Página 18 dos resultados de 2678 itens digitais encontrados em 0.070 segundos

O regimento internacional dos investimentos - sistemas regional, multilateral, setorial e bilateral (balanço da década de 1990, seguido do estudo de dois casos: o Mercosul e o projeto da ALCA); The international regime on foreign investments

Zerbini, Eugenia Cristina Godoy de Jesus
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
O objeto do presente trabalho é a análise das mudanças no regime jurídico do investimento estrangeiro ocorridas na última década. Após o estudo histórico sobre o desenvolvimento desse regime, as quatro tendências que conduziram a elaboração das regras daquele período são examinadas. A primeira delas foi a criação de regimes regionais, como as regras sobre o investimento internacional do NAFT A, ASEAN, APEC e Mercosul. A segunda, as tentativas de estabelecimento de um regime multilateral, como comprovam não só as negociações do MAI e das TRIM's, nos quadros da OCDE e OMC, como a consolidação pelo Banco Mundial das Diretivas sobre o investimento direto estrangeiro. Em terceiro lugar, o surgimento de normas internacionais setoriais, a exemplo do Tratado da Carta da Energia. E, por último, o crescimento extraordinário do número de acordos bilaterais sobre a matéria. O estudo leva em consideração a jurisprudência internacional, principalmente as sentenças proferidas pelo CIRDI. O exame dessas quatro tendências é seguido pelo estudo de dois regimes regionais que dizem respeito aos interesses brasileiros: o do Mercosul e o da ALCA. Se comparado com os regimes anteriores, aquele dos anos 90 se distingue por privilegiar a flexibilização das regras sobre o fluxo de capitais e o incremento de seu ganho. Preocupações com regras concernentes à proteção do investimento estrangeiro parecem estar ultrapassadas em razão de dois motivos. Inicialmente...

Compromissos em serviços na Organização Mundial do Comércio: uma análise da estrutura da lista de compromissos e da metodologia utilizada para a inscrição de compromissos à luz do preâmbulo e do artigo XIX do GATS e suas principais consequências para o Brasil.; Services commitments in the world trade organization

Sayeg, Fernanda Manzano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
A lista de compromissos é o instrumento jurídico que consolida os compromissos adotados pelos Membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) na área de serviços. O modelo de lista de compromissos adotado pelo Acordo Geral para o Comércio de Serviços (GATS) permite que os Membros decidam quais setores ou subsetores de serviços e modos de prestação irão consolidar compromissos. Esses compromissos vinculam os Membros. Logo, as inscrições nas listas de compromissos devem ser claras e precisas, especialmente com relação ao que está e o que não está incluído no compromisso. Considerando que a estrutura da lista de compromissos e a metodologia utilizada pelos Membros para assunção de compromissos são extremamente complexas, é importante identificar quais são os principais problemas apresentados por elas, à luz das regras e objetivos da OMC, com vistas a buscar soluções ou sugerir alternativas para esses problemas. A análise desses problemas também deve levar em consideração os contenciosos envolvendo serviços e as conclusões a que chegou o Órgão de Solução de Controvérsias da OMC nesses casos. Deve-se verificar, também, se a estrutura da lista de compromissos e a metodologia para a inscrição de compromissos em serviços são compatíveis com o preâmbulo e com o Artigo XIX do GATS...

Avaliação da recente expansão do crédito no Brasil: boom ou crescimento sustentável?; Assessment of recent credit expansion in Brazil: boom or sustainable growth?

Andrade, André Pino da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.74%
Nos últimos anos, o Brasil tem apresentado um crescimento acelerado do crédito ao setor privado, atingindo uma taxa de crescimento real acima de 20% ao ano entre 2006 e 2008. Uma questão importante é saber se esse aumento recente do crédito no país pode ser justificado pelo baixo nível inicial de financiamentos e, também, pelas diversas mudanças no ambiente macroeconômico e microeconômico no período, ou se, caso contrário, esse crescimento pode ser considerado exagerado, com possíveis riscos à economia. Este trabalho se propõe a utilizar duas metodologias complementares e muito utilizadas na literatura para a identificação de booms de crédito: um método univariado de séries temporais, baseado nos desvios das séries de crédito em relação a sua tendência de longo-prazo, e um método multivariado, no qual busca explicar o nível de crédito ou o crescimento dele em função dos fundamentos econômicos. Os resultados encontrados indicam que ainda há espaços para o crescimento do crédito no Brasil, porém, um sinal de atenção é dado em relação à taxa de expansão observada do crédito, uma vez que, nos últimos anos, esta se apresentou um pouco elevada, ainda que nenhum sinal claro de boom tenha sido observado. Por fim...

Abertura de capital como estratégia de gestão jurídica e financeira de empresas do setor sucroalcooleiro

Ribeiro, Júlio César de Lima
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 185 f.
Português
Relevância na Pesquisa
55.75%
Pós-graduação em Direito - FCHS; Este estudo busca identificar a sociedade anônima aberta como um modelo societário propício à formatação jurídica, organização e capitalização de empreendimentos do setor sucroalcooleiro. O estudo foca este setor específico da economia brasileira, em função de sua acentuada importância no cenário econômico mundial, do intenso crescimento, nas últimas décadas da demanda por açúcar, etanol e álcool anidro (em especial no que tange a esses combustíveis renováveis), bem como, em razão das mudanças administrativas e estruturais que vêm sendo aplicadas ultimamente nas empresas do setor. Nessa conjuntura, a pesquisa busca demonstrar como se organizam, atualmente, os diferentes agentes econômicos do setor e quais as principais estratégias aplicadas no sentido de se capitalizarem e, assim, promoverem medidas de reorganização administrativa e estrutural. Sob essas premissas, o estudo sugere a formatação jurídica das sociedades anônimas abertas, como um modelo viável para a organização de empreendimentos sucroalcooleiros que reúnam condições de experimentarem um potencial crescimento econômico, a partir da capitalização e da integração empresarial com outros empreendimentos relacionados ao setor. Para tanto...

Políticas públicas e desenvolvimento rural na região de Presidente Prudente: Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar e Programa Estadual de Microbacias Hidrográficas

Souza, Paulo Cesar de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxiii, 274 f. : il., graf., mapa
Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geografia - FCT; No Brasil, o desenvolvimento rural foi entendido como sinônimo de incorporação de técnicas modernas aos processos produtivos da agropecuária. Somente na década de 1990 começaram a ser implementadas políticas públicas direcionadas aos pequenos produtores rurais e as classes menos favorecidas do meio rural brasileiro. A região de Presidente Prudente, após período de ocupação e crescimento das culturas agrícolas, passou por um processo de retração econômica durante as décadas de 1960 e 1980, com forte êxodo rural e perda do dinamismo econômico por parte dos municípios, em virtude da redução da importância da agropecuária e da diminuição da circulação de capitais. Entretanto, nos anos 1990, com a redemocratização e o fortalecimento do poder municipal houve maior injeção de recursos através de políticas públicas, propiciando a retração do êxodo rural e melhoria nas condições de produção e de sobrevivência no meio rural. A pesquisa buscou entender as condições sócio-econômicas e espaciais dos pequenos produtores rurais de municípios localizados na área do Escritório de Desenvolvimento Rural (EDR) de Presidente Prudente...

A construção da defesa da concorrência no MERCOSUL : uma perspectiva construtivista - cooperação e interesses nas relações internacionais; The construction of competition defense in MERCOSUL : a constructive perspective - cooperation and interests in internatiobal relation

Luís Rodolfo Cruz e Creuz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
55.75%
O ponto histórico contextual de nosso estudo é o “Protocolo de Defesa da Concorrência no Mercosul – Protocolo de Fortaleza”, de 17/12/1996. Apesar desse marco regulatório ter sido ratificado por alguns Estados-Partes do Mercosul, e no Brasil tendo sido ratificado por meio do Decreto nº 3.602, de 18/9/2000, nos seus muitos anos de vigência apresentou pouquíssimo avanço. As causas apontadas são variadas: divergências políticas, dificuldades de implantação, questões de conjuntura decorrentes de crises econômicas mundiais. A busca por formas de equilíbrio nas relações jurídico-econômicas ao redor do globo, e seus impactos regionais na América Latina, é constante nos fóruns e organizações internacionais, inclusive envolvendo a repressão ao abuso do poder econômico e a Defesa da Concorrência, considerando esta um elemento importante para o desenvolvimento dos países da região. Este trabalho trata do estudo da atual situação regulatória do Mercosul, tanto no plano das normas regionais quanto no da legislação interna dos países, do ponto de vista da teoria construtivista das Relações Internacionais, com o objetivo de apontar elementos de desenvolvimento de interesses e cooperação na regulação da Defesa da Concorrência no âmbito comunitário do Mercosul...

A problematica ambiental no Municipio de Palhoça (SC) : desenvolvimento urbano sustentavel

Villaverde, Alberto E
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 118f.| retrs., mapas
Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnolgico; Este trabalho apresenta um amplo estudo sobre a perspectiva de desenvolvimento sustentável e o ambiente urbano, particularizando o município de Palhoça, integrante da região da Grande Florianópolis no Estado de Santa Catarina. A problemática ambiental urbana é estabelecida a partir de uma estrutura de grupos sobre a visão do ambiente, a visão no campo urbanístico, a visão do planejamento e, por último, a visão no campo administrativo. O objetivo central é o estudo da problemática ambiental do município de Palhoça, verificando os critérios do desenvolvimento urbano e as estratégias de planejamento e sugerindo métodos para a aproximação do desenvolvimento sustentável. O estudo do município de Palhoça é de interesse devido a sua posição na região: apresenta 75% do território com áreas de preservação permanente, manguezais e cadeias montanhosas; a cidade expande-se sobre essas áreas ou sobre a zona agrícola, sem planejamento. Ao mesmo tempo representa a 5a maior taxa de crescimento populacional, crescimento urbano com grande perda de área rural. Representa a marginalidade, de políticas direcionadas para o desenvolvimento de Florianópolis; é o lado pobre...

Suave fracasso: a política macroeconômica brasileira entre 1999 e 2005

Cintra,Marcos Antonio Macedo
Fonte: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento Publicador: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2005 Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
O artigo procura demonstrar que o modelo macroeconômico brasileiro tem sido capaz de produzir ciclos econômicos que acompanham os movimentos de expansão e retração da liquidez e do comércio mundiais, mas não tem conseguido recolocar o país no caminho do desenvolvimento econômico e social. Sustenta-se que as políticas cambial, monetária e fiscal são contraditórias e concorrem para bloquear o crescimento sustentado, a resolução dos pontos de estrangulamento na infra-estrutura e a expansão do gasto social.

O desenvolvimento econômico : um estudo sobre a evolução econômica de São Tomé e Príncipe do período Colonial ao período Pós-Colonial

José da Silva, Yoso; Lucena Raboni, Pierre (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
São Tomé e Príncipe, situado na África Ocidental, com uma superfície de 1001 Km2, descoberto em 1470 e 1471 pelos portugueses. Nessa região, a economia ficou marcada pela introdução de cana de açúcar, café e cacau para exportação. A economia do país até o presente continua dependente da monocultura do cacau. Neste contexto, o estudo teve como objetivo analisar a evolução dessa economia do período colonial ao período pósindependência. Efetuou-se um levantamento e pesquisa bibliográfica sobre temas relacionados à economia, mais especificamente a do país. O levantamento e a análise dos dados foram feitos com base nos dados obtidos de fontes secundárias, como; bancos de dados de sites oficiais, artigos científicos, etc. Entre eles, destacam-se: Banco Mundial, FMI, Instituto Nacional de Estatística, Banco Central de São Tomé e Príncipe, etc. Conclui-se que a economia do país na primeira colonização baseada na cultura de cana de açúcar e produção deste produto para a exportação prosperou, embora tendo declinado diante das revoltas dos escravos e dos ataques Franceses, Holandeses, etc. A segunda colonização, com a introdução do café e do cacau, o país foi considerado um dos maiores exportadores de cacau no mundo. A insustentabilidade de mão-de-obra associada à redução do preço deste produto no mercado internacional na década de 70 fez declinar a economia do país. No período pós-colonial o cacau...

Crédito e desenvolvimento: um estudo da instituição comunitária de crédito Porto Alegre solidária

Kreutz, Daiane Cristina
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
Esta dissertação propõe-se a analisar o impacto do microcrédito junto aos pequenos empreendedores beneficiados pela Instituição Comunitária de Crédito Portosol de Porto Alegre. A pesquisa discute primeiramente a importância do desenvolvimento financeiro para o crescimento econômico, evidenciando que há uma relação de causalidade entre eles. Na sequência, apresentam-se o contexto nacional das microfinanças, que surge como uma alternativa auxiliar na democratização do acesso ao crédito, e o panorama brasileiro no que se refere à questão. Finalizando e para atingir o objetivo proposto quanto à análise do impacto econômico e social do crédito em pequenos empreendimentos atendidos pela Portosol, analisam-se os dados coletados na mesma e os de seus clientes. Isso permite fazerem-se inferências econômicas baseadas no desempenho operacional desses empreendimentos, concluindo-se que a atuação da Portosol é socialmente relevante, pois são perceptíveis as mudanças em termos de elevação de faturamento e renda dos seus beneficiados. A partir da disponibilização de uma maior quantidade de recursos financeiros, os empreendimentos passam a usufruir de melhores condições para continuar exercendo a sua atividade-fim e para ampliá-la. A Instituição...

O contributo da educação/formação na produtividade e competitividade: estudo exploratório tendo como referência uma empresa.

Esteves, José Luís Nunes
Fonte: Universidade Portucalense Publicador: Universidade Portucalense
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
Cota: TME 236; Da análise efectuada aos indicadores económicos disponíveis verificamos que a educação e a qualificação profissional dos portugueses no seio da U.E. é baixa e que, em Portugal, o emprego se sustenta em actividades de baixo acrescentado, trabalho intensivo e baixos salários, cujo modelo económico está esgotado. Esta situação não nos parece sustentável a médio prazo, donde se constata a necessidade de tomada de medidas que conduzam à melhoria da situação económica do país e da qualidade de vida das pessoas. Segundo a teoria económica, as diferenças entre os níveis de rendimento dos países têm origem nas variações das quantidades dos factores produtivos usadas na produção, bem como nos resultados de produtividade verificados no uso desses factores. Uma forma de acumular factores produtivos é através do investimento em capitalhumano, que se pode definir como o conjunto de conhecimentos, aptidões e qualificações detidas por um indivíduo. Podemos falar em investimento na medida em que a aquisição de conhecimento e capacidades por cada indivíduo implica aumentos no seu rendimento futuro. Existem diversos factores que contribuem para o crescimnto e desenvolvimento económico...

Unidades de conservação e o falso dilema entre conservação e desenvolvimento

Gurgel, Helen C.; Hargrave, Jorge; França, Fabio; Holmes, Roberta M.; Ricarte, Fabio M.; Dias, Braulio F. S.; Rodrigues, Camila G. O.; Brito, Maria Cecília Wey de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Boletim Regional, Urbano e Ambiental - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
O artigo apresenta uma reflexão sobre o falso dilema entre conservação e desenvolvimento que permeia a discussão sobre a política ambiental e o desenvolvimento do Brasil. Ao propor um olhar mais abrangente sobre os usos possíveis do solo nas unidades de conservação (UCs) brasileiras, explicita-se que a legislação prevê e incentiva diversas atividades econômicas nessas áreas. Essas atividades visam compatibilizar o uso sustentável do solo, a conservação da biodiversidade e a geração de emprego e renda, contribuindo para o desenvolvimento social, econômico e científico, tanto local quanto nacional. Ressalta-se assim que esse novo olhar fortalece o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC) (Lei no 9.985/2000) e permite observar de forma mais clara o cumprimento do objetivo de potencializar o papel das UCs no desenvolvimento sustentável e na redução da pobreza, estabelecido no Plano Estratégico Nacional de Áreas Protegidas (PNAP) (Decreto nº 5.758/2006).; p. 109-119

Poupança externa e o financiamento do desenvolvimento; Texto para Discussão (TD) 496: Poupança externa e o financiamento do desenvolvimento; Foreign savings and financing for development

Aurélio, Marcela Meirelles
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
Este trabalho procura avaliar o potencial de contribuição da poupança externa para o financiamento da retomada do crescimento econômico brasileiro. Com base nas relações macroeconômicas que vinculam os fluxos de capitais externos, o déficit em transações correntes e o investimento, buscamos deduzir os pré-requisitos para que a captação de poupança externa seja funcional ao desenvolvimento econômico. Em seguida, tendo como referência as características intrínsecas às três modalidades básicas de captação de recursos externos — a saber, empréstimos em moeda, investimentos de portfólio e investimentos estrangeiros diretos —, procuramos apresentar parâmetros para a reflexão acerca dos seus condicionantes e de sua evolução no longo prazo. Finalmente, sugerimos formas por meio das quais o país poderia melhorar a qualidade do seu funding externo.; 61 p. : il.

Macroeconomia para o desenvolvimento: uma agenda de pesquisa; Texto para Discussão (TD) 1677: Macroeconomia para o desenvolvimento: uma agenda de pesquisa

Vianna, Salvador T. Werneck; Bruno, Miguel Antonio P.; Modenesi, André de Melo
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
O artigo tem como objetivo sugerir uma agenda de pesquisa que compatibilize a política macroeconômica com uma política de desenvolvimento. Parte-se da análise da estrutura da economia brasileira em perspectiva histórica e em seguida são identificados os limites estruturais para o desenvolvimento econômico brasileiro. A política monetária vigente nos últimos dez anos também é analisada e identificada como limitante ao desenvolvimento, na medida em que tem se constituído como a dimensão predominante no arranjo macroeconômico, subordinando os demais objetivos de política econômica ao de estabilidade de preços. Finalmente, são enunciados caminhos de pesquisa em direção a arranjos macroeconômicos e institucionais que contemplem a coordenação das políticas econômicas voltadas para uma estratégia de desenvolvimento. Esta estratégia deve priorizar o pleno emprego e a obtenção de elevadas taxas de crescimento, consistentes com a robustez do balanço de pagamentos e a estabilidade de preços.; 31 p. : il.

Concretização do Small Business Act : Avaliação e Perspetivas

Real, Sandra Magalhães
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.75%
Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais; A globalização e os avanços tecnológicos conduzem a alterações constantes na economia. A importância do setor das pequenas e médias empresas (PMEs) para o crescimento da economia tem vindo a ser reconhecido. Estudos realizados indicam que as PMEs são as principais geradoras de novos empregos e devido à sua capacidade de inovação e flexibilidade, adaptam-se mais facilmente às mudanças do mercado e consequentemente impulsionam a criação de riqueza. Os governos têm vindo a reformular a legislação aplicável às PMEs com o objetivo de reduzirem as barreiras que restringem a sua criação e desenvolvimento. A Europa tem vindo a perder terreno na economia mundial pelo que, a União Europeia (EU) lançou o Small Business Act (SBA) que pretende colocar os interesses das PMEs no centro da política europeia. Numa primeira fase o presente trabalho tem como objetivo avaliar a implementação do SBA nos países da União. Posteriormente pretende-se realizar uma análise comparativa ao setor das PMEs em seis países: Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Austrália, Suécia e Finlândia. Concluiu-se que apesar da implementação do Small Business Act tomar diferentes abordagens e resultados consoante os Estados-Membros...

TEORIA DO CRESCIMENTO ENDÓGENO E A INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO BRASIL DOI: 10.5773/rai.v10i3.1002

Guimarães Togeiro de Mora, Rubens; Nogueira da Cruz, Hélio
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
Este trabalho apresenta uma revisão da literatura sobre a teoria do crescimento econômico endógeno, segundo as abordagens de Schumpeter e de Romer. Desta forma, os principais objetivos do estudo consistiram: a) na revisão de aspectos teóricos que determinam o crescimento, tais como, investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D), distância em relação à fronteira tecnológica, tamanho das firmas e intensidade competitiva dos mercados nacionais e internacionais; b) em apresentar estudos empíricos sobre o Brasil, inclusive nas subregiões dos Estados de São Paulo e Minas Gerais, que demonstraram que no país predomina firmas de pequeno porte, distantes da fronteira tecnológica e de baixa intensidade inovadora.

Juazeiro do Norte : Religiosidade e Desenvolvimento

Guerra, Lúcia Bezerra
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
55.76%
Este trabalho procurou analisar o desenvolvimento econômico e social da cidade de Juazeiro do Norte, tendo como fator determinante a religiosidade do povo nordestino, o contexto da contemporaneidade e a abnegação e devoção da figura carismática de Padre Cícero. Ressaltou-se durante a pesquisa de campo a situação do povo nordestino e as características geográficas e sociais das populações daquela região. Também foram focalizados os problemas políticos regionais, as intrigas oligárquicas e eclesiásticas, engendradas no modelo tradicional vigente no Velho Mundo e que chegava ao Nordeste do Brasil ainda nebuloso e carente de uma melhor compreensão. O referido trabalho traz a tona o mito visionário de Padre Cícero. Mostra também como os sertanejos receberam os conceitos pregados por ele, fortalecendo suas convicções a respeito de sua fé e transportando essa convicção para o mundo das realizações produtivas. Fica palpável o crescimento da cidade de Juazeiro, a sequencia de realizações e evento políticos que culminaram com a sedição e emancipação da antiga vila e elevando-a a categoria de cidade. Ficou evidente a importância de Padre Cícero neste processo de crescimento e continuidade do mesmo após sua morte. Já é de domínio público a reaproximação da igreja católica com os eventos passados em Juazeiro na época de Padre Cícero. Hoje se vislumbra por parte da igreja o movimento de reabilitação da figura de Padre Cícero...

Tourism as a Vector of Local Development: a look through the ideas of Theodor Adorno and Max Horkheimer; Turismo Como Vector De Desarrollo Local: una mirada a través de las ideas de Theodor Adorno y Max Horkheimer; Turismo como Vetor de Desenvolvimento Local: um olhar através das idéias de Theodor Adorno e Max Horkeimer

Lopes, Alba Oliveira Barbosa; Tinôco, Dinah dos Santos; Araújo, Richard Medeiros de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
Este ensaio procura compreender a relação entre turismo e desenvolvimento. Para tanto, se apóia em uma pesquisa bibliográfica e dá ênfase especial as ideias de Theodor Adorno e Max Horkheimer. Embora esses autores não tenham discutido a temática do turismo, mas, as suas ideias relativas à valorização da ciência positivista e sua influência para a legitimação dos dados e fatos econômicos que apóiam investimentos governamentais, podem contribuir com uma reflexão crítica. Destacam-se, também, as suas discussões sobre Indústria Cultural, onde a mercantilização de atividades culturais e a valorização do prazer contribuem para a acriticidade dos homens. Os países em desenvolvimento são impulsionados a direcionar suas estratégias para um crescimento sócio-econômico no sentido de dinamizar setores capazes de gerar emprego e estimular a melhoria da qualidade de vida da população. Este artigo pressupõe que o questionamento do potencial turístico enquanto vetor de desenvolvimento não deve ser negado, supõe, contudo, que as bases do modelo de desenvolvimento devem ser melhor analisadas para além da racionalidade instrumental, de forma a evitar uma percepção acrítica da atividade turística...

Desenvolvimento do turismo ou desenvolvimento turístico: reflexões com base em duas regiões atrasadas em São Paulo

Azzoni, Carlos Roberto
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/1993 Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
The paper provides a discussion of the necessary and sufficient conditions for a tourism-based process of economic development to take place in a lagged region. A distinction is made between development of the tourism in a region (increase in this activity above the regular trend) and development of a region through tourism (creation of multiplier effects that will activate the region's economy). The cases of two lagged regions in São Paulo State are considered as examples. The Pontal do Paranapanema region is considered to have conditions only for the development of its tourism sector; the Vale do Ribeira region, however, seems to have all the necessary conditions to face development through tourism.; O texto apresenta uma reflexão sobre as possibilidades do turismo constituir o elemento dinamizador de economias regionais atrasadas. Estabelece-se a diferenciação entre desenvolvimento do turismo na região (crescimento dessa atividade na região em relação à tendência observada no passado) e o desenvolvimento turístico da região (o desenvolvimento da atividade turística acarretando efeitos de encadeamento que levam à superação das condições de atraso econômico regional). Os casos das regiões do Pontal do Paranapanema e do Vale do Ribeira...

Desenvolvimento econômico, desigualdade e saúde

Prata,Pedro Reginaldo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1994 Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
O autor se refere a dimensão socioeconômica, individual e coletiva do fenômeno saúde-doença. Refere-se também ao fato das populações estarem sobre a influência desigual de fatores de risco e de proteção à saúde. Discute as desigualdades no desenvolvimento e a relação entre desenvolvimento, riqueza, saúde e justiça social. Questiona as teorias de desenvolvimento econômico, diferenciando desenvolvimento de crescimento. Cunha os conceitos de armadilha do desenvolvimento e refugiados sociais. Define uma comunidade saudável. Propõe a necessidade de mudança no modelo de desenvolvimento. Baliza o papel e as limitações do setor saúde no que diz respeito a iniqüidade social.