Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A interação entre o desenvolvimento econômico e a transição demográfica do Brasil no século XX

Souza, Ângela Patricia Lima de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.8%
Este trabalho apresenta um estudo da interação do desenvolvimento econômico brasileiro ocorrido no século XX com a transição demográfica da mesma época. A mudança de comportamento da população brasileira nos mostra grande influência da economia, mas também que a evolução demográfica foi essencial para o desempenho econômico. O Brasil chegou ao final do século passado completamente diferente, tanto no âmbito econômico como demográfico, do país de 1900. Quando o centro da pirâmide etária brasileira alargou, o país pôde aproveitar uma indispensável variável para o desenvolvimento econômico, o capital humano. O Brasil termina o século XX com a maioria de sua população em idade ativa e vivendo um período de “Bônus Demográfico”, condição propícia ao desenvolvimento econômico. Resta agora aproveitar os resultados destas mudanças.; This paper presents a study of the interaction of Brazilian economic development occurred in the twentieth century with the demographic transition at the same era. The population’s behaviour change shows great influence of the economy, but also that the demographic evolution was essential to economic performance. Brazil has reached the end of the last century completely different...

Desafios e oportunidades para a Previdência Social no futuro: uma análise com ênfase na demografia

Craide, Pedro Henrique de Melo
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 85 f.
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; A Previdência Social é um assunto recorrente na vida de todos os brasileiros que almejam uma fonte de renda no futuro para que possam suprir suas necessidades básicas em decorrência da velhice ou algum infortúnio da vida, e esse interesse se reflete diretamente na política. O debate ganhou força nos últimos anos, isto porque o Brasil se encontra em um momento crucial para a rediscussão acerca desse tema. O fim do período de bônus demográfico, o envelhecimento acelerado da população, e o excessivo peso das contas previdenciárias no orçamento público, nos levam a refletir se esse não seria o momento ideal para que se abra o diálogo sobre novas reformas no sistema previdenciário. Esse trabalho visa apresentar a construção histórica dos sistemas de proteção social até o sistema de Seguridade Social que temos hoje, buscando entender a partir de uma perspectiva histórica a importância da Previdência Social do ponto de vista da proteção social, mas também da sustentabilidade financeira desse mecanismo. Além disso, será apresentado um diagnóstico da situação previdenciária e os desafios e oportunidades que ela enfrentará nas próximas décadas por conta das mudanças demográficas.

A discriminação de género como entrave ao sistema de bem-estar social brasileiro – comparação com a situação portuguesa

Maciel, Andreia; Mendes, Maria Filomena
Fonte: Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e Fundação D. Pedro IV Publicador: Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e Fundação D. Pedro IV
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
A persistente queda da fecundidade aquém do limiar de reposição das gerações e o inerente envelhecimento po- pulacional, com tendência crescente, tem jogado luz sobre a sustentabilidade do Estado Social. O Brasil vivenciando o seu primeiro bónus demográfico gerado pela redução do rácio de dependência - e com forte possibilidade de usufruir de outros, como o aumento da idade mediana da população - encontrará diante de si o desafio de manter o estado de bem-estar social num quadro de uma população activa declinante que, apesar de potencialmente possuir maiores capitais culturais, ainda se encontra subempregada ou mesmo desempregada, ao mesmo tempo em que se avoluma a proporção de idosos, cuja sobrevivência depende fortemente do sistema de segurança social. Para além disso, há ainda que ter em conta como proporcionar a este crescente segmento populacional formas de atingir a velhice usufruindo de melhores condições de saúde, com vista a permitir um envelhecimento saudável que possa actuar no sentido de minimizar a pressão sobre o sistema de saúde. Embora seja condição indispensável para a sustentabilidade do Estado Social a inserção dos trabalhadores em ida- de activa no mercado de trabalho formal...

"Bônus demográfico" turbina crescimento

PATU, GUSTAVO
Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%

Das causas às conseqüências econômicas da transição demográfica no Brasil

Paiva,Paulo de Tarso Almeida; Wajnman,Simone
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.43%
As relações entre crescimento populacional e desenvolvimento desafiam estudiosos por muito tempo e referem-se tanto aos impactos do crescimento e estrutura da população sobre o crescimento e a distribuição da renda (crescimento econômico), quanto sobre os impactos do crescimento econômico sobre o crescimento e a estrutura da população. Há cerca de três décadas discutiam-se as causas e conseqüências do crescimento populacional. Hoje, discutem-se as causas e conseqüências da transição demográfica. Muita coisa mudou no mundo e, do ponto de vista demográfico, a maior mudança foi a universalização do processo de transição demográfica. Expressões como "bomba demográfica" foram substituídas por "bônus demográfico" ou "janela de oportunidades". Este artigo pretende examinar como essas relações entre população e economia foram interpretadas e discutidas e como influenciaram o pensamento, a pesquisa acadêmica e, eventualmente, algumas propostas de políticas públicas no Brasil. O artigo procura sumariar os avanços que estão em curso na pesquisa sobre população e economia e suas implicações para as políticas públicas e o desenvolvimento.

Transição demográfica e desigualdades sociais no Brasil

Brito,Fausto
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.46%
O artigo analisa a originalidade da transição demográfica no Brasil determinada pelos fortes desequilíbrios regionais e sociais. Ainda que única, enquanto um processo global que atinge toda a sociedade brasileira, a transição demográfica apresenta-se como múltipla, pois se manifesta diferentemente segundo as diversidades regionais e, principalmente, sociais. Nessa perspectiva, a transição demográfica está longe de ser considerada neutra: pode tanto criar possibilidades demográficas que potencializem o crescimento da economia e do bem-estar social da população, quanto ampliar as graves desigualdades sociais que marcam a sociedade brasileira. Essa situação torna-se mais complexa em função de o Brasil ainda estar inserido no grande ciclo de crescimento absoluto da sua população. Devido às desigualdades sociais e às correspondentes diferenças nas taxas de fecundidade total, a população mais pobre é a que mais tem crescido, com fortes conseqüências sobre as mudanças na estrutura etária. As relações entre os diversos indicadores da transição demográfica e a renda domiciliar per capita mostram que as diferenças sociais levam, no Brasil, a "desigualdades demográficas" maiores do que aquelas observadas entre as diferentes regiões. Seus benefícios...

Envelhecimento: bônus demográfico e desafio para o setor saúde

Minayo,Maria Cecília de Souza; Gualhano,Luiza
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
26.22%

A Transição demografica no Brasil e seus impactos sobre algumas políticas públicas

Dias, Amanda Rodrigues, 1992-
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: 45 f.; application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.67%
Orientador: Demian Castro; Monografia(Graduação) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Curso de Ciências Econômicas; Resumo: O Brasil passa atualmente por uma transição demográfica provocada pela redução da natalidade e mortalidade, gerando um aumento da expectativa de vida e consequente envelhecimento da população, o que acarreta em uma modificação da sua estrutura etária. Essa alteração traz uma serie de implicações e oportunidades para as áreas de economia, saúde, comércio e serviços, educação, previdência social e mercado de trabalho. Os três últimos são o foco deste trabalho. Para que o país possa usufruir do bônus demográfico nesta primeira metade do século XXI, faz se necessária a implementação de políticas públicas que propiciem o seu aproveitamento, caso contrário, ele poderá passar despercebido e a pressão fiscal sobre o setor previdenciário poderá aumentar de forma crítica para os cofres públicos. A situação atual é propícia para melhorar a qualidade do sistema de educação de base. Além disso, o crescimento da população em idade ativa, consequência do bônus, pode render ao país um aumento nos níveis de poupança, investimento e produção. É muito importante aproveitar esse momento singular...

Estrutura etária, bônus demográfico e população economicamente ativa no Brasil: cenários de longo prazo e suas implicações para o mercado de trabalho

Vasconcelos, Daniel de Santana; Carvalho, Angelita Alves de; Alves, José Eustáquio Diniz
Fonte: CEPAL; IPEA Publicador: CEPAL; IPEA
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
Incluye Bibliografía

Demografia da pobreza em Sergipe : migração, renda e caracteristicas municipais a partir dos anos 80; Demographic poverty in Sergipe : migration, income from municipal characteristics of the 80's

Kleber Fernandes de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.46%
O trabalho investiga a evolução da pobreza em Sergipe e as características de sua manifestação nos municípios sergipanos, a partir dos anos 80. O quadro de referência sobre o qual o estudo é desenvolvido contempla três pilares: modificações na economia sergipana, alterações na estrutura produtiva, no mercado de trabalho e na composição da renda segundo fontes e, sob uma perspectiva demográfica, as transformações na estrutura populacional de correntes da redução da fecundidade, aumento da esperança de vida e do caráter seletivo da migração. O estudo parte da constatação de que, entre 1985 e 2005, houve alívio significativo de todos os indicadores de pobreza, ao mesmo tempo em que a economia do estado atravessou um período de redução e estagnação do produto, o mercado de trabalho reproduziu o processo de desestruturação, cujas principais vertentes foram, aumento expressivo das atividades terciárias, avanço da informalidade, agravamento da desocupação e desemprego, precarização das relações de trabalho, piora na qualidade das ocupações e depreciação da renda do trabalho. Supõe, portanto, a existência de fatores demográficos fundamentais que, tão importante quanto aqueles de natureza econômica...

Reforma da previdência em discussão : expectativas e possibilidades diante da janela de oportunidade demográfica; Welfare reform in discussion : expectations and opportunities facing the demographic window of opportunity

Matias-Pereira, José
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.99%
Temos como objetivo principal neste artigo analisar as expectativas e possibilidades da reforma da previdência social no Brasil. O artigo é qualitativo, explicativo e bibliográfico, apoiado na teoria neoinstitucional. Pressupomos que existe um nexo causal entre as perspectivas de crescimento da economia brasileira e o surgimento da janela de oportunidade demográfica ou bônus demográfico, que surgem como fenômenos que contribuem para permitir uma ampla reforma da previdência social. O exame da literatura e relatórios econômicos revela que os desajustes na previdência social permanecem sem solução, em especial, os elevados déficits nas contas da previdência, que vem afetando as finanças públicas do país. A análise e discussão dos diversos fatores socioeconômicos, demográficos e políticos vivenciados pelo país surgem como fenômenos relevantes para a viabilização de uma ampla reforma da previdência social. Concluímos que a realização da reforma da previdência no Brasil, em função do crescimento da economia e da mudança na estrutura etária da população (bônus demográfico), torna-se uma medida factível e necessária. O dividendo demográfico, caso aproveitado de forma adequada, trará elevados benefícios socioeconômicos para a sociedade. _____________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Our main objective in this article examine the expectations and possibilities of social security reform in Brazil. The article is qualitative and explanatory literature...

Juventude e Desenvolvimento Social na América Latina: um estudo sob a perspectiva da cooperação

Guimarães, Larissa Gontijo de Souza
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
26.22%
O desafio da inserção produtiva dos jovens é comum na América Latina e fundamental para o desenvolvimento social da Região. O presente artigo pretende analisar como a cooperação internacional pode contribuir para a solução das lacunas na formação dos jovens e para o acesso ao emprego, tendo em vista as especificidades do público jovem pobre e de baixa renda, bem como a natureza das organizações interessadas e envolvidas em projetos de cooperação. São analisadas nesse artigo as experiências em andamento do Projeto Educação Livre (parceria entre Sistema Indústria e FUMIN) e da iniciativa NEO - New Employment Opportunities for Youth, iniciativa do FUMIN e IYF.; The challenge of productive inclusion of the youth is not only common in Latin America but also critical to the social development of the region. This article aims to analyze how international cooperation can contribute to bridge the gaps in youth training and access to employment, given the specificities of poor and low-income youth as well as the organizations interested and involved in cooperation projects. This paper analyzes the New Employment Opportunities for Youth, an initiative of IYF and MIF, and the experience underway: the Free Education Project (a partnership between the Brazilian Industry System and MIF).; Relações Internacionais e Diplomacia da América do Sul; Universidade Católica de Brasília - UCB

Estrutura etária, bônus demográfico e população economicamente ativa no Brasil: cenários de longo prazo e suas implicações para o mercado de trabalho; Texto para Discussão (TD) 1528: Estrutura etária, bônus demográfico e população economicamente ativa no Brasil: cenários de longo prazo e suas implicações para o mercado de trabalho; Texto para Discussão Cepal Ipea 10: Estrutura etária, bônus demográfico e população economicamente ativa no Brasil: cenários de longo prazo e suas implicações para o mercado de trabalho; Age structure, demographic dividend and economically active population in Brazil: long-term scenarios and their implications for the labor market

Alves, José Eustáquio Diniz; Vasconcelos, Daniel de Santana; Carvalho, Angelita Alves de
Fonte: Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL); Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL); Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
O trabalho expõe como o Brasil vem atravessando sua transição demográfica, saindo de um regime de alto crescimento populacional no século XX para uma fase de crescimento moderado, podendo mesmo, nas próximas décadas, vir a testemunhar uma redução de sua população. Com a noção de transição demográfica estabelecida na introdução, as próximas seções introduzem o leitor nas condições recentes de evolução da população brasileira, e avançam em um exercício de prognóstico de quais seriam os possíveis cenários, relacionando população brasileira e economia nas próximas décadas até meados do século XXI.; 36 p. : il.

O bônus demográfico relativo e absoluto no acesso à escola; Texto para Discussão (TD) 1340: O bônus demográfico relativo e absoluto no acesso à escola; The relative and absolute demographic bonus on the access to school

Soares, Sergei Suarez Dillon
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
Português
Relevância na Pesquisa
67.35%
Este texto propõe uma metodologia para classificar o bônus demográfico educacional em três componentes. De acordo com esta definição, bônus demográfico relativo quer dizer que a população em idade escolar cresce com menor velocidade que a população total, liberando, assim, mais recursos potenciais para a educação de cada criança.Um bônus absoluto significa que a população em idade escolar está, de fato, caindo. Tal definição é operacionalizada mediante uma decomposição simples das taxas de matrícula. Essa metodologia é aplicada a 11 países latino-americanos: Bolívia, Brasil, Costa Rica, Uruguai, Venezuela, Argentina, Equador, Guatemala, Honduras, México e Panamá. Os resultados mostram que o único país a contar com um bônus demográfico absoluto é o Brasil, embora México e Panamá estejam colhendo bônus relativos grandes. Um segundo grupo de países é composto de Uruguai, Costa Rica, Argentina e Equador, nos quais não há mudanças grandes na taxa de matrícula nem na estrutura da população, o que quer dizer que a metodologia de decomposição proposta não é muito útil. Finalmente, há o grupo formado por Bolívia, Guatemala, Honduras e Venezuela, países em que o bônus demográfico é pequeno ou inexistente. Surpreendentemente...

Impactos do declínio do bônus demográfico sobre a oferta de mão de obra e o crescimento econômico no período 2014-2030

Souza Júnior, José Ronaldo de Castro; Levy, Paulo Mansur
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Carta de Conjuntura - Artigos
Português
Relevância na Pesquisa
66.91%
Analisa as possíveis implicações da dinâmica demográfica sobre a oferta de mão de obra e as perspectivas de crescimento da economia até 2030. Apresenta a definição de bônus demográfico e alguns dados referentes ao caso brasileiro. Em seguida, faz uma análise de cenários prospectivos para a oferta de trabalho, tendo como base as projeções demográficas do Ipea apresentadas por Camarano (2014) para o período de 2010 a 2030.; p. 117-128 : il.