Página 1 dos resultados de 12 itens digitais encontrados em 0.000 segundos

Extração do óleo essencial de patchouli Pogostemon cablin (Blanco) Benth utilizando dióxido de carbono supercrítico

Donelian, Adriana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
17.637072%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos.; O óleo essencial de patchouli é um importante insumo para as indústrias de perfume e cosméticos, além disto é utilizado como um aditivo natural em conjunto com aromas em alimentos. Patchoulol e a-patchouleno são os principais componentes do óleo essencial de patchouli, sendo suas concentrações diretamente proporcionais a qualidade do óleo. Atualmente, o método mais utilizado para a obtenção do óleo essencial de patchouli é através da destilação por arraste a vapor, porém esta causa a degradação térmica de alguns componentes do óleo. No presente trabalho o óleo essencial de patchouli foi extraído com dióxido de carbono supercrítico a diferentes condições de pressão (74 bar a 140 bar) e temperatura (32°C a 50°C) e através de destilação por arraste a vapor, afim de comparar os métodos de extração. Foi demonstrado que a extração com dióxido de carbono (CO2) supercrítico a 140 bar e 32°C forneceu um rendimento de 5,14% enquanto que a destilação por arraste a vapor forneceu um rendimento de 1,50%. Além disso, as maiores concentrações de patchoulol obtidas nas extrações supercríticas (31...

Fracionamento do óleo essencial de Patchouli [Pogostemon cablin (Blanco) Benth.] obtido por extração supercrítica

Araujo, Alex Copetti de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
17.637072%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química.; O fracionamento do óleo essencial de patchouli [Pogostemon cablin (Blanco) Benth.] extraído com dióxido de carbono supercrítico (CO2_SC) foi estudado. Este óleo essencial é muito usado pela indústria de cosméticos e perfumaria como excelente fixador de aromas. Adotando-se pressão e temperatura de trabalho em 100 bar e 32°C, respectivamente, foram estudados alguns parâmetros nunca antes averiguados para o patchouli. O trabalho se dividiu em quatro frentes de estudo: aumento de rendimento variando o tempo de extração e tempo estático; análise do tamanho ideal de partícula; épocas de colheita; composição química do óleo essencial. O tempo estático combinado com o tempo de coleta de amostras foi estudado com o objetivo de aumentar o rendimento do processo, resultando em um tempo ideal de 20 minutos de tempo estático e de tempo para coleta de amostras. Três tamanhos "médios" de partículas foram estudados à duas diferentes vazões de solvente. O tamanho de partícula ideal para a extração supercrítica do óleo essencial de patchouli foi de 0,346 mm à vazão de 1,2 L/min de CO2. Lotes de folhas de patchouli colhidas em diferentes épocas do ano foram usados para extração de seu óleo essencial. A época do ano nas quais se obtiveram melhores rendimentos foi no inverno. A composição química do óleo essencial de patchouli foi estudada com a intenção de saber a que tempo de processo os principais compostos de interesse (patchoulol e a-bulneseno) são extraídos. As amostras de óleo essencial analisadas forneceram resultados suficientes para se traçar o perfil de concentração destes compostos com o tempo de extração. Sabendo-se o tempo ideal de coleta de amostras...

Fracionamento do óleo essencial de Patchouli em meio supercrítico

Donelian, Adriana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 181 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
18.516096%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2010; O óleo essencial de patchouli é um importante insumo para as indústrias de perfume e cosméticos, devido à presença do patchoulol que apresenta propriedades fixadoras. No entanto, recentes pesquisas demonstraram que outro componente, o a-bulneseno, possui propriedades farmacêuticas que promovem a diminuição da formação de trombose. Uma vez que a extração do óleo essencial de patchouli com dióxido de carbono supercrítico (scCO2) promove um maior rendimento e uma melhor qualidade ao óleo quando comparada a destilação por arraste a vapor, o presente trabalho buscou desenvolver uma tecnologia capaz de fracionar o óleo essencial de patchouli em meio supercrítico, visando obter duas frações: uma mais concentrada em patchoulol, e outra mais concentrada em a-bulneseno, além de propor uma separação do óleo visando à regeneração e recirculação do CO2. Para alcançar estes objetivos foram avaliadas duas tecnologias de separação: a separação com membranas e a cromatografia supercrítica. No processo de separação com membranas foram utilizadas as membranas comerciais modelos NF...

Rendimento e composição do óleo essencial de patchouli (Pogostemon cablin) conforme o tempo de extração

Costa,G.A.; Carvalho Filho,J.L.S.; Deschamps,C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.63707%
O patchouli possui óleo essencial nas folhas com utilização principalmente na indústria de perfumaria. O objetivo foi avaliar o melhor tempo de extração de óleo essencial de folhas secas de patchouli. Os tratamentos foram 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7 e 8 horas de extração, através do método de hidrodestilação, com aparelho graduado do tipo Clevenger e balões com capacidade de 2 L.O delineamento foi inteiramente casualizado com três repetições. O material destilado foi seco à sombra até atingir aproximadamente 20% de umidade. Para cada tratamento, foram utilizadas amostras de 50 g de massa seca foliar. Foram avaliados o rendimento e a composição do óleo essencial. Não houve diferença entre os diferentes tempos de extração no rendimento de óleo essencial, podendo a extração do óleo essencial de patchouli ser realizada com uma hora de extração. O tempo de extração aumenta as porcentagens relativas do beta-guaieno (0,81%), beta-patchouleno (1,26%), alfa-selineno (1,37%), cariofileno (2,44%), alfa-patchouleno (3,08%) e gama-patchouleno (4,82%). O teor de pogostol (5,11%) reduz com o aumento do tempo de extração. O patchoulol, alfa-guaieno, alfa-bulneseno e seicheleno não sofrem influencia do tempo de extração.

Desenvolvimento vegetativo e produção de óleo essencial de patchouli (Pogostemon cablin (Blanco) Benth.) após a aplicação de ácido giberélico e extrato de alga marinha

Storck,R.C.; Deschamps,C.; Mógor,A.F.; Coccô,L.C.; Scheer,A.P.; Yamamoto,C.I.
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
16.91787%
Pogostemon cablin (Blanco) Benth., comumente conhecido como patchouli, é uma espécie aromática utilizada pela indústria de perfumes devido a fragrância amadeirada e propriedade fixadora do óleo essencial. Fatores que afetam o teor dos constituintes do óleo essencial devem ser avaliados visando obter matéria prima de melhor qualidade. O experimento foi conduzido em casa de vegetação com delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x3 e 4 repetições, sendo dois níveis de giberelina (0 e 200 mg L-1) e três níveis de extrato de alga marinha (0, 15 e 30 mg L-1). A aplicação dos reguladores vegetais foi realizada 30 dias após o plantio das mudas, e a avaliação do experimento deu-se 45 dias após a aplicação dos tratamentos. Não houve diferença significativa para a altura das plantas, a concentração de extrato de alga marinha de 15 mg L-1 promoveu aumento no número de folhas em relação à testemunha e a concentração de 30 mg L-1 promoveu decréscimo. Em relação à área foliar e ao número de folhas houve relação inversa para os níveis de extrato de alga marinha, onde o tratamento com maior concentração do regulador resultou em aumento da área foliar e redução do número de folhas. O teor de óleo essencial foi superior após a aplicação de 15 mg L-1 de extrato alga marinha isoladamente ou combinado com GA3. A produtividade do óleo essencial também aumentou com a aplicação 15 mg L-1 de extrato de alga marinha e quando utilizado somente GA3. A utilização de extrato de alga marinha aumentou a concentração de patchoulol no óleo essencial.

Regio-Selective 10-Hydroxylation of Patchoulol, a Sesquiterpene, by Pithomyces Species

Suhara, Yasuji; Itoh, Sayuri; Ogawa, Mayumi; Yokose, Kazuteru; Sawada, Toyoaki; Sano, Takashi; Ninomiya, Rieko; Maruyama, Hiromi B.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /08/1981 Português
Relevância na Pesquisa
28.013796%
Of some 350 microorganisms screened, four strains of Pithomyces species were found to carry out regio-selective hydroxylation of patchoulol, a sesquiterpene, to 10-hydroxypatchoulol: Pithomyces sp. NRJ201, P. chartarum NRJ210, and, to a lesser extent, P. cynodontis ATCC 26150 and P. atro-olivaceus IFO 6651 were found to catalyze this reaction. A method has been developed by which 10-hydroxypatchoulol was obtained in 25 to 45% yields in 1- to 5-liter fermentation jars at 2 to 4 g of patchoulol per liter and isolated as pure material in 30% yields.

Solubility of the sesquiterpene alcohol patchoulol in supercritical carbon dioxide

Hybertson, Brooks M.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
28.245627%
The solubility of the sesquiterpene alcohol patchoulol in supercritical carbon dioxide was measured at P ranging from 10.0 MPa to 25.0 MPa and T of 40.0 and 50.0 °C using a simple microsampling type apparatus with a 100.5 µL sample loop to remove aliquots for off-line analysis. The system was first validated using vanillin with off-line spectrophotometric analysis, then utilized for patchoulol measurements with off-line GC-MS analysis. The measured solubility of patchoulol in supercritical CO2 ranged from mole fractions of 0.43 × 10−3 at 10.0 MPa and 50.0 °C to 9.45 × 10−3 at 25.0 MPa and 40.0 °C.

Diversion of Flux toward Sesquiterpene Production in Saccharomyces cerevisiae by Fusion of Host and Heterologous Enzymes▿ †

Albertsen, Line; Chen, Yun; Bach, Lars S.; Rattleff, Stig; Maury, Jerome; Brix, Susanne; Nielsen, Jens; Mortensen, Uffe H.
Fonte: American Society for Microbiology (ASM) Publicador: American Society for Microbiology (ASM)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
18.013796%
The ability to transfer metabolic pathways from the natural producer organisms to the well-characterized cell factory Saccharomyces cerevisiae is well documented. However, as many secondary metabolites are produced by collaborating enzymes assembled in complexes, metabolite production in yeast may be limited by the inability of the heterologous enzymes to collaborate with the native yeast enzymes. This may cause loss of intermediates by diffusion or degradation or due to conversion of the intermediate through competitive pathways. To bypass this problem, we have pursued a strategy in which key enzymes in the pathway are expressed as a physical fusion. As a model system, we have constructed several fusion protein variants in which farnesyl diphosphate synthase (FPPS) of yeast has been coupled to patchoulol synthase (PTS) of plant origin (Pogostemon cablin). Expression of the fusion proteins in S. cerevisiae increased the production of patchoulol, the main sesquiterpene produced by PTS, up to 2-fold. Moreover, we have demonstrated that the fusion strategy can be used in combination with traditional metabolic engineering to further increase the production of patchoulol. This simple test case of synthetic biology demonstrates that engineering the spatial organization of metabolic enzymes around a branch point has great potential for diverting flux toward a desired product.

Metabolic engineering of the moss Physcomitrella patens to produce the sesquiterpenoids patchoulol and α/β-santalene

Zhan, Xin; Zhang, Yu-Hua; Chen, Dong-Fang; Simonsen, Henrik Toft
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 18/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
28.245627%
The moss Physcomitrella patens, has been genetically engineered to produce patchoulol and β-santalene, two valuable sesquiterpenoid ingredients in the fragrance industry. The highest yield of patchoulol achieved was 1.34 mg/g dry weight. This was achieved by non-targeted transformation of the patchoulol synthase and either a yeast or P. patens HMGR gene under the control of a 35S promoter. Santalene synthase targeted to the plastids yielded 0.039 mg/g dry weight of α/β santalene; cytosolic santalene synthase and 35S controlled HMGR afforded 0.022 mg/g dry weight. It has been observed that the final yield of the fragrance molecules is dependent on the expression of the synthase. This is the first report of heterologous production of sesquiterpenes in moss and it opens up a promising source for light-driven production of valuable fragrance ingredients.

Crescimento e alterações anatômicas e bioquímicas de Patchouli em função do regime hídrico e bioestimulantes

Storck, Rafaellen Caroline
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.637072%
Resumo: Pogostemon cablin (Blanco) Benth., popularmente conhecido como patchouli, é uma espécie aromática pertencente a família Lamiaceae. Sua utilização por parte de indútrias de higiene e perfumaria se deve ao óleo essencial que este possui, o qual apresenta atividades farmacológicas, além de conferir capacidade de fixação à pele e aroma amadeirado às composições a base deste. As propriedades do óleo essencial de patchouli estão fortemente relacionadas à presença de seus constituintes majoritários patchoulol e pogostol. O objetivo deste trabalho foi descrever características anatômicas, fisiológicas, bioquímicas, do desenvolvimento vegetativo, produtividade e composição do óleo essencial desta espécie, quando submetido a teores decrescentes de umidade do substrato, com e sem aplicação de bioestimulante e seus compostos de forma isolada. O bioestimulante utilizado foi o produto de nome comercial Plenno® composto pela associação do extrato de alga marinha Ascophyllum nodosun (L.) Le Jolis, ácido L-glutâmico e cálcio. Com base nos resultados obtidos nos experimentos foi possível observar a presença de células contendo óleo essencial em todos os órgãos vegetativos de patchouli. Entretanto, estas células são observadas com maior frequencia nas folhas. Além disto...

Teor e composição do óleo essencial de patchouli (Pogostemon cablin (Blanco) Benth.) após diferentes tempos de secagem em estufa e temperatura ambiente

STORCK,R. C.; DESCHAMPS,C.
Fonte: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais Publicador: Sociedade Brasileira de Plantas Medicinais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.63707%
RESUMOPatchouli é uma espécie aromática pertencente à família Lamiaceae que possui óleo essencial com alto valor comercial devido à aplicação nas indústrias de higiene, cosméticos e perfumarias. Considerando as características voláteis e estruturas de armazenamento em diferentes órgãos das plantas aromáticas, a determinação de métodos de secagem é de extrema importância e pode afetar tanto o rendimento como a composição do óleo essencial. Este trabalho teve como objetivo principal avaliar o teor e a composição do óleo essencial de patchouli após secagem por diferentes períodos em estufa e a temperatura ambiente. O experimento foi realizado durante o mês de fevereiro de 2011 em delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 2X6, correspondente a dois métodos de secagem (estufa 65ºC e temperatura ambiente) e seis tempos para o início da extração do óleo essencial após a (0, 2, 4,6,8 e 10 dias após a colheita),com três repetições. O óleo essencial foi extraído por meio hidrodestilação em aparelho graduado de Clevenger e os constituintes do óleo essencial foram analisados por cromatografia em fase gasosa acoplada à espectrometria de massas. Houve interação significativa entre os métodos e tempos de secagem tanto para o teor como para a composição do óleo essencial. A secagem das plantas por dois dias em estufa a 65ºC aumentou o teor de óleo essencial...

Influência do armazenamento de folhas secas no óleo essencial de patchouli (Pogostemon cablin Benth.)

Sant'ana,Trícia Cavalcanti Pergentino de; Blank,Arie Fitzgerald; Vieira,Sylvia Dantas; Arrigoni-Blank,Maria de Fátima; Jesus,Hugo César R. de; Alves,Péricles Barreto
Fonte: Sociedade Brasileira de Química Publicador: Sociedade Brasileira de Química
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
17.637072%
The aim of this work was to evaluate the influence of five storage times of dry leaves of two patchouli genotypes on its essential oil content and chemical composition. Harvest was realized four months after planting. Storage influenced essential oil content of genotype POG-002. Patchoulol was the majority compound. Storage of dry leaves increased significatively the content of the compounds α-bulnesene and germacrene A of genotype POG-021 and longicanfenilone, pogostol and patchoulol of POG-002. However, storage reduced significatively the content of the compounds cicloseichelene, β-cariofilene, α-guaiene, acifilene and α-bulnesene of the essential oil of genotype POG-002.