Página 14 dos resultados de 12165 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Adubação fosfatada no meloeiro-amarelo: reflexos na produção e qualidade dos frutos

Abrêu, Francisco Luis Gonçalves de; Cazetta, Jairo Osvaldo; Xavier, Terezinha Ferreira
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1266-1274
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O melão (Cucumis melo L.) é uma das culturas de grande expressão econômica e social para a região Nordeste do Brasil. Apesar disso e dos baixos níveis de fósforo (P) dos solos tropicais, existem poucas pesquisas sobre adubação com P nesta cultura, embora seja frequentemente mencionado que este nutriente tem papel preponderante na produção e qualidade dos frutos. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de doses de P (0; 120; 240; 360 e 480 kg ha-1 de P2O5), na produção e qualidade do melão-amarelo híbrido Goldex F1, nas condições ambientais de Teresina - Piauí. O experimento foi conduzido em um delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições, tendo 40 plantas por parcela. Os frutos foram colhidos aos 75 após o plantio. Foram avaliados os dados médios da produção total, produção de frutos comerciais, massa e número de frutos por planta, comprimento e diâmetro de frutos, espessura da polpa de frutos, sólidos solúveis, acidez titulável e o índice de maturação. A produção total e comercial, assim como a massa e o número de frutos e acidez titulável aumentaram com as doses de P aplicadas até a dose de 278 kg ha-1 de P2O5. Doses acima de 278 kg ha-1 de P2O5 prejudicaram a produtividade de frutos classificados como comerciais. O comprimento...

Efeito do impacto da extração de frutos na demografia do pequi (Caryocar brasiliense) no Cerrado do Brasil central

Zardo, Rafael Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2008.; O pequi (Caryocar brasiliense) é uma árvore característica do bioma Cerrado, sendo importante para as comunidades rurais, devido aos seus frutos serem utilizados na alimentação e indústria. Um estudo da dinâmica de sua população foi realizado em duas áreas de Cerrado, no Distrito Federal, no Brasil central. Este estudo foi realizado durante os anos de 2006 e 2007 em áreas naturais, com vegetação de cerrado stricto sensu, protegida e não perturbada por exploração de frutos. Em uma área de 2 hectares foi determinada a estrutura da população e registrados para cada individuo: a sobrevivência, crescimento e produção de frutos. Foram registradas também a taxa de germinação natural e a taxa de remoção de putâmens pela fauna. A taxa de incremento anual foi de 0,5 mm/ano para plântulas, 0,9 mm/ano para jovens e 3,9 mm/ano para os adultos. No ano de 2006, 74,6 % dos adultos produziram frutos com uma média de 24 + 30 frutos/planta, enquanto no ano de 2007, 48,2 % produziram frutos com uma média de 11 + 13 frutos/planta. A sobrevivência anual para plântulas foi de 92...

Avaliação da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira

Grassi,Aexandre Manzoni; Scarpare Filho,João Alexio; Chagas,Edvan Alves; Pio,Rafael; Sanches,Juliana; cia,Patricia; Barbosa,Wilson; Tizato,Leandro Henrique Guglielmin; Chagas,Pollyana Cardoso; Tomazi,Emerson Fioravante
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
A nespereira é uma frutífera de origem subtropical, porém com ampla adaptação a regiões de clima temperado com temperaturas baixas pouco rigorosas. Possui inflorescência que origina uma quantidade de frutos superior ao que pode suportar a árvore, produzindo elevada quantidade de frutos de baixo calibre, sendo necessário o raleio de frutos para a melhoria da qualidade. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira. Avaliaram-se as respostas de cinco cultivares e uma seleção de nespereira a quatro intensidades de raleio de frutos (4, 6, 8 e 10 frutos por panícula). As panículas foram selecionadas em relação ao tamanho (aproximadamente 1,5 cm de diâmetro) e ensacadas utilizando-se papel jornal. Todas as panículas foram raleadas e ensacadas no mesmo dia. A colheita foi realizada quando os frutos estavam maduros, no ponto de consumo. Foram avaliados comprimento e diâmetro do fruto, massa do fruto e da semente, pH, acidez titulável e teor de sólidos solúveis. Conclui-se que a melhor qualidade de frutos pode ser obtida quando as panículas são raleadas com intensidades de 4 frutos, os quais resultam em maior comprimento, diâmetro e massa. As variáveis massa da semente...

Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada

Pôrto,Mônica Lima Alves; Puiatti,Mário; Fontes,Paulo Cezar Rezende; Cecon,Paulo Roberto; Alves,Jailson do Carmo; Arruda,Jandeilson Alves de
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta) em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1), com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (p<0,01) pelas doses de N. Os valores máximos do número de frutos por planta (7,7 unidades), massa média de frutos (240 g fruto-1) e produtividade de frutos (29,88 t ha-1) foram obtidos com 323, 265 e 331 kg ha-1 de N, respectivamente. A dose de máxima eficiência econômica de N para a cultura da abobrinha foi de 322 kg ha-1, resultando em uma produtividade de frutos de 29,86 t ha-1. O teor de nitrato nos frutos proporcionou incremento linear em função das doses de N verificando-se, com a dose máxima, o teor na matéria fresca de fruto de 162 mg kg-1 de nitrato, valor que não representa risco para saúde humana.

Teor e acúmulo de nutrientes em folhas e frutos de pinhão-manso

Laviola,Bruno Galvêas; Dias,Luiz Antonio dos Santos
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O conhecimento das necessidades nutricionais de uma cultura é essencial para a elaboração das recomendações de adubação. De posse disso, estudou-se o teor e o acúmulo de nutrientes em folhas e frutos de pinhão-manso, bem como estimou-se a extração de nutrientes pela colheita de frutos entre o primeiro e o quarto ano de cultivo. O estudo foi realizado na fazenda Paraíso, no município de Viçosa-MG. Utilizou-se para coleta das amostras um talhão com 6.000 plantas de pinhão-manso, implantado em abril/2006, no espaçamento de 4 x 2 m. Foi realizada a coleta aleatória de quatro amostras de folhas e de frutos na área total, sendo cada amostra composta por 15 folhas ou 20 frutos. Para as amostras de folhas, foram coletados limbos foliares expandidos, entre a sexta e a oitava folha abaixo da inflorescência. Somente folhas sem deficiência nutricional ou ataque de pragas e, ou, doenças aparentes foram amostradas. Os frutos foram coletados no estádio maduro, com a casca amarela. Os materiais vegetais amostrados foram lavados, postos a secar, pesados e submetidos às análises químicas. As folhas de pinhão-manso apresentaram a seguinte ordem de acúmulo de nutrientes: N > Ca > K > Mg > P > S >Mn > Fe > B > Zn > Cu; nos frutos...

Efeito do ensacamento de frutos sobre danos causados por fatores bióticos e abióticos em pomar orgânico de macieira

Santos,Janaína Pereira dos; Wamser,Anderson Fernando
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Este trabalho teve como objetivos avaliar o efeito do ensacamento dos frutos de macieira na incidência de danos causados por insetos-praga, sarna, "russeting" e queimadura pelo sol, além da praticidade dos diferentes tipos de embalagens utilizadas no ensacamento. O estudo foi conduzido no pomar orgânico de macieira da empresa Fischer Fraiburgo Agrícola Ltda, em Fraiburgo-SC, na safra 2004-2005. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados. Os tratamentos foram: a) frutos não ensacados (testemunha), e b) frutos ensacados, seguido de desensacamento aos 15 e 7 dias antes da colheita, e na colheita. Ensacaram-se, por tratamento, 150 frutos da cultivar Royal Gala e 300 frutos da cultivar Suprema, utilizando-se de dois tipos de embalagens: saco de papel-manteiga parafinado branco e de polipropileno microperfurado transparente. Observou-se que o ensacamento reduziu o ataque de pragas em relação aos frutos não ensacados. Porém, a sarna desenvolveu-se, tanto em frutos ensacados, quanto em não ensacados. Em geral, houve menos frutos com "russeting", com a antecipação da retirada dos sacos. A embalagem de polipropileno é mais fácil de ser manuseada, resiste à chuva e ao granizo, e apresentou menor custo que a de papel; entretanto...

Previsão do número de frutos a partir da quantidade de estruturas reprodutivas em laranjeiras

Rolim,Glauco de Souza; Ribeiro,Rafael Vasconcelos; Azevedo,Fernando Alves de; Camargo,Marcelo Bento Paes de; Machado,Eduardo Caruso
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O trabalho buscou testar a hipótese de que o número final de frutos (nº/m³) depende da quantidade de botões florais, flores e/ou chumbinhos que ocorreram previamente. Esta hipótese baseia-se na premissa de que a planta integraliza as condições edafoclimáticas disponíveis para seu crescimento e desenvolvimento. A hipótese foi testada em laranjeira "Valência" (Citrus sinensis (L.) Osbeck.) enxertada em: tangerineira "Cleópatra" (VCL) (Citrus reshni Hort. ex Tan.) e limoeiro "Cravo" (VCR) (Citrus limonia Osbeck). Foram avaliadas as seguintes relações entre as estruturas reprodutivas: Frutos= f(Chumbinhos); Frutos= f(Flores); Frutos= f(Botões); como também Flores= f(Botões), e Chumbinhos= f(Flores); além de Frutos= f(flores do lado noroeste) para a VCL, e Frutos= f(botões do lado noroeste) para VCR sugeridos por análise de cluster. As avaliações do número de estruturas reprodutivas foram realizadas nos quatro pontos cardeais da copa (1m³/setor). Devido aos elevados valores de R², índice de concordância (d) e relativos baixos erros absolutos percentuais médios (EAPM), resultantes de regressão exponencial, em relação a: Flores = f(botões) (R²=0,85 e R²=0,82; d= 0,95 e d= 0,95; EAPM= 15,2% e EAPM= 19,1%...

Adubação fosfatada no meloeiro-amarelo: reflexos na produção e qualidade dos frutos

Abrêu,Francisco Luis Gonçalves de; Cazetta,Jairo Osvaldo; Xavier,Terezinha Ferreira
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O melão (Cucumis melo L.) é uma das culturas de grande expressão econômica e social para a região Nordeste do Brasil. Apesar disso e dos baixos níveis de fósforo (P) dos solos tropicais, existem poucas pesquisas sobre adubação com P nesta cultura, embora seja frequentemente mencionado que este nutriente tem papel preponderante na produção e qualidade dos frutos. Neste contexto, objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de doses de P (0; 120; 240; 360 e 480 kg ha-1 de P2O5), na produção e qualidade do melão-amarelo híbrido Goldex F1, nas condições ambientais de Teresina - Piauí. O experimento foi conduzido em um delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições, tendo 40 plantas por parcela. Os frutos foram colhidos aos 75 após o plantio. Foram avaliados os dados médios da produção total, produção de frutos comerciais, massa e número de frutos por planta, comprimento e diâmetro de frutos, espessura da polpa de frutos, sólidos solúveis, acidez titulável e o índice de maturação. A produção total e comercial, assim como a massa e o número de frutos e acidez titulável aumentaram com as doses de P aplicadas até a dose de 278 kg ha-1 de P2O5. Doses acima de 278 kg ha-1 de P2O5 prejudicaram a produtividade de frutos classificados como comerciais. O comprimento...

O comércio de frutos de tucumã (Astrocaryum aculeatum G. Mey - Arecaceae) nas feiras de Manaus (Amazonas, Brasil)

Didonet,Adriano Amir; Ferraz,Isolde Dorothea Kossmann
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Tucumã é uma palmeira amazônica. A polpa dos frutos é comestível sem cozimento e muito apreciada como recheio de sanduíches na culinária regional, possui alto valor nutritivo e destaque no teor de vitamina A. O presente estudo teve como objetivo avaliar aspectos da comercialização dos frutos e da polpa de tucumã em feiras e mercados de Manaus. Durante o estudo de um ano, foram levantadas as procedências e preços dos frutos e estimada a quantidade comercializada em seis feiras e mercados de Manaus. Os dados de procedência, quantidade, preço e outras informações relacionadas foram obtidos através da aplicação mensal de um questionário semiestruturado aos comerciantes. O preço real e sua evolução histórica, desde 1995, foram deduzidos por comparação com estudos anteriores. Entre maio de 2011 e abril de 2012, os frutos foram provenientes de 20 diferentes localidades a uma distância de até mil km de Manaus. Os locais mais citados foram os municípios de Itacoatiara, Terra Santa, Rio Preto da Eva, Autazes e a bacia do Rio Madeira. A alternância das procedências garantiu o abastecimento contínuo ao longo do ano. Entretanto, uma redução do número de procedências e da quantidade de frutos comercializados foi verificada entre setembro e novembro. A sazonalidade da oferta foi refletida nos preços dos frutos e da polpa. Durante os 12 meses...

Efeito do ácido giberélico e diferentes aminoácidos sobre as atividades da sintetase da glutamina e sintase do glutamato e sobre o crescimento de frutos de soja

Nascimento,Ronaldo do; Mosquim,Paulo R.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes aminoácidos e do ácido giberélico (GA) sobre a atividade da glutamina sintetase (GS) e da glutamato sintase (GOGAT) e o crescimento de frutos de soja. Frutos imaturos foram cultivados com diferentes concentrações de paclobutrazol (PBZ), inibidor da biossíntese de giberelinas, o qual inibiu o crescimento dos frutos em até 80%. Em seguida foi avaliado o efeito do GA sobre o crescimento dos frutos de soja cultivados com PBZ. O regulador de crescimento restabeleceu o crescimento dos frutos cultivados com 0,034 mM de PBZ. Entretanto, com 0,85 mM de PBZ não se obteve o mesmo efeito positivo, indicando um possível nível fitotóxico. Posteriormente os frutos foram cultivados durante oito dias com glutamina, asparagina ou alantoína, na presença ou não de GA, após o que determinaram-se as atividades enzimáticas. As enzimas de assimilação do nitrogênio foram mais ativas na presença da alantoína. O GA inibiu a atividade da GS e estimulou as da Fd-GOGAT e da NADH-GOGAT. A atividade da Fd-GOGAT foi superior à da NADH-GOGAT, talvez devido à ferredoxina reduzida presente nos frutos cultivados sob iluminação constante, advinda da atividade fotossintética. Os resultados obtidos permitem concluir que giberelinas...

Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos da abóbora "Tetsukabuto" em função da adubação nitrogenada

Pôrto,Mônica LA; Puiatti,Mário; Fontes,Paulo CR; Cecon,Paulo R; Alves,Jailson C
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
A abóbora híbrida tipo "Tetsukabuto" apresenta crescente importância no Brasil, sobretudo no estado de Minas Gerais mas, poucos estudos têm sido conduzidos em relação à adubação. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato na abóbora híbrida tipo "Tetsukabuto" (cv. Suprema) submetida à adubação nitrogenada. O experimento foi conduzido no delineamento em blocos casualizados, em esquema fatorial 2x5, constituído de duas fontes (sulfato de amônio e nitrato de amônio), cinco doses (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1 de N) e quatro repetições. Foram avaliados o número de frutos/planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Não foram verificados efeitos significativos de fontes e da interação entre fontes e doses de N sobre as características produtivas, mas essas foram aumentadas em função das doses de N aplicadas. Os valores de máximo número de frutos/planta (6,9 unidades), máxima massa média de frutos (1,76 kg/fruto) e máxima produtividade de frutos (17,16 t ha-1) foram obtidos nas doses 339...

Maturação e dispersão de Miconia cinnamomifolia (DC.) Naud. na Reserva Biológica de Poço das Antas, Município de Silva Jardim, RJ, Brasil

Pereira,Tânia Sampaio; Mantovani,Waldir
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Este trabalho avalia a maturação fisiológica de sementes de Miconia cinnamomifolia (DC.) Naud.- "jacatirão" sob o ponto de vista ecológico, ou seja, os processos de amadurecimento associados à dispersão. A quantificação da chuva de sementes ao longo da safra de dois anos consecutivos permitiu avaliar a produção de sementes da espécie para a região. Foi constatado que tanto os frutos verdes quanto os negros possuem sementes viáveis ao longo de toda a safra, que se estende por um período de 7-8 meses. A maturação ocorre de maneira irregular tanto na copa como em cada infrutescência. Colheitas quinzenais sobre matrizes marcadas observadas desde a fenologia floral até a maturidade dos frutos, revelaram uma intensa predação dos frutos negros. A maturidade fisiológica das sementes pode estar associada ao meio da safra, pois é quando o teor de umidade das sementes é mais reduzido e o percentual de germinação é mais alto. O percentual de germinação e o teor de umidade são bons índices de maturação; a coloração dos frutos não pode ser utilizada como índice de maturidade fisiológica, pois sementes provenientes de frutos verdoengos germinam tão bem quanto as de frutos negros. O percentual de maturação...

Produção e predação de frutos em Aniba rosaeodora Ducke var. amazonica Ducke (Lauraceae) em sistema de plantio sob floresta de terra firme na Amazônia Central

Spironello,Wilson Roberto; Sampaio,Paulo de Tarso Barbosa; Ronchi-Teles,Beatriz
Fonte: Sociedade Botânica do Brasil Publicador: Sociedade Botânica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
O pau-rosa (Aniba rosaeodora) vem sendo usado desde o século passado para extração de linalol, produto usado como fixador de perfumes. Por causa do extrativismo houve redução drástica em suas populações naturais. Somando a este fato, esta espécie possui padrão irregular de frutificação e, quando frutifica, os seus frutos são consumidos por animais. Estes aspectos foram estudados utilizando uma população de plantio sob sombra parcial de floresta primária. A produtividade das árvores variou de 40 a 1.600 frutos (n = 21 árvores). No geral, cerca de 42,5% foram removidos por frugívoros (6.770 frutos, n = 10 árvores). Dos frutos não removidos, 0,5% foram predados por vertebrados, 81,5% continham larvas de insetos, variando de 36-96% entre indivíduos. Uma espécie de Coleoptera ataca os frutos em estádio imaturo, enquanto outra (Heilipus sp.) e uma espécie de Lepidoptera atacam os frutos em estádio final de desenvolvimento. Os resultados projetam perda de 59,5% dos frutos (54,5% por insetos) passíveis de coleta. Considerando a importância econômica do pau-rosa faz-se necessário aumentar a disponibilidade de sementes para planos de manejo da espécie. Para se atingir tais objetivos são necessárias algumas medidas: 1) coleta prematura de frutos para maturação em laboratório; 2) utilização de métodos de controle de insetos adultos (em plantios) e larvas (em frutos atacados); e 3) estudos de seleção genética para identificar plantas com maior resistência natural a pragas e doenças.

COMPORTAMENTO DE FRUTOS DE MIRTILO (VACCINIUM ASHEI READE) CV. POWDER BLUE EM ARMAZENAMENTO REFRIGERADO

Kluge,Ricardo Alfredo; Hoffmann,Alexandre; Bilhalva,Aldonir Barreira
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1994 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
RESUMO Este trabalho teve por objetivo verificar o efeito da temperatura (0°C, 4°C e ambiente) e do filme de PVC (ausente, selado e perfurado) no armazenamento de frutos de mirtilo cv."Powder Blue". Frutos maduros foram colhidos em janeiro de 1993 e acondicionados em bandejas plásticas. Os frutos foram mantidos em câmaras frigoríficas do Departamento de Ciência e Tecnologia Agroindustrial - FAEM/UFPEL por um período de 21 dias + 2 dias para simulação de comercialização. A perda de peso dos frutos no armazenamento foi superior quando mantido na temperatura ambiente, seguido de 0°C e 4°C. Este comportamento pode ser atribuído à ausência de pré-resfriamento das frutas. O filme de PVC foi eficiente na redução da perda de peso dos frutos. Na temperatura de 4°C, o teor de sólidos solúveis totais ao final do período de armazenamento foi inferior aos teores de sólidos solúveis totais encontrados nos frutos mantidos a 0°C e ambiente. A influência do filme de PVC sobre o teor de sólidos solúveis totais foi mais evidente nas frutas mantidas no ambiente, onde as que não foram embaladas em filme de PVC apresentaram teores de sólidos solúveis totais superior àquelas embaladas com o filme. A relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável foi maior em frutos mantidos a 0°C. Não houve incidência de podridões nos frutos mantidos a 0 e 4°C...

Avaliação da eficácia de extratos oleosos de frutos verdes e maduros de cinamomo (Melia azedarach) sobre Rhipicephalus (Boophilus) microplus (Acari: Ixodidae)

Sousa,Lorena A. Dias de; Soares,Sara F.; Pires Júnior,Hélio B.; Ferri,Pedro H.; Borges,Lígia M. Ferreira
Fonte: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária Publicador: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Extratos hexânicos obtidos dos frutos de Melia azedarach foram testados sobre fêmeas ingurgitadas e larvas de Rhipicephalus (Boophilus) microplus. Foram produzidos quatro extratos: um de frutos verdes e três com frutos maduros, sendo um com os frutos imediatamente processados, outro com frutos armazenados por cinco meses e um testado após armazenamento do extrato por 2 (dois) anos a 4ºC. Os testes foram feitos em triplicata, em diluições de 0,25% a 0,0156%. A eficácia dos extratos foi avaliada através da comparação da Reprodução Estimada dos lotes "controle e tratado" para fêmeas, da mortalidade para as larvas, e do cálculo das DL50 e da potência relativa para larvas e fêmeas. O extrato de frutos verdes apresentou uma eficácia variando de 3,6% a 100% para fêmeas, e o de frutos maduros variou de 5,2% a 99,7%. Os dois extratos causaram uma mortalidade de 100% das larvas nas maiores concentrações. O extrato de frutos armazenados apresentou eficácia de 14% a 83% sobre fêmeas, enquanto o extrato armazenado em geladeira apresentou eficácia de 8,4% a 100% e ambos não apresentaram efeito larvicida. Os resultados obtidos demonstram uma superioridade do extrato verde, com uma menor DL50 e potência 1,497 vezes superior ao extrato de frutos maduros.

Análise da atividade antimicrobiana dos extratos dos frutos, óleos das sementes e fungos isolados da Palmeira Juçara (Euterpe Edulis Martius 1824).

Garbin, Vivien Patricia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Resumo: Muitas plantas dos biomas brasileiros, tais como o cerrado, a floresta amazônica e a mata atlântica têm sido utilizadas como fármacos naturais pelas populações locais no tratamento de várias doenças. Sendo assim, entre inúmeras espécies vegetais a serem investigadas destacam-se as espécies da família Arecaceae (Palmae) e dentro desta família botânica apresenta-se a palmeira juçara (Euterpe edulis), tipicamente encontrada na mata atlântica brasileira e muito pouco pesquisada, embora esteja ameaçada de extinção. Euterpe edulis é uma espécie que apresenta estipe único, sendo incapaz de produzir perfilhos e rebrota, o que acarreta na morte da planta após corte para extrair o palmito. A palmeira juçara é descrita como sendo usada contra picadas de escorpião, anemia, dores abdominais, hemorragias e mordidas de cobra. Este estudo teve por objetivos: Determinar umidade, sólidos totais, lipídeos, proteínas, resíduo mineral fixo (cinzas) e sais minerais da polpa, da casca das sementes e das sementes dos frutos de E. edulis; otimizar métodos de obtenção de extrato hidroetanólico dos frutos e procedimentos para extração de óleos das sementes de Euterpe edulis; verificar a ação inibitória do extrato e do óleo de E. edulis contra taphylococcus aureus ATCC 25923...

Morfologia e composição nutricional de frutos ornitocóricos em três estádios sucessionais na floresta atlântica brasileira

Malanotte, Marcia Luzia
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Resumo: Os frutos ornitocóricos apresentam traços fenotípicos associados aos seus dispersores. O tamanho dos frutos é uma característica diretamente relacionada com a dispersão pelas aves. A cor dos frutos funciona na sinalização, aumentando a detectabilidade e servindo também como indicação de sua qualidade nutricional. O valor nutritivo dos frutos pode estar associado com dispersores mais específicos ou oportunistas, de acordo com a disponibilidade de lipídios, proteínas e carboidratos. Os traços fenotípicos são importantes para mostrar os padrões de convergência (TCAP) e de divergência (TDAP) que estruturam as comunidades e para entender os processos adjacentes. Analisamos como os traços morfológicos, nutricionais e de cor dos frutos ornitocóricos são representados nos três estádios sucessionais, se há relação entre a cor dos frutos e o recurso nutricional disponível e a ocorrência de padrões de convergência e divergência dos traços dos frutos. Para determinar como variam os traços dos frutos entre os estádios sucessionais foram realizadas análises de variância. Para avaliar a relação entre os traços morfológicos, de cor e químicos foram realizadas correlações simples. Utilizamos métodos de correlação de matrizes...

Extração e caracterização dos polissacarídeos dos frutos de Sicana odorifera

Kienteka, Samantha Sharol
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 76f. : il., color., tabs., grafs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Orientadora : Profª Drª Carmen Lúcia de Oliveira Petkowicz; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências : Bioquímica. Defesa: Curitiba, 27/03/2014; Inclui referências; Área de concentração: Química de carboidratos; Resumo: A Sicana odorifera, conhecida popularmente como jamelão, é uma espécie nativa brasileira. Seus frutos são usados principalmente na culinária, no preparo de sucos, geléias e compotas. A casca dos frutos pode ter cor laranja-avermelhado, marrom, roxo ou preto e a polpa é amarela. Após ampla revisão bibliográfica, nenhum estudo sobre os polissacarídeos da parede celular dos frutos foi encontrado na literatura. Neste trabalho, foram investigados os polissacarídeos da polpa e da casca dos frutos de S. odorifera de casca vermelha e preta. Após tratamento com etanol para inativação enzimática, a polpa e a casca foram submetidas a extrações sequenciais com água, solução de ácido cítrico e soluções de hidróxido de sódio. As frações polissacarídicas obtidas tiveram rendimento entre 0,2 e 8,4% em relação ao material bruto. Os polissacarídeos foram hidrolisados e analisados por cromatografia gasosa na forma de acetatos de alditóis para a análise dos monossacarídeos neutros. O conteúdo de monossacarídeos ácidos foi avaliado por método colorimétrico. A composição das frações obtidas por extrações aquosas indicou a presença de pectinas ramificadas principalmente por galactanas. As extrações alcalinas das cascas solubilizaram principalmente xilanas. As frações hemicelulósicas obtidas das polpas dos frutos apresentaram altos teores de xilose...

Obten??o de rutina de Dimorphandra sp.: do processamento dos frutos ? obten??o de extrato enriquecido.

Santos, Elis?ngela Aparecida Macedo
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia de Materiais. Rede Tem?tica em Engenharia de Materiais, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s-Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia de Materiais. Rede Tem?tica em Engenharia de Materiais, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s-Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
A rutina ? um flavon?ide empregado na ind?stria farmac?utica para fabrica??o de medicamentos que atuam na circula??o sangu?nea. ? extra?da em grande parte de frutos de esp?cies nativas do Cerrado Brasileiro. As esp?cies mais empregadas s?o conhecidas como fava d?anta (Dimorphandra mollis e Dimorphandra gardneriana). Os frutos s?o coletados verdes, e ap?s secos, s?o vendidos para as ind?strias que os processam, extraindo e comercializando principalmente a rutina, al?m de seus derivados. O Brasil atualmente exporta a maior parte da produ??o interna de extrato de fava d?anta e importa formula??es farmac?uticas contendo rutina e seus derivados na forma pura. Os objetivos do trabalho foram estudar a influ?ncia do sistema de secagem dos frutos e da granulometria do p? dos frutos no teor de rutina; desenvolver e avaliar t?cnica de extra??o de rutina com solventes pouco t?xicos; e avaliar a varia??o de rutina entre plantas de diversas proced?ncias em Minas Gerais. Os frutos verdes foram coletados e submetidos a quatro sistemas de secagem, determinado-se o teor de umidade durante o processo. Ap?s a secagem...

Maturação dos frutos na emergência de plântulas e no potencial frutífero de pitangueira-do-cerrado (Eugenia calycina Cambess)

Borges, Kelly Cristiene de Freitas
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
CAPÍTULO II: Eugenia calycina é uma espécie frutífera de ocorrência em áreas de Cerrado, cujas características morfofisiológicas de frutos e sementes são escassas. Diante disso, os objetivos do trabalho foram quantificar a influência da coloração do fruto nos caracteres morfofisiológicos de frutos e sementes da espécie; determinar o rendimento de polpa e indicar o potencial da espécie para programas de melhoramento genético. Em novembro de 2006, cinqüenta frutos, na coloração verde, laranja, vermelho-claro e vermelhoescuro, foram coletados, extraídas suas sementes e ambos medidos quanto ao comprimento e largura, além das massas das matérias fresca e seca da polpa. Em novembro de 2007, de vinte matrizes, determinaram-se o número de frutos por planta e o rendimento de polpa. A distribuição t de “Student” foi utilizada para construir intervalos de confiança para comprimento, largura e massa das matérias fresca e seca de polpa, e testar o coeficiente de correlação entre caracteres do fruto e a massa fresca de polpa. Freqüências percentuais e medidas de assimetria e curtose indicaram a natureza da distribuição da largura e do comprimento. Grandes amplitudes foram observadas na morfometria dos frutos (8-20 mm de largura; 10-30 mm de comprimento) e das sementes (8-14 mm largura; 7-14 mm comprimento)...