Página 1 dos resultados de 165 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

O conceito de herói em narrativas de alunos chineses de português língua não materna

Martins, Maria Dulce Ferreira
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
90.78105%
Dissertação de Mestrado em Português Língua Não Materna apresentada à Universidade Aberta; O confronto diário, na escola, com o crescente fluxo de alunos imigrantes e a constatação das dificuldades sentidas pelos discentes de Português Língua Não Materna (PLNM) quer a nível linguístico quer cultural moveram-nos a investigar como se processa a aquisição lexical em Língua Segunda (L2). Desse interesse geral, optámos por avaliar, especificamente, em que medida o conceito de herói pode ser influenciado pelo contexto linguístico e sociocultural em que o sujeito cresce, uma vez que é nossa convicção que a aquisição de conceitos reflete e é o reflexo do meio em que o falante se desenvolve. Pretendemos, também, averiguar até que ponto a migração e a globalização, como propagadoras de ideias e conceitos, influenciam a aquisição da linguagem. Para concretizarmos os objetivos da presente dissertação, optámos por analisar como alguns alunos chineses conceptualizavam a figura do herói, por comparação com alunos portugueses. Todos a frequentarem escolas do distrito de Setúbal. A constituição da amostra dos corpora consistiu na elaboração de duas narrativas escritas centradas na personagem herói. Seguimos os paradigmas da Linguística Cognitiva sobre protótipo e interação entre cognição e cultura...

Vantagens e desvantagens do ensino de língua estrangeira na educação infantil : um estudo de caso

Pires, Simone Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
100.20457%
Trata-se de um estudo de caso (com um sujeito) sobre o processo de aquisição de inglês como língua estrangeira na fase pré-escolar. O objetivo é verificar como uma criança nessa faixa etária – ainda não alfabetizada – desenvolve sua produção oral nessa língua estrangeira, recebendo uma aula semanal de inglês em sua escola e treinando com os pais em casa. A produção oral do sujeito foi registrada em aula e em casa através de filmagens e gravações em áudio. Seus pais e professoras foram entrevistados. A maioria das informações – colhidas entre março de 1999 e dezembro de 2000 – foram analisadas qualitativamente. A pesquisa revela que, antes dos seis anos de idade, o ensino de língua estrangeira envolve riscos. Quando a professora é especialista na língua, mas não tem experiência com educação infantil, a criança pode desenvolver aversão à língua estrangeira por não gostar das aulas. Por outro lado, quando a professora proporciona aulas prazerosas e lúdicas, mas comete erros de pronúncia ou estrutura gramatical, a criança tende a valorizar o que é ensinado como verdade. Em ambos os casos, o futuro escolar da criança poderá ficar comprometido em relação à língua estrangeira. Portanto, é menos arriscado não ter aula de inglês na infância do que ter aula com um profissional que não seja qualificado em educação infantil e na língua estrangeira.

Aquisição do artigo definido em português como segunda língua por aprendizes coreanos

Kim, Han Chul
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
81.331025%
Os aprendizes de português como segunda língua ou língua estrangeira mostram dificuldades no processo de aquisição por vários motivos. Para coreanos, o sistema de artigos, entre outros fatores gramaticais, é um dos fatores que causam dificuldade porque não há artigos na língua coreana. O presente estudo tem como objetivos principais investigar o processo de aquisição do artigo definido em português como segunda língua por aprendizes coreanos e comparar a realização do artigo definido por brasileiros e por coreanos no caso de uso opcional. Para isso, discutimos o uso do artigo definido, observamos estudos anteriores sobre a aquisição de artigos e buscamos apoio teórico nos conceitos de transferência, interlíngua e variação. Os dados foram gerados longitudinalmente através de entrevistas com 6 falantes de coreano aprendendo português como segunda língua em Porto Alegre. Categorizamos as funções do artigo definido em: uso em primeira menção, uso em segunda menção e uso genérico. Em seguida, analisamos as características e as inadequações do processo de aquisição e comparamos o uso diante de possessivos e de antropônimos com dados de 2 brasileiros. Os resultados mostram um domínio do artigo zero (Ø) por aprendizes coreanos...

A instauração da criança na linguagem : princípios para uma teoria enunciativa em aquisição da linguagem

Silva, Carmem Luci da Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
111.5096%
Esta tese tem como proposta estudar o fenômeno aquisição da linguagem no quadro teórico da Lingüística da Enunciação. Busca, na primeira parte, circunscrever o campo Aquisição da Linguagem a partir dos elementos implicados no sintagma aquisição da linguagem: sujeito e linguagem. Esse mapeamento é o que permite apontar a “falta” de um olhar enunciativo para tratar da aquisição da linguagem. A segunda parte evidencia as bases teórica e metodológica para mostrar o ato de inscrição da criança como sujeito na linguagem. Essas bases teórica e metodológica, inspiradas no trabalho de Émile Benveniste, apresentam o dispositivo enunciativo (eu-tu/ele)- ELE como constitutivo do ato de enunciação e do ato de aquisição da linguagem. Esse dispositivo é considerado como comportando os sujeitos (eu-tu), a língua (ele) e a cultura (ELE) e permite a este estudo mostrar as relações e mecanismos enunciativos implicados no ato singular de instauração da criança na linguagem. Esse ato de instauração da criança na linguagem é evidenciado pela análise de dados longitudinais de uma criança dos onze meses aos três anos e cinco meses. A singularidade e os modos de enunciação característicos do ato de aquisição da linguagem da criança sob análise são explicados por meio de três operações enunciativas: a de preenchimento de lugar enunciativo...

A passagem de locutor a sujeito da enunciação em L2 : um olhar enunciativo da aquisição

Farias, Bruna Sommer
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
100.97995%
O presente trabalho busca verificar os mecanismos linguísticos que marcam a passagem de locutor a sujeito no processo de aquisição de uma segunda língua (L2). Tendo por amparo teórico a Linguística da Enunciação de Émile Benveniste, este trabalho propõe um olhar enunciativo sobre a análise de dados em sala de aula de L2. Para tanto, um resgate teórico com relação aos estudos de Linguística Aplicada é feito, considerando o histórico de pesquisas na área de aquisição de linguagem. Em um segundo momento, é exposta a complexidade na leitura da obra benvenistiana, bem como a apresentação dos artigos que trazem os conceitos que fundamentam a análise dos dados deste trabalho. São alguns deles: subjetividade, intersubjetividade, locutor, sujeito, língua, discurso e enunciação, noções discutidas nos textos “Da Subjetividade na Linguagem” (1958), “A Natureza dos Pronomes” (1956) e “O Aparelho Formal da Enunciação” (1970). O corpus analisado provém de gravações audiovisuais de um contexto de sala de aula de Inglês como L2 do Núcleo de Ensino de Línguas em Extensão da UFRGS. A partir disso, é possível verificar por meio de quais mecanismos linguísticos o aluno instaura-se na linguagem, de modo que o fato lingüístico analisado indica o mecanismo de retorno e a função metalinguística como mecanismos que marcam a passagem de locutor a sujeito...

O desenvolvimento da consciência metalinguísitica analisado em diferentes contextos bilíngues no Brasil

Piantá, Patrícia Balestra
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
90.86672%
Estudos anteriores mostraram evidências de que crianças bilíngues alcançam a consciência metalinguística, maturação cerebral esperada em torno de doze anos de idade, precocemente, em comparação com crianças monolíngues. A consciência metalinguística está ligada à capacidade de refletir sobre a língua, sobre de que maneira ela é usada, sendo importante ressaltar a distinção existente entre consciência metalinguística e habilidade linguística, pois a consciência metalinguística exige uma demanda cognitiva maior (Bialystok, 2001; CARLISLE; BEEMAN; HULL; DAVIS, AND SPHARIM; 1999; Ringbom, 1987; Cenoz & Valencia, 1994; Lasagabaster, 1997, apud Jessner 2006). Contudo, cabe ressaltar que tais evidências partem de estudos envolvendo grupos de bilíngues imigrantes, ou grupos que possuem grande exposição à língua estrangeira em ambiente escolar ou na comunidade em que estão inseridos. O objetivo geral do estudo relatado nesta dissertação foi verificar a existência de uma vantagem bilíngue no caso de um grupo diferente de participantes, formado por crianças que são bilíngues aditivos, ou seja, que estão se tornando bilíngues a partir da exposição à segunda lingua, no caso, inglês, em uma escola com currículo bilíngue. A amostra foi composta por 42 crianças...

Estratégias interculturais de comunicação entre universitários brasileiros e alemães no processo da escrita de e-mails : uma análise qualitativa

Fuzer, André da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
89.67617%
Este trabalho tem como objetivo analisar, de forma qualitativa, estratégias interculturais de comunicação entre universitários brasileiros e alemães no processo da troca de e-mails. O estudo coloca em contato aprendizes falantes de alemão e de português que têm de escrever e-mails um ao outro, utilizando a respectiva língua materna dominante ou a respectiva língua adicional que estão estudando. Através da análise dos e-mails produzidos nessa interação entre universitários falantes de português ou alemão como primeira língua, pretende-se observar quais recursos são utilizados pelos estudantes para conhecer e se comunicar com outro em língua adicional, bem como quais recursos um estudante utiliza para conhecer e se comunicar com outro (estrangeiro) em língua materna, e se há correlações entre ambos os níveis. Por fim, o trabalho pretende contrastar ambos os conjuntos de dados e identificar “estratégias interculturais de comunicação”. Levando em consideração que o corpus é composto de e-mails, um meio de comunicação radicado na internet, o estudo traz diferenciações entre as línguas falada e escrita, bem como a língua utilizada na internet. Partindo daí, o estudo analisa os aspectos formais do corpus...

Princípios para uma abordagem enunciativa na aquisição de segunda língua

Machado, Verônica Pasqualin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
81.460425%
Esta dissertação tem por objetivo propor princípios enunciativos para o tratamento da aquisição de segunda língua (L2) em contexto escolar. Para isso, realizou-se, em primeiro lugar, um estudo acerca de diferentes perspectivas teóricas que abordam o fenômeno de aquisição de L2 em busca de um ponto de vista enunciativo. A partir dessa pesquisa, observou-se a falta de uma perspectiva enunciativa no campo da Aquisição de Segunda Língua. Em segundo lugar, é apresentada uma concepção de linguagem constituída a partir da leitura da Teoria da Enunciação de Émile Benveniste (1966/2005; 1974/2006). Dessa forma, a aquisição de L2 é vista como um “fenômeno geral da enunciação” (BENVENISTE, op.cit.). Em terceiro lugar, com apoio do estudo de Silva (2007; 2009) são apresentados os princípios para uma abordagem enunciativa na aquisição de L2, a qual funciona na estrutura enunciativa (eu – tu – ele) – ELE. Essa estrutura comporta o locutor-aluno de L2 (“eu”), o alocutário - professor (“tu”), as referências (“ele”) produzidas por “eu” e “tu”, todos inscritos na cultura (“ELE”). Com a formulação dos princípios, pretende-se contribuir para o ensino de L2 e para os campos da Aquisição de Segunda Língua e da Linguística da Enunciação.; This work aims at proposing enunciative principles to study of second language acquisition in in a formal educational setting. In order to achieve that...

Aquisição da sintaxe da negação no portugues brasileiro como segunda lingua (L2)

Hely Dutra Cabral da Fonseca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
91.01247%
O objetivo desta tese é investigar a aquisição da sintaxe da negação no português brasileiro (PB) como segunda língua, por falantes adultos. O referencial teórico para sua realização é fornecido pela Teoria de Princípios e Parâmetros em seus desenvolvimentos mais recentes. Os dados, com acompanhamento longitudinal, foram coletados de estágios iniciais da fala de informantes adultos em processo de aquisição do PB. Um dos objetivos foi verificar como a aquisição da negação se dá, através da análise dos dados e pelo estudo das características relacionadas ao surgimento da posição da negação e da concordância negativa na L2. O acompanhamento da aquisição por falantes de línguas semelhantes ao português foi feito com o objetivo de testar se o estado inicial (S0) desses falantes era a L1, o que se confirmou. Percebemos que, no caso de falantes bilíngües, as estruturas das duas línguas envolvidas são utilizadas, através de um processo que confirma a hipótese de S0= L1. No caso de línguas que são [-CN], observou-se que houve uma substituição do parâmetro para a opção [+CN], com fases bem distintas. Concluímos que os falantes se apóiam na evidência do estatuto de Neg, em XP, para determinar a ausência de concordância negativa. A negação no núcleo indica possibilidade de concordância negativa nas línguas. Observou-se...

Aquisição do portugues brasileiro por um falante chines

Gildete Rocha Xavier
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/1999 Português
Relevância na Pesquisa
81.20919%
Este trabalho analisa os estágios iniciais de aquisição do português brasileiro como segunda língua, por um adulto falante do chinês que teve o inglês como segunda língua. O fenômeno sintático adotado para a realização desse estudo foi o Parâmetro do Sujeito Nulo. Procurou-se responder as questões: Há algum tipo de interferência do inglês para a aquisição do PB no que se refere ao parâmetro pro-drop? Existe transferência do chinês para o PB? Ou seja, o estado inicial de aquisição do PB, como L2, por Johnny deve ser considerado como o estado final de sua LI? Ou a GU seria o estado inicial para a aquisição do PB? Supondo que sujeito nulo define pelo menos dois subtipos de línguas, o que tem o sujeito identificado pela concordância e o que o identifica pelo tópico, levantou-se a hipótese de que, inicialmente, o sujeito dessa pesquisa vai apresentar sujeito nulo com concordância unipessoal, como no chinês, e, só posteriormente, com base nos dados do input, vai remarcar o parâmetro para o pro-drop do português brasileiro, a partir da aquisição da concordância dessa língua. A análise dos dados mostra uma primeira fase em que o nulo aparece apenas como sujeito de verbo de terceira pessoa não-marcada...

Aquisição do português brasileiro como lingua estrangeira : o movimento do verbo

Irenilza Oliveira e Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/02/1999 Português
Relevância na Pesquisa
80.78537%
Análise do resultado alcançado por um adulto estrangeiro, cuja língua materna (L 1) é o holandês, quando da aquisição/aprendizagem do português brasileiro (PB). O objetivo é observar se é o Language Acquisition Device (LAD) chomskyano ou o Problem-solving Cognitive System (PSC) proposto por Felix que entra em operação, ou se existe uma co-atuação desses dois sistemas. As diferentes posições dos advérbios aspectuais, do advérbio modalizador talvez e do advérbio também, considerado como indicador de inclusão são utilizadas como evidência empírica em favor da postulação de que o tipo de movimento do verbo apresentado nos enunciados do sujeito desta pesquisa é V para I (conforme o PB) e não V para C (próprio do holandês). Os problemas eventualmente apresentados relacionados à falta de flexão nominal ou verbal são, então, justificados pela não-aprendizagem de determinados itens lexicais funcionais. Assim, os dados indicam que um indivíduo adulto, mesmo após a "idade crítica" para aquisição da linguagem, tem acesso aos princípios da Gramática Universal (GU), caracterizando uma real aquisição da segunda língua (L2), mas. que este processo não exclui a aprendizagem de determinados aspectos da L2.; This study is an analysis of the result obtained by a Dutch-speaking adult when acquiring/learning Brazilian Portuguese (BP). Its goal is to verify whether the cognitive system involved in this process is the Language Acquisition Device (LAD)...

Analise de fatores discursivos e socio-culturais na aquisição de segunda lingua/lingua estrangeira : uma contribuição para o ensino de alemão em empresas brasileiras

Frank-Rudiger Schnell
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/1997 Português
Relevância na Pesquisa
80.670684%
Este estudo procura explorar as representações transcu1turais através de enunciações de executivos alemães e brasileiros, visando trazer subsídios para uma proposta de ensino do alemão em empresas no Brasil, que propicie uma produção lingüistico-cultura1 adequada. A pesquisa focaliza a incidência de fatores s6cio-cultumis e discursivos na aprendizagem dessa lingua por executivos brasileiros. Uma ênfase é dada ao estudo dos mal-entendidos, sejam eles baseados na interpretação imprecisa do iníerlocutor ou na falta de conhecimento suficiente da materialidade da lingua. Abordamos as ligações entre a linguagem e a situação, e ao mesmo tempo apontamos subsídios para que, em cursos de alemão nas empresas, os alunos sejam munidos com conceitos que os conduzam à produção da linguagem apropriada. Para tanto, são ana11Mdas ressonâncias em micro-cenas experimentais (Serrani-Infante 1994:82) e em livros didáticos de alemão utilizados no Brasil. AB micro-cenas a serem focalizadas são as que, em campos discursivos empresariais, dmm respeito a: a) valores diferentes da cordialidade na sociabilidade e b) funcionamentos discursivos diferentes dos domínios püblico e privado. Um objetivo concomitante é, também, aprofundar o estudo de noções teóricas envolvidas nesta pesquisa...

A aquisição de uma segunda lingua por crianças : um estudo socio-internacionista

Carmen Zink Bolognini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/1985 Português
Relevância na Pesquisa
90.57831%
Segundo a proposta sócio-interacionista, conforme apresentado por de Lemos, a aquisição da primeira língua é pelo menos parcialmente explicada por processos de interação adulta-criança, sendo um deles o de especularidade ou imitação recíproca. Com base nessa proposta, o nosso objetivo é verificar como se daria a interação ocorrida entre adulto falante nativo e criança adquirindo uma segunda língua. Uma análise dos comportamentos lingüísticos dos nossos sujeitos (dois adultos e duas crianças) revelou-nos a existência de basicamente duas atitudes tomadas por eles: a pedagógica e a comunicativa. Cada uma das atitudes trouxe como conseqüência um estilo especular de interação: o recíproco e o não-recíproco. Acrescentamos também uma análise de algumas das possíveis causas e conseqüências do emprego desses dois estilos de interação; Not informed

Alguns aspectos da aquisição do sistema pronominal do ingles como segunda lingua por um falante de portugues

Jose Carlos Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1977 Português
Relevância na Pesquisa
91.19962%
Pretende-se observar neste trabalho, o modo como a transferencia, entre outors mecanismoslinguísticos interfere na aquisição de uma segunda língua. Faz-se um estudo longitudinal de interlíngua de um falante de Português aprendendo Inglês num contexto natural. Os dados são analisados usando vários modelos de análise de erros e com base em estudos contrastivos do sistema pronominal do Inglês e do Português. Analisa-se o problema específico do pronome pessoal IT cuja obrigatoriedade de uso em Inglês contrasta com a inexistência de uma forma pronominal específica correspondente em Português -ou com a sua opcional idade con textualmente definida quando existente. O aprendiz tenderá a transferir a estrutura da língua-mãe para a língua-alvo numa tentativa de simplificação gramatical segundo urna teoria de economia, o que revela uma estratégia de aquisição da linguagem. O uso e a eliminação pronominal caracterizam uma área de indeterminação no sistema aproximativo do aprendiz, evidenciando a instabilidade da interlíngua. Tenta-se mostrar que no estudo da aquisição pronomes pessoais em Inglês corno segunda língua dos os erros não são amostras de falhas linguísticas mas revelam tentativas do aprendiz de reorganização dos dados para a língua alvo tendo como língua-mãe o português; Not informed

Modos de escrever : tradição oral, letramento e segunda língua na educação escolar wajãpi; Ways of writing : oral tradition, literacy and second language in wajãpi school education

Lilian Abram dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
90.0203%
Nesta tese, apresento uma análise de textos em português como segunda língua, escritos por adultos Wajãpi que participam de cursos de formação ministrados pelo Iepé, uma organização não-governamental. Os cursos de formação de Magistério Wajãpi, Formação de Agentes de Saúde Wajãpi e Formação de Pesquisadores Wajãpi são desenvolvidos de acordo com as orientações político-pedagógicas da política pública atualmente vigente no Brasil para a Educação Escolar Indígena. Meu objetivo foi investigar, a partir da análise da produção escolar dos alunos, as relações entre oralidade e escrita presentes na segunda língua. Mais especificamente, conduzi a pesquisa na tentativa de compreender de que forma os textos por eles escritos apresentavam, em sua composição, marcas de modos orais de transmissão e quais eram os significados dessas marcas. Foi possível verificar que os textos apresentam forte influência da transmissão oral, sobretudo nos aspectos relacionados ao predomínio da tipologia narrativa, à remissão constante à memória coletiva do grupo, aos modos particulares de apresentar o discurso reportado e o fechamento narrativo. A questão que direcionou a pesquisa foi motivada pelo fato de os Wajãpi serem um povo que tradicionalmente usa a oralidade para a transmissão e produção de seu conhecimento. O contato desse povo com práticas sociais letradas é bastante recente. Formas letradas de comunicação passaram a se fazer presentes nesse contexto somente após o contato realizado com a FUNAI (Fundação Nacional do Índio)...

Aquisição da concordancia negativa (CN) no português brasileiro (PB) como segunda lingua (L2)

Hely Dutra Cabral da Fonseca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/1999 Português
Relevância na Pesquisa
100.73697%
Este trabalho apresenta um estudo no campo da aquisição da linguagem, abordando especificamente a Concordância Negativa (CN) no Português Brasileiro como língua estrangeira. A CN se insere no âmbito da negação das línguas românicas, constituindo-se num dos fatores que diferencia estas das línguas germânicas. O referencial teórico é fornecido pelo modelo de Princípios e Parâmetros em seus desenvolvimentos mais recentes quanto à aquisição de L2. É feita uma comparação da sintaxe da negação das línguas envolvidas: alemão e português brasileiro. Para o PB adotamos a posição de que há uma categoria LP que atrai NegP por força de seus traços de polaridade negativa. Para o alemão, seguimos a idéia de que NegP está em adjunção a VP. Dois aspectos comparativos foram examinados: posição de Neg e a presença ou ausência de CN. É em relação a esses dois aspectos que a evolução do sujeito em aquisição foi estudada; This work proposes a study in the fieId of Ianguage acquisition, specifically approaching the Negative Concord (NC) present in BraziIian Portuguese. NC includes itself in the negation scope of the Romance Ianguages, being one of the features that differentiates those ftom the Germanic Ianguages. The theoreticaI background of this study is provided by the recent deveIopments in Govemment and Binding Theory and its updated research in L2 acquisition. A syntactic comparison between the two Ianguages invoIved...

Aquisição do portugues como segunda lingua : o caso das crianças Yuba

Sebastião Carlos Leite Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/1997 Português
Relevância na Pesquisa
80.959985%
O propósito deste trabalho é fazer um estudo dos estágios iniciais de aquisição do Português como segunda língua, por seis crianças de uma comunidade de nipo-brasileiros do Brasil. Até a idade escolar, fase em que começa a aquisição do Português (L2), estas crianças falam unicamente o Japonês (L 1) como língua materna. Foi tomado como objeto de estudo um fenômeno sintático que diferencia o Japonês do Português: o parâmetro da linearidade (isto é, a ordem das palavras). o estudo realizado ampara-se no modelo de princípios e parâmetros da teoria da gramática gerativa (Chomsky, 1965, 1981 e 1986), correlacionado aos estudos sobre "language transfer" (Odlin, 1989). É mostrado que, nesta fase da aquisição de L2, as crianças transferem o parâmetro "head last" de sua LI para a L2, uma língua de parâmetro "head first", fato que contraria alguns estudos que negam a existência de "transfer" (Dulay e Burt, 1974; Dulay et aI., 1982), principalmente no nível sintático (Felix, 1975; Paradis e Genesee, 1996); The purpose of this study is to analyse the first stages of the acquisition of Portuguese as a second language by six children living in a Brazilian-Japanese community in Brazil (Granja Yuba). Until school age...

Erros na aquisição da flexão verbal : uma analise interacionista

Irani Rodrigues Maldonade
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
91.73179%
O presente trabalho buscou interpretar os erros de flexão verbal na fala de M de 1 ;07.23 a 3;04.30 à luz da teorização desenvolvida por De Lemos (1982 a 2002). Foram enfocados tantos os verbos regulares quanto os irregulares. Algumas descrições sobre os verbos irregulares e os paradigmas verbais do português foram apresentadas no Capítulo 2. As explicações oferecidas para a irregularidade verbal são variadas. Alguns autores recorrem ao latim para recuperar a evolução de um item verbal na língua. Muitas das irregularidades do radical do verbo relacionam-se de fato às transformações fonéticas sofridas pelo item. Observou-se que a divisão entre as conjugações, no pretérito perfeito, se dá entre a primeira conjugação e outra, formada pela junção da segunda e terceira conjugações. A realidade é que as descrições existentes concebem a língua como um produto e não como um processo, que é o que se busca contemplar em aquisição da linguagem. No terceiro Capítulo foram resenhados trabalhos importantes sobre a aquisição da flexão verbal na literatura. Em primeiro lugar, abordou-se o conexionismo, modelo teórico que centra suas discussões na aquisição dos verbos irregulares do inglês. Em seguida, o modelo de Annetle Karmiloff-Smith (1986...

Portugues brasileiro como segunda lingua : um estudo sobre o sujeito nulo; Brazilian portuguese as a second language : a null subject study

Gildete Rocha Xavier
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
90.88527%
Este estudo objetiva investigar como se dá a aquisição do sujeito nulo do português brasileiro (PB) como segunda língua (L2) por adultos estrangeiros, falantes nativos de Inglês e Italiano em situação de imersão total. A pesquisa desenvolve-se no âmbito da gramática gerativa, dentro do quadro da Teoria de Princípios e Parâmetros (Chomsky 1981,1986) e do Programa Minimalista (Chomsky, 1993, 1995, 2000). As questões da pesquisa estão relacionadas à questão do acesso à Gramática Universal (GU), por aprendizes de L2. Mais especificamente, procurou-se investigar se os sujeitos aqui analisados têm acesso à GU e, em caso afirmativo, qual seria a forma desse acesso. Os resultados da análise dos dados confirmaram a) a hipótese de acesso direto à GU, através do uso do valor default do parâmetro pro-drop = sujeitos nulos ou preenchidos + a forma verbal unipessoal, nas produções dos falantes de inglês e italiano em fase inicial de aquisição e, b) a hipótese do acesso indireto à GU, via LI, nas produções dos sujeitos falantes de inglês e italiano em fase não inicial de aquisição. Além disso, considerando que as línguas pro-drop não constituem um único tipo, levantou-se a hipótese de que, com base nos dados do input...

Inadequações pragmalingüísticas no processo de aprendizagem de italiano como língua estrangeira por falantes de português

Scheeren, Cláudia Mendonça
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
80.66414%
Este estudo de Doutorado, situado no âmbito da Lingüística Aplicada, insere-se na linha de pesquisa de “Aquisição da Linguagem”, deste Programa de Pós-Graduação em Letras/UFRGS, e tem por tema as “inadequações pragmalingüísticas no processo de aprendizagem de italiano como língua estrangeira por falantes de português”. Como tal o estudo pretende contribuir para o ensino e a pesquisa da pragmática da língua italiana e de sua aprendizagem como LE por aprendizes falantes nativos de português brasileiro. Por inadequações pragmalingüísticas, entenda-se, segundo Thomas (1983:99), aquilo que “ocorre quando os aprendizes não conseguem expressar-se de maneira lingüisticamente adequada”. Ao invés do termo “erro” usado por Thomas, preferimos, porém, falar de “inadequações pragmalingüísticas e sociopragmáticas” a fim de retirar a carga negativa que a palavra “erro” costuma carregar no ensino/aprendizagem de LE. São objetivos da pesquisa a) identificar e descrever o lugar e o papel que as inadequações pragmalingüísticas assumem no processo de aquisição de italiano como LE por universitários brasileiros, considerando um cenário e atos de fala específicos, b) analisar a percepção que os aprendizes têm de inadequações pragmalingüísticas na aprendizagem...