Página 1 dos resultados de 8825 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Estudo de dois métodos de amostragem para inventário da arborização de ruas dos bairros da orla marítima do município de Santos, SP. ; Study of two sampling methods employed for the street tree inventory in the coastal neighbourhoods of the city of Santos, in the state of São Paulo, Brazil.

Meneghetti, Gabriela Ignarra Pedreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
Este estudo teve como objetivo verificar a eficiência de dois métodos de amostragem de árvores de rua para os bairros da orla marítima da cidade de Santos. Foram empregadas a amostragem sistemática simples e a amostragem estratificada por bairros. Cinco estratos corresponderam aos bairros Ponta da Praia, Aparecida, Embaré, Boqueirão, e, o último, denominado Composto, compreendeu três bairros vizinhos, o Gonzaga, o Pompéia e o José Menino. Dos 470 quarteirões não compostos integralmente por áreas verdes e localizados na área de estudo, foram selecionados 70 para compor a amostra (14,9%) tanto da amostragem sistemática simples quanto da amostragem estratificada. A fim de estimar o parâmetro populacional que representa a abundância de árvores, utilizou-se a variável “número de árvores por quilômetro de calçada”. Foi realizado um inventário qualitativo e quantitativo no qual foram anotados o perímetro dos quarteirões (incluindo as calçadas), o número de elementos existentes (árvores e arbustos vivos ou mortos) e suas características. Os dois métodos de amostragem foram eficientes para o levantamento de árvores de ruas nos bairros da orla marítima da cidade de Santos, mas deu-se preferência para a amostragem sistemática simples...

Distribuição espacial e plano de amostragem para a cigarrinha-das-raízes, Mahanarva fimbriolata (Stal., 1854), em cana-de-açúcar.; Spatial pattern and sampling plan for sugarcane root froghopper , Mahanarva fimbriolata (Stål., 1854).

Stingel, Erich
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a distribuição espacial de adultos e ninfas da cigarrinha-das-raízes da cana-de-açúcar, Mahanarva fimbriolata (Stål., 1854) (Hemiptera: Cercopidae), a eficiência do sistema de amostragem atualmente empregado em escala comercial, a possibilidade de estimar a população de ninfas por meio da contagem de espumas e, a partir desses resultados, estabelecer um plano de amostragem confiável, prático e de baixo custo para utilização em programas de manejo integrado desta praga. A determinação da distribuição espacial foi feita em Ourinhos e Guariba-SP, demarcando-se três parcelas de 1,1 ha, em talhão colhido mecanicamente sem a queima da palha e com histórico de ataque da cigarrinha-dasraízes. As avaliações foram feitas em três épocas diferentes, contando-se o número de adultos e ninfas na base das touceiras, em 50% da área da parcela. Os adultos e ninfas de M. fimbriolata distribuem-se de forma agregada ou contagiosa na cultura da cana-de-açúcar e este padrão de distribuição não se altera ao longo das gerações, nem é influenciado pelo nível de infestação ou variedade cultivada. Utilizando-se os dados obtidos nestes experimentos calculou-se, para cada local e época de amostragem...

Otimização de amostragem espacial; Optimization of sampling space

Guedes, Luciana Pagliosa Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
O objetivo desse trabalho foi estabelecer planos de amostragem com redução no tamanho amostral, a partir de conjuntos de dados com dependência espacial, que fossem eficientes na predição de localizações não amostradas e que gerassem estimativas eficientes de características relacionadas na predição espacial. Esses planos amostrais reduzidos foram obtidos por processos de otimização denominados recozimento simulado e algoritmo genético híbrido, considerando a média da variância da predição espacial, obtida pelo método de interpolação chamado krigagem, como função objetivo minimizada. Para isso, utilizaram-se conjuntos de dados simulados, com diferentes valores de alcance e efeito pepita, cujo intuito foi identificar a influência que esses parâmetros exercem na escolha da configuração amostral otimizada. Para cada conjunto de dados simulados, foram obtidas amostras pelos processos de otimização e seus resultados foram comparados aos esquemas de amostragem: aleatório, sistemático, sistemático centrado adicionado de delineamentos menores e sistemático centrado adicionado de pontos próximos. Os resultados mostraram que os planos de amostragem otimizados, principalmente os planos obtidos pelo algoritmo genético híbrido...

Técnicas de amostragem inteligente em simulação de Monte Carlo; Intelligent sampling techniques in Monte Carlo simulation

Santos, Ketson Roberto Maximiano dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
A confiabilidade de estruturas apresenta sólidos desenvolvimentos teóricos e crescentes aplicações práticas. Durante os últimos anos, avanços significativos foram obtidos em termos dos métodos de transformação (FORM, SORM), bem como em termos das técnicas de simulação de Monte Carlo. Métodos de transformação se mostraram eficientes para problemas de dimensões e não-linearidades moderadas. Já técnicas de simulação sempre permitiram a solução de problemas de grandes dimensões e fortemente não lineares, embora o custo computacional possa ser uma séria limitação. Com o avanço da capacidade de processamento dos computadores e com o desenvolvimento de técnicas de amostragem inteligente, a simulação de Monte Carlo passa a ser cada vez mais viável. Este trabalho tem por objetivo estudar e programar em computador técnicas de amostragem inteligente em simulação de Monte Carlo. O StRAnD é um programa de computador que já possui implementadas as técnicas de simulação de Monte Carlo Bruto e com Amostragem por Importância, ambas utilizando a Amostragem Simples na geração das variáveis básicas. Assim, são adicionadas, ao StRAnD, as técnicas de Amostragem Assintótica, Amostragem Melhorada e Simulação de Subconjuntos. Além disso...

Desenvolvimento de um novo protocolo de amostragem de carvão mineral

Grigorieff, Alexandre
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.00418%
As discrepâncias nos resultados de análises de materiais informados tanto pelo produtor quanto pelo consumidor são um problema comum na maioria das indústrias. Os contratos comerciais na indústria mineral normalmente penalizam o produtor quando uma determinada caraterística do minério exceder os limites estabelecidos. As diferenças nos resultados de análise são devidas a muitas formas de erro. Contratos rígidos impõem ao minerador o emprego de um rigoroso programa de controle de qualidade e nestas situações a amostragem possui um papel fundamental. Esta tese tem por objetivo propor um novo protocolo de amostragem e preparação de amostras que garanta a representatividade desejada pelas partes, produtor e consumidor. O estudo inicia fazendo-se uma abordagem qualitativa da amostragem, sendo enfocados os conceitos de representatividade e amostragem probabilística. É feita uma apresentação dos tipos de erros existentes em um protocolo amostral e são apresentados exemplos de problemas que ocorrem devido à falta de cuidado no dimensionamento e operação de amostradores e durante o processo de preparação da amostra. A seguir, é efetuada uma abordagem quantitativa da amostragem onde é apresentado o equacionamento matemático da teoria da amostragem de Gy. Tendo em vista as diferenças de resultados que usualmente ocorrem entre laboratórios é introduzida uma metodolo gia para a verificação da equidade destas determinações através do estudo de alguns casos. A definição do novo protocolo de amostragem foi baseada na teoria da amostragem de Gy. Para tanto...

Avalia????o da t??cnica de amostragem respondent-driven sampling na estima????o de preval??ncias de doen??as transmiss??veis em popula????es organizadas em redes complexas

Albuquerque, Elizabeth Maciel de
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
Diversos fatores podem dificultar a caracteriza????o acurada do perfil de umapopula????o por amostragem. Se a caracter??stica que define a popula????o ?? de dif??cil observa????o seja porque exige testes caros para detec????o ou porque ?? uma caracter??stica de comportamento ilegal ou estigmatizado que dificulta a identifica????o, torna-se praticamente imposs??vel aplicar os m??todos cl??ssicos de amostragem, pois n??o se pode definir uma base de amostragem (sampling frame). Popula????es desse tipo s??o conhecidas como popula????es ocultas, ou escondidas, e alguns exemplos comumente estudados s??o homens que fazem sexo com homens, trabalhadores do sexo e usu??rios de drogas. Essa disserta????o discute a t??cnica de amostragem conhecida como Respondent-Driven Sampling (RDS), originalmente proposta por Heckathorn (1997), e que vem sendo amplamente utilizada na estima????o de preval??ncias de doen??as transmiss??veis em popula????es ocultas. Esse m??todo pertence ?? fam??lia de amostragens por bola-de-neve, na qual os elementos seguintes da amostra s??o recrutados a partir da rede de conhecidos dos elementos j?? presentes na amostra, formando as cadeias de refer??ncia. Com este m??todo, al??m das informa????es individuais, ?? poss??vel estudar tamb??m as rela????es entre os indiv??duos. O recrutamento por bola de neve n??o gera uma amostra aleat??ria...

Técnicas de amostragem e sub-amostragem

Santos, Carla Maria Lopes da Silva Afonso dos
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.934602%
Introdução - Apesar de o principal objectivo desta dissertação ser a apresentação de resultados novos no domínio da sub-amostragem, pretende-se igualmente apresentar, de uma forma consistente, as principais técnicas de amostragem. Começa-se pelo estudo da amostragem simples, com e sem reposição, analisando, separadamente, as modalidades em que a probabilidade de escolha, dos elementos da população, é igual, e é variável. Em seguida considera-se a amostragem estratificada e a amostragem para agregados, assim como um caso especial desta última, a amostragem sistemática. Finalmente, dado que a teoria, referente às técnicas de sub-amostragem, estava apenas desenvolvida para, quando muito, três níveis de fraccionamento, generalizámos a mesma para qualquer número (k) de níveis, abordando os casos em que as probabilidades de escolha são iguais e proporcionais. Para tal, utilizou-se uma notação que permite referenciar, sem ambiguidades, o nível de estrutura a que pertence determinada sub-população e qual a posição que ocupa, assim como, considerando as decomposições sucessivas da população inicial, saber, exactamente, quais as sub-populações que deram origem a essa sub-população.

Amostragem de aceitação para variáveis não gaussianas

Carolino, Elisabete Teresa da Mata Almeida, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.976255%
Tese de doutoramento, Estatística e Investigação Operacional (Probabilidades e Estatística), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; No Controlo de Qualidade de um processo de produção, pode proceder-se ao controlo do processo propriamente dito (Controlo Estatístico do Processo), ou ao controlo nas suas fronteiras – Amostragem de Aceitação, por atributos ou por variáveis e ao Planeamento de Experiências. Abordar-se-á, neste trabalho, a Amostragem de Aceitação por variáveis. A Amostragem de Aceitação é utilizada para inspeccionar quer o “input” – matériaprima – quer o “output” – produto final – do processo de produção. A Amostragem de Aceitação determina um procedimento, que se aplicado a uma série de lotes, dá o risco de aceitar lotes com uma determinada qualidade. Por outras palavras, a Amostragem de Aceitação permite assegurar a qualidade e não estimá-la. Um plano de Amostragem de Aceitação apenas aceita ou rejeita lotes, considerando a informação fornecida pela amostra. O caso clássico de Amostragem de Aceitação por variáveis para a percentagem nãoconforme, tratado em normas clássicas [ANSI/ASQC Z1.9, 2008], baseia-se na hipótese de que a variável em estudo segue uma distribuição Gaussiana. Ora...

Método do hipercubo latino condicionado para a amostragem de solos na presença de covariáveis ambientais visando o mapeamento digital de solos

Carvalho Júnior,Waldir de; Chagas,César da Silva; Muselli,Alexandre; Pinheiro,Helena Saraiva Koenow; Pereira,Nilson Rendeiro; Bhering,Silvio Barge
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
A amostragem é uma das etapas mais importantes dos levantamentos de solos. No entanto, os esquemas de amostragem utilizados nos levantamentos convencionais têm se evidenciado inadequados para o mapeamento digital de solos, pois podem comprometer os resultados e, além disso, não possibilitam a realização de análises estatísticas. Este estudo teve por objetivo avaliar o método de amostragem do hipercubo latino condicionado (cLHS, sigla em inglês), na presença de covariáveis ambientais (elevação, declividade, curvatura e mapa de uso e cobertura do solo), em comparação com a amostragem aleatória, na alocação de 100 pontos amostrais, buscando maior representatividade das características ambientais da bacia do rio Guapi-Macacu. O desempenho dos métodos foi avaliado pela análise qualitativa dos histogramas de frequência e das análises estatísticas pelos testes F, T de Student e Kolmogorov-Smirnov (K-S), para cada covariável. Os resultados apresentaram que os pontos selecionados pelo método cLHS possuíam distribuição geográfica mais adequada do que aqueles obtidos pela amostragem aleatória. Além disso, o método cLHS preservou mais a distribuição de frequência das covariáveis contínuas do que a amostragem aleatória; para covariável categórica uso e cobertura do solo os métodos foram equivalentes. Os testes estatísticos confirmaram o melhor desempenho do método cLHS...

COMPARAÇÃO DE ESQUEMAS DE AMOSTRAGEM PARA TREINAMENTO DE MODELOS PREDITORES NO MAPEAMENTO DIGITAL DE CLASSES DE SOLOS

Teske,Rodrigo; Giasson,Elvio; Bagatini,Tatiane
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
Os modelos preditores usados no mapeamento digital de solos (MDS) precisam ser treinados com dados que captem ao máximo a variação dos atributos do terreno e dos solos, a fim de gerar correlações adequadas entre as variáveis ambientais e a ocorrência dos solos. Para avaliar a acurácia desses modelos, tem sido constatado o uso de diferentes métodos de avaliação da acurácia no MDS. Os objetivos deste estudo foram comparar o uso de três esquemas de amostragem para treinar algoritmo de árvore de classificação (CART) e avaliar a capacidade de predição dos modelos gerados por meio de quatro métodos. Foram utilizados os esquemas de amostragem: aleatório simples; proporcional à área de cada unidade de mapeamento de solos (UM); e estratificado pelo número de UM. Os métodos de avaliação testados foram: aparente, divisão percentual, validação cruzada com 10 subconjuntos e reamostragem com sete conjuntos de dados independentes. As acurácias dos modelos estimadas pelos métodos foram comparadas com as acurácias mensuradas obtidas pela comparação dos mapas gerados, a partir de cada esquema de amostragem...

Comparação entre procedimentos de amostragem para espécies florestais raras e padrão de distribuição espacial agregado

Soares,Carlos Pedro Boechat; Rodello,Christian Marques; Souza,Agostinho Lopes de; Leite,Helio Garcia; Soares,Vicente Paulo; Silva,Gilson Fernandes da
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.934602%
O objetivo deste trabalho foi comparar procedimentos de amostragem para espécies florestais com populações raras e padrão de distribuição espacial agregado. Para isso, foi simulada uma população em uma floresta de 90 ha, subdividida em 100 unidades amostrais (N = 100) de 9.000 m² de área cada uma, apresentando número total de indivíduos igual a 44, a qual foi submetida a três procedimentos de amostragem: amostragem casual simples; amostragem sistemática; e amostragem adaptativa em cluster, com amostras iniciais selecionadas casual ou sistematicamente. Após as análises, verificou-se que a amostragem sistemática foi o melhor procedimento para estimar o número total de indivíduos da espécie em questão. Além disso, constatou-se a necessidade de investigar o efeito do tamanho e forma de parcelas, a escala de agregação e o tamanho da população, bem como suas combinações, sobre a eficiência dos estimadores da amostragem adaptativa em cluster.

Métodos de amostragem para quantificar indivíduos adultos do pequi Caryocar brasiliense Cambess

Bruzinga,Josiane Silva; Oliveira,Marcio Leles Romarco de; Nogueira,Gilciano Saraiva; Pereira,Israel Marinho; Leite,Helio Garcia; Machado,Evandro Luiz Mendonça
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
O objetivo do trabalho foi avaliar o uso da Amostragem Adaptativa Cluster (AAC) na quantificação de indivíduos adultos de Caryocar brasiliense Camb. (Pequi), em comparação aos métodos de amostragem tradicionais. Foi feito um censo com mapeamento dos indivíduos adultos de pequi em uma área de cerrado de 36,5ha no Parque Estadual do Rio Preto/MG. O mapa gerado foi divido em unidades de 20×20m no qual foram testadas cinco alternativas de amostragem utilizando a Amostragem Casual Simples, Amostragem Sistemática e Amostragem Adaptativa Cluster. A comparação entre elas foi feita através do teste F de Graybill a 1% de significância, considerando os parâmetros precisão e exatidão. Todas as alternativas apresentaram boa exatidão, sendo a Amostragem Adaptativa Cluster, com condição de inclusão igual a 2, a mais precisa.

Análise das concepções de professores sobre amostragem com uso do software TinkerPlots 2.0

Martins, Maria Niedja Pereira; Monteiro, Carlos Eduardo Ferreira (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
36.964326%
A amostragem é um elemento central da Estatística Inferencial por permitir a generalização de dados baseados em amostras, mas tem sido pouco discutida em pesquisas de Educação Estatística. Noções mais consistentes sobre amostragem são importantes para a tomada de decisões cotidianas, todavia é um desafio para professores dos anos iniciais abordarem esse conceito nas suas aulas. Esta pesquisa teve por objetivo investigar os entendimentos de professores dos anos iniciais sobre amostragem ao utilizar o software TinkerPlots 2.0. O TinkerPlots é um software de análise de dados criado para auxiliar na construção de conceitos e habilidades estatísticas. Especificamente buscou-se identificar como professores entendem três aspectos relacionados ao conceito de amostragem: a representatividade, o tamanho e o tipo de amostra. Ainda como objetivo, procuramos analisar o efeito das ferramentas do TinkerPlots 2.0 para o entendimento desses três aspectos pelos professores. Participaram do estudo 4 professoras de uma escola municipal da Região Metropolitana do Recife. Realizamos, individualmente, duas etapas de coleta de dados com as participantes. Na primeira etapa, uma entrevista semi-estruturada buscou identificar informações profissionais das participantes...

Avaliação do tamanho de parcelas e intensidades de amostragem para a estimativa de estoque e estrutura horizontal em um fragmento de floresta ombrófila mista

Augustynczik, Alan Lessa Derci
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
O emprego da técnica de amostragem em inventários florestais se ocupa em gerar informações para o conhecimento dos resursos naturais de forma a subsidiar a tomada de decisões dos gestores, tanto na esfera pública quanto privada. Tendo em vista a importância da informação gerada pela aplicação da técnica de amostragem, esta pesquisa foi concebida com o objetivo de avaliar a influência de diferentes tamanhos de parcelas e intensidades amostrais na estimativa do estoque e parâmetros fitossociológicos. A área estudada, corresponde a um remanescente de Floresta Ombrófila Mista de 15,2 ha, localizado no Campus III – Jardim Botânico da Universidade Federal do Paraná. Para a realização da pesquisa, a abordagem metodológica adotada consistiu, inicialmente, no georreferenciamento da área de estudo e na realização do censo de todas as árvores com DAP superior a 10 cm. Todos os dados obtidos nessa etapa foram incluídos em um geodatabase. Após essa etapa foram definidos 20 variações de amostragem de área fixa com objetivo de realizar as simulações de inventário, considerando a combinação dos diferentes tamanhos de parcelas definidos (200m², 400m², 500m² e 1000m²) com as diferentes intensidades de amostragem (2%...

Mapeamento de sitios como uso de amostragem sistematica

Stefanello, Flavio Roberto
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
Este trabalho trata da aplicação da amostragem sistemática e método das seis árvores de Prodan no mapeamento de classes de sítio de Pinus elliottii Engelman var. elliottii. Utilizando-se de dados de inventário florestal e de uma relação de altura-idade pré-determinados, este estudo, também, fez uso de informações dendrométricas básicas tais como diâmetro, altura e altura dominante, coletadas junto à Floresta Nacional de Três Barras, localizada no município de Três Barras, SC. A amostragem sistemática foi delineada na forma de uma rede de pontos, aplicada independentemente por talhão, e em cada ponto um conglomerado constituiu a unidade amostrai. O conglomerado, na forma de uma cruz, foi formado por quatro sub-unidades amostrais. Cada unidade amostrai secundária possui um número fixo de seis árvores, contadas a partir de seu ponto central. 0 processo de amostragem sistemático foi comparado com o processo inteiramente aleatório, tendo como objetivo caracterizar a variabilidade de produção total de madeira através do confronto das informações dos dois processos. Os processos de amostragem inteiramente aleatórios e sistemáticos em duas dimensões foram aplicados em uma população composta por sete talhões...

Análise da dinâmica de evoluçao cobertura florestal e sua quantificaçao por métodos e processos de amostragem em múltiplas ocasioes

Giotto, Enio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
O tema desenvolvido na presente pesquisa aborda uma série de análises efetuadas sobre a dinâmica da evolução da cobertura florestal e da aplicação de métodos e processos de amostragem na quantificação desta. Estes estudos visaram estabelecer subsídios ao desenvolvimento de um programa de monitoramento florestal, em âmbito municipal. A área selecionada para teste foi o município de Ibirubá, RS, por dispor de levantamentos de cobertura florestal nos períodos de 1956, 1965 e 1975, sendo que em 1985 foi realizado um levantamento com imagens TM do LANDSAT 5, canais 3 e 4. Nos períodos citados foram realizados estudos da distribuição espacial da cobertura florestal, determinando-se parâmetros de posição e de dispersão, bem como estudos da distribuição de freqüência por unidade de área da cobertura florestal, e a verificação do ajuste à modelos teóricos, como a distribuição beta, e à modelos expandidos polinomialmente da distribuição exponencial negativa. Nos períodos de 1956 a 1965 e de 1965 a 1975 foram efetuados testes de associação entre o desmatamento e a declividade do terreno, através de índices baseados na distribuição do qui-quadrado. Na quantificação da cobertura florestal foi estudada a aplicabilidade e precisão dos métodos dos transectos...

Sistema de amostragem para quantificar a produção de sementes de Bertholletia excelsa H.B.K (castanha do Brasil) na região de Oriximiná - PA

Barbeiro, Laercio da Silveira Soares
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 115f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.934602%
Orientador : Prof. Dr. Sylvio Péllico Netto; Co-orientadora : Profª. Drª. Ana Paula Dalla Côrte; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 27/04/2012; Inclui referências; Área de concentração : Manejo florestal; Resumo: Bertholletia excelsa, conhecida popularmente como castanha do Brasil é uma espécie chave para aliar a conservação e o manejo sustentável da floresta amazônica. Suas sementes (castanhas) são utilizadas como fonte de alimentação e renda em comunidades quilombolas e ribeirinhas, que habitam a floresta amazônica. O desenvolvimento de sistemas de inventários florestal para quantificar a produção de castanhas é uma atividade importante na cadeia produtiva de produtos florestais não madeireiros, constituindo-se numa ferramenta para o gerenciamento da produção de castanhas. O presente trabalho apresenta um sitema de amostragem para a quantificação de castanhas. Tal sistema foi concebido mediante a técnica de amostragem em multiestágio, também conhecida como amostragem multietápica. Nesse sistema, a amostra é obtida através de diversas etapas ou estágios da população. Tal estratégia consiste na divisão da população em unidades primárias (árvores)...

Avaliação de métodos de amostragem de indivíduos adultos de pequi.

Bruzinga, Josiane Silva
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.89322%
ABSTRACT The aim of this study was to evaluate the efficiency of sampling methods for the quantification of individuals Caryocar brasiliensis Camb. (Pequi). The hypothesis is that the method of adaptive sampling cluster, is more effective in quantifying the density of the methods that avoid the spatial distribution pattern of the species. We conducted a census of adult pequi in a savannah area of 36.5 ha in the Parque Estadual do Rio Preto / MG, and developed a methodology of prospecting for populations in areas of irregular shape. We mapped all individuals who had a 30 cm diameter ≥ 5 cm. For analysis of the diameter structure were tested functions Gamma, Gamma 3p, SB Johnson, Log-Normal, Weibull and Exponential. And then employed the univariate Ripley's K function K(h) to check the pattern. Found the aggregate pattern of distribution, we divided the map in units of 20 × 20 m units of 20 × 50 m was tested different sampling procedures, either using plots of 20 × 20 m plots either 20 × 50 m. We evaluated 70 procedures, resulting from the combination of plot size, sampling method (Adaptive Cluster Sampling, Simple Random Sampling and Systematic Sampling) and sampling intensity. The comparison was made between them through the analysis precision and accuracy of the obtained average of 30 simulations of each procedure. It was not possible any method such as more efficient...

Amostragem seqüencial (presença-ausência) para o monitoramento da cochonilha-branca Aulacaspis tubercularis (Newstead) (Hemiptera: Diaspididae) na cultura da manga; Sequential sampling (presence-absence) for monitoring of mango scale Aulacaspis tubercularis (NEWSTEAD) (Hemiptera: Diaspididae) ON MANGO CROP

Saconato, Willian Victor
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.915757%
Foi feita uma revisão bibliográfia sobre a aplicação da amostragem seqüencial em manejos de pragas. A metodologia para o desenvolvimento de planos de amostragem seqüencial, foi baseada na teoria de Wald. Verificou-se que a distribuição binomial ajustou-se aos dados de presença-ausência da cochonilha-branca Aulacaspis tubercularis na cultura da manga, obtidos em duas propriedades localizadas na região de Jaboticabal, interior do estado de São Paulo. Seis planos de amostragem seqüencial foram elaborados para o monitoramento dessa praga, três com níveis de erros iguais a 0; 20 e outros três com níveis de erros iguais a 0; 10. Dentre esses, foram elaborados: dois planos para a amostragem em ramos durante o período vegetativo, dois para a amostragem em ramos durante o período de frutificação e outros dois planos para a amostragem em frutos. Nos planos de amostragem seqüencial para ramos no período vegetativo foram utilizados níveis de segurança iguais a 0; 35 e níveis de dano econômico iguais a 0; 50. Já no período de frutificação, houve um rigor maior quanto ao uso desses níveis, devido à presença de frutos. Foram utilizados níveis de segurança iguais a 0; 20 para ramos e 0; 05 para frutos, e níveis de dano econômico iguais a 0; 30 e 0; 15 para ramos e frutos...

Amostragem passiva de benzeno : presente na atmosfera

Luci Carla Ghereli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
36.976255%
Neste trabalho foi avaliado o emprego de amostradores passivos para monitoramento ambiental. O benzeno foi escolhido como composto traçador escolhido. As amostragens foram realizadas na área industrial de Paulínia e na Vila Carioca, em São Paulo, em um local próximo a uma base de armazenamento e distribuição de derivados do petróleo. Também foram realizados testes em laboratório utilizando atmosfera artificial. A amostragem passiva foi realizada simultaneamente com a amostragem ativa, a qual foi utilizada como método referência para comparação dos resultados. As amostras foram analisadas utilizando um dessorvedor térmico acoplado a um cromatógrafo gasoso com detector de ionização em chama. Os resultados deste trabalho mostram que a equação simplificada da amostragem passiva não representa adequadamente o processo da amostragem passiva. Constatou-se que ocorre variação da taxa de amostragem (123,34 a 0,70 ng ppm-1 min-1) com o tempo de amostragem e que esta variação é maior no início do processo de amostragem. Comprovou-se, experimentalmente, que o fenômeno da difusão reversa ocorre, principalmente na fase final do período de amostragem. A partir dos resultados obtidos em campo, uma correlação empírica foi proposta para a taxa de amostragem específica para a amostragem passiva de benzeno. Esta correlação proposta pode ser utilizada com bons resultados em diferentes locais e épocas. Para minimizar os erros...