Página 1 dos resultados de 75 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Construção de uma biblioteca genômica de Passiflora edulis f. flavicarpa inserida em BACs (Bacterial Artificial Chromosome) e mapeamento cromossômico usando hibridação in situ fluorescente"; Construction of a BAC (Bacterial Artificial Chromosome) library for Passiflora edulis f. flavicarpa and chromosomal mapping using fluorescent in situ hybridization

Penha, Helen Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%
Passiflora (Passifloraceae) é um grande gênero de espécies vegetais encontradas, principalmente, na flora tropical. Algumas passifloras são cultivadas como plantas ornamentais, frutíferas ou exploradas pelas suas propriedades medicinais. A principal espécie comercial brasileira, o maracujá-azedo (Passiflora edulis f. flavicarpa, 2n = 18), ocupa 95% da área plantada. Os frutos são consumidos in natura ou processados pela indústria de suco. Estudos genéticos e cromossômicos têm sido gerados para esta espécie. Entretanto, devido ao pequeno tamanho e a similaridade morfológica dos seus cromossomos, as medições do cariótipo convencional do maracujá-azedo têm levado a resultados inconsistentes, sendo necessário o desenvolvimento de marcadores cromossomos-específicos. Estes marcadores são produzidos a partir da identificação de sequências de cópia-única em clones de bibliotecas de BACs (Bacterial Artificial Chromosome), que são utilizadas como sondas em ensaios de FISH (Hibridização in situ Fluorescente). Neste trabalho, foi construída uma biblioteca genômica de maracujá-azedo em BACs contendo 82.944 clones, com tamanho médio dos insertos de 108 kb, e provendo uma cobertura de seis vezes o genoma. A biblioteca apresentou baixa contaminação com cpDNA e mtDNA (~0...

Produção de etileno e atividade da enzima ACCoxidase em frutos de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.)

Winkler,Larissa Macedo; Quoirin,Marguerite; Ayub,Ricardo; Rombaldi,César; Silva,Jorge
Fonte: Sociedade Brasileira de Fruticultura Publicador: Sociedade Brasileira de Fruticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
27.938364%
O maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.) é uma das principais espécies cultivadas do gênero Passiflora. Seus frutos são ricos em minerais, vitaminas e apresentam aroma e sabor agradáveis. O presente trabalho teve como objetivos determinar a produção de etileno e atividade enzimática da ACCoxidase (ACCO) em maracujá-amarelo colhido em diferentes estádios de maturação. A determinação do estádio de maturação foi realizada com o auxílio de um colorímetro, que, por meio da radiação ultravioleta, estabeleceu valores absolutos da cor dos frutos de cada um dos grupos (I, II e III). A produção de etileno e a atividade da ACCoxidase foram realizadas por cromatografia gasosa. Os frutos do grupo I são predominantemente verdes, de acordo com os valores absolutos da cor obtidos. Os frutos do grupo II são predominantemente, coloridos, ou seja, em um estádio de maturação intermediário, e os frutos do grupo III, totalmente coloridos, apresentando-se, portanto, em início da senescência. Os frutos do grupo I apresentaram atividade da ACCO predominantemente mais elevada do que os frutos do grupo III, ocorrendo também o mesmo comportamento com a produção de etileno, com um valor médio de 7,25 nL. g-1. h-1...

Role of the nonheme Fe(II) center in the biosynthesis of the plant hormone ethylene

Rocklin, Amy M.; Tierney, David L.; Kofman, Victoria; Brunhuber, Norbert M. W.; Hoffman, Brian M.; Christoffersen, Rolf E.; Reich, Norbert O.; Lipscomb, John D.; Que, Lawrence
Fonte: The National Academy of Sciences Publicador: The National Academy of Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 06/07/1999 Português
Relevância na Pesquisa
18.036309%
The final step of ethylene biosynthesis in plants is catalyzed by the enzyme 1-aminocyclopropane-1-carboxylic acid (ACC) oxidase (ACCO). In addition to ACC, Fe(II), O2, CO2, and ascorbate are required for in vitro enzyme activity. Direct evidence for the role of the Fe(II) center in the recombinant avocado ACCO has now been obtained through formation of enzyme⋅(substrate or cofactor)⋅NO complexes. These NO adducts convert the normally EPR-silent ACCO complexes into EPR-active species with structural properties similar to those of the corresponding O2 complexes. It is shown here that the ternary Fe(II)ACCO⋅ACC⋅NO complex is readily formed, but no Fe(II)ACCO⋅ascorbate⋅NO complex could be observed, suggesting that ascorbate and NO are mutually exclusive in the active site. The binding modes of ACC and the structural analog alanine specifically labeled with 15N or 17O were examined by using Q-band electron nuclear double resonance (ENDOR). The data indicate that these molecules bind directly to the iron through both the α-amino and α-carboxylate groups. These observations are inconsistent with the currently favored mechanism for ACCO, in which it is proposed that both ascorbate and O2 bind to the iron as a step in O2 activation. We propose a different mechanism in which the iron serves instead to simultaneously bind ACC and O2...

The nature of O2 activation by the ethylene-forming enzyme 1-aminocyclopropane-1-carboxylic acid oxidase

Mirica, Liviu M.; Klinman, Judith P.
Fonte: National Academy of Sciences Publicador: National Academy of Sciences
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.602551%
Ethylene is a plant hormone important in many aspects of plant growth and development such as germination, fruit ripening, and senescence. 1-Aminocyclopropane-1-carboxylic acid (ACC) oxidase (ACCO), an O2-activating ascorbate-dependent nonheme iron enzyme, catalyzes the last step in ethylene biosynthesis. The O2 activation process by ACCO was investigated using steady-state kinetics, solvent isotope effects (SIEs), and competitive oxygen kinetic isotope effects (18O KIEs) to provide insights into the nature of the activated oxygen species formed at the active-site iron center and its dependence on ascorbic acid. The observed large 18O KIE of 1.0215 ± 0.0005 strongly supports a rate-determining step formation of an FeIVO species, which acts as the reactive intermediate in substrate oxidation. The large SIE on kcat/Km(O2) of 5.0 ± 0.9 suggests that formation of this FeIVO species is linked to a rate-limiting proton or hydrogen atom transfer step. Based on the observed decrease in SIE and 18O KIE values for ACCO at limiting ascorbate concentrations, ascorbate is proposed to bind in a random manner, depending on its concentration. We conclude that ascorbate is not essential for initial O2 binding and activation but is required for rapid FeIVO formation under catalytic turnover. Similar studies can be performed for other nonheme iron enzymes...

18O Kinetic Isotope Effects in Non-Heme Iron Enzymes: Probing the Nature of Fe/O2 Intermediates

Mirica, Liviu M.; McCusker, Kevin P.; Munos, Jeffrey W.; Liu, Hung-wen; Klinman, Judith P.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%
Reported here are the competitive 18O/16O kinetic isotope effects (18O KIEs) on kcat/Km(O2) for three non-heme iron enzymes that activate O2 at an iron center coordinated by a 2-His-1-carboxylate facial triad: taurine dioxygenase (TauD), S-(2)-hydroxypropylphosphonic acid epoxidase (HppE), and 1-aminocyclopropyl-1-carboxylic acid oxidase (ACCO). The comparison of the measured 18O KIEs with calculated 18O equilibrium isotope effects (18O EIEs) reveals an excellent correlation with the proposed mechanisms for these enzymes. 18O KIEs of 1.0104 ± 0.0002 (TauD), 1.0120 ± 0.0002 (HppE), and 1.0215 ± 0.0005 (ACCO) suggest the formation in the rate limiting step of O2 activation of an FeIII-alkylperoxo, FeIII-OOH, and FeIV=O species, respectively. By probing only the steps from initial O2 binding up to and including the first irreversible step of O2 activation, the measured 18O KIEs can be a valuable companion to pre-steady state kinetic analyses in studying the complex catalytic mechanisms of non-heme iron enzymes.

1-Aminocyclopropane-1-carboxylic acid oxidase reaction mechanism and putative post-translational activities of the ACCO protein

Dilley, David R.; Wang, Zhenyong; Kadirjan-Kalbach, Deena K.; Ververidis, Fillipos; Beaudry, Randolph; Padmanabhan, Kallaithe
Fonte: Oxford University Press Publicador: Oxford University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
28.036309%
ACC oxidase (Malus. domestica ACCO1) catalyzes the final step in the biosynthesis of the plant hormone ethylene. ACCO converts 1-aminocyclopropane-1-carboxylic acid(ACC) to ethylene, cyanide, carbon dioxide and water in the presence of ferrous ion, oxygen, ascorbic acid and bicarbonate. Cyanide, a product of the reaction, activates ACCO. Site-directed mutagenesis investigations revealed binding sites for ACC, bicarbonate and ascorbic acid to include; Arg175, Arg244, Ser246, Lys158, Lys292, Arg299 and Phe300. ACCO may be involved in the ethylene signal transduction pathway not directly linked to the ACCO reaction through post-translational modifications. ACCO is subject to auto-phosphorylaton in vitro and promotes phosphorylation of some apple fruit proteins in a ripening-dependent manner.

Efeitos do veneno e da toxina dermonecrótica recombinante LiRecDT1 de Loxosceles intermedia em fígado de rato /

Christoff, Adriana de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Formato: text
Português
Relevância na Pesquisa
27.277231%
Orientadora: Alexandra Acco; Dissertaçăo (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Cięncias Biológicas, Programa de Pós-Graduaçăo em Farmacologia. Defesa: Curitiba, 2008; Inclui bibliografia

Efeitos do celecoxibe em ratos submetidos ao modelo de câncer Walker-256 /

Pereira, Amanda Leite Bastos
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Formato: text
Português
Relevância na Pesquisa
27.277231%
Orientadora: Alexandra Acco; Dissertaçăo (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Cięncias Biológicas, Programa de Pós-Graduaçăo em Farmacologia. Defesa: Curitiba, 2008; Inclui bibliografia

Organogênese e transformação genética de maracujá amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.) com os genes CMe-ACO1 AS e nptll via Agrobacterium tumefaciens

Winkler, Larissa Macedo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.802747%
O Brasil é o principal produtor mundial de maracujá-amarelo (Passiflora edulis f. flavicarpa Deg.). Seus frutos, de grande valor nutricional e farmacêutico são comercializados in natura e industrializados, garantindo o abastecimento do mercado interno e exportação. Contudo, seus frutos perdem grande quantidade de água durante o processo de maturação, conferindo à eles um aspecto de murcha em poucos dias, além de aumentar a fragilidade durante o transporte. Assim, o presente trabalho teve como principal objetivo, introduzir em tecidos desta espécie o gene que codifica para a enzima ACCO, em orientação antisense, via Agrobacterium tumefaciens. Esta enzima é responsável pela conversão do ácido 1-carboxílico-1-aminociclopropano (ACC) em etileno, promovendo a maturação dos frutos. Como controle do processo de transformação, foi utilizado o gene nptll, que confere resistência ao antibiótico canamicina e que foi introduzido com sucesso nesta espécie em trabalhos anteriores. A transformação genética só é obtida com sucesso, se os explantes potencialmente transgênicos adquirirem aptidão para regenerar uma nova planta. Neste sentido, dois experimentos de organogênese foram realizados. Neles avaliou-se o efeito da idade fisiológica dos explantes (jovem e adulto); da posição de cultivo dos explantes (abaxial e adaxial) e o efeito da citocinina BAP: 1...

Estudo de efeitos antineoplásicos e toxicológicos da Gochnatia polymorpha ssp. floccosa em ratos com tumor Walker-256

Martins, Gracianny Gomes
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 130f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.277231%
Orientadora : Profª. Drª. Alexandra Acco; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. Defesa: Curitiba, 18/07/2014; Inclui referências; Resumo: Objetivos: Nas últimas décadas, o câncer tornou-se um evidente problema de saúde pública em todo o mundo. A pesquisa com plantas medicinais para fins antineoplásicos vem se tornando cada vez mais consistente, a fim de ampliar as opções de tratamento. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi avaliar a possível atividade antineoplásica e toxicidade da fração diclorometano (F1B), rica em lactonas sesquiterpênicas do subtipo guaionolideos, isolada da Gochnatia polymorpha ssp. flocossa frente ao modelo de carcinossarcoma Walker-256 em ratos. Materiais e Métodos: Após a inoculação subcutânea das células Walker-256 no membro pélvico direito de ratos Wistar machos, iniciou-se o tratamento por via oral com F1B na dose de 100 mg.kg-1 por 16 dias. A progressão tumoral foi avaliada durante este período. Após o tratamento foram avaliados os seguintes parâmetros: peso tumoral; estresse oxidativo hepático e tumoral (atividade da catalase [Cat], superóxido dismutase [SOD], glutationa-S-transferase [GST]...

Efeitos antitumorais e hematológicos in vivo do composto mesoiônico sidnona 1

Galuppo, Larissa Favaretto
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 53f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.277231%
Orientadora : Profª. Drª. Alexandra Acco; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia. Defesa: Curitiba, 26/03/2015; Inclui referências; Área de concentração; Resumo: A incidência do câncer vem aumentando drasticamente, no mundo todo. O principal tratamento para este tipo de enfermidade é a quimioterapia, porém a citotoxicidade dos agentes quimioterápicos é muito alta, o que acaba gerando vários efeitos colaterais para o paciente em tratamento. Tendo em vista as limitações da quimioterapia e o aumento da incidência dessa doença, ressalta-se a importância do estudo de novas substâncias com ação antineoplásica, porém menos citotóxicas e com menos efeitos colaterais, proporcionando uma melhor qualidade de vida ao paciente. O objetivo deste trabalho foi determinar a atividade antitumoral do composto mesoiônico Sidnona 1 (Syd-1) no modelo tumor Walker-256 em ratos, avaliando o crescimento tumoral e o seu possível mecanismo de indução de morte celular (apoptose, estresse oxidativo e participação em vias de inflamação). Para isto foram utilizados ratos Wistar, machos, com peso variando de 180 g a 220 g. Para a indução do tumor foram utilizadas células neoplásicas da linhagem Walker-256...

Lanosidade em p??ssegos:aspectos f??sic??-qu??mico e moleculares; Woolliness in peach: physical-chemical and molecular aspects

PEGORARO, Camila
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Ci??ncia e Tecnologia Agroindustrial; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Ci??ncia e Tecnologia Agroindustrial; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%
We studied the transcriptional and translational expression of a group of genes associated with cell wall metabolism (Cob, GLS, GalT, CCR, PL, PG, PME, β-Gal, β- Man, α-Ara, Exp1, Exp2, Exp3 and Exp4), endomembrane transport (SFT2, Vap27-2, ADL1A, ROC7, Rab5, Vamp, Kin, Cla, Syn, ERD2 and Rab11), expression of HSPs (HSP40-1er, HSP70er, HSP40-2er, HSPCNX1, HSPCRT2 , HSP70ch, HSP17.8ch, HSP60mi, HSP26.5mi and HSP60-3Bmi) and ethylene synthesis (ACCO) in peaches treated and not treated with gibberellic acid (GA3), monitoring the evolution of ripening and the changes occurred after cold storage (CS) and controlled atmosphere (CA). As variables for characterization of ripening fruit evaluated the production of ethylene, firmness, total acidity (TA), soluble solids (SS), SS / TA ratio and background color of the skin. Initially molecular changes were evaluated in fruit at different maturation stages. Later, the effect of different storage conditions on woolliness development was studied, and finally, the effect of GA3 in delaying maturation and preventing woolliness was evaluated. It was verified that peach ripening is dependent on genes encoding proteins involved in synthesis and degradation of cell wall and proteins involved in the endomembrane transport. Analyzing different forms of storage was observed that the use of controlled atmosphere conditions reduced woolliness...

Alterações moleculares, físico-químicas e fisiológicas em melões e tomates: relações com etileno e citocininas; Molecular alterations, physicochemical and physiological in melons and tomatoes: relations with ethylene and cytokinin

GONÇALVES, Ciane Xavier
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Biotecnologia; Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.802747%
Ethylene is the inductor and acceleratorhormone of the maturation and senescence of climacteric fruits, as is the case of Cantaloupe melons (Cucumismelo var. Cantalupensis, Naud cv. Vedrantais) and tomatoes (LicopersicumesculentumL. cv. Micro-Tom). It is known that the reduction of production and/or the action of this hormone prolongs the shelf life of these fruits. Thus, in order to reduce the production of such hydrocarbon, were genetically transformed melon trees with clones of the ACC oxidase 'antisense', of melon (pMEL1AS, Ayubet al., 1996) and of apple (pAP4AS, Silva et al., 2004). As expected, in both cases, the ethylene production was reduced, prolonging shelf life of fruits in 7 days. However, the production of volatile compounds was also affected. The transgenic melons produced, on average, 70% less esters than the WT, independently of having been transformed with pMEL1AS or pAP4AS. As the intervention made acted in the reduction of the production of ethylene. It was emitted the hypothesis that, with the supplementation of the hormone, the synthesis of flavors would be restored. Such fact was proven in pMEL1AS melons, but not in pAP4AS. The exact causes of this difference were not yet made clear. It is believed that because of the greater reduction of the ethylene production in the fruit pAP4AS...

Aplicação de ferramentas Lean e produção celular numa empresa de artigos para escritório

Martins, Ana Carolina Ferraz
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%
Dissertação de mestrado integrado em Engenharia e Gestão Industrial; A presente dissertação enquadra-se no âmbito do Projeto de Dissertação inserido no Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial da Universidade do Minho, referente ao 5º ano, 2º semestre. Este projeto teve como principal objetivo a aplicação de ferramentas Lean Production e celular numa empresa de artigos para escritório, ACCO Brands. A metodologia de investigação usada foi a Action Research, sendo seguidos os 5 passos associados a esta metodologia. Assim, a investigação iniciou-se com uma revisão bibliográfica sobre Lean Production, história, princípios, desperdícios associados ao Lean Thinking e benefícios da implementação e principais ferramentas usadas nesta temática, tais como os 5S, a Gestão Visual, o Kaizen, Just-In-Time ou o Standard Work. Foram ainda abordados o problema de reconfiguração classificação de sistemas produtivos e projeto de sistemas orientados ao produto, apresentando-se alguns casos de sucesso. O diagnóstico da empresa foi iniciado com uma apresentação e caracterização da empresa, referindo os vários setores, seguida de uma análise mais pormenorizada da secção em estudo. Devido à importância revelada pela empresa no novo projeto de máquinas de encadernação...

NSC50681; Acco Naf-Sol AS-phenyl; Acco Naphthol AS-phenyl; Acna Naphthol OF; Amanil Naphthol AS-phenyl; Amarthol AS-phenyl; Azotol OF; C.I. Azoic Coupling Component 14; C.I. 37558; Daito Grounder phenyl; Hiltonaphthol AS-phenyl; Kambothol ASPH; Naphtanilide phenyl; Naphtanilide phenyl Supra; Naphtazol OP; Naphthanil OP; Naphthol AS-phenyl; Naphthol AS-phenyl Supra; Naphthol AS-OP; Naphthol AS-PH; Naphthol AS-RO; Naphtoelan phenyl; Naphtol AS-phenyl; Tulathol AS-phenyl; 2-Naphthalenecarboxamide, N-(2-ethoxyphenyl)-3-hydroxy- (9CI); 2-Naphtho-o-phenetidide, 3-hydroxy- (8CI); 2'-Ethoxy-3-hydroxy-2-naphthanilide

US National Cancer Institute
Fonte: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University Publicador: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University
Tipo: Outros Formato: 7133 bytes; 6569 bytes; chemical/x-cml; chemical/x-cml
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%

NSC50687; Acco Naf-Sol AS-ITR; Acco Naphthol AS-ITR; Acna Naphthol SS; Amanil Naphthol AS-ITR; Azoground ITR; Azotol O; C.I. Azoic Coupling Component 12; C.I. 37550; Daito Grounder ITR; Hiltonaphthol AS-ITR; Naphtanilide ITR; Naphtazol STR; Naphthoide ITR; Naphthol AS-ITR; Naphtoelan JTR; Naphtol AS-ITR; Naphtol AS-ITRLL; Sanatol ITR; Solunaptol ITR; Ultrazol IX-ITR; 2-Naphthalenecarboxamide, N-(5-chloro-2, 4-dimethoxyphenyl)-3-hydroxy- (9CI); 2-Naphthanilide, 5'-chloro-3-hydroxy-2',4'-dimethoxy- (8CI)

US National Cancer Institute
Fonte: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University Publicador: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University
Tipo: Outros Formato: 7129 bytes; 6529 bytes; chemical/x-cml; chemical/x-cml
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%

NSC37187; Acco Naf-Sol AS-KB; Acco Naphthol AS-KB; Amanil Naphthol AS-KB; C.I. Azoic Coupling Component 21; C.I. 37526; Hiltonaphthol AS-KB; Naphtanilide KB; Naphtazol C; Naphthanilid KB; Naphthol AS-KB; Naphtol AS-KB; 2-Naphthalenecarboxamide, N-(5-chloro-2-methylphenyl)-3-hydroxy- (9CI); 2-Naphtho-o-toluidide, 5'-chloro-3-hydroxy- (8CI)

US National Cancer Institute
Fonte: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University Publicador: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University
Tipo: Outros Formato: 6108 bytes; 5709 bytes; chemical/x-cml; chemical/x-cml
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%

NSC37188; Acco Naf-Sol AS-D; Acco Naphthol AS-D; Acna Naphthol E; Amanil Naphthol AS-D; Amarthol AS-D; Anthonaphthol AS-D; Azoground D; Azoic Coupling Component 18; Azonaphtol OT; Azotol OT; Brenthol OT; Brentosyn OTN; C.I. Azoic Coupling Component 110; C.I. Azoic Coupling Component 18; C.I. Developer 21; C.I. 37520; Celcot RTO; Cibanaphthol RTO; Daito Grounder D; Dianix Developer ND; Diathol D; Dragonthol D; Hiltonaphthol AS-D; Miketazol Developer NDF; Mitsui Naphthozol D; Naftolo MD; Naphtanilide D; Naphtanilide D Supra; Naphtazol D; Naphthanil AS-D; Naphthoide AD; Naphthol AS D; Naphthol AS-D (VAN); Naphthol AS-D Dispersible; Naphthol AS-D Supra; Naphtoelan D; Naphtol AS-D; Naphtol AS-D Supra; Solunaptol OT; Tulathol AS-D; Ultrazol D; 1-(2', 3'-Hydroxynaphthoylamino)-2-methylbenzene; 2-Naphthalenecarboxamide, 3-hydroxy-N-(2-methylphenyl)- (9CI); 2-Naphtho-o-toluidide, 3-hydroxy- (8CI)

US National Cancer Institute
Fonte: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University Publicador: Unilever Center for Molecular Informatics, Cambridge University
Tipo: Outros Formato: 7126 bytes; 6735 bytes; chemical/x-cml; chemical/x-cml
Português
Relevância na Pesquisa
17.277231%

ORGANOGENESIS AND GENETIC TRANSFORMATION OF YELLOW PASSION FRUIT (Passiflora edulis f. flavicarpa DEG.) WITH THE GENES CMe-ACO1 AS AND nptII THROUGH Agrobacterium tumefaciens; ORGANOGÊNESE E TRANSFORMAÇÃO GENÉTICA DE MARACUJÁ AMARELO (Passiflora edulis f. flavicarpa DEG.) COM OS GENES CMe-ACO1 AS E nptII VIA Agrobacterium tumefaciens

WINKLER, Larissa Macedo
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
27.938364%
Brazil is the main world producer of yellow passion fruit (Passiflora edulis f. flavicarpa). Fruits have a great nutritive and pharmaceutic value. They are commercialized in natura and industrialized for national market and exportation. Passion fruits present a high loss of water during fruit ripening, what is a concern for transport. In order to improve fruit quality and storage life, experiments were carried out for regeneration of plants from leaf explants of Passiflora edulis and for introduction of an antisense melon ACCoxidase gene (LEM1) via Agrobacterium tumefaciens strain carrying binary vectors. During climateric fruits ripening process, like yellow passionfruit, 1-carboxylic-1-aminocyclopropane (ACC) is converted into ethylene by the action of ACCoxidase enzyme. Two regeneration experiments were conducted, using Murashige and Skoog (1962) as basic medium. The effect of several factors was evaluated: physiological age of the explants (juvenile and adult), position of the explant on culture medium (with abaxial or adaxial face in contact with the medium), and three concentrations of benzyladenine (BAP) (1.0, 1.5 and 2.0 mg.L-1). The following data were recorded: percentage of regenerating leaf explants, mean number of buds per explant...

ADNc relacionados con la maduración del fruto de guayaba (Psidium guajava L.): Caracterización y análisis de expresión

Reyes Silva,Alberto I.; Núñez Palenius,Héctor G.; Hernández Guzmán,Gustavo; Alpuche Solís,Ángel G.; Garcidueñas Piña,Cristina; Morales Domínguez,José F.
Fonte: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C. Publicador: Sociedad Mexicana de Fitogenética A.C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
17.602551%
En este estudio se presentan los análisis bioinformáticos y de la expresión de cuatro clonas de ADNc que codifican para una poligalacturonasa (PG), para ácido 1-aminociclopropano-1-carboxílico oxidasa (ACCo), y para dos α-expansinas (a-Exp) en guayaba (Psidium guajava L.). Mediante RT-PCR se obtuvo un fragmento parcial de 301 pb (PgPGl) correspondiente a una PG que se expresa a partir de fruto maduro, uno de 320 pb (PgACOl) para una ACCo de fruto sobremaduro, y dos para α-expansinas: uno de 466 pb (PgEXP2) de fruto sobremaduro y otro de 362 pb (PgEXP3) de pedúnculo. El análisis bioinformático de los ADNc mostró que codifican para proteínas putativas con una alta homología con proteínas relacionadas. La secuencia de aminoácidos de la proteína parcial PgPG1 contiene regiones características y conservadas de las PGs en plantas superiores y está relacionada con la maduración de frutos; PgACO1 mostró características presentes en todas las ACCo y está relacionada con la maduración; PgEXP2 y PgEXP3 contienen parte de los dos dominios presentes de las expansinas, y están agrupadas filogenéticamente con las α-expansinas. Los estudios de expresión mediante Dot Blot mostraron que el gen PgPGl fue visible en todos los estadios de maduración del fruto...