Página 1 dos resultados de 688 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Estudo de intervenção nutricional aleatorizado em adultos com sobrepeso em Unidade Básica de Saúde.; Randomized nutritional intervention trial in overweight adults at a Primary Health Care Center.

Sartorelli, Daniela Saes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.56%
Ensaio clínico aleatorizado conduzido para avaliar o impacto de intervenção intensiva para mudança de estilo de vida em indivíduos com sobrepeso em um Centro de Saúde-Escola em São José do Rio Preto, Estado de São Paulo, Brasil. Dos 259 voluntários (203 mulheres e 56 homens; idade entre 25 e 72 anos) que concordaram em participar do estudo, 104 foram elegíveis (83 mulheres e 21 homens), sendo distribuídos aleatoriamente em dois grupos: grupo intervenção (10 homens e 41 mulheres), com acompanhamento nutricional individualizado, e grupo controle (11 homens e 42 mulheres), que receberam somente orientações gerais e folheto explicativo sobre estilo de vida saudável. A avaliação da composição corporal, indicadores bioquímicos, consumo alimentar e estilo de vida - incluindo-se a prática de atividades físicas, foi realizada no princípio, após 6 meses e 1 ano de estudo. A intervenção nutricional consistiu de incentivo ao consumo de frutas, vegetais, óleo de oliva e produtos lácteos pobres em gordura, associados com a redução do consumo de gorduras saturadas e doces, bem como o estímulo à prática de atividades físicas por pelo menos 30 minutos ao dia. O programa de intervenção mostrou-se efetivo na redução do consumo de calorias...

Desenvolvimento de snack rico em ferro e vitamina A e intervenção nutricional em crianças com HIV/Aids; Development of an extruded enriched food with iron and vitamin A for nutritional intervention in a HIV/AIDS children population

Lima, Suzana Cristina de Toledo Camacho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
56.53%
As crianças infectadas por HIV/Aids apresentam desnutrição e deficiências nutricionais, como anemia por deficiência de ferro e hipovitaminose A, causando prejuízo ao crescimento e desenvolvimento e imunodepressão. A fortificação de alimentos é vista como uma estratégia promissora para o combate de deficiências nutricionais. Objetivo: Desenvolver e testar aceitação e eficiência de snack de milho e pulmão bovino, rico em ferro e vitamina, na redução de anemia e hipovitaminose A, em crianças com HIV/Aids. Metodologia: Inicialmente, foi realizado um estudo transversal para caracterização do estado nutricional e alterações hematológicas - anemia e dislipidemias, em 63 crianças, com idade entre 5-10 anos, com HIV/Aids da Unidade de Infectologia do Instituto da Criança - HCFMUSP. Paralelamente, foi desenvolvido o snack rico em ferro e vitamina A, através da extrusão termoplástica, utilizando-se como matérias-primas: grits de milho degerminado e pulmão bovino liofilizado desengordurado (m/m, 90:10), como fonte de ferro heme, altamente biodisponível. A aromatização foi feita com os sabores bacon, cebola e salsa, e morango; neste processo, utilizou-se substituto de gordura e acetato de retinol para fortificação. A aceitação do snack...

A alimentação saudável na ótica dos adolescentes e o impacto de uma intervenção nutricional com materiais educativos baseados no Modelo Transteórico entre escolares em Brasília - DF; Healthy diet under the perspective of adolescents and the impact of a nutritional intervention with educational materials based on the Transtheoretical Model among students in Brasília-DF

Bertolin, Maria Natacha Toral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.47%
Introdução Frente à dieta pouco saudável dos adolescentes, é necessário aprofundar o conhecimento sobre seu comportamento alimentar e desenvolver intervenções nutricionais de impacto, como as baseadas no Modelo Transteórico, direcionando ações segundo os estágios de mudança. Objetivo - Caracterizar as percepções sobre alimentação saudável na ótica dos adolescentes e avaliar o impacto de uma intervenção nutricional com materiais educativos baseados no Modelo Transteórico entre adolescentes de escolas públicas de Brasília, Distrito Federal. Métodos Foi desenvolvido estudo qualitativo entre adolescentes com perguntas sobre: percepção e motivação para modificar a dieta; conceito de alimentação saudável e barreiras para sua adoção; e características de impressos para promoção de alimentação saudável. Posteriormente, conduziu-se estudo experimental randomizado durante 6 meses entre adolescentes. O grupo intervenção recebeu mensalmente revistas e informativos voltados para a promoção de uma alimentação saudável. Avaliaram-se o consumo habitual de frutas e hortaliças, os estágios de mudança, os escores de auto-eficácia e de equilíbrio de decisões, além do sexo, idade, estado nutricional e renda familiar. Resultados Nos 4 grupos focais conduzidos...

Impacto de uma intervenção nutricional sobre a qualidade da dieta de trabalhadores adultos; Impact of an intervention on the quality of diet of workers

Bombem, Kelly Cristina de Moura
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.44%
Introdução: As taxas de sobrepeso e obesidade vêem aumentando nos últimos anos e esta tendência se reflete também nos trabalhadores. O ambiente de trabalho é um local estratégico para ações de incentivo a adoção de estilos de vida saudáveis, através da alimentação, atividade física e controle de peso. Objetivo: Avaliar o impacto de uma intervenção nutricional no local de trabalho sobre a qualidade da dieta de trabalhadores adultos no município de São Paulo. Métodos: Trata-se de um ensaio comunitário controlado que teve duração de 6 meses, envolvendo 279 trabalhadores de 4 empresas da cidade de São Paulo. A intervenção foi baseada no automonitoramento de peso com apoio de um programa de computador denominado Programa Peso Saudável, em que o trabalhador enviava seu peso, via e-mail, e recebia um gráfico de acompanhamento com mensagens de estímulos a comportamentos saudáveis de alimentação e atividade física. A dieta foi avaliada por meio de recordatório alimentar de 24h e a Qualidade Global da Dieta foi avaliada pelo Índice de Qualidade da Dieta (IQDa) adaptado para ajuste energético. Este índice é composto por 10 componentes (1-Cereais e tubérculos; 2- Verduras e legumes; 3- Frutas; 4- Leite e produtos lácteos; 5- Carnes e ovos e 6- Leguminosas; 7- Gordura total; 8- Gordura saturada; 9- Sódio e 10- Variedade)...

Interação entre polimorfismos de genes envolvidos na homeostase energética e na sensibilidade à insulina e a resposta a uma intervenção dietética para a redução do peso corporal em indivíduos obesos; Interaction between polymorphisms of genes involved in energy homeostasis andinsulin sensitivity and response to a dietary intervention for weight reduction in obese individuals

Oliveira, Raquel de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.44%
Neste estudo, foram incluídos 201 indivíduos com idade de 30 a 80 anos, sendo 100 obesos (IMC> 30 kg/m2) e 101 indivíduos do grupo controle. Os obesos participaram do programa de orientação nutricional para redução do peso corporal. As medidas antropométricas, avaliação da composição corporal e o perfil metabólico foram avaliados no grupo total. Os polimorfismos genéticos foram analisados pela técnica de PCR em tempo real e apenas o polimorfismo do gene IL 6 por PCR convencional. A avaliação de consumo alimentar foi realizada em apenas 73 indivíduos obesos que completaram o programa de orientação nutricional. Não encontramos associação entre os polimorfismos estudados e a obesidade em nosso estudo. No polimorfismo LEP -2548G>A, os indivíduos do grupo controle apresentaram concentração elevada de VLDL-c e triglicérides. Para o polimorfismo LEP 19A>G, os indivíduos obesos apresentaram concentração elevada de VLDL-c, insulina, HDL-c e valores aumentados de Homaβ e o grupo controle apresentou a concentração elevada de hemoglobina glicada. Para o polimorfismo LEPR Lys109Arg (c.326A>G), os obesos apresentaram valores aumentados de CA e RCQ e concentração elevada de ApoB e HDL-c, enquanto que os indivíduos do grupo controle apresentaram os valores aumentados de IMC...

Intervenção nutricional educativa: promovendo a saúde de adultos e idosos em universidades abertas à terceira idade; Intervention : promoting health to the adults and elderly in open universities to the third age

Mancuso, Ana Maria Cervato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/08/1999 Português
Relevância na Pesquisa
56.49%
Objetivo: avaliar uma intervenção nutricional educativa desenvolvida para alunos de Universidades Abertas à Terceira Idade. Metodologia: a população de estudo foi constituída por indivíduos com 45 anos de idade ou mais, freqüentadores de quatro instituições de ensino no Município de São Paulo. O delineamento consistiu em estudo quase experimental do tipo "antes" e "depois", sem grupo controle. A ação educativa (quatro aulas de três horas cada; distribuição de uma apostila com o conteúdo das aulas e de guia alimentar com orientações gerais) era parte das atividades oferecidas pelas instituições e foi desenvolvida por nutricionistas durante o segundo semestre de 1996. Os dados pessoais, morbidade referida e de conhecimentos sobre nutrição foram coletados por meio de questionário autoaplicado. O conhecimento foi identificado aplicando-se teste especialmente elaborado. As práticas alimentares, identificadas por meio de registro de alimentos de três dias, tiveram como variáveis analisadas: valor energético total, proporção de macro nutrientes. teor de colesterol, de vitamina A, de cálcio e de ferro. O estado nutricional foi diagnosticado pelo Índice de Massa Corpórea. Resultados: a população inicial era constituída de 121 indivíduos...

Intervenção nutricional previne alterações do perfil lipídico em indivíduos HIV-Positivo que iniciam terapêutica anti-retroviral : um ensaio clínico randomizado

Lazzaretti, Rosmeri Kuhmmer
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.64%
Introdução: A Terapia Anti-Retroviral combinada (TARV) em indivíduos infectados com HIV-1 está associada ao desenvolvimento de dislipidemia, que é caracterizada por hipertrigliceridemia e hipercolesterolemia. As diretrizes atuais recomendam dieta e exercício físico como primeira intervenção para indivíduos HIV-1 com dislipidemia secundária aos anti-retrovirais, mas não há evidências clínicas com estudos randomizados que sustentem estas recomendações. Objetivo: Avaliar a influência da intervenção nutricional no desenvolvimento de dislipidemia em indivíduos com HIV-1 que iniciam TARV. Métodos: Indivíduos em acompanhamento regular e que preencheram os critérios de inclusão (necessidade de iniciar terapia anti-retroviral, idade >=18 anos e aceitar participar do estudo) e exclusão (gestantes, doença oportunista ativa, deficiência mental, diabetes melito, uso de drogas que alteram o perfil lipídico, hipolipemiantes ou drogas ilícitas), foram selecionados no ambulatório de HIV/AIDS do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Brasil). Os pacientes foram randomizados para receberem orientação nutricional para uma reeducação alimentar antes de iniciar a terapia anti-retroviral, e posteriormente orientação trimestral enfocando as dislipidemias...

Efeito de um programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e os hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério

Monteiro, Rita de Cássia de Assunção; Riether, Priscila Trapp Abbes; Burini, Roberto Carlos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 479-489
Português
Relevância na Pesquisa
56.49%
OBJETIVO: Foi avaliar o efeito de programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério. MÉTODOS: Trabalhou-se com 2 grupos de 15 pessoas por 40 semanas: Grupo Dieta (intervenção nutricional) e Grupo Exercício (intervenção nutricional e exercício). RESULTADO: As reduções do peso (-2,3kg para Grupo Dieta e -5,3kg para o Grupo Exercício) e da circunferência da cintura (-4,8cm para Grupo Dieta e -7,6cm para Grupo Exercício), foram maiores para o Grupo Exercício. Foi verificada evolução positiva na classificação do Índice de Massa Corporal para ambos os grupos, sendo que o Grupo Exercício respondeu melhor ao tratamento. O padrão alimentar foi considerado monótono e com baixo consumo de alimentos regionais. CONCLUSÃO: O programa foi efetivo para perda de peso, em maior intensidade na presença de exercício. A educação alimentar proposta foi capaz de acarretar mudanças nos hábitos alimentares.; OBJECTIVE: The effects of a mixed program of nutrition intervention and physical exercise on body composition and feeding habits were evaluated in obese climacteric women. METHODS: Thirty participants were randomly assigned in 2 groups during 40 weeks: Diet Group (nutritional intervention) and Exercise Group (nutritional intervention and exercise). RESULTS: Weight reductions (Diet Group 2...

Efeito de uma intervenção nutricional em doentes de Parkinson submetidos a cirurgia de estimulação cerebral profunda : trabalho de investigação : effect of a nutritional intervention on Parkinson´s disease patients after deep brain stimulation surgery

Silva, Eduarda Filipa Matos
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
Português
Relevância na Pesquisa
56.63%
Resumo da tese: Introdução: O tratamento à base de Levodopa é o mais usado na Doença de Parkinson e a alimentação parece ter um papel importante na sua eficácia(1-3). Vários estudos indicam que com a evolução da doença há uma tendência para perder peso(4) e que com a cirurgia de estimulação cerebral profunda (DBS) surge uma tendência para aumentar de peso(5-7). Deste modo para além de ser um adjuvante à medicação, a alimentação é também importante para a manutenção de um peso saudável. Os objectivos deste estudo foram determinar as diferenças no estado nutricional provocadas pela própria DBS e verificar o efeito de uma intervenção nutricional com restrição e redistribuição proteica no estado nutricional e capacidades funcionais do doente. Métodos: Os indivíduos, todos submetidos a DBS, foram divididos em 2 grupos. Um dos grupos teve uma intervenção no pós-operatório imediato, sendo avaliado no pré, pós-cirúrgico de imediato e pós-cirúrgico tardio. O outro grupo não teve qualquer intervenção nutricional no pré ou pós-cirúrgico imediato, recebendo-a no pós-cirúrgico tardio, sendo avaliado no pós-cirúrgico tardio e numa 2ª consulta após intervenção nutricional. Os doentes foram submetidos a uma avaliação clínica e nutricional. A intervenção nutricional consistiu na elaboração de um plano alimentar estruturado e detalhado com restrição e redistribuição proteica. Para a análise estatística recorreu-se ao programa informático SPSS 14.0 para o Windows®. Resultados: Verificou-se diferenças com significado estatístico entre os grupos quanto ao IMC (p=0...

Resultado de intervenção nutricional em crianças e adolescentes com fibrose cística

Gaspar,Maria Cristina A.; Chiba,Sônia M.; Gomes,Clóvis E.T.; Juliano,Yara; Novo,Neil F.; Ancona-Lopez,Fabio
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.63%
Objetivo: poucos estudos têm verificado longitudinalmente a evolução do estado nutricional de pacientes com fibrose cística. O objetivo deste estudo foi acompanhar a evolução do estado nutricional, composição corporal e consumo de energia, macro e micronutrientes ingeridos por crianças e adolescentes, mediante intervenção nutricional, no Ambulatório de Fibrose Cística/Pneumologia Pediátrica, do Departamento de Pediatria da UNIFESP.Métodos: a casuística constituiu-se de 18 pacientes, sendo 13 do sexo masculino e 5 do feminino, faixa etária de 0,3 a 18,4 anos. Realizaram-se 3 avaliações: no momento 1 (M1: pré-intervenção nutricional), no M2, após 6 meses, e no M3, após 12 meses. Foram analisados nos 3 momentos: o escore Z de peso/idade (P/I), peso/estatura (P/E) e estatura/idade (E/I) e o cálculo do registro alimentar de 3 dias. No M1 e M3, verificou-se a composição corporal (antropometria). A conduta nutricional foi hipercalórica, hiperprotéica e houve adequação de macro e micronutrientes.Resultados: observou-se aumento significante do escore Z de E/I (M1=-1,07; M2=-0,69; M3=-0,50) e de massa magra após a intervenção nutricional, sem melhora no escore Z de P/E e massa gorda. Verificou-se aumento no consumo energético nos M2 (139%) e M3 (132%) em relação ao M1 (106%). Houve considerável aumento no consumo de proteína...

Estado nutricional e carência de ferro em crianças freqüentadoras de creche antes e 15 meses após intervenção nutricional

Biscegli,Terezinha Soares; Corrêa,Carlos Elysio C.; Romera,João; Candido,André Binotti
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.5%
OBJETIVO: Comparar o estado nutricional e a prevalência de carência de ferro em crianças freqüentadoras de creche antes e 15 meses após orientação nutricional e intervenção terapêutica. MÉTODOS: Estudo coorte com 52 crianças de 32 a 78 meses de idade, freqüentadoras de uma creche em Catanduva, São Paulo, avaliadas em dois períodos: antes e 15 meses após receberem tratamento para anemia e correção das alterações no estado nutricional. O estado nutricional das crianças foi avaliado por meio da curva da Organização Mundial de Saúde (2006). O diagnóstico de carência de ferro foi realizado por dosagem de hemoglobina e nível de ferritina sérica. Dados adicionais das crianças não eutróficas foram obtidos por meio de entrevistas com suas mães. RESULTADOS: Observou-se 2% de desnutrição aguda e 8% de obesidade, não havendo diferença significante entre os dois períodos. 12% das crianças apresentaram anemia, havendo diminuição do número de crianças com anemia após o tratamento. Dois novos casos de obesidade e cinco de carência de ferro surgiram durante o período de intervenção nutricional. Das oito crianças com alterações nutricionais no período inicial, 63% das mães procuraram atendimento médico para tratamento. CONCLUSÕES: O tratamento dos distúrbios nutricionais e da carência de ferro diminuiu o número de crianças afetadas. O aparecimento de novos casos de obesidade e anemia serve de alerta para a necessidade de outras medidas preventivas tanto na creche como no âmbito familiar.

Intervenção nutricional educativa como ferramenta eficaz para mudança de hábitos alimentares e peso corporal entre praticantes de atividade física

Teixeira,Pryscila Dryelle Sousa; Reis,Bruna Zavarize; Vieira,Diva Aliete dos Santos; Costa,Dayanne da; Costa,Jamille Oliveira; Raposo,Oscar Felipe Falcão; Wartha,Elma Regina Silva de Andrade; Netto,Raquel Simões Mendes
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.49%
O presente estudo avaliou a eficácia de dois métodos de intervenção nutricional educativa entre mulheres praticantes de atividade física regular visando à adoção de práticas alimentares saudáveis. A população foi constituída de 52 mulheres de 19 a 59 anos, frequentadoras do Programa Academia da Cidade (Aracaju, SE). O estudo teve delineamento de comparação de dois grupos de intervenção e foi do tipo pré-teste/pós-teste. As ações educativas foram baseadas em dois protocolos, uma com ação menos intensiva (Grupo P1) e outra mais intensiva (Grupo P2), num período de dois meses. As variáveis analisadas foram as de conhecimento nutricional, medidas antropométricas e mudanças nos hábitos alimentares. As modificações identificadas foram melhora nos hábitos alimentares e redução do peso e Índice de Massa Corpórea para o Grupo P2. As modificações citadas referiram-se, principalmente, ao aumento do consumo de frutas, verduras e legumes, redução de gordura das preparações, redução do volume do alimento ingerido por refeição e aumento do fracionamento da dieta. Em relação aos conhecimentos em nutrição apenas 2 das 12 perguntas apresentaram aumento significativo da nota. A intervenção nutricional mais intensiva mostrou-se eficaz para mudanças de hábitos alimentares com repercussão na perda de peso corporal.

Avaliação da efetividade na mudança de hábitos com intervenção nutricional em grupo

Franzoni,Bruna; Lima,Lena Azeredo de; Castoldi,Luciana; Labrêa,Maria da Graça Alves
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
O padrão alimentar inadequado, a inatividade física, o tabagismo e o consumo de álcool representam um complexo de fatores de risco para doenças e agravos não transmissíveis. A promoção de práticas alimentares saudáveis representa estratégia fundamental para o enfrentamento dos problemas alimentares e nutricionais da atualidade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar se a participação do usuário em uma intervenção nutricional em grupo foi capaz de modificar os seus hábitos alimentares. A pesquisa foi realizada em um serviço público de saúde, em Porto Alegre [RS]. Trata-se de um estudo experimental, de natureza quali-quantitativa, no qual os participantes do grupo foram avaliados antes e depois da intervenção nutricional. A amostra final foi de 10 participantes, de ambos os sexos, com idade média de 48 anos, predomínio de ensino médio, com renda familiar média de dois salários mínimos e prevalência de sobrepeso. Os resultados demonstraram que o objetivo do estudo foi atingido, uma vez que o grupo apresentou melhora dos hábitos alimentares, com consequente perda de peso. Conclui-se que houve a efetividade na intervenção realizada em grupo, com ênfase na alimentação e nutrição, e se recomenda a sua implantação na rotina dos serviços do Sistema Único de Saúde.

Efeito de um programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e os hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério

Monteiro,Rita de Cássia de Assunção; Riether,Priscila Trapp Abbes; Burini,Roberto Carlos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
56.49%
OBJETIVO: Foi avaliar o efeito de programa misto de intervenção nutricional e exercício físico sobre a composição corporal e hábitos alimentares de mulheres obesas em climatério. MÉTODOS: Trabalhou-se com 2 grupos de 15 pessoas por 40 semanas: Grupo Dieta (intervenção nutricional) e Grupo Exercício (intervenção nutricional e exercício). RESULTADO: As reduções do peso (-2,3kg para Grupo Dieta e -5,3kg para o Grupo Exercício) e da circunferência da cintura (-4,8cm para Grupo Dieta e -7,6cm para Grupo Exercício), foram maiores para o Grupo Exercício. Foi verificada evolução positiva na classificação do Índice de Massa Corporal para ambos os grupos, sendo que o Grupo Exercício respondeu melhor ao tratamento. O padrão alimentar foi considerado monótono e com baixo consumo de alimentos regionais. CONCLUSÃO: O programa foi efetivo para perda de peso, em maior intensidade na presença de exercício. A educação alimentar proposta foi capaz de acarretar mudanças nos hábitos alimentares.

Intervenção nutricional pautada na estratégia de oficinas em um serviço de promoção da saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais

Silva,Camila Pereira da; Carmo,Ariene Silva do; Horta,Paula Martins; Santos,Luana Caroline dos
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.43%
OBJETIVO: Avaliar as oficinas como uma estratégia de intervenção nutricional, com foco na aquisição de informações em nutrição e na percepção de mudanças de hábitos alimentares. MÉTODOS: Estudo de intervenção com usuários de uma Academia da Cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Realizaram-se quatro oficinas, com frequência mensal e duração de trinta minutos cada uma, pautadas no "Guia Alimentar para a População Brasileira" e nos "Dez Passos para uma Alimentação Saudável". Aplicaram-se questionários para avaliar a aquisição de informações em nutrição antes e depois da execução das oficinas, investigar a percepção de mudanças de hábitos alimentares após três meses da intervenção e identificar as principais dificuldades verificadas nesse processo. Um observador apontou a viabilidade de execução das oficinas. RESULTADOS: O número de participantes das oficinas variou de 71 a 132. Houve maior ocorrência (80%) de mulheres, com média de 55,8 (±10,6) anos. Identificou-se incremento estatisticamente significante na média total de acertos das questões do questionário de avaliação da aquisição de informações em três dos quatro encontros. Ademais, 90,9% dos participantes referiram alguma mudança de hábito alimentar...

Estado nutricional e carência de ferro em crianças freqüentadoras de creche antes e 15 meses após intervenção nutricional; Nutritional status and iron deficiency among children enrolled in a day care center before and after 15 months of nutritional management

BISCEGLI, Terezinha Soares; CORRÊA, Carlos Elysio C.; ROMERA, João; CANDIDO, André Binotti
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.5%
OBJETIVO: Comparar o estado nutricional e a prevalência de carência de ferro em crianças freqüentadoras de creche antes e 15 meses após orientação nutricional e intervenção terapêutica. MÉTODOS: Estudo coorte com 52 crianças de 32 a 78 meses de idade, freqüentadoras de uma creche em Catanduva, São Paulo, avaliadas em dois períodos: antes e 15 meses após receberem tratamento para anemia e correção das alterações no estado nutricional. O estado nutricional das crianças foi avaliado por meio da curva da Organização Mundial de Saúde (2006). O diagnóstico de carência de ferro foi realizado por dosagem de hemoglobina e nível de ferritina sérica. Dados adicionais das crianças não eutróficas foram obtidos por meio de entrevistas com suas mães. RESULTADOS: Observou-se 2% de desnutrição aguda e 8% de obesidade, não havendo diferença significante entre os dois períodos. 12% das crianças apresentaram anemia, havendo diminuição do número de crianças com anemia após o tratamento. Dois novos casos de obesidade e cinco de carência de ferro surgiram durante o período de intervenção nutricional. Das oito crianças com alterações nutricionais no período inicial, 63% das mães procuraram atendimento médico para tratamento. CONCLUSÕES: O tratamento dos distúrbios nutricionais e da carência de ferro diminuiu o número de crianças afetadas. O aparecimento de novos casos de obesidade e anemia serve de alerta para a necessidade de outras medidas preventivas tanto na creche como no âmbito familiar.; OBJECTIVE: To compare the nutritional status and the prevalence of iron deficiency among children enrolled in a day care center before and after 15 months of nutritional management. METHODS: Cohort study of 52 children...

Excesso de peso em pré-escolares: análise de uma intervenção possível; Overweight in preschool children: analysis of a possible intervention

Nascimento, Viviane Gabriela; Salvador, Emanuel Péricles; Silva, Janaína Paula Costa da; Bertoli, Ciro João; Blake, Marcia de Toledo; Leone, Claudio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.5%
INTRODUÇÃO: a obesidade vem aumentando progressivamente na infância. Em resposta a essa tendência, diversas instituições têm realizado programas de prevenção à obesidade infantil. OBJETIVO: elaborar um projeto de intervenção voltado para a prevenção do excesso de peso de crianças de 2 e 3 anos de idade de creches públicas e analisar a viabilidade de sua implantação. MÉTODO: foram sorteadas probabilisticamente nove creches: quatro compondo a amostra objeto da intervenção e cinco para o grupo sem intervenção. Realizaram-se observações sistematizadas para reconhecimento da rotina de alimentação e de atividades físicas nas creches, a partir das quais se delineou e implantou uma intervenção. Foi pré-estabelecido que a intervenção devesse ser simples, de baixo custo, praticamente não elevar a carga de trabalho local e resultar num processo participativo. RESULTADOS: a alimentação era programada pela empresa de merenda escolar terceirizada pela Prefeitura, que oferecia porções superdimensionadas. As atividades físicas eram restritas e sem programação regular. A intervenção nutricional adequou às porções oferecidas no almoço, inclusive evitando a repetição da refeição. Para as atividades físicas...

Avaliação da efetividade na mudança de hábitos com intervenção nutricional em grupo

Franzoni,Bruna; Lima,Lena Azeredo de; Castoldi,Luciana; Labrêa,Maria da Graça Alves
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
O padrão alimentar inadequado, a inatividade física, o tabagismo e o consumo de álcool representam um complexo de fatores de risco para doenças e agravos não transmissíveis. A promoção de práticas alimentares saudáveis representa estratégia fundamental para o enfrentamento dos problemas alimentares e nutricionais da atualidade. O objetivo desta pesquisa foi avaliar se a participação do usuário em uma intervenção nutricional em grupo foi capaz de modificar os seus hábitos alimentares. A pesquisa foi realizada em um serviço público de saúde, em Porto Alegre [RS]. Trata-se de um estudo experimental, de natureza quali-quantitativa, no qual os participantes do grupo foram avaliados antes e depois da intervenção nutricional. A amostra final foi de 10 participantes, de ambos os sexos, com idade média de 48 anos, predomínio de ensino médio, com renda familiar média de dois salários mínimos e prevalência de sobrepeso. Os resultados demonstraram que o objetivo do estudo foi atingido, uma vez que o grupo apresentou melhora dos hábitos alimentares, com consequente perda de peso. Conclui-se que houve a efetividade na intervenção realizada em grupo, com ênfase na alimentação e nutrição, e se recomenda a sua implantação na rotina dos serviços do Sistema Único de Saúde.

Intervenção nutricional educativa como ferramenta eficaz para mudança de hábitos alimentares e peso corporal entre praticantes de atividade física

Teixeira,Pryscila Dryelle Sousa; Reis,Bruna Zavarize; Vieira,Diva Aliete dos Santos; Costa,Dayanne da; Costa,Jamille Oliveira; Raposo,Oscar Felipe Falcão; Wartha,Elma Regina Silva de Andrade; Netto,Raquel Simões Mendes
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.49%
O presente estudo avaliou a eficácia de dois métodos de intervenção nutricional educativa entre mulheres praticantes de atividade física regular visando à adoção de práticas alimentares saudáveis. A população foi constituída de 52 mulheres de 19 a 59 anos, frequentadoras do Programa Academia da Cidade (Aracaju, SE). O estudo teve delineamento de comparação de dois grupos de intervenção e foi do tipo pré-teste/pós-teste. As ações educativas foram baseadas em dois protocolos, uma com ação menos intensiva (Grupo P1) e outra mais intensiva (Grupo P2), num período de dois meses. As variáveis analisadas foram as de conhecimento nutricional, medidas antropométricas e mudanças nos hábitos alimentares. As modificações identificadas foram melhora nos hábitos alimentares e redução do peso e Índice de Massa Corpórea para o Grupo P2. As modificações citadas referiram-se, principalmente, ao aumento do consumo de frutas, verduras e legumes, redução de gordura das preparações, redução do volume do alimento ingerido por refeição e aumento do fracionamento da dieta. Em relação aos conhecimentos em nutrição apenas 2 das 12 perguntas apresentaram aumento significativo da nota. A intervenção nutricional mais intensiva mostrou-se eficaz para mudanças de hábitos alimentares com repercussão na perda de peso corporal.

Diagnóstico de Insegurança Alimentar e Nutricional entre beneficiários do Programa Bolsa Família participantes de oficina de intervenção nutricional

Monteiro, Elma Lúcia de Freitas; Souza, Cassília Rodrigues de; Pinho, Lucinéia de
Fonte: Segurança Alimentar e Nutricional Publicador: Segurança Alimentar e Nutricional
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa descritiva. Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
76.55%
Este estudo buscou descrever a situação de segurança alimentar e nutricional vivenciada por beneficiários do Programa Bolsa Família do Município de Montes Claros (Minas Gerais) participantes de uma oficina de intervenção nutricional. Foram entrevistados 72 beneficiários e obtidas informações sobre idade, renda, escolaridade situação de insegurança alimentar e nutricional, consumo alimentar, avaliação do serviço de saúde, conhecimentos em nutrição e estado nutricional. Foi adotada a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar e Nutricional – com 15 questões que refletem a insegurança alimentar em diferentes níveis. Todas as famílias apresentaram algum grau de Insegurança Alimentar, sendo 48,6%, leve, 34,7%, média e 16,7%, grave. A maioria dos beneficiários (53,5%) classificados com insegurança média apresentou estado nutricional inadequado. Foi verificado o consumo inadequado dos grupos das verduras e legumes (52,6%), leguminosas (53,8%) e cereais (51,6) e sua relação com a insegurança alimentar. Estes resultados reforçam a necessidade de implementação de Políticas Públicas que favoreçam a adoção de hábitos alimentares saudáveis.