Página 1 dos resultados de 752 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A biodiversidade como fator preponderante para a produção agrícola em agroecossistemas cafeeiros sombreados no Pontal do Paranapanema; Biodiversity as leading factor to agricultural production in shaded coffee agroecosystems in the Pontal do Paranapanema

Lopes, Paulo Rogério
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.354297%
O sistema de produção de café orgânico vem surgindo como uma alternativa tecnológica e economicamente rentável, que visa eliminar os impactos ambientais provocados pelo uso irracional dos recursos naturais. Muitas experiências e análises apontam a biodiversidade como precursora da estabilidade biológica encontrada nesses agroecossistemas produtivos diversificados (SAFs). No entanto, são incipientes os estudos científicos sobre o efeito da biodiversidade nos sistemas agrícolas de produção. Assim, o maior desafio da pesquisa foi identificar qual o sistema de manejo propiciava mais sinergismos biológicos, serviços ecológicos-chaves, tais como o controle biológico da principal praga do cafeeiro. E é nesse sentido que a presente pesquisa foi desenvolvida, com o objetivo de avaliar se a biodiversidade presente nos agroecossistemas está relacionada com a estabilidade ecológica, ou seja, com o equilíbrio dinâmico da população de insetos, que em determinados níveis podem causar elevados danos econômicos à cultura do café. A pesquisa foi desenvolvida na região do Pontal do Paranapanema, nos sistemas agroflorestais conduzidos pelos agricultores assentados sob responsabilidade técnica do IPÊ (Instituto de Pesquisas Ecológicas)...

Análise comparativa das espécies de Anastrepha (Diptera, Tephritidae) em três agroecossistemas no estado de São Paulo; Comparative analysis of Anastrepha (Diptera, Tephritidae) species in three agroecosystems in the State of São Paulo, Brazil

Oliveira, Monique Bárbara Rosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.354297%
As moscas-das-frutas estão entre as principais pragas da pomicultura em todo o mundo. Devido à sua importância econômica, os estudos sobre os aspectos ecológicos entre as comunidades moscas-das-frutas são cruciais. Assim, o objetivo deste trabalho foi comparar a dinâmica populacional das espécies de Anastrepha em três agroecossistemas diferentes, de três municípios do estado de São Paulo: área antropizada em Piracicaba, área natural em Monte Alegre do Sul e na área agrícola em Monte Alto. Os levantamentos moscas-das-frutas foram realizados utilizando armadilha do tipo McPhail com atrativo alimentar. As comparações das comunidades de moscas-das-frutas foram baseadas nos índices faunísticos. Um total de 49.583 espécimes foram coletados nos três agroecossistemas, pertencentes a 22 espécies. Anastrepha fraterculus e A. sororcula foram predominantes em todos os três agroecossistemas. Anastrepha bahiensis e A. grandis também foram predominantes na área natural, mas na área antropizada apenas A. pseudoparallela foi predominante. Todas essas espécies foram classificadas como super quanto à dominância, abundância, frequência e constância. Embora o índice de diversidade foi elevado na área antropizada, o maior índice de riqueza (Margalef) foi na área natural. Pelo índice de equitabilidade (Pielou)...

Estudo da fauna de artropodes associada a plantas invasoras em agroecossistemas organicos e convencionais

Jose Carlos Brombal
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2001 Português
Relevância na Pesquisa
27.57588%
o modelo de agricultura conhecido como manejo convencional, baseado em monoculturas e uso intensivo de insumos químicos sintéticos, traz uma série de danos à saúde humana, aos recursos naturais e à biodiversidade. Nas últimas décadas, uma série de manejos agrícolas alternativos vêm sendo desenvolvidos como uma resposta ao desafio da produção de alimentos com sustentabilidade ao longo do tempo e espaço. Estes manejos incorporam uma série de técnicas que mantêm e aumentam a biodiversidade nos agroecossistemas. Dentre elas, destaca-se a manutenção de plantas invasoras nas bordas dos cultivos. Plantas invasoras são vistas de diferentes maneiras e têm papel controverso dentro de diferentes agroecossistemas. A visão mais difundida é que são pragas, competem com as culturas comerciais e servem como reservatório para artrópodes-praga. Contudo, invasoras podem ser benéficas aos agroecossistemas de várias maneiras: mantêm a umidade e estrutura do solo e podem fornecer abrigo e outros recursos a artrópodes benéficos. O presente estudo tem como objetivo analisar as comunidades de artrópodes associados a plantas invasoras em agroecossistemas orgânicos e convencionais, tendo como principais questões: 1) como estão estruturadas as comunidades de artrópodes...

Culturas de cobertura de manejo de agroecossistemas

Kunze, Alceu
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 102 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Curso de Pós-Graduação em Agroecossistemas

Processamento da cama de aviário e suas implicações nos agroecossistemas

Hahn, Leandro
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 130 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas.; A produção avícola intensiva é uma atividade de grande importância para o Brasil e para Santa Catarina, onde está concentrada em algumas regiões. Este sistema de produção gera uma significativa quantidade de resíduos, onde se destaca a cama de aviário. Com a tendência de aumento desta atividade, aumentará ainda mais a produção deste resíduo. A alta concentração de cama de aviário em algumas regiões, onde o solo e a extração dos nutrientes pelas culturas não estão sendo mais suficientes para reciclá-lo, está causando a contaminação por nutrientes, microorganismos patogênicos e resíduos de produtos químicos, com repercussões econômicas na saúde pública e no ambiente. Para minimizar estes impactos, os agricultores têm sido estimulados a fazer a decomposição da cama de aviário antes de sua aplicação como fertilizante. Existem ainda muitas dúvidas sobre a eficiência deste tratamento na diminuição do potencial poluidor deste resíduo. O objetivo deste trabalho foi estudar os principais aspectos inerentes à produção, processamento e uso da cama de aviário. Foi realizado também um experimento para comparar tipos de decomposição deste resíduo. Os três processos (tratamentos) usados foram: Tratamento CSC (cama de aviário com camadas de solo e coberto com capim) CP (cama de aviário coberta com polietileno) e CCC (cama de aviário com camadas de capim e coberto com capim). Amostras foram coletadas semanalmente no primeiro mês e mensalmente até o final do experimento aos 180 dias. Acompanhou-se a evolução da temperatura das pilhas...

A dinâmica do milho (Zea mays L.) nos agroecossistemas indígenas

Pedri, Marta Adriana
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 86 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.245637%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas; O crescimento da população indígena e a regularização de suas terras trazem demandas para o restabelecimento de práticas agrícolas tradicionais. O manejo tradicional do milho (Zea mays L.) em comunidades indígenas dos estados de Roraima e Santa Catarina apresenta um cenário de erosão genética e cultural. Nesse contexto, o presente trabalho busca compreender a relação histórica e cultural existente entre os grupos indígenas e o cultivo do milho. Foram utilizadas ferramentas de etnobotânica para entender a dinâmica do milho nos agroecossistemas indígenas. Em registros arqueológicos na América do Sul, a difusão inicial do milho coincide com a expansão da agricultura de grupos Jê. Uma segunda onda difundiu a tecnologia que permitiu a intensificação do milho e a complexificação social, coincidindo com a expansão Aruak e Tupi-Guarani. O cultivo do milho em aldeias Wapixana (Aruak), Macuxi, Taurepang, Waimiri Atroari (Karib), Kaingang, Xokleng (Jê) e Guarani (Tupi-Guarani) apresenta diferentes estágios do declínio da importância do milho. A perda de população e redes de troca de sementes...

Uso de culturas de cobertura no manejo de comunidades de plantas espontâneas como estratégia agroecológica para o redesenho de agroecossistemas

Lana, Marcos Alberto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 238 f.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias. Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas; O manejo das plantas espontâneas é um importante fator na transição para sistemas agroecológicos de produção. Uma das formas de manejo destas populações é o uso de culturas de cobertura do solo para, através de diferentes processos ecológicos, reduzir a população de plantas espontâneas. Com o objetivo de avaliar combinações de culturas de cobertura quanto à supressão de comunidades de plantas espontâneas e rendimento de feijão, foram avaliadas combinações de ervilhaca (Vicia sativa), nabo forrageiro (Raphanus oleiferus) e centeio (Secale cereale), a espécie mais utilizada pelos agricultores da região e que foi testada também em monocultivo. Para essa avaliação mediram-se a cobertura do solo, a biomassa e a taxa de degradação dos resíduos das plantas espontâneas, utilizando a técnica de litter bags. Foram medidas a biomassa das plantas espontâneas de inverno e de verão, calculando-se os índices de diversidade e o rendimento do feijão. A combinação das três espécies proporcionou os maiores índices de cobertura do solo, maior velocidade de cobertura...

Enriquecimento da cana-de-açucar com fontes de nitrogênio em agroecossistemas do norte e noroeste do Paraná

Koefender, Elisa
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 81 p.| il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Agroecossistemas, Florianópolis, 2010; A busca por volumosos em épocas de escassez de forragens que sejam economicamente viáveis faz da cana-de-açúcar uma forrageira em potencial, pois é de fácil cultivo e tradicionalmente utilizada por produtores em boa parte do território nacional, principalmente para alimentação de ruminantes. Entretanto, a cana-de-açúcar apresenta um teor de proteína bruta limitante para ser usado como única fonte de alimento para animais. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar formas de enriquecimento da cana-de-açúcar com fontes de nitrogênio protéico e não protéico na tentativa de melhorar o valor nutricional dos nutrientes da cana-de-açúcar, assim como incentivar o uso de alimentos existentes nas regiões norte e noroeste do Paraná, como alternativa ao uso da uréia como forma de enriquecimento da cana-de-açúcar. Foram realizados dois experimentos, um no assentamento Dorcelina Folador, em Arapongas e o outro no assentamento Oziel Alves, em Santa Cruz de Monte Castelo, norte e noroeste do Estado do Paraná, respectivamente. As análises bromatológicas foram realizadas nos laboratórios de análise de alimentos e nutrição animal da Universidade Estadual de Maringá - UEM e no laboratório de bromatologia e nutrição animal da Embrapa Clima Temperado - Pelotas - RS...

Uso e monitoramento de indicadores microbiológicos para avaliação da qualidade dos solos de cerrado sob diferentes agroecossistemas

Silva, Luciana Gomes da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.432773%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias, 2008.; Embora a avaliação da qualidade de um solo seja uma tarefa complexa, sua determinação tem sido sugerida como uma ferramenta importante para acessar a sustentabilidade de longo prazo dos sistemas agrícolas. A seleção dos atributos do solo que servirão como indicadores de qualidade de solo, os níveis críticos desses atributos e como agregá-los em um índice de qualidade são algumas das dificuldades encontradas para quantificar a qualidade do solo. No capitulo 1 dessa tese foi avaliado o uso do carbono da biomassa microbiana (CBM) e da atividade enzimática (?-glicosidase, fosfatase ácida e arilsulfatase) como indicadores de qualidade do solo em diversos agroecossistemas da região dos cerrados comparando-os a atributos químicos (pH, matéria orgânica, teores de P, Ca, Mg, K, CTC e saturação por alumínio) e físicos (densidade aparente, porosidade total, macroporosidade e microporosidade) do solo. Amostras de solo foram coletadas em fevereiro de 2006, na profundidade de 0 a 10 cm, em três áreas: área I, rotação soja/milho sob plantio direto (PD) e plantio convencional (PC) iniciado em 1992; área II...

Utilização de um sistema de informação geográfica na análise da biodiversidade em agroecossistemas na região envolvente de Évora

Batista, Maria Teresa Folgôa
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.354297%
O presente relatório constitui um contributo para o desenvolvimento de metodologias de análise da biodiversidade em agroecossistemas com o recurso às tecnologias de sistemas de informação geográfica, numa perspectiva da gestão dos recursos biológicos. Realiza-se numa área envolvente de Évora de 19 x 19 quilómetros. Os objectivos principais prendem-se com: A compatibilização e integração da informação referente aos levantamentos de campo em ambiente de SIG; A análise da estrutura da paisagem baseada em indicadores de diversidade e heterogeneidade; A análise da diversidade faunística nas áreas de pormenor e a sua relação com a estrutura da paisagem; A análise da biodiversidade e sua relação com a disponibilidade de água, a rede viária, a presença de malha urbana, a caça e a tipologia de agroecossistemas; Avaliar, desses factores, aqueles que explicam a variabilidade da diversidade faunística na área de estudo. O relatório encontra-se dividido em três partes. Na primeira referem-se os conceitos e aplicações, tais como a biodiversidade, agroecossistemas, perturbações e SIG. Na Segunda, desenvolve-se o modelo de análise e caracteriza-se a área de estudo. Na terceira apresentam-se e discutem-se os resultados. *** Abstract - This report is a contribute to the development of methodologies for analyse biodiversity in agro ecosystems using GIS. The study area was located near Évora...

Distribuição, Diversidade e Abundância de Odonatas, Aves e Quirópteros. Contributo para a conservação e majoração de auxiliares em agroecossistemas agrícolas da Região Demarcada do Douro.

LEA
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Relatório
Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
“Distribuição, Diversidade e Abundância de Odonatas, Aves e Quirópteros. Contributo para a conservação e majoração de auxiliares em agroecossistemas agrícolas da Região Demarcada do Douro.”

Viabilidade do uso da adubação verde nos agroecossistemas da região de São Carlos, SP

Pinto,L. F. G.; Crestana,S.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/1998 Português
Relevância na Pesquisa
37.354297%
De modo geral, os sistemas de produção agrícola têm levado os agroecossistemas a uma grande instabilidade, acarretando forte degradação ambiental. Este trabalho visa estudar o potencial da utilização de adubação verde na região de São Carlos (SP) como uma técnica complementar aos sistemas de produção ora existentes, buscando alcançar um incremento qualitativo de seus agroecossistemas. A delimitação da região estudada baseou-se em características climáticas, geomorfológicas e administrativas, a partir de informações oriundas de mapas temáticos, manipulados por meio de um sistema de informações geográficas (SIG). A unidade de planejamento agroecológico para a região de São Carlos é constituída pelos municípios de Analândia, Itirapina, Santa Maria da Serra, São Carlos, São Pedro e Torrinha. Na região, descreveram-se o clima e os tipos de solo, tendo sido estes últimos agrupados de acordo com suas respectivas texturas e fertilidades. A partir disto, gerou-se um mapa com as zonas edáficas, predominantemente álicas e de textura arenosa. Paralelamente, foram listadas espécies de adubo verde com ecofisiologia compatível com as características edafoclimáticas encontradas, agrupando tais espécies em três classes: exigentes...

Banco de sementes e estabelecimento de plantas daninhas em agroecossistemas

Carmona,Ricardo
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1995 Português
Relevância na Pesquisa
27.354297%
Em novembro/92 o banco de sementes no solo foi estimado, a 0-10 cm de profundidade, em alguns agroecossistemas: área de rotação de culturas, várzea, pomar de cítrus e pastagem de Brachiaria brizantha, no Distrito Federal, Brasil. Esta estimativa foi realizada através da observação da emergência de plântulas em amostras de solo incubadas, com e sem lavagem através de peneira e presença ou ausência de nitrato de potássio. A lavagem do solo para redução de volume, seguida de utilização de nitrato de potássio, mostrou-se desvantajosa para a determinação dos bancos de sementes viáveis detectadas nas amostras. A quantidade média de sementes por metro quadrado foi de 22313 na várzea, 6768 na área de rotação, 3595 nas coroas do pomar e 529 na pastagem. Verificou-se que as plantas infestantes estabelecidas em maio/93 nos agroecossistemas, representavam, em relação á quantidade inicial de sementes: 0,34% na pastagem, 0,71% na várzea, 1,48% nas coroas do pomar e 1,56% na área de rotação de culturas. Estas plantas seriam aquelas que supostamente mais contribuíram para a manutenção dos bancos de sementes no solo. Houve uma correlação direta do banco de sementes com o número de espécies e indivíduos presentes nos agroecossistemas. As espécies predominantes nas áreas anualmente perturbadas foram Ageratum conyzoides...

Energia e sustentabilidade em agroecossistemas

Kozioski,Gilberto Vilmar; Ciocca,Maria de Lourdes Santorio
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
37.085234%
Os sistemas de produção de alimentos atualmente predominantes no país e no mundo têm sido frequentemente questionados em função de vários faiares, destacando-se entre eles, aqueles associados ao uso da energia. O objetivo desta revisão é apresentar alguns dados sobre a origem e eficiência da utilização de energia na produção animal e vegetal, assim como sobre a distribuição do seu uso no mundo, relacionando estes aspectos com a sustentabilidade dos sistemas alimentares predominantes no mundo e no Brasil. A principal fonte de energia atualmente utilizada, mundialmente, no processo produtivo e na cadeia alimentar total é derivada do petróleo, cujas reservas mundiais são limitadas e com estimativas de esgotamento até meados do próximo século. Além disso, a utilização da maior parte da energia e. conseqüentemente, a produção e consumo da maior parle dos alimentos no mundo é feita por uma minoria da população existente em algumas poucas regiões do Hemisfério Norte. Finalmente, os sistemas intensivos de produção animal e vegetal são mais produtivos mas, de outra parte, são energeticamente mais ineficientes que sistemas menos intensivos. No Brasil, a maior parte da produção agropecuária deriva de sistemas intensivos de produção e...

Uso de geotecnologias para avaliação da dinâmica espaço temporal do carbono em área de expansão de agroecossistemas sobre pastagens.

RONQUIM, C. C.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 4., Bonito, MT. Anais... Brasília: Embrapa, 2012. Publicador: In: SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, 4., Bonito, MT. Anais... Brasília: Embrapa, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: CD-ROM; p. 171-176
Português
Relevância na Pesquisa
37.245637%
Este estudo apresenta os resultados obtidos com a avaliação da dinâmica de uso e cobertura das terras e o carbono aprisionado pelos agroecossistemas de cana-de-açúcar e de pastagens. A avaliação da dinâmica dos estoques de carbono em cana-de-açúcar e pastagens, com o uso de geotecnologias e baseado na interpretação de imagens de satélite da região nordeste do estado de São Paulo foi feito em duas épocas distintas: 1988 e 2003. Os resultados mostraram que a fitomassa da cana-de-açúcar é capaz de acumular nove vezes mais carbono em t.ha-1.ano-1 que as pastagens cultivadas. A expansão da área cultivada com cana-de-açúcar, com eficiente acúmulo de CO2 por unidade de tempo e de área (107,2 t CO2 ha-1ano-1), sobre áreas de pastagens possibilitou a remoção da atmosfera de 128,8 milhões de toneladas em um período de quinze anos. Os resultados obtidos são de extrema importância tanto para a caracterização econômica quanto para a geração de indicadores agroambientais que possibilitem um entendimento mais completo das mudanças de uso e ocupação do solo quando da substituição entre agroecossistemas e pastagens naturais ou cultivadas. A metodologia poderia ser aplicada em estudos do ecossistema Pantanal ou mesmo em áreas de pastagem do Estado de Mato Grosso do Sul.; 2012

Impactos do cr??dito produtivo nas no????es locais de sustentabilidade em agroecossistemas familiares no territ??rio sudeste do Par??.; Impactos do cr??dito produtivo nas no????es locais de sustentabilidade em agroecossistemas familiares no territ??rio sudeste do Par??.

SILVA, Luis Mauro Santos
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Agronomia; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.432773%
In a region of the amazon agrar frontier, this study tried to evaluate the actual state of the familiar agro-ecosystems impacted by the productive credit access considerating the local notion of sustainability and its multidimensional character.Involving a territorium with seven towns from the southeast of Par??, 16 agro-ecosystems served as a comparison of the instrument application MESMIS (Mark for evaluation of the Systems for Management of the natural resources incorporating Indicators of Sustainability) .The evaluation way counted with the participation of local actors resulting on the definition of 10 composed indicators incorporated on the 3 dimensions: environmental, social and technic- economical. The aplication of semistructurated interviews, questionaries, camp diary and direct observations garanted the instrument application. The construction of the local concept was the first step to comprehend the reality and with it we assegured the most relevant aspects, externalizated by the local actors. The agro-ecosystems evaluated on the assettlement La Est??ncia demonstrated a lot of fragility on their sustainability; all of them get grades below 6,0/10,0. The low perspectives to exercises the citizenship was one of the most critical points observed. The credit access has increased the familiar patrimony and reduced the necessary of selling the familiar labour force...

Servi??os Ambientais ofertados por diferentes agroecossistemas de base familiar; Environmental Services offered by different family-based agroecosystems

MARTINEZ, Ernesto Alvaro
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agricultura familiar; Programa de P??s-Gradua????o em Sistemas de Produ????o Agr??cola Familiar; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agricultura familiar; Programa de P??s-Gradua????o em Sistemas de Produ????o Agr??cola Familiar; UFPel; BR
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.354297%
Currently humanity has sought more harmonious processes of social, environmental and economic reproduction to produce goods and services. The approach of Environmental Services has sought to value the benefits that are often imperceptible to society, such as the regulation of gases, scenic beauty, biodiversity conservation, protection of soils, regulation of water functions, food supply, among others. In this context, the family-based agriculture has a key role, presenting itself as a category that can provide an important contribution to this challenge. This study aimed to determine which and how the environmental services offered by agroecosystems from different agricultures contribute to sustainable agricultural development. Through a methodology that predicted the observation of environmental perception of farmers, the characterization of agroecosystems, and even the participatory construction of environmental quality indicators, it was possible to measure the level of supply of these agroecosystems. It was found that different models of family-based agriculture in southern RS, contribute with a good supply of environmental services, as follows: the conservation and improvement of the soil, observed in management practices; the maintenance of biodiversity through the preservation of wild species; regulation of climatic conditions...

Aspectos da sustentabilidade sócioeconômico dos agroecossistemas do milho no estado de Sergipe

Santos, Cátia dos; Pedrotti, Alceu; Santana, Ana Paula Silva de; Santos, Plínio Elkson dos
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Trabalhos em Eventos
Português
Relevância na Pesquisa
37.245637%
As mudanças ocorridas na agricultura com a introdução da tecnologia têm levado os recursos naturais a tornarem-se mais frágeis diante do modo de produção desenvolvido sob o sistema convencional, no qual mantem-se com uso de máquinas, tratores, defensivos químicos e insumos externos. Nos agroecossistemas do milho no Estado de Sergipe desenvolveram-se nos últimos cinco anos uma modernização na agricultura, onde o milho além de ser cultivado como uma cultura de subsistência torna-se um agronegócio, fonte de renda principalmente dos municípios de Carira e Simão Dias, maiores produtores de milho do Estado. Com isso objetivou-se analisar os níveis tecnológicos na exploração dos agroecossistemas do milho no Estado de Sergipe diante das transformações ocasionadas pela inserção das tecnologias na agricultura a partir da seleção de cinco indicadores socioeconômicos, onde foram observados os pontos potenciais e limitantes. O estudo contemplou o método sistêmico abordando as dimensões ambiental, social e econômica na produção do milho na região centro-oeste de Sergipe. Destacou-se a prática da monocultura na região, o uso excessivo de defensivos químicos bem como a adoção de mais de 90% das sementes transgênicas entre os produtores. Quanto ao fator solo devem-se adotar práticas mais conservacionistas visando manter uma produção mais sustentáveis...

Avaliação da sustentabilidade dos agroecossistemas de agricultores familiares que atuam na feira-livre de Pato Branco - PR

Silva, Marivânia Rufato da
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
27.432773%
Currently, an environmental crisis poses challenges to humanity towards sustainable development. Especially the Brazilian rural areas, from the 90's, increased research and the defense of family farming as an option for sustainable rural development. In this context, the sustainability evaluation processes are considered important allies for decision making and management of sustainability in family agro-ecosystems. Thus, we defined the objective for this research to evaluate the sustainability level of agro-ecosystems of family farmers who work in the open-air market of Pato Branco- PR. To attend the above objective, there was a case study with a sample of 10 agroecosystems of family farmers who work in the open-air market. To operationalize the evaluation process of sustainability were: (i) identified 133 indicators proposed in previous national surveys; (ii) conducted validation of indicators considered as appropriate to the context, in the perception of technical managers organs and of the farmers responsible for agro-ecosystems; (iii) selected 37 sustainability indicators, grouped into dimensions social, environmental and economic. Data collection was performed by means of semi-structured interviews with farmers responsible for each agro-ecosystem and the data analysis is qualitative. The results show a general level of sustainability of 2.3 on a scale of 1 to 3...

Levantamento etnobotânico e etnofarmacológico deespécies medicinais em agroecossistemas de quintais no município de Santo Amaro/Ba

Menezes, Renata Velasques
Fonte: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Publicador: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia
Português
Relevância na Pesquisa
27.57588%
O uso de espécies medicinais é prática comum e baseia-se no conhecimento tradicional das populações acerca das espécies vegetais e seus usos na cura e/ou tratamento de doenças e sintomas. Em sua grande maioria estas espécies são cultivadas em quintais, considerados agroecossistemas. A investigação etnobotânica e etnofarmacológica são ferramentas necessárias quando se busca qualidade dentro dos agroecossistemas, principalmente no resgate e registro das informações acerca das espécies medicinais e suas funcionalidades no agroecossistemas. O objetivo deste trabalho foi a realização do levantamento etnobotânico e etnofarmacológico em agroecossistemas de quintais, no Município de Santo Amaro - BA, visando o uso das espécies medicinais suas potencialidades e funções em agroecossistemas. Foram realizadas entrevistas semi estruturadas e coleta das espécies medicinais nos agroecossistemas de quintais. 145 entrevistas foram aplicadas à informantes para obtenção dos dados, destes 92,41% relataram fazer uso de espécies medicinais de seus quintais ou adquiridas e indicaram 59 espécies vegetais, distribuídas em 27 famílias botânicas. As famílias Asteraceae e Lamiaceae foram as mais representadas. Os maiores valores de diversidade e de equitabilidade de uso foram observados nas categorias “XVIII – Sintomas...