Página 14 dos resultados de 12165 itens digitais encontrados em 0.007 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Instituto Agronômico de Campinas

Avaliação da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira

Grassi,Aexandre Manzoni; Scarpare Filho,João Alexio; Chagas,Edvan Alves; Pio,Rafael; Sanches,Juliana; cia,Patricia; Barbosa,Wilson; Tizato,Leandro Henrique Guglielmin; Chagas,Pollyana Cardoso; Tomazi,Emerson Fioravante
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
A nespereira é uma frutífera de origem subtropical, porém com ampla adaptação a regiões de clima temperado com temperaturas baixas pouco rigorosas. Possui inflorescência que origina uma quantidade de frutos superior ao que pode suportar a árvore, produzindo elevada quantidade de frutos de baixo calibre, sendo necessário o raleio de frutos para a melhoria da qualidade. Assim, objetivou-se avaliar o efeito da intensidade de raleio na qualidade de frutos de nespereira. Avaliaram-se as respostas de cinco cultivares e uma seleção de nespereira a quatro intensidades de raleio de frutos (4, 6, 8 e 10 frutos por panícula). As panículas foram selecionadas em relação ao tamanho (aproximadamente 1,5 cm de diâmetro) e ensacadas utilizando-se papel jornal. Todas as panículas foram raleadas e ensacadas no mesmo dia. A colheita foi realizada quando os frutos estavam maduros, no ponto de consumo. Foram avaliados comprimento e diâmetro do fruto, massa do fruto e da semente, pH, acidez titulável e teor de sólidos solúveis. Conclui-se que a melhor qualidade de frutos pode ser obtida quando as panículas são raleadas com intensidades de 4 frutos, os quais resultam em maior comprimento, diâmetro e massa. As variáveis massa da semente...

Produtividade e acúmulo de nitrato nos frutos de abobrinha em função da adubação nitrogenada

Pôrto,Mônica Lima Alves; Puiatti,Mário; Fontes,Paulo Cezar Rezende; Cecon,Paulo Roberto; Alves,Jailson do Carmo; Arruda,Jandeilson Alves de
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.825723%
Apesar da importância da abobrinha em termos comerciais e alimentícios, poucos estudos têm sido realizados em relação à adubação nitrogenada da cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o acúmulo de nitrato nos frutos da abobrinha (cv. Caserta) em função da adubação nitrogenada. O experimento foi desenvolvido no delineamento de blocos casualizados, com cinco doses de (0; 50; 100; 200 e 400 kg ha-1), com quatro repetições. Foram avaliados: número de frutos por planta, massa média de frutos, produtividade da cultura e acúmulo de nitrato nos frutos. Todas as características avaliadas foram significativamente influenciadas (p<0,01) pelas doses de N. Os valores máximos do número de frutos por planta (7,7 unidades), massa média de frutos (240 g fruto-1) e produtividade de frutos (29,88 t ha-1) foram obtidos com 323, 265 e 331 kg ha-1 de N, respectivamente. A dose de máxima eficiência econômica de N para a cultura da abobrinha foi de 322 kg ha-1, resultando em uma produtividade de frutos de 29,86 t ha-1. O teor de nitrato nos frutos proporcionou incremento linear em função das doses de N verificando-se, com a dose máxima, o teor na matéria fresca de fruto de 162 mg kg-1 de nitrato, valor que não representa risco para saúde humana.