Página 18 dos resultados de 12165 itens digitais encontrados em 0.099 segundos

Flores e frutos imaturos de Crataegus monogyna revelam elevado potencial antioxidante.

Rodrigues, Sandra; Barreira, João C.M.; Carvalho, Ana Maria; Ferreira, Isabel C.F.R.
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
A espécie Crataegus monogyna, conhecida vulgarmente como espinheiro, escaramunheiro ou pilriteiro, está entre as plantas do Nordeste de Portugal mais recomendadas pela medicina tradicional e as suas bagas eram consumidas no campo, por serem consideradas nutritivas e saudáveis, sendo também utilizadas como suplemento alimentar, sobretudo para crianças, devido ao seu elevado conteúdo vitamínico [1]. Em diferentes regiões de Portugal, o espinheiro é reconhecido como tendo propriedades de prevenção e controlo de doenças relacionadas com a idade (p. ex. doenças cardiovasculares, arteriosclerose, artrite ou hipertensão. Além do mais, alguns estudos documentam a utilização das flores e frutos de espinheiro no tratamento de doenças cardiovasculares e gastrointestinais. Os frutos são também utilizados em produtos alimentares processados (enlatados, compotas, geleias, bebidas) [2]. Neste trabalho foram utilizadas diferentes partes do espinheiro: botões e brácteas florais (corimbos); flores durante a antese, incluindo folhas expandidas na base do pedúnculo da inflorescência; frutos imaturos correspondendo à fase de senescência floral; frutos maduros (pomos vermelhos no final do estio); frutos em sobrematuração (frutos de cor vermelha escura do final do Outono). Para compreender o potencial antioxidante destas diferentes partes da planta...

Desenvolvimento, produção e qualidade de frutos de abacateiro cv. "Hass" sobre dois porta-enxertos nas condições edafoclimáticas da região central do Estado de São Paulo; Growth, fruit yield and quality of 'Hass' avocado budded onto two rootstocks in the central region of São Paulo State

Moraes, Ana Flávia Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
A produção comercial brasileira de abacates ocorre em pomares implantados sobre porta-enxertos oriundos de sementes, o que resulta em grande desuniformidade das plantas com relação a tamanho da copa, produção, qualidade de frutos e suscetibilidade a patógenos do solo, principalmente Phytophthora cinnamomi, agente causal da podridão radicular, principal doença da cultura. Enquanto em outros países já é adotado o uso de porta-enxertos com características superiores que são propagados clonalmente visando minimizar esses problemas, no Brasil estes materiais ainda não foram avaliados. Durante os anos de 2010 a 2013 foi conduzido um experimento na Fazenda Jaguacy, município de Bauru, SP, com o objetivo de avaliar o desenvolvimento, produção e qualidade de frutos de abacateiro 'Hass' sobre dois porta-enxertos, sendo um proveniente de sementes ('Seedling') (T1) e o outro da cultivar Dusa obtido por propagação clonal (T2). O experimento foi conduzido seguindo um delineamento em blocos casualizados, com dois tratamentos, 5 repetições e 10 plantas por parcela, totalizando 100 plantas em avaliação. O desenvolvimento vegetativo foi obtido pela medição da altura e diâmetro das plantas, utilizados para o cálculo do volume de copa. A produção foi avaliada a partir da contagem e pesagem de todos os frutos de cada planta e também pelo cálculo da eficiência produtiva e da alternância produtiva entre anos. A qualidade dos frutos foi avaliada a partir da massa...

Estádios de colheita e repouso pós-colheita dos frutos na qualidade de sementes de mamoneira

Silva, Líbia Belisário da; Martins, Cibele Chalita; Machado, Carla Gomes; Nakagawa, João
Fonte: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES) Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 50-59
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito dos estádios de colheita e do repouso pós-colheita dos frutos na qualidade de sementes de mamoneira (Ricinus communis L.) cultivar AL Guarany 2002. Foram avaliadas 9 épocas de colheita dos racemos, dos 30 até 142 dias após a antese (DAA), em intervalos de 14 dias e quatro condições de repouso: sem e com repouso de sete dias de sementes extraídas (nuas), de frutos e de frutos presos ao racemo. Foram avaliados a cor de frutos e de sementes; o teor de água, a massa seca, as porcentagens de germinação e de vigor das sementes (primeira contagem de germinação, índice de velocidade de emergência e condutividade elétrica). Sementes com máxima qualidade fisiológica e massa seca foram obtidas de frutos colhidos aos 86 DAA. A colheita pode ser realizada até os 128 DAA sem redução da germinação, mas com prejuízos devido à queda dos frutos, dispersão das sementes aos 100 dias e reduções do vigor. O repouso permitiu a antecipação da colheita para 72 DAA sem prejuízos à germinação e massa seca, mas com reduções de vigor. A cor dos frutos, das sementes e o teor de água das sementes são parâmetros eficientes para a identificação do ponto de colheita, principalmente se usados conjuntamente.; This study aimed to assess the effect of the fruit harvesting stage process and the post-harvest resting period in the quality of castor bean seeds (Ricinus communis L.) AL Guarany 2002. Nine assessments were made on racemes...

Vida útil e qualidade de frutos de tomateiros tratados com paclobutrazol

Seleguini, Alexsander; Faria Júnior, Max José de Araujo; Seno, Shizuo; Santos, Jacira Isepon dos; Silva, Katiane Santigo da; Lemos, Odair Lacerda
Fonte: Universidade Federal de Viçosa (UFV) Publicador: Universidade Federal de Viçosa (UFV)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 470-475
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
A aplicação de reguladores de crescimento pode influenciar todas as fases do desenvolvimento de uma planta, incluindo o florescimento, o desenvolvimento e a maturação de frutos e sementes. Assim, avaliaram-se as principais características físicas e químicas e a vida útil dos frutos de tomate obtidos de plantas tratadas com paclobutrazol - PBZ (0, 50 e 100 mg L-1), via rega de mudas, aos 15 dias após a semeadura. Os frutos foram analisados imediatamente após a colheita e aos cinco, 10, 15 e 20 dias de armazenamento, em condições ambientes. A eficiência dos tratamentos e a qualidade dos frutos foram determinadas por meio da perda de matéria fresca, firmeza da polpa, teores de sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), vitamina C e relação SS/AT. Adotou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 x 5 (três concentrações de paclobutrazol x cinco períodos de armazenamento em temperatura ambiente). As aplicações de paclobutrazol em mudas de tomateiro, aos 15 dias após a semeadura, nas concentrações de 50 e 100 mg L-1, não alteraram a vida útil dos frutos do tomate longa vida AF 7631. O aumento das concentrações de PBZ resultou em menor perda de matéria fresca dos frutos e sua menor firmeza e acidez. Os teores de sólidos solúveis e de vitamina C e a relação SS/AT não se alteraram com o aumento das concentrações de PBZ. Os frutos...

Vibração de plantas de pimenta (capsicum sp) para produção de frutos e sementes em ambiente protegido

Freitas, Pâmela Gomes Nakada
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: viii, 74 f. : ils. color., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; The pollinators produce the vibration of flowers to release pollen to fertilize the eggs cells for seed formation and fruit development. In this sense, it is aimed to verify the effect of the vibration of plants in the production of american pepper protected with open and closed sides cultivation. The experiment was conducted at the Experimental Farm of UNESP/FCA located in the city of São Manuel-SP. There were six treatments in a split plot design, with two instalments, one with vibration and other without vibration of the plants in subplots the three cultivars (Dirce, Dínamo and Doce Comprida). The plants were vibrated shooking on the wire where it attaches the tutor (bamboo cane) by hand for about 5 seconds, twice a day. The design was a randomized block design with three replications. The same experiment was conducted in two environments: with and without closing the sides. The characteristics were evaluated: weight and number of total and marketable fruit (no visible defects) per plant, percentage of marketable fruits; mass, diameter and fruit length , weight and number of seeds per fruit , and plant height. Fruit production was much higher in the environment with closed sides with 24 marketable fruits per plant while in open areas there were seven. The vibration of plants of american peppers did not affect yield...

Distribuição intra-planta de frutos atacados de goiaba por Conotrachelus psidii Marshall, 1922 (Coleoptera: Curculionidae) em cultivo orgânico

Valente, Fabricio Iglesias
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 34 p. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Pós-graduação em Agronomia (Entomologia Agrícola) - FCAV; The main focus of the organic system is the economic and ecological sustainability of ecosystem. The knowledge of the behavior of a pest is critical to the understanding of the intensity of their damage. This work was conducted to evaluate the vertical distribution of fruits attacked by C. psidii, as well the preferred side of the plant for feeding and oviposition on Guava fruits, and also evaluate the survival of larvae in the thirds and sides of the guava trees. The assay was developed in an organic guava orchard with approximately 3 ha. The cultivar was Paluma and the property is certified by IBD and FLO (Fair Trade). The orchard is located in the municipality of Fernando Prestes, São Paulo State, and the the data was collected in the 2012/2013 harvest. The rows of trees in culture were arranged in north-south direction, these trees are connected to each other in the direction of the row ( north-south), the canopy were divided into two sides , the east side ( sunrise side ) and the west side ( sunset side). The evaluations were performed fortnightly. During each assessment, 30 plants were used, chosen randomly within the plot. Each plant was divided into east and west sides...

Viabilidade de sementes de Handroanthus heptaphyllus (Vell.) Mattos armazenadas nos frutos

Martins, Maria Rita Silva Gilli
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: iv, 70 f. : il. color, grafs., tabs
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Pós-graduação em Ciência Florestal - FCA; The objective of the research was to evaluate the behavior of Handroanthus heptaphyllus (Vell.) MATTOS seeds, stored into the fruits (SF) and by conventional procedure(SC). The fruit and seeds were stored in kraft paper bags by the period of eight months. They were tested through the three different conditions: dry chamber at 20 ° C and 45% RU; cold chamber at 10 º C and 90% RU, and laboratory environment without control of temperature and humidity. We evaluated the seeds by their germination, electrical conductivity, water content of seeds and fruits, soluble protein content, and lipid content and enzyme activity of peroxidase and polyphenoloxidase. It was also measured the size of seeds (length, height, and thickness), for seed lot characterization. Seeds harvested after 120 days of anthesis, showed good germination (83%) and electrical conductivity (40.7 μs.cm-1.g-1), even though with high water content (49.3%). Generally, seeds stored by conventional procedure (SC)presented better results than compared to seeds stored into the fruits the fruit (SF). The values of germination and water content decreased along the time, while the values of electrical conductivity increased. The results for seeds stored in cold chamber were higher than the other storage conditions. There was higher peroxidase activity in fruits than for seeds...

Metabolismo da sacarose em frutos de cafe; Sucrose metabolism in coffee fruit

Clara Geromel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Sabendo-se que a produtividade da cultura de café está diretamente ligada a três fatores básicos de produção, climáticos, genéticos e fisiológicos, nesse estudo foram abordados alguns aspectos do metabolismo de carboidratos envolvidos no processo de enchimento dos frutos de café ao longo do seu desenvolvimento. A composição de carboidratos, principalmente de polissacarídeos do grão (endosperma) de café é conhecida, assim como a importância dos açúcares sobre a qualidade da bebida, porém a importação de sacarose a partir de folhas e seu desdobramento nos frutos ainda não são completamente esclarecidos. Os açúcares utilizados no metabolismo das sementes são de extrema importância, tendo como exemplo a regulação da relação fonte-dreno, além de controlar a expressão de genes que codificam algumas enzimas envolvidas no metabolismo de açúcares. O trabalho teve como principal objetivo estudar o metabolismo de sacarose nos frutos de café, ao longo do desenvolvimento. Análises histológicas e fornecimento de compostos marcados mostraram que não existem conexões vasculares entre os tecidos, pericarpo,perisperma e endosperma, mas vasos condutores que percorrem o funículo chegam até o perisperma, permitindo um descarregamento direto de fotoassimilados produzidos nas folhas e dele a transferência para o endosperma...

A produção de açai a partir do processamento dos frutos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) na mata atlântica

Mac Fadden, Joana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.; O objeto de estudo do presente trabalho é a produção do açaí no litoral norte do Estado de Santa Catarina. O açaí é um produto obtido a partir do processamento dos frutos de palmeiras do gênero Euterpe, da família Arecaceae. No Norte do país o açaí é extraído de palmeira multicaules açaizeiro ou juçara (Euterpe oleracea Martius) e também de uma palmeira monocaule açaizeiro (Euterpe precatoria Martius) muito parecida com o palmiteiro (Euterpe edulis Martius). Em 1998, o Laboratório de Biotecnologia Neolítica UFSC iniciou o trabalho de utilização dos frutos do palmiteiro para a produção de açaí a partir da valorização do conhecimento ecológico local de uma tiradeira tradicional na Mata Atlântica. A dinâmica de difusão deste conhecimento é objeto de estudo da etnobotânica, que é uma ciência interdisciplinar. A metodologia utilizada foi: 1. entrevistas semi estruturadas para o levantamento do conhecimento de tiradeiras de açaí; 2. reuniões participativas para integração de conhecimentos; 3. quantificação da produção de frutos do palmiteiro em quintal agroflorestal e consórcio banana e palmito...

Influência da maturação sobre o conteúdo e bioacessibilidade de minerais e perfil de compostos fenólicos dos frutos da palmeira Juçara (Euterpe edulis Martius)

Schulz, Mayara
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 171 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.778096%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, Florianópolis, 2015.; Espécie nativa da Mata Atlântica, encontrada desde o sul da Bahia até o norte do Rio Grande do Sul, a palmeira juçara (Euterpe edulis Mart.) apresenta grande importância ecológica e econômica para o Brasil, em especial para os estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. A exploração extrativista contínua e desordenada para a produção de palmito acarretou em risco de extinção da espécie, visto que a extração do palmito implica no sacrifício da planta. Recentemente, maior atenção vem sendo dada à exploração de seus frutos, muito semelhantes aos frutos do açaizeiro (Euterpe oleracea Mart.) cultivado na Amazônia e utilizado para a produção de açaí. Os frutos de juçara são arredondados e apresentam coloração violáceo-púrpura quando maduros, sua utilização para obtenção de polpa tornou-se uma forma de conciliar proteção ambiental da espécie com agregação de valor econômico. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o conteúdo de minerais, sua bioacessibilidade e determinar o perfil de compostos fenólicos em frutos de palmeira juçara coletados em Florianópolis/SC em diferentes estádios de maturação. Os minerais e sua bioacessibilidade...

Isolamento da pectina em frutos e sua caracterização por espectroscopia e infravermelho

Lima, Marianne de Souza
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
Pectinas são hidrocolóides naturais encontrados em plantas superiores. 0 procedimento de extração ainda suscita duvidas quanto a adequabilidade devido influencia d as condições de pH, natureza do acido, tempo de aquecimento, e do tipo do álcool precipitante. 0 objetivo deste trabalho foi otimizar a metodologia de extração e isolamento de pectinas, bem como a caracterização em frutos, utilizando principais bandas de absorção do infravermelho. Foi utilizado um planejamento fatorial 23 , com as seguintes variáveis independentes: pH; tempo de aquecimento e tipo de álcool em mesocarpo de laranja e goiaba. Para caracterizar frutos foram estrategicamente estudados frutos, que rendem boa geleia (grupo I), e aqueles que variam em composição química, contem fibra (grupo II) e contem amido (grupo III). As variáveis estudadas foram rendimento (%) e grau de metoxilação (%) da pectina. 0s dados foram analisados através de analise de variância e comparadas pelo teste de Duncam ao nível de 5% de significância. 0 grau de metoxilação da pectina isolada do mesocarpo da laranja variou de 60, 95 para 70,91% e foi influenciado linearmente pelas três variáveis independentes. Enquanto o rendimento variou de 3...

Goiabeira 'Paluma' sob diferentes sistemas de cultivo, épocas e intensidades de poda de frutificação

SERRANO, L.A.L.; MARINHO, C.S.; RONCHI, C.P.; LIMA, I. de M.; MARTINS, M.V.V; TARDIN, F.D.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.6, p. 785-792, jun. 2007 Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v. 42, n.6, p. 785-792, jun. 2007
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produção e a qualidade dos frutos da goiabeira 'Paluma', em diferentes sistemas de cultivo, épocas e intensidades de poda de frutificação, em Pedro Canário, ES. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, em esquema de parcelas sub-subdivididas. As parcelas foram os sistemas de cultivo irrigado e sequeiro; as subparcelas foram as épocas de poda (10/11/2005, 9/12/2005, 13/1/2006 e 10/2/2006); e as sub-subparcelas foram as intensidades de poda (curta, média e longa). A produção, o número de frutos e o peso médio dos frutos foram maiores nas plantas cultivadas com irrigação. Independentemente da época de poda, as plantas submetidas à poda curta apresentaram as menores produções e números de frutos por planta, entretanto produziram os frutos mais pesados. As maiores produções e número de frutos por planta ocorreram nas plantas submetidas às podas médias e longas, em fevereiro, enquanto os frutos mais pesados, independentemente da intensidade da poda, foram produzidos pelas plantas podadas em dezembro. O teor de sólidos solúveis totais (SST), acidez total titulável (ATT) e relação SST/ATT dos frutos não foram influenciados pela intensidade da poda de frutificação...

Crescimento e desenvolvimento de frutos do tomateiro 'Santa Clara' e do seu mutante natural 'Firme'

Moura,Marcia Lima; Fogaça,Claudia Martellet; Moura,Marcelo Amaral de; Galvão,Hilton Lopes; Finger,Fernando Luiz
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
Na região produtora de hortaliças de Viçosa, MG, identificaram-se plantas de tomate da cv. Santa Clara (Lycopersicon esculentum Mill.), que apresentam senescência foliar precoce e estigmas amarelados, com frutos de coloração "amarelo-creme" quando imaturos e vermelho quando maduros, de maturação lenta, e mais firmes que o fenótipo normal. Objetivou-se com este trabalho avaliar o crescimento e desenvolvimento dos frutos normais e mutantes. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com quatro repetições. Os frutos mutantes apresentaram matéria fresca total e diâmetro transversal e longitudinal menores do que o normal durante todo o seu desenvolvimento. A espessura do pericarpo foi significativamente menor nos frutos mutantes do que nos frutos normais, a partir dos 21 dias após a antese. Folhas medianas e basais de plantas mutantes apresentaram menores teores de clorofila do que o observado em plantas normais. O período de amadurecimento do fruto mutante foi de 14 dias, enquanto dos frutos normais foi de 7 dias, quando ligados à planta-mãe, demonstrando a maior longevidade dos frutos mutantes. Além disso, os frutos mutantes apresentaram atraso na elevação da produção de etileno durante o amadurecimento.

Características de frutos de pimentão pulverizados com produtos de ação bactericida

Rocha,Mariella C; Carmo,Margarida Goréte F do; Polidoro,José Carlos; Silva,Débora AG da; Fernandes,Maria do Carmo A
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
Muitas das tecnologias desenvolvidas para a cultura do pimentão estão voltadas para a melhoria da produtividade e da aparência dos frutos sem considerar aspectos como sabor, valor nutricional e resíduos tóxicos remanescentes. O presente trabalho teve como objetivos avaliar o efeito de pulverizações semanais com biofertilizante Agrobio (5%), oxicloreto de cobre (2,4 g L-1), sulfato de estreptomicina + oxitetraciclina (0,8 g L-1) e testemunha (água), sobre a produtividade e a qualidade de frutos de três cultivares de pimentão: Magda, Cascadura Itaipu e o híbrido Magali R. Adotou-se o delineamento de blocos ao acaso com quatro repetições, em esquema fatorial (4x3). As variáveis analisadas foram produtividade, características físicas e físico-químicas, teor e acúmulo de fósforo, cobre e chumbo nos frutos. Observou-se maior diâmetro longitudinal e volume dos frutos e maiores produtividade e eficiência no aproveitamento do fósforo pelo híbrido 'Magali R'. Observaram-se diferenças entre as cultivares quanto à taxa de acúmulo de cobre nos frutos, tendo sido quatro vezes maior em frutos de "Magda" pulverizados com oxicloreto de cobre que nos demais tratamentos e, nenhum efeito dos tratamentos sobre o acúmulo de chumbo. Os teores de cobre e chumbo encontrados...

Período de incubação de Guignardia citricarpa em diferentes estádios fenológicos de frutos de laranjeira 'Valência'

Aguiar,Ronilda L.; Scaloppi,Eliana M.T.; Goes,Antonio de; Spósito,Marcel B.
Fonte: Sociedade Brasileira de Fitopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
A mancha preta dos citros (MPC), causada pelo fungo Guignardia citricarpa, produz lesões em frutos, os quais ficam depreciados para o mercado interno e os restringem para a exportação. O grande período de suscetibilidade dos frutos cítricos, em adição ao fato de G. citricarpa causar infecções latentes, dificulta o entendimento sobre o período de incubação da doença. O objetivo do trabalho foi determinar o período de incubação da MPC inoculando frutos de laranjeira 'Valência' em diferentes estádios fenológicos. Para a inoculação foram empregadas suspensões de conídios de G. citricarpa (10³, 10(4), 10(5) e 10(6) conídios mL-1) em diferentes diâmetros dos frutos (1,5; 2,0; 2,5; 3,0; 5,0 e 7,0 cm). O período de incubação da MPC para os diferentes diâmetros dos frutos inoculados apresentou uma relação polinomial negativa. Em frutos com até 3 cm de diâmetro o período de incubação médio foi superior a 200 dias, enquanto que em frutos com diâmetros superiores a 5 cm o período de incubação médio foi inferior a 84 dias. A MPC apresenta período de incubação variável dependente do estádio fenológico em que os frutos são infectados. A concentração de conídios de G. citricarpa, na infecção, não interfere no período de incubação da doença.

Efeito de fertilizante, fungicida e indutor de resistência na produtividade, taxa de vingamento de flores, incidência e severidade de gomose e características físicas de frutos de limeira ácida 'Tahiti'

Junqueira, Lívia Pereira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2013.; O cultivo da lima ácida ‘Tahiti’ (Citrus latifolia Tanaka) tem grande importância no Distrito Federal e é uma atividade rentável, podendo ser indicada para pequenos produtores. A podridão floral dos citros (Colletotrichum acutatum) e a gomose (Phytophthora spp.) são doenças de grande importância econômica para a citricultura, podendo causar perdas de até 100% da produção No entanto, os fungicidas recomendados e registrados para o controle dessas doenças não têm oferecido resultados satisfatórios e ainda oferecem riscos de contaminação do meio ambiente e do aplicador. Indutores abióticos de resistência, fertilizantes foliares e fungicidas de baixo impacto têm sido utilizados em várias espécies de frutíferas, muitas vezes com resultados satisfatórios, porém há carência de estudos científicos quanto à eficiência destes produtos no controle de doenças de citros. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade, taxa de vingamento de flores, incidência e severidade de gomose (Phytophthora spp.) e características físicas dos frutos nas plantas de limeira ácida ‘Tahiti’ tratadas com fertilizantes aplicados via foliar...

Paper bags for pest control and pesticide use reduction on tomato fruits; Ensacamento de frutos do tomateiro visando ao controle de pragas e à redução de defensivos

Jordão, Alexandre Luis; Nakano, Octávio
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2002 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
O ensacamento de frutos durante o seu desenvolvimento na planta, além do objetivo de controlar pragas pode reduzir resíduos de defensivos e manejar aspectos qualitativos. Com o objetivo de controle das pragas Neoleucinodes elegantalis, Helicoverpa zea e Tuta absoluta e redução de resíduos de inseticidas, pencas de tomates, foram ensacadas com papel-manteiga. Além do efeito do ensacamento, foram testados dois repelentes de insetos. Foram realizados cinco tratamentos. A eficiência do ensacamento e dos repelentes foi verificada por meio do número médio de lagartas encontradas por tratamento. A quantidade de resíduo de metamidofós encontrada nos frutos ensacados e nos frutos expostos diretamente à pulverização foi comparada ao limite máximo permitido. Verificou-se, também, a qualidade dos frutos produzidos pelo método do ensacamento através de análises físico-químicas dos tomates. Os custos do método do ensacamento foram comparados aos do método químico. O ensacamento, associado ou não aos repelentes, reduz o ataque das lagartas N. elegantalis e H. zea aos frutos. Para o controle de T. absoluta é necessária a integração com controle químico nas épocas de maior infestação. Os frutos não ensacados possuíam quantidade de metamidofós seis vezes superiores ao máximo tolerado e os frutos ensacados quantidade três vezes inferiores a este limite. O ensacamento das pencas de tomates não modificou os parâmetros físico-químicos dos frutos produzidos. O método do ensacamento requer maior investimento econômico...

Evaluación de tecnologías alternativas de manejo para disminuir los daños causados por el viento en frutos de pera cv. Williams, en el alto valle de Río negro, Argentina

Rodríguez,A; Thomas,E; Cancio,H; Menni,F
Fonte: RIA. Revista de investigaciones agropecuarias Publicador: RIA. Revista de investigaciones agropecuarias
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
El viento, en los valles irrigados de Río Negro y Neuquén, es una adversidad climática importante, principalmente en primavera. La variedad de pera de mayor producción en esta región es Williams (Pyrus communis L. cv. Bartlett) y es muy sensible al daño provocado por el viento (rameado), registrándose pérdidas de calidad y económicas de importancia. El uso de cortinas forestales permite atenuar el efecto del viento sobre los cultivos, sin embargo, se cuestionan debido a la competencia por luz, agua y nutrientes. La poda es una práctica fundamental en frutales para controlar el vigor y mejorar la productividad y el tipo de poda realizada puede considerarse una alternativa para disminuir el riesgo de daño por rameado. El objetivo de este trabajo fue evaluar y cuantificar el efecto protector de una cortina rompeviento de álamos y la incidencia de dos tipos de poda sobre la proporción de frutos rameados. La velocidad y la dirección del viento fue registrada a 10 metros de altura con una estación meteorológica automática. Se trabajó durante tres temporadas en parcelas de productores. La evaluación del rameado de los frutos se realizó en forma visual sobre el árbol y se los clasificó en: frutos sanos, frutos con daño moderado y frutos con daño grave. El muestreo se realizó sobre árboles frutales a tres distancias desde la cortina: 1H...

Etiología y control de la necrosis de flores y pudrición de frutos de pepino en Morelos, México

Núñez-Rios,Tania; Leyva-Mir,Santos Gerardo; Rodríguez-Pérez,Juan Enrique; Mariscal-Amaro,Luis Antonio
Fonte: Universidad Autónoma Chapingo Publicador: Universidad Autónoma Chapingo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
Durante muestreos realizados en 2010, se observaron síntomas severos de necrosis de flores, tizón de hojas y pudrición de frutos en parcelas de pepino de Totolapan, Morelos, México. La incidencia de la enfermedad fluctuó entre 40 y 50 %. Se aislaron colonias fungosas a partir de hojas, flores y frutos sintomáticos colectados en diferentes sitios. Las características morfológicas de las colonias, conidios y esclerocios de los aislados fungosos fueron similares a Botrytis cinerea. Un aislado representativo de B. cinerea se seleccionó para análisis molecular mediante la amplificación de la región ITS. La patogenicidad del aislado se verificó mediante la inoculación de una suspensión conidial sobre 10 plántulas y 10 frutos de pepino. Cinco plántulas y frutos asperjados con agua destilada estéril sirvieron como control. Las plántulas y frutos control permanecieron sanos, mientras que los frutos inoculados con la suspensión de conidios desarrollaron lesiones grises a los cinco días después de la inoculación. B. cinerea se reaisló consistentemente a partir de hojas y frutos con lesiones. Con base en el aislamiento, identificación morfológica y molecular, así como pruebas de patogenicidad, se determinó a B. cinerea como el agente causal de la necrosis de flores...

Hongos asociados a la caida prematura de frutos en LIMA PERSA (Citrus latifolia Tan.) y evaluación de su control quimico

Arias Rivas,Berto; Yánez,Víctor; Carrizales,Luis; Sánchez,María
Fonte: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA) Publicador: Decanato de Agronomía de la Universidad Centroccidental "Lisandro Alvarado" (UCLA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
26.804243%
La lima Persa es un cítrico con alto potencial de desarrollo en el estado Monagas, Venezuela. La incidencia de enfermedades afecta negativamente sus rendimientos, causando, entre otros síntomas, la caída prematura de frutos. En el año 2003 se estableció un ensayo en una finca productora y se seleccionaron cuatro lotes de plantas en diferentes períodos del año. En cada lote se tomaron al azar ocho plantas y en cada una de ellas se marcaron cuatro ramas en prefloración las cuales fueron confinadas en bolsas perforadas. Semanalmente se contó el número de flores y frutos presentes durante cuatro semanas continuas hasta la formación de frutos consistentes. En el año 2004 se repitió la experiencia mediante la selección de diez plantas y sólo se escogió una rama por planta. Muestras de flores y de frutos desprendidos y colectados en las bolsas fueron analizadas para detectar, mediante aislamientos en medios de cultivo, los microorganismos presentes. Se realizó el análisis del porcentaje de frutos cuajados y de frutos caídos por planta. Adicionalmente, se realizó una prueba de control in vitro para determinar el efecto de tres dosis de los fungicidas Captan, Benlate, Funcloraz y Curacarb sobre el crecimiento radial diario del principal hongo detectado. De los componentes florales y de los frutos afectados se aislaron e identificaron dos cepas del hongo C. gloesporioides y una de Rhizopus sp....