Página 16 dos resultados de 2678 itens digitais encontrados em 0.062 segundos

Muito além da especialização regressiva e da doença holandesa: oportunidades para o desenvolvimento brasileiro

FURTADO, João
Fonte: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Publicador: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
O desenvolvimento econômico brasileiro não pode depender exclusivamente de fontes de demanda externa; e não deve depender, com mais forte razão, de uma fonte associada à demanda chinesa por matérias-primas e produtos com forte intensidade de recursos naturais. Mas é necessário ter em mente que essa demanda tem oferecido uma fonte de estímulo importante para o crescimento e para a melhoria das relações de troca. O desafio, portanto, é integrar a demanda chinesa e os seus efeitos diretos e indiretos na estratégia nacional de desenvolvimento.; Brazilian economic development cannot depend only on external demand and cannot depend only on the Chinese demand for raw material and products highly based on natural resources. But one should regard that this demand has stimulated economic growth and the improvement of commercial relations. The challenge, thus, is to integrate the Chinese demand and its direct and indirect effects over the national strategy for development.

A tecnologia da informação e o crescimento da produtividade

Tambor Junior, Eduardo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
Trata da questão do impacto da Tecnologia da Informação no crescimento da produtividade. Este estudo analisa a recente literatura, que tem como tema a Nova Economia e o crescimento econômico. Analisa as questões de produtividade, com base nas teorias do crescimento econômico, discutindo recentes controvérsias associadas ao termo Nova Economia

Estudo empírico sobre investimento direto estrangeiro e estratégia de propriedade das multinacionais no Brasil

Braga, Silvia Molinar de Almeida
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
O fluxo de capitais estrangeiros sofreu grandes mudanças nos últimos anos, e o Brasil tornou-se um dos principais destinos dos recursos internacionais para investimento direto. O objetivo deste trabalho é analisar como as multinacionais escolhem a estrutura de propriedade ao fazerem fusões, aquisições e investimentos diretos em subsidiárias no Brasil diante da existência de financiamento pelo banco de desenvolvimento local (o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social — BNDES). Testou-se empiricamente o efeito das contingências sobre decisões tomadas pelas empresas no período compreendido entre 2005 e 2011. Os resultados sugerem que a teoria de opções reais não teria sido confirmada se o financiamento pelo BNDES na empresa-alvo não tivesse sido incluído nas interações em cenários de grande volatilidade e crescimento. Em outras palavras, as empresas optam por estruturas que exigem nível mais alto de comprometimento quando estão diante de cenários de alto crescimento e por estratégias que envolvem nível mais baixo de comprometimento quando se observa grande volatilidade de demanda nos mercados estudados.

A influência da emancipação no desenvolvimento econômico e social dos municípios capixabas

Janes, Wanildo José
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ii, 74 f.| grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Desde 1988, foram criados no Estado do Espírito Santo, vinte municípios, elevando a setenta e oito o número de unidades municipais autônomas. No caso de Colatina, há hoje, nove municípios onde havia apenas um. Este trabalho objetivou pesquisar a Influência da Emancipação no Desenvolvimento Econômico e Social dos Municípios Capixabas, em especial, do município de Colatina e dos demais municípios dele desmembrados, em primeira e segunda gerações. Objetivou responder as indagações acerca da oportunidade e conveniência do desenrolar desse processo, seus custos e seus benefícios, levando em conta as peculiaridades da região focalizada. Buscou identificar se o processo de emancipação em geral, e o do presente estudo de caso, em particular, constitui oportunidade de realizar o desenvolvimento econômico e social da população envolvida ou se resulta apenas em crescimento econômico sem melhoria da qualidade de vida da população como um todo

Análise de ambiente favorável ao desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas do arranjo moveleiro da região oeste de Santa Catarina

Rangel, Maria Elisabeth Gonçalves Ribeiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 208 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração, Florianópolis, 2014; Esse estudo objetivou analisar as interações das micro, pequenas e médias empresas do arranjo moveleiro da Região Oeste do Estado de Santa Catarina com o ambiente, sob a perspectiva dos arranjos produtivos locais e as possibilidades de construção de ambiente favorável ao desenvolvimento dessas empresas, pela perspectiva de ambiente complexo. O ambiente foi compreendido sob duas dimensões: a física, de localidade, caracterizada como espaço de competitividade, numa relação de adaptação do local ao global; e de espaço cognitivo, como ambiente de interações, de cooperação e de articulações entre os atores envolvidos, resultante das externalidades proporcionadas pelo arranjo produtivo. Nesse sentido, a análise buscou ir além das relações deterministas de adaptação das empresas ao ambiente, exigidas pelo desenvolvimento econômico, apontando para a perspectiva complexa de construção de ambiente, na qual as empresas são vistas com capacidade para auto-organização e transformação do ambiente. No que se refere ao desenvolvimento das empresas, contextualizou-se a relação entre o global e o local...

Três ensaios sobre a influência das instituições na governança ambiental : revisitando aspectos relativos a comportamento dos agentes, crescimento econômico e políticas públicas

Barros, Fábio Henrique Granja e
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Economia, 2007.; A tese compõe-se de três ensaios que investigam a influência do ambiente institucional na economia e na alocação dos recursos naturais. O primeiro ensaio apresentou um modelo que permitiu analisar como a interação social afeta as escolhas individuais dos agentes quanto à apropriação dos bens de uso comum e discutiu formas de atuação para aperfeiçoar a governança ambiental e sair do travamento. Assim, ao destacar a interdependência dos agentes, a principal contribuição do ensaio é a de levantar indícios de que, para incrementar a governança ambiental e potencializar os resultados das políticas públicas, é preciso coordenar as motivações dos agentes. O segundo ensaio propôs uma nova abordagem teórica à CKA por meio do desenvolvimento de um modelo de crescimento endógeno que permitiu avaliar a importância do ambiente institucional no crescimento de longo prazo com padrões ambientais mais restritivos. Entre as contribuições do ensaio, destaca-se a evidência de que o ambiente institucional é apresentado no modelo como o responsável...

Análise para o desenvolvimento de um sistema de gerência de banco de dados geográficos de infra-estrutura de transportes; Analysis to the development of a geographical datahouse management system of transportation infrastructure

Guerra, Higor de Oliveira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2007.; Os investimentos em infra-estrutura de transportes são uma das formas de promover o desenvolvimento econômico de um país. Ciente disso, o Governo Federal promoverá até o ano 2010, um conjunto de ações no setor de transportes, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento. A visão de futuro do Governo Federal está contemplada no Plano Nacional de Logística em Transportes – PNLT, cujo horizonte de projeto é de 15 anos. Para dar suporte ao processo de tomada de decisão, o Ministério dos Transportes está desenvolvendo o Projeto SIG-T, que busca reunir informações georreferenciadas relacionadas ao sistema de transportes; e, o Sistema de Indicadores, que visa dar o suporte necessário ao planejamento e gestão política de transportes. Todavia, essas iniciativas governamentais não contemplam, de forma sistematizada, a busca de dados brutos de infra-estrutura de transportes, base de todo processo de planejamento e programação de investimentos. Percebendo essa lacuna, este trabalho apresenta uma proposta de análise para o desenvolvimento de um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados Geográficos (SGBDG) de infra-estrutura de transportes como forma de subsidiar o processo de tomada de decisões. Complementarmente...

Introdução : economia e política do desenvolvimento regional

Baleiras, Rui Nuno
Fonte: Princípia Publicador: Princípia
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
Num tempo em que, cada vez mais, se tornam claros os riscos de valorização excessiva do curto prazo, vale a pena dar atenção aos temas e aos processos que condicionam a melhoria sustentável da qualidade de vida. É disso que o desenvolvimento regional cuida. Casos de Desenvolvimento Regional é um livro diferente. No conteúdo e na forma. Concentrado na economia e na política do desenvolvimento regional, estabelece uma ponte entre teoria e prática que visa preencher uma falha no mercado editorial. Foi escrito para satisfazer dois públicos-alvo: inúmeras disciplinas de ensino superior no espaço lusófono e ibérico que versam sobre questões de desenvolvimento económico e social e profissionais ligados à formulação de políticas e à dinamização de acções colectivas visando a competitividade e a coesão dos territórios. Adopta a metodologia de “casos de estudo”, com exercícios propostos no final de cada capítulo. Possui alguns textos em inglês para viabilizar a sua utilização com estudantes não fluentes em português. Os contributos foram escolhidos através de um processo competitivo para reunir experiências profissionais complementares, da academia à execução operacional, passando pelas formulação e avaliação de políticas e pela dinamização de actores.; CEMPRE; QREN; FEDER; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)

Globalização e desenvolvimento regional

Lopes, António Simões
Fonte: Universidade Católica Portuguesa. Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social Publicador: Universidade Católica Portuguesa. Instituto Universitário de Desenvolvimento e Promoção Social
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
A Economia, como ciência social, impõe que mesmo a análise do processo económico não fique confinada aos aspectos económicos; mais ainda quando está em causa o desenvolvimento, que não pode ser aferido apenas pelos resultados do crescimento da economia. Este contexto, levanta-se a dúvida sobre se a globalização tem estado ao serviço do desenvolvimento. A globalização está instalada, vem-se instalando desde sempre. Fases houve em que os portugueses contribuíram grandemente para ela. Mas só em relação a algum nivelamento dos preços ela trouxe “convergência”. Não a trouxe em relação à distribuição da riqueza. Conviria “regulá-la” nesse sentido. A globalização é por natureza, dada a escala que já assumiu, dificilmente controlável. Os “radicais” situam nela a causa maior da rotura dos sistemas naturais e da redução da diversidade. Mais geralmente, entende-se que a globalização, que não tem deixado subordinar-se à solidariedade, cria problemas éticos sérios: as grandes “corporações”, que dela se têm apossado, ultrapassando os limites e as capacidades dos Estados, tornam-se dificilmente “reguláveis”. Defende-se a necessidade de arvorar os objectivos do desenvolvimento em fins “últimos”...

O comércio como estratégia para o desenvolvimento económico : o caso sul coreano

Marques, Patrício António Ruela
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
Todas as economias pretendem obter um constante crescimento económico de forma a atingirem um desenvolvimento consistente. No entanto, são as economias em desenvolvimento que mais dificuldades apresentam no desejo de atingir tal objectivo. No presente artigo desenvolveu-se um estudo onde se demonstra como tal é possível, seguindo para isso uma estratégia voltada para o comércio internacional bem definida com clareza e rigor, estendendo-a ao longo do tempo, sofrendo apenas alterações subjacentes à evolução da própria conjuntura do país. No presente trabalho é usado o caso sul coreano como exemplo comprovativo, sendo que até à data este apresenta-se como caso impar. Através do caso coreano é demonstrado como uma economia que apresentava baixos índices de competitividade, em relativamente pouco tempo conseguiu inverter a situação e apresentar-se hoje como uma economia extremamente competitiva. Tendo a Coreia usado como estratégia para atingir o seu desenvolvimento, o comércio internacional, é mostrado através do Índice de Balassa como o país seguiu uma linha de especialização da sua produção. Visto que a Coreia mostra hoje um nível de competitividade ao nível das maiores economias do mundo, é realizada uma análise aos factores que se revelaram determinantes para a competitividade exibida. Por fim...

" A posse da terra como factor de desenvolvimento"

Rocha de Sousa, Miguel
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
No capítulo quinto, da responsabilidade de Miguel Rocha Sousa, apresenta-se a Posse da terra como factor de desenvolvimento. Este trabalho tem como objectivo contextualizar a posse da terra como factor de desenvolvimento económico, sem descurar uma visão moderna e integrada no mundo global em que vivemos e a discussão centrar-se-á na gestão da terra como cláusula de escape à pobreza. Para a prossecução desta estratégia, de acordo com o autor, deverão ser privilegiadas, como políticas económicas de “primeira linha”, o acesso ao crédito e a assistência técnica, e a mais longo prazo, o fomento do capital humano, com o fim último de libertar do equilíbrio de pobreza os agricultores campesinos de modo a contribuírem para um crescimento económico sustentável, e se possível, na verdadeira acepção do termo, um efectivo desenvolvimento económico no seio de uma economia globalizada e inter-dependente.

Em torno do contributo das instituições de ensino superior para a dinâmica regional de crescimento económico

Rego, Maria da Conceição; Caleiro, António
Fonte: Drd - Desenvolvimento Regional em Debate Publicador: Drd - Desenvolvimento Regional em Debate
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
Como a bibliografia na matéria tem revelado de forma inequívoca, a presença de instituições de ensino superior (IES) no território provoca efeitos variados, que passam pelo aumento do conhecimento, da transferência de tecnologia e de maior inovação, a par com o aumento da procura local e com o aumento de emprego e rendimento disponível localmente. Contudo, a presença de IES em territórios com características económicas, demográficas e sociais diferentes poderá provocar efeitos também distintos. O nosso objectivo, com este estudo, é procurar averiguar as diferenças, em termos de efeitos territoriais, da presença de IES em regiões com características distintas. Assim, usando como unidade territorial de base as NUTS II (Nomenclature of territorial units for statistics) em Portugal, procederemos à comparação da dinâmica económica dos territórios – medida através da evolução do PIB – em termos da persistência dos efeitos, supostamente associados à presença de IES nesses territórios.

Empreendedorismo, Igualdade de Género e Desenvolvimento Regional e Local - Contributos da Parceria Institucional do Winnet8

Baltazar, Maria da Saudade; Santos, Marcos Olímpio; Sabino, Francisco
Fonte: Caleidoscópio Publicador: Caleidoscópio
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
55.79%
É reconhecidamente aceite que o empreendedorismo feminino constitui um importante contributo para o desenvolvimento regional e local. Torna-se portanto imperioso criar ou reforçar as condições que permitam às mulheres empreendedoras concretizar as suas ideias de negócio. Com esta finalidade surgiram os WRC, cujo modelo sueco tem vindo a ser disseminado não só naquele país mas também em outros países da Europa. É nesta linha de pensamento e acção que se insere o projecto Interreg IVC Winnet 8 (Promoção da Inovação em Igualdade de Género na Europa), lançado por uma parceria sueca liderada pelo município de Älvdalen e ao qual aderiram parcerias de mais sete países da União Europeia (Bulgária, Finlândia, Grécia, Itália, Polónia, Portugal, e, Reino Unido). A iniciativa foi direcionada para combater os seguintes obstáculos à competitividade e ao crescimento económico regional: i) a baixa taxa de emprego entre as mulheres, ii) o mercado de trabalho segregado horizontalmente e, iii) a insuficiente preparação das mulheres em empreendedorismo, inovação e tecnologia. Com base neste enquadramento, competiu à parceria portuguesa a responsabilidade pela concretização dos seguintes objetivos: i) Contribuir para o crescimento regional...

Contrastes de desenvolvimento : uma experiência de aprendizagem baseada em problemas aplicada ao 9º ano de escolaridade

Morais, Susana Melo, 1977-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
Relatório da Pratica de Ensino Supervisionada, Mestrado em Ensino de História e Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário, Universidade de Lisboa, 2014; Este relatório decorre de uma experiência pedagógica em Geografia, 9º ano, aplicada ao tema Contrastes de Desenvolvimento: países desenvolvidos vs. países em desenvolvimento, tema este que decorre em torno da dicotomia crescimento e desenvolvimento. Esta experiência consistiu na aplicação da metodologia APB (Aprendizagem Baseada em Problemas) a uma turma de 9º ano da Escola Básica Eugénio dos Santos. Quisemos contribuir para reforçar a ideia de que a aplicação de metodologias menos usuais no contexto português pode garantir bons resultados, motivar os alunos através de uma aproximação a um contexto real e pela introdução de exemplos da atualidade, e, ao mesmo tempo, proporcionar-lhes a construção do seu próprio conhecimento. A ABP é uma metodologia de aprendizagem ativa, que envolve os alunos no seu processo de ensino-aprendizagem, desenvolvendo-se através do trabalho em grupo e da realização de atividades individuais. Partindo de um problema apresentado aos alunos, propõe-se um percurso que permitirá desenvolver as temáticas da unidade didática. Tanto o problema proposto...

A Responsabilidade Social da Universidade na Formação de Capital Humano e como Ferramenta de Desenvolvimento Local Sustentável: os casos da UTAD e da UNIFOR

Pompeu, Randal Martins
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
Tese de Doutoramento em Gestão; Desde o início do século XX, a preocupação com o tema da responsabilidade social das empresas fez incrementar novos conceitos e comportamentos que exigem da sociedade, e de todos os stakeholders, que assumam o seu dever de participar do processo de desenvolvimento social, humano, econômico, político, cultural e ambiental. O combate às desigualdades sociais e ao abismo cultural que divide os cidadãos, a promoção do desenvolvimento e do bem-estar do ser humano, não são tarefas exclusivas do Estado, elas perpassam por todas as instituições. A construção de uma sociedade mais justa, equanime e fraterna torna-se compromisso individual e da coletividade. Nesse contexto social encontram-se as universidades, formadoras de novos saberes, forjas da responsabilidade social. A educação torna o ser humano mais produtivo ao longo da vida e contribui, de forma eficaz, para o progresso e o crescimento econômico (g)local. Nesta investigação, procurou-se dar um contributo para melhor entendimento sobre a questão de como as universidades, por meio da responsabilidade social, tem contribuído na formação de capital humano, na construção do capital social e ainda como podem causar impacto no desenvolvimento local sustentável por meio da capacitação profissional. A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro - UTAD...

Crescimento econômico e desenvolvimento urbano: por que nossas cidades continuam tão precárias?

Rolnik,Raquel; Klink,Jeroen
Fonte: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Publicador: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
Não obstante os logros da política econômica - que incluem um aumento espetacular do gasto público no setor de desenvolvimento urbano - e as promessas da descentralização e do Estatuto das Cidades, as marcas de um modelo de desenvolvimento urbano excludente e predatório continuam presentes em várias dimensões do processo de urbanização no Brasil. Este ensaio busca discutir alguns dos obstáculos que têm incidido sobre a capacidade da rede urbana brasileira de responder ao desafio de ampliar o direito à moradia e à cidade para o conjunto de moradores.

Um sistema computadorizado de prognose do crescimento e produção de Pinus taeda L., com criterios quantitativos para a avaliação tecnica e economica de regimes de manejo

Oliveira, Edilson Batista de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
O presente trabalho teve os seguintes objetivos gerais: (1) desenvolver um sistema computadorizado que integre métodos de engenharia econômica a um simulador de crescimento e produção de povoamentos de Pinus taeda L., implantados na Região Sul do Brasil, e (2) avaliar sua aplicação nas atividades de manejo e planejamento da produção destas florestas. O sistema desenvolvido foi constituído por três softwares: (a) o simulador SISPINUS -Versão 2.0, elaborado a partir da primeira versão do "NCSU Simulator- SISPINUS", de forma a possibilitar, além da simulação de desbastes e do crescimento e produção anual do povoamento, o sortimento de madeira por classe diamétrica para usos múltiplos das árvores provenientes de desbastes e do corte final; (b) o software PLANIN, que possibilita o cálculo dos parâmetros de avaliação econômico-financeira e a análise de sensibilidade da rentabilidade a diferentes taxas de atratividade; e (c) o software REPLAN, que gerencia um banco de dados sobre rentabilidade de regimes de manejo, tendo por base o índice de sítio, a taxa de atratividade e a idade de rotação do povoamento. Visando o embasamento teórico para a elaboração destes software e a análise de seus resultados, foram definidos os seguintes objetivos específicos: (1) estudar as distribuições de probabilidades SB e SBB...

Economia do petróleo e desenvolvimento: estudo exploratório sobre as perspectivas do pré-sal brasileiro

Roos, Breno Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Economia; Economia Regional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
A pesquisa analisa as possibilidades abertas pela exploração de petróleo na camada pré-sal, avaliando de que maneira a expansão do setor petrolífero poderá acelerar o crescimento econômico brasileiro e contribuir para novas estratégias de desenvolvimento. A hipótese inicial é que o Brasil enfrenta uma restrição estrutural de balanço de pagamentos, que poderá ser amenizada pela diminuição das importações de petróleo e derivados e pelo aumento do valor exportado no setor. Para avaliá-la são resgatados aspectos históricos e geopolíticos relacionados ao petróleo, assim como são tratadas as características microeconômicas dos recursos naturais não renováveis. Também se consideram questões de ordem macroeconômica, como a especialização produtiva da economia brasileira e sua inserção no comércio internacional, discutindo como o desenvolvimento da indústria petrolífera poderá afetá-las. Para tanto, a investigação fundamenta-se na teoria estruturalista e nos modelos de crescimento com ênfase na restrição externa. O trabalho examina ainda os casos da Rússia, Venezuela e México para avaliar a experiência de países exportadores de petróleo. Como contribuição, um modelo de crescimento é utilizado para realizar simulações acerca do Brasil...

A planície aluvial do médio rio araguaia: processos geomorfológicos e suas implicações ambientais; The alluvial plain of the middle Araguaia River: geomorphological processes and their environmental implications

MORAIS, Roberto Prado de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias Ambientais; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias Ambientais; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
The Araguaia River is the most important fluvial system of South America. With an area of 380.000Km², it´s includes two phytogeography regions that have a good part of planet biodiversity: Cerrado, in the south, and Amazonia Forest, in the north of Brazil. The high level of Cerrado ecosystem destruction and changes in the land using, after 1965, promoted an intense sedimentation in fluvial system. This study is about the channel of Araguaia river, in a 580 km extension, between the city of Barra do Garças (MT) and the confluence of Cristalino and Araguaia Rivers. The multidisciplinary approach of this study has as aim analyze the channel geomorphic and middle reach alluvial plains processes causing environmental changes to the channel morphology and to vegetation succession, done by the erosive and sedimentary processes in the channel. The quantitative data were obtained through maps, air photographs and topographic charts from Landsat 1 MMS (1975) and Landsat 5 TM (1998). Using geoprocessing recourses were done areal reports of erosive and sedimentary plans and were applied mathematics equations to estimate sediments bulk and mass remobilized and stored in fluvial system. Were obtained also socioeconomics information about the Araguaia River basin area in Goiás...

A solidão do corredor de longa distância: Brasil – novo modelo de desenvolvimento, para criar a “era das grandes oportunidades, rumo ao país desenvolvido”; The loneliness of the long distance runner: Brazil - new development model to create the "era of great opportunities towards the development"

Velloso, João Paulo dos Reis
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Livros
Português
Relevância na Pesquisa
55.81%
O livro aborda temas referentes ao desenvolvimento econômico do Brasil, trazendo uma retrospectiva de alguns temas relacionados às raízes históricas do país e a seu desenvolvimento. Traz um Panorama das eras: Vargas, Jk, e Geisel; e das transformações causadas pelo Plano Real. Expõe alguns fatores políticos como a criação do sistema de partidos políticos em 1985, o funcionamento do Estado, e as transformações dos anos 1990. Mostra os efeitos das mudanças sobre as principais cadeias produtivas, e realiza uma breve avaliação do governo lula, de 2003 a 2010. Apresenta tópicos como; educação de qualidade, geração de empregos, desenvolvimento da pequena empresa, redução da pobreza. E explica o porquê de ter relacionado tais temas à “solidão do corredor de longa distância”. Aborda também a crise do modelo econômico-social de países desenvolvidos.; 223 p. : il.