Página 11 dos resultados de 11940 itens digitais encontrados em 0.011 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade de Brasília

Sustentabilidade fiscal de projetos de investimento em infra-estrutura de transportes : elementos para a construção de um modelo conceitual de aferição

Morais, Artur Carlos de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2007.; As conclusões dos estudos relativos ao comportamento da economia no Brasil frente aos investimentos em infra-estruturas de transportes são de que existe no país uma forte relação destes investimentos com o PIB, a produtividade dos fatores de produção e o desenvolvimento regional. O desenvolvimento e a busca de competitividade não podem ser restritos apenas ao domínio das empresas, depende de um conjunto de fatores, entre eles a situação macroeconômica e institucional do país. A necessidade de constantes investimentos do Governo para a melhoria e a ampliação da rede de infra-estrutura nacional está subordinada a uma lógica fiscal e política. Fiscal, pelo fato da necessidade de se promover superávit primário e assim não diferenciando despesas correntes de gasto com investimentos. Política, pela disposição dos Governos em cortar investimentos no lugar de despesas correntes, por julgar que esta atitude seja menos devastadora eleitoralmente no curto prazo. Desta forma projetos que apresentem rentabilidade e não criem riscos para a sustentabilidade fiscal (equilíbrio) da dívida pública terão argumentação forte para subverter tal lógica. O presente trabalho define condicionantes para que um projeto de investimento em infra-estrutura seja analisado pela ótica da sustentabilidade fiscal...

Desenvolvimento humano no contexto do voluntariado : interfaces com a ética e a sustentabilidade; Human development in the context of volunteerism: interfaces with ethics and Sustainability

Sousa, Maria do Amparo de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2011.; As mudanças paradigmáticas potenciais no contexto do voluntariado apontam em dois sentidos, dentre outros: (a) uma sociedade solidária, tendente à sustentabilidade, entendida como a possibilidade de reduzir desigualdades intrageracionais e, ao mesmo tempo, evitar uma degradação social que provoque desigualdades intergeracionais; e (b) o estabelecimento de relações emancipatórias, entendendo-se emancipação como justiça capacitante, e justiça como a distribuição de bens materiais, processos de decisão, divisão social do trabalho, cultura e reconhecimento. Entendemos que nenhuma mudança paradigmática se dá sem a mudança do self, mediador entre conhecimento e prática. A experiência de voluntariado afeta o self, ao favorecer a flexibilização de posicionamentos e possibilitar a construção de uma cultura dialógica, implicando uma reflexão ética no processo de desenvolvimento humano. Desenvolvimento é entendido neste estudo, segundo a perspectiva da psicologia sociocultural, como processos de transformações que ocorrem na interação eu-outro, marcadas pelas negociações de significados que se concretizam nessas interações no contexto cultural. O contexto do voluntariado é potencialmente favorável ao desenvolvimento de esquemas intencionais - estruturas que organizam nossos atos internamente - implicando ética...

Critérios e indicadores de sustentabilidade para o manejo florestal na Amazônia brasileira aplicados em 20 áreas de manejo florestal no norte do Estado do Mato Grosso; Criteria and indicators for a sustainable forest management in the Brazilian Amazon applied in 20 areas of forest management in Mato Grosso State

Ferreira, Marcos Antônio Camargo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, 2012.; Nas últimas décadas, o uso de coerentes critérios e indicadores para avaliar a sustentabilidade do manejo florestal se tornou cada vez mais importante. Pode-se definir que os critérios e indicadores (C&I) são conceitos chaves no desenvolvimento de sistemas efetivos de informação e comunicação que se apresentam como marco referencial para definir, monitorar e avaliar o manejo florestal sustentável. Este trabalho aborda as iniciativas de criação de critérios e indicadores no Brasil, em especial o histórico dos indicadores utilizados pelo IBAMA e a NBR15789:2008. A NBR 15789: 2008 possui em seu escopo um conjunto de critérios e indicadores, incluindo os Principio de sustentabilidade, mas não possui verificadores de campo para aferição. O IBAMA possui apenas verificadores, não há indicadores, critérios e nem princípios de sustentabilidade explícitos na Norma de Execução do nº 1 do IBAMA. Assim foi necessária a harmonização de diferentes iniciativas, uma vez que não é clara a hierarquização dos C&I nacionais, para responder se os princípios de sustentabilidade do manejo florestal sustentável...

Tecendo a sustentabilidade : redes sociais e gestão participativa no turismo de base comunitária

Delgado, Andrés Burgos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2014.; Esta dissertação de mestrado trata das interações dos atores sociais no desenvolvimento de propostas turísticas comunitárias. O turismo de base comunitária (TBC) se apresenta como uma prática de desenvolvimento turístico capaz de apontar caminhos para a sustentabilidade, desde que enraizada na participação e protagonismo social das populações locais. A gestão participativa do TBC está relacionada ao desenvolvimento e sucesso da atividade turística, uma vez que ela pode afetar diretamente a conservação do patrimônio natural e cultural, assim como a qualidade dos serviços oferecidos aos visitantes. O presente trabalho parte do reconhecimento de que as relações sociais e as formas de organização em rede são importantes em projetos comunitários baseados na colaboração, assim como da necessidade de se promover uma discussão mais ampla da gestão participativa e sustentabilidade turística, desde a perspectiva relacional. A pergunta norteadora é: “como as redes sociais influenciam a gestão participativa dos recursos relacionados com o turismo de base comunitária e, portanto, direcionam o desenvolvimento e sucesso da atividade?” O objetivo é compreender em que medida a estrutura das redes sociais de comunidades envolvidas no turismo de base comunitária condiciona a participação na gestão e sustentabilidade turística. O trabalho examina a articulação em redes de colaboração na gestão do turismo de base comunitária...

Sobre o ensino da sustentabilidade ambiental nos cursos de arquitetura e urbanismo : avaliação e subsídios; About environmental sustainability taught in architecture and urban design courses : avaliation and subsidies

Dourado, Brenda Milhomem
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.75%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2015.; A temática da sustentabilidade tem estado presente nos principais discursos da atualidade que englobam desequilíbrios climáticos, energéticos, ambientais, econômicos, dentre outros. Nesse contexto, destaca-se a expressividade dos impactos decorrentes da construção civil que perpassam pela área de Arquitetura e Urbanismo. Desta forma, tem-se verificado uma exigência cada vez maior de capacitação técnica voltada à promoção da sustentabilidade do ambiente construído, incluindo a atualização de cursos de Arquitetura e Urbanismo de modo a atender a essas demandas. Logo, a presente dissertação é focada no ensino da sustentabilidade nos cursos de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase na dimensão ambiental, e teve como objetivo geral fornecer subsídios ao mesmo. A metodologia consistiu, primeiramente, em revisão bibliográfica nacional e internacional a respeito da delimitação da sustentabilidade e do ensino desta temática na história da Arquitetura e Urbanismo. A revisão também verificou o método de análise curricular desenvolvido pelo grupo EDUCATE (Environmental Design in University Curricula and Architectural Training in Europe). Num segundo momento...