Página 4 dos resultados de 7591 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Política de saúde do idoso:iniciativas identificadas no município de Rio Grande-RS

Tier, Cenir Gonçalves; Souza, Michele Bulhosa de; Soares, Maria Cristina Flores; Santos, Silvana Sidney Costa; Baisch, Ana Luiza Muccillo; Cestari, Maria Elisabeth Carvalho
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Pesquisa exploratória e descritiva/reflexiva, com dados secundários obtidos por meio de informações sobre a população idosa e identificação de iniciativas desenvolvidas com idosos. O objetivo foi conhecer a implementação da Política Nacional de Saúde do Idoso (PNSI)em Rio Grande-RS. Os dados foram comparadoscomo estabelecido pela Portaria 1.395/99, que normatiza a PNSI, sendo identificados: na área de Promoção da Saúde e Manutenção da Capacidade Funcional, a vacinação contra a influenza e tétano, o Núcleo Universitário da Terceira Idade, os Grupos de Convivência e outras iniciativas do Programa de Apoio ao Idoso; na área de Assistência às Necessidades de Saúde do Idoso o atendimento domiciliar pelo Programa de Saúde da Família; na área de Apoio ao Desenvolvimento de Cuidados Informais o Grupo de Ajuda Mútua para familiares de idosos portadores de Doença de Alzheimer; na área de Apoio a Estudos e Pesquisas o Grupo de Estudo e Pesquisa em Enfermagem Gerontogeriátrica; na área de capacitação de recursos humanos especializados as disciplinas específicas sobre a saúde do idoso (graduação e mestrado em Enfermagem da FURG) e o curso de sensibilização ao cuidado ao idoso. Verificou-se que as ações existem...

Discursos sobre o idoso no processo de formação do bacharel em educação física da escola superior da UFPE

Pinheiro Tavares, Nayana; Granja Porto, Zélia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O presente estudo insere-se na linha de Pesquisa Formação de Professores e Prática Pedagógica do programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Pernambuco. Seu objetivo é analisar os discursos sobre o idoso no processo de formação do Bacharel em Educação Física. O referencial teórico toma como categorias analíticas estudos sobre a Educação Física, Idoso, Formação Profissional e Formação Profissional em Educação Física e o idoso, tendo como suporte teórico os estudos de Oliveira (2006), Medina (2008), Castellani Filho (1998), Zeichner (2008), Schön (2000), Tardif (2007), Okuma (1998), Zimerman (2000) e outros. Inclui-se no modelo de pesquisa de abordagem qualitativa, utilizando como instrumento de coleta a entrevista em profundidade e o questionário, e como modelo analítico a Análise de Discurso Textualmente Orientada de Norman Fairclough (2008). O campo de estudo foi a Escola Superior de Educação Física onde foram analisados os discursos presentes nos documentos curriculares (ementas e programas de disciplinas) e advindos das falas dos professores entrevistados. Na interdiscursividade dos documentos e falas foram percebidos aproximações, distanciamentos e silenciamentos da temática idoso...

Direito do idoso: na perspectiva da repersonalização

Cecilia Delgado Nunes e Sousa, Karla; Luiz Netto Lôbo, Paulo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
A dissertação apresenta o direito do idoso como uma nova disciplina jurídica, e investiga sua evolução legal, doutrinária e jurisprudencial, sob a perspectiva do fenômeno da repersonalização. Inicialmente, é retratada a trajetória do idoso como ator político, que passou pelas etapas do reconhecimento, legitimação, pressão e expressão, para vir a tornar-se sujeito de direito especial, assim identificado na Constituição Federal. Mediante a construção de premissas metodológicas, o Estatuto do Idoso é afirmado e estudado como um novo microssistema inserido no ordenamento jurídico brasileiro. Como o trabalho foi desenvolvido na linha de pesquisa "transformações sociais e seus reflexos no direito privado", traz um estudo referencial sobre questões de destaque envolvendo direitos dos idosos no direito de família e no direito do trabalho; é feito um exame dogmático, a partir de uma visão holística do ordenamento e da realidade social. Finalmente, são analisadas as convergências e conexões entre o direito do idoso e a repersonalização do direito privado

Funções essenciais da ESF com relação à saúde do idoso

dos Santos, Evanguelia Kotzias Atherino; Reibnitz Júnior, Calvino; Tognoli, Heitor
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este objeto começa apontando que a atenção ao idoso na atenção básica concentra-se na construção de ambientes nos quais as pessoas possam viver e ser saudáveis: água potável, coleta segura de resíduos de todos os tipos, moradia adequada, alimento seguro e nutritivo, sistema de transporte adequado às necessidades, acesso aos serviços de saúde e educação. Segue mostrando funções essenciais da Equipe de Saúde da Família com relação à saúde do idoso, como o monitoramento, avaliação e análise das condições de saúde dos idosos de sua área de abrangência, além de pesquisa e controle dos fatores de risco e vulnerabilidade que ameacem à saúde dos idosos sob sua responsabilidade, e sua vulnerabilidade a uma série de situações, como: a biológica; a social; e a familiar, além de planejar, executar e avaliar ações de promoção à saúde do idoso. Termina explicando que o termo promoção da saúde tem um significado ampliado e ainda diferencia prevenção de promoção da saúde, detalhando as três funções essenciais da ESF com relação à saúde do idoso: Exercitar e estimular a participação social da ESF e dos idosos; Avaliar e promover o acesso dos idosos aos serviços públicos que atendam às suas necessidades e Planejar...

Vulnerabilidades ligadas à saúde do idoso para médico

Martini, Jussara Gue; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; Xavier, André Junqueira; Botelho, Lúcio José; Massignam, Fernando Mendes
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Tópico 1 – Biologia do envelhecimento O tópico apresenta a definição, as consequências e desafios do envelhecimento e a necessidade e a AB trabalhar de forma integral, multidisciplinar e intersetorial para melhoria da qualidade de vida do idoso. Trata dos erros a evitar, da importância de discernir entre processos naturais e patológicos, conhecer o quadro de alterações frequentes e as particularidades dessa etapa da vida. Tópico 2 – Aspectos sociais do envelhecimento O tópico atenta para o cuidado em evitar a esteriotipação do idoso, em entender os transtornos associados a fatores sociais, culturais e econômicos e as diferentes situações e sentimentos de idosos dos diferentes sexos. Trata do papel do profissional de saúde da AB no atendimento qualificado a essa população. Tópico 3 – A entrevista O tópico aborda a necessidade de conhecimentos amplos e visões complementares de equipes multidisciplinares durante o atendimento ao idoso, assim como de abordagem preventiva, intervenção precoce, identificação de riscos, relação dialógica, planejamento terapêutico longitudinal. Propõe uma reflexão ao final. Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde do idoso: Vulnerabilidades ligadas à saúde do idoso para médico. Unidade 2 do módulo 14 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família.

Ações da clínica e do cuidado nos principais agravos da saúde do idoso para médico

Martini, Jussara Gue; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; Xavier, André Junqueira; Botelho, Lúcio José; Massignam, Fernando Mendes
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Tópico 1 – Alimentação e Nutrição O tópico aborda o método da avaliação antropométrica semestral, o Inquérito Mini de Avaliação Nutricional (MAN) e sua classificação em três grupos e o Protocolo 12, as causas dos distúrbios nutricionais no idoso, conforme Marchini 1998 e a necessidade de realização de exames bioquímicos. Tópico 2 – Osteoporose O tópico apresenta definição, causas, consequência, classificação, prevenção, fatores de risco maiores e menores, tratamento medicamentoso, deficiência de estrogênio, menopausa, fatores nutricionais – cálcio, vitamina D, lista de alimentos, exercícios regulares. Tópico 3 - Avaliações realizadas pelos profissionais O tópico aborda a avaliação de quedas: investigação de causas, fatores agravantes, traumas, modificações preventivas no ambiente, avaliação de visão, de mobilidade, de audição, de capacidade funcional, cognitiva e de depressão. Tópico 4 – Vacinação, síndrome metabólica e diabetes. O tópico trata do calendário de vacinação: influenza e dupla adulto; da síndrome metabólica: definição e fatores contribuintes; diabetes: causas, alterações metabólicas diversas, riscos, sedentarismo, atuação de profissionais ESF. Tópico 5 – Hipertensão arterial O tópico apresenta...

Saúde do idoso

Chaimowicz, Flávio
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este material contempla a disciplina optativa " Rede de atenção: saúde do idoso" do Curso de Especialização Estratégia Saúde da Família (2014). Descreve as principais características da transição demográfica brasileira, seus determinantes e consequências, e discute as características da transição epidemiológica, suas peculiaridades no Brasil e sua relação com o envelhecimento da população. Aborda temas inquietantes da Saúde do Idoso além de permitir identificar as demandas de saúde que emerge com o novo perfil etário da população. O módulo esta dividido em duas seções: Seção 1 - Envelhecimento populacional e saúde dos idosos que abrange a transição demográfica, a transição epidemiológica, a mortalidade de idosos, a internações de idosos e a saúde e doença de idosos residentes na comunidade. - Seção 2 - Abordagem dos problemas clínicos de idosos que abrange ; iatrogenia e problemas com medicamentos; incontinência urinária; quedas e fraturas; depressão, insônia, demências e confusão mental; saúde bucal do idoso; violência contra o idosos; síndrome de imobilidade

Uma visão do fenómeno da velhice: Ser idoso versus ser velho

Almeida, Maria de Lurdes Ferreira de
Fonte: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra Publicador: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra
Tipo: Outros
Publicado em 09/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Uma visão do fenómeno da velhice: Ser idoso versus ser velho Este estudo, através da análise do termo velhice e das expressões ser velho e ser idoso, procura compreender como são percebidos e representados pelos próprios idosos. Definimos como objectivo Identificar e analisar o significado que os idosos atribuem a velhice, ser velho, ser idoso. A opção metodológica tem por base pressuposta qualitativa. O método de colheita de dados foi a entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados com recurso ao programa de software Nvivo8. Participaram 49 idosos de 3 centros de dia da cidade de Coimbra. Resultados A velhice é pois analisada pelos idosos num contexto heterogéneo, em que cada pessoa tem uma história e uma experiência individual, construídas durante toda a vida, o que faz com que cada um envelheça e vivencie experiências diferentes durante esse período. A vantagem de ser idoso é viver muitos anos e ser válido para os que o rodeiam. Já ser velho é associar a muita idade à sabedoria e experiência. No que toca a desvantagens, para os primeiros a idade torna-os menos aptos, mais dependentes e desligados das coisas; para os segundos, não ter préstimo, estarem mais susceptíveis à dependência e mais perto da morte. Conclusão A velhice está associada às perdas e medos. Ser velho e ser idoso para uns são expressões sinónimas...

Atenção integral à saúde do idoso para dentistas

Martini, Jussara Gue; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; Xavier, André Junqueira; Botelho, Lúcio José
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: Módulo de Atenção integral à saúde do idoso em saúde da família. Arquivo em pdf com 67 páginas.
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Nesta Unidade, buscamos apresentar exemplos práticos e relatos de experiências na atenção básica sobre possibilidades de interlocução entre os membros da Equipe de Saúde da Família - ESF e desta com os Núcleos de Apoio à Saúde da Família – NASF. Com isto, reforçamos a importância do trabalho em equipe interdisciplinar articulado com a comunidade em que, cada vez mais, o saber popular e o científico dialogam na perspectiva de uma atenção à saúde que seja integral e acolhedora, nas diferentes situações que demandam atenção integral à pessoa idosa que busca a unidade básica de saúde. Aqui você chega ao final deste módulo, que teve como foco central a Atenção Integral à Saúde do Idoso. Entre os conteúdos abordados, você teve a oportunidade de rever a abordagem familiar no âmbito social do idoso pelos membros da Equipe da Saúde, as alterações fisiológicas causadas pelo envelhecimento, as demandas odontológicas e as ações do cuidado à saúde bucal do idoso. Também foram discutidos temas como o enfrentamento dos principais agravos à saúde bucal do idoso. Você pôde fazer uma revisão acerca de algumas alterações bucais e reviu a técnica da odontologia de mínima intervenção. Os conteúdos aqui apresentados visam ampliar o escopo de atuação da equipe de saúde bucal na perspectiva da integralidade do cuidado à pessoa idosa.; 1.0; Ministério da Saúde/OPAS/OMS

A entrevista enquanto avaliação global da saúde do idoso

dos Santos, Evanguelia Kotzias Atherino; Reibnitz Júnior, Calvino; Tognoli, Heitor
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Unidade 4 do módulo 8 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família. Arquivo .zip contendo página html com recursos de texto, imagens e animações em flash.
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este objeto começa apresentando instrumentos para a inserção e o aperfeiçoamento do profissional médico na saúde da família e no universo da saúde do idoso. Apresenta um quadro com seis pontos importantes da entrevista e discorre sobre a utilização de instrumentos técnicos já validados, como a avaliação global da pessoa idosa ou a avaliação multidimensional rápida. Segue apontando três objetivos da avaliação do idoso e refere-se ao processo diagnóstico na atenção primária à saúde do idoso como multidimensional, e considera diferentes fatores: o ambiente onde o paciente vive; a relação médico-paciente e médico-familiares; a história clínica com seus aspectos biológicos, psíquicos, funcionais e sociais; o exame físico detalhado. Termina colocando com o essencial o planejamento terapêutico longitudinal, e elenca nove critérios que segundo a OMS colocam os idoso em situação de risco. Unidade 4 do módulo 8 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.; 1.0; Ministério da Saúdes/OPAS/OMS

Abordagem inicial ao idoso, família e contexto de vida

dos Santos, Evanguelia Kotzias Atherino; Reibnitz Júnior, Calvino; Tognoli, Heitor
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Unidade 4 do módulo 8 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família. Arquivo .zip contendo página html com recursos de texto, imagens e animações em flash.
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este objeto inicia abordando o desafio de contribuir para que o idoso possa redescobrir possibilidades de viver a própria vida com a máxima qualidade possível. Comenta sobre a forma “natural” do envelhecimento, a senescência e a forma onde há evolução patológica com perdas e fragilidade, ou seja, a senilidade. Aborda ainda alterações esperadas no processo de envelhecer e a necessária vigilância de todos os membros da Equipe de Saúde, onde em cada etapa deverão considerar os anseios do idoso e de sua família. Segue citando que em suas ações de cuidado ao idoso, os profissionais da saúde desempenham uma variedade de papéis, entre os quais se destacam: cuidador, educador e defensor, sendo que as Equipes de Saúde da Família que se propõem a atender o idoso têm como prioridade a prática do cuidado para a manutenção da independência funcional e da autonomia do indivíduo. Termina comentando que ainda existem poucas e limitadas iniciativas de cuidado à saúde bucal voltadas à população idosa na perspectiva ampla da Promoção da Saúde, com ênfase na Atenção Primária. Unidade 4 do módulo 8 que compõe o Curso de Especialização em Saúde da Família.; 1.0; Ministério da Saúdes/OPAS/OMS

Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para enfermeiro

Martini, Jussara Gue; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; Xavier, André Junqueira; Botelho, Lúcio José; Massignam, Fernando Mendes
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde do idoso: Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para enfermeiro. Unidade 4 do módulo 14 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Famíl
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O tópico aborda práticas de promoção de saúde envolvendo ESF/Família/Idoso, com vistas a evitar ou minimizar problemas interferentes para a saúde do idoso, ressalta a importância da integração dos diversos profissionais e da adoção de estratégias educativas para a compreensão do envelhecimento, das parcerias com diversas instâncias, de atividades em grupos e das estratégias para esse fim, além de propor uma reflexão ao final. Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde do idoso: Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para enfermeiro. Unidade 4 do módulo 14 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família; 2.0; Ministério da Saúde/OPAS/OMS

Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para médico

Martini, Jussara Gue; Mello, Ana Lúcia Schaefer Ferreira de; Xavier, André Junqueira; Botelho, Lúcio José; Massignam, Fernando Mendes
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde do idoso: Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para médico. Unidade 4 do módulo 14 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família.
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O tópico aborda práticas de promoção de saúde envolvendo ESF/Família/Idoso, com vistas a evitar ou minimizar problemas interferentes para a saúde do idoso, ressalta a importância da integração dos diversos profissionais e da adoção de estratégias educativas para a compreensão do envelhecimento, das parcerias com diversas instâncias, de atividades em grupos e das estratégias para esse fim, além de propor uma reflexão ao final. Conteúdo Online do módulo de Atenção integral à saúde do idoso: Práticas educativas na atenção à saúde do idoso para médico. Unidade 4 do módulo 14 para dentista que compõe o Curso de Especialização Multiprofissional em Saúde da Família.; 2.0; Ministério da Saúde/OPAS/OMS

Cuidado ao idoso deprimido e institucionalizado à luz da Complexidade

Tier, Cenir Gonçalves; Lunardi, Valéria Lerch; Santos, Silvana Sidney Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) são estabelecimentos para atendimento integral, institucionalizando pessoas de 60 anos e mais, dependentes/ou não, que não dispõem de condições para permanecer com a família ou/em seu domicílio. A institucionalização pode desencadear doenças, dentre elas a depressão. Foi objetivo deste artigo de atualização fazer uma reflexão sobre a relação do cuidado ao idoso deprimido e residente em ILPI com três princípios da Complexidade segundo Edgar Morin. Primeiro, se reflete sobre a complexidade; depois, se relaciona o cuidado ao idoso deprimido e residente em ILPI, com os princípios dialógico, recursivo e hologramático. Percebeu-se que a Complexidade pode sustentar teoricamente, não só a compreensão do fenômeno depressão no idoso residente em uma ILPI, como também inspirar o modo de cuidar que direcione aos trabalhadores da saúde, que atuam junto à pessoa idosa, a abordarem o idoso de forma mais global. Para tanto deve ser utilizada a Avaliação Multidimensional do Idoso, que analisa as várias dimensões da pessoa idosa, contribuindo no desenvolvimento de um plano de cuidado/tratamento e acompanhamento multidisciplinar e interdisciplinar adequados. A Complexidade vem sendo utilizada...

Conflito aparente de normas de proteção à integridade física e mental do idoso no ambiente familiar

Vieira, Fábio Carvalho
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O presente trabalho estuda os dispositivos do Estatuto do Idoso, Lei nº 10.741/2003, relativos à defesa da integridade física do idoso no ambiente familiar ou equivalente. Em especial, analisa o seu artigo 99 e as possíveis interfaces ou conflitos estabelecidos com outras legislações, como a Lei nº 9.455/1997 (Lei de Tortura) e o artigo 136 do Código Penal (maus tratos), pertencentes ao ordenamento jurídico pátrio. Observa-se a análise e classificação disponibilizada pela doutrina e as decisões jurisprudenciais com o intuito de proferir uma opinião qualificada a respeito da eficácia da Lei especial na promoção de mecanismos jurídicos de proteção à pessoa idosa. Conclui que o artigo 99 do Estatuto do Idoso, na sua configuração atual que envolve elementares e penas, não está promovendo o combate, reprovação e prevenção aos crescentes números de agressões praticadas contra a pessoa idosa.; Direito

O papel do assistente social na implementação da política nacional do idoso

Silva, Gerciany de Bessa
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O presente artigo traz em discussão a proteção social da pessoa idosa, que vai desde a Constituição Federal de 1988, o Estatuto do Idoso e destaca a construção da Lei nº 8.842/1994 que constitui a Política Nacional do Idoso (PNI), que por sua vez é de suma importância para a garantia de direitos da pessoa acima de 60 anos. Após fazer uma análise acerca do idoso, o processo de envelhecimento e os desafios enfrentados por esse grupo, este estudo irá retratar como é a relação desse sujeito na sociedade e os direitos que lhes asseguram qualidade de vida e dignidade. Sabe-se que o idoso traz várias demandas cabíveis ao Serviço Social, portanto será destacado principalmente acerca da atuação do Assistente Social na implementação da PNI, tendo suas ações firmadas em seu compromisso ético político de lutar em busca de uma sociedade mais igualitária e justa, e também sempre em busca da consolidação dos direitos, autonomia e participação social desta demanda.; Serviço Social

O estatuto do idoso face ao princípio da proteção integral

Silva, Marcia Maria Moreira da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O presente trabalho vislumbra contribuir, dentro das devidas proporções e suas limitações, como uma vitrine de conquistas e reflexões sobre a verdadeira realidade dos direitos dos idosos. O que pode ser consagrado além das garantias resguardadas na Constituição Federal, também nos instrumentos que somente vieram a contribuir e ratificar a evolução da conquista do espaço dos idosos representado no Estatuto do Idoso que possui uma extraordinária gama de conscientização do conceito de ser idoso e de se fazer reconhecer os seus direitos. E, somente, pelo do reconhecimento de tais direitos é que efetivamente ganha força de lei para que jamais sejam desrespeitados tais direitos, chegando ao nível da inviolabilidade. Isso reflete na pretensão de fazer valer a força constitucional dos direitos resguardados aos idosos, principalmente, em relação à preservação de sua dignidade. Portanto, o objetivo, maior do presente trabalho monográfico é o de identificar se a legislação que trata sobre o idoso, no Brasil, assegura-lhe proteção integral, de forma eficaz.; Direito

Atenção ao idoso na estratégia de Saúde da Família: atuação do enfermeiro; Ancianos atención a la Salud de estrategia en la Familia: la acción de las enfermeras; Elderly attention to Health strategy in the Family: action of nurses

Oliveira, Juliana Costa Assis de; Tavares, Darlene Mara dos Santos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este estudo objetivou descrever a consulta de enfermagem ao idoso realizada na ESF; identificar possíveis dificuldades na atenção à saúde do idoso, bem como os cursos de qualificação profissional realizados e as necessidades de aprendizagem. Os dados foram coletados por meio da entrevista semiestruturada e submetidos à análise descritiva e temática. Foram entrevistadas 12 enfermeiras, a maioria estando na faixa etária de anos de formada (41%) em instituição particular (75%). Emergiram duas categorias temáticas: consulta de enfermagem ao idoso na ESF e qualificação profissional para a atenção à saúde do idoso. Foi considerado como desafio na realização da consulta de enfermagem a obtenção de dados fidedignos, a resolutividade e o apoio familiar. Os cursos para qualificar a atenção ao idoso ocorreram durante o período de graduação, destacando a falta de oportunidade, a pouca oferta e a necessidade de se aprofundar sobre o processo de envelhecimento.; Este estudio tuvo como objetivo describir la consulta de enfermería realizada por el anciano en la ESF; identificar posibles dificultades en la atención a la salud del anciano, así como los cursos de calificación profesional realizados y las necesidades de aprendizaje. Los datos fueron recogidos a través de la entrevista semiestructurada y sometidos al análisis descriptivo temático. Fueron entrevistadas doce enfermeras...

Tuberculose no idoso: análise do conceito; Tuberculosis en el anciano: análisis de concepto; Tuberculosis in the elderly: concept analysis

Vendramini, Silvia Helena Figueiredo; Villa, Tereza Cristina Scatena; Cardozo Gonzales, Roxana Isabel; Monroe, Aline Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
O estudo teve como objetivo definir o conceito de tuberculose no idoso, expresso pela literatura existente na década de 80 e 90. Utilizou-se a análise de conceito, destacando-se os atributos essenciais, eventos antecedentes e conseqüentes do conceito a ser definido. A tuberculose no idoso é expressa como o recrudescimento de infecção longamente inativa. O idoso está mais predisposto à reinfecção, tanto endógena (mais freqüente) como exógena. Dentre os eventos antecedentes, identificou-se a moradia nas instituições para idosos como importante fonte de contagio da doença. Os eventos conseqüentes mostraram a necessidade de enfoque diferenciado no diagnóstico e tratamento da doença no idoso, devido às caraterísticas clínicas especificas que o diferenciam dos adultos jovens. Conclui-se a necessidade de realizar novas indagações sobre a análise do conceito desenvolvido, a fim de contribuir na construção de conhecimentos que subsidiem no diagnóstico, tratamento e cuidado do doente idoso.; El objetivo del estudio fue definir el concepto de "tuberculosis en el anciano" existente en la literatura científica de la década de 80 y 90. Se utilizó el análisis de concepto, destacándose los atributos esenciales, eventos antecedentes y consecuentes del concepto. La tuberculosis en el anciano se expresa como el recrudecimiento de infección largamente inactiva. El anciano presenta mayor predisposición para reinfección endógena (más frecuente) y exógena. Entre los eventos antecedentes...

O IDOSO NO MUNDO DO TRABALHO: CONFIGURAÇÕES ATUAIS

Sá, Cláudia Maria da Silva; Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE-UERJ); Souza, Norma Valéria Dantas de Oliveira; Faculdade de Enfermagem - FE-UERJ; Caldas, Célia Pereira; Universidade Aberta da Terceira Idade (UnATI – UERJ).; Lisboa, Marcia T
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.87%
Pesquisa bibliográfica, de natureza qualitativa e descritiva, cujo objeto é o idoso no mundo do trabalho. O objetivo foi analisar os impactos psicossociais para o idoso diante de sua manutenção ou reinserção no mundo do trabalho. A busca bibliográfica deu-se de maio a agosto de 2010, nas bases de dados LILACS, SciELO, BDENF e MEDLINE. Foram encontradas nove produções científicas. A discussão das informações estruturou-se nas categorias A relação entre o mundo do trabalho e a pessoa idosa e A situação psicossocial do idoso. O fenômeno da manutenção ou reinserção do idoso no mundo do trabalho tende a se incrementar e, portanto, necessita-se de um replanejamento das políticas públicas dirigidas a este fenômeno. Verificou-se que tal temática deve ser investigada em suas múltiplas dimensões e que um novo olhar para a organização e as condições de trabalho é premente, a fim de garantir saúde e segurança ao trabalhador idoso.