Página 1 dos resultados de 7371 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Mapeamento da variabilidade espacial das plantas daninhas com a utilização de ferramentas da agricultura de precisão.; Mapping weed spatial variability using precision farming tools.

Shiratsuchi, Luciano Shozo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Tradicionalmente o manejo das plantas daninhas é realizado levando-se em consideração a infestação média destas plantas nas áreas agrícolas; sendo então adotadas estratégias de manejo de forma homogênea em toda a área. Porém, as plantas daninhas não se distribuem uniformemente, sendo comum o comportamento contagioso, formando manchas ou “reboleiras”. No entanto, a localização e mapeamento de diferentes infestações são tarefas difíceis de serem executadas em larga escala e requerem metodologias adequadas. Desta forma, métodos de determinação dessa variabilidade espacial necessitam de melhores esclarecimentos e estudos científicos. Com o objetivo de estudar o comportamento da variabilidade espacial das plantas daninhas e seu respectivo banco de sementes com a utilização de ferramentas da agricultura de precisão, foram realizados quatro experimentos para avaliar esta variabilidade espacial e temporal e analisar a potencialidade que a mesma pode proporcionar para o manejo racional das plantas daninhas, principalmente a possibilidade da aplicação localizada de herbicidas. O primeiro experimento consistiu do mapeamento do banco de sementes ao longo de dois anos consecutivos no intuito de comparar sua variabilidade espacial com a flora emergente. Concluiu-se que existe uma correlação entre o banco de sementes e a flora emergente e entre bancos de sementes de anos consecutivos...

Mapeamento de QTLs para produção de grãos e seus componentes em uma população de milho tropical; Mapping QTLs for grain yield and its components in a tropical maize population

Bento, Dyeme Antonio Vieira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
A produção de grãos e seus componentes em milho são caracteres controlados por muitos genes, possuindo elevado efeito da interação genótipos x ambientes. Até recentemente, esses caracteres foram estudados utilizando-se modelos estatístico-genéticos baseados no somatório dos efeitos dos locos segregantes nas populações. Com o advento dos marcadores moleculares, desenvolveram-se novos modelos estatístico-genéticos, e mapas genéticos saturados foram construídos possibilitando o mapeamento dos locos (QTLs) que controlam tais caracteres. Assim, o número, posições no genoma e efeitos genéticos de QTLs individuais foram estimados. A maioria dos estudos reportados sobre mapeamento de QTLs em milho utiliza germoplasma temperado, e poucos estudos relatam ocorrência de QTLs possuindo interação com ambientes. Os objetivos deste trabalho foram o mapeamento de QTLs para produção de grãos e seus componentes, avaliando-se o efeito da interação QTLs x ambientes (QTL x E) e evidências de pleiotropia ou ligação gênica entre caracteres, em uma população de milho tropical. Foram utilizadas 256 progênies F2:3 avaliadas em diversos ambientes, sendo o mapa genético construído com 139 marcadores microssatélites (SSRs) e o mapeamento de QTLs e o teste da interação QTLs x ambientes realizados empregando-se o mapeamento por intervalo composto expandido para múltiplos ambientes (mCIM). Os caracteres utilizados foram produção de grãos (PG) e prolificidade (Prol)...

Modelos estatísticos para mapeamento de QTL associados a dados de contagem; Statistical models for QTL mapping associated to counting data

Kamogawa, Karen Pallotta Tunin
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Este estudo teve por objetivo analisar e comparar metodologias estatísticas para fins de mapeamento de QTL associados à resistência a ectoparasitas em bovinos. Os animais, submetidos à infestação artificial, foram periodicamente avaliados por contagens, como número de carrapatos. Estes dados se caracterizam como medidas repetidas e, via de regra, não atendem ou atendem parcialmente as exigências usuais da análise, para mapeamento de QTL, dentre elas a de apresentar distribuição normal e independência dos erros. Ainda não está bem definido qual seria a melhor estratégia para analisar dados com o perfil descrito. Algumas alternativas seriam transformações de dados que permitam o uso dos programas já disponíveis, ou o desenvolvimento de programas que utilizem outras distribuições como Poisson ou Poisson inflada de zeros (ZIP). Esta proposta está inserida na parceria entre EMBRAPA - Gado de Leite e a ESALQ/USP, para desenvolvimento do projeto de mapeamento de QTL em bovinos mestiços (Gir x Holandês), para várias características incluindo a resistência a parasitas. Foram utilizados 263 animais F2, genotipados com 5 marcadores moleculares no cromossomo 23, na tentativa de mapear QTL para característica de resistência a carrapatos. Dados coletados naquela população F2 e dados simulados em diferentes cenários...

Mapeamento de perigo de escorregamentos em áreas urbanas precárias brasileiras com a incorporação do Processo de Análise Hierárquica (AHP); Landslides hazard mapping in Brazilian poor and slum urban areas with the application of the AHP method

Faria, Daniela Girio Marchiori
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.94%
As áreas urbanas precárias, também denominadas de favelas são as mais frequentemente afetadas por escorregamentos e também as mais vulneráveis, gerando danos sociais de maior monta. Este cenário resultou na demanda e no desenvolvimento de uma série de ações do poder público em diferentes municípios e estados brasileiros, culminando com o estabelecimento de um programa federal, vinculado ao Ministério das Cidades, voltado à mitigação destes riscos com o desenvolvimento de mapeamentos e a implantação de planos preventivos de defesa civil, de obras de estabilização e de reurbanização nestas áreas de risco. No estado de São Paulo, o mapeamento de escorregamento em encostas urbanas precárias vem sendo realizado desde 1990, através das iniciativas de órgãos públicos e com a participação de diversas instituições. O método de mapeamento atualmente mais utilizado emprega como técnicas principais a realização de vistorias sistemáticas de campo, investigações de superfície, utilização de fichas descritivas para armazenar as informações coletadas e a delimitação de setores de risco em imagens aéreas recentes e de grande escala e de detalhe. Este método é bastante aplicado e muitas vezes consegue subsidiar satisfatoriamente as ações de mitigação dos riscos de escorregamentos...

Avaliação da estimulação magnética transcraniana navegada no mapeamento anatômico e funcional não invasivo do córtex motor; Evaluation of navigated transcranial magnetic stimulation in anatomical and functional mapping of the motor cortex

Paiva, Wellingson Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.01%
Introdução e objetivos: A estimulação magnética transcraniana (EMT) é um método exclusivo para estimulação cerebral não-invasiva. A diferença fundamental entre EMT e as outras técnicas disponíveis de mapeamento por imagem do cérebro é que se estabelece haver uma relação de causa e efeito entre a resposta fisiológica evocada e o estímulo magnético. A relação entre estrutura e função como a principal característica, constitui uma modalidade de mapeamento cerebral ainda não estabelecido. Os recentes avanços no processamento de imagem permitiram refinar EMT através de sua combinação com a ressonância magnética utilizando-se do sistema de neuronavegação para orientar o posicionamento da bobina em relação ao córtex. Assim a posição da bobina sobre o couro cabeludo pode ser mantida constante conforme verificado pela orientação de navegação em tempo real com registro visual. O objetivo deste estudo foi avaliar a utilidade da EMT no mapeamento cortical motor em comparação com o mapeamento cirúrgico com estimulação cortical direta. Métodos: O estudo foi conduzido com 30 mapeamentos consecutivos em pacientes com programação de cirurgia para tumores adjacentes ao córtex motor. O mapeamento pré-operatório foi realizado com o sistema de estimulação magnética transcraniana navegada. Esta estimulação gera um pulso magnético através de uma bobina. Este método permite estimulação diretamente no córtex cerebral. Eletródios de superfície foram anexados ao abdutor curto do polegar. Em seguida...

Mapeamento faciológico do Subgrupo Itararé na quadrícula de Campinas (SP); not available

Souza Filho, Edvard Elias de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/1986 Português
Relevância na Pesquisa
36.94%
Esta dissertação apresenta os resultados de um mapeamento geológico efetuado na quadrícula de Campinas, área de afloramentos do Subgrupo Itararé. Foram efetuados três modalidades de mapeamento, ou seja o mapeamento litoestratigráfico, o mapeamento estrutural, e por fim o mapeamento faciológico ao qual foi dado maior ênfase, visto que ele permite a reconstrução paleogeográfica quando se utiliza os conceitos de sistemas deposicionais. Foi possível a individualização de sete unidades litoestratigráficas informais, denominadas: Unidade I (Arenitos em Granodecrescências Ascendente), Unidade II (Lamitos), Unidade III (Lamitos e Diamictitos), Unidade IV (Arenitos), Unidade V (Diamictitos e Arenitos), Unidade VI (Arenitos com Marcas Onduladas), Unidade VII (Diamictitos Vermelhos). O mapeamento estrutural permitiu a interpretação de estruturas de caráter local e sub-regional sob a forma de hosts e grabens que afetam os contatos da unidade, altos e baixos de caráter ainda não definidos, que ocorrem vários locais da área de trabalho, e sistemas lineares de falhas e falhas isoladas, entre os quais o Sistema Linear de Cosmópolis, e os Sistemas de Santa Cruz da Boa Vista e o de Salto Grande. O mapeamento faciológico permitiu a individualização de um grande número de fácies litológicas...

Metodologia para o mapeamento da cultura da soja no estado do Rio Grande do Sul utilizando imagens de sensor de moderada resolução espacial; Methodologies for mapping the soybean crop in the state of Rio Grande do Sul using images of moderate spatial resolution sensor

Santos, Juliana Silveira dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O aumento progressivo da demanda mundial por alimentos e a disponibilidade de vastas áreas agrícolas têm servido de estímulo e reforço para o aumento da produção agropecuária que muitas vezes, não considera a capacidade ecológica de suporte dos ambientes e as consequências sociais e econômicas de um crescimento desequilibrado. Em relação às áreas agrícolas no Brasil, na safra 2008/2009 a área cultivada totalizou 47,7 milhões de hectares, o que representou 0,5% a mais que a safra anterior. Entre as culturas de maior representatividade na economia nacional, e, portanto, responsável por parte do incremento na área cultivada do País, destaca-se a soja, atualmente umas das principais commoditys de exportação brasileira. Neste contexto, torna-se importante o desenvolvimento de metodologias que venham auxiliar no monitoramento dessas áreas e na geração de estatísticas agrícolas de maior exatidão. Os dados de sensoriamento remoto associados às técnicas da geoinformação têm demonstrado potencial para monitorar e obter informações sobre a condição das culturas e dados de área cultivada. Uma das alternativas a partir de sensores remotos orbitais é a utilização das imagens do sensor MODIS (Moderate Resolution Imaging Spectro-Radiometer)...

Comparação de métodos de mapeamento da distribuição espacial da infestação de plantas daninhas

Salvador, André
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 109 f. : il., gráfs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; A sociedade como um todo tem se preocupado com a contaminação do ambiente causada pelo uso de produtos químicos e muitas tentativas tem sido feitas para que se reduza a quantidade de herbicidas utilizada no controle de plantas daninhas. Há anos os produtores tem observado uma tendência de formação de manchas por várias espécies de plantas daninhas. A aplicação localizada é uma técnica que permite a variação da dose dos herbicidas de acordo com a variabilidade espacial dos alvos no campo. Dependendo do sistema adotado, mapas com a localização e características das plantas daninhas infestantes em um campo podem ser utilizados em aplicações localizadas de herbicidas. O objetivo deste trabalho foi comparar diferentes metodologias de mapeamento da distribuição espacial da infestação de plantas daninhas numa área de 3,9ha com milho em plantio direto sobre vegetação espontânea: mapeamento pelo caminhamento em grade de amostragem, mapeamento pelo caminhamento no contorno das manchas, mapeamento pelo deslocamento da colhedora no campo e mapeamento pela análise de imagens aéreas obtidas em baixa altitude de vôo. Para tanto foi utilizado um GPS de navegação para georreferenciar o perímetro das manchas localizadas na área. Uma grade de amostragem de 20x20m foi determinada com o uso de um DGPS...

Construção de um mapa funcional em cana-de-açúcar e mapeamento de QTLs de importância econômica = : Functional genetic map construction in sugarcane and QTL mapping of economic importance; Functional genetic map construction in sugarcane and QTL mapping of economic importance

Estela Araujo Costa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
A grande importância da cana-de-açúcar e seus derivados tem resultado em grande investimento financeiro e científico. Esse fato se deve, principalmente, à complexidade do genoma da cana e às dificuldades encontradas na obtenção de novas cultivares mais produtivas, através dos métodos tradicionais de seleção. A construção de mapas genéticos de ligação permite associar locos mapeados com características de interesse econômico, podendo acelerar o processo de melhoramento da espécie. Logo, a utilização dos marcadores em estudos de mapeamento genético e de QTL¿s (Quantitative Trait Loci) tem proporcionado um importante progresso no conhecimento da estrutura genética e genômica da cana-de-açúcar. Utilizando uma população segregante derivada do cruzamento entre as variedades comerciais IACSP95-3018 e IACSP93-3046, contendo 187 indivíduos F1, esta tese teve como objetivo realizar o mapeamento genético funcional e o mapeamento de QTLs de características de importância econômica. Para tanto, as características avaliadas foram diâmetro, peso, altura, porcentagem de fibra, conteúdo de sacarose (Pol) e conteúdo de sólido solúvel (Brix), em dois locais, por três anos (2012, 2013 e 2014) que se juntaram a dois outros anos...

Mapeamento digital de solos, no Distrito Federal

Neumann, Marina Rolim Bilich
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
37.02%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2012.; No Brasil, nos últimos anos, o processo de planejamento territorial, seja urbano ou rural, a busca pela preservação dos recursos e seus serviços ambientais tem ganhado força. No entanto, para um adequado planejamento faz-se necessário utilizar uma base de dados em escala adequada. Aliado a essa questão, a escassez de recursos e de tempo leva à necessidade de adoção de novos métodos que tornem os levantamentos de solos mais ágeis e menos onerosos e, portanto, o mapeamento digital de solos pode ser uma alternativa. Recentemente, o mapeamento digital dos solos tem experimentado um rápido desenvolvimento de métodos novos e econômicos, devido à crescente disponibilidade de informações auxiliares, principalmente as imagens de sensoriamento remoto e os atributos do terreno, derivados de modelos digitais de elevação. A pesquisa objetivou utilizar regressão linear múltipla no mapeamento digital de solos, com apoio principal de parâmetros descritores do relevo (geomorfométricos), do mapa geológico e geomorfológico, para a elaboração digital do mapa pedológico para o Distrito Federal (DF). Primeiramente foi avaliada a qualidade dos modelos digitais de elevação (MDE) obtido por meio de carta e SRTM/Topodata reamostrado para 30 metros...

Aplicação dos métodos semi-automático e lógica Fuzzy para o mapeamento de solos da Bacia do Sarandi; Employing the semiautomatic and fuzzy logic methods to soil mapping of the sarandi basin

Lima, Larissa Ane de Sousa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.98%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências Aplicadas, 2013.; O mapeamento convencional de solo vem sendo criticado ao longo do tempo por seu caráter qualitativo. Além disso, a lentidão e os altos custos no processo de produção dos mapas dificultam a obtenção das informações pedológicas. Em resposta a estas críticas, nos últimos anos, abordagens quantitativas vêm sendo desenvolvidas objetivando melhorar a precisão e qualidade do mapeamento do solo. O objetivo desse trabalho foi testar técnicas alternativas ao mapeamento tradicional de solos, para mapeamento pedológico detalhado da Bacia do Sarandi. A bacia do Sarandi foi selecionada para esse estudo, por se tratar de uma área piloto experimental do projeto Geocerrado. Essa bacia, com cerca de 30 km2, está situada na Ecorregião do Planalto Central, localiza-se ao norte do Distrito Federal, em Planaltina, e abrange parte da área experimental da Embrapa Cerrados. Foram aplicadas duas técnicas: mapeamento semi-automático e Lógica Fuzzy. O mapeamento semi-automático foi realizado de acordo com os seguintes procedimentos: levantamento dos dados pedológicos; delimitação das áreas hidromórficas por interpretação de fotografias aéreas; compartimentação de relevo por meio da composição colorida das variáveis morfométricas SRTM – TOPODATA altimetria (R)...

Do mapa ao mapeamento: uma etnografia experimental com locative media

Freire, Patrícia Sofia de Oliveira Crespo David
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.94%
Mestrado em Antropologia; Esta dissertação pretende analisar crítica e reflexivamente a transição do conceito mapa para o mapeamento, situando o mapa no seu amplo processo histórico de criação e circulação, e questionando o seu estatuto de artefacto cultural, simbólico, material e político. A noção de mapeamento é apresentada recorrendo a um conjunto de contributos e estratégias utilizadas na antropologia e na etnografia. Visitam-se também algumas ações artísticas que utilizam locative media como processo de criação e comunicação, recorrendo a metodologias colaborativas. A metodologia experimental utilizada na pesquisa etnográfica teve como objectivo testar formas de mapeamento a partir de um processo de mapping elicitation com os participantes. Pretende-se dar conta do impacto desta experiência na construção de um mapeamento cognitivo sobre os percursos realizados com gps e a transição destes dados para um mapeamento criado na aplicação Google Earth. Ao longo do trabalho interrogam-se e exploram-se as tensões existentes entre os locative media e o Google Earth enquanto ferramentas emancipatórias tendencialmente colaborativas mas também como instrumentos de controlo e vigilância. Assim...

Avaliação de classificadores automáticos no mapeamento de áreas cafeeiras da Região de Guaxupé, Minas Gerais.

VIEIRA, T. G. C.; ALVES, H. M. R.; VOLPATO, M. M. L.; BERNARDES, T.; SANTOS, E. R. dos.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS NO BRASIL, 6., 2009, Vitória. Publicador: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS NO BRASIL, 6., 2009, Vitória.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O mapeamento da ocupação da terra constitui uma das mais importantes atividades de geração de dados para gerenciamento e monitoramento de ambientes agrícolas. Pretendeu-se neste trabalho avaliar a exatidão da interpretação visual de uma imagem SPOT 5 no mapeamento do café na região de Guaxupé, tendo como referência dados obtidos em campo, bem como comparar o desempenho de técnicas de mapeamento automático da mesma área em comparação com a interpretação visual,visando a avaliação da viabilidade de aplicação destas técnicas para agilizar o mapeamento do parque cafeeiro na região.Foram trabalhadas imagens SPOT 5 com resolução espacial de 10 metros e de 2,5 metros. A cena foi submetida ao processamento por diferentes métodos de classificação automática para a imagem com resolução de 10 metros e por interpretação visual para a imagem com resolução de 2,5 metros. Dados obtidos em campo foram tomados como referência para obtenção de índices de exatidão do mapeamento. Foram estratificadas as classes café, mata e outros usos, sendo esta última oriunda do agrupamento dos demais tipos de vegetação como culturas anuais, pastagens, solo exposto, áreas urbanas, etc. Os índices utilizados foram calculados de maneira a permitir a avaliação da exatidão global da classificação e também individualmente para a classe café.; 2009

Avaliação de classificadores automáticos no mapeamento de áreas cafeeiras da Região de Guaxupé, Minas Gerais.

VIEIRA, T. G. C.; ALVES, H. M. R.; VOLPATO, M. M. L.; BERNARDES, T.; SANTOS, E. R. dos.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS NO BRASIL, 6., 2009, Vitória. Publicador: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS NO BRASIL, 6., 2009, Vitória.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O mapeamento da ocupação da terra constitui uma das mais importantes atividades de geração de dados para gerenciamento e monitoramento de ambientes agrícolas. Pretendeu-se neste trabalho avaliar a exatidão da interpretação visual de uma imagem SPOT 5 no mapeamento do café na região de Guaxupé, tendo como referência dados obtidos em campo, bem como comparar o desempenho de técnicas de mapeamento automático da mesma área em comparação com a interpretação visual,visando a avaliação da viabilidade de aplicação destas técnicas para agilizar o mapeamento do parque cafeeiro na região.Foram trabalhadas imagens SPOT 5 com resolução espacial de 10 metros e de 2,5 metros. A cena foi submetida ao processamento por diferentes métodos de classificação automática para a imagem com resolução de 10 metros e por interpretação visual para a imagem com resolução de 2,5 metros. Dados obtidos em campo foram tomados como referência para obtenção de índices de exatidão do mapeamento. Foram estratificadas as classes café, mata e outros usos, sendo esta última oriunda do agrupamento dos demais tipos de vegetação como culturas anuais, pastagens, solo exposto, áreas urbanas, etc. Os índices utilizados foram calculados de maneira a permitir a avaliação da exatidão global da classificação e também individualmente para a classe café.; 2009

Mapeamento pedológico digital da folha Botucatu (SF-22-Z-B-VI-3): treinamento de dados em mapa tradicional e validação de campo.

SILVA, C. C. da; COELHO, R. M.; OLIVEIRA, S. R. de M.; ADAMI, S. F.
Fonte: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 37, n. 4., p. 846-857, 2013. Publicador: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 37, n. 4., p. 846-857, 2013.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.02%
O mapeamento digital de solos permite prever padrões de ocorrência de solos com base em áreas de referência e no uso de técnicas de mineração de dados para modelar associações solo-paisagem. Os objetivos deste trabalho foram produzir um mapa pedológico digital por meio de técnicas de mineração de dados aplicadas a variáveis geomorfométricas e de geologia, com base em áreas de referência; e testar a confiabilidade desse mapa por meio de validação em campo com diferentes sistemas de amostragem. O mapeamento foi realizado na folha Botucatu (SF-22-Z-B-VI-3), utilizando-se as folhas 1:50.000, Dois Córregos e São Pedro, como áreas de referência. Variáveis descritoras do relevo e de geologia associadas às unidades de mapeamento pedológico das áreas de referência compuseram a matriz de dados de treinamento. A matriz foi analisada pelo algoritmo PART de árvore de decisão, do aplicativo Weka (Waikato Environment for Knowledge Analysis), que cria regras de classificação. Essas regras foram aplicadas aos dados geomorfométricos e geológicos da folha Botucatu, para predição de unidades de mapeamento pedológico. A validação de campo dos mapas digitais deu-se por meio de amostragem por transectos em uma unidade de mapeamento da folha São Pedro e de forma aleatório-estratificada na folha Botucatu. A avaliação da unidade de mapeamento na folha São Pedro verificou confiabilidade...

Metodologia para o mapeamento de solos na escala 1:100.000 usando tecnologias da geoinformação

Rodrigues da Silva, Rafael; Lucia Bezerra Candeias, Ana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
SILVA, Rafael Rodrigues da. Metodologia Para o Mapeamento de Solos na Escala 1:100.000 Usando Tecnologias da Geoinformação. Recife, 2011. Dissertação (Mestrado) Centro de Tecnologia e Geociências, Universidade Federal de Pernambuco. A execução de mapeamento de solos em todo o território nacional é uma demanda permanente das instituições na busca de informações do meio físico para o planejamento da ocupação racional das terras, conciliando desenvolvimento econômico e social, com a conservação e proteção dos recursos naturais. As atividades de campo para o mapeamento pedológico consomem muito tempo e são onerosas. Desta forma, tem-se buscado novos métodos que tornem estes mapeamentos mais rápidos e menos onerosos. A principal razão para aumento de custos está no modo de varredura da área a ser mapeada. Normalmente, é realizado o levantamento por meio de muitas observações e exames de campo conforme a escala de trabalho e procedimentos normativos de levantamento de solos. Quanto mais detalhada a escala de trabalho, mais se intensifica o número de exames no campo e, por conseguinte, utiliza-se mais tempo e aumenta-se o custo para execução dos trabalhos de mapeamento de solos. No conjunto...

Análise digital do relevo na predição de unidades preliminares de mapeamento de solos

Silveira, Claudinei Taborda da
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Resumo: A topografia apresenta estreita relação com os solos em escala local, por isso é possível inferir a distribuição de unidades de solos a partir da análise digital do relevo. Técnicas de geoprocessamento possibilitam a representação paramétrica do relevo a partir de um Modelo Digital do Terreno, do qual são calculados atributos topográficos primários e secundários. Com o objetivo de delimitar unidades preliminares de mapeamento de solos, que auxiliem nos levantamentos pedológicos na bacia do arroio do Corvo/PR, foram utilizados sete atributos topográficos: hipsometria, perfil e plano de curvatura, declividade, índices de corrente de máximo fluxo, umidade e de capacidade de transporte de sedimentos. A discretização das classes desses atributos e sua análise com mapas pré-existentes na área de estudo, possibilitou compreender as relações entre variáveis do relevo e classes de solos presentes. Os quatro últimos apresentaram melhor relação com as unidades de mapeamento de solos pré-existentes, por isso, foram selecionadas para serem sobrepostas com aplicações de SIG por método de Tabulação Cruzada (TC), que resultou na identificação de unidades preliminares de solos. Outra forma de classificação foi realizada pela integração em Rede Neural Artificial (RNA)...

Mapeamento Ambiental Como Proposta Para a Construção dos Conceitos de Biodiversidade e Cerrado no Ensino Ensino de Biologia; Envirommental Maping as proposal for construction of concepts of Biodiversity and Cerrado on Biology Teaching

CASTRO, Shaleny Costa Pereira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação em Ciências e Matemática; Ciências Exatas e da Terra
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.98%
This study aimed to investigate the effectiveness of environmental mapping tool for building biological concepts Biodiversity and Cerrado students in the 2nd year of high school, in the discipline of Biology. The methodology used in this study was the participant research, where he sought to break with the dyad between subject and object and theory and practice, common features in traditional searches, so there was the construction of a more solid knowledge from a more fruitful relationship between subject-subject. Thus, it was possible to promote the critical linking between scientific knowledge and the understanding of common sense by bringing the reality of daily life of the participants themselves. Three questionnaires were applied, being the first to evaluate the proficiency level of students on the Biodiversity and Cerrado concepts and the other two questionnaires were after discussion on those concepts. The questionnaire II was applied to half of the students who participated in the research after the theoretical class, in order to verify students learning after this exposition, without completing the environmental mapping. The third questionnaire was applied to the other half of the class after the completion of the environmental mapping...

Desenvolvimento de marcadores moleculares EST-SSRs e mapeamento funcional em cana-de-açucar (Saccharum spp.); Development of EST-SSR molecular markers and functional mapping in sugarcane

Karine Miranda Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
A cana-de-açúcar (Saccharum spp.) está entre as espécies de maior importância econômica no mundo, constituindo uma das principais fontes de produção de açúcar e álcool. Apesar do Brasil ocupar posição de destaque, como o maior produtor mundial, os níveis de produtividade são considerados baixos. Os programas de melhoramento para obtenção de novas variedades de cana-de-açúcar, mais produtivas e resistentes a pragas e doenças, podem ser acelerados com o desenvolvimento de marcadores genéticos, PCR específicos, fortemente ligados a genes que controlam as características de interesse. A utilização de marcadores em estudos de mapeamento genético e de QTL's (Quantitative Trait Loci) tem proporcionado um importante progresso no conhecimento da estrutura genômica e na genética da cana-de-açúcar. Sabe-se que os ESTs (Expressed Sequence Tags) apresentam grande potencial para serem utilizados com tais finalidades. O projeto de seqüenciamento de ESTs (SUCEST), do programa Genoma da FAPESP, identificou cerca de 43 mil clusters que representam os genes de cana-de-açúcar, potenciais para serem utilizados no desenvolvimento de marcadores genéticos. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo desenvolver e mapear marcadores EST-SSRs em uma progênie derivada do cruzamento entre duas variedades pré-comerciais de cana-de-açúcar...

MAPEAMENTO MORFOLÓGICO DE DETALHE: Experiências para a integração entre técnicas de Fotointerpretação e Sistemas de Informações Geográficas no Município de Salesópolis-SP

Nepomuceno, Pablo Luiz Maia; Luchiari, Ailton
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
O mapeamento morfológico consiste numa das etapas mais importantes do mapeamento geomorfológico, ele incorpora aspectos da morfografia, ou seja: do mapeamento qualitativo das formas que compõem um relevo; e da morfometria, ou seja: do mapeamento das características quantitativas do relevo (FLORENZANO, 2008). Tais mapeamentos são tradicionalmente realizados a partir da utilização de técnicas de fotointerpretação estereoscópica, sobre fotografias aéreas verticais, combinadas com técnicas de obtenção de variáveis morfométricas por interpretação analógica de cartas topográficas. No entanto, o crescente avanço das técnicas de manipulação de dados topográficos por meio dos Sistemas de Informações Geográficas-SIG vem disponibilizando novos recursos para a obtenção de variáveis morfométricas, o que tem ampliado a precisão e eficiência destes mapeamentos, bem como as suas possibilidades de aplicação. Nesse sentido, a presente pesquisa se propôs a realizar o mapeamento morfológico em escala de detalhe (1:7.500) da área onde está assentado o sítio urbano atual do Município de Salesópolis-SP; a partir da combinação entre variáveis morfométricas, obtidas através de técnicas de Sistemas de Informações Geográficas...