Página 1 dos resultados de 169 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Úlcera por pressão em pacientes sob assistência domiciliária; Pressure ulcer in patients under home care; Úlcera por presión en pacientes bajo asistencia en el domicilio

CHAYAMITI, Emília Maria Paulina Campos; CALIRI, Maria Helena Larcher
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.651147%
OBJETIVOS: Investigar as características sociodemográficas e clínicas e o risco para desenvolvimento de úlcera por pressão (UPP) em pacientes sob assistência domiciliária em um Distrito de Saúde de Ribeirão Preto, assim como a prevalência e características das úlceras, uso e adequação das medidas utilizadas para prevenção. MÉTODOS: Estudo descritivo, transversal, abordagem quantitativa. RESULTADOS: Foram avaliados 47 pacientes, com idades entre 21 e 91 anos; a maior frequência foi de idosos (76,6%), brancos (85%) e dependentes de cuidadores (91,5%). Trinta e três pacientes (70,2%) apresentavam risco para úlcera por pressão, sendo que a prevalência foi 19,1%, tendo sido identificadas 17 úlceras (35,3% e 29,4% nos estágios I e IV, respectivamente). As regiões anatômicas com maior frequência foram trocânter do fêmur (29,4%) e calcâneo (23,5%). Medidas básicas para prevenção não foram utilizados em sua maioria pelos pacientes. CONCLUSÕES: Considerando que a maior parte das pessoas apresentava risco para úlceras, identificou-se a necessidade de intervenção educacional junto a esta população e aos serviços de saúde.; OBJECTIVES: To describe the sociodemographic and clinical characteristics of patients under home care in a health district of Ribeirao Preto and to determine their risks for pressure ulcers...

Incidência de úlcera por pressão e ações de enfermagem; Incidence of pressure ulcer and nursing interventions; Incidencia de úlcera por presión y acciones de enfermería

ANSELMI, Maria Luiza; PEDUZZI, Marina; FRANÇA JUNIOR, Ivan
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.770374%
OBJETIVOS: Estimar a incidência cumulativa (ICup) e a densidade de incidência (DIup) de úlcera por pressão (UP) e descrever a ocorrência de ações de enfermagem em dois hospitais do Estado da Bahia, antes (fase 1) e durante (fase 2) intervenção educativa. MÉTODOS: Estudo de coortes prospectivo com pacientes médico-cirúrgicos, utilizando avaliação da integridade cutânea, consulta a registros no prontuário, e entrevista com paciente, família e equipe. RESULTADOS: ICup, fase 1 e fase 2 foi, respectivamente, no hospital 1 de 31,4% e 13,6%, e no hospital 2, de 21,4% e 15%; DIup aponta tempo médio de exposição para aparecimento de UP no hospital 1 de 14,3 dias na fase 1 e de 43,5 na fase 2; no hospital 2, de 31,3 dias na fase 1 e 37 na fase 2. CONCLUSÃO: Redução estatisticamente significante da DIup no hospital 1; cuidados de enfermagem preventivos para UP comprometidos em ambos os hospitais nas duas fases.; OBJECTIVES: To estimate the cumulative incidence (ICup) and density incidence (DIup) of pressure ulcer (PU) and to describe the implementation of nursing interventions in two hospitals in the State of Bahia before (phase 1) and during an educational intervention (phase 2). METHODS: A prospective design was used. The sample consisted of inpatients of medical/surgical units. Data were collected through skin integrity assessment...

Lesões de pele no intra-operatório de cirurgia cardíaca: incidência e caracterização; Skin lesions in the intraoperative period of cardiac surgery: incidence and characterization; Lesiones de piel en el intraoperatorio de cirugía cardíaca: incidencia y caracterización

CARNEIRO, Geisa Aguiari; LEITE, Rita de Cássia Burgos de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.514902%
Neste estudo exploratório, descritivo e de coorte o objetivo principal foi verificar a incidência de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca que desenvolveram lesões de pele no período intra-operatório, caracterizar as lesões. A coleta de dados foi realizada no Centro Cirúrgico (CC) de um hospital público de ensino, de atenção terciária à saúde, predominantemente cirúrgico, especializado em cardiologia no Município de São Paulo. A amostra do estudo foi de 182 pacientes. O estudo foi feito com um p significativo (<0,05) frente aos testes estatísticos não-paramétricos. Quanto à incidência de pacientes submetidos à cirurgia cardíaca, que desenvolveram lesões de pele em decorrência do período intra-operatório, obteve-se incidência de 20,9%. Tivemos que 19,2% das lesões apresentaram-se como Úlceras por Pressão (UP) no estágio I; 1,1% das lesões caracterizaram-se como abrasão; 1,1% feridas incisas; 0,5% laceração; 0,5% queimadura elétrica superficial e 0,5% UP no estágio II.; The main objective of this exploratory, descriptive cohort study was to verify the incidence of patients submitted to cardiac surgery who developed skin lesions during the intraoperative period, and characterize the lesions. Data collection was performed at the Surgery Department of a public teaching hospital...

Ocorrência de úlcera por pressão em pacientes submetidos a cirurgias eletivas; Occurrence of pressure ulcers in patients undergoing elective surgeries; Ocurrencia de úlcera por presión en pacientes sometidos a cirugías electivas

Ursi, Elizabeth Silva; Galvão, Cristina Maria
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.390474%
OBJETIVO: Identificar a ocorrência de úlcera por pressão em pacientes submetidos a cirurgias eletivas de porte II, III e IV. MÉTODOS: Estudo de abordagem quantitativa, com delineamento de pesquisa não experimental, tipo descritivo e prospectivo. A amostra foi composta por 148 pacientes adultos, de ambos os gêneros, submetidos à cirurgia eletiva, conforme os critérios de seleção determinados previamente. RESULTADOS: Da amostra avaliada, 108 pacientes receberam alta hospitalar, três faleceram e 37 desenvolveram úlceras por pressão. Esses pacientes apresentaram 44 lesões, sendo a maioria diagnosticada de estágio II (56,8%), seguida por lesões de estágio I (40,9%) e estágio III (2,3%). As áreas corporais mais acometidas foram a região sacro/glútea (68,2%), calcâneos (18,1%), região dorsal (9%) e o pavilhão auricular (4,6%). CONCLUSÃO: A ocorrência de úlcera por pressão foi de 25% indicando a necessidade de implementação de intervenções efetivas para a prevenção desse evento adverso no perioperatório.

"Incidência de úlcera de pressão e fatores de risco relacionados em pacientes de um Centro de Terapia Intensiva" ; Incidence of pressure ulcer and risk factors in patients of an Intensive Care Center.

Costa, Idevânia Geraldina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2003 Português
Relevância na Pesquisa
38.553289%
A pesquisa tem como objetivos identificar e analisar a incidência de úlcera de pressão (UP), identificar os fatores de risco a ela relacionados e investigar a validade preditiva da escala de Braden, numa amostra de 53 pacientes internados no Centro de Terapia Intensiva (CTI) de um hospital universitário do interior paulista, durante 3 meses consecutivos. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Intituição. Os dados foram coletados pelo exame físico dos pacientes, na avaliação do risco na escala de Braden, entrevistas com os pacientes e/ou familiares e revisão dos prontuário. As avaliações foram realizadas até 24 horas após a admissão, 48 horas após a admissão e, posteriormente, em dias alternados até à detecção da presença de úlcera, de alta ou óbito do paciente. Vinte pacientes desenvolveram 59 úlceras no período, acarretando uma incidência de 37%. As localizações mais comuns foram a região dos calcâneos (42,4%), sacrococcígea (30,5%) e glúteos (11,8%). Houve predomínio de úlceras no estágio I (59,3%) não sendo observadas úlceras em estágio IV. Nas seis primeiras avaliações os pacientes com úlcera de pressão obtiveram escores menores na escala de Braden que os sem Up...

"Efeitos de intervenções educativas no conhecimento e práticas de profissionais de enfermagem e na incidência de úlcera de pressão em centro de terapia intensiva" ; "Effects of educational interventions on nursing professionals’ knowledge and practice and on the incidence of pressure ulcer at an Intensive Therapy Center"

Fernandes, Luciana Magnani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2006 Português
Relevância na Pesquisa
38.75134%
O desenvolvimento de úlceras de pressão em pacientes hospitalizados é um grande problema de saúde que envolve vários fatores relacionados com o paciente e com o meio externo. A prática baseada em evidências torna-se uma proposta eficaz na adoção de medidas para a prática clínica que promovam a melhoria da qualidade do cuidado. Esta pesquisa foi desenvolvida com os objetivos de avaliar os efeitos de intervenções educativas no conhecimento dos profissionais de enfermagem em Centro de Terapia Intensiva, nas medidas prevenção utilizadas em sua prática clínica e nas taxas de incidência de úlcera de pressão e avaliar os fatores de risco presentes nos pacientes e a adequação das ações realizadas pela equipe de enfermagem. Foi desenvolvida em um Centro de Terapia Intensiva de um hospital universitário, de nível terciário e de grande porte no interior do Estado de São Paulo. O caminho metodológico foi construído considerando as fases do processo de adoção de uma inovação proposta por Rogers. Foram realizadas intervenções educativas junto à equipe de enfermagem visando à persuasão para a adoção de inovações para prevenção de úlceras de pressão baseadas em evidências. Para avaliar os efeitos das intervenções educativas...

Incidência de úlceras por pressão e fatores de risco em idosos institucionalizados; Ulcer incidence by pressure and risk factors in institutionalized elders

Souza, Diba Maria Sebba Tosta de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
48.73483%
A ocorrência de úlceras por pressão (UP) é realidade em vários locais de assistência à saúde e caracterizam-se por serem lesões freqüentemente encontradas em pacientes graves hospitalizados ou em locais de institucionalização por longos períodos. O objetivo geral deste estudo foi: analisar a incidência de úlceras por pressão e os fatores de risco para o seu desenvolvimento em pessoas idosas residentes em Instituições de Longa Permanência (ILPI). Trata-se de estudo quantitativo de coorte, prospectivo. Inicialmente o projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade do Vale do Sapucaí e aprovação dos responsáveis em quatro Instituições de Longa Permanência para os idosos (ILPI), em 3 cidades do Sul de Minas Gerais, que constituíram os locais para a coleta de dados. A amostra constou de 94 idosos que atenderam os seguintes requisitos: ter idade igual ou superior a 60 anos; apresentar escore = 18 (em aplicação da Escala de Braden) e aceitar participar do estudo. Os dados foram obtidos através de exame físico, entrevista e análise dos prontuários, pela pesquisadora além de 9 colaboradores, enfermeiros e alunos de graduação, previamente treinados. Os idosos, que se enquadraram nos critérios de inclusão...

Avaliação da implementação de um protocolo de prevenção de úlceras por pressão; Evaluation of the implementation of pressure ulcer prevention protocol

Rogenski, Noemi Marisa Brunet
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.399814%
Esta pesquisa é um estudo de caso com os objetivos de: avaliar a implementação de um protocolo de prevenção de Úlcera por Pressão (UP) por meio do estudo da Prevalência e da Incidência de UP nas unidades de Clinica Médica, Clinica Cirúrgica e Terapia Intensiva Adulto, do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo; apreender a percepção das enfermeiras multiplicadoras no processo de implementação do protocolo e propor um processo de avaliação, sistematizado e contínuo da adoção do protocolo de UP. Após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa do HU, procedeu-se à coleta de dados. Optou-se, na metodologia, pelo desenvolvimento da pesquisa em dois momentos. O primeiro, na abordagem quantitativa, realizado em duas etapas, para o levantamento da prevalência e da incidência de UP nas unidades do estudo. A avaliação de risco para o desenvolvimento de UP foi feita por meio da Escala de Braden, tendo como nota de corte o escore inferior ou igual a 16. No estudo da prevalência, dos 87 pacientes avaliados, 17 desenvolveram UP, acarretando prevalência de 19,5%. No estudo da incidência, dos 190 pacientes de risco acompanhados, 35 desenvolveram um total de 51 úlceras, acarretando incidência de 18,4%. Para o segundo momento...

Associação das sub-escalas de Braden com o risco do desenvolvimento de úlcera por pressão; Evaluación de las subescalas de Braden en una corte de pacientes hospitalizados; Association of Braden subscales with the risk of development of pressure ulcer

Zambonato, Bruna Pochmann; Assis, Michelli Cristina Silva de; Beghetto, Mariur Gomes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.33194%
Úlceras por pressão (UP) podem aumentar a incidência de complicações hospitalares, devendo-se prevenir este dano. A Escala de Braden destaca-se como instrumento para avaliar o risco de UP. O estudo objetivou identificar quais alterações, na pontuação das subescalas de Braden, estão associadas com o risco do desenvolvimento de UP. Empregou-se regressão logística em uma coorte retrospectiva realizada no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, em adultos hospitalizados em unidades clínicas e cirúrgicas, de outubro de 2005 a junho de 2006. Foram avaliados os registros de banco de dados de 1503 pacientes, com idade de 55,5±16 anos, sendo 52,7% do sexo feminino. A incidência de UP foi de 1,8%, e foi associada com diabetes e insuficiência cardíaca. Houve mais UP em pacientes com pior percepção sensorial, mobilidade, atividade e na presença de umidade. Não houve associação entre nutrição e UP. Exceto nutrição, as demais subescalas de Braden mostraram-se preditivas de UP.; Úlceras por presión (UPP) pueden aumentar la incidencia de complicaciones hospitalarias, y se debe evitar este daño. La Escala de Braden se destaca como una herramienta para evaluar el riesgo de UPP. El objetivo fue identificar como los cambios en las subescalas se asocian con el riesgo de desarrollar UPP. Regresión logística fue utilizada en estudio de corte retrospectivo realizado en Hospital de Clínicas de Porto Alegre en adultos hospitalizados en unidades clínicas quirúrgicas de octubre 2005 a junio 2006. Se evaluó la base de datos de 1503 pacientes con edad de 55...

Avaliação clinica, endoscopica e histopatologica tardia de doentes submetidos a gastrectomia parcial por ulcera peptica

João de Souza Coelho Neto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
38.44537%
A descoberta e a associação do Helicobacter pylori (HP) com as úlceras pépticas em 1983 trouxe mudanças sobre a fisiopatologia, etiologia e o tratamento desta doença. Alguns anos se passaram para que a comunidade médica e científica aceitassem amplamente que a úlcera péptica pudesse ter uma causa infecciosa. O conceito de que sem ácido não há úlcera norteou por muito tempo a tática terapêutica que passou pelas cirurgias como as gastrectomias e as vagotomias até chegar aos dias de hoje com o uso de potentes inibidores da bomba de prótons e associações antibióticas. O objetivo deste trabalho foi avaliar tardiamente os doentes submetidos à gastrectomia parcial como tratamento da úlcera péptica em época em que o HP ainda não era erradicado de forma intencional. A avaliação incluiu o estudo dos sintomas do pós-operatório em comparação com os pré-operatórios, tabagismo e etilismo, e a incidência de síndromes pós-gastrectomias; avaliação endoscópica incluindo, o tipo de cirurgia realizada e os achados macroscópicos da mucosa do coto gástrico, duodeno ou jejuno dependendo do tipo de reconstrução; avaliação histopatológica, incluindo a pesquisa de HP por dois métodos: histológico e teste de urease; e a possível associação do HP presente no estômago remanescente com as avaliações clínica...

Incidência de úlcera por pressão em pacientes neurocirúrgicos de hospital universitário

Diccini,Solange; Camaduro,Camila; Iida,Luciana Inaba Senyer
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
38.75134%
OBJETIVO: Conhecer a incidência de úlcera por pressão no pré e pós-operatório de pacientes neurocirúrgicos e descrever as medidas preventivas implementadas pela equipe de enfermagem durante nesses períodos. MÉTODOS: Estudo de Coorte prospectivo realizado na unidade de neurocirurgia do Hospital São Paulo. Foram incluídos pacientes submetidos a cirurgias eletivas do sistema nervoso central e que não apresentaram úlcera por pressão na internação. RESULTADOS: Foram avaliados 60 pacientes sendo que 34 (56,6%) do sexo feminino. A mediana da idade foi de 49 anos, com variação de 19 a 78 anos. Oito (13,4%) pacientes desenvolveram nove úlceras por pressão. Dos pacientes de risco para úlcera por pressão, três (25%) no pré-operatório, 33 (66%) no pós-operatório imediato e 13 (86,6%) no pós-operatório mediato tinham medidas de prevenção para úlcera por pressão. CONCLUSÃO: A incidência de úlcera por pressão foi de 13,3%. Há necessidade de implantação de programas de prevenção, com a finalidade de diminuir a úlcera por pressão em pacientes neurocirúrgicos.

Aplicação da Escala de Braden em domicílio: incidência e fatores associados a úlcera por pressão

Freitas,Jaqueline de Paula Chaves; Alberti,Luiz Ronaldo
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
38.70838%
OBJETIVO: Estimar a capacidade da Escala de Braden em predizer o surgimento de úlcera por pressão no âmbito domiciliar, conhecer a incidência da úlcera por pressão neste grupo e os seus fatores associados. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de coorte prospectivo que incluiu 183 pacientes. Foram estudadas variáveis demográficas e clínicas, grau de acometimento cognitivo e comprometimento de atividades da vida diária. A Escala de Braden foi aplicada em seis visitas domiciliárias mensais acompanhadas por seis meses em um Programa de Acompanhamento Domiciliar. RESULTADOS: A incidência de úlcera por pressão encontrada foi de 20%. A pontuação com melhor representatividade para considerar risco de desenvolvimento de úlcera foi o ponto de corte 18. O grau de classificação no programa de acompanhamento domiciliar, Alzheimer e Acidente Vascular Encefálico foram fatores preditores ao surgimento do agravo. CONCLUSÃO: A Escala de Braden demonstrou ser efetiva no âmbito domiciliar para predizer o surgimento de úlceras por pressão. A incidência de úlcera por pressão no acompanhamento domiciliar foi de 20%. E os fatores associados foram: Grau no Programa de Acompanhamento Domiciliar, Alzheimer e Atividades da Vida Diária.

Estado nutricional e capacidade funcional na úlcera por pressão em pacientes hospitalizados

Perrone,Francine; Paiva,Adriene Alexandra; Souza,Letícia Martins Ignácio de; Faria,Cássia da Silva; Paese,Márcia Carolina de Siqueira; Aguilar-Nascimento,José Eduardo de; Dock-Nascimento,Diana Borges
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.70838%
OBJETIVO: Correlacionar a incidência de úlcera por pressão com o estado nutricional e a capacidade funcional de pacientes internados. MÉTODOS: Estudo de corte transversal realizado em dois hospitais, totalizando 130 pacientes (idade mediana = 52 (14-85) anos, 77 (59,2%) homens e 53 (40,8%) mulheres), sendo 72 (55,4%) internados para tratamento clínico, 40 (30,8%) para tratamento cirúrgico e 18 (13,8%) em terapia intensiva. Os pacientes foram avaliados pela avaliação subjetiva global e classificados, de acordo com sua capacidade funcional, em acamados e não acamados. Registrou-se a presença e número de úlceras, e sua gravidade. A classificação das úlceras foi estabelecida como grave, para lesões de 3º e 4º graus, e leve, para os graus 1 e 2. RESULTADOS: A incidência de úlcera por pressão na população estudada foi de 19,2% (n=25). Não houve associação significativa com o sexo, a idade e tipo de tratamento do paciente. Os pacientes acamados apresentaram 7,5 vezes mais chance de apresentar úlceras (19/50; 38,0%) do que os que deambulavam (6/80; 7,5%; OR=7,5; IC95%: 2,7-20,7; p<0,001). A incidência de úlcera nos pacientes gravemente desnutridos (20/49; 40,8%) foi 10 vezes maior que nos pacientes considerados não gravemente desnutridos (5/81; 6...

Análise da incidência de úlcera de pressão no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência em Ananindeua, PA

Soares,Daniel Augusto dos Santos; Vendramin,Fabiel Spani; Pereira,Lucas Montenegro Duarte; Proença,Priscyla Kowalewski; Marques,Mauro Moreira
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.721353%
INTRODUÇÃO: A úlcera de pressão configura-se como uma das diversas complicações às quais pacientes hospitalizados estão suscetíveis, podendo levar à destruição parcial ou total de estruturas como tecidos cutâneo, subcutâneo e muscular, ossos e articulações. MÉTODO: Estudo do tipo observacional, longitudinal, prospectivo, desenvolvido no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência em Ananindeua, PA, Brasil. Foram coletados dados pertinentes às variáveis sexo, idade (maior ou menor que 60 anos), grau de acometimento e local de acometimento das úlceras de pressão, nos setores Unidade de Terapia Intensiva 1 (UTI 1), Clínica Cirúrgica 1 e Neuroclínica. RESULTADOS: Dentre os 474 pacientes estudados, 17 desenvolveram úlcera de pressão, com maior incidência no sexo masculino (88,2%), em estágio II (41,2%) e na localização sacral (40%). Pacientes com mais de 60 anos de idade apresentaram incidência de 58,8% de úlcera de pressão. CONCLUSÕES: Os dados obtidos neste estudo estão de acordo com os resultados apresentados na literatura. Ressalta-se a necessidade de criação de escalas de risco e medidas preventivas para diminuir a incidência de úlceras de pressão nos hospitais.

Avaliação da efetividade do filme transparente de poliuretano na prevenção de úlcera por pressão de calcâneo

Souza, Thaís Sanglard de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.514902%
Resumo: A úlcera por pressão (UP) constitui-se em lesão causada pelo não alívio da pressão, resultando em dano aos tecidos subjacentes devido à interrupção do suprimento sanguíneo. Constitui foco de atenção por aumentar o período de hospitalização, gerar custos para as instituições de saúde e proporcionar desconforto e danos à saúde dos pacientes por ela acometidos. A comprovação científica da efetividade de recursos profiláticos como o filme transparente de poliuretano (FTP) é essencial, uma vez que amplia as possibilidades na aplicação de métodos preventivos que sejam condizentes com uma prática menos intervencionista e de menor efeito iatrogênico ao paciente hospitalizado, subsidiando a implementação desta modalidade tecnológica como rotina na prática hospitalar. Sob essa constatação e por haver escassas evidências científicas sobre o assunto emergiu a questão clínica de pesquisa deste estudo: “o uso do FTP associado à diretriz clínica de prevenção de UPs em pacientes hospitalizados é efetivo na prevenção de UP em calcâneo”? O objetivo geral do estudo foi avaliar a efetividade do FTP na prevenção de UP em calcâneo. Os objetivos específicos consistiram em: comparar a incidência de UP em calcâneo entre pacientes submetidos à aplicação do FTP associado à diretriz clínica de prevenção de UP (intervenção experimental) e pacientes em uso somente da diretriz clínica de prevenção de UP (intervenção controle); avaliar a fixação...

Directrices para el tratamiento de úlcera venosa; Diretrizes para o tratamento da úlcera venosa

Guimarães Barbosa, J.A.; Nogueira Campos, L.M.
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
38.44537%
Se trata de la revisión de publicaciones sobre úlceras de etiología venosa. Considerando la alta incidencia y lo mucho que prevalecen las úlceras venosas, así como las interferencias que las mismas causan en la vida de los pacientes, y la variedad de conductas utilizadas para el tratamiento de las mismas, este estudio se propone actualizar las directrices sobre el tratamiento de las úlceras venosas. Los trabajos analizados demuestran que a pesar de los avances de las investigaciones, todavía persiste la duda sobre el mejor tratamiento: ¿Se debe o no combinar el tratamiento oclusivo con la terapia compresiva?. De todo ello se concluye que las principales directrices para el tratamiento de la úlcera venosa deben seguir cuatro pasos: tratamiento del estado venoso, con terapia y compresas; terapia tópica, escogiendo cubiertas locales que mantengan húmedo y limpio el fondo de la herida y sean capaces de absorber el ex-sudado; control de la infección con terapia antibiótica sistémica y prevención de recidivas.; Trata-se de uma revisão de publicações sobre úlceras de etiologia venosa. Considerando a alta incidência e prevalência de úlceras venosas bem como as interferências que as mesmas causam na vida dos pacientes e a diversidade de condutas utilizadas para o tratamento das úlceras...

Pressure ulcers in surgery patients: incidence and associated factors; Úlcera por pressão em pacientes submetidos à cirurgia: incidência e fatores associados; Úlcera por presión en pacientes sometidos a cirugía: incidencia y factores asociados

Scarlatti, Kelly Cristina; Michel, Jeanne Liliane Marlene; Gamba, Mônica Antar; Gutiérrez, Maria Gaby Rivero de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.597236%
As úlceras por pressão constituem um dos principais indicadores da qualidade do cuidado na assistência perioperatória. Este é um estudo longitudinal, do tipo série de casos, com o objetivo de estimar a incidência de úlceras por pressão em pacientes submetidos a cirurgias de médio e grande portes; classificá-las segundo estágio e localização, verificar a associação das variáveis sexo, idade, índice de massa corpórea, comorbidades, posição cirúrgica, tempo cirúrgico, anestesia e uso de dispositivos de posicionamento com a presença ou ausência de úlceras por pressão. Os dados foram coletados em 2007, em São Paulo, com 199 pacientes, dos quais 20,6% apresentaram úlceras por pressão, 98,6% nos estágios I e II, com localização predominante no tronco frontal (35,1%). As variáveis: posição, tempo cirúrgico, anestesia geral e uso de dispositivos apresentaram associação estatística significativa. Concluiu-se que a incidência de úlceras por pressão em pacientes cirúrgicos é elevada, demandando ações que visem à redução desse tipo de lesão.; Las úlceras por presión constituyen uno de los principales de calidad del cuidado en atención perioperatoria. Estudio longitudinal, tipo serie de casos...

Estudo sobre a incidência de úlceras por pressão em um hospital universitário; Estudio de la incidencia de ulcera por presión en un hospital universitario; Incidence of pressure ulcers at a university hospital

Rogenski, Noemi Marisa Brunet; Santos, Vera Lúcia Conceição de Gouveia
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
38.514902%
Este estudo objetivou identificar a incidência de úlceras de pressão (UP) no Hospital Universitário da USP e analisar as associações com as características sociodemográficas e clínicas da clientela. Após coleta de dados realizada durante 3 meses consecutivos, em que foram acompanhados 211 pacientes de risco, obteve-se índice de 39,8%. Correlações estatisticamente significativas (p; Las finalidades de este estudio fueron las de identificar la incidencia de úlceras por presión en el hospital de la Universidad de São Paulo - Brasil y establecer las posibles asociaciones con las características sociodemográficas y clínicas de los pacientes. Los datos fueron recolectados de 211 pacientes de riesgo durante 3 meses consecutivos, resultando en una incidencia de 39.8%. Se obtuvo correlaciones estadísticamente significantes entre la incidencia y la edad y el área de las UP; y entre edad y humedad, tiempo de ingreso y nutrición, área de las UP y nutrición. Los resultados indican la urgente necesidad de implantar un programa de prevención y tratamiento de UP en la institución y contribuyen metodológicamente para que otros servicios de salud puedan establecer tal tipo de investigación.; This study aimed to identify the incidence of pressure ulcers (PU) at São Paulo University Hospital - Brazil...

The incidence of pressure ulcers after the implementation of a prevention protocol; Incidencia de las úlceras por presión tras la implementación de un protocolo de prevención; Incidência de úlceras por pressão após a implementação de um protocolo de prevenção

Rogenski, Noemi Marisa Brunet; Kurcgant, Paulina
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
38.806309%
Even in the present, pressure ulcers still represent a severe health problem, particularly in Intensive Care Units (ICU). This study assesses the implementation of a protocol to prevent pressure ulcers in ICU inpatients. This prospective, descriptive and exploratory study verifies the incidence of pressure ulcers following the implementation of a prevention protocol. Data were collected from April 17th to July 15th 2009. The incidence observed in this study (23.1%) was below that reported in a similar study developed in the same institution (41.02%) before the implementation of the protocols to assess risk and prevent pressure ulcers. The prevention protocols are essential tools that have an impact on controlling the incidence of pressure ulcers, when used consistently.; Las úlceras por presión todavía representan un problema de salud grave, especialmente en unidades de cuidados intensivos. El objetivo de este estudio fue evaluar la aplicación de un protocolo para la prevención de úlceras por presión en pacientes de la Unidad de Cuidados Intensivos. Métodos: Estudio prospectivo, descriptivo y exploratorio, en los que la incidencia de úlceras por presión tras la aplicación de un protocolo de prevención. Los datos fueron recolectados durante el período comprendido entre el 17 abril a 15 julio 2009. Resultados: La incidencia encontrada en este estudio...

Lesões na córnea: incidência e fatores de risco em Unidade de Terapia Intensiva; Lesiones en la córnea: incidencia y factores de riesgo en Unidad de Terapia Intensiva; Corneal injuries: incidence and risk factors in the Intensive Care Unit

Werli-Alvarenga, Andreza; Ercole, Flávia Falci; Botoni, Fernando Antônio; Oliveira, José Aloísio Dias Massote Mourão; Chianca, Tânia Couto Machado
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
38.580874%
Pacientes internados em unidade de terapia intensiva (UTI) podem apresentar risco para lesão na córnea devido à sedação ou coma. Este estudo teve por objetivo estimar a incidência das lesões na córnea, identificar os fatores de risco e propor modelo de predição de risco para o desenvolvimento de lesão na córnea, em pacientes adultos, em unidade de terapia intensiva, de um hospital público. É estudo de coorte prospectiva de um ano, com 254 pacientes. Os dados foram analisados por estatística descritiva, univariada e de regressão logística. Dos 254 pacientes, 59,4% tiveram lesão na córnea e o tempo médio para o seu aparecimento foi de 8,9 dias. As variáveis independentes que predispõem ao risco para lesão na córnea, tipo puntacta, foram: tempo de internação, outro dispositivo de assistência ventilatoria, presença de edema e piscar de olhos menor que cinco vezes por minuto. Escala de coma de Glasgow e exposição de globo ocular foram as variáveis relacionadas à lesão na córnea do tipo úlcera de córnea. As lesões foram do tipo puntacta (55,1%) e úlceras de córnea (11,8%). Modelos de predição de risco para lesões na córnea do tipo puntacta e úlcera foram estabelecidos.; Pacientes internados en Unidad de Terapia Intensiva (UTI) pueden presentar riesgo de lesión en la córnea debido a la sedación o al coma. Este estudio tuvo por objetivo estimar la incidencia de las lesiones en la córnea; identificar los factores de riesgo y proponer un modelo de predicción de riesgo para el desarrollo de lesión en la córnea...