Página 5 dos resultados de 253 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Desagregação familiar, migrações e idade média ao primeiro casamento

Maia, Rui Leandro
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A desagregação familiar precoce, por óbito de um dos progenitores ou de ambos, terá algum impacte na idade ao primeiro casamento dos filhos? E ao têlo, derivará consoante determinados critérios? Como a morte do progenitor ser a do pai ou ser a da mãe? O nubente ser homem ou ser mulher? Consoante as origens geográficas dos nubentes? A percepção destas diferenças, ao existirem, é de grande importância e permite perceber a influência da mortalidade, das migrações e da nupcialidade em relação à diminuição da capacidade reprodutiva, quase sempre, associada à generalização de métodos contraceptivos, no caso português, com ênfase a partir dos anos quarenta do século XX. O artigo tem por base documental os registos de casamento de uma comunidade urbana na cidade do Porto entre 1940 e 1969 e insere-se no âmbito de uma investigação mais vasta sobre as causas da Transição Demográfica em Portugal, tendo por objectivo, nomeadamente, perceber se os comportamentos entre naturais e migrantes residentes no espaço em observação oscilam em função das variáveis consideradas. The familiar desegregation, by death of the father, or of the mother or of both, will have any impact on the average age to the first suns marriage? And are there some criteria in case of impact? Such as the dead progenitor being father or mother? By sex of those who married? By geographical origins of those who married? The differences...

A importância do envelhecimento activo na saúde do idoso

Páscoa, Pedro Manuel Gabriel
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau Licenciado em Enfermagem; Em Portugal, à semelhança de outros países a população idosa tem vindo a aumentar ao longo dos anos. Esta transição demográfica deve-se sobretudo à diminuição da taxa de natalidade, ao decréscimo progressivo das taxas de mortalidade e ao aumento da esperança média de vida. O processo de envelhecimento, apesar de ser uma fase da vida que acontece naturalmente a todos os seres humanos, caracteriza-se por mudanças ao nível físico, social e psicológico. Este processo, ao condicionar alterações fisiológicas nos vários órgãos aumenta a predisposição para a ocorrência de patologias. Neste sentido, compete ao profissional de saúde promover a qualidade de vida e, consequentemente, o envelhecimento activo na saúde do idoso. O tipo de estudo realizado foi quantitativo do tipo descritivo, exploratório e correlacional. O método de colheita de dados consistiu na aplicação de um questionário a trinta indivíduos de ambos os géneros, com idade igual ou superior a setenta e cinco anos da aldeia de Mazouco. Para finalizar, ainda referir que a presente monografia vai de encontro aos estudos consultados e que neste sentido...

Avaliação dos factores que condicionam a aquisição dos medicamentos resultantes da prescrição médica pela população Idosa em farmácia comunitária

Martins, Maria Laura Correia e Matos de Almeida
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Monografia apresentada à Universidade Fernando Pessoa para obtenção do grau de Licenciada em Ciências Farmacêuticas; Em Portugal, em semelhança a outros Países desenvolvidos, a população idosa tem vindo a aumentar ao longo dos anos. Esta transição demográfica deve-se sobretudo à diminuição da taxa de natalidade, ao decréscimo progressivo da taxa de mortalidade e ao aumento da esperança média de vida. O processo de envelhecimento, apesar de ser uma fase da vida que acontece naturalmente a todos os seres humanos, caracteriza-se por mudanças a nível físico, social e psicológico. Este processo ao condicionar alterações fisiológicas nos vários órgãos aumenta a predisposição para a ocorrência de patologias. Esta faixa etária recorre com maior frequência à medicação para o tratamento das mais diversas condições patológicas. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), pessoas idosas, possuem idade igual ou superior a 65 anos, independentemente do sexo ou do estado de saúde aplicável. Compete ao profissional de saúde promover a qualidade de vida e, consequentemente possuir um papel activo na promoção da saúde no idoso. No âmbito desta monografia foi elaborado um estudo de investigação com o objectivo de avaliar os factores que condicionam a aquisição da medicação prescrita pelo médico na farmácia de oficina. De forma a dar resposta a este objectivo foi colhida a informação efectuando inquéritos...

Aldeias lar: novas casas para velha sabedoria

Novo, André; Fernandes, Judite; Andrade, Maria João; Araújo, Nuno; Mateus, Paula; Casado, Sónia Alexandra Claro
Fonte: Reabilidades III Publicador: Reabilidades III
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
O nosso país, como outros países europeus, na perspectiva das alterações sociais e económicas perspectiva uma fase de transição demográfica, onde podemos constatar um aumento progressivo e acentuado da população adulta e idosa. Estas tendências compreendem fortes implicações na estrutura e funcionamento da sociedade sendo que uma das principais consequências desta modificação social é a qualidade e bem-estar que podemos suportar num futuro recente para estas populações. A Saúde como área de impacto e intervenção social deve atender no planeamento das suas políticas e na distribuição dos seus profissionais por áreas que possam dar resposta a novas necessidades. Porém a insuficiência de dados sobre o estado de saúde e o grau de autonomia das pessoas idosas em Portugal, bem como a sua diferenciação por regiões, orienta numa necessidade de conhecer e compreender melhor a realidade da saúde e envelhecimento da população portuguesa, quer no presente, quer no futuro, de forma a promover novas e melhores abordagens preventivas, curativas e de continuidade de cuidados. Nesta perspectiva a elaboração deste trabalho pretende explorar um conceito de base motivador de uma influência essencial no modo como este fenómeno do envelhecimento deve ser um processo activo da autonomia e independência do idoso. Contribuindo para a motivação do idoso na sua vida e saúde esta prevenção e educação pode ser uma estratégia fundamental para novas realidades menos curativas e mais interventivas. As pessoas idosas são o primeiro recurso para a promoção da sua própria saúde e...

Violência contra idosos: uma questão nova?; Violence against aged people: a new issue?

SANCHES, Ana Paula R. Amadio; LEBRÃO, Maria Lúcia; DUARTE, Yeda Aparecida de Oliveira
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
O envelhecimento da população mundial é um fato concreto e de conhecimento público. O Brasil inicia seu processo de transição demográfica seguindo o padrão mundial: o aumento do número de idosos com possibilidade de atingir elevadas faixas etárias, o que traz a necessidade de pesquisas nesse campo, devido à demanda apresentada por essa nova parcela da população. A questão da violência doméstica contra idosos tem se ampliado e sugere necessidade de maior campo de investigação nessa área, dado o risco suposto ao qual essa população mais idosa está submetida. O objetivo deste artigo é verificar os estudos relacionados ao tema já realizados no Brasil e em diferentes países, com enfoque epidemiológico. O trabalho apresenta diversos pontos de abordagem da violência contra idosos, considerando questões relacionadas à cultura do envelhecimento, ações de políticas públicas, atuação de equipes de saúde, definição do termo abordado, aspectos legais e éticos da violência contra o idoso. Tal estudo permite ao pesquisador analisar os diferentes aspectos que envolvem a temática, demonstrando a necessidade de pesquisas específicas direcionadas ao tema.; The world population is getting older and this is a very well known fact. The demographic transition of the Brazilian population is just beginning...

Novas perspectivas na gestão do sistema de saúde da Espanha; New perspectives on the management of the Spanish national health system

SACARDO, Daniele Pompei; FORTES, Paulo Antonio de Carvalho; TANAKA, Oswaldo Yoshimi
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Ao longo dos últimos vinte e cinco anos, a organização do sistema de saúde na Espanha vem adotando diversas medidas que reorientaram seu gerenciamento, melhoraram sua eficiência e aprimoraram seu sistema de financiamento, resultado de profundas reformas e da introdução de novos instrumentos de gestão. Este artigo é resultado de uma análise documental que objetivou descrever a trajetória de conformação do sistema de saúde espanhol e sua organização na contemporaneidade. Apresenta alguns determinantes históricos que tornaram possíveis as reformas no setor sanitário, como a descentralização para o nível das Comunidades Autônomas, a incorporação de mecanismos de coordenação e a integração e o financiamento dos novos e distintos formatos organizativos coexistentes no país. Além disso, identifica desafios que emergem no cenário atual do Sistema Nacional de Saúde, como o fenômeno da imigração, o avançado processo de transição demográfica, a crescente demanda por melhorias na qualidade da atenção e de incorporação tecnológica. Todos esses fatores influem na sustentabilidade do sistema, o que motivou a criação de mais um espaço para estabelecimentos de consensos sobre o papel fundamental do sistema sanitário para o Estado de Bem-Estar espanhol.; During the last twenty-five years...

Fatores associados à necessidade subjetiva de tratamento odontológico em idosos brasileiros; Factors associated with subjective need for dental treatment in elderly Brazilians

MOREIRA, Rafael da Silveira; NICO, Lucélia Silva; SOUSA, Maria da Luz Rosário de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A transição demográfica pela qual o Brasil vem passando nos últimos anos produz como efeito um fenômeno mundialmente conhecido como envelhecimento populacional. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi conhecer os fatores relacionados à necessidade de tratamento odontológico percebida por idosos brasileiros. Foi realizado um aprofundamento dos resultados encontrados no levantamento epidemiológico nacional de saúde bucal de 2003. O tamanho total da amostra foi de 5.349 indivíduos. Modelos de regressão de Poisson foram realizadas para identificar as variáveis individuais envolvidas na autopercepção de necessidade de tratamento odontológico. As variáveis associadas à necessidade subjetiva de tratamento odontológico foram diferentes para idosos edêntulos e não edêntulos. Estes achados são importantes para o planejamento da oferta de serviços de saúde bucal para a população, fornecendo uma estimativa sobre os principais problemas que estes indivíduos demandam e quantos necessitariam de atendimento.; The demographic transition in Brazil in recent years had reproduced a phenomenon known worldwide as population aging. The objective of this study was thus to identify the factors related to self-perceived need for dental treatment among elderly Brazilians. An in-depth analysis was performed with data from the 2003 national oral health survey...

A mortalidade de idosos no Brasil: a questão das causas mal definidas; Brazilian mortality of elderly persons: the question about ill-defined underlying causes of death

MELLO JORGE, Maria Helena Prado de; LAURENTI, Ruy; LIMA-COSTA, Maria Fernanda; GOTLIEB, Sabina Léa Davidson; CHIAVEGATTO FILHO, Alexandre Dias Porto
Fonte: Brasília Publicador: Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
O envelhecimento populacional é um fato marcante da transição demográfica. O estudo das causas básicas em idosos permite visualizar seu perfil epidemiológico, embora possa ser prejudicado pela alta proporção de causas mal definidas. O objetivo deste trabalho é descrever a mortalidade dos idosos por essas causas no Brasil. A fonte dos dados foi o Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde.Entre as variáveis, a principal modalidade foi a causa básica mal definida [ Capítulo XVIII da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde-Décima Revisão (CID-10)]. O decréscimo desses óbitos em idosos foi de 35 por cento entre 1996 e 2005.Considerando os óbitos de 60 a 69 anos e os de 80 e mais anos, as proporções de mal definidos aumentaram em 9,9 por cento e 14,8 por cento, respectivamente, no ano de 2005. Métodos visando a sua diminuição são sugeridos, salientando-se que o fato mais importante é o de os médicos preencherem adequadamente as declarações de óbito- com as reais causas básicas, conseqüênciais e terminais-, objetivo maior dos estudiosos; The study of mortality of elderly persons according to underlying causes permits the understanding of their epidemiological profile; but there is a large proportion of ill-defined causes. The objective of this work is to describe the Brazilian elderly mortality according to ill-defined underlying causes. Data source was the System of Information on Mortality of the Ministry of Health. Among variables...

"A saúde do idoso sob a ótica da equipe do Programa de Saúde da Família" ; The elderly´s health under the Family Health Program Team.

Protti, Simone Teresinha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2003 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A saúde do idoso sob a ótica da equipe do Programa de Saúde da Família é um estudo realizado nos quatro Núcleos de Saúde da Família, do Centro de Saúde Escola da Faculdade de Medicina e Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo. Neste trabalho procuramos compreender como os trabalhadores das equipes de saúde estão percebendo a temática do idoso no Programa de Saúde da Família, as dificuldades enfrentadas, e quais os recursos utilizados para atender a essa população. Utilizamos como referencial teórico a Transição Demográfica e Epidemiológica, as diretrizes do Ministério da Saúde para o Programa de Saúde da Família e a Política Nacional do Idoso (PNI). Na construção deste trabalho contamos com a participação de 22 (vinte e dois) profissionais de saúde, dentre eles, médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde. No percurso metodológico, utilizamos a entrevista semi-estruturada, sendo a ordenação dos dados realizada através do Discurso do Sujeito Coletivo a partir da identificação das Idéias Centrais e Expressões Chave presentes nos discursos individuais. Os resultados evidenciaram que nos núcleos com maior demanda de idosos é prioridade a sua assistência...

"A experiência da família frente ao idoso com câncer" ; The experience of family fronts the elderly with cancer

Messias, Denise Xavier
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/10/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A transição demográfica e epidemiológica trouxe consigo o aumento das condições crônicas no Brasil e no mundo e o câncer surge como um problema de grande impacto para a família, provocando sentimentos, dificuldades sócio-econômicas e acúmulo de tarefas aos familiares, particularmente aos cuidadores. Os objetivos desta pesquisa visaram compreender a percepção do grupo familiar de baixa renda em relação à sua experiência frente à presença do câncer no idoso e descrever a sua organização familiar no que se refere ao cuidado prestado a ele. Utilizou-se a abordagem qualitativa, com o uso da entrevista semi-estruturada como fonte de coleta de dados a três familiares de acordo com critérios de elegibilidade definidos nesta pesquisa. As informações foram analisadas pela Análise Temática, de onde emergiram quatro categorias: 1. sentimentos da família em relação ao diagnóstico do câncer; demonstrando o sofrimento, a dor, a revolta diante do impacto do câncer e a aceitação desta condição por alguns familiares; 2. o câncer e sua relação com a fé: as cuidadoras primárias expressaram sua religiosidade perante a doença de seu marido e de sua mãe. 3. dificuldades surgidas no contexto familiar em decorrência da doença...

Independência funcional dos idosos vítimas de fraturas: da hospitalização ao domicílio; Functional Independence of the aged victim of fracture: from hospitalization to the home

Monteiro, Carla Roberta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Paralelamente à transição demográfica, a prevalência do trauma em idosos tem aumentado de forma significativa nos últimos anos. O trauma, não raras vezes está associado à seqüelas, incapacidades, deficiências e mesmo à diminuição da capacidade funcional, representando um prejuízo na qualidade de vida das vítimas e suas famílias devido à perda da autonomia e independência, tornando–se uma importante questão social , econômica e de saúde. Deste modo, o presente estudo teve como objetivo geral, avaliar a independência funcional de idosos vítimas de fratura, na admissão hospitalar, alta e um mês após o regresso ao domicílio e verificar suas relações com as variáveis sociais e de saúde. Participaram do estudo 34 idosos com idade média de 75,47 anos, hospitalizados na Unidade de Trauma-Geriatria ou Pronto Socorro do Instituto de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina da USP, vítimas de fratura. Os dados foram coletados pela pesquisadora por meio de entrevistas para a caracterização biodemográfica e pela aplicação da Medida de Independência Funcional (MIF). A aplicação da MIF se deu em três momentos: até 48 horas após a internação, na alta hospitalar e após um mês do regresso do idoso ao domicílio...

Necessidades e cuidados em saúde de idosos migrantes atendidos por equipes da estratégia de saúde da família; Needs and health care of transient and migrant aged assisted by teams of the family health strategy

Seabra, Cintia Arlete Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A acelerada transição demográfica ocorrida nas quatro últimas décadas trouxe implicações para os arranjos familiares, as relações de trabalho, o emprego e a renda, além do comum fenômeno da migração, sendo que as complexas relações entre essas dimensões acarretam importantes desafios para o cuidado em saúde dos idosos. No contexto da migração no país, os idosos em condições socioeconômicas desfavoráveis têm migrado por contingências, sobretudo, relativas à saúde e moradia e, na maioria desses casos, o apoio necessário obtido em relação à saúde baseia-se, fundamentalmente, na Atenção Primária à Saúde, sob a Estratégia de Saúde da Família. Assim, o objetivo deste trabalho é compreender as necessidades e o cuidado em saúde de idosos residentes no Município de São Paulo e migrantes do Nordeste, bem como os limites e potencialidades dos serviços de Atenção Primária no tocante a essa problemática. Busca-se, ainda, (re)considerar a relação entre usuários idosos e integrantes de equipes de Saúde da Família no Município de São Paulo, ao compreender a forma como as marcas identitárias são caracterizadas e em que medida podem influenciar a relação entre esses sujeitos, no que se refere ao tratamento de saúde. Trata-se de uma pesquisa de referencial qualitativo...

Análise retrospectiva de fatores envolvidos na progressão da doença renal em pacientes atendidos no Ambulatório de Uremia do HCFMRP-USP; Retrospective analysis of factors involved in the progression of renal disease in patients in the Outpatient Uremia of HCFMRP-USP.

Bezerra, Aline Junqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Introdução: O perfil de morbidade e mortalidade no Brasil passou por uma transição demográfica, com o aumento da prevalência de doenças crônicas na população em geral, tais como diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial (HA), e como consequência, a doença renal crônica (DRC). Na última década, a DRC tem sido apresentada como um grande desafio para a saúde pública no Brasil e no mundo. Objetivo: O objetivo deste estudo foi identificar os fatores envolvidos na progressão da doença renal dos pacientes atendidos no Ambulatório de Uremia do HCFMRP-USP. Material e métodos: Trata-se de um estudo epidemiológico, transversal e retrospectivo de prontuários de pacientes do Ambulatório de Uremia, no período entre 2002 e 2012. Os dados foram extraídos dos registros médicos para a análise quantitativa e qualitativa. Resultados: A análise mostrou que 53% dos indivíduos eram do sexo masculino, com idade média de 61,21 anos. A mortalidade foi maior entre os idosos, que também apresentaram menor tempo de seguimento ambulatorial. A doença de base principal foi a HA (42,94%) e o tempo médio de seguimento foi de 11,23 meses. O encaminhamento para hemodiálise (44,48%) foi o desfecho clínico mais comum. Os principais fatores relacionados à progressão da DRC foram baixos níveis séricos de albumina...

Capacidade para o Autocuidado de Idosos em Atendimento Ambulatorial; Self-Care Ability of Elderly Patients in Outpatient Care

Benedetti, Natalia Minto Godinho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Com o processo de transição demográfica vem ocorrendo o crescimento da população idosa e, consequentemente, mudanças no perfil epidemiológico, caracterizado pela alta prevalência das doenças crônicas não transmissíveis, que podem comprometer o desempenho para as atividades cotidianas, especialmente, a capacidade para o autocuidado, gerando prejuízos para a autonomia e dependência, fatores que refletem negativamente em todos os âmbitos da vida do idoso. Assim, os objetivos deste estudo foram: caracterizar os idosos em atendimento ambulatorial, segundo variáveis sociodemográficas, arranjo e suporte familiar; identificar a capacidade cognitiva; identificar a capacidade para o autocuidado e verificar a associação entre a capacidade para o autocuidado e as variáveis sociodemograficas e cognição. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, transversal e exploratório. Realizado com idosos atendidos em dois Ambulatórios de Geriatria, de um Hospital Geral Terciário, do interior paulista. Para a coleta de dados utilizou-se o Mini Exame do estado Mental, a Classificação de Idosos quanto a Capacidade para o Autocuidado e uma ficha de dados complementares. Participaram do estudo 117 idosos; média de idade 79...

Validação do Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal em um amostra de cuidadores brasileiros; Validation of the Questionnaire for Assessment of Informal Caregiver Burden in a sample of Brazilian caregivers

Monteiro, Edilene Araújo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
O envelhecimento populacional no Brasil tem sido influenciado pela transição demográfica e epidemiológica. Em consequência, prevalecem as doenças crônicas e ocorre um decréscimo na capacidade funcional do idoso. É quando surge a necessidade do cuidador no contexto das famílias. Os objetivos deste estudo metodológico foram adaptar para uso no Brasil o Questionário de Avaliação da Sobrecarga do Cuidador Informal (QASCI) e analisar as propriedades psicométricas em uma amostra de cuidadores informais de idosos. O QASCI é composto por 32 itens cujas respostas são obtidas em valores que variam de um a cinco e integra sete domínios: Implicações na vida pessoal; Satisfação com o papel e com o familiar; Reações a exigências; Sobrecarga emocional; Apoio familiar; Sobrecarga financeira e Percepção dos mecanismos de eficácia e de controle. O escore total varia de 32 a 160, e quanto maior o valor, maior a sobrecarga. O processo de adaptação seguiu os passos metodológicos, conforme preconizado pela literatura: adaptação semântica, avaliação pelo comitê de juízes, análise semântica dos itens, obtenção da versão final e análise das propriedades psicométricas. Os dados foram coletados mediante entrevistas domiciliares...

Perfil dos cuidadores de idosos em instituições de longa permanência de Bauru: conhecimento e práticas em saúde bucal; Elderly caregivers profile in long-stay institutions of Bauru: knowledge and practices in oral health

Pinto, Edu Cassiano Hugo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
A população idosa está aumentando em todo o mundo, no Brasil, este processo de envelhecimento populacional ou transição demográfica vem seguido por consequências que interferem na sociedade. A dependência social, fatores econômicos, baixo valor das aposentadorias, ausência de familiares ou a incapacidade destes em cuidar do idoso são apontados como principais causas que poderiam levar a internação de um idoso numa Instituição de Longa Permanência (ILP). O objetivo desta pesquisa foi caracterizar o perfil dos cuidadores de idosos em práticas e conhecimento de saúde bucal em instituições de longa permanência de Bauru. As Instituições Filantrópicas (IF) quanto as Instituições Privadas (IP) foram selecionadas de acordo com lista fornecida pela Promotoria de Justiça do Idoso de Bauru. Foram utilizados como instrumento na coleta de dados uma ficha com um roteiro estruturado e um questionário a ser entregue aos cuidadores. A partir dos resultados concluiu-se que: O sexo feminino entre os cuidadores foi predominantemente maior com idade entre 40 e 50 anos de idade; Metade dos cuidadores de ambas as Instituições são casados; Nas IF é maior o número de cuidadores que ganham até dois salários mínimos; O percentual de profissionais com curso Técnico em Enfermagem é maior nas IF e maior com formação em cuidador de idosos; Nas IF é maior o número de profissionais que atuam como cuidadores e menor em número que atuam como auxiliar de enfermagem; Nas IP os profissionais possuem mais experiências do que nas Filantrópicas. A satisfação em cuidar de idosos foi maior para os profissionais das IF; Atividades de cuidados com higiene bucal nos idosos...

Imunossenescência e Candida albicans: avaliação da capacidade fagocítica e produção intracelular de substâncias microbicidas por monócitos e macrófagos; Immunosenescence and Candida albicans: assessment of the phagocytic capacity and intracellular production of microbicidal substances by monocytes and macrophages

Gardizani, Taiane Priscila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Atualmente, a população mundial está passando por um processo de transição demográfica, relacionado com o aumento considerável do número de idosos em relação aos jovens. O rápido crescimento da população idosa constitui uma das maiores preocupações da sociedade moderna, o que demanda um aumento no estudo da saúde e da melhoria da qualidade de vida dos idosos, incluindo um maior esclarecimento dos aspectos patofisiológicos relacionados com as doenças microbianas. Uma das infecções que afetam os idosos, principalmente os imunocomprometidos, é a candidose, a qual pode ser causada por diferentes espécies de Candida, em especial Candida albicans (C. albicans). Os monócitos e macrófagos exercem funções essenciais no combate a microrganismos através do processo fagocítico que abrange a produção de espécies reativas do nitrogênio e oxigênio que culminam no controle e/ou morte do patógeno. Uma vez esses fatores comprometidos, o combate aos agentes agressores é dificultado e ou ineficaz fazendo com que estas disfunções ocasionem problemas clínicos. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi avaliar in vitro a capacidade fagocítica, a geração de óxido nítrico (NO) e peróxido de hidrogênio (H2O2) intracelular...

Previdência social e demografia : mudança necessária

Solano, Gladimir Francisco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
O tema reforma previdenciária brasileira acompanha os debates sobre as grandes questões nacionais nos últimos anos. Trata-se de um tema no qual é difícil fazer mudanças na legislação, uma vez que afeta as vidas de todos os grupos sociais e etários da sociedade, ou seja, quando tratamos da previdência o assunto interessa a todos, já que todos ou são aposentados, ou aspiram a sê-lo algum dia. O Brasil passa por um processo de envelhecimento populacional em que as implicações recentemente começaram a ser debatidas nos meios políticos e econômicos. O presente trabalho pretende contribuir para o debate, analisando a aceleração da transição demográfica no Brasil e o envelhecimento populacional nos últimos anos e projeções para o futuro e suas consequências para sistema previdenciário nacional. O sistema previdenciário brasileiro é deficitário e com o envelhecimento populacional o custo aumentará. O estudo conclui que a reforma previdenciária é necessária, apresentando alternativas para amenizar os problemas, evitando que as conquistas sociais – envelhecimento populacional – traga a falência do sistema previdenciário.; In recent years, the topic of Brazilian social security reform follows the debates of major national issues. It is an issue for which it is difficult to make changes in legislation...

Representações sociais da obesidade para mulheres em situação de pobreza

Castro, Helisa Canfield de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Introdução: Nos últimos vinte anos o Brasil e diversos países da América Latina estão passando por um processo rápido de transição demográfica, epidemiológica e nutricional. Durante esse processo o ponto mais marcante foi o aumento da prevalência de obesidade nos países latino-americanos, sobretudo entre os indivíduos de baixa renda. Os programas sociais na América Latina podem interferir positivamente para diminuição da obesidade, apoiando financeiramente e com informações os seus beneficiários, que se encontram em situação de vulnerabilidade e de extrema pobreza. Objetivo: Descrever o estado nutricional e o consumo de alimentos de beneficiários do Programa Bolsa Família em uma unidade básica de saúde de Porto Alegre - RS. Metodologia: Estudo transversal com os beneficiários cadastrados no Programa Bolsa Família (PBF) pertencentes à área de abrangência da Unidade Básica de Saúde Santa Cecília, Porto Alegre-RS. O estado nutricional foi determinado nas crianças através dos índices antropométricos: peso/idade, peso/estatura, estatura/idade e IMC. Nos adolescentes utilizaram-se os parâmetros IMC e estatura/idade. Já nos adultos os índices empregados foram o IMC e a circunferência da cintura. O consumo de alimentos nos diferentes ciclos foi identificado através dos instrumentos preconizados pelo SISVAN/Ministério da Saúde. Resultados: A maioria dos indivíduos são do sexo feminino...

Estado nutricional e consumo de alimentos de beneficiários do Programa Bolsa Família em uma unidade básica de saúde de Porto Alegre-RS

Rosa, Janaina Aparecida Oliveira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Introdução: Nos últimos vinte anos o Brasil e diversos países da América Latina estão passando por um processo rápido de transição demográfica, epidemiológica e nutricional. Durante esse processo o ponto mais marcante foi o aumento da prevalência de obesidade nos países latino-americanos, sobretudo entre os indivíduos de baixa renda. Os programas sociais na América Latina podem interferir positivamente para diminuição da obesidade, apoiando financeiramente e com informações os seus beneficiários, que se encontram em situação de vulnerabilidade e de extrema pobreza. Objetivo: Descrever o estado nutricional e o consumo de alimentos de beneficiários do Programa Bolsa Família em uma unidade básica de saúde de Porto Alegre - RS. Metodologia: Estudo transversal com os beneficiários cadastrados no Programa Bolsa Família (PBF) pertencentes à área de abrangência da Unidade Básica de Saúde Santa Cecília, Porto Alegre-RS. O estado nutricional foi determinado nas crianças através dos índices antropométricos: peso/idade, peso/estatura, estatura/idade e IMC. Nos adolescentes utilizaram-se os parâmetros IMC e estatura/idade. Já nos adultos os índices empregados foram o IMC e a circunferência da cintura. O consumo de alimentos nos diferentes ciclos foi identificado através dos instrumentos preconizados pelo SISVAN/Ministério da Saúde. Resultados: A maioria dos indivíduos são do sexo feminino...