Página 1 dos resultados de 1410 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Minha filha aprende a falar: percurso de aquisição da linguagem de uma criança brasileira nos tempos actuais

Dantas, Lucimar Almeida
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
98.58086%
RESUMO: A linguagem é o traço distintivo do ser humano. É por meio dela que nos comunicamos, formamos todos os nossos conceitos, temos uma estória e cultura. A capacidade humana para adquirir um sistema de regras tão complexo como é a linguagem verbal, em um espaço de tempo relativamente curto, tem despertado o interesse de estudiosos ao longo do tempo. Conforme a literatura consultada, a linguagem, de caráter inato, é adquirida em um meio de falantes, seguindo etapas universais de desenvolvimento. Interrogamo-nos então se, nos tempos atuais, marcados pela globalização, esse processo mantem-se igual ou pode sofrer modificações. Esta dissertação resulta de um estudo feito durante os anos 2007/2009, com uma criança brasileira, e teve como objetivo principal descrever o percurso de aquisição da linguagem nos tempos atuais, utilizando a metodologia do estudo de caso. Os dados coletados foram analisados sob os cinco componentes da linguagem: Fonologia, Morfologia, Sintaxe, Semântica e Pragmática, e comparados ao referencial teórico, no intuito de identificar semelhanças e/ou diferenças entre ambos. ABSTRACT: The language is the human‟s differential trace. It is whereby that we communicate, we form all our concepts...

A instauração da criança na linguagem : princípios para uma teoria enunciativa em aquisição da linguagem

Silva, Carmem Luci da Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
109.0316%
Esta tese tem como proposta estudar o fenômeno aquisição da linguagem no quadro teórico da Lingüística da Enunciação. Busca, na primeira parte, circunscrever o campo Aquisição da Linguagem a partir dos elementos implicados no sintagma aquisição da linguagem: sujeito e linguagem. Esse mapeamento é o que permite apontar a “falta” de um olhar enunciativo para tratar da aquisição da linguagem. A segunda parte evidencia as bases teórica e metodológica para mostrar o ato de inscrição da criança como sujeito na linguagem. Essas bases teórica e metodológica, inspiradas no trabalho de Émile Benveniste, apresentam o dispositivo enunciativo (eu-tu/ele)- ELE como constitutivo do ato de enunciação e do ato de aquisição da linguagem. Esse dispositivo é considerado como comportando os sujeitos (eu-tu), a língua (ele) e a cultura (ELE) e permite a este estudo mostrar as relações e mecanismos enunciativos implicados no ato singular de instauração da criança na linguagem. Esse ato de instauração da criança na linguagem é evidenciado pela análise de dados longitudinais de uma criança dos onze meses aos três anos e cinco meses. A singularidade e os modos de enunciação característicos do ato de aquisição da linguagem da criança sob análise são explicados por meio de três operações enunciativas: a de preenchimento de lugar enunciativo...

Uma proposta enunciativa para o tratamento da metalinguagem na aquisição da linguagem

Stumpf, Elisa Marchioro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
108.85631%
Esta dissertação tem como objetivo elaborar uma proposta enunciativa para o tratamento da metalinguagem na aquisição da linguagem. A partir de uma pesquisa bibliográfica sobre a metalinguagem na aquisição da linguagem, constatou-se a falta de uma explicação enunciativa para esse fenômeno. Ancorados em uma perspectiva enunciativa em aquisição da linguagem (SILVA, 2009), busca-se na teoria enunciativa de Émile Benveniste indicações para compreender a metalinguagem dentro da obra do autor. Foi realizada uma leitura dos Problemas de Linguística Geral I e II a fim de buscar trechos que nos permitissem inferir como Benveniste entende a questão da metalinguagem. Assim, formula-se o que se entenderia por metalinguagem na sua teoria enunciativa, entendida como uma propriedade das línguas que possibilita a criação de referência sobre a língua. Isso se realiza por meio do que chamamos de mecanismos de interpretância. A partir disso, realizam-se algumas derivações para compreender como isso ocorre na aquisição da linguagem, Considerando que a criança entra no mundo e na linguagem ao mesmo tempo, essas duas realidades são ligadas através de um ato de nomeação, que se dá através da enunciação. Propõe-se que a nomeação do mundo e a reflexão sobre a língua não são atos pacíficos e exigem...

O papel da mãe no processo de aquisição da linguagem : um estudo linguístico sobre a importância da relação criança-outro para a constituição do bebê como sujeito falante

Serafini, Sibylla Jockymann do Canto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
108.9969%
O objetivo deste trabalho é responder qual o estatuto da mãe nos estudos de aquisição da linguagem e como a relação criança-outro é tratada quando o bebê está na condição daquele que ainda não fala. O estudo inicia investigando um campo exterior à Linguística, a Psicanálise proposta por D. W. Winnicott como possibilidade de interlocução, uma vez que o autor enfatiza a absoluta dependência do bebê a sua mãe, vendo-os como uma unidade relacionada. Em seguida, o estudo apresenta investigações de pesquisadores que consideram a relação da criança com o outro como necessária para a aquisição da linguagem, com enfoque inicial nos estudos interacionistas, que partem da constatação de que a fala do bebê está vinculada à fala do outro nas interações, mais especificamente à fala da mãe. Das abordagens interacionistas, o trabalho destaca os estudos desenvolvidos por Claudia de Lemos, pois sua proposta assume o compromisso com o dizer do outro e acredita que a fala da criança é indeterminada do ponto de vista categorial, mas dialogicamente determinada na relação com o outro. Após a abordagem interacionista, o estudo traz a vertente enunciativa de estudos da linguagem de Émile Benveniste, que considera a intersubjetividade como constitutiva da linguagem para mostrar...

Uma proposta minimalista para o processo de aquisição da linguagem : relações locais

Ruth E. Vasconcellos Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/1999 Português
Relevância na Pesquisa
98.88121%
Esta tese circunscreve-se ao quadro da Teoria Gerativa, mais especificamente aos modelos de Princípios e Parâmetros (Chomsky, 1981 e obras posteriores). Nosso objetivo central é verificar se há na Faculdade da Linguagem alguma propriedade essencial para o processo de aquisição da linguagem, para além da marcação paramétrica prevista na Gramática Universal. Para tanto, realizamos um percurso que sai do modelo de Regência e Ligação e chega ao Programa Minimalista. Nosso interesse ao discutir o modelo de Regência e Ligação está nas diferentes concepções de "parâmetro", bem como em verificar a concepção que o Programa Minimalista herda de seu antecessor. Discutimos, ainda, as principais hipóteses de aprendizagem propostas no âmbito da área de aquisição da linguagem, assumindo finalmente a hipótese continuísta. A partir de uma breve incursão ao funcionamento do Programa Minimalista, podemos verificar como um quadro ontológica e metodologicamente minimalista permite pensar a aquisição da linguagem de uma forma inusitada, especificando um lugar mais claro para a sintaxe e para a sua relação com os componentes de performance, a partir de fenômenos muito locais que são, em última instância, codificados como princípios da Faculdade da Linguagem. Nesse espírito...

Investigando a categoria aspectual na aquisição da língua brasileira de sinais

Silva, Lídia da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 154 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
88.83119%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-graduação em Linguística, Florianópolis, 2010; Esta pesquisa tem como objetivo investigar a categoria aspectual na aquisição da língua brasileira de sinais. Para fazer um estudo sobre aquisição de linguagem é necessário, primeiramente, definir um embasamento teórico para sustentar a análise. No nosso caso, a teoria gerativa é o pano de fundo das concepções adotadas. Além disso, a pesquisa sobre aquisição da linguagem precisa demonstrar a estrutura gramatical da língua que se pretende estudar, por isso, nesta dissertação há uma explanação acerca da composição linguística de Libras com enfoque nos aspectos fonológicos e morfossintáticos. Depois disso, apresentamos nossa investigação sobre a categoria aspectual com embasamento na teoria linguística geral, na qual adotamos Comrie (1976) e linguística da Libras, na qual adotamos Finau (2004a). Em ambas as considerações, aspecto sob o ponto de vista da linguística geral e aspecto da Libras, faremos a diferenciação entre tempo e aspecto, fazemos a explanação sob os enfoque lexical e gramatical e demonstramos a oposição aspectual entre perfectivo e imperfectivo. Não obstante...

A aquisição da morfologia de verbos regulares no português brasileiro: uma abordagem da lingüística cognitiva

Souza,André Luiz Elias de; Cardoso-Martins,Cláudia
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
98.40759%
A pesquisa em Lingüística Cognitiva no Brasil tem crescido de maneira considerável nos últimos anos. No entanto, ainda são poucos os estudos sobre a aquisição da linguagem que adotam o aporte teórico da Lingüística Cognitiva. Com o objetivo de preencher essa lacuna, o presente estudo investigou a produtividade de uma criança pequena no que tange o uso das diferentes flexões dos verbos regulares em português, em duas ocasiões diferentes: quando a criança tinha 1 ano e 10 meses de idade e quando ela tinha 2 anos e 2 meses de idade. Os dados foram retirados do banco de dados do projeto CHILDES. Apesar de ter havido um desenvolvimento significativo entre as duas ocasiões no uso das flexões verbais, os resultados sugerem que, em consonância com o paradigma da Lingüística Cognitiva, o conhecimento da morfossintaxe de verbos se desenvolve de forma gradual e é inicialmente pouco abstrato. As implicações desses resultados para uma teoria sobre a aquisição da linguagem são discutidas.

Atrasos de aquisição da linguagem:algumas considerações sobre o processo de espelhamento

Almeida de Sirqueira dos Santos, Andrea; Maria Monteiro de Carvalho, Glória (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
98.81859%
Esta pesquisa tomou o espelhamento como lugar e ponto de partida para uma reflexão teórica sobre a questão do percurso lingüístico de crianças diagnosticadas com atraso na aquisição da linguagem. Adotou-se como base teórica o Interacionismo de De Lemos que concebe a trajetória lingüística como um processo de mudança de posição da criança numa estrutura na qual comparecem três pólos: a fala do outro, a língua e o sujeito falante. Essa trajetória é compreendida como o próprio processo de subjetivação do indivíduo e o conceito de espelhamento é tomado com central para a constituição do sujeito como falante e, portanto, para sua constituição de sujeito do inconsciente (do desejo). Também foi tomada, para compreensão do processo acima referido, a teoria lacaniana de constituição do sujeito, que tem como seu axioma central: o inconsciente é estruturado como linguagem. O presente estudo teve, portanto, como objetivo investigar como o espelhamento que marca a relação mãe-criança no momento inicial da constituição da criança enquanto sujeito de linguagem estaria acontecendo na relação entre a criança com atraso de linguagem e seu terapeuta. Para tanto, o trabalho foi realizado com uma criança diagnosticada com atraso na aquisição da linguagem...

Aquisição da linguagem e contexto escolar: levantamento de questões sobre a interpretação do professor

Rozental de Brito Lemos, Eva; Maria Monteiro de Carvalho, Glória (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
98.53696%
O presente trabalho se propôs a levantar questões sobre a relação da criança - no decorrer do seu percurso de infans a sujeito falante - com um intérprete específico, o professor. Foi tomado como fundamento, sobretudo, o marco teórico da proposta estrutural sóciointeracionista de De Lemos, segundo a qual, nos momentos iniciais da aquisição da linguagem, predomina um movimento de espelhamento recíproco entre a fala fragmentada da criança e os enunciados do outro (a mãe) nos quais essa fala ganha sentido e delimitação. Assumiu-se, então, que um melhor entendimento sobre a questão do papel do professor, em sua relação com as produções verbais infantis, poderia fornecer alguns elementos para a questão geral do papel do outro/intérprete que espelha a fala da criança, na trajetória lingüística do sujeito. Nessa perspectiva, pretendeu-se também abordar situações de atividade conjunta na ausência do professor, ou seja, aqueles momentos, em que as crianças verbalizam enquanto brincam, lancham, vêem revistas, na escola, sem a presença de um interlocutor adulto. Tal abordagem teve, como único objetivo, fazer com que questões levantadas nessa situação, retornassem para a interlocução aluno-professor...

Aquisição da concordancia negativa (CN) no português brasileiro (PB) como segunda lingua (L2)

Hely Dutra Cabral da Fonseca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/1999 Português
Relevância na Pesquisa
98.53504%
Este trabalho apresenta um estudo no campo da aquisição da linguagem, abordando especificamente a Concordância Negativa (CN) no Português Brasileiro como língua estrangeira. A CN se insere no âmbito da negação das línguas românicas, constituindo-se num dos fatores que diferencia estas das línguas germânicas. O referencial teórico é fornecido pelo modelo de Princípios e Parâmetros em seus desenvolvimentos mais recentes quanto à aquisição de L2. É feita uma comparação da sintaxe da negação das línguas envolvidas: alemão e português brasileiro. Para o PB adotamos a posição de que há uma categoria LP que atrai NegP por força de seus traços de polaridade negativa. Para o alemão, seguimos a idéia de que NegP está em adjunção a VP. Dois aspectos comparativos foram examinados: posição de Neg e a presença ou ausência de CN. É em relação a esses dois aspectos que a evolução do sujeito em aquisição foi estudada; This work proposes a study in the fieId of Ianguage acquisition, specifically approaching the Negative Concord (NC) present in BraziIian Portuguese. NC includes itself in the negation scope of the Romance Ianguages, being one of the features that differentiates those ftom the Germanic Ianguages. The theoreticaI background of this study is provided by the recent deveIopments in Govemment and Binding Theory and its updated research in L2 acquisition. A syntactic comparison between the two Ianguages invoIved...

Erro de pessoa : levantamento de questoes sobre o equivoco em aquisição da linguagem

Gloria Maria Monteiro de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/1995 Português
Relevância na Pesquisa
98.64985%
Propõe-se, neste trabalho, colocar em questão a naturalidade com que o erro tem sido tratado 'em Aquisição da Linguagem. Não se poderia contudo chegar a tal proposta sem um confronto com a questão de um saber atribuído ao sujeito cujo fundamento, segundo Pêcheux, se localiza na noção idealista pela qual a subjetividade é concebida como ponto de partida. Nessa posição clássica, o erro tem sido considerado como "falha" num saber prévio e esta, por sua vez, remete a questões mais amplas como à verdade e incompletude lógicas e, ainda, à dicotomia possível vs impossível linguístico. Na teoria Chomskiana, o possível ocupa um lugar central colocando-se como o eixo em tomo do qual se constituiu o saber totalizante da Gramática Gerativa. Foi em relação' a esse todo que teve lugar a discussão de posições teóricas em Aquisição da linguagem. Essa discussão retomou a questão da incompletude a qual é redefinida por Milner, no âmbito da linguística, em termos de um incessante retomo do equívoco sobre o todo da língua, desfazendo seus estratos, como acontece com o pronome eu que desfaz a divisão entre menção e uso, entre som e sentido. Na perspectiva aqui adotada, o erro é focalizado a partir da noção de "efeito de estranhamento" ou "efeito de enigma" provocado pela fala da criança...

A formação inicial do orador e o ensino de lingua segundo Quintiliano : considerações sobre alfabetização e aquisição da linguagem na Institutio oratoria (I, 1-3); The orator´s initial formation and language teaching according to Quitilian : some considerations concerning alphabetization and language acquisition in Institutio oratoria (I, 1-3)

Natalia Sabione
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
108.28052%
Apesar de sua incontestável importância para o conhecimento da pedagogia antiga e até mesmo para a história e desenvolvimento da pedagogia ocidental, a Institutio oratoria de Quintiliano não tem uma tradução moderna e integral para o português. Visando contribuir para o preenchimento dessa lacuna, esta Dissertação de Mestrado apresenta uma tradução dos três primeiros capítulos do livro I da obra e um estudo introdutório, no qual expomos algumas considerações sobre a formação inicial do orador, alfabetização e aquisição da linguagem, temas aí abordados por Quintiliano; Despite its undeniable importance for the knowledge of ancient pedagogy and even for the history and development of western pedagogy, Quintilian's Institutio oratoria does not have a modern and full translation into Portuguese. In order to contribute to fill this need, this Master dissertation presents a translation of the three first chapters (book I) of the Institutio and a introductory study in which we expose some considerations concerning the orator's initial formation, alphabetization and language acquisition, which are discussed by Quintilian in these initial chapters

Erros na aquisição da flexão verbal : uma analise interacionista

Irani Rodrigues Maldonade
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
88.91856%
O presente trabalho buscou interpretar os erros de flexão verbal na fala de M de 1 ;07.23 a 3;04.30 à luz da teorização desenvolvida por De Lemos (1982 a 2002). Foram enfocados tantos os verbos regulares quanto os irregulares. Algumas descrições sobre os verbos irregulares e os paradigmas verbais do português foram apresentadas no Capítulo 2. As explicações oferecidas para a irregularidade verbal são variadas. Alguns autores recorrem ao latim para recuperar a evolução de um item verbal na língua. Muitas das irregularidades do radical do verbo relacionam-se de fato às transformações fonéticas sofridas pelo item. Observou-se que a divisão entre as conjugações, no pretérito perfeito, se dá entre a primeira conjugação e outra, formada pela junção da segunda e terceira conjugações. A realidade é que as descrições existentes concebem a língua como um produto e não como um processo, que é o que se busca contemplar em aquisição da linguagem. No terceiro Capítulo foram resenhados trabalhos importantes sobre a aquisição da flexão verbal na literatura. Em primeiro lugar, abordou-se o conexionismo, modelo teórico que centra suas discussões na aquisição dos verbos irregulares do inglês. Em seguida, o modelo de Annetle Karmiloff-Smith (1986...

A inacusatividade na aquisição da linguagem

Denise Telles Leme Palmiere
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
98.7687%
Esta tese investiga a emergência dos verbos inacusativos nos dados de duas crianças adquirindo o Português Brasileiro como língua materna, dos 2;0 aos 4;0 de idade, utilizando como quadro teórico o modelo de Princípios e Parâmetros (Chomsky 1981 e obras posteriores). Os dados são de natureza observacional, longitudinal, totalizando 43 horas de gravação em áudio-tape. Inicialmente, faço o levantamento das muitas abordagens da inacusatividade na Lingüística, mostrando que, em geral, as mesmas normalmente privilegiam ora o aspecto semântico ora o aspecto sintático do fenômeno. A seguir, proponho uma caracterização possível dos verbos inacusativos no PB, que se coloca na interface sintaxe-semântica, a qual é utilizada na análise dos dados de nossas crianças-sujeito. A inacusatividade, então, é estudada no âmbito da aquisição da linguagem, constatando-se: a) os verbos inacusativos são fortemente presentes entre os primeiros da criança, normalmente t1exionados no pretérito perfeito, expressando o resultado de um evento, ou seja, uma mudança, apresentando a situação como acabada e completa - o que é perceptualmente bastante saliente para a criança; b) a sistemática manutenção do argumento dos inacusativos internamente ao VP...

Enunciação e aquisição : a criança na cultura

Tabajara, Maria Eduarda Fett
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
88.86088%
Por ser objeto de estudo tanto da Psicologia quanto da Linguística, e mesmo dentro dessas áreas ser estudada por diversos pontos de vista, a aquisição da linguagem constitui-se, basicamente, em um campo de estudo interdisciplinar. Dessa forma, o que se entende por aquisição da linguagem depende da perspectiva teórica pela qual se resolve estudá-la. Neste trabalho, recorremos à Teoria da Enunciação de Émile Benveniste para discutir o processo de aquisição de língua vinculado à imersão da criança em uma cultura. Basicamente, ensaiamos reflexões acerca da inserção da criança na sociedade por meio do processo de aquisição da linguagem. Partimos, para isso, da suposição de que a cultura está implicada no processo de aquisição da linguagem, e de que a criança, pelo reconhecimento da língua e pela compreensão do discurso, interpreta a sociedade. Perguntamo-nos, a partir daí, como isso acontece e como a criança mostra, em seu discurso, que interpreta a sociedade e, consequentemente, que vai se instaurando na cultura via língua. Buscamos discutir como a dimensão cultural é constitutiva do processo de aquisição, costurando às discussões relatos curiosos sobre crianças que, ao se apropriarem da língua...

A construção do conhecimento fonológico na aquisição da linguagem

Matzenauer, Carmen Lúcia Barreto; Miranda, Ana Ruth Moresco
Fonte: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
98.33193%
Este artigo visa precipuamente a apresentar uma discussão sobreo fenômeno da aquisição da fonologia. Apresenta três grandes focos:(a) um exame do processo da aquisição da fonologia por criançasfalantes nativas do português do Brasil (PB), com a retomada deestudos desenvolvidos no país; (b) a caracterização e a exemplificaçãodo fenômeno da aquisição da linguagem com base em unidadesda fonologia da língua: sílaba, segmento e traços; e (c) a explicitaçãodesse processo de desenvolvimento linguístico à luz de modelosteóricos da área da fonologia.

Aquisição da linguagem e formação de vinculo um estudo longitudinal; .

Scotti, Sérgio; Professor do Depto de Psicologia da UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1998 Português
Relevância na Pesquisa
108.38977%
Este trabalho, é a comunicação de uma pesquisa realizada durante 18 (dezoito) meses com crianças de 01 (um) ano de idade que procurou identificar variáveis significativaspara a compreensão da aquisição dalinguagem, apartir dashipótese de Vygotsky e do conceito "vínculo" de Pichon  Riviere. Os resultados dapesquisa, apontaram para aimportância da  interação da criança como adulto na aquisição da linguagem.; This study is a comunication on a research carried out during 18 (eighteen) months with one-year-old children that tried to identify significant variables for the understanding of language acquisition starting from Vygotsky's hypotesis and the Pichon Riviére's concept of "linkage". The results of the study show the significance of the interaction of the child with the adult in language acquisition.

A AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM POR CHOMSKY E POR TOMASELLO

Bezerra, Gitanna Brito; Souza, Luciene Barbosa de
Fonte: DLCV - Língua, Linguística & Literatura Publicador: DLCV - Língua, Linguística & Literatura
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de Literatura Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.75672%
Resumo: A aquisição da linguagem constitui um campo de conhecimento produtivo em termos da variedade de questionamentos e hipóteses levantados para o processo por meio do qual a criança adquire o conhecimento de uma língua particular. Em meio à variedade de perspectivas teóricas para o tratamento deste processo de aquisição, pretende-se, no presente artigo, enfocar a hipótese inatista, de Noam Chomsky, e a “teoria da aquisição baseada no uso”, de Michael Tomasello, fundamentando-as através de revisões teóricas acerca do processo evolutivo da linguagem e da cognição humanas, das concepções de linguagem que perpassam as propostas de ambos os autores, e da influência dos fatores biológicos e socioculturais no desenvolvimento linguístico-cognitivo humano. Palavras chave: aquisição da linguagem; cognição; inatismo; sociocognitivismo. Summary: The acquisition of language is a field of knowledge productive in terms of the variety of questions and hypotheses raised to the process by which the child acquires the knowledge of a natural language. Considering the multiplicity of theoretical perspectives for the treatment of acquisition process, it is intended, in this article, focus on the innateness hypothesis...

A NOÇÃO DE CONSCIÊNCIA/CAPACIDADE METALINGUÍSTICA EM AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM

Stumpf, Elisa Marchioro
Fonte: DLCV - Língua, Linguística & Literatura Publicador: DLCV - Língua, Linguística & Literatura
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; revisão de literatura Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.65321%
Resumo: Este artigo propõe-se a discutir diferentes acepções do termo consciência ou capacidade metalinguística no que diz respeito aos seus usos em estudos sobre aquisição da linguagem e mostrar como cada acepção encontra-se relacionada a diferentes perspectivas teóricas a respeito do assunto. Iniciamos explicando o surgimento dos estudos relacionados à consciência/capacidade metalinguística (PRATT; GRIEVE, 1984) e em seguida expomos diferentes abordagens a respeito desse fenômeno. Com base na discussão proposta por Gombert (1992), também procuramos dar conta dos diferentes usos dos termos feitos por pesquisadores das áreas da linguística e da psicolinguística, o que explica parcialmente a falta de consenso sobre o significado dos mesmos. A discussão aqui proposta pode ajudar a esclarecer o debate em torno da questão metalinguística, que tem ocupado os profissionais da área de aquisição da linguagem desde o seu surgimento, em especial no que diz respeito aos diferentes entendimentos que os termos podem suscitar.

COMPREENDENDO A ATENÇÃO CONJUNTA E AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM NAS ESPECIFICIDADES DA CEGUEIRA

da Fonte, Renata Fonseca Lima
Fonte: DLCV - Língua, Linguística & Literatura Publicador: DLCV - Língua, Linguística & Literatura
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Pesquisa Empírica de Campo Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
98.50195%
Este artigo tem como objetivo principal compreender a atenção conjunta e aquisição da linguagem em criança cega. Para isso, realizamos uma investigação longitudinal, cujo corpus foi composto por registros videografados, de situações cotidianas ocorridas com a díade mãe-criança cega no ambiente domiciliar por um período de aproximadamente um ano. Fundamentamos nosso estudo na perspectiva sociocognitiva, proposta por Tomasello (1995, 2003), considerando suas contribuições acerca da atenção conjunta. Nossos dados mostraram que situações de engajamento na interação de atenção conjunta com a mãe contribuíram para aquisições verbais da criança; que essas situações envolveram a integração de elementos multimodais maternos e os da criança; entre os quais o toque teve papel de destaque ao substituir o estatuto do olhar. Esperamos que essas constatações favoreçam reflexões para se pensar em caminhos alternativos para engajar a criança cega em cenas de atenção conjunta, contribuindo para a aquisição da linguagem.