário através da observação de sala de aula. Foram selecionados 5% dos professores de cada um dos três grupos constituídos (N=42). Cada professor foi observado duas vezes durante 60 minutos em situações escolhidas por si como situações privilegiadas para o ensino da linguagem escrita. Através da utilização de uma grelha de observação que divide as atividades desenvolvidas em atividades que remetem para o código ou para o significado...

Análise espacial: conceito, método e aplicabilidade

Giavoni, Adriana; Tamayo, Álvaro
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
26.12%
A proposta deste artigo foi introduzir um novo tipo de análise – a análise espacial. Baseada em conceitos matemáticos inseridos na análise fatorial, esta análise permite avaliar espacialmente o objeto de estudo. Utilizando os conceitos de dimensão e base vetorial, pôde-se representar e avaliar espacialmente o esquema masculino que compõem o Inventário dos Esquemas de Gênero do Autoconceito (IEGA). Por ser uma estrutura tridimensional, este esquema foi representado graficamente. Análises algébricas podem ser realizadas para estruturas espaciais superiores a três dimensões. A análise espacial permite integrar as dimensões que constituem o objeto de estudo, formando uma estrutura unitária; avaliar o objeto de estudo a partir de novas variáveis – as variáveis espaciais e avaliar uma estrutura hierárquica. Para uma avaliação mais completa do objeto, a análise espacial deve ser realizada conjuntamente com as análises parcial e total.

Percepção de apoio social na adolescência: análise fatorial confirmatória da escala Social Support Appraisals; Social support appraisals during adolescence: a confirmatory factor analysis of the Social Support Appraisals scale

Antunes, Cristina; Fontaine, Anne Marie
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.13%
Durante a adolescência, a percepção de apoio social parece estar relacionada com o ajustamento psicossocial do adolescente e com o processo de desenvolvimento da sua auto-estima e da sua identidade. Este estudo aprecia algumas das qualidades psicométricas de um instrumento construído por Vaux para avaliar a percepção dos adolescentes do apoio emocional recebido da família, dos amigos e dos professores, o Social Support Appraisal (SSA). A sua consistência interna em estudantes portugueses do 7º ao 12º ano de escolaridade é satisfatória e melhora com a progressão na escolaridade. A sua estrutura, evidenciada graças ao recurso à técnica de modelação de estruturas covariantes (análise fatorial confirmatória, com o programa EQS, Bentler) revelou-se multidimensional e hierárquica, formada por um fator de segunda ordem e por três fatores de primeira ordem, que diferenciam a percepção de apoio social dos amigos, dos professores e da família.; Social support has been studied as an important variable, related to several aspects of Human behaviour and psychological well-being. During adolescence, the perception of support from the most important network resources - such as family, peers and teachers - seems to be related to the children's psychosocial adjustment...